quinta-feira, 24 de março de 2011

A IPB aceita o batismo da Congregação Cristã no Brasil !...?

Estou postando isso como apelo para que o assunto tome algumas proporções Conciliares, se Deus quiser. Certo missionário da IPB conversando comigo sobre as inúmeras fragilidades doutrinárias da CCB, além do misticismo impregnado em torno de ‘buscar a Palavra na Congregação’. Lembrei-me de que o batismo da CCB é ainda aceito na IPB.

O que temos é a seguinte posição, antiga, mas que até agora desconheço alguma mudança:

"SC-54-137 - Quanto às consultas dos Presbitérios de Niterói, de Sorocaba e da Igreja Presbiteriana Unida de São Paulo sobre como devem ser recebidos na IPB membros de igrejas pentecostais, congregação cristã ou Assembléia de Deus, bem como pessoas que professam a fé em igrejas reconhecidamente evangélicas mas que não pertencem à Confederação Evangélica do Brasil e também não concedem carta de transferência para outras denominações, o SC resolve responder que essas pessoas sejam recebidas por pública profissão de fé, independente de novo batismo." (negrito e itálico meu)


Como podemos ver, a IPB considerou a CCB como uma dentre várias igrejas pentecostais. Mas uma diferença marcante na CCB é que eles pregam a salvação batismal, além de sua exclusividade.
O que fica difícil para estabelecer algo, é que em um dos seus ‘12 pontos de fé’ eles dizem que a salvação vem por meio da fé! Veja:

5. Nós cremos que a regeneração, ou o novo nascimento, só se recebe pela fé em Jesus Cristo, que pelos nossos pecados foi entregue e ressuscitou para nossa justificação. Os que estão em Cristo Jesus são novas criaturas. Jesus Cristo, para nós, foi feito por Deus sabedoriua, justiça, santificação e redenção. (Rom. 3:24 e 25; I Cor., 1:30; II Cor., 5:17)


Ou seja, é pregado uma heresia, mas é oficialmente ensinado outra coisa... Embora documentos internos da CCB ensinem a salvação batismal, o que chega ao público externo é o Hinário com os ‘’12 pontos’’. (Além disso o Batismo na CCB é uma inovação, eles batizam ‘Em nome de Jesus e em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo!’ Acho que isso foi inventado no inicio do século XX.)

O que fazer? Por enquanto temos que seguir a sugestão do SC, embora casos particulares possam ser examinados e conselhos locais propor, em base individual, um Batismo verdadeiro. Mas não existe uma posição oficial da IPB sobre isso. Ou seja, não devem ser batizados aqueles que saem da CCB e se tornam Presbiterianos.

A IPB se posicionou sobre a Igreja Mundial e IURD. Obviamente a Internacional da Graça e Renascer em Cristo, que são da mesma linha, por inferência também recebem a mesma classificação. São seitas. A Congregação Cristã não pode ser deixada de ladom, pois é uma denominação extremamente exclusivista, com uns três milhões (3.000.000) de membros fora as crianças e frequentadores.

23 comentários:

  1. Quanto a questão de documentos internos da CCB ensinam a salvação batismal. Gostaria d saber mais sobre isso... c tiver algum poderia divulgar????
    Eu recebo algumas informações d que a liderança da ccb em circulares tentam levar a igreja p um caminho mais biblico. Proibindo pessoas falarem nas reuniões como em nome de Deus na primeira pessoa (tip: eus q t digo), proibindo revelações sobre casamento e proibindo chamar os outros cristãos d seitas... Mas não sei c é verdade tbm...

    ResponderExcluir
  2. Valdim, obrigado pelo comentário, acredito que será muito útil tal pergunta.
    1) Tal proibição é, pelo que parece, para os que ficam entregando profecias sem serem 'anciãos e cooperadores na hora da palavra'. Nada mais.
    2) Não chamar outros de 'seita' ou como diziam alguns, 'seitários' não muda nada do que eles pensam sobre outras igrejas. Eles continuam sendo exclusivistas.
    3) Preciso encontrar os documentos que 'estão' disponiveis no site: ccbverdade.com que >hj< está temporariamente interrompido.
    Mas a salvação batismal na CCB não é nada estranho ou algo que precise de provas. Eles dizem isso abertamente.
    Abraços

    ResponderExcluir
  3. Estranho... eles também crêem na segunda benção!


    7. Nós cremos no batsmo do Espíto Santo, com evidência de novas línguas, conforme o Espírito Santos concede que se fale. (Atos, 2:4; 10:45-47; 19:6).

    http://www.cristanobrasil.com/index.php?ccb=ccbfundamentacao

    ResponderExcluir
  4. O grande problema (e aqui eu incluo os pentecostais e uma gama de cristãos "reformados" nominais) é a fé na ESCRITURA como Palavra de Deus isolada! Em 2 Tm: 3.16 o apóstolo diz que TODA Escritura é inspirada por Deus e TODA Escritura é útil para...ou seja, a utilidade para formar o caráter do homem de Deus deve vir de TODA a ESCRITURA e não apenas de um texto, isoladamente.

    A utilização de textos isolados sem análise do contexto é perigosíssima à saúde espiritual do servo do SENHOR e este é, além do exclusivismo, outro sério problema da CCB, sem falar do LEGALISMO, em muito parecido com o Farisaísmo. (Conversei recentemente com uma membra da congregação cristã, questionando o meio de salvação... ela me disse que não iria para o céu porque usava calça e a ESCRITURA havia dito que o mulher não deve usar roupa de homem... É ABOMINAÇÃO!)

    ResponderExcluir
  5. Já disse, e volto a repetir... EXISTE ALGUÉM QUE GOSTA MUITO DE UTILIZAR-SE DA DESCONTEXTUALIZAÇÃO DE TEXTOS BÍBLICOS: Mt: 4.4-6.

    Que o SENHOR tenha misericórdia de nossa interpretação bíblica!

    ResponderExcluir
  6. é irmão Luis, geralmente os que se apegam mais na teologia sistemática não cometem esses erros (sem provocações...kkkk)
    abraços...!

    ResponderExcluir
  7. Bem, se eles pelos menos fizessem uma correta EXEGESE do texto que utilizassem, utilizando-se do recurso da ANALOGIA DA FÉ cautelosamente, talvez evitassem os tais erros... ai ai... a TEOLOGIA EXEGÉTICA é fantástica, não é mesmo, irmão Luciano? (rsrsrsrsrs)

    Deus abençoe!

    ResponderExcluir
  8. A respeito da "fórmula" usada para batismo na CCB, se esclarece em 1 joão cap 5 versos 7 e 8: 7 Porque três são os que testificam no céu: O Pai, a Palavra [Jesus Cristo] e o Espirito Santo, e estes três são um. 8 E três são os que testificam na terra: o Espírito,e a água e o sangue, e estes três concordam num. Ou seja, no ato do batismo na CCB, invoca-se as três testemunhas que estão na terra: Jesus Cristo e as três testemunhas que estão no céu: O Pai, a Palavra "o filho", e o Espírito Santo. Só não entende quem não quiser entender.

    ResponderExcluir
  9. Sobre ser a CCB exclusivista, eles apenas estão sendo fieis às suas raízes. A doutrina pregada pelos apostolos era
    exclusivista! Há inúmeras passagens na bíblia para sustentar essa afirmação, vou citar apenas algumas: A Igreja foi
    comparada a um corpo "o corpo de Cristo" 1 Corintios 12:12, por quê! afinal... Ora se examinarmos em laboratório várias
    células de diversas partes de um mesmo corpo, verificaremos que são iguais, possuem o mesmo dna, comparativamente, o corpo de Cristo não pode ser formado por diversas denominações divergente, isso seria dividir o corpo de Cristo.I Corintios 1:10-13 Rogo-vos, porém, irmãos, pelo nome de nosso Senhor Jesus Cristo, que digais todos uma mesma coisa, e que não haja entre vós dissensões; antes sejais unidos em um mesmo pensamento e em um mesmo parecer.
    Porque a respeito de vós, irmãos meus, me foi comunicado pelos da família de Cloé que há contendas entre vós.
    Quero dizer com isto, que cada um de vós diz: Eu sou de Paulo, e eu de Apolo, e eu de Cefas, e eu de Cristo.Está Cristo dividido? Diante disso, como alguem pode afirmar que as milhares de denominações existentes conduzem a um mesmo destino, a Deus? Ainda que fossem apenas duas, uma estaria errada! A doutrina de Cristo ensinada pelos apostolos, era uma só, não se admitia dissidências, e continua assim... cabe a cada um de nós, esforçar-se para encontrá-la, buscando a Deus e guiando-se pela palavra.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu irmão... Eu só não digo que anda blasfemando porque não é este o ponto, mas o senhor está bem enganado. O Senhor Jesus chamou, realmente, uma igreja - se soubesse que o termo "ekklésia" em grego, significa os que são "chamados para fora" (no caso, para fora do pecado), não diria tal disparate.

      A Igreja começo a se dividir, COMEÇAMOS a dividir o Corpo de Cristo ainda nos primeiros séculos do então chamado cristianismo... Um dizendo que era Paulo, outro que era de Apolo, depois um Denotrofes, e por fim, um Imperador romano elevou uma "seita judaica" a religião do Estado... e, a partir daí, só aconteceram divisões POR CAUSA DO HOMEM e não de Deus. Inclusive, se o senhor não sabe, Luiz Francescon saiu da Presbiteriana, após ter uma revelação...Ou seja...vamos repensar aí, no que disse.

      As obras da carne são bem conhecidas quando excluímos outros irmãos. Dissensões e divisões não procedem de Deus.

      Excluir
    2. Diótrefes, e não Denotrofes hehe.

      Excluir
  10. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  11. Olaris, grato pela visita.
    Mas o batismo da CCB (herdado [e inventado] dos pentecostais do início do século XX) não tem base bíblca nem histórica.

    O texto que vc citou foi tão deturpado para a causa batismal, que nem acredito que mereça resposta... abbraços
    Uma pergunta: A CCB Jandira, tem a mesma doutrina da CCB, ela então está certa?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não merece resposta ou vc ainda não alcançou discernimento para compreender. Meu caro! jamais alguem vai compreender a bíblia na sua essência por meio exaustivos estudos ou de graduações em teologia,etc...,ou vc não sabe que Deus ocultou os Seus mistérios aos sábios e entendidos, o homem só entende as coisas da terra, pois, toda a sua compreensão
      acerca de tudo tem base no que aprendeu desde o nascimento: I Corintios 2:11 Porque, qual dos homens sabe as coisas do homem, senão o espírito do homem, que nele está? Assim também ninguém sabe as coisas de Deus, senão o Espírito de Deus.Ou seja, alguem só entende a bíblia se tiver o verdadeiro Espirito de Deus. I Corintios 2:4-6 A minha palavra, e a minha
      pregação, não consistiram em palavras persuasivas de sabedoria humana, mas em demonstração de Espírito e de poder; Para que a vossa fé não se apoiasse em sabedoria dos homens, mas no poder de Deus. Por exemplo: Alguem só saberá como é possível amar ao próximo como a si mesmo se ele receber de Deus essa capacidade, isto é "poder de Deus", resumindo, para compreender a palavra é preciso vivenciar o que está na palavra. Não digo isso porque alguem me ensinou, mas por experiencia mesmo. Quanto ao batismo da CCB, seria uma blasfêmia da minha parte se duvidasse da veracidade do mesmo, dada a transformação que me ocorreu após passar por ele, nos meus sentimentos, fé, revelações etc..., Deus ensina tantas coisas pra gente no dia dia... Em outra oportunidade poderei relatar algumas experiências. A respeito da "CCB Jandira" não conheço, mas se tem
      absolutamente a mesma doutrina, por conseguinte, deve ser a mesma CCB! Que Deus te abençoe.

      Excluir
  12. Olaris, felizmente, eu não alcnacei "esse" discernimento mesmo...

    veja esse links, seria bom vc de vagar nessa seu fanatismo em torno da CCB. Esse site de um membro da CCB pode te ajudar a ser um pouco mais equilibrado.

    http://doutrinacristaccb.blogspot.com

    Abraços

    ResponderExcluir
  13. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mesmo Jesus sendo o filho do Pai ele foi castigado e morreu na cruz por você, Derramou o seu sangue para que seus pecados fossem perdoados. Isso que você deve ter em seu coração e não questionando a CCB.

      Excluir
    2. http://mcapologetico.blogspot.com.br/2013/07/a-congregacao-crista-no-brasil.html

      Excluir
  14. A defesa da denominação e de seus tópicos de ensinamento ultrapassa a defesa do Evangelho e a REAL mudança de vida.

    É uma pena, realmente, que poucos tenham acesso à internet, porque a verdade sair da boca do Ministério Brás vai ser BEM difícil. Pior: sempre que vejo os defensores da denominação Congregação... é como se estivesse lendo e relendo algo que gira em círculos e não chega a lugar algum - principalmente se for um ancião, cooperador ou diácono... Eu sei, porque fui conversar com dois deles. O Cooperador até que ficou calado, mas o diácono queria me convencer por lei que um cristão da Congregação e um da Assembleia não poderiam se unir em matrimônio porque era jugo desigual. Confesso que me deu vontade de abrir a bíblia e pregar para ele...

    ResponderExcluir
  15. E o Ministério Brás, Luciano, não aceita [nem por rezas e orações bravas] o Ministério Jandira. Para eles, são apóstatas da "fé" (leia-se doutrina do Brás), e a irmandade da Congregação foi exortada a não comungar com eles, via circular que corre solta pela internet.

    ResponderExcluir
  16. Afinal, a IPB deve aceitar ou não o batismo da CCB?
    Obrigada.
    Email: am.fb30@gmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pelo que consta oficialmente, por enquanto sim.

      Excluir