sábado, 1 de setembro de 2018

28 Perguntas aos TJs sobre a Divindade de Jesus


Por Martyn McGeown 

1. Em Jo 20.28, Tomé se refere a Jesus (em grego) como ho kurios moi kai ho theos moi. Essa tradução é, literalmente, “o Senhor meu e o Deus meu”. Por que Jesus, em Jo 20.29, afirma Tomé ter chegado a essa compreensão (por que me viste, creste?)? Se Jesus, de fato, não fosse o Senhor e Deus de Tomé, porque ele não o corrigiu, por ter feito uma suposição falsa ou uma afirmação blasfema?

2. Jeová diz, em Is 44.24: “Eu sou o Senhor que faço sozinho todas as coisas, que sozinho estendi os céus e sozinho espraiei a terra.” Como você concilia esse texto com o ensino de que Jeová criou primeiro a Cristo e, depois, Cristo criou todas as demais coisas?

3. Se, como os Atalaias ensinam, o título do Senhor Jesus como o “primogênito” em
Colossenses 1 refere-se ao “primeiro ser criado”, e não a um termo de preeminência, como
você explica Jr 31.9, no qual Deus declara que Efraim é seu primogênito? É claro, nas
Escrituras, que Manassés, e não Efraim, foi o primogênito no tempo. Não seria Jesus,
portanto, como Criador, supremo sobre a criação, e não apenas o primeiro ser criado por
Jeová?

4. Se somente Deus pode salvar e se não há outro Salvador além do Senhor (Is 43.11), não
estariam as referências neotestamentárias que falam de Jesus como Salvador apontando sua
divindade? Se não, então como você pode conciliar a declaração de Jesus como Salvador
com Is 43.11 e Oséias 13.4?

5. Se Jesus se colocou em igualdade com o Pai como o próprio objeto da fé do homem
(como ele fez em Jo 14.1), não teria sido isso uma blasfêmia, a menos que Jesus, de fato,
fosse verdadeiramente Deus e Salvador? Similarmente, como pode ser a vontade do Pai
“que todos honrem o Filho, como honram o Pai” (Jo 5.23), se Deus afirma em Isaías 48.11
que “Ele não dará sua glória a ninguém”? De igual forma, como você interpreta as palavras
de Jesus em Jo 17.5, à luz de tudo o que foi acima considerado?

6. Como você concilia o discurso de Jeová em Dt 32.39, “e mais nenhum Deus há além de
mim” e o discurso em Is 45.5, “Eu sou o Senhor, e não há outro”, com o ensino dos
Atalaias de que Jeová é Deus e Jesus é um Deus além dele (veja Jo 1.1 na Bíblia Tradução
do Novo Mundo).

7. Em Lc 20.38 nós lemos que “Deus não é Deus dos mortos e sim de vivos”. A palavra
grega theos (Deus) é usada sem o artigo definido ho (o). Já que a divindade de Jeová não é
diminuída pela construção grega em Lc 20.38, por que seria diminuída em Jo 1.1, se a
mesma construção grega é utilizada?

8. Se Jesus é apenas “um deus”, como ensina a versão Tradução do Novo Mundo, ele é um
Deus bom ou mau?

9. Considerando que todos os “Eu sou” de Jesus no evangelho segundo João (Eu sou o
pão da vida, eu sou o bom pastor, etc.) estão claramente relacionados uns com os outros,
por que a TNM traduz corretamente ego eimi como “Eu sou” em todo o evangelho segundo
João, a não ser na passagem de Jo 8.58, na qual ego eimi é traduzido como “eu tenho sido”?
Por que os judeus quiseram apedrejar Jesus em Jo 8, se tudo o que ele disse foi “Antes de
Abraão, eu tenho sido”, e não usou o nome divino “Eu Sou”, de Ex 3.14?

10. Considerando que Jeová é chamado de “Deus Forte” em Is 10.21, assim como Jesus é
chamado de “Deus Forte” em Is 9.6, isso não significa que os Atalaias estão errados
quando alegam que “Deus forte” é uma referência a uma divindade menor (Jr 32.18)?

11. Considerando que Jesus é o mesmo ontem, hoje e eternamente (Hb 13.8), como podem
os Testemunhas de Jeová afirmar que ele foi um anjo, se tornou um homem, e voltou a ser
um anjo novamente?

12. Considerando que Miguel, o arcanjo, não pôde reprovar Satanás por sua própria
autoridade (Jd 9), mas Jesus pôde e fez (Mt 4.10), isso não prova que Jesus e o arcanjo
Miguel não podem ser a mesma pessoa?

13. Jesus disse em Lc 24.39 que ele não era um espírito e provou isso ao mostrar que tinha
um corpo de carne e osso. Como isso se relaciona com o ensino dos Atalaias de que Jesus
ressuscitou como uma criatura espiritual, sem corpo físico?

14. Considerando que Jesus disse que reconstruiria o santuário (Jo 2.19) e, por “santuário”,
ele se referia ao seu corpo, como Jo 2.21 nos mostra (“Ele, porém, se referia ao santuário
do seu corpo”), não estaria Jesus ensinando a ressurreição do seu corpo, nessa passagem?

15. Como Jeová pode ser o Senhor dos senhores (Sl 136.3, Dt 10.17) e dividir esse título
com Jesus em Apocalipse 17.14?

16. Como Jeová pode ser o primeiro e o último (Is 44.6), se Jesus recebeu esse título em
Apocalipse 1.17?

17. Como Jeová pode ser o único diante de quem todo joelho se dobrará (Is 45.22-23) e
Jesus receber a mesma honra (Fl 2.10-11)?

18. Se em Isaías 40.3 o caminho está sendo preparado para o Senhor, por que Marcos
aplica essa passagem a Jesus? João Batista não estava preparando o caminho para Jesus?
Como podemos então escapar da tese de que Jesus é o Senhor?

19. Em Apocalipse 22.12-13, o único que está voltando é Jesus, identificado como o Alfa e
o Ômega. Como, então, escapar da conclusão que Apocalipse 1.8 também se refere a Jesus
(Alfa e Ômega) e o chama de “Todo-Poderoso”?

20. Se em 1Co 8.6 existe um só Senhor, chamado Jesus Cristo, isso significa que o Pai não
é Senhor? Como, então, os Atalaias podem dizer que o título de Jeová como único Deus
exclui a possibilidade da divindade de Cristo?

21. Se o nome de Jeová é o único nome para a salvação (Is 43.11), por que Atos 4.12 diz
sobre Jesus: “E não há salvação em nenhum outro; porque abaixo do céu não existe
nenhum outro nome, dado entre os homens, pelo qual importa que sejamos salvos”? Não
é verdade que Jesus é a salvação de Jeová, “Deus conosco” (Mt 1.23) como nosso
Salvador?

22. Na tradução Novo Mundo, a palavra grega proskuneo usada em referência a Deus é
sempre traduzida por adoração (Ex: Ap 5.14; 7.11; 11.16; 19.4; Jo 4.20, etc.). Todavia, toda
vez que proskuneo é usada em referência a Jesus, é traduzida por obediência (Mt 14.33;
28.9,17; Lc 24.52, Hb 1.6; etc.), mesmo sendo a mesma expressão grega. Qual a razão para
essa inconsistência?

23. Colossenses 1.16, discorrendo sobre Jesus, ensina: “Tudo foi criado por meio dele e
para ele”. Os Atalaias sustentam que Jesus foi o arcanjo Miguel, na criação. Pode um anjo
criar todas as coisas para si mesmo? Como explicar isso, já que o Deus Todo-Poderoso
criou todas as coisas para seu próprio prazer, conforme Apocalipse 4.11?

24. Se os salvos que já estão mortos não têm consciência, como Apocalipse 14.13 os
descreve como “abençoados” e como seres que estão “desfrutando o descanso”?
Similarmente, como os ímpios mortos podem “não descansar de dia nem de noite… para
sempre”, se eles foram aniquilados e não existem mais?

25. Se o Espírito Santo é uma força impessoal, como Ananias pode ter mentido para Ele e
como Ele pode ter sido chamado de Deus, em At 5.3,4? Como uma força impessoal pode
ser blasfemada (Mt 12.31)? Como uma força impessoal pode ser entristecida (Ef 4.30)?
Como uma força impessoal pode ter vontade (1Co 12.11)? Como uma força impessoal
pode ter “mente”, já que ele sonda (a mesma palavra usada em Jo 5.39) as profundezas de
Deus e conhece a mente de Deus? Como uma força impessoal pode ensinar (Jo 14.26),
ordenar (At 8.29; 13.2) e orar (Rm 8.26)?

26. A Bíblia usa coisas impessoais para descrever o Espírito, tais como água e fogo. Os
Atalaias argumentam, por isso, que Ele não é uma pessoa. Devemos dizer, então, que
Deus, chamado de “Fogo Consumidor”, é uma força impessoal?

27. Considerando que Efésios 2.8-9 ensina que a salvação é pela graça, mediante a fé, e que
a fé não é fruto de obras, mas é um dom de Deus (Tt 3.5; Rm 3.20; Gl 2.16), porque os
Atalaias ensinam salvação pelas obras?

28. Paulo afirma: “Mas longe esteja de mim gloriar-me, senão na cruz de nosso Senhor
Jesus Cristo, pela qual o mundo está crucificado para mim, e eu, para o mundo. (Gl 6.14)”
Em que você se gloria? Será que você pode verdadeiramente fazer a confissão de Paulo e
sustentar a doutrina da salvação das Testemunhas de Jeová?

Fonte: http://www.monergismo.com/textos/seitas_heresias/perguntas-aos-tj_Martyn-McGeown.pdf

885 comentários:

  1. Boa tarde para todos os amigos e amigas , irmãos e irmãs que sabiamente seguem este conceituado blog.

    Até o momento nenhum Jeovita, aventurou-se a responder nenhuma das pevida de todos nós , aqui feitas com base nas Escrituras e que devem ser respondidas objetivamente sem rodeios . Com certeza este artigo tem como objetivo abençoar a vida de todos nós , que com sinceridade desejamos seguir os passos do Eterno Iavé .
    Estamos orando ao Pai em nome de Jesus , para que as mentes e corações sejam iluminadas para que os eleitos cheguem ao conhecimento da verdade.
    Em Cristo
    Wilton

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Em tempo : Onde se lê : pevida , leia-se : perguntas
      de todos nós , seja desconsiderado( ou seja : apagado )

      Excluir
  2. Boa tarde. O José roberto de araujo araujo que é um ótimo apologista tj, deve se manifestar para defender a posição dos arianos a esta postagem. Alias ele como próprio já afirmou, saiu das fileiras evangélica e conhece os dois lados da moeda.

    ResponderExcluir
  3. Boa noite.
    Na verdade o Sr. José Roberto saiu sas fileiras evangélica, por não ter assimilado diligentemente a doutrina Trinitariana , por
    exemplo, conforme deixa claro nas postagens sobre este assunto .
    Sds
    Wilton

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como que sair de um movimento ou abandonar uma doutrina fosse por si garantia de que a conheceu bem, e a aceitou no coração. Irmão Wilton, no caso dos TJs o que mais constatamos é que eles se dedicam em conhecer a doutrina da Trindade mais quando se tornam TJs do que antes, e o fazem sob a ótica do Corpo Governante papal e sob as visões dos anticristãos. Quando em algum momento percebem que existe algo de errado no que criticam,e a essa altura já estão lá envolvidos, eles começam estudar mais as criticas e buscar mais e mais argumentos.

      Excluir
  4. Essas perguntas e um cheque mate na doutrina dos tá. Faltou uma última pergunta aos arianos, segue se Jesus e um deus a parte e não é Jeová, então Jesus e um outro deus, sendo assim ele é um deus falso ou verdadeiro. Já que ele não é Jeová no sentido de divindade.

    ResponderExcluir
  5. Não sabia que o sr José Roberto era um ex-trinitario,pois em um debate que tivemos nessa mesma página,ele usou um argumento unicista contra a Trindade ,coisa comum em vários tj,ele argumentou como se nós trinitarios acreditamos que o Pai e o Filho são as mesmas pessoas,da pra se ver então que até hoje ele não conhece a trindade ainda,das duas ou uma,ou ele foi mais uma vítima das mentiras tj contra a trindade ou o tj que evangelizou ele também desconhece a trindade.

    ResponderExcluir
  6. Olá Luciano vi em um dos seus vídeos sobre TJs que eles tem um interlinear grego-inglês. Sou professor de teologia e grego no seminário e gostaria de saber como/onde posso obter esse.material. Pesquisei em vários sites e não encontrei.
    Grato,
    Eli Almeida

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa tarde Eli Silva. Voce poderá dar uma olhada em um link que vou te indicar onde contem o Novo Testamento interlinear grego/portugues, e várias opções de bíblias como multilingue, grego paralelo (SBL GNT 2010/Nestle GNT 1904/Westcott and Hort 1881/RP Byzantine Majority Text 2005) como exemplo. Vc pode conectar o link https://bibliaportugues.com/multi/matthew/1-1.htm

      Excluir
    2. Professor Eli, as Testemunhas publicaram dois Interlinear. Um de nome "Diaglott" e a "Interlinear do Reino" (tem duas edições). Acredito que se houver disponível apenas na gráfica deles. Envie uma carta para eles solicite número de conta, creio que pode conseguir.

      Excluir
    3. Obrigado pela resposta!
      Consegui o "Interlinear do Reino" nesse limk: https://ia802707.us.archive.org/3/items/KingdomInterlinearGreekScriptures/Kingdom_Interlinear-Greek_Scriptures_1969.pdf
      Também encontrei baixando o aplicativo "JW Library"
      Teria como você disponibilizar sua apresentação em power point e/ou materiais que possam me auxiliar na apologética relacionado aos TJs? . Caso positivo segue meu e-mail:
      elisilva7@hotmail.com
      Obrigado

      Excluir
  7. Nós temos duas questões em João 20;28 ; (1) Estaria Tomé com esta afirmação fazendo uma confissão de que Jesus era Senhor e Deus "?? Ou estaria Tomé através destas palavras dirigidas a Jesus, exclamando a Jeová ??

    Nós temos duas ocorrências em grego ; Do Nominativo e Do Vocativo

    O Grego Coiné , a linguajem do Novo Testamento , é uma linguajem inflectida que muda a soletração dos substantivos , e daí, a pronúncia , que depende de como estes substantivos são usados na sentença . No português , isto não ocorre.

    Para ilustrar , vamos comparar o uso da palavra Deus , no português e no grego ;

    Português ; (1) Deus é amor Grego ; Theo's - Caso Nominativo
    Português ; (2) A Palavra de Deus Grego; Theo'u - Caso Genitivo
    Português ; (3) Ele Falou com Deus Grego; Theo'- Caso Dativo
    Português ; (4) A palavra estava com Deus Grego ; " Theo'n - Caso Acusativo
    Português ; (5) Deus meu, Deus meu Grego; Theé - Caso Vocativo.

    Podemos perceber que no português , a forma da palavra Deus , mantêm-se sempre a mesma , independentemente de como funciona na sentença, ao passo que no grego a forma e a soletração mudam. No Grego Clássico ( ou Ático) existe outra ocorrência usada chamada de " Vocativo". O uso desta forma aplica-se a uma declaração dirigida a uma pessoa . Em outras palavras , quando alguém fala , a declaração é dirigida para aquela pessoa, a forma vocativa do substantivo é usada.

    O Próprio Contexto de João 20;28; a saber João 20;17 ; refuta a afirmação de que Jesus é o Deus Todo - Poderoso (el-shaday) , Jeová , Jesus afirmou; " Eu ascendo para junto do MEU PAI, e VOSSO PAI , e PARA O MEU DEUS , E VOSSO DEUS. " -

    Portanto, quem era o Deus Todo - Poderoso para Jesus e para os discípulos ???

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode responder a pergunta, ou ficou difícil?

      Excluir
    2. Em João 20 ;nós temos a " AFIRMAÇÃO" do Próprio Cristo , que ele tem "UM DEUS" , e que o Deus dele é o Deus dos discípulos . " ( não ele próprio) . Portanto, nós temos 11 testemunhas de que Jesus não é o Deus Todo - Poderoso , e segundo a sua afirmação Sr. Luciano Sena , o Senhor tem "1" testemunha que, segundo o Senhor Jesus é o Deus Todo - Poderoso , poxa vida são 11 x 1 , hein!'

      No entanto, o que afirma o escritor que foi inspirado a saber o próprio João que naturalmente escreveu essa passagem sob Jesus, sobre a identidade de Cristo , a saber quem é ele , Filho do Deus Todo - Poderoso ou o Deus Todo - Poderoso ??

      Excluir
  8. Em João 20:17, note como Jesus não fala de 'nosso Pai' ou 'nosso Deus'. Sua relação com Deus Pai deve ser vista como distintiva da nossa e única, assim, é "meu Pai" e "seu Pai" e "meu Deus" e "seu Deus". Como o Filho, Jesus falou de "Meu Pai", enquanto nós falamos de "nosso Pai"; Jesus como homem falou de 'Meu Deus', e nós falamos de 'nosso Deus'. Mas em ambos os casos, seu relacionamento com o Pai era diferente do nosso. Não há nada de surpreendente em sua referência ao "meu Deus". Em Sua masculinidade Ele tinha adorado a Deus regularmente, senão Ele não teria sido verdadeiramente humano. Isso foi simplesmente uma extensão da prática. Não dizia nada para diminuir seu status divino. (Peter Pett in loc)

    ResponderExcluir
  9. Anônimo , Jesus quando voltou para o céu , ele se tornou o Deus Todo - Poderoso , ou continuou sendo o Filho de Deus ??

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mais uma prova que suas perguntas não correspondem ao conceito ortodoxo da Trindade. Mas lembre-se, a postagem são peguntas nossas a vcs, se quiser fazer perguntas nos indique o site que vamos lá responder...

      Excluir
  10. Outrossim, em João 20;17 ; Jesus usou o pronome possessivo "MEU". Ou seja, ele claramente disse para os discípulos que o Deus dele, era também o Deus dos discípulos ! Jesus não disse; " Eu sou o Deus de vocês , ele disse que o Deus dos seus discípulos era o Mesmo Deus dele!

    Será que o Deus Todo - Poderoso , tem Deus ??

    ResponderExcluir
  11. ainda João 20:17, “eu subo para meu Pai e vosso Pai, meu Deus e vosso Deus”. Deus era Pai de Jesus, não pela criação, como foi para os anjos e os homens , pois Deus é chamado o Pai dos espíritos; nem Pai por adoção, como é para os cristãos; nem com respeito a encarnação de Cristo, pois, como homem, ele não tinha pai; ou em relação ao seu cargo de Mediador, pois ele era um servo e não um Filho; mas Deus era seu Pai por natureza, ou com relação a sua pessoa divina, sendo gerado por ele, e assim seu próprio Filho; que mantêm a natural e eterna filiação de Cristo, sua igualdade com ele, e distinção dele. Deus era o Pai de seus discípulos pela adoção da graça, em virtude da aliança da graça feita com Cristo, e através de sua relação espiritual para ele, como o natural e eterno Filho de Deus. “meu Pai e vosso Pai, meu Deus e vosso Deus.” Esta expressão incomum mostra que o Filho unigênito tem todo tipo de comunhão com Deus. E uma comunhão com Deus Pai, de alguma forma semelhante a sua, ele concede a seus irmãos. Contudo, ele não disse Nosso Deus pois nenhuma criatura pode ser elevada a uma igualdade com ele. E quando ele pronuncia as palavras “meu Deus e seu Deus”, insinua que o Pai é seu em uma maneira singular e incomunicável; e o nosso Deus através dele, de um tipo que uma criatura é capaz.

    ResponderExcluir
  12. Infelizmente , Sr. Anônimo , o Senhor escreveu um grande texto , mas não conseguiu explicar , quem é o Deus dos discípulos e do próprio Cristo !' O Texto diz; " Eu ascendo para junto do MEU pai e Vosso Pai, e para o MEU Deus e vosso Deus. " - João 20;17;

    ResponderExcluir
  13. Eruditos explicam o texto , no Vocativo a saber João 20;28;

    " O Reverendo Alfred Marshall disse; "O Vocativo é o caso usado ao se dirigir a uma pessoa. " (pp.14,15, , The New Testament Greek Primer, Rev. Alfred Marshall, Zondervan, 1978.

    Edwin Abbot, professor da Universidade de Cambridge e pregador na Universidade de Oxford falando sobre o versículo nesse verso disse; "

    " O Papíro egpicio usa KURIE livremente, mas nunca KURIOS vocativamente , ainda que se alegue. Há muita evidência dos MSS gregos existentes que demonstram que se o vocativo tivesse sido pretendido , KURIE teria sido empregado . Isto é confirmado pelas versões em latim onde ocorre Dominius . " (Edwin Abbot, em Johannine Grammar).

    ResponderExcluir


  14. Bom dia a todos!

    Rubens,

    Continua recorrendo a fontes Trinitarianas.


    Você está tentando fazer uma gambiarra, inserindo aleatoriamente um comentário grego na sua argumentação.


    Você argumentou,

    "Eruditos explicam o texto , no Vocativo a saber João 20;28;

    " O Reverendo Alfred Marshall disse; "O Vocativo é o caso usado ao se dirigir a uma pessoa. " (pp.14,15, , The New Testament Greek Primer, Rev. Alfred Marshall, Zondervan, 1978.

    Edwin Abbot, professor da Universidade de Cambridge e pregador na Universidade de Oxford falando sobre o versículo nesse verso disse; "

    " O Papíro egpicio usa KURIE livremente, mas nunca KURIOS vocativamente , ainda que se alegue. Há muita evidência dos MSS gregos existentes que demonstram que se o vocativo tivesse sido pretendido , KURIE teria sido empregado . Isto é confirmado pelas versões em latim onde ocorre Dominius . " (Edwin Abbot, em Johannine Grammar)."



    RESPOSTA✒

    Grupos Unitarianos e Testemunhas de Jeová, principalmente, afirmam que a linguagem usada por Tomé não foi dirigida para Jesus, mas sim uma oração ou exclamação a Deus, o Pai. Eles dizem que podemos saber disso porque João não descreve Tomé usando o chamado “caso vocativo” (vocativo, por exemplo, é usado para chamar alguém).

    Esses grupos afirmam que se João quisesse que pensássemos que Tomé se dirigiu a Jesus, então ele teria usado o caso vocativo. Como Tomé usa o "caso nominativo" (nominativo, é o sujeito de uma frase que realiza uma ação. Neste caso, Deus Pai, seria o sujeito) porque Tomé teria reconhecido Deus Pai e O louvado pela ressurreição do Senhor. Neste caso, Tomé não estaria se dirigindo a Jesus com os títulos de "Senhor" e "Deus".

    Não levando em conta o fato de que Tomé estava falando aramaico e não grego, esse argumento ainda falha, porque é comum na gramática grega do Novo Testamento abordar ou chamar alguém usando o caso nominativo e não o vocativo. De fato, em todo o Novo Testamento há apenas um versículo (Mateus 27:46, Jesus invocando o Pai) onde Deus é abordado usando o caso vocativo (gramática grega, Daniel Wallace). Em todo lugar no Novo Testamento, Deus é tratado usando-se o mesmo caso nominativo, (no Novo Testamento, não se chama ou se dirige a Deus, diretamente, o que seria o caso vocativo, mas usa-se o caso nominativo, onde se evoca a Deus pelos seus atributos.

    No grego, o caso nominativo, (onde se descreve, por exemplo, as qualidades do sujeito da frase), o caso nominativo, pode ser usado como caso vocativo (quando nos dirigimos à uma pessoa).

    Por exemplo, em Apocalipse 4:11, os vinte e quatro anciãos dizem a Deus Pai: “ho kurios kai ho theos hemon” ou “nosso Senhor e Deus”. Observe que as palavras gregas para “Senhor” e “Deus” (kurios e theos) são as mesmas palavras encontradas em João 20:28, (onde Tomé se dirige inequivocamente a Jesus), mas ninguém diria que os anciãos não estão se dirigindo ao Pai em Apocalipse 4:11.

    Agora, uma pergunta aos Testemunhas de Jeová aqui presentes,

    O primeiro mandamento da Torah é, "Amar a Deus sobre todas as coisas", e o segundo mais importante é, "Amar o teu próximo como a ti mesmo."

    Sendo que o Senhor Jesus NÃO É o meu próximo, eu pergunto aos dois ilustres Testemunhas,

    Em qual desses dois mandamentos Jesus se encontra?

    ResponderExcluir
  15. Nota: Geralmente os grupos Unitarianos, (que, igualmente as Testemunhas, rejeitam a Divindade de Jesus Cristo), admitem que em João 20:28, Tomé chama Jesus de "meu Deus", mas em sentido secundário, seja, era Deus em posição de mediador, mas não Deus por natureza.

    ResponderExcluir
  16. João 20.28, “Respondeu-lhe Tomé: Senhor meu, e Deus meu!” Jesus apareceu repentinamente e sem qualquer aviso, no meio dos discispulos, estando todas as portas trancadas. Jesus veio com objetivo bem definido, e entrou onde estavam, vindo diretamente a Tomé, aceitando o desafio que o mesmo proferira no verso 20.25. Sem dúvidas Tomé olhou as cicatrizes dos cravos e da lança no corpo de Jesus, e nem chegou a estender a mão para examinar com o tato os ferimentos do Senhor. Pelo contrário, cheio de fevor e reverentemente expressou sua grande confissão de fé dizendo, “Senhor meu e Deus meu!”. E essa confissão reitera a abertura desse evangelho, “o Logos eterno”, que estava com Deus e era Deus, o qual criou as coisas, para em seguida se manifestar entre os homens sob forma humana, como o Senhor de todos, revelador de tudo aquilo que os homens sabem a respeito de Jeová. (João 20.30,31). Podemos ver a divindade de Jesus, pois o texto assegura categoricamente que Tomé disse essas palavras com respeito a Jesus Cristo, dirigindo-se diretamente a ele (e nessa exclamação incorporou o nome de Deus, aplicando-o a Jesus). Também não podemos encontrar qualquer exclamação similar entre os judeus, e é indubitável que tal exclamação teria sido considerada uma profanação, a qual sem dúvida teria sido repreendido pelo Senhor Jesus. As palavras “Senhor meu”, obviamente se referem a Jesus, como também as palavras “Deus meu”, que as acompanham logo em seguida. Tanto o grego koiné, do N.T. como o grego helenístico, com frequencia expressavam o vocativo pelo nominativo, acompanhado do artigo definido, conforme encontramos neste caso. Aqui portanto temos o vocativo, em que Tomé se dirige diretamente a Jesus, e não a Deus Pai. Isso fica tanto mais confirmado pelo fato de que João escreveu que “Respondeu-lhe Tomé”, o que mostra que devemos entender ter havido no caso um discurso direto.

    ResponderExcluir
  17. O que nós observamos , é a ocorrência do Vocativo; " O Substantivo do grego ocorre de forma a identificar a pessoa ou coisa a que se dirige ou para qual é usada.( Anciet Greek ; A New Approach , Carl Ruck. Departament of Classical Studies , Boston University , Cambridge, MA, the Mit Press , 3 rd printing , 1987 , p. 189 ).

    A Médida que a linguajem se desenvolvia a ocorrência do vocativo deu lugar a forma do nominativo . Tornou-se ainda mais comum a medida que o coiné, ou o Grego Helenistico - o grego da LXX e do Novo Testamento - se desenvolveu.

    Assim, chegamos ao ponto central e vital desta explicação . O Vocativo deu lugar ao Nominativo , "EXCETO", - e isto tem grande relêvancia - na Palavra Senhor em grego, ( ky'rios - forma nominativa ,) , Senhor" na aplicação Bíblica, "NÃO" se conforma com este padrão.Isto também é verdade no caso da palavra didas'kalos, , que significa "Instrutor", e talvez mais algumas palavras gregas. A forma do Vocativo para ' Senhor " " Ky-rie foi mantida pelos tradutores da LXX e pelos Inspirados Escritores do Novo Testamento, e a retençaõ desta forma para " Senhor" é a chave gramatical para entendermos João 20;28; Esta diferença vital entre o Nominativo e o Vocativo não é discernível na tradução portuguesa. "

    Podemos observar , que encontramos as formas no singular da palavra , " Senhor. " No entanto, não devemos esquecer que, no português, " Senhor" pronuncia-se sempre da mesma forma. "

    1) ky'rios ............ Nominativo
    2)kyri'ou ............. Genitivo
    3)kyri'o .............. Dativo
    4)ky'rion ............. Acusativo
    5)ky'rie .............. Vocativo

    ResponderExcluir
  18. Bom dia a todos!

    Do artigo, a pergunta de número 1,

    "1. Em Jo 20.28, Tomé se refere a Jesus (em grego) como ho kurios moi kai ho theos moi. Essa tradução é, literalmente, “o Senhor meu e o Deus meu”. Por que Jesus, em Jo 20.29, afirma Tomé ter chegado a essa compreensão (por que me viste, creste?)? Se Jesus, de fato, não fosse o Senhor e Deus de Tomé, porque ele não o corrigiu, por ter feito uma suposição falsa ou uma afirmação blasfema?"

    A parte onde Jesus disse a Tomé, "porque me viste, creste?" demonstra sem dúvida nenhuma que Jesus tomou para si, ou, como dirigidas para Ele mesmo, a confissão: "Senhor meu e Deus meu."


    Agora, o Rubens, ali acima, colou algumas "DESINFORMACÕES," (uso errado do idioma grego para favorecer FALSAS DOUTRINAS), de alguma fonte, (site), de algum grupo antitrinitariano, e não conseguiu explicar nada, (comentário ininteligível), provavelmente devido ao fato de não conhecer um pouco do idioma koiné, para ao menos elaborar um bom argumento.

    Mas antes, para depois prosseguir, eu vou deixar a pergunta que fiz para o Rubens e o José Roberto e que, não foi respondida,

    O primeiro mandamento da Torah é, "Amar a Deus sobre todas as coisas", e o segundo mais importante é, "Amar o teu próximo como a ti mesmo."

    Sendo que o Senhor Jesus NÃO É o meu próximo, eu pergunto aos dois ilustres Testemunhas,

    Em qual desses dois mandamentos Jesus se encontra?


    NOTA: Ao responder, lembre-se de que no primeiro mandamento, é expressamente proibido adicionar outro personagem que não seja o próprio DEUS. E, também, Jesus, NÃO É o nosso próximo.

    Essa pergunta, pode ser feita aos judeus que não creem ser Jesus o Messias, (dentro de outra linha de argumentação), se o apologista cristão, (nesta área, são poucos), dominar o assunto - Jesus é o Messias- já que alguns Rabinos são bons argumentadores e têm deixado muitos supostos apologistas, sem argumentos.

    Então, perguntamos ao Rubens e ao José Roberto,

    O primeiro mandamento da Torah é, "Amar a Deus sobre todas as coisas", e o segundo mais importante é, "Amar o teu próximo como a ti mesmo."

    Sendo que o Senhor Jesus NÃO É o meu próximo, eu pergunto aos dois ilustres Testemunhas,

    Em qual desses dois mandamentos Jesus se encontra?

    Estamos na espera.

    ResponderExcluir
  19. No Grego existem as cinco diferentes formas da palavra " Senhor", e por isso cinco diferentes pronúncias, dependendo do uso da palavra . Mas, no português Senhor" é sempre pronunciado , independentemente da forma como é usado.

    Vejamos uma lista de " Cada Ocasião" em que no evangelho de João , a palavra grega para " Senhor" (ky'rie) é aplicado a Jesus no " VOCATIVO. "

    João 4;11; "Mulher Samaritana dirigindo-se a Jesus por " Senhor."
    João 4;15; "A mesma mulher dirigindo-se a Jesus por " Senhor. "
    João 4;19; "A Mesma mulher diorigindo-se a Jesus por " Senhor. "
    João 4;49; " O assistente do Rei dirigindo-se a Jesus por " Senhor. "
    João 5;7; "Homem doente dirigindo-se a Jesus por " SEnhor. "
    João 6;34; "Multidão dirigindo-se a Jesus por " Senhor. "
    João 6;68; "Pedro dirigindo-se a Jesus por " Senhor. "
    João 9;36;"Cego curado dirigindo-se a Jesus por " Senhor. "
    João 9;38; " O mesmo homem dirigindo-se a Jesus por " SEnhor. "
    João 11;3; "As irmãs de Lazáro dirigindo-se a Jesus por " Senhor. "
    João 11;12; "Os Discípulos dirigindo-se a Jesus por " SEnhor. "
    João 11;21; "Marta dirigindo-se a Jesus por Senhor. "
    João 11;27; "Marta dirigindo-se a Jesus por " Senhor. "
    João 11;32; "Marta dirigindo-se a Jesus por " SEnhor. "
    João 11;34; "Judeus com Maria dirigindo-se a Jesus por " Senhor. "
    João 11;39; "Marta dirigindo-se a Jesus por Senhor. "
    João 13;6; "Pedro dirigindo-se a Jesus por Senhor. "
    João 13;9; "Pedro dirigindo-se a Jesus por Senhor. "
    João 13 ; 25; "Discípulo dirigindo-se a Jesus por " Senhor. "
    João 13;36; "Pedro dirigindo-se a Jesus por Senhor. "
    João 13;37; "Pedro dirigindo-se a Jesus por " Senhor. "
    João 14;5; "Tomé dirigindo-se a Jesus por " Senhor. "
    João 14;8; "Filipe dirigindo-se a Jesus por " Senhor. "
    João 14;22; "Judas (não Iscariotes) dirigindo-se a Jesus por " Senhor. "

    ResponderExcluir
  20. Após a ressureição de Jesus ;

    João 20;15; "Maria dirigindo-se a Jesus por " Senhor. "
    João 21;15; "Pedro dirigindo-se a Jesus por " Senhor. "
    João 21;16; " Pedro dirigindo-se a Jesus por " Senhor. "
    João 21;20; "Discípulo dirigindo-se a Jesus por " Senhor. "
    João 21;21; "Pedro dirigindo-se a Jesus por " Senhor. "

    João 4;11; "Na Versão Greek New Testament Scrivener , 2005 .
    João 20;15 ; " Na mesma Tradução. "

    Observe , que , as notas explicativas , que mostra no texto de onde derivou o termo.Por exemplo, nos casos onde ocorre ky'rie, a nota explica que a palavra é um vocativo (nvms) . Para entender o que significa essa abreviação , vejamos em detalhes , conforme é coontido em Greek New Testament Scrivener; p. iv;

    Noun/ Article ; n/d ; CASE; n. nominative g. genitive d. dative a. acusative v. vocative
    Gender ; m. masculine f. feminine. n. neuter
    Number; s. singular p. plural.

    Ou seja, de acordo com a explicação , NVMS quer dizer que a palavra ky'rie é um substantivo (n) vocativo (v) masculino (m) singular (s), que é o que ocorre nos textos explicativos . "

    Portanto, jamis Tomé acreditava que Jesus fosse o Deus Todo - Poderoso , o el-shaday da Bíblia . Em nenhum momento em todo o seu ministério junto com Cristo, nem Tomé , nem qualquer discípulo acreditava que Jesus fosse o Deus Todo - Poderoso , mas sim o Filho de Deus . "!

    Mateus 16;16; Pedro disse ; " TU ÉS O CRISTO O FILHO DE DEUS. "

    ResponderExcluir
  21. Olá Rubens!

    Você leu a minha pergunta?


    Então, perguntamos ao Rubens e ao José Roberto,

    O primeiro mandamento da Torah é, "Amar a Deus sobre todas as coisas", e o segundo mais importante é, "Amar o teu próximo como a ti mesmo."

    Sendo que o Senhor Jesus NÃO É o meu próximo, eu pergunto aos dois ilustres Testemunhas,

    Em qual desses dois mandamentos Jesus se encontra?

    Estamos na espera.

    ResponderExcluir
  22. Nós observamos nos textos acima mencionados , após a ressureissão de Jesus , cada declaração direta , dirigida a Cristo usando a palavra " Senhor (ky'rie), falada direta e sobre Jesus , João usa " Sempre o Vocativo". NÃO , existe nenhuma exceção. "

    Outrossim, em João 20;28;, não é ky'rie , mas " Ky'rios" que é usado , o que indica que enquanto Tomé esta falando para Jesus , ele não está falando " SOBRE" , Jesus ! Muitos Eruditos estão apoiando a tese de que a declaração de Tomé , foi de fato uma exclamação .Esta exclamação foi dita a Jesus, mas era uma declaração dirigida ao Deus e Pai de Jesus , Jeová!'Seria o mesmo, por exemplo , que se um amigo meu que não me visse a muito tempo, ao se dirigir a minha pessoa dissesse ; "MEU DEUS ! NÃO ACREDITO , É VOCÊ ??"

    Em João 20;28; no grego , as palavras aparecem classificadas como nnms, que conforme vimos , significa que a palavra é um substantivo (n) nominativo (n) masculino (m) singular (s).

    Nós podemos ver outro exemplo , agora na Obra Novo Testamento Interlinear Analítico Grego Português , de Paulo Sérgio Gomes e Odayr Olivetti, (editora cultura cristã , 2008).

    João 20;28; "Em resposta a Jesus , Tomé "EXCLAMOU: " Senhor Deus e Deus Meu. "

    Explicação Mofológica , contida na Obra acima , conforme segue;

    Siglas Morfológicas ; Artigo Definido ; CASO (n) nominativo (g) genitivo (d) Dativo (a) acusativo.
    GÊNERO : (m) masculino (f) feminino (n) neutro
    NÚMERO : (s) singular (p) plural

    SUBSTANTIVO (S)

    CASO: (n) nominativo (g) genitivo (d) dativo (a) acusativo (v) vocativo
    GÊNERO: (m) masculino (f) feminino (n) neutro
    NÚMERO; " (s) singular (p) plural

    Portanto, em João 20;28 ; vimos uma exclamação de Tomé , que jamais acreditou que Jesus Cristo é o Deus Todo - Poderoso , o El - Shaday da Bíblia !"

    ResponderExcluir
  23. O desespero continua... Tomé disse o que nenhum seguidor da Torre diria a Jesus...

    ResponderExcluir
  24. Boa noite ao Luciano e a todos!


    Não diriam mesmo!

    A pergunta de número 2 da postagem é,

    "2. Jeová diz, em Is 44.24: “Eu sou o Senhor que faço sozinho todas as coisas, que sozinho estendi os céus e sozinho espraiei a terra.” Como você concilia esse texto com o ensino de que Jeová criou primeiro a Cristo e, depois, Cristo criou todas as demais coisas?"

    Deus criou todas as coisas sozinho, ou seja, sem a cooperação de outros deuses, que, na verdade, não existem.

    Sozinho, aqui, na passagem, não é sinônimo de solidão, mas de onipotência. Deus, na passagem, exclui a possibilidade de haver qualquer agente, intermediário, etc, e, é esta a exata intenção de Deus, ao comunicar que, todas as coisas foram criadas por sua vontade e poder.


    E pretendo responder aos argumentos deles, que na verdade não lhes pertencem, e não passam de colagem.

    Mas creio estar difícil para estes dois Testemunhas responderem a questão abaixo.

    É a terceira vez que estou fazendo esta pergunta, e não obtive resposta.

    A pergunta é,

    O 2 mais importantes mandamentos da Lei são estes🔽

    "E Jesus respondeu-lhe: O primeiro de todos os mandamentos é: Ouve, Israel, o Senhor nosso Deus é o único Senhor.
    Amarás, pois, ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu entendimento, e de todas as tuas forças; este é o primeiro mandamento."

    "E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Não há outro mandamento maior do que estes." Marcos 12:29-31.


    Pergunto ao Rubens e ao José Roberto,

    Jesus NÃO É o nosso próximo, portanto, em qual desses 2 mandamentos JESUS se encontra?

    Lembre-se que nenhum outro Deus pode ser adicionado ao primeiro mandamento.

    ResponderExcluir
  25. NO 4 século , Teodoro , Bispo de Mopsuestia (350 - 428 AD), disse que João 20;28;" FOI UMA EXCLAMAÇÃO DE ESPANTO DIRIGIDA A DEUS. " (p. 535 , Vol. 3, Meyer's Commentary of the New Testament (Jonh), 1983, Hendricksosn Publ).

    Daniel Wallace disse; "Robertson destaca que isto é um tipo " de nominativo de interjeição ", algo relacionado a um momento de emoção.A chave para se identificar um Nominativo de Exclamação é ; "(1) a ausência de um Verbo ( muito embora possa ser empregado um), (2) a emoção evidente do autor , e (3) a necessidade de um sinal de exclamação na tradução . As Vezes, o (omega) é usado como Nominativo . " ( Greek Grammar Beyond the Basics , p. 6o , Zondervan, 1996 ).

    ResponderExcluir
  26. Veja o que Disse o Reverendo , Charles Anderson Scott, M.A. D.D, Professor do Novo Testamento,Theological College of the Presbyterian Church of England , Cambridge ; " E não é certeza que até mesmo que as palavras de Tomé usou ao se dirigir a Jesus ( João 20;28) significa o que sugere versões Inglesa."

    A Totalidade dos textos do Novo Testamento , incluindo as referências que já vimos , de uma sentença, indereçada diretamente usando a palavra " Senhor", é de 113 ocorrências.Em cada ocorrência do Novo Testamento , onde a palavra Senhor é usada de forma direta, num discurso direto , sem exceção , usando um vocativo . " NÃO" é usado o nominativo."

    Revendo a Septuaginta Grega (LXX), não existe nenhuma ocorrência válida , da forma gramatical, semelhante a sentença de João 20;28 ;, onde ky'rios , aparecendo com " théos" tenha o artigo com ky'rios ( o Senhor de mim e o Deus de mim), sendo usado como vocativo.Visto que é exatamente o que ocorre em João 20;28; ( o uso de ky'rios , nominativo) e não ky'rie , nós não temos uma declaração direta , " PARA E SOBRE JESUS", mas uma declaração feita a Jesus - " MAS ENDEREÇADA A OUTRO" ! A idéia de uma Exclamação é tão óbvia , que os Tradutores da Obra Novo Testamento Interlinear Analítico Grego - Português a verteram por; "TOMÉ EXCLAMOU"... Embora a tradução literal não seja essa, fica clara a ideia deprendida pela gramática grega . Isso porque conforme dito, nem sempre as nuances do grego coiné ficam tão evidentes quando se traduz para o português.

    Outra forma de dizer isso , em resumo ;" Em João 20;28 , nós encontramos a declaração de Tomé dirigida a Jesus , não ky'rie , mas ky´rios . Se Tomé nas suas palavras quisesse fazer a declaração , " SEnhor Meu , e Deus Meu" referindo-se a Jesus , então ele teria usado o Vocativo Ky'rie , como todas as declarações existentes no Novo Testamento quando referidas a Jesus como " Senhor ". Mas , visto que ky'rios é usada na sentença de Tomé , enquanto ele a dirigia a Jesus , é endereçada a outro - " A JEOVÀ", nomeadamente , " O SENHOR E DEUS DE TOMÉ , E DO PRÓPRIO JESUS. "

    Portanto, em Nenhuma referência Bíblica do Novo Testamento , vimos Cristo afirmar que ele é o Deus Todo - Poderoso , ao contrário, Cristo afirma com suas próprias palavras que ele Tem Um Deus acima dele , quando estava na terra e quando ascendeu aos céus , ele testificou isso dizendo ;

    "João 20;17; " Jesus disse-lhe; " Para de agarrar-te a mim . Porque ainda ão ascendi para junto do Pai. Mas vai aos meus irmãos e dize-lhes; " Eu ascendo para junto de Meu Pai, e Vosso Pai, e para Meu Deus e Vosso Deus. "

    Apocalipse 3;12; "Aquele que venceu - eu o farei coluna no templo do " MEU DEUS , e ele de modo algum jamais sairá dele , e escreverei sobre ele o nome do " MEU DEUS" , e o nome da cidade do "MEU DEUS", a Nova Jerusalém que desce do céu da parte do " MEU DEUS , e aquele meu novo nome. "

    ResponderExcluir
  27. Apocalipse 3.12. FÁ-LO-EI COLUNA NO SANTUÁRIO DO MEU DEUS. Na área onde estava localizada a cidade de Filadélfia havia terremotos frequentes, e muitas construções, incluindo templos eram abalados, rachavam-se e algumas vezes, tombavam. No ano de 17 dC, a cidade foi destruída por um terremoto, mas uma doação imperial ajudou em sua recuperação. João dizia por conseguinte, que, em contraste com os templos dos deuses pagãos, cujas colunas eram abaladas e destruídas por terremotos, os vencedores perseverantes tornar-se-ão colunas no templo do Deus vivo, a comunidade formada de pedras vivas, que compõem o templo de Deus, isto é, o lugar onde ele manifesta a sua presença. O livro de Apo. 21:22 afirma que o Senhor Deus Todo-Poderoso e o Cordeiro são o templo da Nova Jerusalém. Se João tenciona dar a entender tal, então ser alguém uma coluna nesse templo divino implica em comunhão íntima com Deus, como quem faz parte real da personalidade divina. Já que os filhos de Deus compartilham da vida e da natureza do Filho, eles chegam a participar da natureza divina, também terão toda a plenitude de Deus, ou seja, sua natureza e atributos (Efé. 3.19 e Col. 2.10), possuindo sua mesma modalidade de vida . A eternidade inteira será a oportunidade de ir aumentando cada vez mais a extensão dessa participação. Já que há uma infinitude com que teremos de ser cheios, tambén haverá um enchimento infinito. “O NOME DO MEU DEUS”. As colunas traziam o nome da divindade cuja adoração era perpetuada no templo. O sumo sacerdote trazia o nome de Yahweh gravado em uma chapa de ouro, colocada sobre sua testa. Os adoradores antigos acreditavam que era mister saber o nome do deus que estava sendo adorado, pois de outro modo nenhum favor seria conferido ao adorador. Yahweh, o nome impronunciável, escrito sobre o Urim (o diamante existente no peitoral do sumo sacerdote), será o nome escrito sobre o crente. Ele estará sempre sujeito a receber maiores revelações de Deus, e será transformado mediante essas comunicações. Isso poíde ser comparado ao conceito do Novo nome, em Apo. 2:17. “O NOME DA CIDADE DO MEU DEUS, A NOVA JERUSALÉM”. O vencedor é assim identificado como um cidadão daquela cidade, pelo que terá acesso aos céus e a tudo que está ali envolvido. Não seria mais um mero cidadão da Filadélfia, mas recebería a cidadania muito superior da cidade celeste. Dotado dessa nova cidadania, possuirá uma nova natureza e também novas possessões. Entrará na categoria dos homens transformados, daqueles que participam da mesma natureza do Filho.

    ResponderExcluir
  28. Bom dia a todos!

    A pergunta 3, diz,

    '3. Se, como os Atalaias ensinam, o título do Senhor Jesus como o “primogênito” em
    Colossenses 1 refere-se ao “primeiro ser criado”, e não a um termo de preeminência, como
    você explica Jr 31.9, no qual Deus declara que Efraim é seu primogênito? É claro, nas
    Escrituras, que Manassés, e não Efraim, foi o primogênito no tempo. Não seria Jesus,
    portanto, como Criador, supremo sobre a criação, e não apenas o primeiro ser criado por
    Jeová?"

    É evidente que o contexto de Colossenses 1 está se referindo a supremacia de Cristo como criador de todas as coisas. Jesus Cristo, criatura, no contexto de todo o capítulo, nem sequer entra em questão, inclusive porque destoaria do próprio assunto e encadeamento apresentado.


    Agora, sobre João 20:28,

    É claro que, durante o ministério terreno de Jesus, nenhum discípulo pensava que o Senhor era Deus, ou, Deus em carne humana, assim como eles não pensavam em muitas outras coisas, tal como, na ressurreição dEle.

    Eles estavam reconhecendo que Jesus era o Messias, o Salvador prometido nas Escrituras.

    Agora, a natureza desse Messias, sua preexistência e origem divinas, assim como outras verdades pertencentes a Jesus e ao Reino, somente começaram a ser reveladas pela descida do Espírito Santo. Qualquer estudante mediano das Escrituras sabe disso, ou, pelo menos, deveria saber.

    A Divindade de Jesus, é reconhecida pelos cristãos do primeiro século, e, essa verdade, é confirmada pelas Escrituras Apostólicas - Novo Testamento - e pelo Testemunho dos primeiros exegetas cristãos que, logo seguiram aos Apóstolos.

    Em João 20:28, Tomé, chamou o Senhor, de Deus, e, isto é demonstrado, pela simples leitura do texto, mas não devemos concluir que, Tomé, ao chamar Jesus de Deus, recebeu, de imediato, o conhecimento exato de sua confissão, ou, do que estava dizendo.

    A confissão de Tomé, ficou registrada como um Testemunho da Divindade de Jesus, que, posteriormente, devido a presença do Espírito Santo, foi compreendida pela Igreja.

    Por exemplo, em Hebreus 1:10, Deus Pai, chama o Filho, de Deus criador, e com o artigo definido antes da palavra Deus, no texto grego.

    Convém uma leitura balanceada das Escrituras entre as passagens que tratam da Humanidade e da Divindade do Senhor.

    As Escrituras, desde os profetas, apresentam a Monarquia, como o governo humano Ideal - um Rei justo e Temente a Deus. Deus é o Rei Supremo, o Soberano do Universo, e o Filho de Deus que, origina-se EM Deus, e por isso, é eterno, porque na natureza de Deus nada pode ser acrescentado, sendo, pois isso, o Filho tão eterno quanto o Pai, porque existia em 'forma ou natureza de Deus, Fp. 2:6-8.'

    Prossegue...

    ResponderExcluir
  29. Então, em 1Coríntios 8:6, o Apóstolo, está ensinando a respeito da Monarquia Divina, onde Deus, o Pai, é o único Rei e Deus verdadeiro - em Antinomia ou oposição aos reinos do mundo, com seus deuses, porque, muitos monarcas eram considerados filhos dos deuses ou eleitos por esses (Adocionismo), e, o único Senhor, Jesus, Seu Filho, é o Logos, o Verbo, através do qual todas as coisas vieram à existência, em oposição aos falsos senhores ou reis do mundo.

    A criação não poderia ter vindo à existência, SEM O FILHO, Logos-Palavra, e, esta verdade, estabelece a eternidade do Filho que, 'existindo em forma ou natureza de Deus', possuía todas as características da Divindade.

    A criação de todas as coisas através do Filho, não foi opcional, da parte de Deus, mas essencial, assim nos dizem as Escrituras,

    "Todas as coisas foram feitas por ele, e sem ele nada do que foi feito se fez." João 1:3

    Se a criação de todas as coisas através do Filho foi essencial, pergunto aos Testemunhas de Jeová: Deus pode criar aquilo que é essencial no sentido transcendente?

    Não seria isto Deus criando à si mesmo?

    A Tradução (?) do Novo Mundo traz uma flagrante contradição,

    Em João 1:1, eles traduzem, "No princípio era a Palavra,+ e a Palavra estava com Deus,+ e a Palavra era ➡um deus.*⬅

    Agora, em Filipenses 2:6, eles se contradizem, e traduzem assim,

    5 Mantenham a mesma atitude que Cristo Jesus teve:+ 6 embora ele existisse ➡em forma de Deus,⬅+ não pensou numa usurpação, isto é, em ser igual a Deus.

    Quer dizer, em João 1:1, eles traduzem: "e a Palavra era um deus."

    Agora, em Filipenses 2:6, eles contradizem a tradução que fizeram em João 1:1, e traduziram assim: "embora ele existisse Jesus "em forma de Deus."

    Nesse momento, perguntamos aos Testemunhas de Jeová, ao Rubens, ao José Roberto, e aos demais Testemunhas aqui presentes,

    Se a Palavra era "um deus", como é que a mesma Palavra existia em forma de Deus?

    ResponderExcluir
  30. Nesse momento É A QUARTA VEZ que estou fazendo esta pergunta ao Rubens, ao José Roberto, ou algum outro Testemunha de Jeová aqui presente, E NÃO OBTIVE RESPOSTA.

    Se vocês pertencem a religião verdadeira e conhecem a Bíblia melhor do que as igrejas de Babilônia, deveria ser fácil responder à essa questão.

    O gato comeu a língua de vocês?!

    Vou repetir a pergunta pela quarta vez,

    Os 2 mais importantes mandamentos da Lei são estes,

    "E Jesus respondeu-lhe: O primeiro de todos os mandamentos é: Ouve, Israel, o Senhor nosso Deus é o único Senhor.

    Amarás, pois, ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu entendimento, e de todas as tuas forças; este é o primeiro mandamento."

    "E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Não há outro mandamento maior do que estes." Marcos 12:29-31.


    Pergunto ao Rubens e ao José Roberto,

    Sabendo que, o Senhor Jesus Cristo, NÃO É O NOSSO PRÓXIMO, em qual desses 2 maiores mandamentos da Lei, JESUS se encontra?

    OBSERVAÇÃO: Lembre-se de que NENHUM OUTRO DEUS (de nenhuma espécie) pode ser adicionado ao primeiro mandamento.

    Estamos na espera.

    ResponderExcluir
  31. Portanto, o que temos observado até agora , é que ninguém deste site , conseguiu argumentar contra o fato de Jesus ter um Deus !"

    O Salmo 90;2; diz; "Antes de nascerem os próprios montes ou de teres passado a produzir como que com dores de parto a terra e o solo produtivo, sim ., de tempo indefinido a tempo indefinido , tu és Deus. "

    Ninguém em sã conciência , afirmaria que haja um ser superior a Deus, um " Deus " ou " Pai" a que ele adore. Tampouco a Bíblia dá margem a essa idéia , pois nem remontamente nenhum de seus escritores sugere essa noção distorcida, longe da razão humana e fora da mensagem simples da palavra de Deus.

    Em contrapartida, a Trindade aponta a uma idéia como essa , pelo menos indiretamente , talvez de forma involúntaria por parte dos seus apologistas. Ao passar esse erro inadivertidamente , os trinitários talvez afirmem que nossa dedução está equivocada . Nenhuma publicação que promove a Trindade , de fato, não assinala diretamente nada parecido.Entretanto, pelos constantes subtérfugios e terminologia ambígua , sem notar , o ensinam; "DEUS TEM A UM DEUS SUPERIOR:??" Por quê??

    A definiçaõ que dão muitas Igrejas sobre a Trindade , em parte diz que " O FILHO É DEUS". Sendo Jesus Deus mesmo enquanto permaneceu na terra,a quem se dirigia quando dizia " MEU DEUS OU MEU PAI ????" IMAGINE , O DEUS TODO - PODEROSO Chamando alguuém de Seu Deus , como em João 20 ;17 ; Apocalipse 3;12 ; Mateus 27;55,56 ??

    Mateus 11;25 ; "EU TE LOUVO, publicamente , Ó PAI, Senhor do céu e da terra . "

    ResponderExcluir
  32. Segundo Mateus 11;25; " Era Deus adorando a si mesmo , ou adorava Deus a um Deus ainda mais superior a ele??

    NENHUMA, opção destas não é " SEQUER" remotamente próxima aos ensinos Bíblicos.

    Se Você crê na Trindade , estará em conflito com estas palavras de Jesus.

    ResponderExcluir
  33. No entanto, esta citação não é a única onde se menciona que o Suposto Deus Trino tem um Deus superior a ele;

    João 20;17; diz; " Eu ascendo para junto de " MEU PAI" e vosso Pai , e para " MEU DEUS", e vosso Deus. "

    Não existe em todo o registro Bíblico versículos nos quais se diga que o Pai chame ao Filho " MEU DEUS" e " MEU PAI", ou que chame assim ao espírito santo , tendo em conta que a hípotese trinitária põe ao mesmo nível a essas duas pessoas. Somente Jesus podia pronunciar estas palavras de reverência , por que João 20;17; indica solidamente que Jesus não é igual ao Deus Todo - Poderoso."

    Ainda tratando de impedir o entendimento claro dessa passagem Bíblica , a ideia de Deus e homem ao mesmo tempo" fica fora de lugar e contexto.Jesus disse; " EU ASCENDO A MEU PAI", o que indica que enquanto Jesus estava " CORPORALMENTE" NA TERRA", seu Deus e Pai estava no céu a sua espera.DUAS PESSOAS" , em " DOIS LUGARES DISTINTOS". Mas uma confirmação de que Deus nunca esteve nem visível nem, corporalmente na Terra, unicamente Jesus, seu representante perfeito."!

    João 1;18; " Deus nunca FOI VISTO POR NINGUÉM ", o Deus Unigênioto que está na posição junto ao seio do Pai, é o que o tem explicado. "

    ResponderExcluir
  34. O único "Deus", refere-se ao Pai, que gera eternamente a sua Palavra e Espírito, e não pode ser considerado separado deles. Isso não significa que não podemos usar a palavra "Deus", como um predicado (o Pai é Deus, o Filho é Deus, o Espírito é Deus), mas isso deve ser entendido, penso eu, como uso secundário, com " Deus "aqui funcionando como sinônimo da natureza divina: por exemplo," O Filho é Deus "=" O Filho possui a natureza divina ".

    Então, o que significa "Deus Triúno"? Não pode significar que o Pai é três pessoas, todos concordamos. E não pode, ou talvez não deva, referir-se a algum tipo de coletivo abstrato, porque Deus não é um coletivo abstrato. Deus sempre existe somente em sua natureza. Então, se vamos usar a expressão "Deus Triúno", então, parece útil explicar que estamos realmente falando sobre o único Deus com seu Filho e Espírito. Em outras palavras, precisamos de uma compreensão saudável da Monarquia e preminência do Pai.

    Por isso, o Credo Niceno, confessa,

    "Creio em um só Deus, Pai Todo-Poderoso, criador do céu e da terra, / de todas as coisas visíveis e invisíveis. / Creio em um só Senhor, Jesus Cristo, Filho Unigênito de Deus, / nascido do Pai antes de todos os séculos: Deus de Deus, luz da luz, / Deus verdadeiro de Deus verdadeiro, / gerado, não criado, consubstancial ao Pai.

    Deus não pode ser gerado, mas pode gerar em si e de si mesmo um Filho, de sua mesma essência, ou seja, o termo gerar aqui, tem conotação teológica e não biológica, como à semelhança da geração pelos seres humanos.


    Como a palavra Logos, está repleta de significado intelectual, deve-se entender a existência do Logos, em Deus, conceptualmente, como a suprema Razão iluminada pelo Espírito, e não através analogias demasiadamente materiais, como, uma pessoa da Trindade sentada ao lado da outra, etc.

    O Pai, é o único Deus verdadeiro, mas Ele não existe sem o Seu Logos e Espírito Santo que procedem de Sua Natureza. Assim disse o Senhor, que Ele havia saído de Deus, e que o Espírito Santo procedia de Deus.

    Ora, como o Espírito Santo, que é Deus, sendo o Espírito Santo de Deus, pode glorificar o Filho, e receber do que é do Filho, se o Filho é apenas uma criatura?

    Prossegue...

    ResponderExcluir
  35. Quando, por exemplo, a teologia fala da subordinação de Jesus , isso em termos ontológicos deve ser entendido à luz das formas concretas em que Jesus agia e falava em nome de Deus, os modos pelos quais ele mantinha as distinções entre si mesmo. e Deus através de sua auto-abnegação, e como ele deixou os outros sem nenhuma impressão de pedantismo ou dogmatismo.

    Jesus, tinha de se distinguir do Pai, como um subordinado, porque se torna pela Encarnação, o agente humano que Deus executa para a salvação.

    Agora, existe uma igualdade ontológica entre o Pai, o Filho, e o Santo Espírito, e também uma subordinação hierárquica.

    O cristianismo ortodoxo, confessa a igualdade ontológica de todas as três Pessoas da Trindade, assim como a monarquia do Pai (como era chamada).

    Mas, também, existe uma subordinação herética do Filho ao Pai (como no arianismo, que a inserção do termo homoousios (mesma substância) no Credo foi projetada para excluir a heresia Arianista que negava ter o Filho, a mesma substância do Pai).

    Há, também, um subordinacionismo ortodoxo que faz do Pai a causa do Filho. Os Pais Capadócios, eliminaram o subordinacionismo ontológico de Orígenes e Ário, mas preservaram um subordinacionismo bíblico e ortodoxo, mantendo a identidade pessoal do Pai como a origem última de tudo. E essa subordinação do Filho ao Pai pode ser encontrada também na economia da salvação, pois, o Apóstolo Paulo, escreve que, “Deus é a cabeça de Cristo”, assim como no casamento “o homem é a cabeça da mulher” (1 11:3).

    No final, também, na era vindoura, “o próprio Filho também será submetido àquele que sujeitou todas as coisas a Ele” - isto é. O Filho será submetido ao Pai (1 Coríntios 15:28). Claramente, a igualdade ontológica é compatível com a subordinação hierárquica.


    Vemos essa combinação de igualdade e subordinação em todos os lugares ao nosso redor: nas famílias, as crianças se submetem aos pais; no exército, os sargentos se submetem aos generais; em uma escola, os alunos se submetem a seus professores, e em uma monarquia, os sujeitos se submetem ao seu soberano. A vida é hierárquica. Sendo assim, vemos isto também e especialmente na Igreja: os fiéis se submetem aos seus pastores (o bispo e seus presbíteros) embora sejam seus iguais ontológicos; os presbíteros se submetem ao bispo.

    ResponderExcluir
  36. Nesse momento É A QUINTA VEZ que estou fazendo esta pergunta ao Rubens, ao José Roberto, ou algum outro Testemunha de Jeová aqui presente, E NÃO OBTIVE RESPOSTA.

    Se vocês pertencem a religião verdadeira e conhecem a Bíblia melhor do que as igrejas de Babilônia, deveria ser fácil responder à essa questão.

    O gato comeu a língua de vocês?!

    Vou repetir a pergunta pela QUINTA VEZ,

    Os 2 mais importantes mandamentos da Lei são estes,

    "E Jesus respondeu-lhe: O primeiro de todos os mandamentos é: Ouve, Israel, o Senhor nosso Deus é o único Senhor.

    Amarás, pois, ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu entendimento, e de todas as tuas forças; este é o primeiro mandamento."

    "E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Não há outro mandamento maior do que estes." Marcos 12:29-31.


    Pergunto ao Rubens e ao José Roberto,

    Sabendo que, o Senhor Jesus Cristo, NÃO É O NOSSO PRÓXIMO, em qual desses 2 maiores mandamentos da Lei, JESUS se encontra?

    OBSERVAÇÃO: Lembre-se de que NENHUM OUTRO DEUS (de nenhuma espécie) pode ser adicionado ao primeiro mandamento.

    Estamos na espera.

    ResponderExcluir
  37. João 17;3 ; ( Versão Figueiredo ); "A vida eterna , porém , consistem em que eles conheçam por um só verdadeiro Deus a Ti, e a Jesus Cristo, que tu enviastes. "

    Nesta Oração , Jesus se dirige ao Pai, e o chama " um só verdadeiro Deus " e indica que está composto por uma só pessoa . SE Jesus é "Um componente de um Deus Triúno , por que não está incluido nele ?? Por que se pôs em segundo lugar depois de mencionar " ao único Deus Verdadeiro" ? Talvez tivesse dito;" Um só verdadeiro Deus " A NÓS" , mas como essa é uma ideia que não se encontra nas Escrituras , claramente disse; " Um só verdadeiro Deus " A TI". Assim, segundo o testemunho do próprio Cristo , Deus é uma pessoa , e não uma associação de pessoas , ele é único , O PAI" e não três , como afirmam enganosamente os trinitários. "

    ResponderExcluir
  38. Ademais, 2 Corintios 1;3; diz; "Bendito seja " O DEUS E PAI DE NOSSO SENHOR JESUS CRISTO> "

    Uma continuação das frequentes palavras de Jesus enquanto viveu neste mundo, igualmente , nesse caso, a ideia de que Jesus possui duas naturezas , fica totalmente fora de contexto.No momento, em que escreveu esta carta apóstoliva , Jesus já havia " ASCENDIDO" ao seu Pai, nos céus.

    Nós podemos encontrar nas Escrituras uma imensa quantidade de citações Bíblicas onde Cristo se refere a Jeová como o " MEU DEUS", " MEU PAI", NOSSO PAI e NOSSO DEUS. "

    Mateus 6;9; "NOSSO PAI< nos céus. "
    Mateus 7;21; "Nem todo o que me disser ; " Senhor, Senhor, entrará no reino dos céus , senão aquele que fizer a vontade " DE MEU PAI", que está nos céus. "
    Mateus 10;32; "Todo aquele, pois, que confessar perante os homens que está comigo, eu também confessarei perante " O MEU PAI", que está nos céus. "
    Mateus 11;27; "Todas as coisas me foram entregues por " MEU PAI> "
    Mateus 12;50; "Pois todo aquele que faz a vontade de " MEU PAI" que está no céu, este é meu irmão, e minha irmã, e minha mãe. "
    Mateus 16;17; 'Feliz, és tu, Simão, filho de Jonas, porque isso não foi revelado por carne e sangue , mas " POR MEU PAI" que está nos céus. "
    Mateus 18;10; "Cudai de que não desprezeis a um destes pequenos ; pois eu vos digo que os seus anjos nos céus sempre observam " O ROSTO DO MEU PAI", que está no céu. "
    Mateus 26;39; "PAI MEU< se for possível, deixa que este copo se afaste de mim. Contudo, não como eu quero, mas como tu queres. "
    Apocalipse 3;2; " Fica vigilante e fortalece as coisas remanescentes que estavam prestes a morrer , porque não achei as tuas ações plenamente realizadas diante " DO MEU DEUS. "
    Apocalipse 3;12; " Aquele que vencer -= eu o farei coluna no templo " DO MEU DEUS", e ele, de modo algum , jamais sairá dele, e escreverei sobre ele o nome " DO MEU DEUS" e o nome da cidade do " MEU DEUS", a Nova Jerusalém , que desce do céu , da parte " DO MEU DEUS", e aquele meu novo nome. "
    Revelação 19;5; "Sai também uma voz do trono ( de Jesus) dizendo; " Dai louvores " AO NOSSO DEUS" todos vós os seus escravos. "

    Naturalmente, é evidente que estas palavras não era de alguém que estava convencido de ser o Deus Todo - Poderoso. Por isso , estes tipos de frases se registarm dezenas e dezenas de vezes nas Escrituras Cristãs. Ex; Mateus 10;20 ;Mateus 11;27; Mateus 16;17; Mateus 18;35;Mateus 20;23; Mateus 26;42; Lucas 2;49; Lucas 10;22; Lucas 22;29; Lucas 24;49; João 5;17; João 5;36,43; João 6;32,40;João 8;19,38,, 54; João 10;18,25,37; João 14;2,7,20;

    Portanto, Tomé ao se dirigir a Jesus , com a " EXCLAMAÇÃO; Meu Senhor, e Meu Deus, jamais afirmou que Jesus é o Deus Todo - Poderoso, pois o próprio Cristo em todo o seu ministério terrestre negou isso de forma categorica !"

    ResponderExcluir
  39. O Próprio Jeová Deus, " O DEUS E PAI DE JESUS" disse que Jesus é o seu Filho e não uma segunda pessoa de uma Trindade Pagã !

    Mateus 16;15; "Jesus perguntou " AOS SEUS DISCÍPULOS " (será que Tomé não estava entre eles ?); " Quem vocês dizem que eu sou sou? "Simão Pedro respondeu; "Tu és o Cristo, O Filho do Deus Vivo. " - Mateus 16;16;

    Observe agora a resposta de Jesus; "Feliz , é você Simão , Filho de Jonas, Porque isto não foi revelado por carne e sangue , " MAS, POR MEU PAI", que está nos céus. " - Mateus 16;17;

    Quando Pedro disse; " Tu és o Cristo , o Filho do Deus Vivo." Note o que Jesus afirmou a Pedro; " Isto não foi lhe revelado por carne e sangue , mas por meu Pai que esta nos céus. " - Mateus 16;16,17;

    Portanto, DEUS REVELOU" a Pedro que Jesus não é o Deus Todo - Poderoso, mas sim " FILHO DO DEUS VIVO> "

    Jesus concordou com Pedro quando disse; "Feliz, é você Simão , Filho de Jonas. "- Mateus 16;17;

    Mesmo após retornar ao Céu , a identidade de Cristo continuou inalterada . O Próprio escritor de João 20;17; e João 20;28 , a saber , o apóstolo João disse;

    " Quem reconhece que Jesus é ' Filho de Deus', com ele Deus permanece em união, e ele em união com Deus. " - 1 João 4;15;

    " Quem pode vencer o mundo ? Não é aquele que tem fé em que Jesus é o Filho de Deus. " - 1 João 5;5;

    " Ao Anjo da Congregação em Tiatira escreva; " Estas coisas diz o " FILHO DE DEUS. "- Apocalipse 2;18;

    Portanto, o mesmo escritor de João 20;28 ; também escreveu João 20;17; 1 João 4;15 ; 1 João 5;5; Apocalipse 2;18; Apocalipse 3;12 ;

    Nunca , mas nunca mesmo < João confirmou de forma inspirada que Jesus é Jeová , o Deus Todo - Poderoso , mas sim , que ele era o Filho de Deus , enquanto na terra , e que mesmo retornar ao céu , qual ser glorificado , " CONTINUOU SENDO O FILHO DE DEUS. "

    É muito fácil desmascarar esta " Doutrina , Falsa , Pagã , Mentirosa , que os evangélicos adotaram da Sua Mãe , a Saber a Igreja Católica !"- Apocalipse 18;1-4.

    ResponderExcluir
  40. José Roberto,


    Você cita versículos, aleatoriamente e fora de contexto.

    Nem considera que o Verbo era Deus e se fez carne, e, portanto, tinha duas naturezas.

    A natureza divina dele não desapareceu , ou ficou escondida , em algum lugar, porque é intrínseca ao Ser do Logos. Se ele abandonasse sua natureza divina, não seria mais o Logos, a Palavra, em carne humana.

    Por aqui, nós já encontramos um flagrante êrro na doutrina jeovísta.

    O próprio Deus Pai, desmente a Torre de Vigia, ali, em Hebreus 1:10, onde chama o Filho, de Deus, e aqueles pervertidos da Watchtower, deturparam a correta tradução em sua 'Perversão da Novo Mundo."

    Só que, o próprio contexto, se encarrega de desmentir aquela perversão.

    Jesus, chamou o Pai de, "meu Deus", porque estava iniciando, em sua ascensão, o papel de Sumo Sacerdote segundo a Ordem de Melquisedec, em oposição ao Sacerdócio Levítico, anulado no Calvário.

    A fraseologia, "meu Deus", é uma expressão sacerdotal. É esta expressão continuará a ser usada em todo o Novo Testamento, exatamente por causa da mediação que está sendo efetuada.

    O Apóstolo Paulo, em 1 Timóteo 2:5, diz, "Porque há um só Deus, e um só Mediador entre Deus e os homens, Jesus Cristo homem."

    Nessa passagem, Jesus, é o Sumo Sacerdote, e, é, isto o que Paulo está a enfatizar. Ele não está a negar a Divindade de nosso Senhor, o que, ele faz, em outros contextos, à exemplo de Filipenses 2:5-6, onde, o Senhor, é aquele que existia em forma de Deus, mas, agora, desce, e se faz carne, ao tornar-se mediador.


    Ali, em 1 Timóteo, Paulo, também, chama o Senhor de, Homem, desmentindo a Watchtower que afirma ser Jesus, um espírito.

    Em nenhuma parte, dos chamados Evangelhos, você irá achar a expressão "meu Deus", a não ser, no Calvário, onde, exatamente, o Senhor estava cumprindo o ofício de vítima, de cordeiro, e, à partir da ressurreição dele, com base nesse sacrifício, ele ascende ao Pai como mediador.

    O Senhor Jesus, não somente usa a expressão, "meu Deus", ele, também, usa a expressão, "meu Pai", porque é Filho de Deus, diferente de Moisés que, era servo.

    Eu quero continuar analisando algumas passagens que você citou, mas, ANTES, eu estou esperando a sua resposta àquela pergunta que, você não respondeu, ok?!


    Nesse momento, é a SEXTA VEZ que eu estou lhe fazendo e você não respondeu,

    Se vocês pertencem a religião verdadeira e conhecem a Bíblia melhor do que as igrejas de Babilônia, deveria ser fácil responder à essa questão.

    O gato comeu a língua de vocês?!

    Vou repetir a pergunta pela SEXTA VEZ,


    Os 2 mais importantes mandamentos da Lei são estes,

    "E Jesus respondeu-lhe: O primeiro de todos os mandamentos é: Ouve, Israel, o Senhor nosso Deus é o único Senhor.

    Amarás, pois, ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu entendimento, e de todas as tuas forças; este é o primeiro mandamento."

    "E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Não há outro mandamento maior do que estes." Marcos 12:29-31.


    PERGUNTO A VOCÊ, JOSÉ ROBERTO,

    Sabendo que, o Senhor Jesus Cristo, NÃO É O NOSSO PRÓXIMO, em qual desses 2 maiores mandamentos da Lei, JESUS se encontra?


    José Roberto: Você ama a nosso Senhor Jesus Cristo de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu entendimento, e de todas as tuas forças?

    OBSERVAÇÃO: Lembre-se de que NENHUM OUTRO DEUS (de nenhuma espécie) pode ser adicionado ao primeiro MANDAMENTO. PORQUE O DEUS DE ABRAÃO, DE ISAAC E DE JACOB, É UM DEUS CIUMENTO, É NÃO ADMITE RIVAIS.

    ESTOU ESPERANDO A SUA RESPOSTA.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gostei da resposta, Paulo Cadi. Meus parabens!

      Excluir
    2. Obrigado,

      Eles vão ter que se virar, e "encaixar" Jesus em algum lugar.

      Não existe um "maior" terceiro mandamento, kkk!

      Excluir
  41. Todos os textos citados , mostra que Jesus não somente chama ao Pai de " MEU DEUS", mas também junto com outros que adoram a Jeová, o chama " Pai Nosso e Nosso Deus". È interessante notarmos como Apocalipse 3;12; o chama quatro vezes " MEU DEUS", Nas citações tomadas do evangelho , é frequente a frase " Meu Pai que Estás nos Céus". Com isso , se nos indica claramente que o único Deus Verdadeiro , O Pai, está substancialmente sempre no céu , que é uma só pessoa distinta, separada e superior. "

    Reflita ; " São as palavras Meu Deus e Meu Pai " do Deus Todo - Poderoso , criador de todas as coisas?" E ainda mais interessante é a exclamação de Jesus nos últimos instantes da sua vida ;

    "É a nona hora , Jesus clamou com voz alta " DEUS MEU, DEUS MEU", por que me abandonastes ?" Marcos 15;34;

    A quem clamou Jesus ? A si mesmo ou a uma parte de si ? Seria esse clamor ; " Deus meu . Deus meu , provindo de alguém que se considera o Deus Todo - Poderoso? E se Jesus fosse o Deus Todo - Poderoso, então quem o havia abandonado ? Abandonou-se a si mesmo ? Isso não teria nenhum sentido !" E se uma pessoa da Trindade morre, também morre as outras duas , visto que são " iguais em eternidade" ? E , se essas pessoas são um só Deus, morreu Deus ? "

    Todas as citações Bíblicas mencionadas, constituem uma série dificuldade a parte do dogma trinitário, que em parte diz; "São igualmente eternas, coiguais , incriadas".

    Portanto, os credos pronunciado nos Concilios de Nicéia e Constatinopla estão infestados de erros descomunais , os quais agora são propagados pelas Igrejas do Cristianismo Tradicional. "

    ResponderExcluir
  42. Bom dia a todos,


    José Roberto, disse, Portanto, os credos pronunciado nos Concilios de Nicéia e Constatinopla estão infestados de erros descomunais , os quais agora são propagados pelas Igrejas do Cristianismo Tradicional. "


    RESPOSTA,

    E as doutrinas da Watchtower que, foram abandonadas e mudadas centenas de vezes, inventadas, e substituídas por outras, (sempre quando os ungidos se vêem em apertos), lá, nos concílios do Brooklyn?

    Ou, você vai me dizer que, os" ungidos" não se reuniram em Concílio milhares de vezes, para inventar e mudar A doutrina, (adaptar ou tapar buracos), e, também, DE doutrina, (mudar mesmo na cara de pau)?

    Ou, elas, desceram do céu, pela inspiração do Espírito Santo?

    Que "espírito santo" é este que, está sempre a trocar de doutrina, frequentemente a se contradizer, e a contrariar as Escrituras, (com tantas mudanças é impossível não contradizer a Bíblia).

    O livro, "Crise de Consciência", de Ray Franz, (EX UNGIDO), fornece amplas comprovações dessa realidade.

    A Divindade do Senhor Jesus, era crida e aceita pelos primeiros cristãos, (fontes primárias, desde os primeiros séculos, atestam desse fato). E, os primeiros Concílios, foram convocados para elaborar a doutrina, e para combater as heresias, tais como, o Arianismo, o Modalismo, o Adocionismo, o Docetismo, e muitas outras que surgiam aqui e ali.


    As Testemunhas de Jeová, afirmam ser, as testemunhas do Novo Testamento, Mas, em nenhuma vez os cristãos primitivos usaram, ou foram conhecidos por esse nome

    NOTA: As denominações cristãs legítimas, não sacralizam e tem como inspirado, o nome que adotaram, e pelos quais são conhecidas, como fazem as Testemunhas de Jeová, os Adventistas do Sétimo Dia, e os Mormons (Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias.) O nome, adotado pelas Igrejas Cristãs, tem, apenas, conotação teológica.

    A Watchtower, já foi conhecida, pelos nomes de,

    Zion's Watchtower Society, 1884,

    The People's Pulpit Association, 1909,

    The International Bible Students Association, 1914,

    Jehovah's Witnesses (Testemunhas de Jeová) 1931.


    Charles Taze Russell, nunca lhes deu, ou, sequer intencionou lhes dar, o nome de Testemunhas de Jeová.

    Por que os ensinamentos de Russell, foram gradualmente, desaparecendo?

    Sendo, Russell, o fundador desse grupo, seus ensinamentos não deveriam permanecer, (quer dizer que o próprio fundador estava ERRADO?).

    Quando a Watchtower, fez profecias, ou produziu doutrinas que, não mais se adequaram a sua política, eles tiveram que mudar de doutrina, e chamaram esse embuste de "nova luz."

    Tiraram esse conceito, de Provérbios, 4:18.

    "Mas, o caminho dos justos, é como a luz brilhante, que brilha mais e mais, até o dia perfeito."

    Típico da quase completa falta de conhecimento bíblico, das Testemunhas, esse verso, não está falando sobre profecia, ou revelação direta de Deus, mas da crescente capacidade do homem justo, de viver uma vida mais santa, com a idade e experiência.

    A nova luz, não deve contradizer a antiga luz, como acontece com o Corpo Governante.

    O fato das Testemunhas de Jeová, realmente engolir em essa explicação da "Nova Luz", quando as profecias falham, ou, a doutrina não serve mais, é a prova final de sua fé cega em falsas organizações humanas.

    ResponderExcluir
  43. Antes de eu lhe responder José Roberto, estou ainda esperando a sua resposta,


    PERGUNTO AO JOSÉ ROBERTO E AO RUBENS,

    Nesse momento, é a SÉTIMA. VEZ, e NADA de responder.

    Se vocês pertencem a religião verdadeira e conhecem a Bíblia melhor do que as igrejas de Babilônia, deveria ser fácil responder à essa questão.

    O gato comeu a língua de vocês?!

    Vou repetir a pergunta pela SÉTIMA VEZ,


    Os 2 mais importantes mandamentos da Lei são estes,

    "E Jesus respondeu-lhe: O primeiro de todos os mandamentos é: Ouve, Israel, o Senhor nosso Deus é o único Senhor.

    Amarás, pois, ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu entendimento, e de todas as tuas forças; este é o primeiro mandamento."

    "E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Não há outro mandamento maior do que estes." Marcos 12:29-31.


    PERGUNTO A VOCÊ, JOSÉ ROBERTO E AO RUBENS,

    Sabendo que, o Senhor Jesus Cristo, NÃO É O NOSSO PRÓXIMO, em qual desses 2 maiores mandamentos da Lei, JESUS se encontra?


    José Roberto: Você ama a nosso Senhor Jesus Cristo de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu entendimento, e de todas as tuas forças?

    OBSERVAÇÃO: Lembre-se de que NENHUM OUTRO DEUS (de nenhuma espécie) pode ser adicionado ao primeiro MANDAMENTO. PORQUE O DEUS DE ABRAÃO, DE ISAAC E DE JACOB, É UM DEUS CIUMENTO, É NÃO ADMITE RIVAIS.

    ESTOU ESPERANDO A SUA RESPOSTA.

    ResponderExcluir
  44. Ah! E, eu, já ía esquecendo, José Roberto,

    Vou acrescentar à pergunta aí acima,

    O Espírito Santo, também faz parte do primeiro mandamento da Lei?

    ResponderExcluir
  45. O Dogma da Trindade ensina que as " Três pessoas divinas " da Deidade são iguais em autoridade e Poder . Contudo, a Bíblia ensina algo diferente a essas idéias . Mostra que o Pai, Jeová , tem autoridade superior ao do Filho e seu poder também é maior.A crença na divindade absoluta de Jesus Cristo está longe dos ensinos Básicos das Escrituras Sagradas.

    Enquanto Jesus permaneceu neste mundo , mostrou que o seu poder e autoridade eram limitados . Alguns argumentam que isso é assim por causa de sua dupla natureza.Mas quando ele já estava no céu , a Bíblia continua mostrando que o poder e a autoridade de Jesus são para sempre limitados e inferiores a toda a autoridade e poder que Jeová possui. Assim, sendo seria inviável tratar de invalidar as citações Bíblicas que mostram a limitação dos atributos de Jesus com a inacéitavel hipótese da dupla natureza do Filho de Deus !'

    Por exemplo, o Evangelho de João , contém numerosos textos Bíblicos que indicam que Jesus nunca atuava com independência , senão que se sujeitava a vontade de Deus e dizia e fazia tudo que Deus lhe ensinava;

    " O Filho " Não pode fazer nada de sua própria iniciativa, mas somente o que ele observa o Pai fazer. " - João 5;19

    " Não posso nem uma única coisa de minha própria iniciativa , porque não procuro a minha própria vontade , mas a vontade daquele que me enviou. " - João 5;30;

    " Vim em nome de meu Pai. " - João 5;43;

    " Porque não falei de meu próprio impulso , mas o próprio pai que me enviou tem me dado um mandamento quanto ao que dizer e falar.. Portanto, as coisas que eu falo, assim como o Pai mas disse , assim eu falo. " - João 12;49;

    " E que não faço nada de minha própria iniciativa ; mas assim como o Pai me ensinou , estas coisas eu falo. E aquele que me enviou está comigo, ele não me deixou só, porque faço sempre as coisas que lhe agrado. " - João 8;28,29;

    De fato, Jeová não veio a terra morrer por nós , mas enviou o seu próprio filho unigênito , com este objetivo ; " No Devido tempo , Deus " ENVIOU" o seu Filho . " - Galátas 4;4;

    Estas palavras não parecem de alguém que se considerava o Deus Todo - Poderoso , ou que era igual ao Deus Todo - Poderoso. Se Jesus era Deus em carne, parece-lhe lógico e coerente com o resto das Escrituras que Jesus não podia fazer nada de sua própria iniciativa?? UM DEUS SEM VONTADE PRÓPRIA? Pois bem, estas palavras parecem de um filho obediente que se abstinha de atuar com independência de Deus. O que Jesus pregava provinha do seu Pai, Ele lhe revelava o que dizer e o que falar. De fato, " Deus nunca o deixou só", sempre estava com ele para ensiná-lo. O que você deduz diante de tudo isso ? Concorda com o que a Bíblia diz acerca do filho ?"

    É muito fácil " DESMASCARAR" essa doutrina pagã , oriunda de um cristianismo apóstata (haneff) ! Como disse Jesus ; " Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará. " - João 8;32;

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Em João 5:18 temos, "Por isso, pois, os judeus ainda mais procuravam matá-lo, porque não só violava o sábado, mas também dizia que Deus era seu próprio Pai, fazendo-se igual a Deus." Esta é a mais forte assertiva em favor da divindade de Cristo, desde o prólogo inicial deste quarto evangelho, onde Jesus é visto como o Logos eterno, que "estava no princípio com Deus" e que era Deus. Este versículo deixa claro que, quando de sua encarnação, o Filho não perdeu a sua natureza divina (conforme alguns tem erroneamente asseverado). E assim sendo, devemos compreender que o fato de que ele se esvaziou, conforme nos é dito no trecho de Fil. 2,7 indica que ele se despiu apenas de seus direitos e prerrogativas de ordem divina. um Filho que anda em tão grande intimidade com o Pai, a ponto de imita-lo perfeitamente em todas as suas ações, o que expressa para nós a mesma natureza, a mesma autoridade e a mesma perfeição, claramente é idêntico ao Pai, e é justamente essa a ousada asseveração deste versículo, embora tivesse sido considerada como uma pura blasfêmia, pelos judeus dos dias de Jesus.
      ao assim falar, jesus não afirmou ser independente de Deus Pai ou dos seus mandamentos, conforme as suas ações foram interpretadas pelos judeus, porque ele curava em dia de sábado, mas bem pelo contrario, o que Jesus quis dizer é que vivia em unidade perfeita com Deus Pai. Isso nos faz lembrar que certos reis selêucidas e imperadores romanos haviam reivindicado relações especiais com Deus, como filhos, e que por isso mesmo eram independentes das leis que governam aos homens. Ora, isso os judeus reputavam como uma acendrada arrogância, e agora criam que Jesus se deixara arrastar pelo mesmo defeito de arrogância. É interessante observarmos que a narrativa do décimo segundo capitulo do evangelho de Mateus aborda essa mesma controvérsia, e também diz que os judeus procuravam matar Jesus, por motivo desse mesmo debate. e isso tudo favorece a historicidade dos acontecimentos e declarações aqui narrados, posto que os evangelhos de Mateus e João representam fontes informativas distintas, nenhuma das quais contou com a outra como fonte de material histórico, mas antes, se fundamentaram em tradições preservadas por diferentes comunidades cristãs.

      Excluir
  46. Boa noite a todos,

    Rubens, eu pretendo continuar a conversa, mas, ainda estou aqui, bebericando um cafezinho, esperando pacientemente a SUA resposta, a pergunta que eu fiz a você, e ao José Roberto,

    Como até o presente momento, não recebi nenhuma resposta, (porque será?), nem de você, e nem do José Roberto, vou me servir de mais uma xícara de café e uns biscoitinhos, e esperar.


    Por isto, Rubens,


    Eu, vou repetir a mesma pergunta pela OITAVA VEZ,

    Já é a OITAVA VEZ, e nenhum de vocês, teve a coragem, de, ao menos, tentar uma resposta?

    Minha sujestão:Invente uma, e vamos ver o que acontece.


    Aí vai, a minha pergunta, pela OITAVA VEZ,



    Os 2 mais importantes mandamentos da Lei são estes,


    E Jesus respondeu-lhe: O primeiro de todos os mandamentos é: Ouve, Israel, o Senhor nosso Deus é o único Senhor.

    1. Amarás, pois, ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu entendimento, e de todas as tuas forças; este é o primeiro mandamento.

    E o segundo, semelhante a este é,

    2. Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Não há outro mandamento maior do que estes.

    (Marcos 12:29-31).


    EU, PERGUNTO A VOCÊ, RUBENS VASCONCELOS,

    Sabendo que o Senhor Jesus Cristo, NÃO É O NOSSO PRÓXIMO, em qual desses 2 maiores mandamentos da Lei, JESUS se encontra?

    Rubens: Você ama a nosso Senhor Jesus Cristo, de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu entendimento, e de todas as tuas forças?

    OBSERVAÇÃO: Lembre-se, de que NENHUM OUTRO Deus, (de nenhuma outra espécie), pode ser adicionado ao primeiro mandamento, Porque o Deus de Abraão , o Deus Isaac, e o Deus de Jacó, É UM DEUS CIUMENTO, E NÃO ADMITE RIVAIS.

    ESTOU ESPERANDO A SUA RESPOSTA.

    ResponderExcluir
  47. Senhores comentarístas
    Fico surpreso por ver que os seguidores de Ário continuam a não saber distinguir as naturezas do Deus homem , Jesus Cristo.

    Jesus tinha dupla natureza que não podem ser confundidas, porém não podemos separá-las , pois após sua encarnação , ele é uma só pessoas. Ele é Deus homem , Deus conoscp no dizer de Mateus.

    Jesus é O Filho Unigênito do Pai
    Ele é o Unico , nos somos , filhos por adoção , não temos a natureza divina , como Sua essência , atributos e carater. Somente Jesus é que veio a terra com esta natureza, pois nele habita Toda plenitude d a divindade. Cl.2.9.

    Vamos aguardar as respostas do seguidores de Ário.

    O Eterno os ilumine para que as trevas sejam dissipadas de suas mentes .

    Em Cristo

    Wilton

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vamos aguardar os Árianos responder as perguntas do irmão Paulo Cadi

      Excluir
  48. Os Trinitários não conseguem raciocinar , conforme Romanos 12;1,2 ; vivem em um mundo de delírios e devaneios !

    Jesus Cristo disse em João 14;28; "Se me amásseis, alegrar-vos -éis de que vou embora para o Pai, pois o Pai , " É MAIOR DO QUE EU. "

    Este versículo está em total oposição a trindade . Para rebatê-lo , os trinitários tem inventado a teoria das duas naturezas , comprovadamente sem fundamento sólido, porque o Pai , não é somente superior ao filho enquanto esteve na terra, mas também quando este ascendeu aos céus. "

    O Apóstolo Paulo acentua em sua carta aos Corintios que Jesus ainda temdo muito poder nos céus , está sujeito a Jeová e este constitui-se seu amo;

    " Mas, quero que saibais que a cabeça de todo o homem é o Cristo, por sua vez a cabeça da mulher é o homem, por sua vez a " CABEÇA DE CRISTO É DEUS. " - 1 Corintios 11;3;

    O texto se refere a quem é autoridade de quem. Portanto, se o pai e o Filho compartilham a glória por igual como um só Deus, este versiculo bíblico denota que essa noção é absolutamente falsa. Deus é cabeça (autoridade) de Jesus , e nunca se diz que alguem , por sua vez, seja a cabeça de Deus, não é mesmo trinitários ??

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite José Roberto.
      O Eterno te abençoe
      A resposta acima mostra que , conforme afirmamos acima o aigo não entendeu ainda a doutrina revelada progressivamente nas Santas Letras da Triunidade divina.
      Esta revelação bíblica não é para ser entendida em toda essência , porém crida pela fé.
      O Eterno te ilumine.
      Sds

      Wilton

      Excluir
  49. Portanto, Se Jesus e Jeová são o mesmo ser , por que é que tem 2 tronos no céu ??

    Hebreus 12;2;

    Atos 7;55;

    ResponderExcluir
  50. Boa noite a todos,


    José roberto de araujo araújo 29 de setembro de 2018 19:09, disse,


    "Os Trinitários não conseguem raciocinar , conforme Romanos 12;1,2 ; vivem em um mundo de delírios e devaneios !"


    RESPOSTA: Ha, ha, ha, ha, ha!

    Eu acho que é você quem não está conseguindo raciocinar, já que é a NONA VEZ que irei lhe fazer a mesma pergunta, e ainda estou esperando a sua resposta, José Roberto.

    O curriculum da Watchtower é o que mostra quem vive em delírios e devaneios.

    Onde é que estavam as Testemunhas de Jeová, desde o século 1, até o século 19?

    Se é tão fácil desmascarar a doutrina da Trindade, (como o seu colega, Rubens, afirmou ali acima, ele, também, já deveria ter respondido a mesma pergunta, que irei repetir pela NONA VEZ, e espero a resposta de vocês, ok?


    O José Roberto, disse,

    "O Apóstolo Paulo acentua em sua carta aos Corintios que Jesus ainda temdo muito poder nos céus , está sujeito a Jeová e este constitui-se seu amo;

    " Mas, quero que saibais que a cabeça de todo o homem é o Cristo, por sua vez a cabeça da mulher é o homem, por sua vez a " CABEÇA DE CRISTO É DEUS. " - 1 Corintios 11;3;"


    RESPOSTA: Eu lhe pergunto, José Roberto,

    Por ser o homem o cabeça da mulher, segundo as Escrituras, esta condição, estabelecida por Deus, torna a mulher inferior ou menos humana do que o homem?

    A resposta naturalmente é, NÃO.

    Se a passagem de 1 Coríntios, por você citada, está afirmando que, Jesus Cristo é inferior ao Pai, em natureza, a mesma passagem pode ser usada para afirmar que a mulher, em natureza, é inferior ao homem.

    Você concorda com essa afirmação?

    A mulher deve estar sujeita ao marido, (é óbvio, se ele estiver sujeito a Palavra de Deus - para salvaguardar a mulher e os filhos), porque assim Deus estabeleceu a relação, (em obediência a Palavra de Deus), entre os dois únicos sexos, o masculino e o feminino; e para isto, Deus, tirou a mulher, literalmente, do homem, não dos pés do homem, (como algo inferior), mas da costela, do lado, sendo, a mulher, igual ao homem, e ao mesmo tempo sujeita ao homem.

    Assim, analogamente, Cristo, saiu de Deus, o Pai, da eternidade, como o Logos divino, que existia com o Pai, desde a imensurável essência de Deus, sendo, desta maneira, verdadeiro Deus de verdadeiro Deus. JOÃO 1:1.


    Prossegue....

    ResponderExcluir
  51. Agora, nesse ponto, eu tomo o caminho dos pais capadócios, (Monarquianismo Trinitário, a preeminência de Deus Pai, como origem do Filho e do Espírito Santo), Basílio Magno, Gregório Nazianzeno e Gregório de Níssa, sendo que, Gregório Nazianzeno, ensinou as distinções que podem ser estabelecidas entre as três pessoas da Trindade : o Pai é não-gerado, o Filho é gerado e o Espírito Santo é procedente.

    Eu, particularmente, não recorro ao argumento da Trindade econômica, legitimamente usada pelos irmãos atanasianos.

    Um aspecto peculiar no tratamento da doutrina trinitariana pelos pais capadócios, é o da preeminência atribuída ao Pai: ele é a fonte ou origem da Trindade, o fundamento da sua unidade. O ser do Pai é comunicado tanto ao Filho quanto ao Espírito de maneira distinta: o Filho é “gerado” do Pai e o Espírito “procede” ou “emana” do Pai.

    A geração eterna do Filho é definida como um eterno ato pessoal do Pai, onde, por necessidade da natureza, não por escolha da vontade, Ele gera a pessoa (não a essência) do Filho, comunicando-lhe toda a substância indivisível da divindade, sem divisão, alienação ou mudança, de modo que o Filho é a imagem expressa da pessoa de seu Pai, e continua eternamente.

    A Bíblia, também menciona a eternidade do Espírito Santo.

    Hebreus 9:14 quanto mais o sangue de Cristo, que mediante o ESPÍRITO ETERNO se ofereceu de forma imaculada a Deus, purificará completamente a nossa consciência de comportamentos ...

    E, todo esse processo, ocorre no Ser de Deus, e não fora do Ser de Deus, ou seja, acontece antes da existência da criação.

    Então, o Apóstolo Paulo, nos ensina, em 1Coríntios 8:6, que existe somente um Deus verdadeiro, o Pai, mas que a natureza de Deus, compreende as pessoas do Filho e do Espírito Santo.

    E, o Novo Testamento, é todo escrito em forma trinitária, inclusive, aqui, em outra postagem, o Luciano elencou 50 passagens, claramente de natureza trinitariana, espalhadas por todo o Novo Testamento, e que comprovam esse fato. Fora que, a experiência dos cristãos do primeiro século, era trinitariana, na oração, na adoração, e na teologia, ainda que não estivesse sistematizada, que é a maneira pela qual as Testemunhas gostariam que lhes fosse apresentada, DENTRO DA BÍBLIA, a doutrina da Trindade, mas a verdade é que, nenhuma doutrina é sistematizada nas Escrituras, e mesmo as Testemunhas, tem de lidar com esse fato, e à seu modo, mesmo errado, precisam organizar as suas doutrinas e a incessante mudança que fazem nestas.

    A fórmula batismal de Mateus 28:19, tem como imagem, o próprio batismo do Senhor, no qual o véu se abre, tornando manifestadas as 3 pessoas em um único ato e raro movimento.

    Em Mateus 28:19, o Senhor, distingue a três pessoas, com a conjunção "Kai", "em nome do (kai) Pai, e do (Kai) Filho, e do (Kai) Espírito Santo.

    A própria fórmula batismal, apresenta, em ordem, a preeminência (Monarquianismo Trinitário) do Pai, a geração do filho, e a processão do Espírito Santo, de ambos, do Pai, e do Filho.

    Então, falar no único Deus verdadeiro, e deixar de fora, o Filho e o Espírito Santo, é uma heresia teológica de primeira grandeza.

    ResponderExcluir
  52. José Roberto,


    Agora são 19:32, e será a NONA VEZ, que irei repetir a minha pergunta que até agora, espera a resposta do José Roberto, e do Rubens Vasconcelos.

    Está é a NONA VEZ que estou fazendo a mesma pergunta e o José Roberto, e o Rubens NÃO RESPONDERAM.

    Se é tão fácil, como vocês dizem, desmascarar a doutrina pagã da Trindade, eu pergunto a vocês,

    Porque não responderam a pergunta que nesse exato momento irei repetir pela NONA VEZ?

    Eu, vou repetir A MESMA PERGUNTA, com algumas reformulações,

    A tradução do Novo Mundo, produção da Watchtower, traduz assim, em Marcos 12:28-34,

    "Um dos escribas, que havia se aproximado e ouvido a discussão, vendo que ele tinha lhes respondido bem, perguntou-lhe: “Qual mandamento é o primeiro* de todos?”+

    29 Jesus respondeu: “O primeiro é: ‘Ouve, ó Israel: Jeová,* nosso Deus, é um só Jeová.* 30 Ame a Jeová,* seu Deus, de todo o seu coração, de toda a sua alma,* de toda a sua mente e de toda a sua força.’+

    31 O segundo é: ‘Ame o seu próximo como a si mesmo.’+ Não há outro mandamento maior do que esses.” 32 O escriba lhe disse: “Instrutor, o senhor disse bem, em harmonia com a verdade: ‘Ele é um só, e não há outro além dele’;+

    33 e amá-lo de todo o coração, de todo o entendimento e de toda a força, e amar o próximo como a si mesmo vale muito mais do que todas as ofertas queimadas e sacrifícios.”+ 34 Com isso, Jesus, percebendo que ele tinha respondido de modo inteligente, disse-lhe: “Você não está longe do Reino de Deus.” Mas ninguém teve coragem de lhe fazer mais perguntas.+"

    A pergunta que irei repetir pela NONA VEZ, e que, até o presente momento, não foi respondida, é essa, José Roberto,

    Jesus Cristo, NÃO É O NOSSO PRÓXIMO, e,

    Segundo as Testemunhas de Jeová, Jesus NÃO É JEOVÁ,

    Então, em qual dos 2 maiores mandamentos da Lei, aí acima, JESUS, se encontra?

    José Roberto, Você ama a nosso Senhor Jesus Cristo, de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu entendimento, e de todas as tuas forças?

    OBSERVAÇÃO: Lembre-se, de que NENHUM OUTRO DEUS , (de nenhuma outra espécie), pode ser adicionado ao primeiro mandamento, Porque o Deus de Abraão , o DEUS de Isaac, e o Deus de Jacó, É UM DEUS CIUMENTO, E NÃO ADMITE RIVAIS.

    ESTOU ESPERANDO A SUA RESPOSTA.

    ResponderExcluir
  53. Se Jesus e Jeová são um só, quem é o Senhor de Davi, e quem é o Senhor que dá ordens" para o Senhor de Davi , sentado no trono ??

    Salmo 110;1;

    ResponderExcluir
  54. O Mesmo Apóstolo que escreveu 1 Corintios 15;31;, segue mostrando mais adiante no capítulo 15 verso 28 de 1 Corintios, que no céu Jeová é superior ao filho " SEMPRE", até a eternidade.

    O texto diz;

    "E, quando todas as coisas lhe estiverem sujeitas , então também o mesmo filho " SE SUJEITARÁ" áquele que todas as coisas lhe sujeitou, para que Deus " SEJA TUDO" em todos. " - 1 Corintios 15;24-28 ; AL.

    A obediência de Jesus ao Pai é manifesta em todo o fato ocorrido nos céus . A Trindade invariavelmente se equivoca quando sustém que os componentes do Deus Trino são iguais . No final dos tempos, Jesus se sujeita ao Pai ( se submete a sua autoridade), para que ele seja "tudo em todos", onde claramente ficam excluidos o Filho e o espírito santo. Por todas as Escrituras , sempre se identifica a Deus como o Pai e como superior a Jesus e ao Espírito Santo.

    No versículo 24 de 1 Corintios 15;, se diz " que Jesus entrega o Reino ao seu Deus e Pai". Entregar algo significa desprender-se do mesmo , Jesus se desprende do Reino e o retorna a Jeová.

    Em Mateus 28;18; Jesus disse; "FOI ME DADA< toda a autoridade no céu e na terra. " Antes de a darem , ele não há tinha , e depois de ele entregar o Reino ao seu Deus e Pai" deixa de ter essa posse. Observe, que Jesus desfruta de divindade absoluta e igualdade com o Pai,se tudo que faz está " CONDICIONADO" pelos estatutos de Deus ??

    Portanto, como vivem num mundo de " devaneios " os Trinitários !"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro José Roberto.
      Para interpretar corretamente a passagem de 1Co,15.24 é necessario entender perfeitamente que Jesus Cristo, encrnado inha a natureza divina e a humana , como tu sabes muito bem.
      A linha de raciocínio é simples.
      O Filho é igual ao Pai quanto a divindade Jo.1.1; Jo.10.30; 1Jo.5.20;
      Na encarnação Jesus continuou igual ao Pai quanto à divindade , porfém menor que o Pai quanto à humanidade Jo.10.30, Jo.14.28;
      Depois da ressurreição , O Filho continuou igual ao Pai quanto a divindade e menor que o Pai quanto a humanidade, mesmo que a humanidade seja glorificada e exaltada; este éo estado atual e eterno do Deus homem ( 1Tm.2.5 );
      As palavras de Paulo em 1Co.15.28 , são ditas na pespetiva do homem Jesus 1Tm.2.5;
      Jesus é menor que o Pai quanto a humanidade antes e depois daressurreição as palavras de Paulo quanto a subordinação nao atentam contra a doutrina trinitáriana e da igualdade ontológica do Filho e do Pai.
      Logo pode-se afirmar que o Filho se sujeitará ao Pai sem que isso dtraia algo de sua natureza divina, a qual é da mesma essência ou substância que a do Pai.

      O Eterno te ilumine e a todos os demais TJ que acompanham os comentários.

      Em Cristo

      Wilton

      Excluir
  55. Hebreus 12;2;

    Atos 7;55;

    Salmo 110;1,2;

    Mateus 26;64; reza conforme a Bíblia King James Atualizada; ' Tu mesmo o declarastes; afirmou-lhe Jesus. Contudo, Eu revelo a todos vós ; " Chegará o dia em que vereis o filho do homem a direita do Todo - Poderoso, vindo sobre as nuvens do céu. "

    " Jeová declarou ao meu Senhor( Jesus Cristo); " Sente-se a minha direita , até que eu ponha os seus inimigos debaixo dos seus pés. " - Salmo 110;1;

    " Mas , ele( Jesus Cristo) ofereceu um só sacrificio pelos pecados para sempre e, "Se Sentou a Direita de Deus", dái em diante esperando até que seus inimigos sejam postos debaixo dos seus pés. " Hebreus 10;12,13;

    " No entanto, de agora em diante , O Filho do Homem estará Sentado a direita poderosa de Deus. " - Lucas 22;69;

    Portanto, vimos uma clara distinção entre Jesus Cristo " NO CÉU" e " AQUELE" ao lado de quem ele está sentado - Jeová, O Deus Todo - Poderoso. Isto é um golpe na Doutrina da Trindade, mostrando que Jesus não é Deus no pleno sentido da palavra, nem é Todo - Poderoso - Mas encontra-se ao lado do Deus Todo - Poderoso."

    Aqui acaba os devaneios trinitários !'

    ResponderExcluir
  56. Boa noite a todos,


    José Roberto,


    Eu já lhe fiz a mesma pergunta, NOVE VEZES, E VOCÊ NÃO RESPONDEU , ESQUECEU?

    Agora você vem com uma contra-pergunta porque não encontrou a resposta para a questão.

    Mas, você, sendo Testemunha de Jeová, é que tem de lidar com a pergunta que lhe fiz NOVE VEZES E NÃO RECEBI RESPOSTA DA SUA PARTE.

    Você nem conseguiu confessar que ama o Senhor Jesus de todo o seu coração, alma, forças e entendimento!

    Eu, faz pouco tempo, entrei em dois canais do YouTube USA, de orientação unitariana, (um deles de um conhecido apologista unitariano nos Estados Unidos, autor de vários livros), e fiz a este senhor a mesma pergunta que irei lhe fazer pela DÉCIMA VEZ.

    Resultado: Ficaram todos de bico calado, inclusive um dos canais, o de outro, deletou a minha pergunta!

    Agora, você vem citando a passagem veterotestamentária do Salmo 110:1, a mais citada no Novo Testamento, e muito utilizada pelos Unitarianos, como prova contundente de que Jesus não é Deus.

    Acha que vai escapar com essa?!

    Kkk! Ora, se é tão fácil desmascarar a demoníaca e pagã doutrina da Trindade, porque você não respondeu a pergunta desde a primeira vez?

    O Salmo 110:1: Claramente, esta é uma das passagens que mais nitidamente lida com essa questão - a natureza da figura do senhor (adoni em hebraico), ou Messias do Salmo 110. A razão pela vocês não a podem entender, é porque vocês não conseguiram ainda alcançar o escopo dessa doutrina - a união hipostática ou as duas naturezas, a divina e a humana, juntas, na pessoa do Senhor Jesus Cristo.

    O Apóstolo Paulo, ensinou que houve a união da natureza divina do Logos, com a natureza humana de Jesus, o Nazareno, segundo, naturalmente, o mesmo padrão de João 1:1-14.

    Ele diz,

    "Acerca de SEU FILHO , que nasceu da descendência de Davi SEGUNDO A CARNE ." Romanos 1:3

    " De sorte que haja em vós o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus,
    Que, SENDO EM FORMA DE DEUS, NÃO TEVE POR USURPAÇÃO SER IGUAL A DEUS." Filipenses 2:5-6

    "Mas ESVAZIOU-SE A SI MESMO, TOMANDO A FORMA DE SERVO (aqui entra a passagem ali acima de Romanos 1:3), fazendo-se semelhante aos homens;
    E, ACHADO NA FORMA DE HOMEM, humilhou-se a si mesmo, sendo obediente até à morte, e morte de cruz."

    Filipenses 2:7-9


    Hebreus, capítulo 1, no final, no verso 13, mostra que foi Deus Pai, quem se dirigia ao Filho no Salmo 110:1.

    No verso 10, aqui abaixo, o Pai chama o Filho, de Deus, deixando as Testemunhas de Jeová e os Unitarianos num verdadeiro alvoroço, e, como sempre, eles, obstinados que são, irão se empenhar para explicar de outra maneira aquilo que já está claro.

    8. "Mas, do Filho, diz: Ó Deus, o teu trono subsiste pelos séculos dos séculos; Cetro de eqüidade é o cetro do teu reino.
    Amaste a justiça e odiaste a iniqüidade; por isso Deus, o teu Deus, te ungiuCom óleo de alegria mais do que a teus companheiros.
    E: Tu, Senhor, no princípio fundaste a terra, E os céus são obra de tuas mãos.
    Eles perecerão, mas tu permanecerás; E todos eles, como roupa, envelhecerão,
    E como um manto os enrolarás, e serão mudados. Mas tu és o mesmo, E os teus anos não acabarão.
    13. E a qual dos anjos disse jamais: Assenta-te à minha destra, Até que ponha a teus inimigos por escabelo de teus pés?" Hebreus 1:8-13

    Então, o Salmo 110:1, não é um argumento convincente contra a Divindade de Jesus Cristo, porque esta é uma profecia messiânica prevendo a manifestação do Verbo em natureza humana.
    Note que Aquele que existia EM FORMA OU NATUREZA DIVINA, e somente Deus existe em natureza divina, tomou a natureza de servo, humano, em carne semelhante a carne pecaminosa. Rm.8:3
    E o Pai se dirige Àquele que se humilhou, mas que possuía a mesma glória dele antes da fundação do mundo.



    ResponderExcluir
  57. José Roberto,

    Você citou 1 Coríntios 15:24-28, como prova contra a Divindade do Senhor Jesus, mas nunca o Apóstolo Paulo sequer tencionou combater a Deidade de Jesus Cristo.
    Os Unitarianos e Testemunhas de Jeová, Cristadelfianos e outros grupos é que se apropriaram de certas passagens do Novo Testamento, como se essas tivessem sido escritas para combater a Divindade de Cristo, coisa que está milhas e milhas de distância da verdade.

    Jesus já é sujeito ao Pai, então, em que sentido ele irá se sujeitar?

    Se Jesus já está sujeito a Deus Pai, então a sujeição da qual Paulo fala é de outro domínio e natureza.

    Agora, não vou continuar a responder estas questões, PORQUE,

    ANTES de continuarmos com essas questões, EU ESTOU A ESPERAR SUA RESPOSTA a pergunta que estou
    a lhe fazer pela DÉCIMA VEZ, e simplesmente não vou deixar a questão de lado para responder as suas indagações fora de contexto.

    Os herejes Unitarianos e Jeovistas, aplaudidos pelos muçulmanos (porque os muçulmanos adoram entrar nesses websites para se irmanar com os Unitarianos e Jeovistas, que sem querer trabalham para eles, aqui no Ocidente, preparando de antemão novos proselitos e antipatizantes da doutrina da Trindade, sujeitinhos dos quais a Internet está cheia, e que pululam freneticamente prá lá e prá cá, multiplicando os argumentos fúteis e superficiais, não sabendo que a doutrina que tanto combatem é exatamente a que corta este mal islâmico pela raiz.

    Eles vão apertar as mãos dos Unitarianos e das Testemunhas de Jeová, para depois lhes dar um ponta pé no traseiro, enquanto fazem todos os esforços para instaurar o califado, nos qual Jesus, cede lugar para Muhammad (Maomé) e lhe presta homenagem como um subalterno, um profeta menor.

    Agora, José Roberto, eu estou esperando a resposta para a pergunta QUE NESSE MOMENTO, 21:06, VOU REPETIR PELA DÉCIMA VEZ, E ESTAREI ESPERANDO A SUA RESPOSTA.

    A pergunta É,

    A tradução do Novo Mundo, produção da Watchtower, traduz assim, em Marcos 12:28-34,

    "Um dos escribas, que havia se aproximado e ouvido a discussão, vendo que ele tinha lhes respondido bem, perguntou-lhe: “Qual mandamento é o primeiro* de todos?”+

    29 Jesus respondeu: “O primeiro é: ‘Ouve, ó Israel: Jeová,* nosso Deus, é um só Jeová.* 30 Ame a Jeová,* seu Deus, de todo o seu coração, de toda a sua alma,* de toda a sua mente e de toda a sua força.’+

    31 O segundo é: ‘Ame o seu próximo como a si mesmo.’+ Não há outro mandamento maior do que esses.” 32 O escriba lhe disse: “Instrutor, o senhor disse bem, em harmonia com a verdade: ‘Ele é um só, e não há outro além dele’;+

    33 e amá-lo de todo o coração, de todo o entendimento e de toda a força, e amar o próximo como a si mesmo vale muito mais do que todas as ofertas queimadas e sacrifícios.”+ 34 Com isso, Jesus, percebendo que ele tinha respondido de modo inteligente, disse-lhe: “Você não está longe do Reino de Deus.” Mas ninguém teve coragem de lhe fazer mais perguntas.+"

    A pergunta QUE estou a repetir PELA DÉCIMA VEZ, e que, até o presente momento, não foi respondida, é essa, José Roberto,

    Jesus Cristo, NÃO É O NOSSO PRÓXIMO.

    Segundo as Testemunhas de Jeová, Jesus NÃO É JEOVÁ,

    Então, em qual dos 2 maiores mandamentos da Lei, aí acima, JESUS, se encontra?

    José Roberto, você ama a nosso Senhor Jesus Cristo, de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu entendimento, e de todas as tuas forças?

    OBSERVAÇÃO: Lembre-se, de que NENHUM OUTRO DEUS , (de nenhuma outra espécie), pode ser adicionado ao primeiro mandamento, sob pena de quebrantamento da Lei por causa do pecado de idolatria.

    ESTOU ESPERANDO A SUA RESPOSTA.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Me parece que o José Roberto e o seu outro irmão na fé, o Rubens, não vão responder a pergunta do Paulo Cadi. E pelo que vejo, o senhor José Roberto está mais interessado é em postar, ou colar estudos dos livros teológicos da torre de vigia. Ele vai encher de textos e mais textos. Isso sugere que faz assim, porque as tjs tem que seguir fielmente a cartilha dos lideres, o corpo governante, no qual quem ensinar diferente da opinião deles está automaticamente fora da organização tj.

      Excluir
    2. Se eles não aprenderem o catecismo Jesus vai aplicar os mandamentos neles, kkkkk!

      Excluir
  58. Os Trinitários afirmam que como homem Jesus fazia muitos milagres , ele era o Deus Todo - Poderoso, era prova da sua deidade como parte intrsíca da Trindade. Contudo, assim como recebia do seu Pai o que tinha de dizer, também recebia de Deus , o poder para realizar milagres.

    Quando Jesus realizava um ato milagroso , fazia "antes uma oração para pedir a ajuda de Deus" No dia em que ressuscitou Lázaro, orou antes; "Pai, eu te agradeço que me ouvistes.Deveras, eu sabia que sempre me ouves; mas, falei por causa da multidão parada aqui, afim de que creiam que tu me enviastes. " - João 11;41,42;

    " E, aquele que me enviou está comigo, ele não me deixou só, porque faço sempre as coisas que lhe agradam. " - João 8;29;

    " De fato, a Bíblia diz; " No devido tempo Deus enviou o seu Filho a terra. " - Galátas 4;4;

    O Fato de que Jesus tivera se pedir poder ao Pai para realizar milagres , mostra que em si mesmo não " subsistia o poder"; de outro modo não teria sido possível que o matassem. Nenhum destes relatos Bíblicos teria sentido se Jesus " nunca deixou de ser Deus. "

    Esse Poder , o Espírito Santo, emana de Jeová e ele o deu a quem quis, não só a Jesus Cristo.Por ser Jesus o seu Filho unigênito e primogênito, em incontavéis momentos de sua vida humana o dotou dessa força poderosa, provando assim que ele era o enviado por Deus . "

    De fato, o mesmo espírito santo que deu poder a Jesus para realizar milagres , também foi dado aos seus discípulos ; "Jesus portanto, disse-lhes novamente; " Haja paz convosco. " ASSIM COMO O PAI ME ENVIOU" , eu também vos envio." E, depois de dizer isso , " SOPROU" sobre eles e disse-lhes ; " RECEBEI ESPÍRITO SANTO" ,, Se perdoardes os pecados de qualquer pessoa , " FICAM -LHES PERDOADOS" , se retiverdes os de qualquer pessoa , " FICAM _LHES RETIDOS. " - João 20; 21-23;

    E que dizer de sua ressurreição ? Ressuscitou-se a si mesmo ? Não, pois a morte é um estado de inexistência e Jesus deixou de esxistir durante três dias.Como teria sido possível ressuscitar-se a si mesmo ? A Bíblia é clara nesse respeito; " Deus novamente , deu a vida a Jesus , como se nos diz; "
    "Mas Deus " O RESSUSCITOU" por afrouxar as ânsias da morte , porque não era possível que ele continuasse a ser segurado por ela. " - Atos 2;24;

    Jeová , O Pai, empregou o seu poder para dar-lhe a vida outra vez . Pergunte-se pois ; " Quem tem mais poder? Jesus ou o Pai ? Não é este o fato prova de que Jesus e o Pai não são igualmente " ONIPOTENTES" ? Jesus ressuscitava a seres humanos , mas não podia dar a vida a si mesmo , somente o Pai podia, porque conforme diz o Salmo 36;9; "Jeová, é a fonte da vida!'

    De fato , João 5;26 afirma ; " Pois assim como o Pai , tem vida em si mesmo , " CONCEDEU" ao filho ter vida em si mesmo . "
    Deus , O Pai, é sempre superior a Jesus , na terra e no céu.Jesus está subordinado ao Pai, e por isso a Bíblia não ensina a divindade absoluta de Jesus Cristo, porque ele não é o Deus Todo - Poderoso nem é igual a ele. "

    Aqui, acaba os " DEVANEIOS" trinitários !"

    ResponderExcluir
  59. SE JESUS É O DEUS TODO - PODEROSO COMO ELE " PERTENCE A DEUS ?" - 1 Corintios 3;23;

    ResponderExcluir
  60. Aí pessoal, boa noite ao Luciano e a todos!



    José Roberto,


    AINDA ESTOU ESPERANDO A SUA RESPOSTA PARA A PERGUNTA QUE NO FINAL LHE FAREI PELA
    DÉCIMA PRIMEIRA VEZ, E QUE AINDA VOCÊ NÃO RESPONDEU.


    Vocês, Testemunhas de Jeová, acreditam que Jesus em sua preexistência terrena, existia como um deus, um ser divino, a segunda pessoa mais poderosa do universo, depois de Jeová, e que participou na realização da criação.

    Agora, eu lhe pergunto,

    Esse ser divino, esse deus menor, que era Jesus, que vocês também creem ser o arcanjo Miguel, em seu estado e natureza celestiais, precisou receber o "espírito santo", a força ativa de Jeová, para realizar as coisas que ele efetuava nos tempos do Antigo Testamento?

    Poderia nos mostrar alguma passagem da Escritura que nos comprove esse fato?


    José Roberto, disse,

    Os Trinitários afirmam que como homem Jesus fazia muitos milagres , ele era o Deus Todo - Poderoso, era prova da sua deidade como parte intrsíca da Trindade. Contudo, assim como recebia do seu Pai o que tinha de dizer, também recebia de Deus , o poder para realizar milagres.

    Quando Jesus realizava um ato milagroso , fazia "antes uma oração para pedir a ajuda de Deus" No dia em que ressuscitou Lázaro, orou antes; "Pai, eu te agradeço que me ouvistes.Deveras, eu sabia que sempre me ouves; mas, falei por causa da multidão parada aqui, afim de que creiam que tu me enviastes. " - João 11;41,42;

    " E, aquele que me enviou está comigo, ele não me deixou só, porque faço sempre as coisas que lhe agradam. " - João 8;29;

    " De fato, a Bíblia diz; " No devido tempo Deus enviou o seu Filho a terra. " - Galátas 4;4;

    O Fato de que Jesus tivera se pedir poder ao Pai para realizar milagres , mostra que em si mesmo não " subsistia o poder"; de outro modo não teria sido possível que o matassem. Nenhum destes relatos Bíblicos teria sentido se Jesus " nunca deixou de ser Deus. "

    Esse Poder , o Espírito Santo, emana de Jeová e ele o deu a quem quis, não só a Jesus Cristo.Por ser Jesus o seu Filho unigênito e primogênito, em incontavéis momentos de sua vida humana o dotou dessa força poderosa, provando assim que ele era o enviado por Deus ."



    RESPOSTA,

    A sua argumentação parte de seu ponto de vista, como Testemunha de Jeová, e não do que as Escrituras ensinam, porque, observe, NUNCA, uma pessoa da Divindade opera sem o concurso e a participação de outra.

    Se fosse assim, teríamos um triteísmo.

    No entanto, as Testemunhas de Jeová, doutrinados por aqueles "gênios" do Corpo Governante, acreditam que Jesus era um deus menor, que antes de vir à terra para nascer, abandonou sua natureza divina, (nesse caso já seria outra pessoa, porque o que constitui um indivíduo são as suas características inerentes, as quais ele não pode abandonar), e que foi ungido pelo Deus maior, o que, por si só, seria uma bizarrice , ou, no mínimo, Deus transgredindo os seus próprios mandamentos, ungindo a um deus menor!


    De onde veio o conhecimento extraordinário de Jesus, já manifestado aos 12 anos de idade?

    Foi Jeová quem soprou no ouvido dele, ou já lhe era inerente devido a sua natureza espiritual e divina?

    Se Jeová, deu um sumiço no corpo de Jesus para ressucitá-lo como espírito, (que teria de ser a natureza divina que ele abandonou para nascer neste mundo), ele teve que devolver a natureza divina de Jesus prá quem, se Jesus foi liquidado por Jeová? Onde foi parar a personalidade humana de Jesus, que segundo vocês estava em seu cérebro, já que vocês não creem que Jesus possuía um espírito racional?

    Jeová, preservou a personalidade de Jesus, retirando-a de seu cérebro, antes de liquidá-lo, para assim transferir essa personalidade para o seu espírito (sei lá de onde veio), para Jesus não perder a identidade?

    Ah! Corpo Governante! Vão pentear macaco.

    prossegue...

    ResponderExcluir
  61. A natureza divina de Jesus, como arcanjo Miguel, a qual ele "abandonou" para vir à terra, era pessoal ou impessoal?

    Se a natureza divina de Jesus era pessoal, ficaram duas pessoas separadas?

    Uma nasceu na terra e a outra Jeová escondeu?

    Se a natureza divina de Jesus era impessoal, a natureza humana de Jesus era superior a sua natureza divina que era impessoal?

    Se Jesus antes de vir para a terra abandonou a sua natureza divina, então, Jeová ungiu outra pessoa!!!

    Eu estou falando estas coisas, porque o Corpo Governante, faz uma confusão nessa área, e também porque estão relacionadas às objeções do José Roberto.

    Eles não sabem explicar o que realmente aconteceu em Filipenses 2:5-8, sem se revolver no meio daquelas passagens, porque causa uma dissonância na mente deles, já que o texto diz uma coisa, e eles dizem outra bem diferente.

    Agora, José Roberto, se o λογος era Deus, e, de fato, se encarnou, Jo.1:14, o λογος ao se unir a sua natureza humana, ou, ao SER que estava sendo gerado pelo Espírito Santo no ventre de Maria, não poderia abandonar suas características divinas que são seus atributos inerentes e eternos, porque se o fizesse, já não seria o λογος , mas outra identidade, de outra espécie.


    Como é que Jesus, aos 12 anos, ainda não havia recebido o Espírito Santo, mostrava possuír mais sabedoria e conhecimento nas Escrituras do que aqueles velhos, sazonados e experientes doutores da Lei?

    Eles mesmos perguntavam: "De onde lhe vinha tanta sabedoria?"

    E, Jesus, não havia ainda recebido o Espírito Santo.

    É porque ele era a Palavra, o λογος de Deus, e, ao se fazer carne, não abandonou os seus atributos de Divindade, porque, de outra forma, ele, não teria aquele conhecimento, e nem seria a Palavra, o prometido Verbo de Deus.

    Agora, você quer que os atributos da Divindade, sejam empecilho para a manifestação do Espírito na pessoa de Jesus, no mínimo, algo supérfluo?

    Jesus, não era um profeta como, Isaías, Moisés ou Elias, etc, que eram homens despojados da natureza divina, e que foram cheios do Espírito por necessidade.

    Também, a Divindade do Espírito é a mesma do λογος, porque trata-se do mesmo Deus, o que seria diferente se o Espírito Santo viesse ungir um profeta, que de si mesmo em seu corpo e espírito era apenas um filho de homem, da semente e linhagem de Adão.

    O Espírito Santo, no batismo, não veio para ungir o λογος, mas o templo em que ele habitaria, para inaugurá-lo, à exemplo do templo da velha aliança, para a manifestação da Divindade na qual o Pai, pelo Espírito, se dá a conhecer através do Filho/Palavra, o λογος.

    Se observarmos , desde o batismo do Senhor, em diante, a ação será sempre trinitária.

    Preste atenção! O Espírito conduzindo Jesus ao deserto, e à tentação, Jesus citando as Escrituras, ordenando ao Maligno adorar a Deus.

    Se notarmos, ao Senhor, saíndo ele da água, vinha-lhe do céu, ao seu encontro, o Santo Espírito, o mesmo que habitava em João.

    Será que João possuía o Espírito Santo desde os seis meses da gestação de Isabel, e Jesus, que era maior do que João, vivia 30 anos, trazendo apenas à imagem de homem santo?

    É óbvio, que a natureza divina era a essência da pessoa de Jesus, a natureza do Pai e do Espírito, e também do Unigênito, a origem, o lugar secreto de onde fluía todo aquele conhecimento divino do pequeno menino.

    JESUS, na plenitude do Espírito Santo , para que o mesmo Espírito vivesse eternamente naqueles que por ele seriam regenerados.

    Assim, como a glória de Deus, inaugurava o tabernáculo, igualmente o Espírito da glória veio para inaugurar o seu Templo, o Messias, cumprindo a profecia que Malaquias, pelo mesmo Espírito, havia proferido fazia quatrocentos anos.

    prossegue...

    ResponderExcluir
  62. JESUS, foi cheio do Espírito Santo , para que o Espírito pudesse vir, e por meio dele, habitar permanentemente nos crentes regenerados.

    Assim, como a glória de Deus veio para inaugurar o tabernáculo, da mesma forma o Espírito fulguraria a luz do céu, através do Messias, o seu Templo. Malaquias 3:1

    O λογος, Deus Pai, e o Espírito Santo de Deus, são a fonte de todo os sinais e maravilhas, mas a Encarnação se cumpriu somente no Filho, para que este Filho, através do Espírito habitasse nos seus escolhidos.

    Agora, preste atenção!

    A manifestação do Espírito, em poder, na vida e no ministério de Jesus, serviram para manifestar os atributos divinos que estavam nele, como o λογος, para que dê si mesmo fosse desvelada a figura do seu Pai. Os sinais manifestados pelo Espírito, foram a revelação da personalidade e atributos do Pai e que estavam EM CRISTO, porque Deus, pelo Espírito, estava EM CRISTO, reconciliando consigo o mundo quando se dava a conhecer pela manifestação dos seus atributos compartilhados pelo Filho por identificação de natureza.

    Isso, não era da alçada de um profeta. Profetas, eram servos, nos quais a manifestação do Espírito, precursaria, a vinda do Filho prometido em quem estavam escondidos todos os mistérios da sabedoria de Deus.

    A manifestação do Espírito, nos profetas, foi dada como precursora daquela Palavra que haveria de se manifestar no devido tempo.

    Está vendo a diferença, José Roberto?

    Você não pode igualar os profetas à pessoa de Jesus.

    A diferença é abissal!

    ResponderExcluir
  63. José Roberto, disse,

    SE JESUS É O DEUS TODO - PODEROSO COMO ELE " PERTENCE A DEUS ?" - 1 Corintios 3;23;


    RESPOSTA,

    Jesus é o Filho Unigênito de Deus, porque nasceu de Deus, na eternidade, da intimidade do Pai.

    Ele é o λογος, o Verbo divino , mas agora eu não vou me deter nesse assunto, porque

    Nesse momento, são , 03:10, e será a DÉCIMA PRIMEIRA VEZ que eu estou a lhe questionar com a mesma pergunta, até agora, não respondida. Você poderia dizer o porquê se recusa a nos dar uma resposta com base em sua crença?

    E o seu confrade?

    O Rubens Vasconcelos, está se comportando da mesma forma.

    Porque você se recusa a responder a pergunta?

    Qual é o motivo?

    Não é fácil desmascarar a doutrina demoníaca da Trindade?

    Se é tão fácil desmascarar a doutrina da Trindade como vocês vivem a se vangloriar, porque você está a se esquivar não respondendo a pergunta?

    Não vê que a situação está ficando cada vez mais crítica para vocês?



    A PERGUNTA É 💣


    A tradução do Novo Mundo, produção da Watchtower, traduz assim Marcos 12:28-34,

    "Um dos escribas, que havia se aproximado e ouvido a discussão, vendo que ele tinha lhes respondido bem, perguntou-lhe: “Qual mandamento é o primeiro* de todos?”+

    29 Jesus respondeu: “O primeiro é: ‘Ouve, ó Israel: Jeová,* nosso Deus, é um só Jeová.* 30 Ame a Jeová,* seu Deus, de todo o seu coração, de toda a sua alma,* de toda a sua mente e de toda a sua força.’+

    31 O segundo é: ‘Ame o seu próximo como a si mesmo.’+ Não há outro mandamento maior do que esses.” 32 O escriba lhe disse: “Instrutor, o senhor disse bem, em harmonia com a verdade: ‘Ele é um só, e não há outro além dele’;+

    33 e amá-lo de todo o coração, de todo o entendimento e de toda a força, e amar o próximo como a si mesmo vale muito mais do que todas as ofertas queimadas e sacrifícios.”+ 34 Com isso, Jesus, percebendo que ele tinha respondido de modo inteligente, disse-lhe: “Você não está longe do Reino de Deus.” Mas ninguém teve coragem de lhe fazer mais perguntas.+"

    A pergunta que eu estou a repetir PELA DÉCIMA PRIMEIRA VEZ, e que, até o presente momento, não foi respondida, é essa, José Roberto,

    Jesus Cristo, NÃO É O NOSSO PRÓXIMO.

    Segundo as Testemunhas de Jeová, Jesus NÃO É JEOVÁ,


    EM QUAL QUAL DOS 2 MAIORES MANDAMENTOS DA LEI, JESUS SE ENCONTRA?

    José Roberto, você ama a nosso Senhor Jesus Cristo, de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu entendimento, e de todas as tuas forças?

    OBSERVAÇÃO: Lembre-se, de que NENHUM OUTRO DEUS , (de nenhuma outra espécie), pode ser adicionado ao primeiro mandamento, sob pena de quebrantamento da Lei por causa do pecado de idolatria.

    ESTOU ESPERANDO A RESPOSTA DO JOSÉ ROBERTO E DO RUBENS VASCONCELOS.

    ResponderExcluir
  64. O Deus deste mundo, Satanás O Diabo, tem cegado a mente das pessoas com respeito as verdades claras da Bíblia , e isso se dá com aqueles que acreditam no dogma da Trindade !'

    Por exemplo, a Bíblia define o que é a fé ; " A fé é a expectativa certa de coisas esperadas, a demonstração evidente de realidades, embora não observadas. " - Hebreus 11;1;

    Portanto, Fé indica também confiança , esperar pacientemente algo que se tem pedido; uma oração sem fé é possível que não seja ouvida por Deus.

    Os Cristãos devem ter fé em Deus e também em Jesus . O Próprio Cristo disse em João 14;1; " Exercei fé em Deus, exercei fé também em mim. " Aqui observamos uma clara distinção de personas . Ora, se Cristo fosse o Deus Todo - Poderoso , ele simplesmente diria , " Exercei fé em mim. " , pois ele seria o próprio Deus ! Ou exercei fé na Trindade ! Mas ele não disse isso ! Deus é o maior ser do universo e não necessita nada de ninguem , não há alguém em quem ele deva ou tenha que exercer fé . Entretanto, no caso de Jesus , tem ele mostrado ter Fé em Deus ?Você crê nisso ? Crê na Trindade ? Se for assim , é necessário examinar cuidadosamente essas ideias.

    Jesus teve fé em Deus enquanto esteve na terra ? Ainda hoje pode ele ter fé em Deus? Se Você disser que Jesus não pode ter fé porque ele é o Deus Todo - Poderoso , está negando um aspecto importante de sus espiritualidade; " as orações " , e estas têm de ser feitas co fé ( Tiago 1;5,6) E se você assevera que Jesus era o Deus Todo - Poderoso e tinha fé, chegamos a uma conclusão ofuscada; " Deus tinha fé em si mesmo. Parece-lhe uma ideia baseada nas Escrituras Sagradas ??

    A Doutrina da Trindade . é um obstáculo para reconhecer que Jesus teve fé em Deus. "

    "Como pode Jesus ter fé em Deus ? Ele é Deus; sabe e vê todas as coisas sem depender de ninguem . Pois bem, a fé consiste precisamente em depender de outro ser e admitir o que não se vê; portanto, está excluida a possibilidade de que Jesus-Deus tivesse Fé . " - Jacques Guillet , téologo francês.

    Segundo esse teólogo , essa é a opinião geral do catolicismo . Mas devemos pensar; " Se Jesus é um exemplo para os cristãos em tudo , também deve ser um modelo de fé.

    A questão da Fé de Jesus na realidade é um enigma para os teólogos católicos e protestantes , e ortodoxos , que crêem na trindade como o " mistério central da fé e da vida cristã . "Porém nem todos negam que Jesus tivesse Fé. Jacques Guillet afirma que é impossível não reconhecer que Jesus teve fé", mesmo que admita que é um paradoxo a luz da Doutrina da Trindade .

    Portanto, o fato de Jesus ter fé em outro Deus , elimina o dogma da Trindade !"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. José Roberto disse acima a frase: " uma oração sem fé é possível que não seja ouvida por Deus". Acontece que as testemunhas de Jeová ensina que Deus não ouve a oração de ninguém. Dizem elas que Jeová só vai resolver ajudar seus servos no paraíso, ou na terra restaurada. Já ouvi duas testemunhas de Jeová combinando que iriam ficar noivos aqui este ano, e só se casariam depois dos dois morrerem, quando ressuscitasse na nova terra. Então toda a esperança que as tjs tem, não é aqui neste tempo presente. Por isso eles não tem o habito de orar e nem acredita que Jeová irá ouvir e atender uma oração hoje. Então pq o José Roberto fala em oração, se eles não creem que Deus as ouve hoje ?

      Excluir
  65. Boa noite, pessoal!


    José roberto de araujo araújo 3 de outubro de 2018 16:13, disse,

    O Deus deste mundo, Satanás O Diabo, tem cegado a mente das pessoas com respeito as verdades claras da Bíblia , e isso se dá com aqueles que acreditam no dogma da Trindade !'


    RESPOSTA✒ É mesmo? Então porque Jeová não lhe deu a resposta para a pergunta que eu irei repetir pela DÉCIMA SEGUNDA VEZ?

    Pelo jeito Jeová deixou vocês pelo meio do caminho!

    Por acaso, o "deus deste mundo" é mais capaz e inteligente do que Jeová, a tal ponto que, um servo de Jeová não consegue responder a uma simples questão feita por um "emissário" de Babilônia?

    José Roberto, disse,

    Os Cristãos devem ter fé em Deus e também em Jesus . O Próprio Cristo disse em João 14;1; " Exercei fé em Deus, exercei fé também em mim. " Aqui observamos uma clara distinção de personas . Ora, se Cristo fosse o Deus Todo - Poderoso , ele simplesmente diria , " Exercei fé em mim. " , pois ele seria o próprio Deus ! Ou exercei fé na Trindade ! Mas ele não disse isso ! Deus é o maior ser do universo e não necessita nada de ninguem , não há alguém em quem ele deva ou tenha que exercer fé . Entretanto, no caso de Jesus , tem ele mostrado ter Fé em Deus ?Você crê nisso ? Crê na Trindade ? Se for assim , é necessário examinar cuidadosamente essas ideias.

    RESPOSTA✒ Você não se flagrou que o Senhor Jesus em João 14:1, demandou exercer nele a MESMA fé que eles exerciam em Deus?

    Se Jesus não fosse, "Filho Unigênito de Deus, / nascido do Pai antes de todos os séculos: Deus de Deus, luz da luz, / Deus verdadeiro de Deus verdadeiro, / gerado, não criado, consubstancial ao Pai", ao demandar que a mesma fé dos discípulos fosse depositada nele, da mesma forma que eles depositavam em Deus, Jesus estaria incitando-os à prática da idolatria!

    Pelo que entendi, você alegou que a fé de Jesus em Deus, seria prova de que Jesus não era Deus.

    Usando esse mesmo método linear e rasteiro de interpretar as Escrituras, mais o ensinamento do Corpo Desgovernado, de que Jesus é uma Criatura, direi que o Pai, não pode ser Deus porque glorificou o Filho, "com a mesma glória que tinha com ele antes da fundação do mundo." João 17:5.

    Imagine! O próprio Deus glorificando uma criatura, quando Jeová mesmo diz que "não divide a sua glória com os outros!"

    "Eu sou Yahveh; este é o meu nome; A MINHA GLÓRIA, POIS, A OUTREM NÃO DAREI, nem o meu louvor às imagens de escultura." Isaías 42:8

    E agora, José Roberto, Jesus não é Deus, e também não é Jeová! Como pode ser isto?

    Como é que Jesus está requerendo a glória do Pai para si mesmo?

    Jesus está errado! Uma criatura não tem esse direito.

    Por acaso, Jeová abriu uma cláusula de exceção quanto ao dividir da sua glória?

    Nos mostre o capítulo e o versículo onde a cláusula se encontra.

    Pronto! Jeová glorificou um subalterno, uma criatura.

    Breaking News: Jeová não é mais Deus, após glorificar uma criatura! 😲

    ResponderExcluir
  66. José Roberto, disse,

    "Como pode Jesus ter fé em Deus ? Ele é Deus; sabe e vê todas as coisas sem depender de ninguem . Pois bem, a fé consiste precisamente em depender de outro ser e admitir o que não se vê; portanto, está excluida a possibilidade de que Jesus-Deus tivesse Fé . " - Jacques Guillet , téologo francês.

    Segundo esse teólogo , essa é a opinião geral do catolicismo . Mas devemos pensar; " Se Jesus é um exemplo para os cristãos em tudo , também deve ser um modelo de fé.

    A questão da Fé de Jesus na realidade é um enigma para os teólogos católicos e protestantes , e ortodoxos , que crêem na trindade como o " mistério central da fé e da vida cristã . "Porém nem todos negam que Jesus tivesse Fé. Jacques Guillet afirma que é impossível não reconhecer que Jesus teve fé", mesmo que admita que é um paradoxo a luz da Doutrina da Trindade .

    Portanto, o fato de Jesus ter fé em outro Deus , elimina o dogma da Trindade !"


    RESPOSTA✒ Eu somente estou mostrando o ridículo desse tipo de argumento, sem me ocupar em refutá-los, porque ainda estou esperando a resposta do José Roberto, e de seu confrade, o Rubens.

    Mas, o argumento do José Roberto, começa assim: "Como pode Jesus ter fé em Deus ? Ele é Deus; sabe e vê todas as coisas sem depender de ninguém..."

    RESPOSTA✒ José Roberto, eu lhe pergunto: Jesus, quando vivia no mundo espiritual com Jeová, precisava orar e ter fé em seu Pai Jeová?

    Porque, Jesus, após nascer nesse mundo, precisou orar e ter fé em seu Pai Jeová?

    Porque, Jesus, o ser mais poderoso depois de Jeová, após nascer, aqui, na terra, foi chamado de Filho de Davi?

    Se Davi lhe chama Senhor, como pode Jesus ser filho de Davi, sendo ele a segunda pessoa mais poderosa do Universo?

    Está vendo?!

    Você terá de lidar com as mesmas questões com as quais pensa em refutar os trinitarianos.

    Aí é que entra a história da Encarnação do Verbo.

    A Teologia Cristã da Encarnação é amplamente descrita no Evangelho de João, ao seu descendo o λογος se irmana com a humanidade caída, assumindo todas as suas vicissitudes e necessidades, na figura do segundo Adão, o Filho Perfeito, o protótipo da humanidade celestial do futuro.

    ResponderExcluir
  67. José Roberto,

    Quer uma ajuda para responder a questão?

    Agora, é a DÉCIMA SEGUNDA VEZ, que estou a lhe fazer a mesma PERGUNTA, E QUE, ATÉ O PRESENTE MOMENTO, VOCÊ NÃO RESPONDEU.

    VAMOS A PERGUNTA,

    A PERGUNTA É 💣


    A tradução do Novo Mundo, produção da Watchtower, traduz assim Marcos 12:28-34,

    "Um dos escribas, que havia se aproximado e ouvido a discussão, vendo que ele tinha lhes respondido bem, perguntou-lhe: “Qual mandamento é o primeiro* de todos?”+

    29 Jesus respondeu: “O primeiro é: ‘Ouve, ó Israel: Jeová,* nosso Deus, é um só Jeová.* 30 Ame a Jeová,* seu Deus, de todo o seu coração, de toda a sua alma,* de toda a sua mente e de toda a sua força.’+

    31 O segundo é: ‘Ame o seu próximo como a si mesmo.’+ Não há outro mandamento maior do que esses.” 32 O escriba lhe disse: “Instrutor, o senhor disse bem, em harmonia com a verdade: ‘Ele é um só, e não há outro além dele’;+

    33 e amá-lo de todo o coração, de todo o entendimento e de toda a força, e amar o próximo como a si mesmo vale muito mais do que todas as ofertas queimadas e sacrifícios.”+ 34 Com isso, Jesus, percebendo que ele tinha respondido de modo inteligente, disse-lhe: “Você não está longe do Reino de Deus.” Mas ninguém teve coragem de lhe fazer mais perguntas.+"

    A pergunta que eu estou a repetir PELA DÉCIMA SEGUNDA VEZ, e que, até o presente momento, não foi respondida, é essa, José Roberto,

    Jesus Cristo, NÃO É O NOSSO PRÓXIMO.

    Segundo as Testemunhas de Jeová, Jesus NÃO É JEOVÁ,


    EM QUAL QUAL DOS 2 MAIORES MANDAMENTOS DA LEI, JESUS SE ENCONTRA?

    José Roberto, você ama a nosso Senhor Jesus Cristo, de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu entendimento, e de todas as tuas forças?

    OBSERVAÇÃO: Lembre-se, de que NENHUM OUTRO DEUS , (de nenhuma outra espécie), pode ser adicionado ao primeiro mandamento, sob pena de quebrantamento da Lei por causa do pecado de idolatria.

    ESTOU ESPERANDO A RESPOSTA DO JOSÉ ROBERTO E DO RUBENS VASCONCELOS.

    ResponderExcluir
  68. Satanás O Diabo ama os UTOPIAS" trinitárias ! Com convicção e de forma inspirada a Bíblia diz ; " O deus deste mundo tem cegado a mente dos incrédulos . " - 2 Corintios 4;4 ;

    " O Mundo inteiro jaz no poder do maligno . " - 1 João 5;19;

    A Bíblia mostra que Jesus era um homem de oração. Orou em todo o momento; " Quando foi batizado " - João 3;21;

    Toda noite antes de escolher os seus doze apóstolos . " -Lucas 6;12,13;

    Antes de sua transfiguração milagrosa na montanha , com os apóstolos Pedro, João e Tiago. " - Lucas 9;28,29;

    Estava orando quando um dos seus discípulos lhe pediu; "Ensina-nos a orar", e então lhes ensinou a oração do Pai - Nosso . " -Lucas 11;1-4; Mateus 6;9-13;

    Orava só e durante um longo momento pela manhã ." - Marcos 1;35-39;

    Orava ao entardecer , em uma momtanha , depois de despedir aos seus discípulos. " - Marcos 6;45,46;

    Orava com seus discípulos e por seus discípolos. " Lucas 22;32; João 17;1-26;

    " Orou momento antes de ser preso no Jardim de Getsêmani. " - Mateus 26;36-39;

    Sim, a oração foi uma parte importante da vida de Jesus. Orou antes de executar milagres , por exemplo, antes de ressuscitar seu amigo Lazáro, ele disse; "

    "Pai , eu te agradeço que me ouvistes, eu sabia que sempre me ouves; mas falei por causa da multidão parada aqui, a fim de que crêam que tu me enviastes. " = João 11;41,42;

    Reconsidere; "Se você ainda depois de ler todas estas citações bíblicas , crê que Jesus não tinha fé, por que orou a Deus ?
    Não sabia ele que era o Deus Todo - Poderoso ?
    E, ao ser totalmente Deus, a quem orava se não há um ser maior que ele ?
    Orava a si mesmo ?
    Se também era possuidor de uma " natureza divina" sendo humano,por que não há usou e preferiu dirigir-se ao Pai em ajuda ?
    Não é isto prova de que o Filho e o Pai nunca são iguais em poder , nem na terra nem no céu ? - 1 Corintios 15;27,28;

    A Trindade , Jesus homem e Deus ao mesmo tempo é um dogma que só obscurece a mensagem da Bíblia, e impede que entendamos a simplicidade e a força desta. "

    A Trindade , a utopia dos pagãos !"

    ResponderExcluir
  69. Boa noite pessoal!

    José Vasconcelos, disse,

    Reconsidere; "Se você ainda depois de ler todas estas citações bíblicas , crê que Jesus não tinha fé, por que orou a Deus ?
    Não sabia ele que era o Deus Todo - Poderoso ?
    E, ao ser totalmente Deus, a quem orava se não há um ser maior que ele ?
    Orava a si mesmo ?
    Se também era possuidor de uma " natureza divina" sendo humano,por que não há usou e preferiu dirigir-se ao Pai em ajuda ?
    Não é isto prova de que o Filho e o Pai nunca são iguais em poder , nem na terra nem no céu ? - 1 Corintios 15;27,28;

    A Trindade , Jesus homem e Deus ao mesmo tempo é um dogma que só obscurece a mensagem da Bíblia, e impede que entendamos a simplicidade e a força desta. "

    A Trindade , a utopia dos pagãos!"


    RESPOSTA ✒ Eu acho que você, assim como o José Roberto, não estão lendo as minhas explicações.

    Eu disse anteriormente: Vocês, Testemunhas de Jeová, tem de lidar com as mesmas questões verificadas na teologia trinitariana, quanto à preexistência de Jesus e sua epifania como homem terreno. A não ser que vocês ignorem sua crença na preexistência do Filho, como fazem os grupos Unitarianos para quem Jesus é o Filho primogênito de Deus por causa de que foi concebido no ventre de Maria, portanto, antes, não existia como criatura espiritual no Céu, o que não é a crença das Testemunhas, que consideram Jesus como a primeira criatura formada por Jeová no Céu.

    Certamente, Jesus, sendo criatura espiritual no Céu, o primogênito de Jeová, numa comunhão face a face com seu Pai, não precisava ter fé e nem orar a Jeová.

    Se isto é verdade, a objeção que você está fazendo à doutrina trinitariana, não tem sentido, mesmo Jesus sendo o λογος de Deus, e portanto, Deus, porque hebreus 2:17 nos diz que.... 'Por isso convinha que EM TUDO FOSSE SEMELHANTE AOS IRMÃOS, para ser misericordioso e fiel sumo sacerdote naquilo que é de Deus, para expiar os pecados do povo."

    Se foi preciso que em Jesus fossem impostas as limitações dos homens em sua vida terrena, era porque o oposto lhe sucedia em sua preexistência.

    Ora, se Jesus era uma criatura, não poderia, sob qualquer perspectiva, estar numa cadeia hierárquica abaixo de Jeová, porque Jeová é Deus, e estar hierarquicamente abaixo de Jeová significaria que Jesus poderia ser comparado a Jeová, mesmo em modo de sujeição. Ou seja, para estar hierarquicamente abaixo de Jeová, Jesus teria de possuir as mesmas características e natureza de Jeová!

    Portanto, Jesus, como criatura, arcanjo Miguel, só poderia fazer parte da cadeia hierárquica angélica, partilhando dos mesmos atributos e da mesma natureza dos anjos, o que, de cara, já o desqualificaria para ser considerado o Filho Unigênito de Deus.

    ResponderExcluir
  70. Rubens, que situação ridícula está para você, e para o José Roberto! Os representantes da verdade!

    Fogem à pergunta que nem o capiroto da cruz! He, he, he!


    Eu gostaria de continuar a resposta, MAS ANTES,


    Rubens Vasconcelos, vamos a pergunta que eu lhe farei pela DÉCIMA TERCEIRA VEZ, E QUE VOCÊ NÃO RESPONDEU AINDA.

    Já é a DÉCIMA TERCEIRA VEZ, Rubens, o que está acontecendo?

    Rubens, você, não ama a nosso Senhor Jesus , de toda a alma, coração, forças e entendimento?


    A PERGUNTA É 👇


    A TRADUÇÃO DO NOVO MUNDO DAS ESCRITURAS, da Watchtower, diz assim em Marcos 12:28-34,

    "Um dos escribas, que havia se aproximado e ouvido a discussão, vendo que ele tinha lhes respondido bem, perguntou-lhe: “Qual mandamento é o primeiro* de todos?”+

    29 Jesus respondeu: “O primeiro é: ‘Ouve, ó Israel: Jeová,* nosso Deus, é um só Jeová.* 30 Ame a Jeová,* seu Deus, de todo o seu coração, de toda a sua alma,* de toda a sua mente e de toda a sua força.’+

    31 O segundo é: ‘Ame o seu próximo como a si mesmo.’+ Não há outro mandamento maior do que esses.” 32 O escriba lhe disse: “Instrutor, o senhor disse bem, em harmonia com a verdade: ‘Ele é um só, e não há outro além dele’;+

    33 e amá-lo de todo o coração, de todo o entendimento e de toda a força, e amar o próximo como a si mesmo vale muito mais do que todas as ofertas queimadas e sacrifícios.”+ 34 Com isso, Jesus, percebendo que ele tinha respondido de modo inteligente, disse-lhe: “Você não está longe do Reino de Deus.” Mas ninguém teve coragem de lhe fazer mais perguntas.+"

    A pergunta que eu estou a repetir PELA DÉCIMA TERCEIRA VEZ, e que, até o presente momento, não foi respondida, é ESSA, Rubens Vasconcelos,

    Jesus Cristo, NÃO É O NOSSO PRÓXIMO.

    Segundo as Testemunhas de Jeová, Jesus NÃO É JEOVÁ,


    EM QUAL DOS 2 MAIORES MANDAMENTOS DA LEI, JESUS SE ENCONTRA?


    OBSERVAÇÃO: Lembre-se, de que NENHUM OUTRO DEUS , (de nenhuma outra espécie), pode ser adicionado ao primeiro mandamento, sob pena de quebrantamento da Lei por causa do pecado de idolatria.

    ESTOU ESPERANDO A SUA RESPOSTA.

    ResponderExcluir
  71. O Mais interessante é que podemos observar na carta de Hebreus muitas citações que falam da fé de Jesus , sua profunda confiança em Deus e sua subordinação em relação ao seu Pai Celestial. As seguintes palavras foram escritas quando Jesus " JÁ ESTAVA NO CÉU. "

    Hebreus 2;10.; " Porque era próprio que aquele (Jeová), para quem são todas as coisas e por intermédio de quem são todas as coisas , trazendo muitos filhos a glória, aperfeiçoasse por sofrimentos o Agente Principal(Jesus) da salvação deles. "

    Hebreus 2;17,18; "Comnsequentemente , ele estava obrigado a tornar-se igual aos seus " irmãos" em todos os sentidos , para se tornar sumo sacerdote misericordioso ( Jesus ) e fiel nas coisas referentes a Deus, a fim de oferecer sacrifício propiciatório pelos pecados do povo. Por ele mesmo ter sofrido , ao ser posto a prova , pode vir em auxílio daqueles que estão sendo posto a provas. "

    Hebreus 3;2; "Ele (Jesus ) foi aquele (Deus) que o fez tal, assim como também Moisés o foi em toda a casa dele. "

    Hebreus 4;15; "Pois temos por sumo sacerdote,não alguém que não se possa compadecer das nossas fraquezas, mas alguém que foi provado em todos os sentidos como nós mesmos , porém , sem pecado. "

    Hebreus 5;7-9; "Cristo, nos dias da sua carne, ofereceu súplicas e também " PETIÇÔES" Aquele que era capaz de salvá-lo da morte , com forte clamores e lágrimas, e ele " FOI OUVIDO" favoravelmente pelo seu temor piedoso. Embora fosse filho , aprendeu a obediência pelas coisas que sofreu, e depois de ter sido aperfeiçoado , tornou-se responsavél pela salvação eterna de todos os que lhe obedecem. "

    Perguntas para reflexão ;
    (1) Pode o Deus Todo - Poderoso fazer-se igual aos humanos que ele mesmo criou ?
    (2)Pode o Deus Todo - Poderoso oferecer súplicas a alguém, se ele é o Todo - Poderoso ?
    (3)Jesus não era tal,por isso podia fazê-lo.Quem podia salvá-lo da morte ?
    (4) Por acaso não tem tanto poder como o Pai "?
    (5)Não dizem os trinitários que Jesus e Jeová são " igualmente onipotentes ' ?
    (6) Obediência a quem ?"
    (7) Não é o Todo - Poderoso ?
    (8) Pode Deus ser aperfeiçoado . se ele é infinitamente perfeito ?

    Claro que essas perguntas ( que não podem ser respondidas racionalmente ) são desnecessárias se reconhecermos que Jesus não é o Deus Todo - Poderoso.A Trindade só causa conflitos a si mesma como dogma eclésiastico e a própria Palavra de Deus. È uma doutrina confusa e entorpece as mentes de quem pode perceber a força e a simplicidade com que se explica a palavra de Deus .

    A maioria dos fiéis das igrejas creêm que só os teólogos podem compreênde-la , e isso é que os teólogos querem que creiam os fiéis. Alguns Trinitários até tem afirmado que não é necéssario que tratemos de entender ou ensinar a trindade, sendo suficiente acéita-la.. Mas , como se pode aceitar algo que não se compreende??

    Certamente,a Trindade não é um ensino Bíblico, mas sim um perfeito invento eclesiástico produzido da filosofia grega e da interpretação errônea das Escrituras , que hoje dificelmente se pode arrancar do credo das Igrejas Cristãs Nominais , porque para estas o mais importante é a Tradição do que a Palavra de Deus . "

    Aqui acaba " A UTOPIA" trinitária ."

    ResponderExcluir
  72. Rubens,

    Você perguntou: "Pode o Deus Todo - Poderoso fazer-se igual aos humanos que ele mesmo criou ?"

    reѕpoѕтa, Leia Genesis 18 e encontre a resposta para a sua pergunta.

    Você não respondeu até agora a minha pergunta, portanto, não vou mais responder essas suas perguntinhas chinfrim, enquanto você não responder o que perguntei a você e ao José Roberto.

    Eu estou esperando a sua resposta para a pergunta que estou a lhe fazer pela déciмα qυαятα vєz

    Não se faça de desintendido e responda.

    Você não pertence a religião verdadeira, e a doutrina da Trindade não é, coмo vocêѕ dιzeм, fácil de desmascarar?

    Então, desmascara, e responda. Não perca essa oportunidade!

    Imagine você respondendo essa pergunta e refutando mais uma falácia trinitária?!

    E aí?


    ɑ pɛʀguɳtɑ 👇


    a тradυção do novo мυndo daѕ eѕcrιтυraѕ da Watchtower, ɗiz ɑรรiɱ ɛɱ ɱɑʀcѳร 12:28-34,

    "Um dos escribas, que havia se aproximado e ouvido a discussão, vendo que ele tinha lhes respondido bem, perguntou-lhe: “Qual mandamento é o primeiro* de todos?”+

    29 Jesus respondeu: “O primeiro é: ‘Ouve, ó Israel: Jeová,* nosso Deus, é um só Jeová.* 30 Ame a Jeová,* seu Deus, de todo o seu coração, de toda a sua alma,* de toda a sua mente e de toda a sua força.’+

    31 O segundo é: ‘Ame o seu próximo como a si mesmo.’+ Não há outro mandamento maior do que esses.” 32 O escriba lhe disse: “Instrutor, o senhor disse bem, em harmonia com a verdade: ‘Ele é um só, e não há outro além dele’;+

    33 e amá-lo de todo o coração, de todo o entendimento e de toda a força, e amar o próximo como a si mesmo vale muito mais do que todas as ofertas queimadas e sacrifícios.”+ 34 Com isso, Jesus, percebendo que ele tinha respondido de modo inteligente, disse-lhe: “Você não está longe do Reino de Deus.” Mas ninguém teve coragem de lhe fazer mais perguntas.+"

    A pergunta que eu estou a repetir pela déciмα qυαятα vєz e que, até o presente momento, não foi respondida Rubens Vasconcelos,

    Jesus Cristo, NÃO É O NOSSO PRÓXIMO.

    De acordo com as Testemunhas de Jeová, Jesus NÃO É JEOVÁ,


    Sendo assim, EM QUAL DOS 2 MAIORES MANDAMENTOS DA LEI, JESUS SE ENCONTRA?


    OBSERVAÇÃO: Lembre-se, de que NENHUM OUTRO DEUS , (de nenhuma outra espécie), pode ser adicionado ao primeiro mandamento, sob pena de quebrantamento da Lei por causa do pecado de idolatria.


    eѕтoυ eѕperando a ѕυa reѕpoѕтa

    ResponderExcluir
  73. O que dizem os Trinitários sobre o espírito santo ?
    Os Trinitários afirmam; "Identifica-se como uma pessoa alguém que manifeste qualidades, como o falar, o sentir e o fazer alguma coisa racional ( intelecto, vontade e sentimento ). O Espírito Santo é uma Pessoa , com a sua própria individualidade. Ele é a terceira pessoa da Divindade. Ele é Deus !

    O Espirito Santo pensa ; " E aquele que examina os corações , sabe qual é a intenção do espírito ; e ele que Segundo Deus intercede pelos santos . " - Romanos 8;27;

    O Espírito Santo, tem vontade própria ;" Mas um só e o mesmo Espirito opera todas essas coisas , repartindo particularmente a cada um como quer." - 1 Corintios 12;11;

    O Espirito Santo sente tristeza ; " E não entriticeis o Espirito Santo de Deus, no qual estais selados para o Dia da redenção. " - Efésios 4;30;

    O Espírito Santo intercede; "E da mesma maneira também o Espírito ajuda as nossas fraquezas ; porque não sabemos o que havemos de pedir como convém ; mas o Espírito intercede por nós com gemidos inexpremíveis. " - Romanos 8;26;

    O Espírito Santo ensina ; " Mas aquele consolador , o Espírito Santo, que o Pai enviará em meu nome , vos ensinará todas as coisas e vos fará lembrar de tudo quanto vos tenha dito. " -João 14;26;

    O Espirito Santo fala; "Quem tem ouvidos ouça o que o espírito diz as congregações ; " Ao vencer , dar-lhe-ei a comer da árvore da vida que está no meio do Paraíso de Deus . " - Apocalipse 2;7;

    O Espirito Santo direciona; "E, passando pela Frigía e pela provincia da Galácia , foram impedidos pelo espirito santo de anunciar a palavra na Ásia.E, quando chegarama Mísia , intentavam ir para a Bitinia , mas o espírito de Jesus não lho permitiu. " - Atos 16;6,7;

    O Espírito Santo convence; "Todavia, digo-vos a verdade; que vos convém que eu vá porque; se eu não for , o Consolador não virá a vós ; mas, se eu for, enviar-vo-lo-ei.E, quando ele vier;convencerá o mundo do pecado, e da justiça e do juizo; do pecado, porque não creêm em mim ; da justiça , porque vou para o meu Pai, e não me vereis mais ; e do juízo , porque já o princípe deste mundo está julgado. " - João 16;7-11;

    O Espirito Santo e as suas três principais tarefas para o munndo; " E quando ele vier , convencerá o mundo do pecado e da justiça e do juízo ; do pecado. " - João 16;8;

    O Espírito Santo e suas três principais tarefas para a Igreja ; "Mas , quando vier aquele , O Espirito da Verdade, ele vos guiará em toda a verdade; porque não falará de si mesmo ;mas dirá tudo o que tiver ouvido , e vos anunciará o que há de vir. " -Ele me glorificará , porque há de receber do que é meu; e vo-lo há de anunciar. " - João 16;13,14;

    O Espirito Santo na vida das pessoas em parte . Ele vem habitar na pessoa com toda a sua plenitude , todos os seus atributos divinos; "Porque aquele que Deus enviou fala as palavras de Deus, pois não lhes dá Deus o espírito por medida " ; - João 3;34; O Espirito Santo é a Unidade de toda a divindade; "Há um só corpo e um só espirito , como fostes chamados em uma só esperança da vossa vocação;Um só Senhor, Uma só fé, Um só Batismo; Um só Deus e Pai de Todos , o qual é sobre todos , e por todos e em todos ." -Efésios 4;4-6; "E, há diversidades de dons , mas o Espirito é o mesmo . E há diversidades de ministérios , mas o Senhor é o memso.E há diversidades de operações , mas é o mesmo Deus que opera tudo em todos . " - 1 Corintios 12;4-6;

    " Porque três são os que testificam no céu; O Pai, A Palavra , e O Espirito Santo, e estes três são um . " - 1 João 5;7;


    Portanto , estes são os textos usados pelos trinitários para provar a " pessoalidade do Espirito Santo . "
    Provam estes textos a Pessoalidade do Espírito Santo ? Vejamos ;

    ResponderExcluir
  74. Continuação;

    Uma pessoa é identificada por manifestar qualidades pessoais . Contudo, é também possível " PERSONIFICAR" coisas impessoais , atribuindo a elas caracteristicas pessoais. Por isso , " A PERSONIFICAÇÃO" , não " PROVA PERSONALIDADE. "

    Por exemplo; Árvores foram personificadas como raciocinando e conversando entre si, em Juízes 9;8-9 , onde lemos ;

    "Certa vez as árvores foram ungir para si um Rei. DISSERAM a Oliveira ; " Reine sobre nós . " Porém a " Oliveira lhe RESPONDEU; " Deixaria eu o meu óleo , apreciado por Deus e pelos homens , para dominar sobre as árvores ? " - Nova Almeida Atualizada.

    As palavras em maiúsculas mostram que tais árvores " FALARAM", " CONVERSARAM", e contra - argumentaram entre si - características de seres inteligentes , racionais e com personalidade. Porém , ninguem discordaria que se trata de uma personificação.

    O Vento é mencionado como tendo vontade própria em João 3;8; Onde Lemos neste texto;

    "O Vento sopra onde " QUER. " - Almeida Revista Atualizada.

    Quanto ao Espírito Ficar Entrestecido , o mesmo recurso linguístico é aplicado a coisas impessoais , como mostra Isaías 24;7;

    "O Mosto (Vinho) " ESTÁ TRISTE. " - Bíblia Ave Maria.

    " O Campo está assolado e a Terra " TRISTE" . - Joel 1;10; ACF

    Gálatas 3;8 .; declara que a Escritura (algo impessoal)" VIU DE ANTEMÃO" que Deus declararia justas as pessoas das Nações devido a Fé,e que a Escritura (algo impessoal) DECLAROU DE ANTEMÃO as boas novas a Abrãao. - Ninguem discute que se trata de uma personificação !'

    Como podemos observar, as mesmas características atribuidas ao espírito santo são também atribuídas a coisas impessoais ; Vejamos os exemplos a seguir ;

    " AS ESCRITURAS ENSINAM. " - 2 Timóteo 3;16;

    A NATUREZA ENSINA>" - 1 Corintios 11;14;

    " A SUA UNÇÃO VOS ENSINA. " - 1 João 2;27; , ACF

    ' A LEI DIZ; " -Romanos 3;19; NTLH, NAA, ARA, ARC, TB.

    " O MAR FALOU. " - Isaías 23;4 ; , ARIB

    Quanto ao Espírito Santo" NÃO TER PERMITIDO" que certos cristãos fossem para a Bitínia , Atos 28;4; afirma que os Nativos de Malta disseram; "A JUSTIÇA NÃO LHE PERMITE" VIVER". (NVI) A Justiça é uma qualidade , não uma pessoa.

    " A Paciência CONVENCE". - Provérbios 25;15;, NTLH

    " A Coluna de Nuvem que os " GUIAVA". - Neemias 9;19; Ave Maria

    " A Palavra de Deus JULGA" ( Hebreus 4;12 ;NVI). " DISCERNE OS PENSAMENTOS " - Ave Maria.

    Portanto, Personificação " NÃO PROVA PERSONALIDADE. "

    ResponderExcluir
  75. Do mesmo modo, são atribuídas características pessoais ao espírito santo nas Escrituras ; porém, trata-se apenas de uma personificação , pois outras passagens das escrituras trazem à tona a natureza impessoal do espirito santo. Observe as características impessoais que tais textos atribuem ao espírito santo; "

    " O ESpírito Santo " ENCHE" pessoas ;

    " E o " ENCHI" do Espírito de Deus , " - Êxodo 31;3;, NAA, ARA, ARC, TB.

    " Todos " FICARAM CHEIOS" do Espírito Santo. " - Atos 2;4;, NTLH, NAA, ARA, ARC, TB.

    O Eepirito Santo pode vir sobre pessoas ;;

    " O Espírito do SENHOR VEIO SOBRE ele. " - Juízes 3;10;NAA, ARA, ARC.

    O Espírito Santo pode APOSSAR-SE de pessoas ;

    " O ESpírito do Senhor de tal maneira " SE APOSSOU DELE"( de Sansão). - Juízes 14;6;, NAA, ARA, ARC.

    Será que devemos entender disso que Sansão foi possuido por uma pessoa espiritual ?Os casos de possessão relatados na Bíblia estão relacionados com seres espirituais maus. " ( Mateus 8;16; Mateus 9;32; Mateus 12;22; Lucas 8;29; Atos 19;16; )Não encontramos nenhum relato que mencione uma pessoa espiritual da parte de Deus possuindo o corpo de um ser humano.

    É Óbvio que uma força espiritual envolveu Sansão, dando-lhe condições de fazer algo que seria humanamente impossível. "

    O Espírito Santo pode ser derramado ;

    "E acontecerá nos últimos dias , diz o Senhor; "DERRAMAREI DO MEU ESPÌRITO SANTO" sobre toda a carne. " - Atos 2;17;, ARA

    O Espírito Santo pode ser parcelado;

    "TIRAREI DO ESPÌRITO QUE ESTÁ SOBRE VOCÊ E O POREI SOBRE ELES. "Então o Senhor desceu da nuvem e falou com Moisés. E , tirando do Espírto que estava sobre Moisés , o pôs sobre aqueles Setenta Anciãos. Quando o Espírito reposou sobre eles , profetizaram. " - Números 11;17,25; , NAA.

    O Esípirito Santo pode ser Soprado;

    " E, havendo dito isso, " SOPROU" sobre eles e disse-lhes ; " Recebam o espírito santo. " - João 20;22;, NAA.

    O ESpírito Santo não é Deus, mas é o Espírito de Deus ( Mateus 3;16;), sendo parte de Deus, comparado ao Seu " Dedo" , conforme os textos paralelos abaixo; "

    " Mas ,se é por meio do " ESPÍRITO DE DEUS" que eu expulso os demônios , O Reino de Deus realmente alcançou vocês . " - Mateus 12;28;

    " Mas , se é por meio do " DEDO DE DEUS" que eu expulso os demônios , O Reino de Deus realmente alcançou vocês . " - Lucas 11;20;

    O Dedo não é uma Pessoa, mas é parte de uma pessoa.Do mesmo modo , o espírito santo não é Deus e nem uma pessoa espiritual ; " ELE É A ENERGIA QUE EMANA DE DEUS, É A FORÇA ATIVA DE DEUS. "

    Portanto, personificação não prova personalidade !
    Mais ainda tema mais , vejamos ;

    ResponderExcluir
  76. Boa noite a todos!


    O José Roberto, disse,

    "Uma pessoa é identificada por manifestar qualidades pessoais . Contudo, é também possível " PERSONIFICAR" coisas impessoais , atribuindo a elas caracteristicas pessoais. Por isso , " A PERSONIFICAÇÃO" , não " PROVA PERSONALIDADE."

    RESPOSTA, Então, ele continua, citando passagens onde a Escritura, no modo de parábola, apresenta árvores falantes, o vento composto de vontade própria, o vinho que se entristece, a terra que lamenta, a Escritura que previu, as Escritura que ensina , a natureza que ensina, a Unção que vos ensina, a lei que fala, o mar que fala, a Justiça que perseguidora de Paulo (Atos 28:4), a paciência que convence, a coluna de nuvem guiando o povo de Israel, a Palavra que julga, etc.

    Daí ele conclui que "personificação não prova personalidade.

    Esse argumento, José Roberto, é muuuuuito falacioso.

    Essas elementos que você citou NÃO SÃO DEUS, portanto você está errado em suas comparações.

    Você não pode comparar os atributos racionais do Espírito Santo, que, de acordo com as Escrituras, pensa, se autodetermina, se entristece, intercede, ensina, guia, convence do Pecado, da Justiça e do Juízo, etc, com a criação, ou seja, vento, árvores, vinho, terra, etc...

    O Espírito Santo é o Espírito Deus, portanto é Deus.

    Disse então Pedro: Ananias, por que encheu Satanás o teu coração, para que mentisses ao Espírito Santo, e retivesses parte do preço da herdade?
    Guardando-a não ficava para ti? E, vendida, não estava em teu poder? Por que formaste este desígnio em teu coração? Não mentiste aos homens, mas a Deus. Atos 5:3,4

    O Espírito Santo não pode ser uma força impessoal em modo de figura personificada.

    Mas Deus no-las revelou pelo seu Espírito; porque o Espírito penetra todas as coisas, ainda as profundezas de Deus.
    Porque, qual dos homens SABE as coisas do homem, senão o espírito do homem, que nele está? Assim também ninguém SABE as coisas de Deus, senão o Espírito de Deus. 1 Coríntios 2:10,11

    O Espírito Santo perscruta as profundezas do Deus de onde ele procede. Esta ação não pode ser efetuada por uma "força ativa impessoal", e além disso, o Apóstolo, compara a ação do Espírito dentro de Deus, com a ação do espírito do dentro do homem, o qual, não pode "figuradamente" saber as coisas do homem em que ele habita.

    Inclusive, a palavra "saber" no texto grego é, "eido", que significa,

    saber

    saber de qualquer coisa

    ou seja, obter conhecimento, compreender, perceber qualquer fato, etc.

    Se o Espírito Santo, conhece e perscruta as profundezas de Deus, Ele é uma pessoa divina em toda a sua plenitude, e não uma mera emanação impessoal de Jeová.

    Na natureza e Ser de Deus, nada existe de figurado. Pensar desta forma é ignorância e tolice.

    Toda a ação do Espírito Santo é real. Ele não pode interceder, ensinar, guiar, entristecer-se, etc, figuradamente, porque a atividade do Espírito começa em Deus, o Pai, e Deus não age figuradamente na expressão das suas qualidades (atributos) de criador, salvador, curador, etc.

    Você citou a passagem de Atos 28:4, onde Paulo se encontra na ilha de Malta, e após ter sido picado por uma víbora, os nativos dizem,

    "E os bárbaros, vendo-lhe a víbora pendurada na mão, diziam uns aos outros: Certamente este homem é homicida, visto como, escapando do mar, A JUSTIÇA NÃO O DEIXA VIVER." Atos 28:4

    Daí, você, ou o website site que você copiou, e que copiou de um website jeovísta americano, conclui que a "justiça" referida no texto está sendo personificada por Lucas, como se fosse uma pessoa tentando vingar-se ou aplicar-lhe a sentença.

    A realidade é que, nessa passagem, a Justiça mencionada era a deusa da Justiça, que os nativos criam estar no encalço de Paulo.

    ResponderExcluir
  77. Depois você disse, baseado em João 20, que diz, "Disse-lhes, pois, Jesus outra vez: Paz seja convosco; assim como o Pai me enviou, também eu vos envio a vós.

    E, havendo dito isto, ASSOPROU SOBRE ELES E DISSE-LHES : RECEBEI O ESPÍRITO SANTO . João 20:21,22

    O Senhor Jesus não estava literalmente soprando o Espírito Santo sobre eles, mas a promessa do Espírito, porque ele mesmo disse após esse acontecimento,

    "E, estando com eles, determinou-lhes que não se ausentassem de Jerusalém, mas que ESPERASSEM A PROMESSA DO PAI , QUE , DISSE ELE, DE MIM OUVISTES ." Atos 1:4

    Depois você se contradiz, dizendo,

    O ESpírito Santo não é Deus, mas é o Espírito de Deus ( Mateus 3;16;), sendo parte de Deus, comparado ao Seu " Dedo" , conforme os textos paralelos abaixo; "

    Essa aí é boa, há, há, há ! O dedo de uma pessoa não é a pessoa, de acordo com o José Roberto! 👏

    Daí o José Roberto continua e atira essa,

    O Dedo não é uma Pessoa, mas é parte de uma pessoa.Do mesmo modo , o espírito santo não é Deus e nem uma pessoa espiritual ; " ELE É A ENERGIA QUE EMANA DE DEUS, É A FORÇA ATIVA DE DEUS. "

    RESPOSTA, Fantástico, o dedo de Deus é a sua força ativa dEle!

    Que conclusão brilhante!

    Espera aí, mais palmas! 👏👏👏

    José Roberto, Jesus estava se referindo ao dedo de Deus, ou a autoridade de Deus, remetendo os mestres da Lei que o estavam acusando, ao Sinai, onde a Lei, o instrumento contratual entre Jeová e seu povo foi escrito com o dEle.

    Agora, aqueles argumentos velhos e surrados, tais como,

    o Espírito sendo derramado, repartido, enchendo pessoas, não me deterei agora, porque estou esperando a resposta a minha pergunta que até agora não foi respondida por você, José Roberto.

    ResponderExcluir
  78. Agora é a DÉCIMA QUINTA VEZ, e estarei esperando a sua resposta.

    Tá difícil?

    Quer uma ajuda?

    Eu respondo essa pergunta.


    ɑ pɛʀguɳtɑ 👇


    a тradυção do novo мυndo daѕ eѕcrιтυraѕ da Watchtower, ɗiz ɑรรiɱ ɛɱ ɱɑʀcѳร 12:28-34,

    "Um dos escribas, que havia se aproximado e ouvido a discussão, vendo que ele tinha lhes respondido bem, perguntou-lhe: “Qual mandamento é o primeiro* de todos?”+

    29 Jesus respondeu: “O primeiro é: ‘Ouve, ó Israel: Jeová,* nosso Deus, é um só Jeová.* 30 Ame a Jeová,* seu Deus, de todo o seu coração, de toda a sua alma,* de toda a sua mente e de toda a sua força.’+

    31 O segundo é: ‘Ame o seu próximo como a si mesmo.’+ Não há outro mandamento maior do que esses.” 32 O escriba lhe disse: “Instrutor, o senhor disse bem, em harmonia com a verdade: ‘Ele é um só, e não há outro além dele’;+

    33 e amá-lo de todo o coração, de todo o entendimento e de toda a força, e amar o próximo como a si mesmo vale muito mais do que todas as ofertas queimadas e sacrifícios.”+ 34 Com isso, Jesus, percebendo que ele tinha respondido de modo inteligente, disse-lhe: “Você não está longe do Reino de Deus.” Mas ninguém teve coragem de lhe fazer mais perguntas.+"

    A pergunta que eu estou a repetir pela déciмα qυαятα vєz e que, até o presente momento, não foi respondida Rubens Vasconcelos,

    Jesus Cristo, NÃO É O NOSSO PRÓXIMO.

    De acordo com as Testemunhas de Jeová, Jesus NÃO É JEOVÁ,


    Sendo assim, EM QUAL DOS 2 MAIORES MANDAMENTOS DA LEI, JESUS SE ENCONTRA?


    OBSERVAÇÃO: Lembre-se, de que NENHUM OUTRO DEUS , (de nenhuma outra espécie), pode ser adicionado ao primeiro mandamento, sob pena de quebrantamento da Lei por causa do pecado de idolatria.


    eѕтoυ eѕperando a ѕυa reѕpoѕтa

    ResponderExcluir
  79. Com certeza a " Personificação não Prova Personalidade ".

    1 Corintios 13;4-7 personifica a qualidade do amor, atribuindo a essa qualidade características próprias de pessoas, quando afirma;

    "O amor ' É PACIENTE E BONDOSO. O amor " NÃO ARDE EM CIÚMES, NÃO SE ENVAIDECE, NÃO É ORGULHOSO, NÃO SE CONDUZ DE FORMA INCOVENIENTE, NÃO BUSCA OS SEUS INTERESSES, NÃO SE IRRITA, NÃO SE RESSENTE do mal. O amor não se alegra com a injustiça , mas se alegra com a verdade. O amor tudo sofre , tudo crê, tudo espera , tudo suporta. " - NAA

    O amor em si não pode demonstrar tais caracteristicas , e sim a pessoa que tem amor.De modo similar, as caracteristicas pessoais atribuídas as espírito santo, são na realidade demonstradas por Deus, o possuídor de tal espírito, e pelos os que recebem o espírito santo. "

    Efésios 4;4-6 e 1 Corintios 12;4-6; - é um problema sem solução para a Trindade. "

    " Há somente um corpo e " UM SÓ ESPÍRITO". como também é uma só esperança para qual vocês foram chamados > HÁ UM SÓ SENHOR, uma só fé, um só batismo, " UM SÓ DEUS E PAI DE TODOS", o qual é sobre todos , age por meio de todos e está em todos. " - Efésios 4;4-6;, NAA

    O Espírito Santo é referido como tendo um só espíríto" ( Efésios 4;23)Se ele fosse uma pessoa distinta do " um só Deus e Pai de todos ", isto significaria que o " Deus e Pai" não é espírito , pois há " UM SÓ ESPÌRITO" - " O Espírito Santo. " Contudo, João 4;23,24 ; (ARC), afirma que Deus, O PAI é "Espírito !' Neste caso , na ótica da Trindade, haveria dois espíritos, Contradizendo a Visão Trinitária de Efésios 4;4 !'

    Como equacionar este problema ? Não seria possível dentro da doutrina trinitária . Mas , sim , pelo conceito Bíblico , que é Unitário .Visto que o espírito santo é a energia que emana de Deus, tal espírito faz parte de Deus , O Pai.Assim, afirmar, que Deus , O Pai é espírito e que há somente um espírito (santo) não tem contradição.Há um só espírito (energia divina) que faz parte de Deus, o Pai , que é espiríto ( ser espiritual ).

    Ademais, para que o espírito santo fosse uma pessoa , ele teria que ter " UM NOME. " Ora, no céu há milhões de espíritos e todos eles são santos , portanto, para diferenciar a pessoa do espírito santo dos outros espíritos santos (anjos ) ele teria que ter um nome !

    QUAL O NOME DA PESSOA DO ESPÍRITO SANTO ? ( Por favor , o texto Bíblico ).

    A Doutrina da Trindade só serve aos interesses do Deus deste mundo , a saber , satanás , o diabo . - 2 Corintios 4;4;

    ResponderExcluir
  80. Bom dia a todos!

    Rubens,


    Eu estou esperando a sua resposta àquela pergunta que lhe farei pela DÉCIMA SEXTA vez, e que você se recusa a responder.

    Aliás, você não respondeu a NENHUMA das perguntas que lhe fiz.


    Você disse,

    Com certeza a " Personificação não Prova Personalidade ".

    1 Corintios 13;4-7 personifica a qualidade do amor, atribuindo a essa qualidade características próprias de pessoas, quando afirma;

    "O amor ' É PACIENTE E BONDOSO. O amor " NÃO ARDE EM CIÚMES, NÃO SE ENVAIDECE, NÃO É ORGULHOSO, NÃO SE CONDUZ DE FORMA INCOVENIENTE, NÃO BUSCA OS SEUS INTERESSES, NÃO SE IRRITA, NÃO SE RESSENTE do mal. O amor não se alegra com a injustiça , mas se alegra com a verdade. O amor tudo sofre , tudo crê, tudo espera , tudo suporta. " - NAA

    O amor em si não pode demonstrar tais caracteristicas , e sim a pessoa que tem amor.De modo similar, as caracteristicas pessoais atribuídas as espírito santo, são na realidade demonstradas por Deus, o possuídor de tal espírito, e pelos os que recebem o espírito santo. "


    RESPOSTA🔊 Você disse aí acima: "O amor em si não pode demonstrar tais caracteristicas , e sim a pessoa que tem amor."

    Eu lhe pergunto: O que é "amor em si?"

    Você está referindo-se ao amor como se o amor fosse "algo" que se manifestasse ou existisse em separado do ser humano, quando o amor provém da essência do ser humano, e, desta maneira, não pode ser personificado, porque o amor é a afeição profunda que emerge da própria essência da pessoa, sendo, por isso, pessoal, e não pode ser, em hipótese alguma, personificado, porque não é um objeto impessoal.

    Em suma, o amor e a pessoa que o demonstra são uma e a mesma coisa.

    Essa é uma das belezas do ser humano, criado à imagem de Deus.

    ResponderExcluir
  81. Rubens, disse,

    Efésios 4;4-6 e 1 Corintios 12;4-6; - é um problema sem solução para a Trindade. "

    " Há somente um corpo e " UM SÓ ESPÍRITO". como também é uma só esperança para qual vocês foram chamados > HÁ UM SÓ SENHOR, uma só fé, um só batismo, " UM SÓ DEUS E PAI DE TODOS", o qual é sobre todos , age por meio de todos e está em todos. " - Efésios 4;4-6;, NAA

    O Espírito Santo é referido como tendo um só espíríto" ( Efésios 4;23)Se ele fosse uma pessoa distinta do " um só Deus e Pai de todos ", isto significaria que o " Deus e Pai" não é espírito , pois há " UM SÓ ESPÌRITO" - " O Espírito Santo. " Contudo, João 4;23,24 ; (ARC), afirma que Deus, O PAI é "Espírito !' Neste caso , na ótica da Trindade, haveria dois espíritos, Contradizendo a Visão Trinitária de Efésios 4;4 !'

    Como equacionar este problema ? Não seria possível dentro da doutrina trinitária . Mas , sim , pelo conceito Bíblico , que é Unitário .Visto que o espírito santo é a energia que emana de Deus, tal espírito faz parte de Deus , O Pai.Assim, afirmar, que Deus , O Pai é espírito e que há somente um espírito (santo) não tem contradição.Há um só espírito (energia divina) que faz parte de Deus, o Pai , que é espiríto ( ser espiritual ).

    Ademais, para que o espírito santo fosse uma pessoa , ele teria que ter " UM NOME. " Ora, no céu há milhões de espíritos e todos eles são santos , portanto, para diferenciar a pessoa do espírito santo dos outros espíritos santos (anjos ) ele teria que ter um nome !


    RESPOSTA 🔊 O Apóstolo não está fazendo "contagem" de espíritos, porque se o fizesse não haveria UM SÓ ESPÍRITO como diz a passagem, mas haveria - excluíndo-se os anjos - mais 144.000 espíritos jeovístas, porque na mesma passagem, Paulo diz, que existe UM SÓ CORPO, no qual habita o ÚNICO ESPÍRITO, e que na heresia da Watchtower é integrado pelos 144.000 "ungidos."

    Portanto, você está EXCLUÍDO dessa passagem, porque é do grupo das "outras ovelhas da Grande Multidão."

    O Apóstolo está afirmando que os filhos de Deus são movidos unicamente pelo Espírito Santo, e não por qualquer outro tipo de espírito. Paulo não está combatendo a Trindade e nem promovendo o Unitarianismo.

    Aí está, o mal uso que vocês fazem dessas passagens. Paulo está abordando a unidade do Corpo de Cristo, gerado pelo Espírito de Deus, e não pelo espírito do mundo ou qualquer outro espírito.

    Você citou, João 4:23-24, em que o Senhor diz que "Deus é Espírito."

    Daí você disse,

    'O Espírito Santo é referido como tendo um só espíríto" ( Efésios 4;23)Se ele fosse uma pessoa distinta do " um só Deus e Pai de todos ", isto significaria que o " Deus e Pai" não é espírito , pois há " UM SÓ ESPÌRITO" - " O Espírito Santo. " Contudo, João 4;23,24 ; (ARC), afirma que Deus, O PAI é "Espírito !' Neste caso , na ótica da Trindade, haveria dois espíritos, Contradizendo a Visão Trinitária de Efésios 4;4 !'


    RESPOSTA🔊 A Bíblia não diz, como você afirmou, que o " Espírito Santo é referido como tendo um só espíríto ", mas, pelo contrário, que Ele é o único Espírito - não existe outro - habitando nos crentes.

    Deus É Espírito e não UM Espírito. Jesus não estava em João 4:23-24 se referindo à anatomia de Deus, mas a natureza espiritual dEle dentro de um contexto de adoração, tema que Jesus estava tratando, sobre os tipos e sombras da Lei que estava findando, à nova realidade espiritual ao qual a Lei apontava.

    Não existe contradição na afirmação de que Deus Pai é Espírito e de que o Espírito Santo é Espírito e pessoa distinta, porque o termo Espírito é usado para conceituar a natureza e essência trancendente de Deus, e não uma análise da aparência de Deus em sua essência, o que é impossível.

    Toda a ação salvadora DO PECADO pode realizar-se SOMENTE no SER de Deus e não por um agente externo, por isso o Pai, e o Filho, e o Espírito Santo é Deus.

    ResponderExcluir
  82. Rubens, disse,

    Como equacionar este problema ? Não seria possível dentro da doutrina trinitária . Mas , sim , pelo conceito Bíblico , que é Unitário .Visto que o espírito santo é a energia que emana de Deus, tal espírito faz parte de Deus , O Pai.Assim, afirmar, que Deus , O Pai é espírito e que há somente um espírito (santo) não tem contradição.Há um só espírito (energia divina) que faz parte de Deus, o Pai , que é espiríto ( ser espiritual ).

    Ademais, para que o espírito santo fosse uma pessoa , ele teria que ter " UM NOME. " Ora, no céu há milhões de espíritos e todos eles são santos , portanto, para diferenciar a pessoa do espírito santo dos outros espíritos santos (anjos ) ele teria que ter um nome !


    RESPOSTA🔊 Você disse, "Visto que o espírito santo é a energia que emana de Deus..."

    Onde a Bíblia afirma que o Espírito é a "energia que emana de Deus", de maneira impessoal?

    Na natureza de Deus não existem características impessoais.


    As Escrituras, deixam transparecer bem claramente que, o Espírito Santo é uma Pessoa com todas as qualificações necessárias para que HAJA um ser inteligente.

    Se o Espírito Santo pode ser personificado ou personalizado, então os seres humanos também podem, porque ambos apresentam as mesmas características, excetuando-se O PECADO.

    Se as Escrituras personalizam o Espírito Santo, quem o personalizou foi Deus.

    Se Deus, personalizou o seu próprio Espírito, que dEle procede, então, Deus, está se personalizando à si mesmo!

    Está vendo?

    Não tem como fugir!


    Você, absurdamente, sem levar em consideração a grandeza soberana e criadora de Deus, colocando o Espírito de Deus NO MESMO NÍVEL QUE OS ANJOS, afirmou,

    Ademais, para que o espírito santo fosse uma pessoa , ele teria que ter " UM NOME. " Ora, no céu há milhões de espíritos e todos eles são santos , portanto, para diferenciar a pessoa do espírito santo dos outros espíritos santos (anjos ) ele teria que ter um nome !


    RESPOSTA 🔊 Caramba! Até que ponto as heresias levam o raciocínio de uma pessoa! Wow!

    As Escrituras, desde o Antigo Testamento, atribuem um nome principal a Deus, YHWH יהוה, do qual ninguém sabe a pronúncia original.

    Eu, particularmente, não tenho nada contra o uso das pronúncias ou traduções da Biblia, (eu tenho algumas), que trazem os nomes, Jeová, Javé, Yahweh, etc, com o uso informal, e não doutrinário, ou seja, não importar para dentro do Novo Testamento o Tetragrama, em quaisquer dessas formas, e , por aí, criar uma falsa doutrina
    como fazem as Testemunhas de Jeová e os grupos Unitarianos.

    Além do mais, o nome de salvação por excelência é SENHOR JESUS CRISTO, na Nova Aliança, até mesmo porque em sua forma hebraica, o nome YESHUA ou YEHOSHUA para JESUS incorpora o nome de Deus, YHWH יהוה.

    Deus possui um NOME ETERNO, tão eterno quanto Deus mesmo. É o novo nome de que fala o Apocalipse.

    Novo, não porque Deus criou um novo nome para si, mas porque os crentes ainda não o conhecem.

    Mas será revelado aos eleitos na Vinda do Senhor.

    Evidentemente que, na presente Dispensação, Deus se apresenta somente no nome do Senhor Jesus Cristo, na pessoa do Pai, do Filho, e do Espírito Santo, porque este é o nome para a salvação de todo aquele que crê.

    Toda a ação trinitária e salvífica de Deus, opera somente nesse nome, e assim nos apresenta o Novo Testamento.

    Em nenhum lugar do Novo Testamento, em seus manuscritos mais antigos, se acha o nome Jeová.

    Somente esse fato, leva a TRADUÇÃO DO NOVO MUNDO, à uma disqualificação completa, porque à essa "Perversão" foi acrescentado o nome Jeová, 237 vezes ao Novo Testamento, rebaixando o nome do SENHOR JESUS CRISTO à um segundo plano, o que, deveras, é uma atitude nem um pouco cristã.

    ResponderExcluir
  83. AGORA, RUBENS VASCONCELOS, EU VOU LHE FAZER A PERGUNTA PELA DÉCIMA SEXTA VEZ.

    É, aquela pergunta que até agora, você não respondeu,

    Está aí,

    Agora é a DÉCIMA SEXTA VEZ, e estarei esperando a sua resposta.

    Tá difícil?

    Quer uma ajuda?

    Eu respondo essa pergunta.


    ɑ pɛʀguɳtɑ 👇


    a тradυção do novo мυndo daѕ eѕcrιтυraѕ da Watchtower, ɗiz ɑรรiɱ ɛɱ ɱɑʀcѳร 12:28-34,

    "Um dos escribas, que havia se aproximado e ouvido a discussão, vendo que ele tinha lhes respondido bem, perguntou-lhe: “Qual mandamento é o primeiro* de todos?”+

    29 Jesus respondeu: “O primeiro é: ‘Ouve, ó Israel: Jeová,* nosso Deus, é um só Jeová.* 30 Ame a Jeová,* seu Deus, de todo o seu coração, de toda a sua alma,* de toda a sua mente e de toda a sua força.’+

    31 O segundo é: ‘Ame o seu próximo como a si mesmo.’+ Não há outro mandamento maior do que esses.” 32 O escriba lhe disse: “Instrutor, o senhor disse bem, em harmonia com a verdade: ‘Ele é um só, e não há outro além dele’;+

    33 e amá-lo de todo o coração, de todo o entendimento e de toda a força, e amar o próximo como a si mesmo vale muito mais do que todas as ofertas queimadas e sacrifícios.”+ 34 Com isso, Jesus, percebendo que ele tinha respondido de modo inteligente, disse-lhe: “Você não está longe do Reino de Deus.” Mas ninguém teve coragem de lhe fazer mais perguntas.+"

    A pergunta que eu estou a repetir pela déciмα qυαятα vєz e que, até o presente momento, não foi respondida Rubens Vasconcelos,

    Jesus Cristo, NÃO É O NOSSO PRÓXIMO.

    De acordo com as Testemunhas de Jeová, Jesus NÃO É JEOVÁ,


    Sendo assim, EM QUAL DOS 2 MAIORES MANDAMENTOS DA LEI, JESUS SE ENCONTRA?


    OBSERVAÇÃO: Lembre-se, de que NENHUM OUTRO DEUS , (de nenhuma outra espécie), pode ser adicionado ao primeiro mandamento, sob pena de quebrantamento da Lei por causa do pecado de idolatria.


    eѕтoυ eѕperando a ѕυa reѕpoѕтa

    ResponderExcluir
  84. Rubens Vasconcelos disse: Efésios 4;4-6 e 1 Corintios 12;4-6; - é um problema sem solução para a Trindade. "
    " Há somente um corpo e " UM SÓ ESPÍRITO". como também é uma só esperança para qual vocês foram chamados > HÁ UM SÓ SENHOR, uma só fé, um só batismo, " UM SÓ DEUS E PAI DE TODOS", o qual é sobre todos , age por meio de todos e está em todos. " - Efésios 4;4-6;, NAA

    Resposta: O estrago que a Torre faz na mente dessas pessoas,chega a dar dó,é impressionante,Sr Rubens de acordo com Efesios 4:4 quantas esperança existem?
    Vamos lá "UMA só a esperança para a qual vocês foram chamados." Notou Sr Rubens? UMA SÓ!UMA SÓ!UMA SÓ!
    AGORA me responde,porquê na sua religião existem DUAS esperança,a esperança pra quem vai morar no céu(144 mil) e a outra pra quem vai morar na terra(Grande multidão)?e não somente UMA conforme Efesios 4:4 ?
    Poderia nos responder??????
    Faz o seguinte,como responder perguntas não é o seu forte,Manda um e-mail para os ungidos reclamando,mostra esse versículo pra eles,talvez eles mudam essa palhaçada de doutrina de divisão de pessoas ou castas mesmo,e sobra uma vaguinha pra vc morar no céu no novo mundo,porque rebaixar todo mundo a grande multidão com certeza eles não vão fazer,coisa de líderes de seitas vc sabe como é né,os líderes de seitas sempre tem mais privilégios do que os demais membros,mais não se indentifica-se,porque se eles não concordarem com vc ,vc será expulso da torre e sera chamado de apostata e tudo mais ok!

    Já ficou provado pelo Paulo cadi ao longo dessa conversa, que alguns versos que vcs acham que vão contra a Trindade,na realidade vão contra vcs mesmos,é bom vcs pensarem bem antes nas implicações que seus argumentos causam contra vcs mesmos.

    ResponderExcluir
  85. É incrível o devaneio trinitário " , por não saberem refutarem ou não conseguirem , eles começam a falar mal de organizações , fazem uma verdadeira salada de assuntos ." Típico de pessoas que não tem argumentos sólidos , mas apenas explanam assuntos ! - Romanos 12;1;

    1 Corintios 12 ;4-6 (ARC) , diz;

    " Ora, há diversidades de dons , mas o " ESPÍRITO É O MESMO. E , há diversidades de ministérios , mas " O SENHOR É O MESMO. E, há diversidades de operações , " MAS É O MESMO DEUS", que opera tudo em todos. "

    O texto de 1 Corintios 12 ;4-6; constitui também um problema para a doutrina da trindade, pois menciona a existência de o " Mesmo Espírito" (tò dè autò pneùma ), de o mesmo Senhor ( ho autòs kùrios) e de " o mesmo Deus " ( hò de autò théos).

    Pela Ideologia Trinitária , que apregoa a existência e a distinção de três pessoas divinas ( Deus Pai, Deus Filho, e Deus Espírito Santo ) 1 Corintios 12;4-6; cria um problema para a Trindade, pois usa " O TÍTULO DEUS , SOMENTE PARA O PAI> "

    ResponderExcluir
  86. No entanto, o mais rídiculo dos Trinitários é usarem 1 João 5;7,8; para tentar provar a trindade . e que o espírito santo , é a terceira pessoa da trindade . " É PRA RIR OU PRA CHORAR? "

    Este texto é " RECONHECIDAMENTE ESPÙRIO", não isnpirado; "; o texto de João 5;7,8; A frase no céu ; O Pai, a Palavra e o Espírito Santo; e estes três são um .E três são os que testificam na terra" não faz parte do texto Bíblico inspirado, mas são um acréscimo posterior . diversas traduções não colocam a parte espúria ; outras a colocam entre colchetes e explicam que se tratam de um acréscimo não inspirado. "

    Por exemplo, a Bíblia de Estudo MacArthur contém uma nota de rodapé explicando a origem espúria das referidas palavras;

    " Elas não aparecem em nenhum manuscrito grego anterior ao século 10 dc, somente oito manuscritos gregos muitos posteriores contêm essa passagem que , ao que parece , corresponde a uma tradução de uma revisão posterior da Vulgate em Latim. Além disso, quatro desses oito manuscritos contêm um texto diferente da passagem, escrito a margém como um adendo posterior ao manuscrito. Nenhum Pai da Igreja, grego ou latino , e nem mesmo os que se envolveram em controvérsias trinitárias, as citam; á única versão antiga que a inclui é a latina ( não o latim antigo em sua forma primitiva ou a vulgata ). A evidência interna também milita contra a presença delas na epístola original, uma vez que interroperam a sequência de idéias do escritor. O mais provavél , é que as palavras tenham sido acrescentadas ao texto muito mais tarde. " ( Almeida Revista e Atualizada - Bíblia de Estudo MacArthur - Sociedade Bíblica do Brasil)

    Acerca do Espírito Santo , a Tradução da Bíblia João Ferreira de Almeida Offline sobre Gênesis 1;2; diz;

    "E a terra era sem forma e vazia ; e havia trevas sobre a face do abismo ; E o Espírito de Deus se movia sobre a face das águas ; " - Bíblia JFA Offiline

    Se O Espírito Santo é uma Trindade - Pai , Filho , Espírito santo! Por que neste se é dito que o espírito santo é independente - estava só, e não com o Pai e com o Filho ??

    ResponderExcluir
  87. 1 João 5;7,8 ; é uma clara adulteração da Bíblia feita por Trinitários !"

    Para os Trinitaristas não há limites para de alguma forma tentar provar que existe a Trindade!'

    Eles sabem que ela não existe na Bíblia , assim pensam;

    "Não tem Trindade na Bíblia . Assim vamos colocar ".

    Por isso , fizeram um acréscimo vergonhoso em 1 João 5;7,8 ;
    As próprias Bíblias de Estudo usadas pelos téologos Trinitários , mostram esta vergonhosa farsa ;

    1 João 5;7,8; sempre foi considerado por incautos , como principal pilar para dá apoio a tRindade. Que pena !'

    " O Principal Pilar Usado Durante Décadas por Fervorosos Religiosos , " NÃO PASSAVA DE UM MENTIRA".'

    Portanto, pare e pense; "

    " SE a Doutrina da Trindade , fosse realmente um ensino verdadeiro , Será que seus defensores precisariam fazer tantas mudanças nas Escrituras para tentar prová-la ?

    Devemos lembrar que; " Nenhuma Mentira Resiste a Verdade. " - 2 Corintios 13;8;

    Mas tem muito mais a respeito do ESpírito Santo , vejamos ; "

    ResponderExcluir
  88. O Erudito Trinitário Daniel B.Wallace , não consegue achar evidências lógicas e conclusivas para legitimar uma Trindade na Bíblia, se ele não consegue , quem conseguirá ??

    Isso é difícil, pois é uma missão suicida e impossível !'

    O fato é que ; Podem esquadrinhar o que for , desde o século quarto , começando pela votação para aprovarem a trindade, não conseguem propor nada lógico para mentes racionais aceitarem tal doutrina . Lembrando que Jesus e nem os apóstolos a ensinaram.

    Greek Grammar and The personality of the holly Spirity ( Gramática Grega e a Personalidade do Espírito Santo ) Daniel disse;

    " Em suma , tenho procurado demonstrar neste artigo que a base gramatical para a personalidade do espírito santo está faltando ('ausente) no Novo Testamento , mas isso é frequentemente , se não em geral, a primeira linha de defesa dessa doutrina por muitos escritores evangélicos. Mas, se a gramática não pode legitimamente ser usada para apoiar a personalidade do espírito santo , então talvez seja necessário reexaminar o restante de nossa base para esse compromisso teólogico. Eu não estou negando a Doutrina da Trindade, é claro, mas estou argumentando que precisamos fundamentar nossas crenças em uma base mais sólida . "

    Daniel B. Wallace é PHD; Alma Mater ; Seminário Teólogico de Dallas .

    Portanto, a Doutrina que o Espírito Santo é uma pessoa, e por conseguinte a terceira pessoa da Trindade , " JÁ ERA. "

    ResponderExcluir
  89. É Rubens, você não leu as respostas do Paulo Cadi a seus argumentos anteriores e saltou para outro versículo, a saber, 1 João 5;7,8. Como não conseguiu refutar todo os comentários e argumentos do Paulo Cadi, já saltou para este ai. Na verdade o Paulo Cadi deu respostas a suas argumentações que você mesmo tinha questionado a respeito sobre a personalidade do Espírito Santo; e sobre os textos de Efésios 4;4-6 e 1 Corintios 12;4-6; que você tenta explicar que se o Espírito é um só, então Deus não teria espírito; e sobre se o Espírito tem nome. Você lançou os argumentos, o Paulo Cadi de as respostas e você não as replicou. Ao contrário, já saltou para outro questionamento. Parece que você está na base do copia e cola. E não podia ser diferente, já que as tjs só podem raciocinar e falar de acordo com seus mestres, os ungido do Corpo Governante.

    ResponderExcluir
  90. Bom dia pessoal!


    Cada vez mais, vocês tem o privilégio de notar a vulgarização intelectual à que se submetem os seguidores do Corpo Desgovernado da Watchtower.

    Eles não pensam de si mesmos, não sabem fazer uma avaliação crítica textual, não sabem interpretar um texto bíblico, não compreendem um trabalho teológico, etc

    Este fato, é constatado pela incessante citação de autores trinitarianos, como se estes estivessem endossando algum ensinamento manufaturado pela Watchtower, que não passa de uma fábrica de heresias.

    Eu sugiro ao Rubens, que procure enviar um e-mail para o Dr. Wallace, e pergunte o que ele pensa sobre as Testemunhas de Jeová.

    Se chegar ao conhecimento dele, como ocorreu com outros autores, imediatamente ele denunciará o mau uso que a Watchtower e seguidores fazem de suas declarações - invariavelmente tiradas fora do contexto.

    Rubens, a declaração do Dr. Wallace que você tirou do site, TRADUÇÃO DO NOVO MUNDO DEFENDIDA, longe está de apoiar qualquer doutrina/heresia inventada pela Watchtower (Torre de Vigia).

    O trabalho que o Dr. Wallace apresentou, é PROPOSITIVO, ou seja, buscar uma fundamentação para a doutrina trinitariana, em bases tão filológicas quanto a doutrina é em sua base teológica.

    Não se trata de um trabalho para refutar a doutrina da Trindade, muito pelo contrário, mas de um exame mais apropriado que estabeleça bases mais sólidas em termos gramaticais, linguísticos, etc

    É um trabalho de conteúdo pesado e de difícil compreensão para quem não estuda a língua grega.

    O cara, á do site, TRADUÇÃO DO NOVO MUNDO DEFENDIDA, certamente, foi na matriz americana de onde ele copia seus argumentos, pinçou este, e postou no seu texto. Ele simplesmente, assim como os seus colegas de crença, estão se lixando para o conteúdo de onde eles retiram essas citações.

    Eu sei disto, porque tenho lido o suficiente do http://defendingthenwt.blogspot.com e constatei inúmeras ocorrências deste espécie.

    Os Testemunhas têm o péssimo costume de deslocar as citações que fazem, para longe do contexto de que foram tomadas. Isto é um praxe que eles mantém até na interpretação dos textos bíblicos.

    Por ser um trabalho acadêmico, eu não irei entrar na apreciação do conteúdo da matéria escrita pelo Dr. Wallace, que, como dito acima, se reserva aqueles que conhecem ou estudam o Text grego do NT.

    Uma pessoa, com uma boa tradução da Bíblia e livros auxiliares, também pode acumular um excelente conhecimento da Bíblia, se tiver boa vontade e gosto pelo exame das Escrituras, e assim, manter um estudo regular e disciplinado.

    Fique bem claro, eu estou me referindo, desta maneira, somente a este tipo de trabalho.

    É um trabalho de TRINITARIANISTA PARA TRINITARIANISTAS e não de trinitarianista para jeovístas.

    Então, eu pergunto aos Testemunhas de Jeová, qual é a intenção deles em buscar apoio em fontes antagônicas à crença deles?


    O trabalho do Dr. Wallace, de onde foi retirada a declaração dele, pelo site TRADUÇÃO DO NOVO MUNDO DEFENDIDA, que copiou da http://defendingthenwt.blogspot.com, é esta aqui abaixo, e da qual, retirei dois pequenos parágrafos que mostram as conclusões do Dr. Wallace,


    "Bulletin for Biblical Research 13.1 (2003) 97-125 [© 2003 Institute for Biblical Research]
    Greek Grammar and the Personality
    of the Holy Spirit
    DANIEL B. WALLACE
    DALLAS THEOLOGICAL SEMINARY



    Vários estudiosos do NT endossaram a opinião de que a personalidade
    do Espírito é gramaticizada nesses textos. Nós já vimos
    certos teólogos. Entre os comentaristas, John, Lange, Godet,
    Mortimer, Westcott, Bernard, Lenski, Hendricksen, Barrett, Behler,
    Sanders e Mastin, Brown, Morris, Lindars, Newman e Nida,
    Carson e Beasley-Murray usam o argumento gramatical em
    uma ou mais dessas passagens como evidência da personalidade do Espírito.
    De fato, essa linha de raciocínio parece ser encontrada com mais freqüência e
    mais recentemente na literatura exegética do que na literatura teológica [...]

    prossegue...

    ResponderExcluir

  91. Em suma, procurei demonstrar neste trabalho que a base gramática
    para a personalidade do Espírito Santo está faltando no NT,
    isto é, freqüentemente, senão usualmente, a primeira linha de defesa daquela
    trígono por muitos escritores evangélicos. Mas se a gramática não pode legitimamente
    ser usada para apoiar a personalidade do Espírito, então talvez precisemos
    reexaminar o restante de nossa base para esse compromisso teológico.Eu não estou negando
    a doutrina da Trindade, é claro, mas eu estou argumentando
    que precisamos fundamentar nossas crenças em uma base mais sólida."
    ______________________________________________________________________

    Então, ele admite que outros autores importantes, mantém uma postura diferente, ao sustentarem, sim, que a gramática koine (grega) provê apoio suficiente para definir a personalidade do Espírito Santo.

    Então, não se trata de uma obra dogmática, mas propositiva, ou seja, ele está com expressando o ponto de vista dele.


    Rubens Vasconcelos de Araújo, 13 de outubro de 2018 09:53, disse,

    1 João 5;7,8 ; é uma clara adulteração da Bíblia feita por Trinitários !"

    Para os Trinitaristas não há limites para de alguma forma tentar provar que existe a Trindade!'

    Eles sabem que ela não existe na Bíblia , assim pensam;

    "Não tem Trindade na Bíblia . Assim vamos colocar ".

    Por isso , fizeram um acréscimo vergonhoso em 1 João 5;7,8 ;
    As próprias Bíblias de Estudo usadas pelos téologos Trinitários , mostram esta vergonhosa farsa ;

    1 João 5;7,8; sempre foi considerado por incautos , como principal pilar para dá apoio a tRindade. Que pena !'

    " O Principal Pilar Usado Durante Décadas por Fervorosos Religiosos , " NÃO PASSAVA DE UM MENTIRA".'

    Portanto, pare e pense; "



    RESPOSTA➡Agora, Rubens, para não responder a minha pergunta pergunta que lhe farei pela DÉCIMA SÉTIMA VEZ, você desviou para a passagem de 1João 5:6-7.

    Eu, particularmente, sou um defensor da originalidade deste versículo, e sou contra a inserção inescrupulosa do nome Jeová, 237 vezes no texto do Novo Testamento, sem falar de outros falsos acréscimos - em que agora não me deterei - feitos pelo Corpo Desgovernante ao texto bíblico, em sua TRADUÇÃO DO NOVO MUNDO.

    Mesmo se, provado, sem sombra de dúvida, o que até agora não aconteceu, que a chamada Cláusula Joanina, é um acréscimo, uma glosa inserida no texto por um escriba, mesmo assim, a passagem é teologicamente exata, confiável e em consenso com todas as outras passagens em que as pessoas do Pai, do Filho, e do Espírito Santo, são mencionadas, o que, não acontece com as falsas adições postas pelos ungidos, que não são meros ajustes para a melhor compreensão do texto, mas deliberadas falsificações para apoiar as heresias do Corpo Desgovernado.

    prossegue....

    ResponderExcluir
  92. Rubens, disse,

    É incrível o devaneio trinitário " , por não saberem refutarem ou não conseguirem , eles começam a falar mal de organizações , fazem uma verdadeira salada de assuntos ." Típico de pessoas que não tem argumentos sólidos , mas apenas explanam assuntos ! - Romanos 12;1;

    1 Corintios 12 ;4-6 (ARC) , diz;

    " Ora, há diversidades de dons , mas o " ESPÍRITO É O MESMO. E , há diversidades de ministérios , mas " O SENHOR É O MESMO. E, há diversidades de operações , " MAS É O MESMO DEUS", que opera tudo em todos. "

    O texto de 1 Corintios 12 ;4-6; constitui também um problema para a doutrina da trindade, pois menciona a existência de o " Mesmo Espírito" (tò dè autò pneùma ), de o mesmo Senhor ( ho autòs kùrios) e de " o mesmo Deus " ( hò de autò théos).

    Pela Ideologia Trinitária , que apregoa a existência e a distinção de três pessoas divinas ( Deus Pai, Deus Filho, e Deus Espírito Santo ) 1 Corintios 12;4-6; cria um problema para a Trindade, pois usa " O TÍTULO DEUS , SOMENTE PARA O PAI> "


    RESPOSTA➡Esse seu argumento está incompreensível, e muito confuso.

    Eu já disse, Paulo não está combatendo a Trindade, e nem promovendo o unitarianismo.

    O mesmo contexto de onde você tirou essas passagens diz,

    Mas um só e o mesmo Espírito opera todas estas coisas, repartindo particularmente a cada um como QUER
    1 Coríntios 12:11

    O termo QUER no verso acima é βούλομαι, lê-se bulomai, e significa, ter em mente, desejar deliberadamente, ter um propósito.

    A passagem mostra claramente que o Espírito Santo é uma pessoa, com todas as características de personalidade e individualidade, e não uma mera força ativa.

    A precedência do Pai, é o que constitui a Divindade do Filho, o Senhor, e do Espírito.

    E ainda, na passagem que você citou diz, "é MESMO DEUS, que opera tudo em todos... Depois diz, no mesmo contexto," O MESMO ESPÍRITO", "O MESMO SENHOR", mostrando que a ação se inicia no Pai, passa pelo Filho e finaliza no Espírito.

    São todas ações NECESSÁRIAS, e não OPCIONAIS, mostrando que não é da vontade do Pai,ou seja, uma mera colaboração do Filho e do Espírito Santo, mas que eles são essenciais para a complitude do plano de salvação.

    A necessidade de Filho e do Espírito é, sem sombra de dúvida, prova da Divindade de ambos.

    A monarquia trinitarianista , na qual o Pai, único Deus verdadeiro, gera em si mesmo o Filho na processão de seu Espírito.

    Agora, a pergunta que irei lhe fazer a DÉCIMA SÉTIMA VEZ,

    Se você não pode amar a Jesus como a você mesmo, o que lhe resta?

    ResponderExcluir
  93. AGORA, RUBENS VASCONCELOS, EU VOU LHE FAZER A PERGUNTA PELA DÉCIMA SÉTIMA VEZ.

    É, aquela pergunta que até agora, você não respondeu,

    Está aí,

    Agora é a DÉCIMA SÉTIMA VEZ, e estarei esperando a sua resposta.

    Tá difícil?

    Quer uma ajuda?

    Eu respondo essa pergunta.


    ɑ pɛʀguɳtɑ 👇


    a тradυção do novo мυndo daѕ eѕcrιтυraѕ da Watchtower, ɗiz ɑรรiɱ ɛɱ ɱɑʀcѳร 12:28-34,

    "Um dos escribas, que havia se aproximado e ouvido a discussão, vendo que ele tinha lhes respondido bem, perguntou-lhe: “Qual mandamento é o primeiro* de todos?”+

    29 Jesus respondeu: “O primeiro é: ‘Ouve, ó Israel: Jeová,* nosso Deus, é um só Jeová.* 30 Ame a Jeová,* seu Deus, de todo o seu coração, de toda a sua alma,* de toda a sua mente e de toda a sua força.’+

    31 O segundo é: ‘Ame o seu próximo como a si mesmo.’+ Não há outro mandamento maior do que esses.” 32 O escriba lhe disse: “Instrutor, o senhor disse bem, em harmonia com a verdade: ‘Ele é um só, e não há outro além dele’;+

    33 e amá-lo de todo o coração, de todo o entendimento e de toda a força, e amar o próximo como a si mesmo vale muito mais do que todas as ofertas queimadas e sacrifícios.”+ 34 Com isso, Jesus, percebendo que ele tinha respondido de modo inteligente, disse-lhe: “Você não está longe do Reino de Deus.” Mas ninguém teve coragem de lhe fazer mais perguntas.+"

    A pergunta que eu estou a repetir pela déciмα qυαятα vєz e que, até o presente momento, não foi respondida Rubens Vasconcelos,

    Jesus Cristo, NÃO É O NOSSO PRÓXIMO.

    De acordo com as Testemunhas de Jeová, Jesus NÃO É JEOVÁ,


    Sendo assim, EM QUAL DOS 2 MAIORES MANDAMENTOS DA LEI, JESUS SE ENCONTRA?


    OBSERVAÇÃO: Lembre-se, de que NENHUM OUTRO DEUS , (de nenhuma outra espécie), pode ser adicionado ao primeiro mandamento, sob pena de quebrantamento da Lei por causa do pecado de idolatria.


    eѕтoυ eѕperando a ѕυa reѕpoѕтa

    ResponderExcluir
  94. Sr. Iran Fotos Amigos Silva, A Bíblia diz que devemos buscar o conhecimento.
    Provérbios 1;22-31 ; diz , que só os tolos não procuram o conhecimento.
    Jesus Cristo disse em João 17;3; que o conhecimento do Pai dele e dele próprio conduz a vida eterna .
    1 Timoteo 2;3,4 ; diz , que Jeová deseja que toda sorte de pessoas venham a ter o conhecimento da Verdade!"

    O Sr. Paulo Cadi,até agora não refutou argumentos , apenas " EXPLANOU" o que ele acha ser uma refutação .

    Irei citar dois exemplos ;
    1) O Sr. Paulo Cadi, disse , que o " AMOR" não pode ser personificado ! Mas, o que é o amor , um ser pessoal ou um sentimento ?

    O Dicionário Aurélio da Língua Portuguesa define o Amor como;
    1) Sentimento que predispõe alguém a desejar o bem do outro ;
    2) Sentimento de dedicação absoluta de um ser a outro , ou a uma coisa ;

    Portanto, o Amor ' É UM SENTIMENTO" e não um ser Pessoal . Portanto, pode ser personificado !
    Percebeu , a falácia do argumento do Sr . Paulo Cadi !"

    Segundo Exemplo; O SR. Paulo Cadi , disse que em João 20 ;22; quando Cristo diz ; " Recebam espírito santo , se refere ao futuro , ou seja , não receberam o espírito santo naquele momento . Seria essa uma argumentação verdadeira ? Vejamos como este texto é citado em várias Traduções da Bíblia ;
    1) TNM , 1986 ; João 20;22; " Recebei Espírito Santo. "
    2) João Ferreira de Almeida Revista e Atualizada - João 20;22; "Recebei o Espírito Santo. "
    3)Bíblia de Estudo de Genebra - Edição Revista e Ampliada - João 20;22;" Recebei o Espírito Santo. "
    4)João Ferreira de Almeida Edição Corrigida e Revisada e Fiel - João 20;22; "Recebei o Espírito Santo.
    5) TNM Revisada - 2013 - João 20;22; "Recebam Espírito Santo "

    Observou , que em todas estas Traduções o verbo " RECEBER" , está no " PRESENTE " , e não no futuro e passado."

    Portanto, Sr. Iran, tenha cuidado nas falácias dos chamados argumentos de refutação , pois na verdade , são apenas explanações " .

    Eu poderia citar muitos exemplos das explanações do Sr. Paulo Cadi , mas perderia muito tempo !
    Mas , tem mais sobre o espírito santo !"

    ResponderExcluir
  95. O Espírito Santo é a força que emana de Deus . A sua força ativa . Em Gênesis 1;2; se é dito; "e o Espírito de Deus se movia sobre a face das águas . ' - Almeida Corrigida e Fiel .

    Na visão Trinitária , esta é a primeira vez que a suposta terceira pessoa da Trindade, a saber o Epírito Santo , aparece nas Escrituras .Devido acreditarem cegamente na personalidade e deidade do Espírito Santo , não raramente se escandalizam ao se depararem com Traduções que passam a ideia de que esse espírito seja uma força ativa " , ou " poder em ação de Deus . "Tais traduções alternativas em nada ajudam a argumentação Trinitária , o que não seria nada convenientes para eles.
    No entanto, o termo hebraico rú-ahh , além de ser traduzido por espírito," é também traduzido por vento e por outras palavras que denotam uma força ativa , invisível. "

    Isto é algo tão evidente que algumas Traduções da Bíblia ( usada por trinitários ), vertem Gênesis 1;2; sem nenhum prejuízo , da seguinte forma;
    1) New Revised Standard Version ; " enquanto um vento (rúahh) de Deus movia-se sobre...."
    2)Good News Bible; " e o poder (rúahh) de Deus movia-se sobre as águas. "
    3)New Jerusalem Bible; " com um Vento (rúahh) divino locomovendo-se sobre as águas. "
    4)Knox; e sobre as águas movimentava-se o folêgo (rúahh) de Deus . "
    5)Jewish Publication Society; " e um Vento (rúach) de Deus movimentava-se sobre as águas . "
    6) Bíblia Tradução Ecumênica ; "e o sopro (rúach) de Deus pairava sobre ....."

    O que dizem Obras de Referências Sobre Gênesis 1;2;??
    " Há de modo aparente um desenvolvimento na direção da hipostatização do Espírito , não no sentido de que seja conhecido como pessoa , mas como uma fonte substancial de força e atividade. É a força criativa de Javé. " ( Gen. 1;2 ; JB 33;5) - Dictionary of the Bible , McKenzie ( 1965 ), página 841.

    " O Espírito pairava sobre as águas primitivas (Gen 1;2) e cria o homem (Gen 2;7), O Espírito que Embelezou o céu ( Jb 26;13), sustenta a vida animal e renova a superfície da terra( Ps 54;30 ), é o rúah ( fôlego, vento) de Deus, o poder e energia que se desloca a todo lugar . " - The New Bible Dictionary , J.D Douglas (1962), página 531.

    "The Anchor Bible, Genesis , A New Translation With Introduction and Commentary produzido por F. A. Speiser que observa sobre RUACH aqui em Gênesis 1;2; " Um Fantástico " VENTO" (Hebraico rúach), significa primariamente " vento, Brisa" e de modo secundário " fôlego",e por fim espírito. "

    Portanto, O Espírito Santo é o poder que emana de Deus, a sua poderosa força ativa. "

    Os Trinitários como Disse Daniell B. Wallace , tem que fundamentar suas crenças em base sólida .

    Aqui acaba , evapora , a pessoa do espírito santo !"

    ResponderExcluir
  96. Em João 3;35 ; A Bíblia Diz ;

    " O Pai ama o Filho, e entregou todas as coisas em suas mãos . " (1 Corintios 15;24-28 , rferência ).

    Mas , os Trinitários dizem; "Que o Pai e o Filho são a mesma pessoa ."

    Como então se diz que Pai ama o Filho e entregou todas as coisas nas mãos do Filho ??"

    ResponderExcluir
  97. Boa noite a todos!

    O Rubens, disse,

    O Sr. Paulo Cadi,até agora não refutou argumentos , apenas " EXPLANOU" o que ele acha ser uma refutação .

    Irei citar dois exemplos ;
    1) O Sr. Paulo Cadi, disse , que o " AMOR" não pode ser personificado ! Mas, o que é o amor , um ser pessoal ou um sentimento ?

    O Dicionário Aurélio da Língua Portuguesa define o Amor como;
    1) Sentimento que predispõe alguém a desejar o bem do outro ;
    2) Sentimento de dedicação absoluta de um ser a outro , ou a uma coisa ;

    Portanto, o Amor ' É UM SENTIMENTO" e não um ser Pessoal . Portanto, pode ser personificado !
    Percebeu , a falácia do argumento do Sr . Paulo Cadi !"


    RESPOSTA👉 Rubens, você não conseguiu responder uma simples pergunta que eu estarei lhe fazendo pela DÉCIMA OITAVA VEZ. Também não respondeu nenhuma das inúmeras questões que eu levantei.

    Então, quem não refutou nada foi você, e o seu confrade, José Roberto.

    Eu queria ver se esse debate fosse ao vivo, como é que vocês iriam se arranjar, já que vocês se recusam a dar uma resposta a questão : Em qual dos 2 maiores mandamentos da Lei Jesus se encontra!

    E você ainda vem falar em refutação?!

    Agora você quer provar que o amor pode ser personificado, porque você está tomando o amor como um sentimento-objeto.

    Eu, estou tomando o amor como sentimento - pessoa.

    Qual é a diferença?

    A diferença é que se você tomar o amor como um sentimento-objeto que necessite de uma pessoa para personificá-lo, você coisifica o amor, ou seja, retira desse sentimento as características pessoais inerentes à ele.

    Agora, o amor não existe ANTES do pensamento que produz o sentimento de afeição, mas o amor existe NO pensamento que produz o sentimento de afeição.

    O amor é uma manifestação de inteligência, e por isso NÃO PODE EXISTIR SEM O PENSAMENTO DE AMOR.

    Se o amor pode se manifestar de forma impessoal como apenas um sentimento, você tem que nos dizer onde o amor se encontra antes de ser personificado.

    Além do mais, você nem percebeu que o amor tem sua origem em Deus, e na natureza de Deus não há nada para ser personificado.

    Se você admitir que algo pode ser personificado na natureza divina, você cai na heresia do Modalismo, em que Deus personifica os seus modos de operação.



    ResponderExcluir
  98. Rubens, disse,

    O Espírito Santo é a força que emana de Deus . A sua força ativa . Em Gênesis 1;2; se é dito; "e o Espírito de Deus se movia sobre a face das águas . ' - Almeida Corrigida e Fiel .

    Na visão Trinitária , esta é a primeira vez que a suposta terceira pessoa da Trindade, a saber o Epírito Santo , aparece nas Escrituras .Devido acreditarem cegamente na personalidade e deidade do Espírito Santo , não raramente se escandalizam ao se depararem com Traduções que passam a ideia de que esse espírito seja uma força ativa " , ou " poder em ação de Deus . "Tais traduções alternativas em nada ajudam a argumentação Trinitária , o que não seria nada convenientes para eles.
    No entanto, o termo hebraico rú-ahh , além de ser traduzido por espírito," é também traduzido por vento e por outras palavras que denotam uma força ativa , invisível. "


    Isto é algo tão evidente que algumas Traduções da Bíblia ( usada por trinitários ), vertem Gênesis 1;2; sem nenhum prejuízo , da seguinte forma;
    1) New Revised Standard Version ; " enquanto um vento (rúahh) de Deus movia-se sobre...."
    2)Good News Bible; " e o poder (rúahh) de Deus movia-se sobre as águas. "
    3)New Jerusalem Bible; " com um Vento (rúahh) divino locomovendo-se sobre as águas. "
    4)Knox; e sobre as águas movimentava-se o folêgo (rúahh) de Deus . "
    5)Jewish Publication Society; " e um Vento (rúach) de Deus movimentava-se sobre as águas . "
    6) Bíblia Tradução Ecumênica ; "e o sopro (rúach) de Deus pairava sobre ....."


    RESPOSTA�� O que adianta você citar essas versões?

    Elas foram todas produzidas por trinitarianos! Vocês não tem nada a ver com elas.

    Os tradutores enfocaram a atividade do Espírito como um vento a movimentar-se sobre as águas.

    Agora, Rubens, a intenção dos tradutores destas versões não foi definir a natureza e personalidade do Espírito Santo, mas aclarar ao leitor, a atividade do Espírito ao dar início à vida no planeta.

    O Espírito de Deus não é um vento, ou o ar natural em movimento, mas é descrito assim devido a movimentação como o vento, o alento sobrenatural de Deus, mas uma personalidade, e como diz o termo hebraico, רָחַף rachaph, descrevendo a ação do Espírito como uma águia batento as asas e cobrindo suavemente os seus filhotes, ao iniciar o processo de trazer ordem ao caos.

    Alguns teólogos não lêem ruach elohim como uma referência ao Espírito Santo em termos de um membro pessoal da Trindade. Eles sugerem que a frase hebraica deve ser traduzida como "um vento poderoso", pois ruach também significa vento ou respiração, e elohim poderia ser usado como um superlativo. No entanto, ruach elohim é sempre traduzido como o Espírito de Deus em outras partes do Antigo Testamento. Além disso, o poderoso vento de Deus está relacionado ao julgamento divino e não à criação no Antigo Testamento.


    Então, trata-se de uma manifestação inteligente do Espírito de Deus. A distinção de pessoas não é diretamente mencionada, mas percebida pelo uso do plural Elohim, que significa literalmente "D(d)euses", pelo uso do plural "façamos o homem à nossa imagem, e segundo a nossa semelhança, Gn.1:26, aclarada pelo testemunho de Jesus, causa da revelação posterior pela qual os Apóstolos foram os Depositários.

    O Espírito é inteligente. Ele ensinou aos apóstolos tudo o que Jesus disse (João 14:26). Paulo fala da mente do Espírito (Romanos 8:27). O livre arbítrio é outra característica psicológica do Espírito Santo como pessoa. De acordo com Sua própria vontade, o Espírito concede Seus dons aos crentes (1Coríntios 12:11). Ele tem sentimentos e afeições. Portanto, Ele se entristece quando o povo de Deus desobedece a Ele (Isaías 63:10; Efésios 4:30). Se o Espírito é um poder impessoal, como pode "ser" ofendido pelo pecado, isto é, rebelião pessoal e moral contra o Deus pessoal?

    ResponderExcluir
  99. As Testemunhas de Jeová apresentam o Espírito como se Ele fosse como uma onda eletrônica que simplesmente carrega a mensagem de Deus. Em contraste, o Espírito retratado na Bíblia se expressa como um agente pessoal e que fala. Quando Pedro estava ponderando acerca da visão dos animais impuros na casa de Simão, o Espírito disse a ele: "Mas levante-se, desça as escadas e acompanhe-os sem receio, pois eu (do grego, ego) os enviei." (Atos 10:19- 20). Como pode uma força impessoal criar um relacionamento interpessoal com os seres humanos?

    Mas um só e o mesmo Espírito opera todas estas coisas, repartindo particularmente a cada um como QUER
    1 Coríntios 12:11

    O termo QUER no verso acima é βούλομαι, lê-se bulomai, e significa, ter em mente, desejar deliberadamente, ter um propósito.

    A passagem mostra claramente que o Espírito Santo é uma pessoa, com todas as características de personalidade e individualidade, e não uma mera força ativa. Não se refere ao Deus onisciente servindo-se de elementos, impessoais e inferiores que fariam parte de sua substância, como é o caso da "força ativa" das Testemunhas, nas de uma operação racional e cuidadosa do Espírito Santo.

    Agora, nenhuma doutrina pode ser estabelecida logo no início, no Genesis.

    E não existe nenhuma denominação que preste, que se atreva a fazer isto. Até o Corpo Desgovernado do Brooklyn para inventar os seus modismos, precisa, desde o Genesis, percorrer a Bíblia a fim de encontrar fundamento para as suas falsificações.

    Você está tendo uma visão deformada usando as lentes da Torre de Vigia!

    A negação da personalidade do Espírito Santo tem sido chamada por alguns de "pneumatofobia", ou seja, medo inconsciente do Espírito Santo, de falar sobre Ele, de uma aproximação mais íntima com esse divino personagem.

    O Espírito é soberano na execução de seu ministério. João relembra seus leitores da vontade independente do Espírito na regeneração, comparando-o com "o vento" que sopra "onde lhe agrada" (João 3:8). O Espírito é também soberano em Sua distribuição dos dons espirituais (1 Coríntios 12:11).

    Os tradutores que trabalharam nos respectivos projetos das versões da Bíblia que você mencionou, compartilham da mesma crença na personalidade do Espírito Santo.

    Agora, veja como os teus mentores da Watchtower verteram Genesis 1:1-2 da Tradução do Novo Mundo,

    "1 No princípio Deus criou os céus e a terra.+
    2 A terra era vazia* e deserta,* e havia escuridão sobre as águas profundas;*+ E A FORÇA ATIVA*+ de Deus movia-se sobre as ÁGUAS."

    Eles "traduziram" o termo hebraico רוּחַ ruwach que significa, sopro, vento, ar, espírito, etc, por "força ativa."

    ISTO NÃO É TRADUÇÃO, E NEM PARÁFRASE, MAS UMA DETURPAÇÃO do significado original do termo ruwach, para preparar o campinho à essa heresia inventada lá no Brooklyn.

    Porque os ungidos, se não acreditam na personalidade do Espírito Santo, não traduziram corretamente com uma dessas palavras: vento, alento ou sopro de Deus, o que seria uma tradução justa, mas deliberadamente inseriram, não uma tradução, mas uma interpretação particular que eles tem a respeito da palavra?

    Ou seja, a palavra ruwach, nem de longe significa "força ativa."

    ResponderExcluir
  100. E ainda atacam a palavra Trindade, (que é um termo teológico), e que jamais será inserido no texto bíblico por qualquer tratutor honesto e responsável.


    Além do mais, Rubens, Deus não criou nada através de uma "força ativa" (a Bíblia não diz isto) mas através da Sua Palavra.

    "Pela fé entendemos que os mundos PELA PALAVRA DE DEUS FORAM CRIADOS; de maneira que aquilo que se vê não foi feito do que é aparente." Hebreus 11:3.

    "Porque falou, e foi feito; mandou, e logo apareceu." Salmos 33:9.



    Rubens, disse,

    O que dizem Obras de Referências Sobre Gênesis 1;2;??
    " Há de modo aparente um desenvolvimento na direção da hipostatização do Espírito , não no sentido de que seja conhecido como pessoa , mas como uma fonte substancial de força e atividade. É a força criativa de Javé. " ( Gen. 1;2 ; JB 33;5) - Dictionary of the Bible , McKenzie ( 1965 ), página 841.

    " O Espírito pairava sobre as águas primitivas (Gen 1;2) e cria o homem (Gen 2;7), O Espírito que Embelezou o céu ( Jb 26;13), sustenta a vida animal e renova a superfície da terra( Ps 54;30 ), é o rúah ( fôlego, vento) de Deus, o poder e energia que se desloca a todo lugar . " - The New Bible Dictionary , J.D Douglas (1962), página 531.

    "The Anchor Bible, Genesis , A New Translation With Introduction and Commentary produzido por F. A. Speiser que observa sobre RUACH aqui em Gênesis 1;2; " Um Fantástico " VENTO" (Hebraico rúach), significa primariamente " vento, Brisa" e de modo secundário " fôlego",e por fim espírito. "

    Portanto, O Espírito Santo é o poder que emana de Deus, a sua poderosa força ativa. "

    Os Trinitários como Disse Daniell B. Wallace , tem que fundamentar suas crenças em base sólida .

    Aqui acaba , evapora , a pessoa do espírito santo !"


    RESPOSTA👉 Agora, o Rubens cita 3 obras: Dictionary of the Bible , McKenzie ( 1965 ), página 841, origem trinitariana, The New Bible Dictionary , J.D Douglas, de origem trinitariana, e "The Anchor Bible, Genesis , A New Translation With Introduction and Commentary produzido por F. A. Speiser, arqueólogo e assiriologista na tentativa de demonstrar a impessoalidade do Espírito Santo!

    Fez umas citaçãozinhas chinfrins, sem contexto, e portanto, sem nexo, e acha que provou alguma coisa.

    As duas primeiras são de fonte trinitarian a, e a terceira de um orientalista, arqueólogo e que nem estava preocupado em combater a doutrina da Trindade.


    Já tá inventando, Rubens!

    Eu nem vou perder o meu tempo......

    Boa idéia! Eu vou fazer a mesma coisa. Vou começar a fazer citações dos livros da Torre de Vigia para provar a personalidade do Espírito Santo!

    ResponderExcluir
  101. Rubens, disse,

    Rubens Vasconcelos de Araújo16 de outubro de 2018 08:31
    Em João 3;35 ; A Bíblia Diz ;

    " O Pai ama o Filho, e entregou todas as coisas em suas mãos . " (1 Corintios 15;24-28 , rferência ).

    Mas , os Trinitários dizem; "Que o Pai e o Filho são a mesma pessoa ."

    Como então se diz que Pai ama o Filho e entregou todas as coisas nas mãos do Filho ??"


    RESPOSTA👉 Você disse, Mas , os Trinitários dizem; "Que o Pai e o Filho são a mesma pessoa ."

    Tá delirando meu? Acorda!

    Qual foi o trinitário que afirmou uma asneira dessas?!

    Dá um Google e digite, "Trindade" e encontre alguém afirmando que o Pai é o Filho são a mesma pessoa.

    ResponderExcluir
  102. AGORA, RUBENS VASCONCELOS, EU VOU LHE FAZER A PERGUNTA PELA DÉCIMA OITAVA VEZ.

    É, aquela pergunta que até agora, você não respondeu,

    Está aí,

    Agora é a DÉCIMA OITAVA VEZ, e estarei esperando a sua resposta.

    Tá difícil?

    Quer uma ajuda?

    Eu respondo a pergunta.


    ɑ pɛʀguɳtɑ 👇


    a тradυção do novo мυndo daѕ eѕcrιтυraѕ da Watchtower, ɗiz ɑรรiɱ ɛɱ ɱɑʀcѳร 12:28-34,

    "Um dos escribas, que havia se aproximado e ouvido a discussão, vendo que ele tinha lhes respondido bem, perguntou-lhe: “Qual mandamento é o primeiro* de todos?”+

    29 Jesus respondeu: “O primeiro é: ‘Ouve, ó Israel: Jeová,* nosso Deus, é um só Jeová.* 30 Ame a Jeová,* seu Deus, de todo o seu coração, de toda a sua alma,* de toda a sua mente e de toda a sua força.’+

    31 O segundo é: ‘Ame o seu próximo como a si mesmo.’+ Não há outro mandamento maior do que esses.” 32 O escriba lhe disse: “Instrutor, o senhor disse bem, em harmonia com a verdade: ‘Ele é um só, e não há outro além dele’;+

    33 e amá-lo de todo o coração, de todo o entendimento e de toda a força, e amar o próximo como a si mesmo vale muito mais do que todas as ofertas queimadas e sacrifícios.”+ 34 Com isso, Jesus, percebendo que ele tinha respondido de modo inteligente, disse-lhe: “Você não está longe do Reino de Deus.” Mas ninguém teve coragem de lhe fazer mais perguntas.+"

    A pergunta que eu estou a repetir pela déciмα qυαятα vєz e que, até o presente momento, não foi respondida Rubens Vasconcelos,

    Jesus Cristo, NÃO É O NOSSO PRÓXIMO.

    De acordo com as Testemunhas de Jeová, Jesus NÃO É JEOVÁ,


    Sendo assim, EM QUAL DOS 2 MAIORES MANDAMENTOS DA LEI, JESUS SE ENCONTRA?


    OBSERVAÇÃO: Lembre-se, de que NENHUM OUTRO DEUS , (de nenhuma outra espécie), pode ser adicionado ao primeiro mandamento, sob pena de quebrantamento da Lei por causa do pecado de idolatria.


    eѕтoυ eѕperando a ѕυa reѕpoѕтa

    ResponderExcluir
  103. O Sr. Paulo Cadi, acabou de " DESQUALIFICAR" todos os dicionários da Língua Portuguesa , ao continuar afirmando que o " AMOR" é uma pessoa , e não um sentimento !"É dessa forma que funciona a mente de um trinitário !

    Depois afirmou que " para os Trinitários Deus e Cristo não são o mesmo ser ", ou seja Deus e Jesus não são a mesma pessoa ! Ora , a Trindade é um "UM TRIO de três " , ou sei lá " VAREIA" , uma ora é "UM" , outra é "DOIS" , outra é "TRÊS> " é claro depende das circustâncias !

    A melhor coisa é da corda para um Trinitário , pois ele se enforca com a própria ! Mas, vamos ao que interessa ;

    As Obras Trinitárias na maioria dos casos anda na contramão da própria crença trinitária, ou seja daquilo que eles apregoa ! Portanto, citá-las , mostra como essa crença , é uma crença pagã, diabólica , e sem nenhuma lógica racional , criada em um concílio presidido por um pagão " , AH! como Satanás gosta desta crença , pois serve aos interesses dele !

    Usando Gênesis 1;2; Jó 33;4 e o Salmo 33;6; como sua base, Swete escreve sobre o Espírito no Antigo Testamento;

    " O Espírito de Deus é o poder vital que pertence ao Ser Divino, e é visto em operação no mundo e nos homens . É a Energia Divina que é a origem de toda vida criada , especialmente da existência humana e as faculdades da natureza humana . " Swete , The Holy Spirity in the New Testament ( O Espírito Santo no Novo Testamento , 1909 , página 2).

    " Existe base para recomendar " um poderoso vento ". ( NEB, Speiser , Von Rad); nas relativamente poucas passagens onde Deus é usado como um superlativo, o contexto normalmente torna isso claro , o sentido é perfeitamente transmitido por " O PODER DE DEUS", (GNB)- A Bible Commentary for Today , General Editor G. C.D. Howley (1973), página , 135.

    O Mais Interessante é que em Gênesis 8;1; a mesma construção é encontrada , a saber, o Espírito de Deus enviado sobre as águas , estando o planeta num abismo aquoso, e este espírito (vento) estando ali da parte de Deus para fazer recuar as águas e aparecer terra seca.

    " Deus não esqueceu Noé e os animais que estavam com ele no barco . Ventos (espírito = rúahh) mandados por Ele sopraram sobre a terra , e com isso ; foi baixando o nível das águas . "( Gênesis 8;1; Bíblia Viva ) Nós observamos aqui algo similar ocorrido em Gênesis 1;2; O Mesmo Efeito. "

    Todos estes textos citados referem-se a Deus que, por meio de seu poder,exerce força a fim de levar a terra de um estado a outro, do caos a ordem . Não se refere a outra pessoa , mas ao próprio Pai atuando mediante ações investidos de poder . "

    Observe, que se diz que o " espírito de Deus , movia-se sobre a superficie das águas . Note que uma coisa difere " RADICALMENTE" da outra.

    Seria como dizer ; "OS OLHOS DE JONAS PERCORRE TODO O TERRITORIO A FRENTE". " - Os Olho DE, não significam "O", embora seja algo pertencente a Jonas , não pode ser classificado ou compreendido como alguém associado a Jonas. "

    Por exemplo Miqueías 3;8; " Diz , que o " Profeta ficou " CHEIO DE PODER , COM O ESPÍRITO DE JEOVÁ. "

    O Espírito de Jeová é o " OBJETO" direto do verbo " Ficar Cheio". Portanto, o espírito é definido como " AQUILO" (algo, e não um ser pessoal) que " ENCHEU" o profeta. "

    Aqui acaba , a mentira da terceira pessoa da trindade, a saber o espírito santo . "

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As Obras Trinitárias na maioria dos casos anda na contramão da própria crença trinitária, ou seja daquilo que eles apregoa ! Portanto, citá-las , mostra como essa crença , é uma crença pagã, diabólica , e sem nenhuma lógica racional , criada em um concílio presidido por um pagão " , AH! como Satanás gosta desta crença , pois serve aos interesses dele !





      Quante desinformação da história. Falam do que diseram ou que leram em seus próprios livros doutrinários.
      Deveriam pesquisar este assunto em fontes primárias para não falarem o que não é verdade.


      Complicado este tipo de estudante.


      Saudações



      Wilton

      Excluir
  104. Boa noite a todos!

    Rubens, eu ainda estou esperando a sua resposta para AQUELA PERGUNTA, que estarei lhe fazendo pela DÉCIMA NONA VEZ.

    Você se recusa a responder, porque sabe como vai ser o final da história?

    É isto?

    Se não, o que o está impedindo de responder a questão?

    Agora, se você tem uma boa resposta, gostaria de "ouvir" o que tem a dizer.



    Rubens, disse,

    O Sr. Paulo Cadi, acabou de " DESQUALIFICAR" todos os dicionários da Língua Portuguesa , ao continuar afirmando que o " AMOR" é uma pessoa , e não um sentimento !"É dessa forma que funciona a mente de um trinitário !


    RESPOSTA➡E você qualifica qualquer analfabeto funcional. Você nem está entendendo o que eu escrevo. Eu não afirmei em nenhum momento que o amor não é um sentimento, mas que esse sentimento de amor é a manifestação racional de uma pessoa. E que o amor é uma das mais elevadas manifestações da inteligência humana, e que não existe separado desta, como se fosse uma pedra, árvore, etc.

    ResponderExcluir
  105. Rubens, disse,

    Depois afirmou que " para os Trinitários Deus e Cristo não são o mesmo ser ", ou seja Deus e Jesus não são a mesma pessoa ! Ora , a Trindade é um "UM TRIO de três " , ou sei lá " VAREIA" , uma ora é "UM" , outra é "DOIS" , outra é "TRÊS> " é claro depende das circustâncias !

    A melhor coisa é da corda para um Trinitário , pois ele se enforca com a própria ! Mas, vamos ao que interessa ;

    As Obras Trinitárias na maioria dos casos anda na contramão da própria crença trinitária, ou seja daquilo que eles apregoa ! Portanto, citá-las , mostra como essa crença , é uma crença pagã, diabólica , e sem nenhuma lógica racional , criada em um concílio presidido por um pagão " , AH! como Satanás gosta desta crença , pois serve aos interesses dele !


    RESPOSTA➡ EU não afirmei que o Pai e o Filho não são o mesmo Ser. Eu disse que eles não são a mesma pessoa. Eu só estava corrigindo a sua compreensão errada sobre a doutrina trinitariana.


    Além do mais, a doutrina da Trindade não foi criada em nenhum concílio, nem Constantino opinou ou decidiu alguma coisa nos temas que foram abordados. O concílio de Nicéia tratou da natureza do logos, Cristo, em defesa contra as heresias emergentes, e não da invenção da Trindade.

    Eu quero que você cite de fontes PRIMÁRIAS , e prove que a doutrina da Trindade foi criada em algum concílio.


    "A doutrina cristã da Trindade (em latim: Trinitas, lit. 'tríade', do latim: trinus) sustenta que Deus é um Deus, mas três pessoas consubstanciais coeternas ou hypostases. O Pai, o Filho (Jesus Cristo) e o Espírito Santo - como "um só Deus em três Pessoas Divinas". As três Pessoas são distintas, mas são uma "substância, essência ou natureza" (homoousios)."

    Quando ao que disse, " A melhor coisa é da corda para um Trinitário , pois ele se enforca com a própria !"

    Dá prá ver quem é que está se enforcando com a corda do trinitário!

    Será que haverá alguma "Testemunha" para ver o suicídio?

    Você se recusou, claramente, até agora, responder uma simples pergunta ⬇

    Em qual dos 2 maiores mandamentos da Lei Jesus se encontra?

    Olha aí a cara das Testemunhas e dos Unitarianos quando questionados com esta pergunta ➡😨

    ResponderExcluir
  106. Rubens, fazendo citação de obras TRINITARIANAS que copiou do Tradução do Novo Mundo Defendida⬇

    Usando Gênesis 1;2; Jó 33;4 e o Salmo 33;6; como sua base, Swete escreve sobre o Espírito no Antigo Testamento;

    " O Espírito de Deus é o poder vital que pertence ao Ser Divino, e é visto em operação no mundo e nos homens . É a Energia Divina que é a origem de toda vida criada , especialmente da existência humana e as faculdades da natureza humana . " Swete , The Holy Spirity in the New Testament ( O Espírito Santo no Novo Testamento , 1909 , página 2).


    RESPOSTA ➡Esses caras não tomam jeito! Tiveram a safadeza de extrair uma frase de um parágrafo do prefácio do livro, do autor trinitariano, [Henry Barclay Swete, erudito bíblico inglês, Regios Professor of Divinity, Cambridge], frase que está dentro de um contexto, o assunto que ele está apresentando, e que norteará o conteúdo do livro, com a intenção suja de fazer o autor concordar com a heresia da seita que nega a personalidade do Espírito Santo!

    No início do prefácio, o autor, Barclay, inicia,

    "Este livro não é uma tentativa de demonstrar a verdade da doutrina católica do Espírito Santo por um
    apelar ao Novo Testamento, nem professar uma contribuição formal ao estudo da teologia do Novo Testamento.
    Sua finalidade é, antes, ajudar o leitor no esforço para perceber a posição dos primeiros professores e escritores cristãos, quando falam do Espírito Santo em conexão com a história de seus tempos ou com suas próprias experiências da vida espiritual."

    Eu poderia citar dezenas de afirmações encontradas no livro, que manifestadamente confessam a fé e crença do autor na personalidade do Espírito Santo, mas, por brevidade, vou citar um trecho colhido entre as páginas 307/308 ⬇

    "Isso é mera personificação?
    Devido ao hábito de considerar o Espírito como a energia
    do Deus vivo?
    a unção que unge, o fogo que podemos anexar qualquer
    significado a mais em vista da classe ainda maior de passagens onde o Espírito é tratado como a respiração que enche,
    que ilumina e aquece, a água que é derramada, o
    dom no qual todos os crentes participam? Ou estas representações impessoais devem ser explicadas como
    pertencendo apenas à manifestação temporal de um Espírito Eterno, que em seus dons e trabalho é como respiração ou unção, fogo ou água, mas em sua essência é um centro de vida pessoal consciente?"

    "Que a última é a verdadeira interpretação dos fatos, parece seguir do contexto maior do quarto evangelho, onde o Espírito é representado como o outro Paracletos. Pode ser possível exagerar a força do masculino "Paracletos", e o pronome correspondente masculino, "ekeinos", assim como é possível dar demasiada importância ao gênero neutro de "pneuma", ou do gênero feminino de "ruach."
    Mas não pode ser duvidado que, através de todo o discurso, o papel de um advogado pessoal é atribuído ao Espírito."

    "Ele é enviado por Cristo, da parte do Pai, e quando ele vier, ele guiará os crentes, como Cristo os guiou, até então, ensinará como Cristo ensinou, tomará daquilo que é de Cristo, e declarar-lhes-á, convencerá o mundo daquilo que o ministério de Cristo deixou a fazer."

    "Que este advogado será invisível e puramente espiritual não depõe contra a sua personalidade."



    ResponderExcluir
  107. Continuação e finalização do texto acima


    "É naquilo que é mais espiritual em nós mesmos que encontramos evidência de nossa própria vida como pessoas."

    "Que ele cumpre todas as funções pessoais do Senhor para com a Igreja, que ele pertence, à categoria de Paracletos - Professor, Diretor, Protetor, Conselheiro. Isto o investe com todos os atributos essenciais daquilo que nós entendemos como personalidade." Trecho extraído das páginas 307-308.

    THE HOLY SPIRIT IN THE NEW TESTAMENT

    A STUDY OF PRIMITIVE CHRISTIAN TEACHING

    BY C HENRY BARCLAY SWETE, D.D., D.LiTT., F.B.A.

    EMERITUS PROFESSOR OF DIVINITY IN THE UNIVERSITY OF CAMBRIDGE, HON. CANON OF ELY, HON. CHAPLAIN TO THE KING"

    Henry Barclay Swete, erudito bíblico inglês, Regios Professor of Divinity, Cambridge.

    ResponderExcluir
  108. Sobre a doutrina da Trindade, Rubens, disse,

    AH! como Satanás gosta desta crença , pois serve aos interesses dele !


    RESPOSTA➡ É mesmo, eu acho que você tem razão! Poxa, não foram os Trinitários que defenderam a Igreja.

    Agora é que eu lembrei! Foram as Testemunhas de Jeová que defenderam o Cristianismo das heresias do⬇

    Adocionismo, Apolinarianismo, Modalismo, Arianismo, Colidianismo, Docetismo, Luciferianismo, Macedonianismo, Melquisedequianismo, Monarquianismo, etc, etc, etc...

    O Diabo estava plantando as sementes dessas heresias, e as Testemunhas de Jeová, lideradas pelo Corpo Desgovernado, que botaram o diabo prá correr! Parabéns, bom trabalho!


    Rubens, citando comentário da seita unitariana Cristadelfiana,

    Existe base para recomendar " um poderoso vento ". ( NEB, Speiser , Von Rad); nas relativamente poucas passagens onde Deus é usado como um superlativo, o contexto normalmente torna isso claro , o sentido é perfeitamente transmitido por " O PODER DE DEUS", (GNB)- A Bible Commentary for Today , General Editor G. C.D. Howley (1973), página , 135.


    RESPOSTA⬇ Faz poucos dias, eu fiz à gente dessa organização, a mesma pergunta que irei lhe fazer pela DÉCIMA NONA VEZ, e sabe qual foi o resultado? O mesmo que eu estou tendo aqui, precisando repetir a mesma pergunta pela DÉCIMA NONA VEZ!


    Agora, na idéia do Corpo Desgovernado, os ungidos não chegaram à conclusão de que o "espírito santo" é a força ativa de Jeová, somente pela leitura de Gênesis 1:2.

    Eles tiveram que fazer uma pesquisa, um estudo para chegar à esse entendimento, mesmo que errado.

    Agora, para serem coerentes e verdadeiras, as Escrituras [inspiradas pelo Espírito Santo] teriam de apresentar o Espírito Santo, desde o início até o fim, SEMPRE como uma força impessoal, como o raio, por exemplo, e nunca, jamais, atribuir características pessoais do mais elevado quilate moral, se houvesse a intenção de comprovar a impessoalidade do Espírito Santo.

    Agora, Rubens, esse "vento" tem a capacidade de convencer o mundo, do pecado, da justiça, e do juízo?

    Poderia nos explicar isto?

    ResponderExcluir
  109. Rubens, disse,

    Observe, que se diz que o " espírito de Deus , movia-se sobre a superficie das águas . Note que uma coisa difere " RADICALMENTE" da outra.

    Seria como dizer ; "OS OLHOS DE JONAS PERCORRE TODO O TERRITORIO A FRENTE". " - Os Olho DE, não significam "O", embora seja algo pertencente a Jonas , não pode ser classificado ou compreendido como alguém associado a Jonas. "

    Por exemplo Miqueías 3;8; " Diz , que o " Profeta ficou " CHEIO DE PODER , COM O ESPÍRITO DE JEOVÁ. "

    O Espírito de Jeová é o " OBJETO" direto do verbo " Ficar Cheio". Portanto, o espírito é definido como " AQUILO" (algo, e não um ser pessoal) que " ENCHEU" o profeta. "

    Aqui acaba , a mentira da terceira pessoa da trindade, a saber o espírito santo ."



    RESPOSTA ➡ Você está escolhendo passagens isoladas, e deixou de fora, de propósito, aquelas inúmeras que atestam da personalidade do Espírito Santo.

    Essa interpretação a respeito do Espírito Santo" encher pessoas", como prova de que ele é apenas um poder, e não uma personalidade, não passa pelo filtro de João 14:23,

    Jesus respondeu, e disse-lhe: Se alguém me ama, guardará a minha palavra, e meu Pai o amará, e viremos para ele, E FAREMOS NELE MORADA. João 14:23.

    Tá aí. O Pai é o Filho não são personagens, porque eles vem encher uma pessoa!

    Como é que você explica essa passagem?

    Jesus disse que da parte do Pai, enviaria OUTRO consolador.

    Ele não poderia enviar o Pai, e nem o Espírito do Pai, se o Espírito fosse a própria pessoa - personagem do Pai.

    O próprio batismo de Jesus mostra claramente que são pessoas distintas


    O Pai, não é o OUTRO consolador, porque em Efésios 4 diz,


    "Há um só corpo E UM SÓ ESPÍRITO, como também fostes chamados em uma só esperança da vossa vocação;

    UM SÓ SENHOR, uma só fé, um só batismo;

    UM SÓ DEUS E PAI de todos, o qual é sobre todos, e por todos e em todos vós." Efésios 4:4-6

    Essa é uma explícita declaração trinitária, e cuidadosamente articulada.

    O Espírito Santo é o OUTRO consolador que o Pai envia.

    O Pai não está enviando a si mesmo, mas outro personagem da mesma natureza dEle, que dEle procede, é-lhe subordinado hierarquicamente e não quanto à natureza.

    Jesus disse que o Espírito receberia do que era dele, no-lo manifestaria.

    Como é que o Pai, o cabeça de Cristo, vai receber do que é dele, se tudo o que é de propriedade do Filho ele recebeu do Pai, não no tempo, mas na eternidade, por geração, não por favor ou criação.

    Como você explica isto?

    ResponderExcluir
  110. Rubens, disse,

    Seria como dizer ; "OS OLHOS DE JONAS PERCORRE TODO O TERRITORIO A FRENTE". " - Os Olho DE, não significam "O", embora seja algo pertencente a Jonas , não pode ser classificado ou compreendido como alguém associado a Jonas. "


    RESPOSTA ➡ Escrituras apresentam a respeito do Espírito Santo, que dentro do judaísmo é o próprio Espírito de Yahweh, portanto, Ser inteligente, não impessoal.


    No judaísmo o Espírito de Yahweh é o próprio Yahweh e, portanto, pessoal, pois carrega em si toda a glória e atributos de Yahweh, o que diferente em muito da doutrina do Corpo Desgovernado, que interpretam literalmente as passagens que falam do Espírito como um poder, uma unção, e figuradamente as passagens que mostram as características pessoais do Espírito, colhendo, desta forma, uma visão rasa e imperfeita daquele que procede das entranhas de Deus

    O exemplo que você deu, dos olhos de Jonas, não faz nenhum sentido, porque estamos falando de Espírito e Jonas não pode enviar o seu espírito, nem ungir com o seu espírito, nem por o seu espírito dentro de outros, nem convencer do pecado com seu espírito, etc.

    Estamos falando de Deus, Ser transcendente, portanto, essa sua comparação é inapropriada.


    Embora no Antigo Testamento a manifestação do Espírito de Yahweh como uma personalidade distinta não seja apresentada, pelo menos de forma clara, em várias passagens o Espírito fala, e fala não em prosopopeias e parábolas, mas realmente se expressa nos profetas.

    No contexto do Antigo Testamento o Espírito de Yahweh procede dele, mas atua de forma independente no sentido de individualidade. É assim que inúmeras passagens mostram a atuação do Espírito.


    Como analogia: Os espíritos de demônios falavam através de pessoas quando eles se deparavam com o Filho de Deus.

    Da mesma maneira, o Espírito, literalmente falava nos profetas. A mostra completa da distinção de pessoas é questão de tempo ou seja, o aparecimento do Espírito como o OUTRO consolador.


    As características pessoais do Espírito Santo apresentadas no Novo Testamento, não contradizem aquelas que o apresentam como uma unção no Antigo Testamento, mas se complementam, porque o Espírito não é unção ou poder, mas Deus mesmo, e assim nos dizem as Escrituras. O Espírito vem como unção e poder, mas não é unção e poder. Isto são atributos e produtos do fruto do Espírito mas não são o Espírito, ou seja, o Espírito produz a unção e o poder.

    Na verdade, a coisa toda é Deus se desvelando, manifestando os seus atributos, e o Espírito de Deus se tornando mais e mais presente, se personalizando de acordo com a necessidade do tempo presente.

    ResponderExcluir
  111. Agora, Rubens, É A DÉCIMA NONA VEZ que estou lhe perguntando,


    ɑ pɛʀguɳtɑ ⬇


    a тradυção do novo мυndo daѕ eѕcrιтυraѕ da Watchtower, ɗiz ɑรรiɱ ɛɱ ɱɑʀcѳร 12:28-34,

    "Um dos escribas, que havia se aproximado e ouvido a discussão, vendo que ele tinha lhes respondido bem, perguntou-lhe: “Qual mandamento é o primeiro* de todos?”+

    29 Jesus respondeu: “O primeiro é: ‘Ouve, ó Israel: Jeová,* nosso Deus, é um só Jeová.* 30 Ame a Jeová,* seu Deus, de todo o seu coração, de toda a sua alma,* de toda a sua mente e de toda a sua força.’+

    31 O segundo é: ‘Ame o seu próximo como a si mesmo.’+ Não há outro mandamento maior do que esses.” 32 O escriba lhe disse: “Instrutor, o senhor disse bem, em harmonia com a verdade: ‘Ele é um só, e não há outro além dele’;+

    33 e amá-lo de todo o coração, de todo o entendimento e de toda a força, e amar o próximo como a si mesmo vale muito mais do que todas as ofertas queimadas e sacrifícios.”+ 34 Com isso, Jesus, percebendo que ele tinha respondido de modo inteligente, disse-lhe: “Você não está longe do Reino de Deus.” Mas ninguém teve coragem de lhe fazer mais perguntas.+"

    A pergunta que eu estou a repetir pela déciмα qυαятα vєz e que, até o presente momento, não foi respondida Rubens Vasconcelos,

    Jesus Cristo, NÃO É O NOSSO PRÓXIMO.

    De acordo com as Testemunhas de Jeová, Jesus NÃO É JEOVÁ,


    Sendo assim, EM QUAL DOS 2 MAIORES MANDAMENTOS DA LEI, JESUS SE ENCONTRA?


    OBSERVAÇÃO: Lembre-se, de que NENHUM OUTRO DEUS , (de nenhuma outra espécie), pode ser adicionado ao primeiro mandamento, sob pena de quebrantamento da Lei por causa do pecado de idolatria.


    eѕтoυ eѕperando a ѕυa reѕpoѕтa.

    ResponderExcluir
  112. E os Devaneios Trinitários continuam !

    Eu poderia citar Dezenas de Obras Trinitárias que , de forma unanime, vai na contramão do ensino trinitário , a saber a pessoa do Espírito Santo ! Na realidade , são analfabeto funcionais !

    O Sr. Paulo Cadi , em seu comentário anterior disse que ; " Sou um defenssor da Coma Joanina , a saber 1 João 5;7 ; é pra rir ou pra chorar ??

    Todos os Eruditos e Tradutores da Palavra de Deus , a Saber a Bíblia , sabem que 1 João 5;7 ; a coma joanina , é um texto espúrio, uma adulteração da Escritura , para defender uma falsa Doutrina , mas o Sr. Paulo Cadi , acredita em " UMA DETURPAÇÃO DA ESCRITURA . "

    É só dá corda para um trinitário , e ele se enforca com a própria !

    O Trinitário afirma;

    "Mas se o Espírito Santo não fosse uma pessoa , como poderia falar, ensinar como se descreve na Bíblia ?Como algo impessoal ou uma força pode fazer isso ?

    A Testemunha de Jeová responde ;

    "Então algo impessoal não pode realizar isso que você disse ? Conte -me mais sobre a pessoa da água e sobre a pessoa do sangue que dão Testemunho e fazem acordo ?

    " Por que são três que dão Testemunho ; " o espírito , e a égua , e o sangue , e os três estão de acordo. " - 1 João 5;7-8;

    Jw . org - é melho rir dos trinitários do que chorar !' kkkkkkkkk!'

    ResponderExcluir
  113. E os Devaneios Trinitários continuam !

    Eu poderia citar Dezenas de Obras Trinitárias que , de forma unanime, vai na contramão do ensino trinitário , a saber a pessoa do Espírito Santo ! Na realidade , são analfabeto funcionais !

    O Sr. Paulo Cadi , em seu comentário anterior disse que ; " Sou um defenssor da Coma Joanina , a saber 1 João 5;7 ; é pra rir ou pra chorar ??

    Todos os Eruditos e Tradutores da Palavra de Deus , a Saber a Bíblia , sabem que 1 João 5;7 ; a coma joanina , é um texto espúrio, uma adulteração da Escritura , para defender uma falsa Doutrina , mas o Sr. Paulo Cadi , acredita em " UMA DETURPAÇÃO DA ESCRITURA . "

    É só dá corda para um trinitário , e ele se enforca com a própria !

    O Trinitário afirma;

    "Mas se o Espírito Santo não fosse uma pessoa , como poderia falar, ensinar como se descreve na Bíblia ?Como algo impessoal ou uma força pode fazer isso ?

    A Testemunha de Jeová responde ;

    "Então algo impessoal não pode realizar isso que você disse ? Conte -me mais sobre a pessoa da água e sobre a pessoa do sangue que dão Testemunho e fazem acordo ?

    " Por que são três que dão Testemunho ; " o espírito , e a égua , e o sangue , e os três estão de acordo. " - 1 João 5;7-8;

    Jw . org - é melho rir dos trinitários do que chorar !' kkkkkkkkk!'

    ResponderExcluir
  114. Os Trinitários São Analfabetos Funcionais ! Por favor, sigam a admoestação de Romanos 12;1;

    O Concílio de Calcedônia que se realizou em 08 de Outubro a 1 de Novembro de 451 em Calcedônia uma cidade da Bitínia , na Ásia Menor , frente a Constantinopla !'

    Aproveitando o Anivérsario desse concílio que fez " MILHÕES DE FANTOCHES" , mas precisamente em 22 de Outubro de 451 , dissertamos ;

    " Em vista dos diverssos entraves teólogicos pelo fato de Jesus ser Subordinado Ao Seu Deus , foi "INVENTADO" que Jesus Cristo e´uma pessoa divina com dupla natureza , uma humana e outra Onipotente ."

    Sim, Senhores, como haviam " DECIDIDO"! no Concílio de Nicéia no ano de 325 que Jesus é o Onipotente , tiveram que " IMPOR PARADOXOS" para sustentar o que fora inventado , propriamente classificado como " O MISTÉRIO" , quando levado ao minímo escrutinío. "

    Realmente existe um paradoxo , Jesus 100% Deus e 100% homem.
    Não há " ABSOLUTAMENTE NADA RACIONAL", em afirmar que " Duas Naturezas " OPOSTAS", uma humana que é sucétivel a pecar ( Mateus 4) , e uma natureza que não permite ser tentado a pecar ( Tiago 1;13 ) , componha a Natureza do Onipotente . "

    Tampouco existe Base Bíblica para tal Disparate ;

    " O Apóstolo João nos diz que o Verbo se fez Carne " - João 1;14;
    - Não que era parte carne e parte Deus .
    - Não que fora meramente revestido de carne.
    -Mas " QUE SE TORNOU HUMANO>

    O Apóstolo Paulo Testifica da mesma forma , que " Deus enviou o seu Filho , nascido de mulher , nascido sob a lei. " - Galátas 4;4;

    SE JESUS FOSSE O DEUS HOMEM , QUEM ESTARIA DEBAIXO DA LEI?
    A PESSOA DE JESUS OU UMA NATUREZA?

    Uma natureza não é outra personalidade intriseca ao ser , ISSO SERIA DUAS PESSOAS!

    Não conseguem raciocinar os Trinitários !"

    ResponderExcluir
  115. Por exemplo, As Escrituras nos dizem que o Logos " FOI FEITO " um pouco menor que os anjos " - Hebreus 2;7-9

    " Se Jesus tivesse sido Onipotente e Humano , não se poderia dizer dele como " tendo sido feito menor que os anjos . "

    Um ser com Duas Naturezas , humana -divina intrisecas , seria maior ou menor que os anjos ?

    SE JESUS , tivesse sido tanto Deus como Homem ao mesmo tempo , seria necessário orar a Deus pedindo ajuda, como o fez repetidas vezes ?

    " Ele Orava Assim;
    " - Pai Meu , tu podes fazer todas as coisas ! Afasta de mim , este cálice de sofrimeto. Porém, que não seja feito o que eu quero, mas o que tu queres . " - Marcos 14 ;36 - NTLH

    " Durante a sua vida aqui na Terra , Cristo, em voz alta e com lágrimas , fez orações e súplicas a Deus, que o " PODIA SALVAR DA MORTE". E as suas orações foram atendidas porque ele era dedicado a Deus . " - Hebreus 5;7; - NTLH

    Realmente, raciocinar , não é uma virtude de Trinitário !"

    ResponderExcluir
  116. SE JESUS, tivesse sido ao mesmo tempo tanto Deus como homem na terra , como poderia ser ele provado como as criaturas humanas são ?

    " .... temos um grande Sacerdote que foi tentado " DO MESMO MODO QUE NÓS" , mas não pecou. " - Hebreus 4;15 ; - NTLH

    " Somente por ser realmente humano é que podia experimentar o que os humanos experimentam . DEUS NÃO PODE SER TENTADO A PECAR. " - Tiago 1;13;

    E quem foi tentado foi a pessoa de Cristo e não uma natureza , ISSO SERIA DUAS PESSOAS".

    Raciocinem Trinitários !"

    ResponderExcluir
  117. SE JESUS , é Deus Homem , os Católicos Romanos estão certos em afirmar que Maria é a Mãe de Deus " , neste caso somos obrigados a perguntar;

    "QUEM FOI O PAI DE DEUS ?
    SE DEUS TEVE MÃE , QUEM FOI O PAI?
    " ACASO EXISTIRAM IRMÃOS DE DEUS ?

    Observamos , assim mais uma vez como o ensino da Trindade leva ao ridículo !"

    Raciocinem , trinitários ! - Romanos 12;1;

    ResponderExcluir
  118. " SE JESUS" fosse Deus e Homem , como então, algo microscópico como o óvulo no ventre de Maria poderia conter Deus , a fim de que ela se tornasse a Mãe do Onipotente ?

    " Mas , será que de fato , Deus poderia " HABITAR NA TERRA?" Eis que os céus e até o céu dos céus não te podem conter , muito menos este templo que eu edifiquei ? " - 1 Reis 8;27 ; NAA .

    Raciocinem Trinitários !'

    ResponderExcluir
  119. " SE JESUS" fosse realmente " TODO" o Ser de Deus e simultaneamente humano qual a necessidade de uma criatura vir a fortalecê-lo ?

    NOTE: " Que Jesus precisou que un Anjo Viesse lhe Ajudar ;

    " Então lhe apareceu um anjo do céu , que o confortava ." ( grego ; enischuo) - Lucas 22;43; - JFA .

    Significado ; enischuo
    G1765
    1) Aumentar a força , receber força.
    2) Tornar-se forte , fortalecer .

    Observou Senhores , na teologia de Nicéia , O ONIPOTENTE , recebe força do anjos !

    Esta é pra rir , ou pra chorar ?

    Raciocinem, Trinitários !"

    SE JESUS É DEUS HOMEM, teríamos que aceitar que Deus morreu. Houve um tempo em " QUE O COSMO FICOU SEM O ONIPOTENTE PRESENTE. "

    Mas , " DEUS NÃO MORRE. " - Habacuque 1;12;

    Só alguém , como um Analfabeto Funcional , é que acredita numa coisa dessas !"

    ResponderExcluir
  120. Ensinada Claramente a Subordinação do Filho na Bíblia.

    O que observamos é que aqueles Senhores fizeram uma " SALADA TEÓLOGICA" no desenvolvimento da Doutrina da Trindade, desde sua concepção em Nicéia .

    Nem uma filosofia Racional , nem a Bíblia suporta o que fora " INVENTADO" em Calcedônia.Longe das Escrituras ensinarem que Jesus Cristo seja um deidade co-igual , um Deus igual a Jeová , elas mostram continuamente que ele é inferior ao seu Pai e " RECEBE TODOS OS ATRIBUTOS DELE> "

    Jesus mesmo afirmou; "O Pai é maior do que eu . " - João 14;28;

    Após a sua ressureição , ele se referiu, a Jeová , não como igual, mas como o " SEU DEUS", dizendo a Maria ;

    "Vai ter com os meus irmãos , e dize-lhes ; "Subo para Meu Pai, Para Meu Deus e vosso Deus . " - João 20;17;
    1- Jeová é o pai e Deus de Jesus
    2-Jesus não é o Pai e o Deus de Jeová , Não Existe Igualdade.

    O Apóstolo Paulo não ensinou que Deus e Cristo fossem iguais , mas afirmou;
    "Para nós há um só Deus,O PAI, de quem são todas as coisas e para quem existimos , e um Só Senhor, Jesus Cristo, pelo qual são todas as coisas , e nós também por ele. " - 1 Corintios 8;5,6;

    " Pois tudo é de vocês , e vocês pertencem a Cristo, e Cristo pertence a Deus . " -1 Corintios 3;21-23.
    1- Os Cristãos pertence ao seu cabeça e mestre Jesus Cristo;
    2- Jesus Cristo " PERTENCE" a seu cabeça e Mestre , Jeová;

    " Cristo é o cabeça de todo homem, e o homem o cabeça da mulher ,e Deus o cabeça de Cristo. " - 1 Corintios 11;3;

    E não será um bando de Senhores reunidos num concílio qualquer que irá refutar a Bíblia !

    Pensem Trinitários !'

    ResponderExcluir
  121. A Relação Subordinada de Jesus continuará por toda a Eternidade;

    " Pois se lê; "Todas as coisas sujeitou debaixo dos seus pés . Mas, quando diz; Todas as coisas lhe estão sujeitas , " CLARO ESTÁ" que se excetua aquele que lhe sujeitou todas as coisas.E, quando todas as coisas lhe estiverem sujeitas , então também " O PRÓPRIO FILHO SE SUJEITARÁ aquele que todas as coisas lhe sujeitou , para que Deus seja tudo em todos. "! - 1 Corintios 15;27,28 ;. JFA

    Em vista do precedente , o que diz a Bíblia acerca da divindade de Cristo ??

    1 - Que houve um tempo em que Jesus não existia
    2-Que antes que ele nascesse de Maria ele tinha uma existência no céu, como gloriosa criatura espiritual, a Palavra, um ser divino e poderoso.
    3- Que ao vir a terra ele se tornou totalmente humano, não superior e nem inferior ao perfeito Adão no que diz respeito a sua natureza.
    4 - Que desde a sua ressurreição ele é um espírito poderoso , glorioso , divino, incorrutível e imortal; que em tempo algun foi igual ao seu Pai, mas lhe está sujeito para sempre.

    Eles tentaram refutar a Bíblia , mas não conseguiram ! Tentaram inventar sandíces , e depois colocaram a conta no " MISTÉRIO> "
    No entanto, o Deus de Jesus não é um " MISTÉRIO. " - João 4;22-24 ;

    Portanto, sua adoração deve ser lógica !

    Vamos voltar agora a " ANIQUILAÇÃO" da suposta terceira pessoa da Trindade , a saber , o Espírito Santo !"

    ResponderExcluir
  122. 1º Co 15:28. Toda a dificuldade se deriva da falta de entendimento acerca do que está implicito na própria doutrina da trindade. Porque, apesar de ensinar Igualdade De Natureza, não ensina igualdade de POSIÇÃO. De fato, a ideia inteira dessa doutrina, até onde concerne a atuação e aos ofícios dos três membros da trindade, é que existe aquela força suprema, Deus Pai, o qual opera por intermédio do Filho de Deus, o qual, por sua vez, opera por meio do Espírito Santo, o seu Alter Ego. Portanto, quanto a posição e a tarefa, certas distinções devem ser feitas, porque há realmente gradações quanto a estatura. Mas isso é um arranjo divino, que não se alicerça sobre qualquer inferioridade de seres, mas antes, numa lógica divina de posição.
    Na realidade, não há qualquer dificuldade envolvida nessa questão: Consideremos a “eterna identificação” do Filho para com os filhos de Deus. O Filho se identificou aos homens na humilde posição destes, mas continuará também a identificar-se com eles no estado eterno e glorificado. Essa própria identificação—na natureza e nos atributos (vê Col. 2:10)—situa o Filho em subordinação no que diz respeito ao Pai; mas essa subordinação, tal como no caso da encarnação, é voluntária e altruísta, e nunca imposta, porquanto se realiza devido ao amor eterno pelos homens, em prol de seu benefício. O Filho é divino, mas assume identificação com os homens, o que o põe em posição de subordinação para com o Pai.
    Acresça-se que o próprio conceito da Trindade supõe tal subordinação; pois se o Filho é igual ao Pai em sua natureza, ele assumiu, em seu papel de Filho, o lugar de administrador da vontade divina, o que importa numa posição subordinada. Isso se dá porque o Filho, nessa qualidade, se identificou eternamente com “os filhos”, havendo em tudo isso uma qualidade “redentora”, vinculada ao conceito inteiro da filiação—pois salvação é filiação (vê Rom. 8:29). A eleição é situada “Antes da Fundação do Mundo”, pelo que deve ter tido lugar dentro do relacionamento entre o Pai e o Filho, ou seja, no que concerne ao relacionamento que existe no seio da própria Trindade.
    Não há aqui qualquer sujeição exceto aquela que se baseia na noção da própria filiação de Cristo Jesus. O Filho obediente cumpre a vontade do Pai, age por sua ordem, mas faz tudo voluntariamente e com amor, e não por compulsão, por qualquer determinação contrária a sua vontade e natureza. Por conseguinte, quando o Filho cumpre a vontade do Pai, fá-lo de livre e espontânea vontade, porquanto a vontade divina em ambos—no Pai e no Filho—é uniforme.
    “O apóstolo aponta aqui para uma das coisas profundas da deidade, a saber, que o Filho, co-igual com o pai, é ele mesmo essencialmente Deus, até mesmo quando, no auge de sua glória, se sujeita, com tudo quanto lhe tem sido subjugado, ao Pai, preferindo, até mesmo em sua majestade, como Senhor de tudo, a ser dependente do Pai, totalmente e para sempre”. (Kling, in loc.).
    “...para que Deus seja tudo em todos...” Esse é o grande desígnio e o propósito da sujeição de todas as coisas a Cristo. Aquele que é a fonte de toda a vida, torna-se igualmente para todos o alvo e a perfeita concretização da existência inteira, de todos os seres. “Deus torna-se tudo para todos”, é uma das maneiras como podemos entender essa cláusula. Todos chegarão a reconhecer que todos os benefícios e a própria vida se deriva de Deus. “A imortalidade não seria digna de ser vivida sem Deus” é uma declaração veraz, porque é o Senhor quem dá a vida imortal sua própria substância e valor.

    ResponderExcluir
  123. Boa dia a todos!

    Unknown (desconhecido) que deve ser o Rubens, disse,

    Eu poderia citar Dezenas de Obras Trinitárias que , de forma unanime, vai na contramão do ensino trinitário , a saber a pessoa do Espírito Santo ! Na realidade , são analfabeto funcionais !

    O Sr. Paulo Cadi , em seu comentário anterior disse que ; " Sou um defenssor da Coma Joanina , a saber 1 João 5;7 ; é pra rir ou pra chorar ??

    Todos os Eruditos e Tradutores da Palavra de Deus , a Saber a Bíblia , sabem que 1 João 5;7 ; a coma joanina , é um texto espúrio, uma adulteração da Escritura , para defender uma falsa Doutrina , mas o Sr. Paulo Cadi , acredita em " UMA DETURPAÇÃO DA ESCRITURA . "


    RESPOSTA➡ Você poderia citar 1 milhão de obras trinitárias "que de forma unânime vão na contramão" de qualquer coisa que saia dos prédios da Watchtower. Só se algum autor trinitariano, no meio do caminho, despiroquear, endoidar de vez, e virar vassalo dos ungidos filhos do capiroto.

    Você poderia, pelo menos, citar o nome de algum erudito em grego que se tornou Testemunha de Jeová?

    Imagine, o Dr. Daniel Wallace, convertido as Testemunhas de Jeová, após fazer o estudo do tal livreco, saíndo com uma maletinha repleta desta rica literatura para o serviço de campo! 😲

    Eu sou, de fato, e de verdade, defensor da Cláusula Joanina, mas também não faço tempestade em cima disto.

    Existem excelentes trabalhos favoráveis a Cláusula Joanina, como o livro de C. H. Papas e muitos outros, bem documentados. Mas também uso traduções do texto crítico, (sem a inclusão de 1João 5:7), pelo fato de que a doutrina da Trindade não está fundamentada e restrita à essa passagem. Nós, não temos a necessidade de fazer acréscimos falsificados, e traduções deliberadamente errôneas, como é de costume dos líderes desse Culto jeovísta.

    Uma das principais artimanhas deles: Manufaturar uma Bíblia particular.

    Porque, ao dar de cara com o texto das traduções consagradas, mesmo das que têm como base o texto crítico, os "tradutores" da Watchtower não reconhecerão no conteúdo textual destas, as perversidades que eles engendraram.

    Você disse,

    mas o Sr. Paulo Cadi , acredita em " UMA DETURPAÇÃO DA ESCRITURA ."


    RESPOSTA ➡Tem certeza de que sou eu?!

    DR. J. R. MANTEY ( que é citado nas páginas 1158, 1159 da Tradução Interlinear do Reino da Sociedade Torre de Vigia): “Uma má tradução chocante, obsoleta e incorreta.” “Não é nem erudito nem razoável traduzir João 1.1, “A Palavra era [um] deus.”

    DR. BRUCE M. METZGER, da Universidade de Princeton (Professor de Língua e Literatura do Novo Testamento): “Uma tradução horripilante...” “errônea...”, “perniciosa...”, “repreensível...”. Se as Testemunhas de Jeová levam essa tradução a sério, elas são politeístas.”

    DR. SAMUEL J. MIKOLASKI, de Zurique, Suíça: “Esta construção anartra (usada sem o artigo) não significa o que o artigo indefinido “a” significa em inglês [e o artigo indefinido “um” em português]. Traduzir a frase ‘a Palavra era [um] deus’ é monstruoso.”

    DR. PAUL L. KAUFFMAN, DE Portland, Oregan: “[os tradutores das] Testemunhas de Jeová evidenciam uma ignorância abismal dos princípios básicos da gramática do grego na sua tradução errônea de João 1.1”

    DR. CHARLES L. FEINBERG, de La Miranda, California: “Posso lhe assegurar que a versão que as Testemunhas de Jeová dão para João 1.1 não é sustentada por nenhum erudito em grego de boa reputação.”

    ResponderExcluir
  124. DR. JAMES L. BOYER, de Winona Lake, Indiana: “Nunca ouvi falar, nem li, sobre algum erudito em grego que concordasse com a interpretação desse versículo [João 1.1] conforme insistida pelas Testemunhas de Jeová... Nunca encontrei um deles (membro da Sociedade Torre de Vigia) que tivesse qualquer conhecimento da língua grega.”

    DR. WILLIAM BARCLAY, da Universidade de Glasgow, Escócia: “A distorção deliberada da verdade por essa seita é vista nas suas traduções do Novo Testamento. João 1.1 é traduzido: ‘a Palavra era [um] deus’. Uma tradução que é gramaticalmente impossível. É absolutamente claro que uma seita que pode traduzir o Novo Testamento assim é intelectualmente desonesta.

    DR. F.F. BRUCE, da Universidade de Manchester, Inglaterra: “Os gramáticos amadores arianos fazem muito alarde da omissão do artigo definido com ‘Deus’ nas oração ‘e a Palavra era [um] deus’. Esse tipo de omissão é comum com nomes numa construção predicativa... ‘[um] deus’ seria totalmente indefensável.”

    (O falecido Dr. Barcley e o Dr. Bruce são geralmente considerados os principais eruditos em grego da Inglaterra. Ambos publicam traduções do Novo Testamento.)

    DR. ERNEST C. COLWELL, da Universidade de Chicago: “Um nominativo definido no predicado tem o artigo quando segue o verbo; não tem o artigo quando precede o verbo... essa declaração não pode ser considerada estranha no prólogo do evangelho que alcança seu clímax na confissão de Tomé: ‘Senhor meu e Deus meu!’- João 2.28.”

    DR. PHILIP B. HARNER, da Faculdade de Heidelberg: “O verbo precedendo um predicativo anartro provavelmente implica que o LOGOS era ‘[um] deus’ ou um ser divino de algum modo, pertencendo à categoria geral de THEOS, mas ainda um ser distinto de HO THEOS. Na forma que João realmente usa, a palavra THEOS é colocada no princípio para ênfase (assim excluindo a tradução ‘[um] deus’)”.

    DR. B. F. WESTCOTT (cujo texto do Novo Testamento Grego – mas não a parte em inglês – usada na Tradução Interlinear do Reino): “O predicado (Deus) encontra-se na posição inicial enfaticamente como em João 4.24. É necessariamente sem o artigo... Nenhuma idéia de inferioridade de natureza é sugerida por essa forma de expressão, que simplesmente afirma a verdadeira natureza da Palavra... Na terceira cláusula declara-se que “E o Verbo era Deus” e assim incluída na unidade da Deidade.”

    DR. J. JOHNSON, da Universidade do Estado de California, em Long Beach: “Não há justificativa para traduzir THEOS EN HO LOGOS como ‘a Palavra era [um] deus’. Não há paralelo sintático com At 28.6, onde há uma declaração em discurso indireto... e eu não sou nem cristão, nem trinitariano.”

    DR. J. J. GRIEBASCH (cujo texto do Novo Testamento Grego – mas não a parte em inglês – é usado na publicação da Sociedade Torre de Vigia, The Emphatic Diaglott): “Tão numerosos e claros são os argumentos e testemunhos das Escrituras em favor da verdadeira Deidade de Cristo, que dificilmente posso imaginar como, sob a admissão da autoridade Divina da escritura, e com referência às regras imparciais de interpretação, essa doutrina pode ser colocada em dúvida por algum homem. Especialmente a passagem de João 1.1-3 é tão clara e tão superior a toda objeção, que por nenhum esforço usado quer de comentaristas ou de críticos pode ser arrancada das mãos dos defensores da verdade.”


    ResponderExcluir
  125. Unknown disse,


    "Mas se o Espírito Santo não fosse uma pessoa , como poderia falar, ensinar como se descreve na Bíblia ?Como algo impessoal ou uma força pode fazer isso ?

    A Testemunha de Jeová responde ;

    "Então algo impessoal não pode realizar isso que você disse ? Conte -me mais sobre a pessoa da água e sobre a pessoa do sangue que dão Testemunho e fazem acordo ?

    " Por que são três que dão Testemunho ; " o espírito , e a égua , e o sangue , e os três estão de acordo. " - 1 João 5;7-8;

    Jw . org - é melho rir dos trinitários do que chorar !' kkkkkkkkk!'


    RESPOSTA ➡ A "égua“ deve dar um bom testemunho! Melhor do que o dos ungidos, não tenha dúvida! He He He!

    Aqui abaixo, está um trecho da revista Sentinela, 15 de Dezembro de 2008,

    Destaques das cartas de João e de Judas.

    A Sentinela Anunciando o Reino de Jeová - 2008

    5: 5-8 - Como a água, o sangue e o espírito testificaram que “Jesus é o Filho de Deus”? A água era testemunha porque quando Jesus foi batizado na água, o próprio Jeová expressou Sua aprovação a ele como Seu Filho. (Mateus 3:17) O sangue de Jesus, ou vida, dado como "um resgate correspondente para todos", também mostrou que Jesus é o Filho de Deus. (1 Tim. 2: 5, 6) E o espírito santo testificou que Jesus é o Filho de Deus quando desceu sobre ele em seu batismo, capacitando-o a “atravessar a terra fazendo o bem e curando todos os oprimidos pelo Diabo."—João 1: 29-34; Atos 10:38

    - Watch Tower Bible and Tract Society of Pennsylvania.

    A revista Sentinela, diz que o "espírito santo" de Jeová desceu do céu para dar testemunho, juntamente com a água e o sangue. Ou seja, o elemento celeste, o "espírito" que procede de Jeová, não é da mesma natureza do sangue humano de Jesus, e da água natural do batismo.

    Eu estou chamando a atenção para este fato, porque é exatamente aí que reside a argumentação jeovísta.

    Já que a água e o sangue são elementos impessoais, o espírito também é impessoal.

    Mas, pelo fato dos três estarem na mesma sentença, não se constitui uma prova da impessoalidade do Espírito, porque o Espírito é o testemunho de Deus a respeito de seu Filho.

    É o Espírito que valida e nomeia o testemunho da água e do sangue, porque o Espírito Santo é o testemunho de aprovação do Pai.

    Agora, EM NENHUMA PARTE DA BÍBLIA, você encontrará o sangue e a água, inspirando a composição das Escrituras, falando através dos profetas, glorificando o Filho, convencendo o mundo, do pecado, da justiça e do juízo vindouro, selando os crentes para a vida eterna, entristecendo-se pelos pecados dos Filhos de Deus, repartindo os dons de acordo com a sua vontade, etc, etc, etc..


    Para as Testemunhas de Jeová, em 1 Coríntios 13:14 onde aparecem juntos o Filho, o Pai, e o Espírito Santo, não é uma prova de que os três sejam iguais em natureza. Agora, aqui em 1 João 5:8, porque o Espírito está na mesma frase onde está a água e o sangue, eles querem isto seja uma prova da impessoalidade do Espírito!

    1 Timóteo 5:21 é outro exemplo,

    Conjuro-te diante de Deus, e do Senhor Jesus Cristo, e dos anjos eleitos, que sem prevenção guardes estas coisas, nada fazendo por parcialidade. 1Timóteo 5:21

    Porque Deus Pai e o Senhor Jesus estão na mesma frase que os anjos, não significa que ambos sejam anjos, ou vice-versa.


    ResponderExcluir
  126. Unknown disse,

    O Concílio de Calcedônia que se realizou em 08 de Outubro a 1 de Novembro de 451 em Calcedônia uma cidade da Bitínia , na Ásia Menor , frente a Constantinopla !'

    Aproveitando o Anivérsario desse concílio que fez " MILHÕES DE FANTOCHES" , mas precisamente em 22 de Outubro de 451 , dissertamos ;

    " Em vista dos diverssos entraves teólogicos pelo fato de Jesus ser Subordinado Ao Seu Deus , foi "INVENTADO" que Jesus Cristo e´uma pessoa divina com dupla natureza , uma humana e outra Onipotente ."

    Sim, Senhores, como haviam " DECIDIDO"! no Concílio de Nicéia no ano de 325 que Jesus é o Onipotente , tiveram que " IMPOR PARADOXOS" para sustentar o que fora inventado , propriamente classificado como " O MISTÉRIO" , quando levado ao minímo escrutinío. "


    RESPOSTA ➡ Essas afirmações que você fez estão ERRADAS. O Concílio de Nicéia, não tratou da doutrina da Trindade, mas da Divindade de Cristo, por causa das heresias que surgiam todo o tempo, a respeito da pessoa do Salvador. A Trindade era crida, mas não com a formulação teológica que foi o resultado da refutação as heresias com a afirmação das Escrituras.


    "Os partidários de Ário tinham a simpatia do imperador Constantino, pensavam que depois de expor seus motivos a assembleia concordaria. Mas quando Eusébio de Nicomédia tomou a palavra para dizer que Jesus Cristo nada mais era do que uma criatura, ainda que excelsa e eminente, e que não era de natureza divina, a imensa maioria dos participantes percebeu que essa doutrina atraiçoava a fé que tinham recebido dos Apóstolos. Os Padres Conciliares, para evitar as consequências de uma confusão tão grave, decidiram redigir, baseados no Credo batismal da Igreja de Cesaréia, um símbolo de fé que fosse o reflexo, de forma sintética e clara, da confissão genuína da fé recebida e admitida pelos cristãos desde as origens. Nele consta que Jesus Cristo é "da substância do Pai, Deus de Deus, Luz da Luz, Deus verdadeiro de Deus verdadeiro, gerado e não criado, homoousios tou Patrou (consubstancial ao Pai)". Todos os Padres Conciliares, menos os dois Bispos, no dia 19 de junho de 325, autenticaram esse Credo, que é o Símbolo de Niceno."

    . Em 451 EC realizou-se outro concílio, em Calcedônia, para definir o caráter das “naturezas” de Cristo.



    A crença na divindade de Cristo, existia bem antes do Concílio de Nicéia.

    O próprio Bart Ehrman afirmou em seu livro, Verdade e Ficção em o Código Da Vinci,

    “Constantino efetivamente convocou o Concílio de Nicéia, e uma das questões a serem tratadas era a divindade de Jesus. Mas não se tratava de um concílio reunido para decidir se Jesus era divino ou não (…) muito pelo contrário: todos os participantes do Concílio – e na realidade praticamente todos os cristãos em qualquer lugar – já estavam de acordo que Jesus era Divino, o Filho de Deus. A questão em debate consistia em saber como entender a divindade de Jesus à luz da circunstância de que também era humano. Além disso, como poderiam Jesus e Deus serem ambos Deus se havia um único Deus? Estas, sim, eram as questões discutidas em Nicéia, e não a de saber se Jesus era divino ou não."


    Didaquê (60-90 d.C.): “Quanto ao batismo, procedam assim: Depois de ditas todas essas coisas, batizem em água corrente, em nome do Pai e do Filho e do Espirito Santo. Se não tem água corrente, batize em outra água; se não puder batizar em água fria, faça-o em água quente. Na falta de uma ou outra, derrame três vezes água sobre a cabeça, em nome do Pai e do Filho e do Espirito Santo.” Didaquê 7.1-3

    Inácio de Antioquia (67-110 d.C.): “Sejam submissos ao bispo e também uns aos outros, assim como Jesus Cristo se submeteu, na carne, ao Pai, e os apóstolos se submeteram a Cristo, ao Pai e ao Espírito, a fim de que haja união, tanto física como espiritual.”

    Epístola aos Magnesianos 13.1-2. “Pois o nosso Deus, Jesus Cristo, foi, segundo o desígnio de Deus, concebido no ventre de Maria, da semente de Davi, mas pela ação do Espírito Santo.”

    ResponderExcluir
  127. Epístola aos Efésios 18.2. Carta de Barnabé (100-130 d.C.): “Ainda o seguinte, meus irmãos: se o Senhor [Jesus] suportou sofrer por nós, embora fosse o Senhor do mundo inteiro, a quem Deus disse desde a criação do mundo: ‘façamos o homem à nossa imagem e semelhança’, como pode ele suportar sofrer pela mão dos homens?”

    Carta de Barnabé 5.5. Justino Mártir (100-165 d.C.): “Depois os conduzimos a um lugar onde haja água e pelo mesmo banho da regeneração com que também nós fomos regenerados, eles são regenerados, pois então tomam na água o banho em nome de Deus, Pai soberano do universo, e de nosso Salvador Jesus Cristo e do Espírito Santo.”

    I Apologia 61.3. “Aprendemos que ele é o Filho do próprio Deus verdadeiro, e o colocamos em segundo lugar, assim como o Espirito profético, que pomos no terceiro. De fato, tacham-nos de loucos, dizendo que damos o segundo lugar a um homem crucificado, depois do Deus imutável, aquele que existe desde sempre e criou o universo. É que ignoram o mistério que existe nisso e, por isso, vos exortamos que presteis atenção quando o expomos.”

    I Apologia 13.1, 3-6.. “A ele (o Deus verdadeiro) e ao Filho, que dele veio e nos ensinou tudo isso ... e ao Espírito profético, nós cultuamos e adoramos, honrando-os com razão e verdade, e ensinando generosamente, a quem deseja sabê-lo a mesma coisa que aprendemos.”

    I Apologia 6.1-2. Taciano, o Sírio (120-180 d.C.): “Nós não estamos, ó gregos, bancando o tolo nem falando tolices quando dizemos que Deus nasceu na forma humana.”

    Discurso aos Gregos 21. Teófilo de Antioquia (120-186 d.C.): “Igualmente os três dias que precedem a criação dos luzeiros são símbolo da Trindade: de Deus, de seu Verbo e de sua Sabedoria.”

    Segundo Livro a Autólico 15. Irineu de Lyon (130-202 d.C.): “Com efeito, a Igreja espalhada pelo mundo inteiro até os confins da terra recebeu dos apóstolos e seus discípulos a fé em um só Deus, Pai onipotente, que fez o céu e a terra, o mar e tudo quanto nele existe; em um só Jesus Cristo, Filho de Deus, encarnado para nossa salvação; e no Espirito Santo que, pelos profetas, anunciou a economia de Deus."

    Contra as Heresias I.10.1. (...) Que antes que houvesse a criação o Verbo, isto é, o Filho, sempre estivesse com o Pai, demonstramo-lo amplamente; como também estava a Sabedoria, que outro não é senão o Espirito.”

    Contra as Heresias IV.20.3 “Desde sempre, de fato, ele [Deus Pai] tem junto de si o Verbo e a Sabedoria, o Filho e o Espírito. É por meio deles e neles que fez todas as coisas, soberanamente e com toda a liberdade, e é a eles que se dirige quando diz: ‘Façamos o homem à nossa imagem e semelhança”.

    Contra as Heresias IV.20.1. Atenágoras (133-190 d.C.): “Como não se admiraria alguém de ouvir chamar ateus os que admitem um Deus Pai, um Deus Filho e o Espírito Santo, ensinando que o seu poder é único e que sua distinção é apenas distinção de ordens?”

    Petição em Favor dos Cristãos 10. “Os cristãos reconhecem a Deus e a Seu Logos. Eles também reconhecem o tipo de unicidade que o Filho tem com o Pai e que tipo de comunhão o Pai tem com o Filho. Ademais, eles sabem o que é o Espírito e que a unidade é [formada] destes três: o Espírito, o Filho e o Pai.”

    Súplica pelos Cristãos XI “Nós reconhecemos um Deus, um Filho e um Espírito Santo, os quais são unidos na essência."

    Súplica pelos Cristãos XXIII Clemente de Alexandria (150-215 d.C.): “Só ele [Jesus] é ao mesmo tempo Deus e homem, e a fonte de todas as nossas boas coisas.” Exortação aos Gregos 1.7.1.

    Tertuliano (160-220 d.C.): “Nós cremos em um único Deus, contudo sujeito a esta dispensação, que é nossa palavra para designar economia, e que o único Deus tem um Filho, Sua Palavra, que procedeu dEle mesmo... e este Filho enviou então o Espírito Santo, o Paracleto, de acordo com Sua promessa, a partir do Pai (...) O mistério da economia, que distribui a unidade na Trindade, apresentando o Pai, Filho e Espirito como Três.”

    Adversus Praxean II “Somente Deus é sem pecado. O único homem é sem pecado é Cristo, pois Cristo é também Deus.”

    ResponderExcluir
  128. Sobre a Alma 41.3. Hipólito (170-235 d.C.): “Deus, subsistindo só, e não tendo nada contemporâneo com Ele, determinou criar o mundo. E concebendo o mundo em mente, e legislando e proferindo a palavra, Ele o fez; e de imediato ele apareceu, formado como tinha O agradado. Para nós, então, é simplesmente suficiente saber que nada tinha de coevo com Deus. Ao lado dele não havia nada; mas Ele, enquanto existindo só, contudo existia em pluralidade.”

    Contra Noeto 10-11 “A Terra é movida por estes três: o Pai, o Filho e o Espírito Santo.”

    Fragmentos de Comentários, 10 “Qualquer um que omitir um destes três, falha em glorificar a Deus de um modo perfeito. Pois é através desta triunidade que o Pai é glorificado.”

    Contra Noeto 14 Orígenes (185-254 d.C.): “Embora ele fosse Deus, assumiu a carne; e tendo se tornado homem, permaneceu como era: Deus”. Doutrinas Fundamentais 1.0.4

    ResponderExcluir
  129. Unknown disse,

    Em vista dos diverssos entraves teólogicos pelo fato de Jesus ser Subordinado Ao Seu Deus , foi "INVENTADO" que Jesus Cristo e´uma pessoa divina com dupla natureza , uma humana e outra Onipotente ."


    " O Apóstolo João nos diz que o Verbo se fez Carne " - João 1;14;
    - Não que era parte carne e parte Deus .
    - Não que fora meramente revestido de carne.
    -Mas " QUE SE TORNOU HUMANO>


    RESPOSTA ➡Não foi inventado coisa nenhuma. Jesus é o λογος que estabeleceu a sua tenda (corpo) entre os homens. Se ele houvesse se transformado em homem, João 1:14 não faria nenhum sentido, porque o texto grego diz com todas as letras que o λογος armou o seu tabernáculo entre nós, fazendo alusão ao tabernáculo no deserto, dentro do qual se manifesta a a glória de Deus.

    Quanto a subordinação do Filho ao Pai:

    Trindade Imanente é como Deus é, sua essência Eterna, Infinita, Onipotente, Onisciente e Trino. É Deus em relação consigo mesmo.

    Trindade Econômica é como Deus age e se revela para o ser humano. Ele não deixa de ser Eterno, Infinito, Onipotente, Onisciente e Trino, porém não com toda força destas evidências, mas de maneira sensível à compreensão humana (menos intensa) para administrar salvação.

    A Trindade Econômica é quando Deus se movimenta da eternidade, de si mesmo, em direção ao homem.


    Agora, hierarquicamente, o Pai, como a origem de todas as coisas, tem a preeminência.

    Unknown disse,

    Realmente existe um paradoxo , Jesus 100% Deus e 100% homem.
    Não há " ABSOLUTAMENTE NADA RACIONAL", em afirmar que " Duas Naturezas " OPOSTAS", uma humana que é sucétivel a pecar ( Mateus 4) , e uma natureza que não permite ser tentado a pecar ( Tiago 1;13 ) , componha a Natureza do Onipotente ."


    RESPOSTA ➡Não é Jesus 100% Deus e 100% homem, o que daria 200%.

    É, Jesus 100% Deus e homem, duas naturezas UNIDAS, não separadas, mas não misturadas ou confundidas uma com a outra.

    Não faz menção à duas naturezas OPOSTAS como você afirmou, mas de 2 naturezas DIFERENTES.

    Na verdade, em JESUS, elas são COMPLEMENTARES, ainda mais que, a natureza humana (espírito, alma e corpo) de Jesus era tão impecável quanto era a sua divindade. Quando as Escrituras afirmam que Deus não pode ser tentado, é no sentido dEle não poder ser induzido ao mal, a pecar, mas pode, sim, ser formalmente tentado como Satanás fez em Jó,

    "E disse o Senhor a Satanás: Observaste tu a meu servo Jó? Porque ninguém há na terra semelhante a ele, homem íntegro e reto, temente a Deus, e que se desvia do mal.
    Então respondeu Satanás ao Senhor, e disse: Porventura teme Jó a Deus debalde?
    Porventura tu não cercaste de sebe, a ele, e a sua casa, e a tudo quanto tem? A obra de suas mãos abençoaste e o seu gado se tem aumentado na terra.
    Mas estende a tua mão, e toca-lhe em tudo quanto tem, e verás se não blasfema contra ti na tua face." Jó 1:8-11.

    ResponderExcluir
  130. Unknown disse,

    O Apóstolo Paulo Testifica da mesma forma , que " Deus enviou o seu Filho , nascido de mulher , nascido sob a lei. " - Galátas 4;4;

    SE JESUS FOSSE O DEUS HOMEM , QUEM ESTARIA DEBAIXO DA LEI?
    A PESSOA DE JESUS OU UMA NATUREZA?

    Uma natureza não é outra personalidade intriseca ao ser , ISSO SERIA DUAS PESSOAS!

    Não conseguem raciocinar os Trinitários !"


    RESPOSTA ➡Não são duas personalidades numa pessoa. Isto seria esquizofrenia! São duas naturezas em uma personalidade. Jesus, nasceu sob a lei, para salvar aqueles que estavam sob a Lei, os judeus, em primeiro lugar, não nós, gentios, que nunca estivemos debaixo da Lei. Nós entramos depois. Mas ele era a manifestação da TORAH, ou a Torah em pessoa. Ele, foi a interpretação perfeita e viva da Lei, e não um doutor, um intérprete da Lei.

    O canal para salvar aqueles que estavam debaixo da Lei, pela lei do resgate, era se identificar completamente com o resgatado em prospectiva. Mas ao mesmo tempo o Messias era a encarnação da Torah.

    O problema, não está nas duas naturezas de Jesus, mas na visão míope que as Testemunhas de Jeová têm da pessoa de Jesus. Nessa seita, Jesus não é o centro.


    Unknown disse,

    Por exemplo, As Escrituras nos dizem que o Logos " FOI FEITO " um pouco menor que os anjos " - Hebreus 2;7-9

    " Se Jesus tivesse sido Onipotente e Humano , não se poderia dizer dele como " tendo sido feito menor que os anjos . "

    Um ser com Duas Naturezas , humana -divina intrisecas , seria maior ou menor que os anjos ?

    SE JESUS , tivesse sido tanto Deus como Homem ao mesmo tempo , seria necessário orar a Deus pedindo ajuda, como o fez repetidas vezes ?


    RESPOSTA ➡Jesus não possui duas naturezas intrínsecas, humana e divina. A natureza intrínseca de Jesus é a sua natureza divina. A humana ele assumiu pelo seu descenso, sua encarnação.

    A Divindade de Cristo coexistence com a sua humanidade, era a Causa, ou seja, da existência do homem Jesus, portanto, não era o elemento ativo de sua humanidade que elevava suas preces ao Pai.


    ResponderExcluir
  131. Unknown disse,

    SE JESUS , é Deus Homem , os Católicos Romanos estão certos em afirmar que Maria é a Mãe de Deus " , neste caso somos obrigados a perguntar;

    "QUEM FOI O PAI DE DEUS ?
    SE DEUS TEVE MÃE , QUEM FOI O PAI?
    " ACASO EXISTIRAM IRMÃOS DE DEUS ?

    Observamos , assim mais uma vez como o ensino da Trindade leva ao ridículo !"


    RESPOSTA ➡Bem, se for assim, para as Testemunhas de Jeová, Maria é a mãe do arcanjo Miguel, do deus manor de João 1:1, do deus menor de 1Coríntios 8:6, do deus menor de 1Timoteo 2:5, etc, etc, etc...

    Se você não compreendem a encarnação do Verbo, dá nisso aí!

    A Bíblia diz que Maria é a Mãe de Jesus, não de Deus.



    Unknown disse,


    " SE JESUS" fosse Deus e Homem , como então, algo microscópico como o óvulo no ventre de Maria poderia conter Deus , a fim de que ela se tornasse a Mãe do Onipotente ?

    " Mas , será que de fato , Deus poderia " HABITAR NA TERRA?" Eis que os céus e até o céu dos céus não te podem conter , muito menos este templo que eu edifiquei ? " - 1 Reis 8;27 ; NAA .


    RESPOSTA➡Porque você citou essa passagem? As Testemunhas não creem na onipresença de Deus.

    Além do mais, como a natureza de Deus não pode ser dividida, um pingo dela ou toda ela é a mesma coisa.

    Toda a água do oceano e uma gota contém as mesmas qualidades inerentes.



    Unknown disse,

    " SE JESUS" fosse realmente " TODO" o Ser de Deus e simultaneamente humano qual a necessidade de uma criatura vir a fortalecê-lo ?

    NOTE: " Que Jesus precisou que un Anjo Viesse lhe Ajudar ;

    " Então lhe apareceu um anjo do céu , que o confortava ." ( grego ; enischuo) - Lucas 22;43; - JFA .


    RESPOSTA ➡Você nunca leu em Gênesis 18 que Deus, em uma aparição teofânica para Abraão, comeu e descansou. Aquela teofânica, ainda que temporária, era um corpo real.

    O que dizer da encarnação, que é para sempre, a, ainda mais, antes da glorificação?

    A Divindade de Cristo era a Causa de sua existência como humano, é não o elemento ativo de sua atividade.

    ResponderExcluir
  132. Unknown disse,

    SE JESUS É DEUS HOMEM, teríamos que aceitar que Deus morreu. Houve um tempo em " QUE O COSMO FICOU SEM O ONIPOTENTE PRESENTE. "

    Mas , " DEUS NÃO MORRE. " - Habacuque 1;12;

    Só alguém , como um Analfabeto Funcional , é que acredita numa coisa dessas !"


    RESPOSTA ➡ Jesus disse,
    Eu sou o pão vivo que desceu do céu; se alguém comer deste pão, viverá para sempre; E O PÃO QUE EU DER É A MINHA CARNE, que eu darei pela vida do mundo. João 6:51.

    Ele não afirmou que daria a sua divindade, mas a sua humanidade. A personalidade dele não morreria, mas sofreria... Enquanto estava na cruz, Cristo sofreu pelos nossos pecados, em sua divindade e humanidade, porque a morte foi o resultado do sofrimento. Ao morrer, ele desce a região dos perdidos, porque morreu como um pecador, e pecador, ainda com a maldição sobre si mesmo, não iria ao céu.

    Porque também Cristo padeceu uma vez pelos pecados, o justo pelos injustos, para levar-nos a Deus; mortificado, na verdade, na carne, mas vivificado pelo Espírito;
    No qual também foi, e pregou aos espíritos em prisão. 1 Pedro 3:18,19


    Agora, as Testemunhas não acreditam na sobrevivência da consciência, daí, deduzem que Cristo foi aniquilado por Jeová, para ser transformado em espírito, não sei de onde, se Jeová não poderia aproveitar a sua carne que ele entregou!!!


    Unknown disse,

    Ensinada Claramente a Subordinação do Filho na Bíblia.

    O que observamos é que aqueles Senhores fizeram uma " SALADA TEÓLOGICA" no desenvolvimento da Doutrina da Trindade, desde sua concepção em Nicéia .

    Nem uma filosofia Racional , nem a Bíblia suporta o que fora " INVENTADO" em Calcedônia.Longe das Escrituras ensinarem que Jesus Cristo seja um deidade co-igual , um Deus igual a Jeová , elas mostram continuamente que ele é inferior ao seu Pai e " RECEBE TODOS OS ATRIBUTOS DELE> "

    Jesus mesmo afirmou; "O Pai é maior do que eu . " - João 14;28;

    Após a sua ressureição , ele se referiu, a Jeová , não como igual, mas como o " SEU DEUS", dizendo a Maria ;

    "Vai ter com os meus irmãos , e dize-lhes ; "Subo para Meu Pai, Para Meu Deus e vosso Deus . " - João 20;17;
    1- Jeová é o pai e Deus de Jesus
    2-Jesus não é o Pai e o Deus de Jeová , Não Existe Igualdade.

    O Apóstolo Paulo não ensinou que Deus e Cristo fossem iguais , mas afirmou;
    "Para nós há um só Deus,O PAI, de quem são todas as coisas e para quem existimos , e um Só Senhor, Jesus Cristo, pelo qual são todas as coisas , e nós também por ele. " - 1 Corintios 8;5,6;

    " Pois tudo é de vocês , e vocês pertencem a Cristo, e Cristo pertence a Deus . " -1 Corintios 3;21-23.
    1- Os Cristãos pertence ao seu cabeça e mestre Jesus Cristo;
    2- Jesus Cristo " PERTENCE" a seu cabeça e Mestre , Jeová;

    " Cristo é o cabeça de todo homem, e o homem o cabeça da mulher ,e Deus o cabeça de Cristo. " - 1 Corintios 11;3;


    RESPOSTA➡ Eu lhe pergunto: Jesus se encontra no mais importante mandamento da Lei,

    Aproximou-se dele um dos escribas que os tinha ouvido disputar, e sabendo que lhes tinha respondido bem, perguntou-lhe: Qual é o primeiro de todos os mandamentos?
    E Jesus respondeu-lhe: O primeiro de todos os mandamentos é: Ouve, Israel, o Senhor nosso Deus é o único Senhor.
    Amarás, pois, ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu entendimento, e de todas as tuas forças; este é o primeiro mandamento. Marcos 12:28-30

    Se Jesus se encontra dentro do mais importante mandamento da Lei, tudo aquilo que pertence ao Pai, igualmente pertence ao Filho, desde toda a eternidade, porque no mais importante mandamento da Lei, não há espaço para criatura.

    Se você afirma que Jesus é uma criatura, então o máximo que lhe resta é amar a Jesus como a si mesmo.

    Está certo isto?

    Então, como é que Jeová quebra o seu próprio mandamento e manda honrar o Filho como ele mesmo?

    ResponderExcluir

  133. Percebe a cilada, desta doutrina unitariana, que possui somente um verniz de verdade, uma aparência, uma contrafação?

    Pois, assim como o Pai ressuscita os mortos, e os vivifica, assim também o Filho vivifica aqueles que quer.
    E também o Pai a ninguém julga, mas deu ao Filho todo o juízo;
    Para que todos honrem o Filho, COMO HONRAM O PAI. Quem não honra o Filho, não honra o Pai que o enviou.
    -João 5:21-23

    Esta declaração acima, explicitamente está relacionada ao mandamento mais importante da lei.

    E as declarações do Senhor, de afirmar que o Pai é maior do que ele, que ele é seu Deus e Pai, ou como em 1Coríntios 15, de que o Filho se sujeitará e entregará o reino a Deus, o Pai, que Deus é o cabeça de, Cristo, devem ser entendidas como ocorrendo no centro, no interior da divindade, e não fora da divindade, o que seria verdade no caso dos homens, das criaturas, porque Cristo não é Filho por adoção, e nem por criação, como Adão, mas é gerado de Deus, o Verbo divino.

    A Divindade do Verbo, não pode ter sido gerada no ventre de Maria, e nem o Logos ser uma criatura, porque ele é a Palavra por natureza, antes da criação vir à existência. Ele não é o Verbo por título, porque existia como a Palavra desde as eras eternas... No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era? Se for um deus, uma criatura, ele não pode receber a mesma honra que o Pai recebe, o que seria introduzir uma criatura no mandamento mais importante da lei.


    Ele entregará o reino ao Pai, não para desaparecer, mas para inaugurar a eternidade, na qual será aquele que refletirá a glória de Deus para os remidos.


    Unknown disse,

    A Relação Subordinada de Jesus continuará por toda a Eternidade;

    " Pois se lê; "Todas as coisas sujeitou debaixo dos seus pés . Mas, quando diz; Todas as coisas lhe estão sujeitas , " CLARO ESTÁ" que se excetua aquele que lhe sujeitou todas as coisas.E, quando todas as coisas lhe estiverem sujeitas , então também " O PRÓPRIO FILHO SE SUJEITARÁ aquele que todas as coisas lhe sujeitou , para que Deus seja tudo em todos. "! - 1 Corintios 15;27,28 ;. JFA

    Em vista do precedente , o que diz a Bíblia acerca da divindade de Cristo ??

    1 - Que houve um tempo em que Jesus não existia
    2-Que antes que ele nascesse de Maria ele tinha uma existência no céu, como gloriosa criatura espiritual, a Palavra, um ser divino e poderoso.
    3- Que ao vir a terra ele se tornou totalmente humano, não superior e nem inferior ao perfeito Adão no que diz respeito a sua natureza.
    4 - Que desde a sua ressurreição ele é um espírito poderoso , glorioso , divino, incorrutível e imortal; que em tempo algun foi igual ao seu Pai, mas lhe está sujeito para sempre.


    RESPOSTA➡O Apóstolo Paulo disse que, aprouve ao Pai que em Cristo habitasse toda a plenitude da divindade CORPORALMENTE, e isso, ocorreu pela encarnação, porque a Divindade de Deus é PESSOAL, Romanos 1:20, e não apenas um poder. Habita corporalmente! Está afirmação, por si só, já refuta o ensinamento Jeovísta de que Cristo foi retransformado em espírito, porque se assim for, Deus criou outro Deus igualzinho a ele, porque em Cristo habita TODA A PLENITUDE DA DIVINDADE

    Se a plenitude da Divindade habita em Cristo, desde a sua concepção, então no logos estava toda a plenitude, e por conseguinte toda a sujeição ocorre no SER de Deus, é um movimento interno de Deus, o que somente exalta o Senhor e não o diminui como costumam fazer as Testemunhas de Jeová.

    É uma sujeição real, mas divina em sua essência.

    ResponderExcluir
  134. ɑ pɛʀguɳtɑ ⬇


    a тradυção do novo мυndo daѕ eѕcrιтυraѕ da Watchtower, ɗiz ɑรรiɱ ɛɱ ɱɑʀcѳร 12:28-34,

    "Um dos escribas, que havia se aproximado e ouvido a discussão, vendo que ele tinha lhes respondido bem, perguntou-lhe: “Qual mandamento é o primeiro* de todos?”+

    29 Jesus respondeu: “O primeiro é: ‘Ouve, ó Israel: Jeová,* nosso Deus, é um só Jeová.* 30 Ame a Jeová,* seu Deus, de todo o seu coração, de toda a sua alma,* de toda a sua mente e de toda a sua força.’+

    31 O segundo é: ‘Ame o seu próximo como a si mesmo.’+ Não há outro mandamento maior do que esses.” 32 O escriba lhe disse: “Instrutor, o senhor disse bem, em harmonia com a verdade: ‘Ele é um só, e não há outro além dele’;+

    33 e amá-lo de todo o coração, de todo o entendimento e de toda a força, e amar o próximo como a si mesmo vale muito mais do que todas as ofertas queimadas e sacrifícios.”+ 34 Com isso, Jesus, percebendo que ele tinha respondido de modo inteligente, disse-lhe: “Você não está longe do Reino de Deus.” Mas ninguém teve coragem de lhe fazer mais perguntas.+"

    A pergunta que eu estou a repetir pela VISÉGIMA VЄZ, e que, até o presente momento, não foi respondida Rubens Vasconcelos,

    Jesus Cristo, NÃO É O NOSSO PRÓXIMO.

    De acordo com as Testemunhas de Jeová, Jesus NÃO É JEOVÁ,


    Sendo assim, EM QUAL DOS 2 MAIORES MANDAMENTOS DA LEI, JESUS SE ENCONTRA?


    OBSERVAÇÃO: Lembre-se, de que NENHUM OUTRO DEUS , (de nenhuma outra espécie), pode ser adicionado ao primeiro mandamento, sob pena de quebrantamento da Lei por causa do pecado de idolatria.


    eѕтoυ eѕperando a ѕυa reѕpoѕтa.

    ResponderExcluir
  135. O Sr. Paulo Cadi , explanou (porque refutar que é bom nada ) , um " BESTEIROL" sem limites , nunca pensando de alguém que se acha um "bom pesquisador da Bíblia ."

    João 1;1; é traduzido em mais de 126 traduções diferentes com a mesma linha gramatical da TNM ! São essas Traduções produzidas pelas Testemunhas de Jeová ?

    "CLARO QUE NÃO. " - Portanto, não tem nenhuma base para o que o Sr. Paulo Cadi explana !"
    Na realidade, parece que o Senhor Paulo Cadi , vive do passado , ele não consegue acompanhar as novas descobertas ! É isso o que se espera de alguém que acredita na deturpação de 1 João 5;7 ; (coma joanina ) . Se atualize Sr, Paulo Cadi , a roda não é mais quadrada!"

    Agora que tal uma "AULA" sobre João 1;1;??

    A Regra de Colwell declara que;

    "Um substantivo anartro (sem artigo), que esteja no caso Nominativo , que seja predicativo ( não sujeito na oração ), e que preceda o verbo não precisa de artigo para ser definido. O contexto é que determina se é definido ou não. "

    Essa regra inclui os seguintes elementos ;
    1- Substantivo anartro ( isto é , sem artigo)
    2- que esteja no Caso Nominativo
    3- que atue como predicativo na oração
    4- Que preceda o verbo
    5- Que seja definido

    Os quatros primeiro elementos podem ser determinados pela gramática . Mas o quinto elemento , ( que ele seja definido )só pode ser determinado pelo contexto.

    Para simplificação vamos chamar o predicativo nominativo anartro pré- verbal de PNAPV. A definição de um PNAPV ou a indefinição dele depende do CONTEXTO.

    Vejamos dois exemplos;

    João 1;49; Sy Basileús eî toû Israél ". - Tu Rei és do Israel
    Analise a Palavra Basileús , Rei , aplicada por Natanael a Jesus Cristo ;
    1- É um substantivo Anartro ( sem o artigo O)
    2- Está no caso Nominativo ;
    Veja como seria a declinação desse substantivo em outros casos ;
    Caso Genitivo (Basiléos , ; Atos 25;14;
    Caso Acusativo ; Basiléa, ; Mateus 1;6;
    Caso Vocativo ; Basileû - Mateus 27;29 ;
    Para você determinar o sujeito , você pergunta ao verbo ; " Quem ? Portanto, " Quem é Rei de Israel ? A resposta , em João 1;49, é ;"TU" (sujeito da oração )
    Para determinar o predicativo , você pergunta ao verbo ;" O quê? " Ou seja, " O que tu és ?" A resposta ; " Rei de Israel . "
    4- Precede o Verbo - Basileús eî - Rei és
    5 - É definido . - Neste exemplo , o contexto indica que tal PNAPV é definido.Ou seja, é óbvio que Natanael , não estava dizendo que Jesus era apenas "um" rei de Israel , mas sim "O" Rei de Israel, o prometido Messias.

    Vejamos outro exemplo de PNAPV;
    João 6;70; - Ex hymôn heîs diabolós estin = De Vós um diabo é.
    O Texto diz respeito as palavras de Jesus a respeito de Judas Iscariotes ; " Um de vós é Diabo .; " ( Almeida Atualizada) ( UM ", nesse texto é tradução de eîs, que é numeral )
    Analisemos a palavra Diabolós ;
    1- é um termo anartro (está sem o artigo 'O)
    2- Está no Caso Nominativo
    Veja como seria a declinação desse substantivo em outros casos ;
    Caso Genitivo; diabólou , 1 João 3;10
    Caso Dativo ; diabóloi , Mateus 25;41;
    Caso Acusativo ;diábolon , Hebreus 2;14;
    1- É um substantivo Anartro ( não possui o artigo 'O)
    3- Atua como predicativo na Oração ;
    A pergunta ; " Quem é diabo ? obtém a resposta ;" um de vós " (sujeito)
    A pergunta ; " O que um de vós é ? obtém a resposta ; " diabo " (predicativo)
    4- Precede o Verbo - diabolós estin = diabo é
    5- Mas não é Definido ;
    É evidente que Jesus não estava dizendo que "UM" dos seus apóstolos era o Diabo . Não estava dizendo que Judas era a criatura espiritual que se tornou conhecido como o Diabo. Estava dizendo que Judas era um diabo, ou seja, um caluniador, que é a tradução do tremo grego diabolós.

    Estes dois exemplos mostram que a definição ou indefinição de um PNAPV depende do contexto.Não pode ser determinado pela gramática.

    ResponderExcluir
  136. O que dizer então de João 1;1;??
    Aparte final do texto reza;
    " kai théos ên ho lógos . " = " E deus era a palavra".
    Analisemos a Palavra théos , deus .
    2- Está no Caso Nominativo
    Veja como seria a declinação desse substantivo em outros casos ;
    Caso Genitivo; Theoû, Hebreus 4;12;
    Caso Dativo; Theôi , Mateus 6;24;
    Caso Acusativo ; Théon , João 1;1;na primeira ocorrência
    Caso Vocativo; Theé , Mateus 27;46;
    3 - Atua como predicativo na oração
    A pergunta ; " Quem é Deus ? traz a resposta ; " a Palavra " (sujeito)
    A pergunta ; "O que a palavra é ? leva a resposta ; "deus" (predicativo)
    4 - Precede o Verbo ; theós ên = deus era
    5 - Mas não pode ser definido ;
    Vejamos a razão para estas conclusões ;
    1) Se o PNAPV théos , deus , fosse definido , o texto entraria em contradição. Pois, se o texto diz, na oração anterior , " a palavra estava com o Deus ", não poderia dizer em seguida " e a palavra era (o) Deus. "( Artigo Definido Subtendido). Uma pessoa que está com alguém não pode ser a mesma pessoa com quem ela está.
    2- A ausência do artigo no segundo uso de théos , neste caso, torna esse théos uma descrição , em contraste com o primeiro uso de theós , com artigo definido , que ressalta uma identificação ; " O DEUS".

    Para elucidar o ponto , vamos usar uma frase similar em português ;" João estava com o homem, e João era homem. "

    O Primeiro uso da Palavra Homem é precedido pelo artigo definido , dando a palavra "homem" uma identificação. Trata-se pois , de um homem específico , "O" homem. Já o segundo uso da palavra " homem", sem o artigo , é uam descrição da natureza de João . Significa que ele é "um" homem , um ser humano, que faz parte da humanidade , que tem natureza humana.
    3- No grego Coiné , quando tanto o sujeito como o predicado tem artigos, " ambos são definidos , considerados idênticos , iguais e intercambiavéis . " -A. T. Robertson
    O mesmo se pode dizer da Palavra ,.Ele estava com "O" Deus - o Deus Todo - Poderoso, o Criador. Mas a palavra era " deus " ( sem artigo). Ou seja , era divina , tinha natureza divina , era um deus . "

    Com relação ao uso de um artigo indefinido (um) nas línguas em que ele existe quando um PNAPV é indefinido, fica a critério da comissão de Tradução. Independentemente de , se usar um artigo indefinido (um), o contexto torna claro que tal PNAPV não é definido , e que traz a tona o atributo ou qualidade do sujeito, mas não identifica a sua pessoa.

    Exemplo Mateus 13;38;
    ho de agrós estin ho kósmos = O (mas) campo é o mundo
    Isto significa que o mundo também é o campo.

    ResponderExcluir
  137. Exemplo 1 João 1;5;
    Ho Theós fôs estin = O Deus luz é
    Nesse caso , o sujeito articular ( O Deus ) e o predicativo anartro (luz) não são intercambiáveis . Ou seja, Deus é luz, mas a luz não é Deus.

    Vejamos outro exemplo 1 João 4;16;
    Ho Theós agápe estin = O Deus amor é
    Novamente , o sujeito articular ( O Deus) e o predicativo anartro (amor) não são intercambiáveis . Deus é amor, mas o amor não é Deus.

    O mesmo ocorre em João 1;1;
    théos ên ho logos = deus era a palavra
    Coerente com a regra exposta acima , o sujeito articular (a palavra), e o predicativo anartro (deus) não são intercambiavéis. A palavra era deus, mas "O" Deus não era a palavra.

    Com relação ao uso de um artigo indefinido (UM), nas línguas em que ele existe , quando um PNAPV é indefinido , fica a critério da comissão de tradução. Independente de se usar um artigo indefinido (um), o contexto torna claro que tal PNAPV não é definido, e que traz a tona o atributo ou qualidade do sujeito, mas não identifica a sua pessoa.

    A Tradução qualitativa de João ;1; c , fazendo o texto rezar; "a Palavra era Divina", tem de ser entendida dentro do quadro de subordinação e inferioridade do Filho " EXPOSTO NO NOVO TESTAMENTO> "

    Portanto, ser a Palavra Divina , não implica co-igualdade, mas apenas ressaltaria sua natureza, do mesmo modo que ser alguém humano , não o torna co-igual a outro humano;apenas destaca a sua natureza.

    No entanto, a tradução indefinida preserva a palavra usada no texto - theós (deus); a palavra " divino" é theíos . Ademais, a tradução " um deus" destaca tanto a natureza como a individualidade da palavra , sendo, portanto, semanticamente mais abrangente.

    Assim a Tradução " Um Deus" é gramaticalmente correta , é textualmente preservativa, é contextualmente certa e Bíblicamente Exata .

    Portanto, vê se aprende alguma coisa Sr. Paulo Cadi !"

    ResponderExcluir
  138. O Sr. Paulo Cadi , em um comentário anterior afirmou que o espírito falou pelos profetas , como se o espírito fosse um ser pessoal . Eu não sei de onde este Senhor tira estas " explicações , pois da Bíblia não é !"

    Por exemplo ; Neemias 9;30 ; diz; "Por meio do teu espírito , usando os teus profetas. " - TNM

    "Por teu espírito , usando os teus profetas . " - Novo Mundo Com Referências .

    " Pelo teu Espírito , pelo ministérios dos teus profetas. " -ARC, ACF.

    " Pelo teu Espírito , por intermédio dos teus profetas. " -ARIB, ARA; veja também NTLH, NAA.

    " Mediante o teu espírito os advertistes por meio de teus profetas. " -NVI

    " Testificastes pelo teu espírito mediante os teus profetas. " - SBB, TB.

    " Pela inspiração de vosso espírito, que animava os vossos profetas. " - Ave Maria.

    A Ideia transmitida pelo texto em apreço é a de que Deus usou seu espírito santo - a energia que dele emana - para colocar a sua mensagem na mente de seus profetas , de modo que esses profetas transmitissem ao povo tal mensagem . A expressão " por teu espírito" ou " pelo teu espírito", tem a ideia de usando o teu espírito como instrumento - ou seja, " por meio" ou " por intermédio" do teu espírito.A Comparação de Hebreus 7;25; em várias traduções , mostram isso;

    " Os que por ele (Jesus Cristo) se aproximam de Deus . " - NAA , ARA, ARC, TB, ACF, ARIB.

    " Aqueles que , por meio dele " aproximam-se de Deus . " - NVI

    "AS pessoas que vão a Deus por meio dele. " -NTLH

    " Aqueles que se dirigem a Deus , por meio dele. " - Bíblia Pastoral

    Jeová, " por intermédio do seu espírito santo, colocou a sua mensagem na mente dos profetas.E, por intermédio, dos seus profetas , transmitiu tal mensagem ao seu povo;

    A Obra Estudo Perspicaz das Escrituras explicou;

    "Ao passo que alguns textos se referem ao " espírito", como " dando testemunho", " falando ou dizendo " coisas , outros textos tornam claro que ele falou " por meio de pessoas", sem ter voz pessoal própria. (Hebreus 3;7; Hebreus 10;15-17; salmo 95;7; Jeremias 31;33,34; Atos 19;2-6;Atos 21;4; Atos 28;25) De modo que " pode ser comparado " a ondas de rádio ", que podem transmitir uma mensagem de alguém falando ao microfone e fazer sua voz ser ouvida por outros a grande distância , na realidade, falando a mensagem por meio de um alto falante . Deus, por seu espírito , transmite suas mensagens e comunica sua vontade a mente e ao coração dos seus servos na terra, os quais, por sua vez, podem transmitir esta mensagem a mais outros. " - Volume 2, p. 34 , verbete " Espírito .

    Assim , por não ser uma pessoa , não tendo voz própria , o espírito santo sempre fala " por meio de pessoas", conforme a Bíblia ensina;

    " O espírito de Jeová , falou " por meio de mim. " - 2 Samuel 23;2;

    " Homens, irmãos , era necessário que se cumprissem o que os espírito santo, " por meio de Davi", disse profeticamente nas Escrituras a respeito de Judas , que se tornou guia dos que prenderam Jesus . " - Atos 1;16;

    " Assim como houve desacordo entre eles , começaram a ir embora , e Paulo fez este único comentário; " O espírito santo falou apropriadamente aos antepassados de vocês , por " meio de Isaías", o profeta. " - Atos 28;25;

    O Apóstolo Paulo afirmou , em Hebreus 3;7; que o espírito santo disse o que está registrado no Salmo 95.Se o espírito santo fosse uma pessoa espiritual , ele teria um Deus sobre si, pois está escrito no Salmo 95;7; "Pois ele (Jeová ) é o nosso Deus. " Essas não são palavras do Espírito Santo , e sim do Salmista Humano que escreveu o salmo 95 , fazendo isso sob influência da força que emana de Deus ( Seu Espírito). Jeová despertou com o seu espírito os reais sentimentos do coração sincero do Salmista , fazendo com que o salmista registrasse as palavras do salmo 95.

    ResponderExcluir
  139. Tanto em Neemias 9;30; como em outras passagens, muitos não percebem o uso do " Pronome Possessivo TEU".

    Segundo a Bíblia , o espírito santo emana de Jeová. Por isso, as Escrituras usam os pronomes possessivos " seu" , "teu" e "meu" referentes ao espírito santo, vejamos o que a Bíblia diz ;

    "Foste pacientes com Eles por muitos anos e continuas-tes a adverti-los por meio do "TEU" espírito, usando os teus profetas , mas eles não quiseram escutar. " - Neemias 9;30;

    " Não me expulses da tua presença ; e não tires de mim o "TEU" espírito santo. " - Salmo 51;11;

    " Se envias o " TEU" espírito são criados , e renovas a face da terra. " - Salmo 104;30;

    "Então, Jeová disse; "MEU" espírito não terá tolerancia com o homem indefinidamente , pois ele é apenas carne . portanto, seus dias somarão 120 anos . " - Gênesis 6;3;

    " Ai dos filhos obstinados , diz Jeová , que executam planos que não procedem de mim , que fazem alianças , mas não com orientação do " MEU" espírito , e assim acumulam pecado sobre pecado. " - Isaías 30;1;

    " Vejam ! O "meu servo a quem apoio ! Meu Escolhido a quem aprovo ! Pus nele o " MEU" espírito ; ele trará justiça as nações . " - Isaías 42;1;

    Portanto, personificação não prova personalidade! O espírito Santo é parte intríseca de Jeová , ou seja pertence a Jeová , a sua poderosa " força ativa ".

    ResponderExcluir
  140. Bom dia a todos!

    Rubens, disse,

    O Sr. Paulo Cadi , explanou (porque refutar que é bom nada ) , um " BESTEIROL" sem limites , nunca pensando de alguém que se acha um "bom pesquisador da Bíblia ."

    João 1;1; é traduzido em mais de 126 traduções diferentes com a mesma linha gramatical da TNM ! São essas Traduções produzidas pelas Testemunhas de Jeová ?

    "CLARO QUE NÃO. " - Portanto, não tem nenhuma base para o que o Sr. Paulo Cadi explana !"
    Na realidade, parece que o Senhor Paulo Cadi , vive do passado , ele não consegue acompanhar as novas descobertas ! É isso o que se espera de alguém que acredita na deturpação de 1 João 5;7 ; (coma joanina ) . Se atualize Sr, Paulo Cadi , a roda não é mais quadrada!"

    Agora que tal uma "AULA" sobre João 1;1;??



    RESPOSTA ➡ Se o meu texto é "besteirol", então o seu quociente de capacidade para refutar está abaixo do nível besteirol.

    Você não tem coragem de responder esta simples pergunta: Em qual dos 2 maiores mandamentos da Lei Jesus se encontra?

    Quanto mais as outras perguntas que eu lhe fiz.

    Agora, como lhe faltam argumentos, você quer desviar o debate para o assunto relacionado à "Comma Joanina"
    , que para mim não faz a menor diferença, se for definitivamente provado ser uma glosa, o que ainda não ocorreu, porque a doutrina da Trindade não encontra o seu fundamento nesta única passagem.

    Ao contrário da heresia jeovísta que prega a existência de 2 deuses, um maior, Jeová, e o outro, menor, Jesus, Cristo, precisando, para isso, produzir uma tradução particular da Bíblia, já que as versões seculares, acadêmicas e consagradas não lhes fornecem suporte para a promoção dessa aberração doutrinária.

    Além do mais, se a passagem de 1João 5:7 for um acréscimo, a traducão do Novo Mundo produzida à partir do texto crítico de Brooke Foss Westcott e Fenton John Anthony Hort é a campeã em deturpar o próprio texto crítico Westcott - Hort das Escrituras Gregas, acrescentando ao texto do NT, o nome "Jeová" por 237 vezes, sem mencionar outros acréscimos e deturpações os quais podem ser referidos oportunamente.

    Rubens, disse,

    Agora que tal uma "AULA" sobre João 1;1;??


    RESPOSTA ➡ Que aula?! Você tem é que aprender primeiro, e corretamente.

    O que eu estou vendo é a sua tentativa de desviar a atenção dos meus argumentos para uma discussão na tentativa de apoiar a Tradução Novo Mundo de Jo 1.1, (usando de exemplos amplamente refutados), sobre a inserção ou não do artigo indefinido. A Tradução do Novo Mundo, conta com apenas dois apoios reais, a “The New Testament In an Improved Version, Upon The Basic of Archbishop Newcome’s New Transtation: With a Corrected Text” e a “The Emphatic Dioglott”, versão interlinear, de Benjamin Wilson. Estas são as 2 traduções que serviram de base para a tradução Novo Mundo, portanto, na verdade, apenas 2 traduções, juntamente com as das T. J., defendem a ideia de Cristo ser uma divindade separada de Deus Pai . As outras versões, que traduzem a última cláusula de Jo 1.1 dizendo que Cristo era “divino” ou de “espécie divina”, não estão negando a Divindade de Jesus. Na verdade, estão asseverando que o λογος tinha a mesma natureza de Deus, (Hb 1.3), confirmando a doutrina da Triunidade, a qual afirma que o Filho é distinto do Pai, (o Verbo estava com Deus), mas idêntico em natureza (era divino).

    Em primeiro lugar, os "tradutores" da Tradução do Novo Mundo, cometeram uma flagrante contradição, quando traduziram João 1:1, assim, (eles nem se deram conta),

    "1 No princípio era a Palavra,+ e a Palavra estava com Deus,+ e a Palavra era UM deus .*" (ênfases minhas).

    Agora, em Filipenses 2:5-6, eles contrariaram a tradução que fizeram aqui acima de João 1:1, e traduziram desta forma,

    "5 Mantenham a mesma atitude que Cristo Jesus teve:+ 6 embora ele existisse EM FORMA DE DEUS, + não pensou numa usurpação, isto é, em ser IGUAL A DEUS.


    ResponderExcluir
  141. Agora, em Filipenses 2:6, interlinear, assim reza,

    ὁς⬅que εν⬅em μορφη⬅ forma de θεου⬅Deus ὑπαρχων⬅existindo ουχ⬅não ἁρπαγμον⬅usurpação ἡγησατο⬅considerou το⬅ ειναιser ισα⬅igual a θεω⬅Deus.

    Na primeira cláusula, onde diz,

    ὁς⬅que εν⬅em μορφη⬅ forma de θεου⬅Deus ὑπαρχων⬅existindo,

    a palavra, θεου Deus, não é precedida do artigo definido ὁ, e mesmo assim, os tradutores da Tradução do Novo Mundo, verteram a primeira cláusula, desta forma,

    "5 Mantenham a mesma atitude que Cristo Jesus teve:+ 6 embora ele existisse EM FORMA DE DEUS, +", [traduziram não "deus", como era de se esperar, mas "Deus"] incorrendo numa grande contradição, com certeza não perceberam, com a tradução que fizeram de João 1:1, "e a Palavra era "UM deus."



    Agora, Rubens, pode responder essa?

    Se Jesus era "um deus" em João 1:1 como o mesmo Jesus poderia existir em forma de Deus em Filipenses 2:5-6?

    Os "exemplos" que você citou não servem como prova da NECESSIDADE do uso do artigo indefinido em João 1:1, o que, se fosse o caso, para ser fiel ao contexto, deveria traduzir os versos subsequentes em que falta o artigo antes da palavra Deus no texto grego , da mesma forma.

    εν⬅No αρχη⬅princípio ην⬅era ὁ⬅o λογος⬅Verbo και⬅e ὁ⬅o λογος⬅Verbo ην⬅estava προς⬅com τον⬅o θεον⬅Deus καιe, θεος⬅Deus ην⬅era ὁ⬅o λογος⬅Verbo. João 1:1.


    Porque, na terceira cláusula, "θεος⬅Deus ην⬅era ὁ⬅o λογος⬅Verbo", a palavra "θεος"➡Deus, não leva o artigo definido, e a Palavra λογος➡ Verbo, no final, é precedida do artigo definido "ὁ"?

    Porque, neste caso, a palavra θεος➡Deus, atua como predicado e não como substantivo.

    O Apóstolo João inverteu a posição do sujeito e do predicativo ao escrever Jo 1.1, com essa inversão, ele criou uma ênfase no predicativo, que em vez de negar a divindade de Cristo, a afirmou notavelmente.

    Mostra-se claramente, porque João omitiu o artigo grego no segundo θεος theós Deus, de Jo 1.1, que era para indicar a função predicativo de θεος na terceira cláusula.

    A tradução herética do Novo Mundo, rasga a frase, "e o Verbo era Deus", do contexto imediatamente anterior, deixando-a sozinha e inútil. Pode aquele que é eterno (primeira cláusula) e que sempre esteve com Deus (segunda cláusula), e que criou todas as coisas (verso 3) ser “um deus?” Só porque um substantivo não é precedido pelo artigo não justifica automaticamente a inserção do artigo indefinido "um" Esta é uma simplificação grosseira dos fatos, uma prática infelizmente comum entre aqueles que não são devidamente treinados na língua grega.



    ResponderExcluir
  142. Rubens, disse, citando a regra de Colwell,

    "A Regra de Colwell declara que;

    "Um substantivo anartro (sem artigo), que esteja no caso Nominativo , que seja predicativo ( não sujeito na oração ), e que preceda o verbo não precisa de artigo para ser definido. O contexto é que determina se é definido ou não. "

    Essa regra inclui os seguintes elementos ;
    1- Substantivo anartro ( isto é , sem artigo)
    2- que esteja no Caso Nominativo
    3- que atue como predicativo na oração
    4- Que preceda o verbo
    5- Que seja definido

    Os quatros primeiro elementos podem ser determinados pela gramática . Mas o quinto elemento , ( que ele seja definido )só pode ser determinado pelo contexto."



    RESPOSTA ➡Sobre esta regra Russell Champlin disse,

    Russell Champlin: “Se fosse acrescentado o artigo indefinido em cada vez que este não aparecesse antes de um substantivo, a tradução transformar-se-ia num caos. Por exemplo, o v.14 desse capítulo 1 do Evangelho de João diria: ‘e o Verbo se tornou UMA carne...’, o versículo 18 desse mesmo capítulo seria: ‘Ninguém jamais viu UM Deus’, notemos que, nesse caso, é uma referência bem definida a Deus-Pai, o que nos forçaria a chamar o Pai de ‘um Deus’. Por sua vez, o versículo 6, outra clara referência a Deus-Pai, diria: ‘um homem enviado de UM Deus’. Daí podemos perceber a situação que a coisa ia ficar, e observe que tais considerações não saíram do capítulo 1 do Evangelho de João. Não é, pois, à toa que a regra existe” (Novo Testamento interpretado versículo por versículo, volume 2, p. 256).

    NOTE que os exemplos citados acima do capítulo 1 de João referem-se a palavra Deus todas as vezes em que ela aparece sem o artigo definido.

    Então, está errado traduzir, "e a Palavra (Verbo) era um deus", como faz a Tradução do Novo Mundo, porque "deus" é um substantivo, e na terceira cláusula de João 1:1, "θεος" Deus, atua como predicativo de λογος Verbo (Palavra).

    Usando de equivalência dinâmica, pode-se traduzir assim,

    "No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Divino, ou, "o Verbo era de Natureza Divina", o que vem a dar no mesmo que "e o Verbo era Deus", porque é exatamente isto o que João, pelo Espírito, quer enfatizar, ou seja, que o Verbo era da mesma espécie de Deus, e não de uma natureza inferior.

    Agora, traduzir, "e o Verbo (Palavra) era" um deus", é um erro, porque João não poderia estar introduzindo, outro deus, no contexto imediato, já que a intenção é identificar o Verbo com o único Deus, de onde ele é gerado.

    "A Palavra (Verbo) era Divina" e "A Palavra (Verbo) era um deus, não são traduções equivalentes, mas diferentes. A primeira está de acordo com a gramática de João 1:1, e a segunda, está em desacordo com João 1:1, porque, como já explicado, na terceira cláusula, θεος➡Deus, atua como predicado.

    O Verbo, estava com Deus, como parte do Ser de Deus. O Verbo eterno, sai de Deus, e inicia o processo de criação. Não se trata de "um deus" menor, mas da Palavra Criativa de Deus, existindo em forma personalizada.

    Mesmo que a palavra, Deus, em João, 1:1c, "e o Verbo era Deus", esteja relacionando a palavra, "Deus", com a natureza do Verbo, "e o Verbo era Divino", a Tradução Clássica, "e o Verbo era Deus", deve ser mantida, porque se a intenção do Apóstolo fosse dizer, "e o Verbo era divino", ele, provavelmente, teria usado a palavra θεióς teiós, que significa "divino." Este termo é encontrado em Atos 17:29 e 2Pedro 1:3 e 1:4.




    ResponderExcluir
  143. Basicamente, a passagem ensina que a Palavra, quanto à Sua natureza essencial, é Deus. João não chama a Palavra de “divina”, como diria um politeísta grego. Ele não usou o adjetivo theiós, que descreveria uma natureza divina ou uma divindade. Em vez disso, ele usou theós, palavra que João usará consistentemente para o Pai, o “único Deus verdadeiro” (João 17:3). Ele usa o termo três vezes de Jesus no Evangelho, aqui em João 1:18 e em João 20:28. Não se pode duvidar que João nunca chamaria uma criatura de theós, Deus. Sua criação e herança judaica proibiram isso.

    Além disso, a tradução, "e a Palavra era um deus", pode servir de inferência para amplo politeísmo, já que a Palavra pode ser "um" deus dentre muitos deuses. Por certo, João, sendo monoteísta, jamais iria representar a Palavra com uma imagem do λογος que se assemelhasse ao paganismo.

    Agora, se fossemos dizer,

    No princípio era Eva e Eva estava com o Homem e Eva era um homem! ⬅Classe inferior de ser.

    Estranho, não parece?

    Pois é exatamente isto que o Corpo Desgovernante, faz com João 1:1.

    Agora, se formos dizer,

    No princípio era Eva, e Eva estava com o Homem e Eva era Homem, nós estamos afirmando que Eva era da mesma espécie do homem com o qual ela estava.

    Está é uma analogia com a correta tradução de João 1:1, "e o Verbo era Deus.

    Assim como o "homem" pode se referir especificamente ao homem, excluindo-se o feminino, assim também Deus pode se referir ao Pai à exclusão do Filho. No entanto, assim como "homem" pode incluir macho e fêmea como uma classe de ser, (Gn 5: 2 "Ele os criou homem e mulher, e os abençoou e os denominou homem"), assim também "Deus" pode incluir Pai e Filho como uma classe de ser, como em João 1:1.

    No primeiro capítulo de João, a palavra 'Deus' ('theos' em grego) é usada 13 vezes. Em 7 lugares theós tem o artigo definido (1:1b; 1:2; 1:29; 1:34; 1:36; 1:49; 1:51) Em notáveis 6 casos (1:1c; 1:6 1:12 1:13 1:18a 1:18 b) theós (Deus) não possui o artigo definido. Todo estudioso grego lhe dirá que a falta de um artigo definido não significa que o substantivo deva ser indefinido. Claramente, o significado desses exemplos é o "único verdadeiro "Deus", mesmo que nenhum artigo definido seja usado.

    Então, a consistência exige que a Tradução do Novo Mundo, traga assim, todos os seguintes versículos que também carecem do artigo definido no texto grego, à exemplo de João 1:1.

    ....... a Palavra era um deus 1:1

    ........ um homem enviado de um deus 1:6

    ..... para serem feitos filhos de um deus 1:12

    ...... da vontade do homem, mas de um deus 1:13

    Um deus nunca foi visto por alguém 1:18a

    Nenhum homem jamais viu a Deus;+ O deus unigênito,+ que está ao lado do Pai,*+ é quem O revelou.+ 1:18b

    Aqui acima a Tradução do Novo Mundo, põe o artigo "O" antes de deus unigênito, só que no texto grego, não existe o artigo. Porque eles não foram honestos e traduziram, "um" deus unigênito", colocando o artigo indefinido, como fizeram em João 1:1, na terceira cláusula?


    ResponderExcluir
  144. Na verdade, a Tradução do Novo Mundo, em João 1:1 quer dizer,

    No princípio era a Palavra, e a Palavra estava com Jeová, e a Palavra era um deus!

    É esta a aberração politeísta inventada aos moldes da Watchtower, sutilmente o inoculada na mente de seus incautos seguidores.

    No Novo Testamento, há mais de 278 vezes em que "theos Deus" aparece sem o artigo definido, mas a Tradução do Novo Mundo sempre traduz "Deus" e não "um deus", exceto em João 1:1.

    Em 2 Coríntios 4:4, "theós" é usado para Satanás com o artigo definido, mas a Tradução do Novo Mundo interpreta esse verso como "o deus". Se seguirmos as regras gramaticais da Watchtower Satanás é Jeová?

    Poderíamos traduzir João 1:1 segundo a tendenciosa Tradução do Novo Mundo, assim,

    No princípio era Jesus, e Jesus estava com Jeová, e Jesus era um deus⬅ um deus de classe inferior.
    a Palavra a Palavra Deus a Palavra

    "Benjamin B. Warfield disse: "E a Palavra estava com Deus". A linguagem está grávida. Não é apenas a coexistência com Deus que é afirmada, como de dois seres que estão lado a lado, unidos em relação local, ou mesmo em uma concepção comum. O que é sugerido é uma relação ativa de intercurso. A distinta personalidade da Palavra não é, portanto, obscuramente intimada. Desde toda a eternidade, a Palavra tem estado com Deus como um companheiro: Aquele que no princípio já era "estava" também em comunhão com Deus. Embora Ele fosse, em certo sentido, um segundo junto com Deus, Ele não era um ser separado de Deus: “E a Palavra era” - ainda, o eterno “era” - “Deus”. Em algum sentido distinguível de Deus, Ele estava em um sentido igualmente verdadeiro, idêntico a Deus. Existe apenas um Deus eterno; este eterno Deus, a Palavra é; Em qualquer sentido, podemos distingui-lo do Deus a quem Ele está "com."

    "Ele ainda não é outro senão esse Deus, mas Ele mesmo é esse Deus. O predicado “Deus” ocupa a posição de ênfase nesta grande declaração, e é colocado na sentença de modo a ser lançado em contraste com a frase “com Deus”, como se para impedir inferências inadequadas quanto à natureza da Palavra sendo extraídas até mesmo momentaneamente daquela frase. João nos faria perceber que o que a Palavra era na eternidade não era apenas um companheiro coeterno de Deus, mas o ego eterno de Deus."

    Então, a frase, "e o Verbo era Deus", não tem o sentido de oposição ao Deus com que Ele estava, como uma criatura de natureza inferior, mas o sentido é de intensificação da Deidade do Verbo. Estava "voltado para Deus" προς⬅voltado τον⬅para θεον"⬅Deus, como outra pessoa divina, em uma comunhão eterna, existindo em forma de Deus, Fp. 2:6.

    ResponderExcluir
  145. Dr. A. T. Robertson, afirmou,

    "Uma palavra deve ser dita sobre o uso e o não uso do artigo em João 1:1, onde um caminho estreito é seguramente seguido pelo autor. “O Verbo era Deus”. Se Deus é a Palavra fossem articulados, seriam coextensivos e igualmente distribuídos e, portanto, intercambiáveis. Mas a personalidade separada do Logos é afirmada pela construção usada e o sabelianismo é negado. Se Deus fosse articular e o Logos não articular, a afirmação seria que Deus era o Logos, mas não que o Logos era Deus. Como, João afirma que no estado pré-encarnado, o Logos era Deus, embora o Pai fosse maior que o Filho (João 14:28). O Logos se tornou carne (João 1:14) e não o Pai. Mas o Logos Encarnado era realmente “Deus unigênito no seio do Pai” (João 1:18).
    " A. T. Robertson, The Minister and His Greek New Testament, (Grand Rapids: Baker Book House, 1977) pp. 67-68. shows that it is not convertible with logos and vice versa."


    Rubens, disse,

    A Tradução qualitativa de João ;1; c , fazendo o texto rezar; "a Palavra era Divina", tem de ser entendida dentro do quadro de subordinação e inferioridade do Filho " EXPOSTO NO NOVO TESTAMENTO> "

    Portanto, ser a Palavra Divina , não implica co-igualdade, mas apenas ressaltaria sua natureza, do mesmo modo que ser alguém humano , não o torna co-igual a outro humano;apenas destaca a sua natureza.

    No entanto, a tradução indefinida preserva a palavra usada no texto - theós (deus); a palavra " divino" é theíos . Ademais, a tradução " um deus" destaca tanto a natureza como a individualidade da palavra , sendo, portanto, semanticamente mais abrangente.

    Assim a Tradução " Um Deus" é gramaticalmente correta , é textualmente preservativa, é contextualmente certa e Bíblicamente Exata .

    Portanto, vê se aprende alguma coisa Sr. Paulo Cadi !"



    RESPOSTA ➡O Filho é subordinado mas não inferior ao Pai, e o próprio Deus desmente a afirmação de que o Filho lhe seja inferior,


    " Mas, do Filho, diz: Ó Deus, o teu trono subsiste pelos séculos dos séculos; Cetro de eqüidade é o cetro do teu reino.
    Amaste a justiça e odiaste a iniqüidade; por isso Deus, o teu Deus, te ungiuCom óleo de alegria mais do que a teus companheiros."

    " E: Tu, Senhor, no princípio fundaste a terra, E os céus são obra de tuas mãos.
    Eles perecerão, mas tu permanecerás; E todos eles, como roupa, envelhecerão,
    E como um manto os enrolarás, e serão mudados. Mas tu és o mesmo, E os teus anos não acabarão."Hebreus 1:8-12

    Rubens, em nenhum momento o Novo Testamento, Escrituras Gregas, afirmam que o Filho seja ontologicamente inferior ao Pai. Isso é conclusão de vocês.

    Pelo simples fato do escritor aos Hebreus, aplicar esses Salmos ao Messias, É DE FONTE PRIMÁRIA, [a Bíblia é fonte primária] Rubens Vasconcelos, que os Cristãos judeus aos quais a carta é primeiramente dirigida, não eram Unitarianos, porque, jamais, uma declaração dessa importância , iria sair dos prédios da Watchtower, não fosse por estar na Bíblia, e eles terem de lidar com elas à base da perversão.


    Rubens, disse,

    Portanto, ser a Palavra Divina , não implica co-igualdade, mas apenas ressaltaria sua natureza, do mesmo modo que ser alguém humano , não o torna co-igual a outro humano;apenas destaca a sua natureza.


    RESPOSTA ➡Você leu Hebreus 1:10? Eu creio que é o suficiente para você tirar a dúvida se existe igualdade ou não entre o Pai e o Filho, porque o escritor aos Hebreus, e os destinatários, criam que Jesus criou todas as coisas, tendo por isso, o poder da Palavra Falada, Criadora, que somente Deus detém.

    ResponderExcluir
  146. Rubens, disse,

    Assim a Tradução " Um Deus" é gramaticalmente correta , é textualmente preservativa, é contextualmente certa e Bíblicamente Exata .

    Portanto, vê se aprende alguma coisa Sr. Paulo Cadi !"



    RESPOSTA ➡É a tradução, "um deus " é gramaticalmente correta só dentro do pátio da Watchtower.

    Todas as melhoras traduções feitas por equipes das mais variadas especialidades bíblicas traduzem há séculos, "e a Palavra era Deus."

    Eu acabei de lhe mostrar, Hebreus 1:10, o Pai chamando o Filho de, Deus, do Hebraico אֵל Deus, (porque a concepção dos Judeus no tempo de Cristo era de que o Messias seria a própria encarnação de Deus).

    Quanto a eu "aprender alguma coisa", estou aprendendo..... A NÃO ME TORNAR UMA TESTEMUNHA DE JEOVÁ.


    Rubens, tentando provar que o Espírito Santo é apenas uma força, um poder, sem personalidade, que emana de Deus, citou um monte de versículos, cujas interpretações já foram amplamente refutados.

    Mas....

    Personificação é "Uma figura de discurso retórica na qual objetos inanimados ou abstrações são dotados de qualidades humanas.

    A personificação é encontrada em toda a Bíblia com exemplos infinitos de montanhas batendo palmas e estrelas cantando. Mas em todas essas coisas sabemos por experiência humana que elas não são realmente pessoas. Não é assim com o Espírito Santo. Ninguém pode saber que o Espírito Santo é uma coisa (e não uma pessoa) a maneira como podemos conhecer que uma montanha não é uma pessoa surge da experiência humana.

    Podemos provar que algo é uma personificação, encontrando um versículo bíblico que declara abertamente que não é uma pessoa, mas uma coisa. Podemos fazer isso com colinas, sabedoria, estrelas, etc. Os anti-trinitarianos não conseguem encontrar nenhum versículo bíblico que diga que o Espírito Santo é uma coisa e
    não uma pessoa.

    Quando referenciado, o Espírito Santo é sempre o masculino "Ele". Não é assim com montanhas e estrelas.

    A grande maioria das vezes que a Bíblia se refere a coisas como estrelas e montanhas, elas não são personificadas. Personificação é a EXCEÇÃO do uso na escritura.

    O problema para os anti-trinitários é que o Espírito Santo é sempre PERSONIFICADO. Personificação do Espírito Santo não é a exceção ao uso geral, personificação é a regra ... toda vez, sem exceção!

    Se os anti-trinitários estão corretos, a personificação do Espírito Santo é tão completa e extensa nas escrituras,
    que estamos sem uma diretriz para determinar a diferença entre pessoas e coisas.

    Nós teríamos que questionar, por exemplo, a personificação de Abraão como a personificação do pai do povo de Deus. A personificação do Espírito Santo é tão extensa quanto a personificação de Abraão ou muitos outros caracteres da Bíblia.

    Tome Adão, por exemplo. Muitos modernistas já descartam sua existência pessoal como mito. Poderia Adão ser nada mais do que a personificação de toda a humanidade? Uma simples leitura de Romanos 5:12-19 e 1 Coríntios 15:45 revelará rapidamente o problema para os arianos. Adão, é claramente usado como um símbolo metafórico para toda a humanidade em muitos lugares. Adão, poderia ser nada mais que personificação?

    ResponderExcluir
  147. A extensão da personificação do Espírito Santo é igual a qualquer personagem da Bíblia.

    Desafio antitrinitarista: que versículo mostra o Espírito Santo para ser um objeto ou uma coisa? Não conheço nenhum, portanto sou forçado a concluir que o Espírito Santo é uma pessoa.

    A Torre de Vigia está novamente atenta aos seus truques enganosos. Eles sabem muito bem que muitos textos aparecem que Deus está falando quando outras passagens deixam claro que isso foi feito através de anjos.

    Isso prova que Deus não é uma pessoa?

    Por outro lado, anjos e homens falam quando está claro que Deus estava realmente falando. Anjos e homens são personificações? A chave é que Deus SEMPRE fala através de outra PESSOA nunca eletricidade!

    As Testemunhas de Jeová acham que é lógico que, uma vez que o Espírito Santo fala através das pessoas, Ele não pode ser uma Pessoa em pessoa. Fugiu de seus olhos que, se o discurso que passa por uma pessoa se origina do Espírito Santo, isso prova personalidade e inteligência!


    As Testemunhas de Jeová precisam de qualquer exemplo nas escrituras em que Deus ou alguém falasse por meio de uma coisa. Pegue a sarça ardente. Ele não diz: "E o mato disse: 'Moisés tire suas sandálias'", mas "Deus chamou-o do meio do mato" Êxodo 3: 4 Os arianos simplesmente não têm nenhum verso onde algo além de uma pessoa inteligente ( ou estar com pensamentos reais e livre arbítrio) falou. Este único ponto refuta
    completamente sua doutrina!

    É comum que uma pessoa fale através de outra. De fato, quando uma pessoa fala através da outra, naturalmente concluímos que ambas são pessoas e que o originador da via é onde está a verdadeira
    inteligência. A fala só pode se originar com um ser autoconsciente e inteligente.

    Mas aqui estão passagens onde o Espírito Santo fala por si mesmo! Simplesmente não há indicação de que Deus estava falando através do Espírito Santo. Atos 13:2 "o Espírito Santo disse:" Separei para mim Barnabé e Saulo para o trabalho para o qual eu os chamei ". 1Ti 4:1" O Espírito diz explicitamente "Hb 9: 8" o Espírito Santo está indicando isto."

    Mas agora, vamos lidar com a visão das Testemunhas de Jeová de que Deus é realmente aquele que está falando através do Espírito Santo como nestes versículos: Jo 16:13 "Tudo o que ele ouve, ele vai falar"

    Hb 10: 15-17 "E o Santo O Espírito também nos testemunha, pois depois de dizer: "Este é o pacto que farei com eles". (Citando Jeová em Jeremias 31:33) Podemos, na verdade, inverter o argumento antitrinitarista argumentando que realmente foi o Espírito Santo quem falou em Jeremias 31:33. Esta passagem não prova que o Espírito Santo é a energia personificada de Deus falando.

    Pelo contrário, prova que o Espírito Santo pode ser chamado justamente de Jeová, assim como o Pai e o Filho também podem! Mas perguntamos, por que Deus ter todo o trabalho de inventar e personificar o que parece na superfície ser uma entidade separada falando? Por que não apenas dizer "Deus diz" todas as vezes em vez de "o Espírito Santo diz"? SE O ESPÍRITO SANTO NÃO É JEOVÁ!

    ResponderExcluir
  148. Veja em Jo 16:13, Cristo transmite uma mensagem através do Espírito Santo. Se o Espírito Santo não é uma pessoa, isso faz do Espírito Santo nada mais do que um gravador que repete o que é dito. Há dois problemas aqui, primeiro, Jesus é visto retransmitindo exatamente da mesma maneira e segundo, o Espírito Santo é retratado como uma pessoa inteligente que faz a retransmissão, não alguma máquina. Há lugares onde Jesus fala diretamente aos homens.

    Por que confundir a questão simples com o Espírito Santo? A mesma coisa em Hb 10:15.

    Por que Deus diria que o Espírito Santo disse isso, se o pensamento realmente se originou com o Pai? Novamente, o Espírito Santo é claramente retratado como uma pessoa dizendo, testemunhando e ensinando-nos. Por que Deus confundiria uma questão tão simples se o Espírito Santo não fosse nada além do poder de DEUS, ou seja, não pertence ao intelecto divino.

    A passagem abaixo prova o contrário,

    Mas Deus no-las revelou pelo seu Espírito; porque o Espírito penetra todas as coisas, ainda as profundezas de Deus.
    Porque, qual dos homens sabe as coisas do homem, senão o espírito do homem, que nele está? Assim também ninguém sabe as coisas de Deus, senão o Espírito de Deus. 1Coríntios 2:10,11

    ResponderExcluir


  149. Rubens Vasconcelos,

    Esta é a VIGÉSIMA PRIMEIRA VEZ que eu estou lhe fazendo esta pergunta.

    Não tem coragem prá responder... Que feio prá você!



    ɑ pɛʀguɳtɑ ⬇


    a тradυção do novo мυndo daѕ eѕcrιтυraѕ da Watchtower, ɗiz ɑรรiɱ ɛɱ ɱɑʀcѳร 12:28-34,

    "Um dos escribas, que havia se aproximado e ouvido a discussão, vendo que ele tinha lhes respondido bem, perguntou-lhe: “Qual mandamento é o primeiro* de todos?”+

    29 Jesus respondeu: “O primeiro é: ‘Ouve, ó Israel: Jeová,* nosso Deus, é um só Jeová.* 30 Ame a Jeová,* seu Deus, de todo o seu coração, de toda a sua alma,* de toda a sua mente e de toda a sua força.’+

    31 O segundo é: ‘Ame o seu próximo como a si mesmo.’+ Não há outro mandamento maior do que esses.” 32 O escriba lhe disse: “Instrutor, o senhor disse bem, em harmonia com a verdade: ‘Ele é um só, e não há outro além dele’;+

    33 e amá-lo de todo o coração, de todo o entendimento e de toda a força, e amar o próximo como a si mesmo vale muito mais do que todas as ofertas queimadas e sacrifícios.”+ 34 Com isso, Jesus, percebendo que ele tinha respondido de modo inteligente, disse-lhe: “Você não está longe do Reino de Deus.” Mas ninguém teve coragem de lhe fazer mais perguntas.+"

    A pergunta que eu estou a repetir pela VISÉGIMA PRIMEIRA VЄZ, e que, até o presente momento, não foi respondida Rubens Vasconcelos,

    Jesus Cristo, NÃO É O NOSSO PRÓXIMO.

    De acordo com as Testemunhas de Jeová, Jesus NÃO É JEOVÁ,


    Sendo assim, EM QUAL DOS 2 MAIORES MANDAMENTOS DA LEI, JESUS SE ENCONTRA?


    OBSERVAÇÃO: Lembre-se, de que NENHUM OUTRO DEUS , (de nenhuma outra espécie), pode ser adicionado ao primeiro mandamento, sob pena de quebrantamento da Lei por causa do pecado de idolatria.


    eѕтoυ eѕperando a ѕυa reѕpoѕтa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por que Jesus não pode ser considerado nosso próximo?

      Excluir
  150. Quanto "BESTEIROL" do Sr. Paulo Cadi ! Nós temos 126 Traduções que vertem da mesma forma que a TNM , mostrando que Cristo é um Ser Divino , mas não o próprio Jeová .

    O Salmo 8;5 ; mostra que os anjos são Divinos , mas não são Jeová e nem Onipotentes !

    Todos os anjos do céu são " DIVINOS" , e todos são espírito santos , agora para diferenciar a pessoa do espírito santo dos demais " espíritos santos" , ele teria que ter um nome pessoal , Qual o nome do espírito santo ??

    Mas uma vez , vamos repetir para os " analfabetos funcionais " , personificação não prova personalidade !"

    " Pois derramarei sobre o sedento e farei correr riachos sobre a terra seca . Derramarei " MEU" espírito sobre a sua descêndencia e minha benção sobre os seus descendentes. " - Isaías 44;3;

    " Este é o pacto que eu farei com eles , diz Jeová . " MEU" espírito , que está sobre você , e minhas palavras que pus na sua boca , não se afastarão de sua boca , nem da boca de seus filhos , nem da boca dos seus netos , diz Jeová , ' desde agora e para sempre . " - Isaías 59;21;

    " Porei o "MEU" espírito no seu intímo e os farei andar nos meus decretos , e vocês obedecerão e cumprirão as minhas decisões judiciais . " - Ezequiel 36;27;

    " Não esconderei mais deles a minha face , pois vou derramar o " MEU" espírito sobre a casa de Israel , diz o " Soberano Senhor Jeová ". - Ezequiel 39;29;

    " Nos últimos dias , diz Deus , ' derramarei do " MEU" espírito sobre todo tipo de pessoas , e os filhos e as filhas de vocês profetizarão , os jovens entre vocês terão visões e os homens idosos entre vocês terão sonhos , e até mesmo sobre os meus escravos e sobre as minhas escravas derramarei do " MEU" espírito naqueles dias , e eles profetizarão . " - Atos 2;17,18;

    Portanto, visto que o espírito santo é a parte " Intríseca " de Jeová , os sofrimentos e outras características pessoais de Jeová as vezes são personalizados por tal espírito , ou energia de Jeová. "

    Portanto, não existe nenhum texto na Bíblia que indique que o espírito santo é uma pessoa !"

    O Espírito Santo é ; " DERRAMADO" , PARCELADO" , SOPRADO ", é chamado de " ISTO" ( que não é alguém , mas algo , ou alguma coisa ) , SOPRO , VENTO , FORÇA , PODER !

    Tem que ser " Um analfabeto Funcional para acreditar que o espírito santo ( que não tem nome) , seja um ser pessoal !"

    ResponderExcluir
  151. Jesus não é Jeová , mais sim " um salvador " enviado por Jeová !

    Atos 4;12; diz; "Além disso , não há salvação em mais ninguuem , pois não há outro nome debaixo do céu , que tenham sido dado aos homens , pelo qual devemos ser salvos. "

    Aqui neste texto , vemos a expressão " PELO QUAL" que significa " por intermédio do qual" , ou por meio do qual. Vejamos o que dizem algumas traduções sobre este texto ;

    " Através do qual" - American King James Version ; Bible in Basic English; Douay Rheims; Geneva Bible; King James Version ; Updated King James Version ; Weslwey NT; Weymount NT.

    " Por meio do qual " - Albrecht Bibel, 1926.

    Isto significa que Jesus é o " MEIO", ou CANAL< para a nossa salvação , e não a " ORIGEM" ou " PROCEDÊNCIA" da Salvação.Como o próprio Jesus afirmou ; "EU SOU O CAMINHO> " (João 14;6) Caminho é o meio de se chegar há algum lugar ou alguém . A quem Jesus conduz ? Ele mesmo explicou; "Ninguém vem AO PAI senão POR MIM. " O mesmo Deus e Pai a quem Jesus nos conduz é também a " FONTE" ou " ORIGEM " da Salvação .

    Jeová disse ; "Além de mim não há Salvador . " ( Isaías 43;11; Salmo 106;21 ) Outros textos falam de Jesus Cristo como " SALVADOR" ( 2 Timoteo 1;10 ; 2 Pedro 1;11;) Mas Judas verso 25 , aqueciona o problema aplicando a regra Bíblica acima. O Texto diz; "Ao único Deus , Nosso Salvador , por " INTERMÉDIO" de Jesus Cristo , nosso Senhor. "O entendimento é claro; "Jeová é chamado de Salvador por ser a Procedência , o Autor e a Fonte da Salvação , ao passo que Jesus é referido como Salvador por ser o Agente , o Canal , ou meio, pelo qual ela é realizada. Isto é confirmado pela declaração de Atos 13;23; que reza; " DEUS TROUXE A ISRAEL , UM SALVADOR. " . Também Lucas 2;30;

    Portanto , Jeová é a fonte de nossa Salvação , e ele nos salva " POR INTERMÉDIO" de nosso Senhor Jesus Cristo . "

    ResponderExcluir
  152. Se Jesus é " ONIPOTENTE" porque então em João 17;5;, ele pede ao Ábba a Glória que ele tinha antes da existência do mundo ?

    ResponderExcluir
  153. Nas suas palavras iniciais , a Bíblia diz que o espírito santo - também traduzida por " força ativa de Deus " - se movia por cima da superficíe das águas . " ( Gênesis 1;2;)No relato sobre o Batismo de Jesus , descreve-se Deus com estando nos céus , enquanto sobre o espírito santo , descia sobre Jesus como pomba . ( Mateus 3;16,17 )Além disso, Jesus se referiu ao espírito santo ,como um ajudador. " - João 14;16;

    Essas e outras passagens Bíblicas levaram alguns a concluir que o espírito santo é uma pessoa, assim como Deus , Jesus e os anjos são pessoas espirituais.De fato, já por séculos , algumas das mais influentes religiões da Cristandade tem personificado o espírito santo.Apesar de essa doutrina ser tão antiga , muitos membros das Igrejas ainda ficam confusos , e alguns até mesmo discordam de seus lideres religiosos.Por exemplo, numa pesquisa recente , 61% dos entrevistados acreditavam que o espírito de Deus " é um símbolo da presença ou do poder de Deus, " mas não uma entidade viva . No entanto, o que diz a Bíblia sobre isso ? "

    Qualquer leitor sincero da Bíblia não pode deixar de concluir que o espírito santo difere das descrições oficiais das Igrejas , que dizem que ele é uma pessoa . Considere os seguintes relatos Bíblicos ;

    1) Quando Maria , a mãe de Jesus , visitou sua Prima Elisabete , a Bíblia diz que a criança no ventre de Elisabete pulou, e " Elisabete ficou " CHEIA" de espírito santo". - Lucas 1;41


    Pergunte-se ; " É razoavél imaginar que uma pessoa fique cheia de outra pessoa ?

    2) Quando João Batista falou a seus discípulos sobre Jesus como aquele que o iria suceder , João disse; "Eu, da minha parte , batizovo-os com água , mas o que vem depois de mim é mais forte do que eu , nando sendo eu nem apto para tirar-lhes as sandálias . Este vos batizará com espírito santo. " -Mateus 3;11;

    Dificilmente João estaria dizendo que o espírito santo é uma pessoa quando falou sobre Jesus " BATIZAR PESSOAS COM ESPÍRITO SANTO . "

    3) Quando visitou um oficial do exército romano e sua família. o apóstolo Pedro falou de Jesus como tendo sido ungido por Deus " COM ESPÍRITO SANTO E PODER" ( Atos 10;38). Pouco tempo depois, " Caiu o espírito santo sobre a família desse oficial do exército."O relato diz que muitos ficaram maravilhados " porque a dádiva gratuita do espírito santo estava sendo " DERRAMADO" também sobre pessoas das nações. " (Atos 10;44,45)

    Aqui novamente os termos usados não se harmonizam com a ideia de o espírito santo ser uma pessoa.

    É comum a palavra de Deus personificar coisas que não são pessoas . Entre essas estão a sabedoria, o discernimento, o pecado, a morte e a benignidade imerecida. ( Provérbios 8;1-9;6 ;Romanos 5;14,17, 21; Romanos 6;12) O próprio Jesus disse que a sabedoria é provada justa por todos os seus filhos" ou por seus bons resusltados . ( Lucas 7;35)

    É evidente que a sabedoria não é uma pessoa que tem filhos literais . Da mesma forma, o espírito santo não é uma pessoa porque em alguns casos ele é personificado.

    Portanto, personificação não prova personalidade!"

    ResponderExcluir
  154. Na Bíblia , o espírito santo de Deus é identificado como sendo o poder de Deus em ação.Por isso, uma tradução exata do texto hebraico da Bíblia menciona o espírito de Deus" como a força ativa de Deus ". ( Gênesis 1;2;) A Bíblia inteira apoia esse conceito de forma bem clara . Miqueías 3;8; Lucas 1;35; Atos 10;38;

    Ao contrário da crença popular , Deus não está presente em toda parte ao mesmo tempo. Em vez disso , ele vive no domínio espiritual " num lugar estabelecido de morada", ou residência. " (1 Reis 8;39; 2 Crônicas 6;39)As Escrituras também fazem referência ao lugar específico onde Deus mora e tem seu trono . " ( 1 Reis 22;19; Isaías 6;1; Daniel 7;9; Apocalipse 4;1-3). No entanto, a partir deste lugar estabelecido de morada ", ele pode usar sua força ativa para alcançar qualquer lugar , tanto no domínio espiritual como no dominío físico . - Salmo 139;7;

    Em 1879, o Erudito Bíblico Charles L. Ives ilustrou apropriadamente a habilidade de Deus exercer o seu poder a partir de um lugar fixo. Ele escreveu; "Por exemplo, nos dizemos; "Abra as venezianas e deixe o Sol entrar . " Não estamos nos referindo ao Sol, Literal físico , mas sim aos raios solares , ou seja, aquilo que procede do sol. "De maneira similar , Deus não precisa ir aos lugares em que pretende usar a sua força ativa.Ele simplesmente utiliza seu espírito santo, que pode alcançar as extremidades da sua criação. Encarar o espírito santo pelo que ele é - a poderosa força ativa de Deus - pode lhe dar a confiança que Jeová cumprirá as suas promessas . "

    Aqui , "EVAPORA" a terceira pessoa da Trindade , a saber o espírito santo !"

    ResponderExcluir
  155. Efésios 4;30 ; diz que o "espírito santo pode ser entrestecido ", isso afirmaria que ele é uma pessoa ?

    É verdade que ficar triste é um atributo dado a uma pessoa , será que isso procede com o espírito santo ?

    Vamos Deixar que a Bíblia interprete a si mesma , e veremos se isso procede .
    Outrossim, é digno de nota que , o espírito santo é muitas vezes , um " SINÈDOQUE " , de Deus - figurativamente o próprio Deus. Como assim?

    Primeiro vejamos o que é " SINÉDOQUE";
    " É quando se fala da parte de algo ou alguém como sendo a própria coisa ou pessoa.
    Exemplo; "Muitos sem teto morreram por causa do frio. " Neste exemplo, " Sem Teto" é uma sinédoque de " sem casa", pois o teto é uma parte da casa. "

    João 13;8; "Pedro lhe disse; " O Senhor nunca lavará " OS MEU PÉS". Jesus disse então ; " Se eu não lavar VOCÊ, você não tem parte comigo . "
    Será que alguém diria que os pés de Pedro são uma pessoa, assim como Pedro é ?
    Isso seria tolice. Mas os pés de Pedro são uma sinédoque do próprio Pedro .
    Para ilustrar; "Se você cortou seu dedo , então você " SE" cortou. Se eu machuquei o meu braço , então eu " ME" machuquei , Se minha boca disse algo, então quem disse não foi minha boca , mas "EU". Portanto, se Jesus lavar os pés de Pedro, Jesus lavará a Pedro. "

    Assim também, quando o espírito santo de Deus fala , é Deus quem fala. A própria fraseologia diz; "espírito santo " DE DEUS. ", é algo que pertence a Deus, e portanto, pode muito bem ser usado como uma metonímia ou sinédoque do próprio Deus. A Bíblia menciona o " espírito de Jeová" ( Isaías 63;14)
    Ou seria o Jeová de Jeová ? Ou o Deus de Deus ? NÃO! Isso seria uma tolice ! O espírito santo " É ALGO" que " PERTENCE A DEUS", não o próprio Deus literalmente.

    Portanto, não há nada demais em dizer que o espírito santo , falou, disse, pois quando o espírito santo de DEUS DIZ ALGO , é DEUS QUEM DIZ< Isso no entanto, não significa que o espírito de Deus seja outra pessoa distinta do Pai. '

    Em Lucas 1;46,47 ; Maria disse; "MEU ESPÍRITO NÃO PODE DEIXAR DE ESTAR CHEIO DE ALEGRIA", por Deus , meu Salvador. "

    Será que era outra pessoa distinta de Maria que estava cheia de alegria dentro de Maria ?NÃO!"

    Mas QUANDO O ESPÍRITO DE MARIA ESTAVA ALEGRE , MARIA ESTAVA ALEGRE!". Do contrário, teríamos de dizer que Maria era duas pessoas ! Isto é absurdo !"

    Assim , também a Bíblia é muito clara quando diz que deus não é mais de uma pessoa. ( Galátas 3;20 )Portanto, o Espírito santo de Deus é , muitas vezes , uma Sinédoque de Jeová , um modo de se referir a Deus, não o próprio Deus literalmente !'

    ResponderExcluir
  156. A mesma coisa acontece com Efésios 4;30; que diz ;
    "E não entristeçais o " ESPÍRITO SANTO DE DEUS", no qual fostes selados para o dia da redenção. " - JFA Atualizado

    Efésios 4;30; diz que o espírito santo se entristece . A própria palavra Espírito é polissÊmica - Ela pode ter vários significados dependendo do contexto. E neste contexto o espírito santo se refere-se figurativamente ao próprio Deus." ENTRISTECER O ESPÌRITO SANTO É ENTRISTECER O PRÓPRIO DEUS".

    Veja na sua Bíblia 1 Reis 21;5; A Tradução JFA reza da seguinte forma;

    "Porém , vindo a ele Jezabel , sua mulher, lhe disse; "ESTÁ TÃO DESGOSTOSO O TEU ESPÍRITO" , e não comes pão. "

    1 Reis 21;5; mostra que o espírito do rei Acabe estava triste.
    Refere-se então a outra pessoa dentro de Acabe ?
    Ou se refere a disposição mental , ao sentimento demonstrado pelo Rei , naquele momento, que era no caso a tristeza?

    Assim quando o espírito do rei Acabe estava triste, era o próprio Rei Acabe que estava triste !"

    Portanto, entristecer o espírito santo não se refere a entristecer outra pessoa , mas a fonte do espírito santo, que é " O PAI> "
    O ESPÍRITO SANTO NÃO É UMA PESSOA , MAS A SUA FONTE É!
    É por isso que também na Bíblia é chamado de espírito de Deus ! - Mateus 3;16;

    Portanto, entristecer o espírito santo, é " ENTRISTECER O PRÓPRIO DEUS . "

    ResponderExcluir
  157. Entendi foi nada! Paulo Cadi tava que repetia a mesma pergunta chamando uns e outros de convardes aí. Fiz uma pergunta pra ele e ele não respondeu.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gamarra, você é Testemunha de Jeová, estudante, ou simpatizante?


      Se você acha que Jesus é o teu próximo, quer dizer que no caso de você amar a Jesus, você o ama como a ti mesmo? É isto?


      Ou você, no caso de amar a Jesus, o ama, de todo o teu coração, com toda a tua alma, forças, e entendimento?


      ɑ pɛʀguɳtɑ ⬇


      a тradυção do novo мυndo daѕ eѕcrιтυraѕ da Watchtower, ɗiz ɑรรiɱ ɛɱ ɱɑʀcѳร 12:28-34,

      "Um dos escribas, que havia se aproximado e ouvido a discussão, vendo que ele tinha lhes respondido bem, perguntou-lhe: “Qual mandamento é o primeiro* de todos?”+

      29 Jesus respondeu: “O primeiro é: ‘Ouve, ó Israel: Jeová,* nosso Deus, é um só Jeová.* 30 Ame a Jeová,* seu Deus, de todo o seu coração, de toda a sua alma,* de toda a sua mente e de toda a sua força.’+

      31 O segundo é: ‘Ame o seu próximo como a si mesmo.’+ Não há outro mandamento maior do que esses.” 32 O escriba lhe disse: “Instrutor, o senhor disse bem, em harmonia com a verdade: ‘Ele é um só, e não há outro além dele’;+

      33 e amá-lo de todo o coração, de todo o entendimento e de toda a força, e amar o próximo como a si mesmo vale muito mais do que todas as ofertas queimadas e sacrifícios.”+ 34 Com isso, Jesus, percebendo que ele tinha respondido de modo inteligente, disse-lhe: “Você não está longe do Reino de Deus.” Mas ninguém teve coragem de lhe fazer mais perguntas.+"


      Jesus Cristo, NÃO É O NOSSO PRÓXIMO.

      De acordo com as Testemunhas de Jeová, Jesus NÃO É JEOVÁ,


      Sendo assim, EM QUAL DOS 2 MAIORES MANDAMENTOS DA LEI, JESUS SE ENCONTRA?


      OBSERVAÇÃO: Lembre-se, de que NENHUM OUTRO DEUS , (de nenhuma outra espécie), pode ser adicionado ao primeiro mandamento, sob pena de quebrantamento da Lei por causa do pecado de idolatria.


      eѕтamos no aguardo

      Excluir
  158. Rubens, disse,

    Quanto "BESTEIROL" do Sr. Paulo Cadi ! Nós temos 126 Traduções que vertem da mesma forma que a TNM , mostrando que Cristo é um Ser Divino , mas não o próprio Jeová .

    O Salmo 8;5 ; mostra que os anjos são Divinos , mas não são Jeová e nem Onipotentes !

    Todos os anjos do céu são " DIVINOS" , e todos são espírito santos , agora para diferenciar a pessoa do espírito santo dos demais " espíritos santos" , ele teria que ter um nome pessoal , Qual o nome do espírito santo ??

    Mas uma vez , vamos repetir para os " analfabetos funcionais " , personificação não prova personalidade !"



    RESPOSTA ➡Se o meu comentário é besteirol o que sobra para o seu?

    Nem a rapa da rapa da rapa seca do besteirol


    Você disse que Cristo é um "Ser Divino" mas que não é Jeová, ou seja, não é Deus.

    Responda⬇

    Jeová, Pai de Jesus, criou Jesus de sua própria substância, de seu próprio Ser, ou primeiro criou uma substância, e, então, desta criou o seu Filho Jesus? Nota: Eu uso o nome Jesus só para identificar, porque antes de nascer neste mundo, seu nome não era Jesus.

    A substância da criatura e a criatura são a mesma coisa, ou seja, quando Deus cria a criatura, Ele, no mesmo ato, cria a própria substância da criatura.

    No Salmo 8:5, as criaturas celestiais são chamadas de אֱלֹהִים 'elohiym/deuses, mas evidentemente não foram criadas da própria substância/Ser de Deus, porque se assim fosse, seriam Deus. São seres divinos, mas não foram criados da própria substância do Ser de Deus, porque se assim fosse não seriam mais criaturas mas Deus mesmo.

    Os anjos são divinos em lato sensu/sentido amplo, porque participam de certos atributos que Deus lhes comunicou.

    Mas somente Deus, sendo a Fonte da existência é divino em Stricto sensu/sentido exclusivo.


    Rubens, disse,

    Todos os anjos do céu são " DIVINOS" , e todos são espírito santos , agora para diferenciar a pessoa do espírito santo dos demais " espíritos santos" , ele teria que ter um nome pessoal , Qual o nome do espírito santo ??


    RESPOSTA ➡ A santidade dos anjos, é de acordo com a natureza deles, angélica, comunicada, e não inerente, porque se assim fosse, como existe em Deus, não teria havido a Queda dos anjos.

    Agora, a santidade do Espírito Santo é inerente ao ser dEle, porque o Espírito Santo no plano salvífico está relacionado à natureza divina de Deus.

    Então, Rubens, eu lhe pergunto,

    Como é que uma "força ativa impessoal" pode ser santa?! A santidade, para existir, precisa ser exercida por um ser racional, doutra maneira a santidade não pode ser expressada, porque o meio, o agente racional, não se encontra.

    ResponderExcluir
  159. Você perguntou, qual o nome de Espírito Santo. Quer dizer, se o Espírito Santo não for reconhecido através de um nome próprio, ele não é uma Pessoa divina.

    Esse argumento é uma falácia, porque se o Pai tivesse um nome, o Filho outro nome, e o Espírito Santo, outro nome, nós teríamos 3 deuses, ou seja, o politeísmo ou o triteísmo. Como acontece com as Testemunhas de Jeová, que possuem 2 deuses, o maior, Jeová, e o menor, Jesus.

    Nas Escrituras Hebraicas, Deus é conhecido pelo nome de יְהֹוָה/Yahu, como todos sabem. Quando Deus desce em carne, na pessoa de Jesus, como o Parente Redentor, Ele assume um nome humano, Ele se tomará sobre si a natureza humana caída, mas sem pecado.

    O nome escolhido é יְהוֹשׁוּעַ/Yehoshua.

    O nome Yehoshua tem a forma de um composto de "Yeho-" e "shua": Yeho-יהוֹ é outra forma de יָהו Yahu, um elemento teofórico representando o nome de Deus יהוה (o tetragrama YHWH, às vezes transcrito para o inglês como Yahweh ou Jeová), e שׁוּעַ shua 'é um substantivo que significa "um pedido de ajuda", "um clamor salvador", isto é, um grito dado quando precisa de resgate. Juntos, o nome significa literalmente: "YHWH (Yahu) é um clamor de salvação", isto é, clame a YHWH [Deus] quando precisa de ajuda.

    Nota➡Não estou afirmando como fazem as seitas judaizantes que se deve abandonar o uso da forma latina JESUS pela forma grega ou hebraica. Apenas elucidando a questão.

    Jesus/Yehoshua, disse⬇

    "Eu vim em nome de meu Pai, e não me aceitais; se outro vier em seu próprio nome, a esse aceitarei." João 5:43

    Jesus está ligando o nome à autoridade, ou seja, o nome dEle (em hebraico) carrega o tetragrama, o nome de Deus. O nome de Deus, em sua descida como Emmanuel, Deus conosco, é Yehoshua, em forma latinizada, JESUS.

    Deus, como Pai, Filho e Espírito Santo, somente opera debaixo de um nome, e não sob três nomes individuais, o que seria um contrassenso.

    E em nenhum outro há salvação [somente no nome de JESUS] porque também debaixo do céu nenhum outro nome há, dado entre os homens, pelo qual devamos ser salvos. Atos 4:12

    A passagem acima, desmonta por completo cidadela jeovísta, que costuma falsear as Escrituras Gregas, desonestamente inserindo nelas o nome Jeová, e colocando o nome de Jesus em segundo lugar, tirando, portanto, a autoridade que o nome de Jesus.

    Porque no Novo Testamento, em nenhum lugar o nome de Jeová aparece como o único nome que traz a salvação? Que respondam as Testemunhas de Jeová.


    ResponderExcluir
  160. Rubens, citando uns versículos, na intenção de provar que o Espírito Santo não é uma Pessoa distinta no Ser de Deus,

    Este é o pacto que eu farei com eles , diz Jeová . " MEU" espírito , que está sobre você , e minhas palavras que pus na sua boca , não se afastarão de sua boca , nem da boca de seus filhos , nem da boca dos seus netos , diz Jeová , ' desde agora e para sempre . " - Isaías 59;21;

    " Porei o "MEU" espírito no seu intímo e os farei andar nos meus decretos , e vocês obedecerão e cumprirão as minhas decisões judiciais . " - Ezequiel 36;27;

    " Não esconderei mais deles a minha face , pois vou derramar o " MEU" espírito sobre a casa de Israel , diz o " Soberano Senhor Jeová ". - Ezequiel 39;29;

    " Nos últimos dias , diz Deus , ' derramarei do " MEU" espírito sobre todo tipo de pessoas , e os filhos e as filhas de vocês profetizarão , os jovens entre vocês terão visões e os homens idosos entre vocês terão sonhos , e até mesmo sobre os meus escravos e sobre as minhas escravas derramarei do " MEU" espírito naqueles dias , e eles profetizarão . " - Atos 2;17,18;

    Portanto, visto que o espírito santo é a parte " Intríseca " de Jeová , os sofrimentos e outras características pessoais de Jeová as vezes são personalizados por tal espírito , ou energia de Jeová. "

    Portanto, não existe nenhum texto na Bíblia que indique que o espírito santo é uma pessoa !"

    O Espírito Santo é ; " DERRAMADO" , PARCELADO" , SOPRADO ", é chamado de " ISTO" ( que não é alguém , mas algo , ou alguma coisa ) , SOPRO , VENTO , FORÇA , PODER !

    Tem que ser " Um analfabeto Funcional para acreditar que o espírito santo ( que não tem nome) , seja um ser pessoal.


    RESPOSTA ➡É Claro que o Espírito Santo é o próprio Espírito de Jeová!

    E não poderia ser diferente. As Escrituras dizem que Cristo é de Deus➡" Seja Paulo, seja Apolo, seja Cefas, seja o mundo, seja a vida, seja a morte, seja o presente, seja o futuro; tudo é vosso,
    E VÓS DE CRISTO, E CRISTO DE DEUS." 1 Coríntios 3:22,23

    E o sétimo anjo tocou a sua trombeta, e houve no céu grandes vozes, que diziam: Os reinos do mundo vieram a ser de nosso Senhor E DO SEU CRISTO, e ele reinará para todo o sempre. Apocalipse 11:15


    As pessoas usam diariamente o pronome possessivo pessoal, "meu filho, minha mulher, meu pai, minha mãe, etc

    Estes dois exemplos, [e podem ser acrescentados outros] , mostram que o uso do pronome possessivo NÃO É UM SINÔNIMO DE IMPESSOALIDADE.

    Isto é um argumento falacioso, Rubens!

    Então, qual é a prova de que o Espírito Santo é uma pessoa divina e distinta do Pai e do Filho, e não uma mera força impessoal?

    O próprio Senhor Jesus, disse➡"Mas, quando vier aquele Espírito de verdade, ele vos guiará em toda a verdade; porque não falará de si mesmo, mas dirá tudo o que tiver ouvido, e vos anunciará o que há de vir." João 16:13.

    O Senhor Jesus disse que o Espírito falará do que tiver ouvido. Esta declaração já mostra que o Espírito tem identidade própria, ELE OUVE, e não é um mero agente impessoal através do qual Jeová fala, porque Jesus disse que o Espírito "não falará de si mesmo", QUER DIZER QUE O ESPÍRITO SANTO PODE FALAR DE SI MESMO, mas daquilo que tiver ouvido", ou seja, o Espírito OUVE DIRETAMENTE, e não é Jeová quem primeiro ouve e depois usará o "espírito santo" para comunicar a sua mensagem.


    ResponderExcluir
  161. e vos anunciará o que há de vir".... A palavra "anunciará" do grego ἀναγγέλλω anaggellō, é uma ação individual, pessoal e racional, portanto, não é a ação de uma força impessoal. É uma ação que parte, segundo as próprias palavras de Jesus, diretamente do Espírito Santo, e não como um intermediário de Jeová.


    O Espírito Santo ser derramado, soprado, repartido, não é uma prova da impessoalidade dele, porque à exemplo de João 16:13 citado acima, muitas passagens atestam da personalidade do Espírito Santo.

    Você mesmo, Rubens, afirmou aí acima⬇

    Portanto, visto que o espírito santo é a parte " Intríseca " de Jeová , os sofrimentos e outras características pessoais de Jeová as vezes são personalizados por tal espírito , ou energia de Jeová. "


    RESPOSTA ➡Acabou de dar com a língua nos dentes, porque, se como você admitiu, o "espírito santo é a parte intrínseca de Jeová "➡intrínseco [adjetivo] que faz parte de ou que constitui a essência, a natureza de algo; que é próprio de algo; inerente,

    então, Jeová pode ser soprado, repartido, derramado, etc.... Portanto, você não pode separar Jeová de seu espíríto, Já que o espírito pertence à essência da pessoa de Jeová!

    No Antigo Testamento, as funções que o Espírito realiza após o Calvário, não tinham ainda sido reveladas, e, nisto, não há o que discordar. As declarações de Jesus, a respeito do Espírito, o qual ficaria em seu lugar, como o OUTRO CONSOLADOR que Ele enviaria da parte do Pai, portanto a missão do Espírito Santo é Apostólica, é prova incontestável de que o Espírito Santo é uma pessoa distinta de Deus Pai.

    ➡Mas, quando vier o Consolador, que eu da parte do Pai vos hei de enviar, aquele Espírito de verdade, que procede do Pai, ELE TESTIFICARÁ DE MIM. João 15:26

    ➡E VÓS TAMBÉM TESTIFICAREIS, pois estivestes comigo desde o princípio. João 15:27

    Da mesma forma que os discípulos, o Espírito realizará uma ação inteligente, Ele TESTIFICARÁ da pessoa de Jesus.

    Ele é enviado DA PARTE DO PAI⬅a palavra PARTE aqui ao lado, do grego παρά, significa do lado, próximo à, à vista de, etc.. Portanto o Espírito não vem como uma emanação de Jeová, mas como uma personalidade.

    NOTE que não é o Pai que vem, o que seria o caso se o Espírito Santo fosse a força ativa de Jeová, como você disse, a parte "intrínseca de Jeová", mas Jesus disse que o Espírito será enviado.

    Agora, o Espírito sendo derramado, repartido, soprado, caíndo sobre as pessoas, etc são representações metafóricas de uma ação sobrenatural mais elevada. Mas, nesta instância, sendo conveniente
    ao Corpo Desgovernante, interpretar, [parece incrível, eles que costumam recorrer frequentemente a interpretaçoes alegorias] continuando... Como convém ao Corpo Desgovernante, neste caso, sustentar a crença na impersonalidade do Espírito Santo, eles irão interpretar de forma literal passagens com um sentido claramente figurado.


    ResponderExcluir
  162. Rubens, disse,

    Jesus não é Jeová , mais sim " um salvador " enviado por Jeová !

    Atos 4;12; diz; "Além disso , não há salvação em mais ninguuem , pois não há outro nome debaixo do céu , que tenham sido dado aos homens , pelo qual devemos ser salvos. "

    Aqui neste texto , vemos a expressão " PELO QUAL" que significa " por intermédio do qual" , ou por meio do qual. Vejamos o que dizem algumas traduções sobre este texto ;

    " Através do qual" - American King James Version ; Bible in Basic English; Douay Rheims; Geneva Bible; King James Version ; Updated King James Version ; Weslwey NT; Weymount NT.

    " Por meio do qual " - Albrecht Bibel, 1926.

    Isto significa que Jesus é o " MEIO", ou CANAL< para a nossa salvação , e não a " ORIGEM" ou " PROCEDÊNCIA" da Salvação.Como o próprio Jesus afirmou ; "EU SOU O CAMINHO> " (João 14;6) Caminho é o meio de se chegar há algum lugar ou alguém . A quem Jesus conduz ? Ele mesmo explicou; "Ninguém vem AO PAI senão POR MIM. " O mesmo Deus e Pai a quem Jesus nos conduz é também a " FONTE" ou " ORIGEM " da Salvação .

    Jeová disse ; "Além de mim não há Salvador . " ( Isaías 43;11; Salmo 106;21 ) Outros textos falam de Jesus Cristo como " SALVADOR" ( 2 Timoteo 1;10 ; 2 Pedro 1;11;) Mas Judas verso 25 , aqueciona o problema aplicando a regra Bíblica acima. O Texto diz; "Ao único Deus , Nosso Salvador , por " INTERMÉDIO" de Jesus Cristo , nosso Senhor. "O entendimento é claro; "Jeová é chamado de Salvador por ser a Procedência , o Autor e a Fonte da Salvação , ao passo que Jesus é referido como Salvador por ser o Agente , o Canal , ou meio, pelo qual ela é realizada. Isto é confirmado pela declaração de Atos 13;23; que reza; " DEUS TROUXE A ISRAEL , UM SALVADOR. " . Também Lucas 2;30;


    RESPOSTA ➡Em Isaías 63, há um claro paralelo com Apocalipse 19⬇

    Quem é este, que vem de Edom, de Bozra, COM VESTES TINTAS; este que é glorioso em sua vestidura, que marcha com a sua grande força? Eu, que falo em justiça, poderoso para salvar.

    POR QUE ESTÁ VERMELHA A TUA VESTIDURA, E AS TUAS ROUPAS COMO AS DAQUELE QUE PISA NO LAGAR?

    EU SOZINHO PISEI NO LAGAR, e dos povos ninguém houve comigo; e os pisei na minha ira, e os esmaguei no meu furor; E O SEU SANGUE SALPICOU AS MINHAS VESTES, E MANCHEI TODA A MINHA VESTIDURA. Isaías 63:1-3.

    E vi o céu aberto, e eis um cavalo branco; e o que estava assentado sobre ele chama-se Fiel e Verdadeiro; e julga e peleja com justiça.

    E os seus olhos eram como chama de fogo; e sobre a sua cabeça havia muitos diademas; e tinha um nome escrito, que ninguém sabia senão ele mesmo.

    E ESTAVA VESTIDO DE UMA VESTE TINGIDA EM SANGUE; e o nome pelo qual se chama é A PALAVRA DE DEUS.

    E seguiam-no os exércitos no céu em cavalos brancos, e vestidos de linho fino, branco e puro.

    E da sua boca saía uma aguda espada, para ferir com ela as nações; e ele as regerá com vara de ferro; E ELE MESMO É O QUE PISA O LAGAR DO VINHO do furor e da ira do Deus Todo-Poderoso.

    E no manto e na sua coxa tem escrito este nome: Rei dos reis, e Senhor dos senhores.

    Apocalipse 19:11-16

    O Senhor Jesus, chamado de A PALAVRA DE DEUS, de acordo com João 1:1, é, nestas duas passagens paralelas, consubstanciado, identificado com Jeová.


    Rubens, disse,

    Jesus não é Jeová , mais sim " um salvador " enviado por Jeová !

    Atos 4;12; diz; "Além disso , não há salvação em mais ninguuem , pois não há outro nome debaixo do céu , que tenham sido dado aos homens , pelo qual devemos ser salvos. "



    RESPOSTA ➡Você vai ter que decidir qual é o único nome para a salvação, JESUS ou Jeová, Já que o Corpo Desgovernante, inseriu o nome Jeová, 237, no Novo Testamento!

    ResponderExcluir
  163. Rubens, disse,

    Aqui neste texto , vemos a expressão " PELO QUAL" que significa " por intermédio do qual" , ou por meio do qual. Vejamos o que dizem algumas traduções sobre este texto ;

    " Através do qual" - American King James Version ; Bible in Basic English; Douay Rheims; Geneva Bible; King James Version ; Updated King James Version ; Weslwey NT; Weymount NT.

    " Por meio do qual " - Albrecht Bibel, 1926.

    Isto significa que Jesus é o " MEIO", ou CANAL< para a nossa salvação , e não a " ORIGEM" ou " PROCEDÊNCIA" da Salvação.Como o próprio Jesus afirmou ; "EU SOU O CAMINHO> " (João 14;6) Caminho é o meio de se chegar há algum lugar ou alguém . A quem Jesus conduz ? Ele mesmo explicou; "Ninguém vem AO PAI senão POR MIM. " O mesmo Deus e Pai a quem Jesus nos conduz é também a " FONTE" ou " ORIGEM " da Salvação .

    Jeová disse ; "Além de mim não há Salvador . " ( Isaías 43;11; Salmo 106;21 ) Outros textos falam de Jesus Cristo como " SALVADOR" ( 2 Timoteo 1;10 ; 2 Pedro 1;11;) Mas Judas verso 25 , aqueciona o problema aplicando a regra Bíblica acima. O Texto diz; "Ao único Deus , Nosso Salvador , por " INTERMÉDIO" de Jesus Cristo , nosso Senhor. "O entendimento é claro; "Jeová é chamado de Salvador por ser a Procedência , o Autor e a Fonte da Salvação , ao passo que Jesus é referido como Salvador por ser o Agente , o Canal , ou meio, pelo qual ela é realizada. Isto é confirmado pela declaração de Atos 13;23; que reza; " DEUS TROUXE A ISRAEL , UM SALVADOR. " . Também Lucas 2;30;



    RESPOSTA ➡Essa interpretação é falaciosa, vinda da Torre de Vigia, porque Deus, diz com todas as letras em Isaías ⬇

    Vós sois as minhas testemunhas, diz Yahweh e meu servo, a quem escolhi; para que o saibais, e me creiais, e entendais que eu sou o mesmo, e que antes de mim deus nenhum se formou, e depois de mim nenhum haverá.

    Eu, eu sou o Yahweh e fora de mim não há Salvador.

    Eu anunciei, e eu salvei, e eu o fiz ouvir, e deus estranho não houve entre vós, pois vós sois as minhas testemunhas, diz o Senhor; eu sou Deus. Isaías 43:10-12

    Deus está afirmando que somente Ele faz toda a ação: Ele anuncia, Pai, Ele salva, Filho, Ele faz ouvir, Espírito Santo. Ele exclui qualquer AGENTE EXTERNO.

    Além do mais, Yahweh diz que depois dEle "nenhum deus se formou", o que mostra que Jeová não criou um deus menor para ser um agente através do qual Ele realiza o plano de salvação DO PECADO , como se Ele mesmo não fosse capaz e tivesse que mandar um peão no LUGAR no Seu lugar.

    O Logos, João 1:1-3, que é Deus e se encarnou é o meio pelo qual o Pai realizou a salvação.

    Se você coloca um deus menor como agente, você entra em contradição com texto de Isaías 43:10-12 ali acima.

    Além do mais, Jesus disse aos eleitos,

    As minhas ovelhas ouvem a minha voz, e eu conheço-as, e elas me seguem;
    E DOU-LHES A VIDA ETERNA, e nunca hão de perecer, e ninguém as arrebatará da minha mão. João 10:27,28

    Um deus menor, criatura, não pode conceder a vida eterna. Isto é prerrogativa de Deus. Deus não pode "pegar" o dom da vida eterna " e dá-lo à uma criatura para que essa criatura conceda a vida eterna à outras criaturas.

    Se não é Jesus que dá a vida, mas apenas atua como um intermediário de Jeová [fazendo o que?] mas é Jeová que realmente dá a vida eterna, então, Jesus estava mentindo.

    Por isso, em Judas 25, que você citou, Jesus Cristo não é um agente externo como Moisés ou outro profeta, mas a agência do Filho procede do Ser do Pai do qual Ele é o Logos, a Palavra.

    Para as Testemunhas de Jeová, Jesus é o arcanjo Miguel e um deus menor. Como é que você vai inserir um arcanjo/Deus menor em Isaías 43:10-12?

    Como é que Deus vai criar um deus menor para usá-lo no plano de salvação, se em Isaías 43:10-12, e passagens paralelas Ele diz que não faz isso?


    ResponderExcluir
  164. Rubens, perguntou,

    Se Jesus é " ONIPOTENTE" porque então em João 17;5;, ele pede ao Ábba a Glória que ele tinha antes da existência do mundo?


    RESPOSTA ➡ Eu lhe devolvo a pergunta➡ se Jeová é Onipotente, porque Jesus disse,

    Jesus falou assim e, levantando seus olhos ao céu, e disse: Pai, é chegada a hora; glorifica a teu Filho, para que também o teu Filho te glorifique a ti? João 17:1

    São questões relacionadas a Encarnação, que vocês não querem compreender.


    Rubens, disse,

    Qualquer leitor sincero da Bíblia não pode deixar de concluir que o espírito santo difere das descrições oficiais das Igrejas , que dizem que ele é uma pessoa . Considere os seguintes relatos Bíblicos ;

    1) Quando Maria , a mãe de Jesus , visitou sua Prima Elisabete , a Bíblia diz que a criança no ventre de Elisabete pulou, e " Elisabete ficou " CHEIA" de espírito santo". - Lucas 1;41


    Pergunte-se ; " É razoavél imaginar que uma pessoa fique cheia de outra pessoa ?


    RESPOSTA ➡O Apóstolo Paulo disse aos Coríntios ⬇

    " Examinai-vos a vós mesmos, se permaneceis na fé; provai-vos a vós mesmos. Ou não sabeis quanto a vós mesmos, QUE JESUS CRISTO ESTÁ EM VÓS?" 2 Coríntios 13:5,6

    Como Jesus Cristo pode estar dentro de uma pessoa?

    É a natureza divina que é implantada pelo Espírito Santo nos regenerados. O Espírito Santo é pessoal, mas é Deus, é portanto pode atuar dentro de seres humanos à partir da esfera espiritual.

    Da mesma forma, as pessoas podem ficar cheias de demônios, que são espíritos, e seres pessoais.


    Rubens, disse,

    2) Quando João Batista falou a seus discípulos sobre Jesus como aquele que o iria suceder , João disse; "Eu, da minha parte , batizovo-os com água , mas o que vem depois de mim é mais forte do que eu , nando sendo eu nem apto para tirar-lhes as sandálias . Este vos batizará com espírito santo. " -Mateus 3;11;

    Dificilmente João estaria dizendo que o espírito santo é uma pessoa quando falou sobre Jesus " BATIZAR PESSOAS COM ESPÍRITO SANTO . "



    RESPOSTA ➡Como alguém pode ser batizado "em uma pessoa?"

    E todos foram BATIZADOS EM MOISÉS, na nuvem e no mar. 1 Coríntios 10:2

    Significa estar sob a autoridade de Moisés.

    Se o Espírito Santo é, como você afirmou anteriormente, a "parte intrínseca de Jeová", então o pessoal foi batizado com Jeová.

    É absurda essa separação que você faz entre Jeová e o "espírito santo" de Jeová!

    O Espírito de Jeová, é Jeová, assim como a mão de um pessoa, não somente é parte da pessoa, mas com outras partes, não em separado, constitui a pessoa em sua totalidade.

    Batismo com o Espírito é estar sob a autoridade do Espírito.

    Ser batizado com o Espírito Santo não significa Jesus pegando o Espírito, e literalmente derramando sobre o povo, mas sim ter acesso a presença poderosa do Espírito. Em 1 Coríntios 12:11, diz que o Espírito reparte os dons como ELE QUER, mostrando soberania e vontade.

    A analogia com a água, é porque estava ocorrendo uma mudança de dispensação, onde todos os crentes participariam da vida divina através da preodo Espírito, e o enfoque está neste tema, e não em uma comparação entre as formas de batismo.


    ResponderExcluir
  165. Rubens, disse,

    Ao contrário da crença popular , Deus não está presente em toda parte ao mesmo tempo. Em vez disso , ele vive no domínio espiritual " num lugar estabelecido de morada", ou residência. " (1 Reis 8;39; 2 Crônicas 6;39)As Escrituras também fazem referência ao lugar específico onde Deus mora e tem seu trono . " ( 1 Reis 22;19; Isaías 6;1; Daniel 7;9; Apocalipse 4;1-3). No entanto, a partir deste lugar estabelecido de morada ", ele pode usar sua força ativa para alcançar qualquer lugar , tanto no domínio espiritual como no dominío físico . - Salmo 139;7;

    Em 1879, o Erudito Bíblico Charles L. Ives ilustrou apropriadamente a habilidade de Deus exercer o seu poder a partir de um lugar fixo. Ele escreveu; "Por exemplo, nos dizemos; "Abra as venezianas e deixe o Sol entrar . " Não estamos nos referindo ao Sol, Literal físico , mas sim aos raios solares , ou seja, aquilo que procede do sol. "De maneira similar , Deus não precisa ir aos lugares em que pretende usar a sua força ativa.Ele simplesmente utiliza seu espírito santo, que pode alcançar as extremidades da sua criação. Encarar o espírito santo pelo que ele é - a poderosa força ativa de Deus - pode lhe dar a confiança que Jeová cumprirá as suas promessas . "

    Aqui , "EVAPORA" a terceira pessoa da Trindade , a saber o espírito santo !"



    RESPOSTA ➡Se Deus não está presente em toda a parte ao mesmo tempo, então Ele não é Onipotente, não criou todas as coisas, porque o espaço em que Ele vive, não foi criado por Ele, porque se Ele criou o espaço em que Ele vive, é que anteriormente não havia o tal espaço, ou seja, Ele não precisava dele, mas o criou tendo em vista a sua criação.

    Deus estabeleceu uma morada para ter comunhão com suas criaturas. Mas antes da criação, esta morada não existia.

    O Espírito Santo não percorre o espaço, mas manifesta-se imediatamente da eternidade em lugares diferentes da criação.

    É sempre assim que as Escrituras apresentam o movimento de Deus, da eternidade para o temporal, e não percorrendo o espaço em longas distâncias. Essa imagem não é escriturística.

    A Bíblia diz que Deus criou todas as coisas, mas se, Deus não criou o espaço em que Ele habita, cria-se uma outra contradição com a Bíblia a qual afirma que Ele criou todas as coisas.

    Se não havia espaço, este surge de Deus, o que torna o assunto onipresença irrelevante, Já que Deus está além do físico e do supra - físico, da sua eternidade, luz inacessível, se manifestando num corpo celestial para ensejar contato com as suas criaturas.

    Este deus jeovísta não é o Deus de Abraão, o Deus de Isaac, o Deus de Israel. É mais uma farsa da
    Watchtower.


    Rubens, disse,

    Efésios 4;30 ; diz que o "espírito santo pode ser entrestecido ", isso afirmaria que ele é uma pessoa ?

    É verdade que ficar triste é um atributo dado a uma pessoa , será que isso procede com o espírito santo ?

    Vamos Deixar que a Bíblia interprete a si mesma , e veremos se isso procede .
    Outrossim, é digno de nota que , o espírito santo é muitas vezes , um " SINÈDOQUE " , de Deus - figurativamente o próprio Deus. Como assim?

    Primeiro vejamos o que é " SINÉDOQUE";
    " É quando se fala da parte de algo ou alguém como sendo a própria coisa ou pessoa.
    Exemplo; "Muitos sem teto morreram por causa do frio. " Neste exemplo, " Sem Teto" é uma sinédoque de " sem casa", pois o teto é uma parte da casa. "


    RESPOSTA➡Rubens, você Já se deu conta de que para vocês sustentarem as doutrinas produzidas no Brooklyn, vocês tem que transformar a Bíblia em um livro de sinédoques, prosopopéias, linguagem figurada, etc?

    Não vê que a frequência com que vocês recorrem à estes expedientes quando se vêem em apertos, está sinalizando que a doutrina é falsa?

    ResponderExcluir

  166. Você, depois, começou a dizer nada com coisa nenhuma. Construiu um texto ruim, forçado e confuso, cheio de comparações sem cabimento.

    Se Paulo advertiu os Efésios para não entristecer o Espírito Santo, você acha que os Efésios ao lerem a carta, interpretaram, o "não entristeçais o Espírito" como sendo linguagem figurada?

    Quer dizer que eles poderiam entristecer o Espírito de maneira figurada?


    Daí, depois de dar alguns exemplos você disse,

    ssim também, quando o espírito santo de Deus fala , é Deus quem fala. A própria fraseologia diz; "espírito santo " DE DEUS. ", é algo que pertence a Deus, e portanto, pode muito bem ser usado como uma metonímia ou sinédoque do próprio Deus. A Bíblia menciona o " espírito de Jeová" ( Isaías 63;14)
    Ou seria o Jeová de Jeová ? Ou o Deus de Deus ? NÃO! Isso seria uma tolice ! O espírito santo " É ALGO" que " PERTENCE A DEUS", não o próprio Deus literalmente.


    RESPOSTA ➡Agora até o "espírito santo" virou sinédoque? Você afirmou que o Espírito Santo é ALGO" que " PERTENCE A DEUS", não o próprio Deus literalmente."

    Que bobagem!

    Sem condição, baixo nível de argumentação.....

    ResponderExcluir
  167. Rubens Vasconcelos,

    Esta é a VIGÉSIMA PRIMEIRA VEZ que eu estou lhe fazendo esta pergunta.

    Não tem coragem prá responder... Que feio prá você!



    ɑ pɛʀguɳtɑ ⬇


    a тradυção do novo мυndo daѕ eѕcrιтυraѕ da Watchtower, ɗiz ɑรรiɱ ɛɱ ɱɑʀcѳร 12:28-34,

    "Um dos escribas, que havia se aproximado e ouvido a discussão, vendo que ele tinha lhes respondido bem, perguntou-lhe: “Qual mandamento é o primeiro* de todos?”+

    29 Jesus respondeu: “O primeiro é: ‘Ouve, ó Israel: Jeová,* nosso Deus, é um só Jeová.* 30 Ame a Jeová,* seu Deus, de todo o seu coração, de toda a sua alma,* de toda a sua mente e de toda a sua força.’+

    31 O segundo é: ‘Ame o seu próximo como a si mesmo.’+ Não há outro mandamento maior do que esses.” 32 O escriba lhe disse: “Instrutor, o senhor disse bem, em harmonia com a verdade: ‘Ele é um só, e não há outro além dele’;+

    33 e amá-lo de todo o coração, de todo o entendimento e de toda a força, e amar o próximo como a si mesmo vale muito mais do que todas as ofertas queimadas e sacrifícios.”+ 34 Com isso, Jesus, percebendo que ele tinha respondido de modo inteligente, disse-lhe: “Você não está longe do Reino de Deus.” Mas ninguém teve coragem de lhe fazer mais perguntas.+"

    A pergunta que eu estou a repetir pela VISÉGIMA SEGUNDA VЄZ, e que, até o presente momento, não foi respondida Rubens Vasconcelos,

    Jesus Cristo, NÃO É O NOSSO PRÓXIMO.

    De acordo com as Testemunhas de Jeová, Jesus NÃO É JEOVÁ,


    Sendo assim, EM QUAL DOS 2 MAIORES MANDAMENTOS DA LEI, JESUS SE ENCONTRA?


    OBSERVAÇÃO: Lembre-se, de que NENHUM OUTRO DEUS , (de nenhuma outra espécie), pode ser adicionado ao primeiro mandamento, sob pena de quebrantamento da Lei por causa do pecado de idolatria.


    eѕтoυ eѕperando a ѕυa reѕpoѕтa.

    ResponderExcluir
  168. Sr. Gamarra ,percebeu o nivel de argumentacao ? Seria Jesus o nosso proximo ? E pra rir ou pra chorar ? E melhor rir !" Sera que o Sr. Paulo Cadi sabe o que e grau superlativp ?" Ou sera que ele sabe o que e exclusividade pragmatica ?"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se voce achou tão simples a pergunta do Sr Paulo Cadi, então porque não a responde??

      Excluir
    2. A questao Sr. Iran nao e a pergunta ser simples , mas sim sem logica ! Por exemplo ,Joao 13;34,35 diz que Jesus deu um novo mandamento ;," Amar uns aos outros como. EU VOS AMEI ." Por que Jesus deu um novo mandamento , se na lei ja existia a exigencia de amar o proximo ?"

      Excluir
    3. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    4. Então porque você não diz isso ao Paulo Cadi diretamente? Mas voce tem razão Unknown sobre a maneira pela qual esse mandamento pôde ser declarado novo, sendo realmente muito antigo. Mas na realidade existem muitas interpretações. certamente aqui está inserida a idéia do amor cristão, de mover as fronteiras nacionais tão comuns nas páginas do A.T. e na tradição judaica. Pois o amor era interpretado como algo que só podia ocorrer entre pessoas da raça judaica. o cristianismo eliminou essas distinções tão artificiais e injuriosas. Então hoje para o cristão, quem estiver perto dele é o seu próximo, sem importar as suas convicções religiosas (como a história do bom samaritano).

      Excluir
  169. Só para os " analfabetos funcionais " entenderem sobre João 1;1;

    Que tipo de Deus era o logos ?

    Pela regra da gramática grega , na parte "C" do versículo, o artigo " DEFINIDO", vem " ANTES" do Logos ,e não antes de theós . isto faz com que theós venha a ser uma " qualidade" do Logos !'

    Portanto, o Logos era Divino , Poderoso , Divinamente Poderoso , assim como vertem 126 Traduções da Bíblia !"

    O Logos era divino, e não " A MESMA PESSOA COM QUEM ESTAVA. " - João 1;1-3

    ResponderExcluir
  170. Só para acabar com o Papo " Furado" do Sr. Paulo Cadi em João 1;1; , irei postar o link do nosso amado irmão Queruwin , sobre João 1;1; e acabar com o papo desse " APEDEUTA".

    https://www.youtube.com/watch?v=_HsTh4KI1XU&feature=share

    ResponderExcluir
  171. Mais;

    https://www.youtube.com/watch?v=KzG9zAOYW8s

    ResponderExcluir
  172. Bom dia a todos!


    O IRAN, muito bem, levantou a questão,

    Se voce achou tão simples a pergunta do Sr Paulo Cadi, então porque não a responde??


    A resposta do Unknown (deve ser o Rubens, foi esta,

    A questao Sr. Iran nao e a pergunta ser simples , mas sim sem logica ! Por exemplo ,Joao 13;34,35 diz que Jesus deu um novo mandamento ;," Amar uns aos outros como. EU VOS AMEI ." Por que Jesus deu um novo mandamento , se na lei ja existia a exigencia de amar o proximo ?"



    RESPOSTA ➡O Unknown, sem saber o que responder, afirmou,

    "Sr. Iran não e a pergunta ser simples , mas sim sem logica!"


    Então, o Unknown, conclui, com uma afirmação desconexa, e sem sentido, dizendo,

    Por exemplo ,Joao 13;34,35 diz que Jesus deu um novo mandamento ;," Amar uns aos outros como. EU VOS AMEI ." Por que Jesus deu um novo mandamento , se na lei ja existia a exigencia de amar o proximo ?"



    RESPOSTA ➡ Jesus deu um NOVO MANDAMENTO para o grupo dos ungidos, dos Apóstolos, e não para vocês da Grande Multidão. Foi Jesus quem deu o mandamento aos discípulos, "para ELES se amarem como ELE os amou."

    O mandamento de amar ao próximo, continua, tanto é que o Apóstolo Paulo o cita em suas cartas,

    "Porque vós, irmãos, fostes chamados à liberdade. Não useis então da liberdade para dar ocasião à carne, mas servi-vos uns aos outros pelo amor.

    Porque toda a lei se cumpre numa só palavra, nesta: AMARÁS AO TEU PRÓXIMO COMO A TI MESMO.

    Se vós, porém, vos mordeis e devorais uns aos outros, vede não vos consumais também uns aos outros."

    Gálatas 5:13-15


    Então, Unknown, este NOVO Mandamento, que estabelece a relação entre os crentes, é o MESMO "amor ao PRÓXIMO", mas com o significado AMPLIADO, porque agora ele vem carregado com a mensagem da cruz e da regeneração.



    Portanto, a pergunta permanece,


    ɑ pɛʀguɳtɑ ⬇


    a тradυção do novo мυndo daѕ eѕcrιтυraѕ da Watchtower, ɗiz ɑรรiɱ ɛɱ ɱɑʀcѳร 12:28-34,

    "Um dos escribas, que havia se aproximado e ouvido a discussão, vendo que ele tinha lhes respondido bem, perguntou-lhe: “Qual mandamento é o primeiro* de todos?”+

    29 Jesus respondeu: “O primeiro é: ‘Ouve, ó Israel: Jeová,* nosso Deus, é um só Jeová.* 30 Ame a Jeová,* seu Deus, de todo o seu coração, de toda a sua alma,* de toda a sua mente e de toda a sua força.’+

    31 O segundo é: ‘Ame o seu próximo como a si mesmo.’+ Não há outro mandamento maior do que esses.” 32 O escriba lhe disse: “Instrutor, o senhor disse bem, em harmonia com a verdade: ‘Ele é um só, e não há outro além dele’;+

    33 e amá-lo de todo o coração, de todo o entendimento e de toda a força, e amar o próximo como a si mesmo vale muito mais do que todas as ofertas queimadas e sacrifícios.”+ 34 Com isso, Jesus, percebendo que ele tinha respondido de modo inteligente, disse-lhe: “Você não está longe do Reino de Deus.” Mas ninguém teve coragem de lhe fazer mais perguntas.+"

    A pergunta que eu estou a repetir pela VISÉGIMA TERCEIRA VЄZ, e que, até o presente momento, não foi respondida Rubens Vasconcelos,

    Jesus Cristo, NÃO É O NOSSO PRÓXIMO.

    De acordo com as Testemunhas de Jeová, Jesus NÃO É JEOVÁ,


    Sendo assim, EM QUAL DOS 2 MAIORES MANDAMENTOS DA LEI, JESUS SE ENCONTRA?


    OBSERVAÇÃO: Lembre-se, de que NENHUM OUTRO DEUS , (de nenhuma outra espécie), pode ser adicionado ao primeiro mandamento, sob pena de quebrantamento da Lei por causa do pecado de idolatria.


    eѕтoυ eѕperando a ѕυa reѕpoѕтa.


    ResponderExcluir