segunda-feira, 3 de março de 2014

Alberto R. Timm – Por que os calvinistas consideram a IASD uma seita?

Alberto Timm é destacado líder adventista no Brasil. Já faz algum tempo que ele deu um parecer sobre a opinião de muitos que retratam a Igreja Adventista como uma seita. Sua resposta pode ser vista AQUI. Fiz algumas considerações de algumas partes:
A. Timm: “... evangélicos brasileiros de tendência fundamentalista continuam insistindo que os adventistas devem ser considerados uma “seita” herética e não cristã.”
O Dr. Timm, segundo percebemos, considera fundamentalista qualquer que considera o Adventismo como uma seita. Embora logo em seguida, faz uma avaliação do caráter pejorativo do termo seita, ele também usa o termo ‘fundamentalista’ para marginalizar a opinião majoritária. Sobre qual fundamento os tais olham a IASD como uma seita?
Ele diz que a opinião dos fundamentalistas é pautada em:
“Uma das mais comuns é a alegação de que os adventistas advogam algumas doutrinas distintivas (como a observância do sábado, a inconsciência dos mortos, a destruição final dos ímpios, o juízo investigativo pré-advento) não compartilhadas pela maioria dos cristãos.”
A minimização é notória. O Dr. Timm não sabe, mas o fato não é a guarda do sábado que faz da IASD uma seita, mas sua posição  em relação a essa guarda, qual selo salvifico, quer agora,(nem sempre admitido) mas especialmente no tempo do fim. Não é a desconsideração pelo testemunho neotestamentário e da maioria esmagadora da Igreja Cristã a respeito da imortalidade da alma e tormento eterno, mas a degradação que Ellen White fez dessa doutrina bíblica dizendo que foi o primeiro sermão do diabo! E sobre o juízo pré-advento, como que se fosse ‘só isso’, preferimos o testemunho bíblico de que Jesus começou seu serviço único - nada de bifásico - desde de sua ascensão ao céus, e não depois de 22 de outubro de 1844, um jeitinho ao desapontamento!
Depois de dizer que a opinião da maioria não deve pesar, ele afirma: Mais importante do que um mero consenso doutrinário é certificarmo-nos de que as doutrinas que advogamos são realmente bíblicas.”
Engraçado... já provamos que as doutrinas Adventistas não são bíblicas!!!
CALVINISTAS E O ADVENTISMO
Agora leia o que ele escreveu:
“Outra justificativa para considerar os adventistas como sectários, usada especialmente pelos evangélicos calvinistas, é o fato de os adventistas aceitarem uma manifestação moderna do dom profético na vida e obra de Ellen G. White. Os evangélicos calvinistas acreditam que o dom profético se extinguiu com a morte do apóstolo João, o último dos apóstolos. Por sua vez, os adventistas crêem que o dom profético foi concedido pelo Espírito Santo à igreja cristã, e não apenas aos apóstolos (ver Romanos 12:6; 1 Coríntios 12:10, 28; Efésios 4:11-14). O próprio apóstolo João orientou os cristãos a testarem os pretensos profetas, e não simplesmente rejeitá-los como se todos os demais fossem falsos (ver 1 João 4:1). Assim, os adventistas aceitam Ellen White como uma profetisa verdadeira, embora não canônica.”
Os enganos nessa afirmação do Dr. Timm são flagrantes, mas apenas notados por quem não é Adventista.
1.      Os calvinistas não consideram as igrejas continuístas/pentecostais uma seita. Aliás, a IPB que é a maior denominação Calvinista do Brasil, recebe sem rebatismo pessoas vindas de igrejas pentecostais.  Mas é consenso batizar quem vem da IASD.
2.      Não é o Dom de Profecia que indicamos como sectário, mas a exclusividade desse Dom APENAS em Ellen White, fazendo dela mais que um Papa. Aliás, se a IASD crê na continuidade do Dom Profético na Igreja Remanescente como sinal de sua veracidade, então isso só poderia ser aplicado a eles até 1915 quando a exclusiva profetisa morreu! Ninguém substituiu a cátedra cativa de Ellen White.
3.     Até mesmo igrejas pentecostais (as ortodoxas) consideram a IASD uma seita, a despeito dessa falsificada defesa de ‘presença do dom profético’, em Ellen White.
Em breve, pela graça de Deus, mostrarei mais detalhes do exclusivismo profético de Ellen White quando lançar o livro A Conspiração Adventista.

59 comentários:

  1. Batismo por ASPERSÃO ?????????

    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    ResponderExcluir
  2. Para pensar:
    Embora a forma de batismo não seja clara nas Escrituras, cremos que muitas evidências apontam para a aspersão.
    1. O profeta Malaquias escreveu o seguinte: " Eis que eu envio o meu mensageiro que preparará o caminho diante de mim" Ml.3.1. E Jesus afirmou que esta profecia se refere a João Batista Mt.11.10. A mesma profecia diz que o mensageiro " purificará os filhos de Levi" Ml.3.3. Esta purificação era feita aspergindo água sobre eles Nm.8.5-7. A linguagem da profecia é simbólica . Mas a figura usada é a aspersão.Muitos sacerdotes , filhos de Levi, foram batizados por João Batista. E o mais provável é que tenham sido batizados por aspersão, conforme dá a entender a profecia de Malaquias.
    2. O profeta Ezequiel, profetizando sobre a restauração de Israel , disse: " Então aspergirei água pura sobre vós, e ficareis purificados" Ez.36.25. E o profeta Isaías , ( quando profetizou que o Senhor derramaria o seu Espirito , afirmou também que ele derramaria água " sobre o sedento " Is.44.3.
    Novamente trata-se de linguagem figurada . Mas a linguagem figurada é a aspersão. Isto nos leva a concluir que a aspersão de água é o modo escolhido por Deus para marcar Seu povo. O batismo de João era, entre outras coisas, a marca de uma nova era. Era o selo colocado sobre as pessoas que se arrependiam de seus pecados. Logo, provavelmente era feito por aspersão.
    3. Jesus falou aos discípulos sobre o batismo com o Espirito Santo, que eles receberiam, usando a mesma construção gramatical usada para falar sobre o batismo com água. " João na verdade batizou com água mas vós sereis batizados com o Espirito Santo" At.1.5. No Dia de Pentecoste eles receberam este batismo: " Ao cumprir-se o dia de Pentecostes, estavam todos reunidos no mesmo lugar;... Todos foram cheios do Espirito Santo" At. 2.4. Pedro usou esta experiência ao defender-se por ter batizado Cornélio e seus familiares. Ele disse: " Quando comecei a falar, caiu o Espirito Santo sobre eles,como também sobre nós no princípio . Então me lembrei da Palavra do Senhor , como disse: João, na verdade, batizou com água, mas vós sereis batizados com o Espirito Santo " At.11.15-16. Observe que no batismo com o Espirito Santo, o Espirito caiu sobre as pessoas . Já que a construção gramatical é a mesma, no batismo com água esta deve cair sobre a pessoa que está sendo batizada.
    4. Ainda que ficasse provado que João Batista batizava por imersão , que Jesus foi batizado por imersão e que os apóstolos batizavam por imersão , poderíamos continuar batizando por aspersão , sem desobedecer à Bíblia Sagrada. Pois no batismo a água é símbolo. Logo não importa a quantidade. Pois é assim que procedemos na Ceia do Senhor . Usamos uma pequena quantidade de pão e vinho, mas sabemos que Jesus usou quantidades normais desses elementos. A Ceia celebrada por Jesus era uma refeição. A que celebramos hoje faz parte do culto.E nem por isso estamos desobedecendo ao Senhor.
    Como as Escrituras não diz explicitamente a forma como o batismo deve ser feito , praticamos a aspersão , pois ela é mais pratica - pode ser praticada em qualquer lugar, em qualquer circunstância e com qualquer pessoa , mesmo que o batizando seja um enfermo, muito idoso ou paralítico. A aspersão não discrimina ninguém.
    A pessoa que recebeu Jesus como Salvador e Senhor esta salva, quer tenha sido batizada ou não. Quem salva é Jesus, e não o batismo.. Mas quem recebe Jesus deve também receber o batismo. Jesus e os apóstolos falaram do batismo como uma obrigação, e não como uma opção.
    A experiência tem mostrado que, assim como o sedento anseia pela água , o verdadeiro convertido anseia pelo batismo.
    Deus nos ilumine e afaste de nós todo preconceito
    Em Cristo
    Wilton

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Neste sentido, precisaria apenas mudar o nome do ritual, para outra coisa, pois a palavra batismo significa imergir.

      Ao invés de: - Vamos batizá-lo!
      Deveria-se dizer: - Vamos aspergir-lo

      Quanto a Números 8:

      "E assim lhes farás, para os purificar: Esparge sobre eles a água da expiação; e sobre toda a sua carne farão passar a navalha, e lavarão as suas vestes, e se purificarão."

      " purificação deles será assim: você aspergirá a água da purificação sobre eles; fará com que rapem o corpo todo e lavem as roupas, para que se purifiquem."

      Isto aí, meu amigo, chama-se depilação! Não é Batismo!

      Excluir
    2. Sr, Adventista
      A Luz do Altíssimo seja sobre tua vida
      Apesar da página não tratar de batismo. O Sr. Sétimo Dia com " tom de chocarrice " menciona o Batismo por Aspersão. Educadamente, fizemos menção aos textos sagrados que tratam sobre a consagração dos Levitas e como eram purificados, para exercerem os ofícios que a eles lhe cabiam diante de Deus. Infelizmente a falta de respeito com a Palavra de Deus é peculiar as seitas que desde seu início têm coragem de marcar datas para a volta do Senhor, que nunca autorizou a ninguém de marcar e nem insinuar “ ainda que de longe “ alguém humano pudesse receber qualquer luz sobre este mistério, que tão somente pertence ao Pai. E após o Grande Desapontamento, ainda têm coragem de torcer a interpretação de Dn.8.14, complicando ainda mais a situação criando outra Heresia do santuário Celestial, que na verdade esta claríssimo na Palavra e provado na história que o santuário mencionado por Daniel é terreno, pois como alguém poderia contaminar o Santuário Celestial? Satanás que tentou, foi expulso de lá! E hoje como já foi demonstrado em outras páginas a Redenção esta realizada e tudo de forma plena, pelo Nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo Jo.19.30.Agora mais um desapontamento o Sr. Comparar nosso comentário sobre o batismo com “ depilação”.
      Como sempre podemos perceber a dificuldade da seriedade de se analisar com respeito os comentários dos oponentes do adventismo. Os srs. não levam nada a sério se acham os “donos” da verdade e acabam “caindo “, como ocorreu com os pioneiros adventistas , que depois passaram a se chamar adventistas do sétimo dia. Percebemos que o espírito é o mesmo.
      Como já declaramos anteriormente amamos vossas almas e continuaremos a tentar ajudá-los a se libertarem das mentiras que vos acorrentam, se quiserem libertar-se. A verdade continuaremos a propagar.
      Quanto ao verbo batizar derivado do grego BAPTO e BAPTIZO, gostaria de passar-vos algumas considerações.
      1. O texto de Daniel 4.25; “... e serás molhado do orvalho do céu “. Na versão grega do Antigo Testamento, chamada Septuaginta, o verbo molhado é bapto. É possível imergir alguém no orvalho do céu ? Claro que não é. Logo, aqui bapto não significa , em hipótese nenhuma, imergir. O segundo texto é Lucas 11.38; “ O fariseu, porém, admirou-se ao ver que Jesusnão se lavava primeiro antes de comer “. No texto grego, lavava é o verbo baptizo. Os judeus se lavavam antes das refeições. Mas, se lavavam como ? Marcos registrou esse costume assim: “Os fariseus e todos os judeus, observando a tradição dos anciões, não comem sem lavar cuidadosamente as mãos; quando voltam da praça , não comem sem se aspergirem “ Mc.7.3-4
      2. Comparando estes dois textos, podemos afirmar que em Lucas 11.38 o verbo baptizo significa aspergir e não imergir.Emalguns textos bapto e baptizo significam imergir; em outros significam molhar, tingir e aspergir.
      3. Um detalhe importantíssimo: A expressão bíblica “ João batizava no rio Jordão “ apenas identifica a região onde João batizava, sem ter nada a ver com o modo como João batizava. Isto fica comprovado pelo registro de João 10.40: “ Novamente se retirou para além do Jordão, para o lugar onde João batizava no princípio; e ali permaneceu “.
      4. Outro fato interessanteé que João batizava em Enom, “ porque ali havia muitas águas “. Enom, perto de Salim, porque para lá corria o povoe era batizado Jo.3.23 . D. J. Wiseman, professor de Assiriologia na Universidade de Londres, afirma que Enom é , em árabe, Ain, que significa muitas fontes de água. Enom era o lugar apropriado para João batizar, já que multidões iam até ele, e essas multidões precisavam de água para beber e para higiene pessoal.

      [...] continuação

      Excluir
    3. [...] continuação


      5. Outro fato interessante é que pelo fato do Senhor Jesus ter saído da água, nãosignifica que ele foi batizado por imersão. Nem todas as vezes que uma pessoa entra e sai da água materializa-se um mergulho. Às vezes uma pessoa entra e sai da água sem molhar nada mais além dos pés.
      6. No batismo do Eunuco, ele e Felipe DESCERAM à água. Observe que como o Eunuco seguia pelo caminho. Este , normalmente , fica num nível acima da água. Logo, para ir até onde havia água ele teria que descer . Se descer, significa que ele mergulhou, pois o texto afirma que “ ambos desceram à água At.8.38, então ambos mergulharam. O que com certeza não ocorreu.
      7. Paulo compara o batismo a um sepultamento. Quando Paulo afirma que fomo sepultados com Cristo na morte pelo batismo Rm.6.4; Cl.2.12, ele estava se referindo ao significado do batismo e não a fórmula ou modo de ministrá-lo. Nos mesmos capítulos Paulo afirma também que fomos circuncidados Cl.2.11 e crucificados Rm.6.6 com Cristo, prova de que ele esta tratando da nossa identificação com Cristo, na sua morte, e não da forma de ministrar o batismo.
      8. Uma grande dificuldade é de entender como João Batista batizava multidões Mt.3.5-6, além de pregar. Será que ele dispunha de tempo e energia física para mergulhar tanta gente?
      9. O irmão Paulo Cadi fez um questionamento interessante, para comentarem. Só acrescento um fato a sua pergunta. Não havia rio na cidade de Jerusalém, apenas reservatórios de água para uso da população. Seriam tais reservatórios suficientes para mergulhar quase três mil pessoas? E se fossem as autoridades deixariam os apóstolos utilizarem para tal fim?
      10. O Carcereiro de Filipos foi batizado logo depois da meia noite , depois de um terremoto que fendeu as paredes da prisão, onde residia At.16.23-33. É possível pensar em mergulho num caso como este?
      11. Uma pessoa doente ou muito idosa não dispõe de condições físicas para ser batizada na fórmula de mergulho. Será que Jesus adotaria uma Forma de batismo que excluiria os doentes e idosos?

      Em Cristo
      Wilton

      Excluir
    4. Tantas voltas e tantas justificativas!

      Amigo Wilton, a Bíblia é clara em definir que Nela mesma não há trevas! Que suas mensagens são claras e não dá margens para erro!

      A Bíblia também não gera contendas, nem discordância! Quem faz isto somos nós!

      Sendo que não há exemplo algum de batismo por aspersão, mas que há exemplo de batismo por imersão, como podemos crer que se tenha ensinado os dois tipos de batismo?

      Veja que o simbolismo do batismo é um sepultamento com Jesus e renascimento, para uma nova vida.

      Como é que pode haver sepultamento por aspersão? Joga-se um pouco de terra na cabeça de uma pessoa e diz que foi sepultada?

      O invés de se atentarem doutrinariamente ao significado desta cerimônia e de seu propósito, alguns cristãos tem buscado arredondar uma doutrina estranha à bíblia utilizando toda sorte de argumentos e conjecturas!

      Isto está certo amigo Wilton?

      Doutrinariamente a Bíblia é perfeita, o que significa que tão somente usando suas doutrinas, conseguimos saber se algo é verdade ou não!

      A Bíblia NÃO ensina o batismo por aspersão!

      O amigo pode usar um grande conjunto de justificativas, mas doutrinariamente, o batismo por imersão continuara inexistindo.

      Não há ensinamento de algum apóstolo, ou de Jesus acerca da aspersão! Também não vemos exemplos onde se diga que alguém tenha sido batizado deste modo!

      E usar qualquer tipo de coisa que pareça submeter a uma aspersão tal qual uma DEPILAÇÃO amigo Wilton, não é procedimento correto para quem se preocupa com a precisão doutrinária!

      A Bíblia foi construída de forma que suas doutrinas ficassem claras! Não existem doutrinas subentendidas! Todas as doutrinas são explicadas objetivamente e não SUBJETIVAMENTE.

      Agora entrando no âmbito dos vossos questionamentos e aqui, irei me referir a muitos argumentos de outros amigos:

      "Uma pessoa doente ou muito idosa não dispõe de condições físicas para ser batizada na fórmula de mergulho. Será que Jesus adotaria uma Forma de batismo que excluiria os doentes e idosos?"

      Amigo Wilton, eu não tenho respostas prontas, mas só de usar a minha cabeça, encontro respostas à estas indagações!

      Então me vem a pergunta: Se a minha mente é capaz de produzir respostas à estes questionamentos, por que o amigo também não é capaz?

      11. Na Igreja Adventista do Sétimo Dai, existem doentes e idosos!

      E como resolvemos esta questão? Hora, com A BÍBLIA meu amigo!

      Ali é dito que quem crer e for batizado será salvo, mas quem não crer não será salvo!

      Somos salvo pela Fé, e não pelo batismo!

      E se o amigo não se dispôsse a colocar uma trava em sua própria visão acerca das escrituras, se lembraria do episódio do ladrão na cruz! Ele não pôde ser batizado, mesmo assim ganhou a salvação!

      Excluir
    5. * o batismo por aspersão continuara inexistindo

      Excluir
  3. Opa, versos fora do contexto e sem ao menso citar as fontes!!

    De novo, não é mesmo amigo Luciano Sena?

    Premita-me lhe mostrar como se faz:

    Primeiro! Não se trata de um artigo tão grande que não possa ser colocado integralmente no artigo, portanto:

    "Destacados eruditos evangélicos têm reconhecido a Igreja Adventista do Sétimo Dia como uma denominação genuinamente cristã. Podem ser mencionados, por exemplo, o presbiteriano Donald G. Barnhouse, o batista Walter R. Martin e o anglicano Geoffrey J. Paxton. Também o “Relatório das Conversações Bilaterais entre a Federação Mundial Luterana e a Igreja Adventista do Sétimo Dia”, ocorridas entre 1994 e 1998, sugere que os luteranos “não tratem a Igreja Adventista do Sétimo Dia como uma seita, mas como uma igreja livre e uma comunhão mundial cristã”. Mas, a despeito disso, evangélicos brasileiros de tendência fundamentalista continuam insistindo que os adventistas devem ser considerados uma “seita” herética e não cristã.

    O termo “seita” é geralmente um rótulo apologético e pejorativo, usado por líderes religiosos como um mecanismo de autodefesa, destinado a inibir as pessoas de se relacionarem com pretensos hereges. Em relação aos adventistas, diferentes justificativas têm sido sugeridas para considerá-los como sectários. Uma das mais comuns é a alegação de que os adventistas advogam algumas doutrinas distintivas (como a observância do sábado, a inconsciência dos mortos, a destruição final dos ímpios, o juízo investigativo pré-advento) não compartilhadas pela maioria dos cristãos.

    Por trás dessa alegação está a teoria de que uma doutrina, para ser verdadeira, deve ser aceita pelo consenso da maioria dos cristãos, especialmente dos evangélicos. Embora devamos respeitar a opinião de outros, pois “na multidão de conselheiros há segurança” (Provérbios 11:14; ver 15:22), nem sempre a maioria está correta. Mais importante do que um mero consenso doutrinário é certificarmo-nos de que as doutrinas que advogamos são realmente bíblicas. Toda vez que o consenso da maioria se opõe ao claro ensinamento bíblico, o cristão deve assumir a postura apostólica de que “antes, importa obedecer a Deus do que aos homens” (Atos 5:29).

    Outra justificativa para considerar os adventistas como sectários, usada especialmente pelos evangélicos calvinistas, é o fato de os adventistas aceitarem uma manifestação moderna do dom profético na vida e obra de Ellen G. White. Os evangélicos calvinistas acreditam que o dom profético se extinguiu com a morte do apóstolo João, o último dos apóstolos. Por sua vez, os adventistas crêem que o dom profético foi concedido pelo Espírito Santo à igreja cristã, e não apenas aos apóstolos (ver Romanos 12:6; 1 Coríntios 12:10, 28; Efésios 4:11-14). O próprio apóstolo João orientou os cristãos a testarem os pretensos profetas, e não simplesmente rejeitá-los como se todos os demais fossem falsos (ver 1 João 4:1). Assim, os adventistas aceitam Ellen White como uma profetisa verdadeira, embora não canônica.

    A simples alegação de que determinado grupo de professos cristãos deva ser considerado como sectário não significa muito, pois até mesmo os primeiros cristãos foram considerados pelos judeus como uma “seita” (Atos 24:14; 28:22). A questão básica não é tanto saber o que os apologetas modernos dizem, de forma preconceituosa, a respeito das “seitas”, mas o que diz a própria Bíblia sobre os ensinos desses grupos religiosos (ver Mateus 7:21-23).

    Em relação aos adventistas, o melhor seria consultar a sua mais importante e representativa exposição doutrinária, encontrada na obra Nisto Cremos: 27 Ensinos Bíblicos dos Adventistas do Sétimo Dia (Tatuí, SP: Casa Publicadora Brasileira, 1989), e analisar criticamente os seus ensinos à luz da Bíblia. À semelhança dos bereanos, devemos sempre examinar as Escrituras “para ver se as coisas” são realmente como as pessoas alegam ser (Atos 17:11)."

    (Sinais dos Tempos, maio/junho de 2002. p. 26)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Segundo:

      Uma fonte primária e de fácil consulta para os leitores:

      http://centrowhite.org.br/perguntas/perguntas-e-respostas-biblicas/por-que-alguns-evangelicos-consideram-a-igreja-adventista-do-setimo-dia-uma-seita-nao-crista/

      Excluir
    2. Os dois pontos levantados pelo amigo apenas confirmou a afirmação do autor, onde, então, estão:

      "Os enganos nessa afirmação do Dr. Timm"?


      Timm não afirmou que - Os calvinistas consideram as igrejas continuístas/pentecostais uma seita.

      Onde está isto no artigo?

      E:

      "Não é o Dom de Profecia que indicamos como sectário, mas a exclusividade desse Dom APENAS em Ellen White"

      Timm disse algo diferente?

      Ao meu ver o artigo está certo, a descrição e os motivos de alguns taxarem a IASD de sectárias são estes mesmos.

      Vamos ver na prática?

      Amigo Luciano Sena, o amigo se considera um Calvinista Fundamentalista?

      Excluir
  4. http://novotempo.com/estaescrito/videos/confiar-de-todo-o-coracao/

    ResponderExcluir
  5. Vou perguntar ao Sr. Adventista: A cidade de Jerusalém não tem rio, como é que 3.000 mil pessoas foram batizadas por imersão, depois da pregação de Pedro que começou as 9:00hs da manhã e deve ter terminado, "chutando", as 11:00hs da manhã?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As perguntas dos amigos se resumem em três questões básicas:

      Tempo;
      Esforço;
      Quantidade de água disponível!

      Vamos primeiramente à água disponível:

      http://mguidini.blogspot.com.br/2011/07/uma-viagem-pra-la-de-bagda.html

      Creio que água não era problema:

      Mas e quanto ao esforço?

      Não vejo empecílio, pois o batismo consiste tão somente em mergulhar uma pessoa na água! Não creio que colocar a mão, por exemplo sobre a cabeça de uma pessoa e afundá-la, demande esforço tal que não se possa repetir por inúmeras vezes!

      E temos que levar também em consideração o fator que demonstrarei na questão seguinte:

      TEMPO:

      A pergunta é: Quantos auxiliaram nos trabalhos de pregação?

      Quantos auxiliaram nos batismos?

      Esteja livre para responder, amigo Paulo Cadi.

      Excluir
  6. O Sr. Adventista sabe quantos kilometros de distância há entre Jerusalém e o rio Jordão? Procure na internet.

    Dos quase 3.000 convertidos, seriam quase 250 pessoas para cada apóstolo!

    Como esse povo todo iria se deslocar depois do sermão de Pedro, que começou as 9:00hs, mas o texto afirma que se prolongou.

    Iriam a cavalo, a pé? Como?

    As autoridades judaicas mancomunadas com os romanos, permitiriam que fossem batizados nas fontes de água da cidade quase 3.000 ex-irmãos apóstatas?

    Leia Atos 4:15-21, onde relata que os Apóstolos foram presos, açoitados e proíbidos de falar em nome de Jesus.

    Você afirmou que batizar uma pessoa não demanda esforço físico?
    Porque não faz uma experiência?

    Convide uns 20 irmãos de sua igreja para fazer o teste de resistência e comprove ao batizar algumas pessoas não demanda esforço físico, quanto mais quase 250 para cada apóstolo.

    Você já arranjou uns ajudantes, talvez dos 108 restantes do total de 120. Não esqueça que destes restantes 108 haviam mulheres, jovens, velhos.

    Mesmo que tivesse uns 40 para ajudar ainda seria muita gente para cada indivíduo.

    Como eles iriam se dirigir depois das 10:00 hs (contanto que a pregação tenha durado uma hora), para o rio Jordão, o qual é muito longe de Jerusalém?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Você afirmou que batizar uma pessoa não demanda esforço físico?"

      A resposta é não! Não afirmei tal coisa, ams sim:

      "demande esforço tal que não se possa repetir por inúmeras vezes"

      Prosseguindo:

      O amigo então percebeu que não era apenas Pedro quem estava ali, mas também os demais apóstolos!

      Isto já muda um pouco o panorama do livro de Atos!

      Mas faça o seguinte, leia um pouco mais dos capítulos anteriores, bem lá no início, que o amigo perceberá uma outra coisa! Há um outro fator importante que o amigo não levou em consideração e que está intimamente ligado à primeira pergunta que é:

      Quantos auxiliaram nos trabalhos de pregação?

      O amigo não deve conhecer muito sobre batismos em massa, então, se o amigo não perceber o que estou querendo lhe mostrar, volte aqui que lhe explico.

      Excluir
    2. Explique como quase 3.000 pessoas foram batizadas por imersão em uma cidade que não tem rio; eles não tinham as nossas comodidades, a não ser a classe abastada.

      Você já procurou na internet qual é a distância entre a cidade de Jerusalém e o rio Jordão?

      Explique, COMO quase 3.000 pessoas foram batizadas em Jerusalém, ou você acha que as autoridades judaicas iriam ser "boazinhas" e permitir que fossem usadas quaisquer fonte de água para os apóstatas judeus que creram no evangelho?

      Veja o que aconteceu a Estevão! Foi apedrejado até a morte pelo NOME; veja em At.4 os Apóstolos sendo presos, em At.9 depois da conversão Paulo teve de fugir descendo dentro de cesto para fora dos muros da cidade, At.10 Pedro na prisão e libertado por um anjo de Deus, At.12 Tiago, aquele grande apóstolo, martírizado etc. etc. etc.

      Onde se realizou o batismo por imersão de quase 3.000 pessoas na cidade de Jerusalém?

      Imagine! É gente! 1, 2 ,3, 4, 5, 6, 7, 8, 9...11, 12...45.....79....235....567...956...1939....2789....3000.

      Os únicos que tinham autoridade eram os apóstolos; foi à eles dada a ordem para pregar e batizar. Evidente que depois esta ordem foi estendida ao resto da igreja, através de seus dons e oficios.

      Se tivermos, arredondando 3.000, mais uns 100 para ajudar é MUUUUITA gente e Jerusalém não tinha na época como batizar tanta gente assim.

      As escrituras afirmam que João batizava no rio Jordão porque ali havia "muitas águas."

      Não é mencionada a forma de batismo; daí temos que percorrer o significado desta palavra em vários textos das escrituras.

      Os defensores do imersionismo capitaneados pelos batistas, afirmam que João batizava por imersão. As escrituras dizem qu o batismo de João era para arrependimento a fim de encontrar-se com o Messias. Uma mensagem emocionante!

      O batismo de arrependimento não representava a morte e ressurreição de Cristo, justificando o modo de imersão.

      O batismo cristão não é definido por nenhuma modalidade, mas pelo retrospecto apresentado no livro de Atos, nas várias ocasiões em que ocorre o batismo, a aspersão que foi usada para purificar o tabernáculo e também responde analogicamente pela "efusão" do Espírito Santo como chuva preciosa de bençãos sobre a Igreja, é a modalidade que mais se a harmoniza com o aspecto sacrificial, ou seja, a aspersão do sangue de Cristo. 1Pe.1:2, 1Jo.5:8 (na tradução corrigida e revisada).

      Excluir
    3. A pergunta ainda está posta, caso queira continuar do ponto em que paramos!

      Começarei a ignorar os rompantes do amigo...

      Excluir
  7. Está claro que Timm não tratou do cerne da questão... mas seria de esperar outra coisa? Veja a opinião de um apóstolo mórmon ou de um membro do CG das TJs, se eles são uma seita... até parece que diriam outra coisa!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amigo Luciano Sena, sectarismo está mais ligado à atitudes pessoais do que uma religião!

      A divisão entre denominações, é uma criação humana e está fora do contexto bíblico.

      Biblicamente somos um grupo só de cristão, onde dentro existem grupos de sectários!

      Partindo do princípio do amigo, de que o passado de uma pessoa compromete a sua sinceridade e que o amigo não acredite que um grupo possa mudar, ou se acertar com a verdade, devido ao passado, o amigo tem que necessáriamente se considerar um sectário! Até mesmo por causa de suas atitudes!

      O amigo mudou de denominação mas não mudou de atitude! E tem feito aqui o que aprendeu lá!

      - Não nos misturemos com este pessoal, porque são perigosos! Eles já estão condenados! Eles crêem errado olha! Nós é cremos no certo! Fogo de satã para eles e salvação para nós!

      O amigo já ouviu acerca da teoria da mola?

      Uma pessoa quando faz parte de uma seita, é como uma mola comprimida. Quando se liberta ela extrapola seus limites e demora muito a voltar à seu estado normal, equilibrado.

      Por isto vem aquele sentimento:

      - Agora é minha vez de taxar as outras religiões de seita! Antes eu era parte da minoria, agora, sou da maioria!

      Pessoas neste estado tem muita dificuldade de aceitar o "diferente", sentem-se ameaçados, como disse o escritor Timm.

      O amigo faz parte de um grupo que representa uma maioria, entre os ortodoxos, verdade!

      Mas também pertencem à um pequeno grupo, que sofre, HOJE, sanções parecidas com as que sofrem pequenas seitas!

      E estou falando do seu calvinismo amigo Luciano Sena!

      Existem vários irmãos ditos ortodoxos, que taxam hoje, certas doutrinas calvinista como a dupla predestinação de diabólicas!

      O que ocorre?

      As doutrinas adventistas pregam escancaradamente contra muitos conceitos calvinistas e também contra muitas crenças fundamentalistas que ainda persistem!

      Neste aspecto, a IASD tem pregado aquilo que já está a algum tempo entalado na garganta de muitos cristãos da comunidade ortodoxa moderna!

      Por isto as pregações adventista tem atraído tanto a atenção da cristandade hoje!

      Por isto a IASD é vista como uma ameaça por parte de calvinistas e fundamentalistas!

      Nisto, calvinistas e fundamentalistas, tem sido reduzido à uma condição que os levam a cada vez mais fazerem parte de um pequeno grupo! Que no conceito bíblico e no bom conceito moderno é chamado de seita, ou seja, um pequeno grupo com idéias dissonantes de um meio comum!

      E o calvinismo tem sido isto, amigo Luciano Sena, uma nota dissonante no contexto moderno!

      (...)

      Excluir
    2. E a cristandade não tem demonstrado querer voltar para o ventre, ou para dentro da casca do ovo.

      A cristandade moderna procura um Novo Tempo!

      O Calvinismo ajudou a igreja a se libertar de muitas coisas, mas ao mesmo tempo também aprisionou.

      De forma que o calvinismo também possui suas características sectárias, por exemplo:

      Há vários casos de pessoas que quase enlouqueceram, atormentadas pelo fato de não saberem se estavam salvas ou perdidas, porque se guiaram pela doutrina da predestinação!

      É o mesmo sentimento, daqueles que não sabem se fazem parte dos 144 mil, segundo o que pregam alumas religiões tratadas como seitas.

      Aquele Deus de religiões tratadas como sectárias que mostram um Deus extremamente rigoroso, punitivo, cuja ira jamais se apaga, se repete em algumas doutrinas calvinistas, especialmente aquela que fala acerca do tormento eterno!

      Veja então que sectarismo está mais ligada à condição de uma pessoa, dentro de uma religião, do que uma religião em si!

      Algo que era tido como ortodoxo, pode com o passar do tempo, ser visto como sectarismo? Sim pode!

      Certas crenças calvinistas se separaram da ortodoxia! Uma delas é a dupla predestinação taxada de diabólica e repudiada hoje por muitos.

      Então um grupo pessoas que continua a proceder com este tipo de crenças, é separado do grupo principal e vista com desconfiança.

      O calvinismo hoje realmente tem buscado uma ascensão através do pentecostalismo, mas por que?

      A resposta é a seguinte: Porque não há como um pintinho voltar para dentro do ovo! Então tem que crescer e caminhar por suas próprias pernas e para isto, precisa buscando outros terrenos.

      Chegamos então ao contexto em que estamos, meus amigos! Neste blog que é um perfeito exemplo, do que tem acontecido!

      Calvinismo dando mãos ao pentecostalismo!

      E isto é profético!

      Excluir
  8. Sr Adventista e sua ladainha "Leandricista"...

    "Já faz algum tempo que ele deu um parecer sobre a opinião de muitos que retratam a Igreja Adventista como uma seita. Sua resposta pode ser vista >>>AQUI<<<. Fiz algumas considerações de algumas partes:"

    Nem prestou atenção no link n início da postagem? Se um texto desse tamanho não tem capacidade de ler corretamente, vou esperar mais o quê?

    Outra coisa, se notou, quando eu citei ele está em itálico e aspas. Preste atenção!!!

    Só fumaça argumentativa...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Peço desculpas amigo Luciano Sena, não estou familiarizado com esta forma de escrita:

      Entendo por fonte bibliográfica ou fonte da citação, no mínimo o endereço por extenso e não embutido em uma palavra em azul escuro, sem subscrita, misturada ao texto. Sim, o link por trás do seu AQUI me passou desapercebido!

      Neste ponto não critico o amigo, talvez eu é quem deva começar a aderir mais a esta forma de "citação", que tem sido cada vez mais comum, por ser bastante prática.

      Excluir
  9. "Até mesmo igrejas pentecostais (as ortodoxas) consideram a IASD uma seita, a despeito dessa falsificada defesa de ‘presença do dom profético’, em Ellen White."

    e não poderia ser diferente, no que os texto de apocalipse pode se aplicar as essa lunática. somente o delírio dos seguidores dessa seita, aceitam isso.

    Os adventistas acreditam que Ellen White teve o "Dom de Profecia", como descritos em Apocalipse 12:17 e 19:10. A base dessa crença está no fato do Novo Testamento apontar que nos últimos dias os cristãos teriam novamente o "dom de profecia" para orientar a igreja.

    APOCALIPSE 12
    17 E o dragão irou-se contra a mulher, e foi fazer guerra ao remanescente da sua semente, os que guardam os mandamentos de Deus, e têm o testemunho de Jesus Cristo.
    APOCALIPSE 19
    10 E eu lancei-me a seus pés para o adorar; mas ele disse-me: Olha não faças tal; sou teu conservo, e de teus irmãos, que têm o testemunho de Jesus. Adora a Deus; porque o testemunho de Jesus é o espírito de profecia.


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não apenas isto Fernado, o amigo está desconsiderando de que em toda a Bíblia, Deus enviava profetas acompanhar o seu povo!

      Cremos que isto é algo natural e que sempre ocorreu e sempre ocorrerá!

      Pois está escrito:

      1 Tessalonicenses 5:20;
      Provérbios 29:18;

      No pensamento adventista, Deus não muda, portanto, sendo que agiu em toda a Bíblia por meio de profetas, não há porque também não agir no restante da história.

      Deus pode mudar a forma didática e também os tipos de dons que irão prevalecer, mas com base nos próprios versos que o amigo levantou percebemos que o dom de profecia, seria dom que seria mais enfatizado nos últimos tempos.

      Estranho que é justamente o dom que a cristandade moderna mais tem desacreditado!

      Por isto a crença no dom de profecia faz parte de nossas doutrinas!

      Agora, basta comparar os milleritas da época, com os Adventistas do Sétimo Dia hoje!

      E o resultado, na prática, da aplicação das recomendações e conselhos do Espírito de Profecia, nas mais variadas instituições além da Igreja.

      Como então, não acreditar?

      O dom profético hoje é algo palpável e visível, nos resultados que podemos comprovar pessoalmente.

      Excluir
    2. HEBREUS 1:
      1 HAVENDO Deus antigamente falado muitas vezes, e de muitas maneiras, aos pais, pelos profetas, a nós falou-nos nestes últimos dias pelo Filho,
      2 A quem constituiu herdeiro de tudo, por quem fez também o mundo.
      3 O qual, sendo o resplendor da sua glória, e a expressa imagem da sua pessoa, e sustentando todas as coisas pela palavra do seu poder, havendo feito por si mesmo a purificação dos nossos pecados, assentou-se à destra da majestade nas alturas;

      considere o que diz as escrituras.

      "O dom profético hoje é algo palpável e visível, nos resultados que podemos comprovar pessoalmente."

      muito pelo contrario, o que vemos e uma verdadeira confusão.

      Excluir
  10. As igrejas Reformadas, como herdeiras legítimas do grande movimento do qual ela levam o nome, tem todo o direito dentro da palavra de Deus, de considerar o adventismo um culto ou seita.

    O adventismo, (e não vou citar agora), rejeita TODAS, eu disse TODAS as doutrinas reformadas, com a AGRAVANTE de, (e Ellen White fez), chamar as igrejas reformadas de Babilônia; ela afirmou que Deus abandonou as igrejas protestantes porque elas rejeitaram a "mensagem de 1844."

    Então, estas explicações encontradas em publicações modernas adventistas, como o "Nisto Cremos" e outras, são declarações "hipócritas" querendo dar a entender que as crenças adventistas são ortodoxas, NEGANDO até as declarações da profetisa que excomungou as denominações protestantes.

    Não pode haver ortodoxia no adventismo porque suas crenças NÃO SÃO UM APROFUNDAMENTO DAS DOUTRINAS REFORMADAS (DA REFORMA); as doutrinas adventistas, inclusive a da justificação pela fé, (em que o perdão é provisório, ou seja, o indivíduo somente o recebe se ao passar seu nome no Juízo Investigativo, verifica-se que o "tal" sujeito viveu 100% de acordo com o decálogo), são completamente diferentes do que ensinaram os reformadores e pré-reformadores.

    O livro de Apocalipse é bem claro ao afirmar que o "espírito de profecia" (Ap.19:10), era o que estava se manifestando na revelação que Jesus Cristo (nosso Profeta Maior, Hb.1:1-3) entregava ao Apóstolo João.

    Sendo que a Mulher de Ap.12 é Israel que deu à luz ao Messias e que em Cristo Judeus e Gentios formam UM CORPO, os remanescentes de Ap.12:17, desde o tempo de João estavam sendo perseguidos.

    João se identifica com este remanescente desde a abertura do livro de Apocalipse no capítulo1.

    Os mandamentos de Deus de Ap.12:17 são os dados aos cristãos na dispensação da graça, e destacam-se dentre outros textos em 1Jo.3:22-24; em Ap.12:17 e 19:10, o espírito de profecia era o que estava PRODUZINDO o livro de Revelação (Apocalipse).

    Era disto que se tratava, e não dos escritos de Ellen White ou de nenhum outro se auto-intitulando profeta.

    Em Ap.22:9, o anjo diz que os profetas são irmãos de João, a fim de reforçar que a manifestação do espírito de profecia (2Pe.1:20-21), que se manifestou nos profetas era o MESMO que estava se declarando a João, ou seja, o Dom Real do Espírito Santo. 1Co.14:1.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amigo Paulo Cadi, as coisas são assim apenas na cabeça do amigo e de mais alguns.

      Fora da interpretação preconceituosa do amigo, estas coisas que o amigo tem dito, em nada se confirmam.

      O amigo pode criar um mundo tenro de conclusões sobre o adventismo (mesmo não o conhecendo), que não irá influir nem modificar a realidade.

      Somos aquilo que as pessoas podem ver e ouvir! E não aquela imagem que o amigo construiu em sua cabeça.

      Isto que está aí em sua mente pode lhe parecer corresponder à verdade, mas não é de fato.

      Uma mente sectária, produz, acerca da religião alheiam, justamente isto que o amigo acabou de comentar.

      Conclusões negras e sombrias, totalmente desprovida de luz acerca aqueles com quem não concorda!


      Pelo fato de o amigo pensar assim, é que o amigo conclui de que os Adventistas e também Ellen White, pensem da mesma forma acerca das religiões onde hajam coisas com que não concordem!

      Entretanto, o adventistas NÃO olham para as demais religiões, com estes mesmos olhos do amigo!

      Os olhos com que olhamos as demais religiões são aqueles mesmos que vemos na TV Novo Tempo!

      E estes olhos com que olhamos as demais religiões, foram construídos através dos eventos de nossa história, inclusive o desapontamento!

      E os livros de Ellen White, não fizeram mais do que nos fazer enxergar o grande amor que Cristo tem pelos seus filhos espalhados em todas as denominações!

      São estes olhos que nos influenciam, de um Deus de amor que quer salvar a todos e não apenas os adventistas, das trevas da ignorância acerca de SUA Palavra.

      O sentimento que move cada pastor da TV Novo Tempo é o de compartilhar a mensagem que recebemos.

      Antes de afastar, buscamos nos aproximar dos irmãos em todas as religiões.

      É justamente este tipo de atitude que mostra que não somos em nada sectários!

      Não nos consideramos herdeiros exclusivos da verdade, nem portadores de uma ortodoxia superior às escrituras sagradas! Nem valorizamos qualquer outra coisa acima da Bíblia Sagrada!

      Deste modo não precisamos, unanimemente, ser visto como ortodoxos, ou reformados, tudo que precisamos é sermos vistos como o povo que prega a Bíblia.

      - Quem são estes ali? Ortodoxos? Reformados?

      - Não! Aquele é o povo da Bíblia!

      Quem é ortodoxo? Quem é reformado? E quem é da Bíblia?

      Porque A Bíblia é a maior autoridade, de onde deveriam vir as reformas e a ortodoxia!

      Então, não temos nenhuma dificuldade quando a alguns não nos encaixarem em sub-autoridades que os homens criam através da história, porque a nossa única autoridade deve ser a Bíblia Sagrada.

      Porque estas sub-autoridades que muitos hoje adotam como regra de fé, são em verdade aquilo que um dia foi chamado, pelo próprio Filho de Deus de tradição.

      Excluir
  11. O Sr. Adventista pensa que com este discurso vai jogar séculos e séculos de HISTÓRIA REAL DA IGREJA CRISTÃ, incluindo TODAS as suas imperfeições?

    Ellen White afirmou inúmeras vezes que as igrejas protestantes que não aceitaram as "verdades" do juízo investigativo, entraram nas trevas como as virgens néscias.

    Você quer me dizer que os pastores protestantes que OBEDECERAM a Jesus Cristo, não dando ouvidos, à "eis que ele está aqui, ou ali, não vades, nem os sigais, advertindo seus irmãos, caíram na apostasia, e aquele grupo que estava DESOBEDECENDO a Jesus Cristo caiu nas graças de Deus?

    Onde é que está o vosso conceito de certo e errado, mentira e verdade?

    Você já leu as biografias dos santos de Deus através da história da Igreja?

    Leia algumas; se quiser posso lhe sugerir, e depois você fale o que quiser sobre Ellen White.

    Doutrina ortodoxa é aquela que foi provada pelas Escrituras e pela experiência das mesmas desde a partida do apóstolo João.

    A Igreja como um todo já estabeleceu a sã doutrina através dos credos universais, que são regra de fé para todos os cristãos, de todas as épocas.

    NÃO PODE HAVER DESCONTINUIDADE NA DOUTRINA.

    Dentro da igreja católica estão TODAS as verdades da FÉ cristã; só que com o passar do tempo, o catolicismo acrescentou ensinamentos baseados na tradição e não nas escrituras.

    O que fizeram os reformadores? Separaram o joio do trigo.

    TODOS aqueles acréscimos da tradição católica foram excluídos, ficando apenas a sã doutrina elaborada nos credos universais.

    Existiram muitos homens de Deus antes da reforma que estavam no catolicismo e não concordavam com muitos ensinamentos que estavam ganhando terreno.

    Por isso, Lutero afixou as 95 teses na catedral de Witemberg.

    Por isso Jean Calvin, o Calvino, seguiu seus passos e outros foram atrás de sua pegadas.

    Por isso, Charles Spurgeon, o princípe dos pregadores deixou uma obra monumental como um ode a Reforma.

    Posso continuar desenvolvendo o assunto, mas fico observando como é que pessoas abandonam a fé cristã para irem atrás de movimentos restauracionistas quando a Bíblia não ensina que vai haver nos últimos dias este tipo de movimento, mas o oposto, a apostasia se tornará cada vez mais insuportável terminando na grande tribulação e julgamento universal.

    ResponderExcluir
  12. "com o passar do tempo, o catolicismo acrescentou ensinamentos baseados na tradição e não nas escrituras."

    E parte de tais ensinamentos persistem até os dias de hoje!

    "TODOS aqueles acréscimos da tradição católica foram excluídos, ficando apenas a sã doutrina elaborada nos credos universais."

    Ledo engano!

    ResponderExcluir
  13. A transição que Ellen White apresenta, ou seja, como a doutrina reformada passou por uma completa metamorfose quando passou pelo tunel da falsa profecia de William Miller, é desastrosa e inculta; a causa: ignorância completa da história da Igreja, tendo que plagiar de fontes que demonstraram estar erradas em vários pontos da história da Reforma.

    Segundo Ellen White, Deus estava abençoando e iluminando todos os mestres da Reforma. Só que daqui um pouco, mudou de idéia e levantou um outro movimento que nega todas as verdades que já tinham recebido o seu louvor.

    É o descontinuísmo! Aí está a prova de que os movimentos restauracionistas são falsos, pois não dão prosseguimento aos marcos já estabelecidos, mas se desviam e injetam as suas revelações que contradizem a doutrina crida e aceita por todos os santos de Deus através da história.

    Sem o FATOR conhecimento da história eclesiástica (que é o mal dos movimentos restauracionistas), é criada uma ilusão de que todas as forças político-religiosas através dos séculos, estavam trabalhando em função do aparecimento de tal ou qual grupo restauracionista; o que é completamente absurdo, já que estes movimentos não tem nenhum respaldo da Escritura nem da história, mas apenas de sua própria esquizofrênia!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A igreja não levou adiante a reforma! Não honrou os esforços dos reformadores. Na primeira oportunidade se dividiram em mais e mais denominações cada uma pregando aquilo que melhor lhes convinha! Pararam de estudar a bíblia e não se preocuparam mais com a prioridade da pregação do evangelho.

      Excluir
    2. Levar "adiante a Reforma" em direção a 22 de outubro de 1844?

      Você já leu o ensinamento dos puritanos sobre a mensagem do livro de Hebreus?

      Você sequer imagina que eles iriam negar todo o conhecimento soteriológico que eles possuiam e legaram à posteridade para ir atrás de um herético como foi William Miller.

      Você já estudou a história da Reforma e dos puritanos e comparou com o movimento de Miller?

      De onde você tirou "essa" de que "pararam de estudar a Bíblia?

      Você já leu ou estudou as obras reformadas do século 19 e 20 para afirmar que "pararam de estudar a Bíblia?'

      Você afirmou que "não honraram os esforços dos reformadores."

      Por acaso foram os ex-Milleritas - Adventistas do Sétimo Dia - que "honraram os esforços dos reformadores?"

      Compare a doutrina dos reformadores com as dos adventistas e veja se eles por acaso "honraram os esforços deles (reformadores)."

      Você disse que "na primeira oportunidade se dividiram em mais e mais denominações..."

      E os adventistas? Vieram subtrair ou somar o número de denominações já existentes?

      O "boom" que causou o surgimento de inúmeras denominações não veio da reforma, mas de movimentos heréticos que surgiram nos Estados Unidos, à partir do século 19.

      Sempre surgiram movimentos heréticos na história da Igreja, mas esta multiplicação avassaladora não se deve a Reforma, mas a movimentos descontentes com a Reforma, entre os quais está o movimento chamado de "Milleritas", que deu origem aos adventistas, que por sua vez vieram acrescentar o número de grupos heréticos que já estavam surgindo.

      Excluir
  14. E quem estragou a obra dos Reformadores foram os Adventistas e CIA...

    ResponderExcluir
  15. Olhe nesta pagina,

    http://mcapologetico.blogspot.com.br/2014/02/como-aos-hebreus-destroi-doutrina.html

    Eu não sei se você me ignorou ou me esqueceu ou talvez não tenha visto os meus comentários ......

    ResponderExcluir
  16. As minhas respostas estão ali - 01/03/2014, as 22:39 e 23:14.

    Retorne para confirmar. obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sinceramente eu não vi suas respostas...

      Meus últimos cometários foi esses abaixo e não obtive respostas, abaixo deles não vi nenhuma respostas ..


      Sétimo Dia, o Sábado, dia DO SENHOR !!!28 de fevereiro de 2014 09:06
      Era muita coisa pro profeta Josué escrever espirado pelo o Espírito Santo que, por exemplo ?

      "A "Terra" ficou parada, e a lua também parou, até que o povo se vingou dos seus inimigos. Estas palavras estão escritas no Livro do Justo. A "Terra" ficou parado no meio do céu e atrasou a sua descida por quase um dia inteiro".

      Se foi O Espírito Santo que criou a Terra e o Universo, Lógico que Ele sabe que quem gira é a Terra e não o Sol !!!! Mas por que Ele não quis que Josué escrevesse assim ?

      Vamos supor que a Bíblia não fale Diretamente de outros seres Criados por Deus e não caídos, por esse motivo você não crer, mas a Bíblia não fala de outros Planetas criados por Deus, mas você acredita que eles existem no Universo a fora !!!

      Sim ou Não ???

      Comente esse texto pra mim por favor:

      "Então ouvi todas as criaturas que há no céu, na terra, debaixo da terra e no mar, isto é, TODAS AS CRIATURAS do Universo, que cantavam: “Ao que está sentado no trono e ao Cordeiro pertencem o louvor, a honra, a glória e o poder para todo o sempre!”
      Os quatro seres respondiam: “Amém!” E os líderes caíram de joelhos e o adoraram".

      Esse é o meu Criador Ilimitado !!!!! Amém. Honra, glória, soberania, Majestade, poder, louvor e Adoração ao nosso Deus !!!!

      Você diz : "Jesus afirmou que "um espírito não tem carne e ossos como vedes que eu tenho." Jesus afirmou a existência de espíritos, não que eles tenham que entrar em contato conosco, o que já é outra história".

      Errado !!!!!

      Se Ele disse que Ele não era um espírito, que espíritos não tem ossos e carne, dá a entender que um "espírito" de seres humanos poderiam aparecer, essa afirmação destrói por que completo a vossa doutrina, se crermos que esse "espírito" pode ser o do ser "humano" e não de um demônio !!!!!!

      Também Vejo uma CONTRADIÇÃO DE JESUS, com vossa doutrina da Imortalidade da Alma, vocês dizem que o relato da Parábola do Rico e Lazaro É LITERAL.

      Talvez você possa me explica melhor essa supposta CONTRADIÇÃO.

      Vamos com mais uma objeção (espero que responda).

      Lucas 16:14

      1°) "E, clamando, disse: Pai Abraão, tem misericórdia de mim, e envia-me Lázaro, para que molhe na água a ponta do dedo e me refresque a LÍNGUA, porque estou atormentado nesta chama".

      Lucas 24:37-39

      2°) " E eles, espantados e atemorizados, pensavam que viam algum espírito.
      E ele lhes disse: Por que estais perturbados, e por que sobem tais pensamentos aos vossos corações?
      Vede as minhas mãos e os meus pés, que sou eu mesmo; apalpai-me e vede, pois um espírito NÃO TEM CARNE NEM OSSOS, como vedes que eu tenho".

      Objeção::::

      Se Cristo estar falando de um "espírito" de um ser humano (como afirma vocÇe Cadi) em Lucas 24:39 e que esse suposto "espírito" de ser humano não tem carne e nem ossos, (preste a tensão agora na pergunta e responda) como que Cristo afirma que o espírito do Rico EM LUCAS 16:14 tem LÍNGUA E DEDOS ??????

      Não existe carna na Língua e nos Dedos ???

      ESSA MINHA PERGUNTA VALE PRA TODOS QUE PENSÃO DA MESMA FORMA QUE O PAULO CADI......

      Não me venha em me dizer que, SÃO COISAS ESPIRITUAIS, NÃO CABE AO HOMEM ENTENDER, COMO ALGUNS AQUI ME TEM FALADO !!!!!!

      Seguindo o seu exemplo de mente, Cérebro etc.

      Nós, os salvo em Cristo, quando vir o seu Reino, teremos lembranças das coisas que tivemos vivenciados a qui na Terra ? (Lembranças, Memória , Mente).

      Se ser humano quando ganhar seus corpos Glorificados se iram ter no seus corpos sangue, carne ou ossos, eu não sei mas, uma coisa eu sei..

      Mateus 26:29

      "Eu lhes digo que, de agora em diante, não beberei deste fruto da videira até aquele dia em que beberei o vinho novo COM VOCÊS no Reino de meu Pai".

      Excluir
    2. Sétimo Dia, o Sábado, dia DO SENHOR !!!28 de fevereiro de 2014 09:09
      Espíritos não bebem e não comem, e para comer e beber temos que ter membros, e se temos membros temos que ter sangue, se vamos sentar a Mesa com o Senhor Jesus e Isaque, Abraão e Jacó, por que um banquete vai haver, quando de fale em banquete, fala-se em comida, e quando fala-se em comida é por que alguém vai comer e para comer, temos que ter MEMBROS etc. Ou vai ter um ALIMENTO ESPIRITUAL ?? KKK

      Então, quem nasce de novo é o "espírito" ?

      Espero mais uma vez que responda as objeções !!!!

      É esperar muito de você !!!

      Em Cristo !!!!

      Excluir

      Sétimo Dia, o Sábado, dia DO SENHOR !!!28 de fevereiro de 2014 09:25
      Se é para enumera-las , vamos então::

      Perguntas:::

      1°)A Feiticeira ela trabalha pra quem ? Deus ou O Diabo ??

      2°)E por que Deus reprovou aquela atitude de Saul ??? Consultar Médium ......

      3°)Na vossa crença, quando o espírito ou a alma sai do corpo, a pessoa morre, então, você vai ter a coragem de dizer que Paulo Morreu ???

      “Sai-lhes o espírito, e eles tornam ao pó; nesse mesmo dia, perecem todos os seus desígnios”. Salmo 146:4.

      Ei Paulo Cadi, me explique esta passagem de Col. 2:5

      4°)"Vem subindo um homem ancião, e está envolto numa capa."

      5°)Como harmonizar todas essas declarações com sua crença ?

      Vocês acreditam que os justos mortos então em cima no Céu, não em baixo "na terra".

      6°)Pode "subindo da terra" significar descendo do Céu ?

      Além disso, a narrativa assim descreve "Samuel": "Um ancião ..... envolto numa capa."

      7°)é desse modo que um espírito imortal apareceria ?

      8°)Ele realmente assume um corpo ?

      9°)Se é sim, onde obtém o corpo ?

      Se fosse respondido que houve uma ressurreição, responderíamos que tal confissão prejudica todo o argumento, por que cremos que o diabo não tem poder para ressuscitar os mortos, e certamente Deus não estava as ordens desta Médium, que se achava sob o divino edito de morte por praticar feitiçaria ( Veja Lev. 20:27; Deu. 18:10 e 11).

      10°)Onde habitava Samuel, se o suicida Saul iria estar com ele ?

      11°)Mas por que o relato fala de "Samuel", se ele realmente não estava ali ?

      O registro não diz que Saul viu a "Samuel", por que , quando a médium gritou, ele perguntou:

      "Que vês ?"

      E um momento depois: " Como é a sua figura ?

      12°)Se Samuel estivesse ali,por que Saul não o teria visto ?

      13°)Eram somente os olhos da feiticeira suficientemente penetrantes para discernir "um ancião.... envolto numa capa"?


      13 perguntas que calou a boca do Paulo Cadi !!!!!!!!!!

      Excluir
    3. Estas 13 perguntas foram respondidas na referida postagem, no dia 01/03/2014 as 22:39 e 23:14.

      Jesus afirmou que um "espírito" NÃO TEM carne e nem ossos como Ele.

      Ele não estava dizendo que um "espírito imundo" ou alucinação não possuíam elementos materiais em sua constituição.

      O Senhor Jesus estava comparando a materialidade de seu corpo, com a imaterialidade de um espírito humano que é o que os discípulos acreditavam ver.

      Os discípulos não pensavam que viam um demônio, mas o espírito de Jesus; o Senhor corrigiu-os e não afirmou nada contra a existência de espíritos humanos.

      Se os discípulos não acreditassem na existência de espíritos não pensariam em estar vendo o espírito de Jesus.

      No caso de Lázaro, ele é que pensou que tinha orgãos materiais. A providência divina para castigá-lo por sua impiedade para com o mendigo fê-lo sentir em espírito tudo aquilo que o mendigo sofreu na carne, por isso sua afirmação absurda de que possuía uma língua e orgãos materiais que poderiam receber água para saciar a sêde.

      Excluir
    4. Até hoje eu procuro estas suas respostas e não as encontro !!!! Pode cola-las as 13 resposta aqui mesmo ???

      Sobre crenças de "espíritos" postarei um comentário lá no outro post que vc respondeu uns comentários meus..

      Jesus não diz que o Rico pensava ter Língua ou Dedos, ele afirma que o mesmo tem esses membros !!!!!

      Excluir
  17. Nós, adventistas, como judaico-cristãos que somos, não precisamos do reconhecimento de nenhuma ser humano acerca da Esperança que guia as nossas vidas. Se o srs. Barnhouse e Martin, dentre outros evangélicos, não tivessem reconhecido a IASD como genuína Igreja bíblica, a IASD continuaria sua missão global do mesmo jeito, como se nunca tivesse mantido contado com os referidos evangélicos.
    Creio que a IASD é a Igreja Remanescente por causa das doutrinas Bíblicas que esta denominação prega, ou seja, por causa do Deus que os adventistas creem e anunciam e não porque alguns respeitados seres humanos passaram a considerar a IASD uma igreja cristã.

    Nós precisamos é do testemunho dos altos céus, atestado na Palavra de Deus, e nada mais!
    Gostaria de sugerir ao nobre Luciano que entre em contato com o dr. A. Timm para promover um debate bíblico com ele. Não precisaria nem mesmo o nobre Sena ir debater com o adventista (caso não queira), basta propor o debate e mandar quem ele (Luciano) entendesse que fosse mais preparado. O tema poderia ser o do artigo do prezado oponente presbiteriano (ou outro qualquer).
    Que tal sr. Luciano Sena? Vc não insiste que a IASD seria uma seita (dentro da sua concepção do termo)? Então promova o debate! O ônus da prova é de quem acusa; então vc poderia procurar os adventistas para este embate. Seria interessante.

    ResponderExcluir
  18. Josinaldo a IASD não é uma igreja cristã genuína. Precisa reconhecer algumas coisas e mudar outras.

    As provas estão apresentadas aqui e em tantos outros lugares.

    Quanto a debates e afins, acho que os que tem interesse nisso é que devem promover. E se ambas as partes tiverem interesse, se envolverem nisso.

    Eu não tenho no momento.

    ResponderExcluir
  19. Sétimo Dia e

    Sr Adventista,

    perguntei qual é nome de vcs, estou aguardando.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, amigo Luciano Sena, o amigo perguntou! E está aguardando!

      Excluir
  20. Vai dizer seu nome? Se não, por qual motivo?

    ResponderExcluir
  21. Respostas
    1. Sim, amigo Luciano Sena, na concepção do amigo, isso é errado!

      Excluir
  22. Luciano, la na postagem do Leonardo Gonçalves vc me fez a mesma pergunta, lhe disse qual é o meu nome, isso só mostra que vc não estar lendo os nossos comentários, tanta faz tanto fez, quem comentou sendo adventista !!!!!!!!

    ResponderExcluir
  23. Luciano Sena e seus adeptos malucos!
    Meus amigos e irmãos Adventistas não pecam seu tempo com esses malucos que só querem atrapalhar a obra Adventista assim como fizeram Sambalate e seus comparsas tentando impedir Neemias de reconstruir o muro(veja Neemias 4 e 6). IGREJA ADVENTISTA: Esse é o Povo, essa é a Igreja do Senhor Jesus Cristo!
    NOSSOS SOMOS UM MOVIMENTO PROFÉTICO PREGANDO UMA MENSAGEM PROFÉTICA!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alessandro, parece que vejo seus olhos esbugalhados, com uma terço de Ellen White no pulso, com voz tremula e indignada dizendo:

      "NOSSOS SOMOS UM MOVIMENTO PROFÉTICO PREGANDO UMA MENSAGEM PROFÉTICA!"

      Somos malucos...

      Excluir
  24. Está comprovado que vc, Luciano, é da mesma linhagem de Sambalate!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alessandro, seu fanatismo por essa seita te leva a esse tipo de cegueira infantil.

      Excluir
  25. Luciano Sambalate!
    Está na hora de se converter meu amigo!

    ResponderExcluir
  26. Amigos, um estudo é sempre bom... considere a salvação de pessoas

    ResponderExcluir
  27. Queridos, a IASD é a única igreja que segue toda a biblia... Desculpem, mas não vejo outra igreja além da IASD e os judeus que crem em Cristo como que seguem a Biblia da forma que ela é

    ResponderExcluir
  28. bom dia, irmãos quanta heresia nesta página, é perc de tempo esta página, nem como um estudo científico pode ser usada como base, muito menos como teologia. abraços

    ResponderExcluir