sexta-feira, 18 de dezembro de 2015

FALÁCIAS ARGUMENTATIVAS DOS ANTITRINITÁRIOS

Por Bruno dos Santos Queiroz

 A doutrina da Trindade está baseada em três pressupostos bíblicos: (1) Unidade: "Há absolutamente um só Deus e Deus é absolutamente um só" (Deuteronomio 6.4; 1 Timóteo 2.5; Marcos12.32; 2 Samuel 7.22; Romanos3.30; Tiago 3.19). (2) Deidade: o Pai é Deus absoluto, o Filho é Deus absoluto e o Espírito Santo é Deus absoluto (1Coríntios8.6; Filipenses 2.11; Isaías9.6; João1.1; Hebreus1.8; Colossenses2.9; Judas.4; 2Coríntios3.17-18; Romanos8.9) e (3) Distinção: O Pai, o Filho e o Espírito Santo são três pessoas (Subsistências) distintas (João8.17-18; Atos7.55; João 14.26; Mateus12.31-32. Mtateus 3.16,17; Mateus 28.19).1 Apesar da clara base bíblica da fórmula trinitária alguns argumentos têm sido levantados contra ela, os quais pretendo refutar abaixo:

1. ARGUMENTO DO SILÊNCIO:
       Defende que para uma doutrina ser bíblica ela precisa aparecer de maneira explícita nas Escrituras. Assim é comum vermos antitrinitários perguntando: “Onde a palavra ‘trindade’ aparece na Bíblia? ’’, ou ainda “só acredito na Trindade se você me mostrar o verso que diz ‘o Pai, o Filho e o Espírito Santo são um só’”. Evidentemente, como a Bíblia não é um tratado de Teologia Sistemática, não se deve esperar encontrar nela a palavra Trindade, mas sim seu conceito e textos sobre as quais está embasada.

2: ARGUMENTO DA ADULTERAÇÃO
       Argumenta que se um texto apoia a Trindade, ele foi adulterado. Ainda que não haja argumentos sólidos e consistentes, e até mesmo fortes evidências contrárias, atribuem adulterações a textos como Mateus28.19 e Isaías 9.6. No entanto as credências desses textos estão acima de qualquer contestação séria. Geralmente, os antitrinitários preferem o duvidoso Textus Criticus do que o tradicional Texto Majoritário, comumente cometendo uma falácia cronológica, como se a veracidade de um manuscrito fosse determinada por sua antiguidade2.

3: ARGUMENTO DA POSSIBILIDADE DE TRADUÇÃO
Textos como Tito 2.13 e Romanos 9.6 podem ser traduzidos tanto se referindo a divindade do Filho, quanto do Pai. Na realidade as duas possibilidades de tradução não só não contrariam a Trindade, como a apoiam. É importante ressaltar que uma possibilidade de tradução que ignora o contexto pode levar ao erro, a exemplo de traduções equivocadas de João 1.1 “um deus” e Hebreus 1.6 “prestar homenagem”, quando o contexto favorece mais a tradução “Deus” e “adorar”.

4: EXIBICIONISMO CRONOLÓGICO
       Afirma que a Trindade é falsa porque foi desenvolvida e sistematizada após o término da escrita bíblica. No entanto, embora tenha sido sistematicamente formulada tempo depois do término da escrita bíblica, a Trindade sempre esteve presente nas Escrituras. Desde o início do Cristianismo tinha-se a noção de que o próprio Cristo, enquanto Logos, era Deus absoluto (Jo1.1), em Paulo ele preexiste na forma de Deus (Fp2.6), em hebreus, Ele é o Senhor que no princípio fundou a Terra (Hb1.10). Nas cartas paulinas os Três são vistos como constituindo um só, “Jeová é o Espírito” (2Co3.17), e o Espírito de Deus é o Espírito de Cristo (Rm8.9). A Trindade foi espiritualmente revelada nas Escrituras, mas precisava-se de tempo e distância para chegar-se a uma formulação dos conteúdos revelados. A Trindade está presente espiritualmente, desde os primeiros tempos da Igreja, e seria pura questão de palavras insistir que a Trindade só foi descoberta tempo depois.

5: PARALELISMO INDEVIDO DE PASSAGENS
Deve-se tomar muito cuidado com o método comparativo e o paralelismo textual. Nem sempre uma expressão ou construção textual de uma passagem tem o mesmo sentido da de outra. Não é porquê “deus” se refere a Moisés e juízes num sentido que deverá ter o mesmo sentido para Cristo3. Nem que “espírito” por poder se referir a um aspecto antropológico humano ou a um elemento impessoal, que terá o mesmo sentido ao se referir ao Espírito Santo. Palavras em contextos diferentes tem significados diferentes.

6: INVALIDAÇÃO PRESSUPOSICIONALISTA
       Relembrando, existem três pressupostos básicos na fórmula trinitária: (i) Unidade; (ii) Divindade e (iii) Distinção. A falácia 6 argumenta que uma pressuposição da Trindade invalida a outra. Assim pensa-se que o primeiro pressuposto (unidade), contraria os outros dois. Assim é comum vermos antitrinitários citando textos que falam que “há um só Deus”, no entanto isso não é argumento contra a Trindade, mas sim a favor. Além do mais o pressuposto primeiro não invalida os outros dois, pois estes se referem à hipóstase, e aquele à essência.

7: CONFUSÃO CONCEITUAL
       Alguns confundem a Trindade com o modalismo, e assim querem refutar a Trindade mostrando que o Pai, o Filho e o Espírito Santo não são a mesma pessoa, enquanto é justamente isso que a Trindade ensina. Outros confundem também com tríade, e assim alegam que a Trindade é um politeísmo disfarçado, ou “três deuses” ou ainda com tripartidismo, e assim acham que a Trindade ensina que existem três seres divinos em um só Deus, ou ainda que Jesus é parte de uma Trindade, ou que para a Trindade Deus é uma unidade composta, que Jesus é uma pessoa separada de Jeová, ou mesmo que a Trindade ensina um Deus com divisões e separações.

8: ALEGAÇÃO DE PAGANIZAÇÃO
      Ensina que a Trindade é pagã por usar termos filosóficos ou por haver conceitos semelhantes em culturas pagãs. O erro desse argumento é esquecer-se da Revelação Geral de Deus, da origem comum das culturas e geralmente se baseia numa confusão conceitual dos pressupostos da Trindade ou em um uso equivocado do método histórico-comparativo.

9: ARGUMENTO ANTIFILOSÓFICO
       Afirma que a Trindade é falsa por usar termos filosóficos gregos em sua formulação. Esquecem-se da Revelação Geral de Deus e ignoram que a Trindade é derivada primariamente das Escrituras e não da filosofia. A realidade é que por influência da filosofia grega pagã, argumentos neoplatônicos foram usados para defender tanto a trindade como o unitarismo, nas discussões de Atanásio e Ário, por exemplo. Ário, um antitrinitário fez uso da filosofia platônica da ideia de Monas. Vários elementos da filosofia grega invadiram o Cristianismo, e foram usados tanto para defender doutrinas bíblicas como antibíblicas. Existe uma falsa ideia, entre aqueles que querem 'purificar' o Cristianismo do paganismo, segundo a qual tudo o que possui influência da filosofia grega é heresia. É verdade que não podemos menosprezar a Bíblia (nossa única regra de fé) em favor de filosofias humanas, nem ignorar que muitas heresias têm sua origem no pensamento greco-romano. No entanto, será um equívoco de nossa parte achar que a filosofia grega não trouxe nenhuma contribuição positiva para a epistemologia cristã, embora não como fundamento base para derivar uma doutrina. O próprio apóstolo Paulo não ignorou a literatura grega (At17.28). Segundo Gordon Clark: "Não importa o quanto um estudante principiante gostaria de evitar a filosofia, mais cedo ou mais tarde ele enfrentará essas dificuldades ou resignará a teologia em desespero."4

10: ARGUMENTO ANTICATÓLICO
       Há por parte de alguns, um ódio contra tudo que possa remeter às palavras, “pagã” e “católico”, de modo que qualquer dogma que supostamente tenha alguma ligação com essas palavras são atacadas com todas as forças. Embora seja verdade que a Igreja Romana seja a mãe de muitas heresias, alguns só negam a Trindade por amor ao judaísmo e ódio ao catolicismo, e não por apreço à verdade. É comum vermos pessoas levantando fatos históricos como a inquisição para invalidar a Trindade. Ignoram que quem revelou a doutrina da Trindade foi Deus e não a Igreja Romana.

11: CONFUSÃO ENTRE ECONOMIA E ONTOLOGIA
       Por economicamente o Pai ser maior que o Filho e o Filho maior que o Espírito, acreditam que isso também seja válido ontologicamente. Boa parte das críticas levantadas contra a Trindade erra justamente neste ponto, apresentado a hierarquia funcional como argumento contra a igualdade essencial das Pessoas da Trindade. Esse equívoco se vê por aqueles que insistem em provar que o Pai é maior que o Filho e o Espírito menor que o Filho e que assim a Trindade é invalidada. É comum insistirem, a partir daí, que um sabe mais que o outro, que há diferença de poderes entre Eles, etc.. Tais argumentos acabam por confundir função com essência e por isso conduzem a essas conclusões desastrosas. Uma compreensão clara da hierarquia funcional entre as hipóstases da divindade e da igualdade essencial entre elas eliminaria muito dos argumentos falaciosos levantados contra a Trindade.

1http://brunosunkey.blogspot.com.br/search/label/Trindade
2http://aprendiz.witnesstoday.org/ARTIGO_TEXTUS_RECEPTUS.htm
3http://www.ia-cs.com/2014/07/testemunhas-de-jeova-jesus-e-deus-assim.html

4http://www.monergismo.com/textos/trindade/A_Trindade_Gordon_Clark.pdf

451 comentários:

  1. Boa noite,Luciano e participantes! Texto interessante, mostrando as várias "possibilidades" de refutação à doutrina daquilo que eu prefiro chamar de "Triunidade" na Divindade e também demonstrando que as objeções daqueles que negam a Divindade plena de Cristo, estão baseadas em FALSOS pressupostos.

    Dois versículos que são "uma pedra no sapato" dos "humanistas"[porque todo aquele que afirma que o CERNE do evangelho, Cristo, no qual o evangelho tem sua origem, não é Divino, está do lado do mundo e do diabo] é Mateus 28:19→"Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, E [conjunção, gr. "Kai"] do Filho, E [conjunção, gr. "Kai"] do Espírito Santo; Hebreus 1:10-12→ "E: Tu, Senhor, no princípio fundaste a terra, E os céus são obra de tuas mãos.
    11 Eles perecerão, mas tu permanecerás; E todos eles, como roupa, envelhecerão,
    12 E como um manto os enrolarás, e serão mudados. Mas tu és o mesmo, E os teus anos não acabarão."

    Eu vasculhei por toda internet, desde o site em inglês da "New World Translation Defended e inúmeros sites unitarianos, e jamais encontrei sequer qualquer resposta adequada à estes dois versículos.

    Se pudessem, os jeovístas e unitarianos, dariam uma boa "tesourada" em Mateus 28:19-20, assim como os protestantes e evangélicos apóstatas, fizeram com 1João 5:7. Hebreus 1:10-12?...nem pensar! Está além da capacidade de jeovístas e unitarianos dar uma boa explicação sobre esta passagem.

    Alías, a única explicação que eles encontraram para Hb.1:10 foi a seguinte: Em Hebreus 1:8-9, o escritor está se referindo ao Filho, mas de repente, à partir do versículo 10 ele muda o foco e, então, dirige um "ode" ao Pai.

    É o mesmo tipo de argumentação que os jeovístas
    costumam utilizar em João 20:28, quando Tomás diz "meu Senhor" está se dirigindo a Jesus, mas subitamente, olha para o alto e diz, "meu Deus". Ha!ha!ha!ha!ha!

    Estamos lidando com um caso grave de eisegese!

    Pausa, e depois continua....

    ResponderExcluir
  2. Sente a sua falta e suas argumentacoes,a prendo muito com voce e luciano. Deus abencoe voces.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa Noite, irmão Matias! As falsas doutrinas estão se espalhando e minando grande parte, senão a maioria das instituições cristãs. A grande apostasia, por fim, se instalou no mundo inteiro.

      Um dos sinais, é que não está aparecendo homens de Deus, como no passado; a nova geração de pastores, são débeis, sem espiritualidade, não convertidos e sem aquele amor incandescente pela palavra, que caracterizou os servos de Deus através dos séculos.

      Mas Deus, sempre terá um remanescente ungido pelo Espírito, até o fim.

      No segundo ponto da postagem, diz: "Geralmente, os antitrinitários preferem o duvidoso Textus Criticus do que o tradicional Texto Majoritário, comumente cometendo uma falácia cronológica, como se a veracidade de um manuscrito fosse determinada por sua antiguidade2."

      Quase todas as traduções da bíblia estão contaminadas; em português, a única tradução [versão] confiável, é a "Almeida Corrigida e Fiel", da Sociedade Biblica Trinitariana.

      Os ataques a Sã Doutrina estão cada vez mais ousados. Estamos em guerra aberta e declarada contra as potestades das trevas.

      Mas, prossigamos em direção ao alvo da soberana vocação em Cristo Jesus. Amém!

      Excluir
  3. Olá amigos

    A crença na Sacratíssima e Santíssima Trindade sempre e eternamente Santa é totalmente biblica.

    A crença correta nessa Santíssima Doutrina é que existem 3 Santas Pessoas e todas as 3 tem Natureza Divina Santa.

    E para crer corretamente em tal Sagrada Doutrina se faz necessário crer que quando o Santo e mui Bendito Jesus quando esteve na terra Ele foi (e é) 100% humano i.e. plenamente Humano e 100% Divino i.e. plenamente Divino sem esta crença da totalidade plena de Jesus tanto humana quanto divina não é possível se crer na Sempre Santa Trindade.

    Crer que Jesus sendo 100% humano Ele poderia pecar é um equivoco de interpretação da Bíblia pois Jesus jamais poderia ter a predisposição para pecar pois Ele foi (e é) 100 % humano e 100 % Divino e o argumento de que Adão antes da queda era sem pecado e pecou logo Jesus poderia pecar não se sustenta pois Adão pecou pois tinha uma tendência ou predisposição pecaminosa tanto é que pecou, porém Jesus além de 100% Humano foi 100% Divino e Adão nunca foi 100% Divino. Quando parte dos anjos pecou e seguiram o diabo eles pecaram pois embora não fossem humano mesmo assim tinham uma tendência pecaminosa então não é só o fato de ter uma natureza 100% humana que pode pecar pois os anjos também pecaram. Em algum momento o Diabo desenvolveu o mal dentro dele e ele nem estava na terra e nem era humano.

    Luiz

    ResponderExcluir
  4. Olá

    Uma passagem muito interessante é 1 Timóteo 6:16 em que os mortalistas geralmente usam para defender a crença da morte da alma.

    Porém só ler a Bíblia não basta é presciso entender o que se está lendo sempre harmonizando com o restante da Escrituras.

    Em 1 Timóteo 6:16 diz que SÓ DEUS i.e. SÓ ELE possui a imortalidade e os adventistas do sétimo dia como eu escrevi acima geralmente usam essa passagem, e eles tem todo o direito de defenderem a crença deles, só que um jeovista poderia usar tal texto contra os próprios adventistas do sétimo dia argumentando que só Deus é imortal e que então Jesus seria mortal.

    Porém o texto está falando da Santíssima Trindade pois só Deus no sentido de Natureza Divina possui a imortalidade logo as 3 Santas Pessoas são imortais. percebam que emboar naõ esteja explicito mas implicitamente somos levados a ver que a Santissima Trindade é que é imortal.

    A interpretação do texto requer uma análise mais profunda pois o texto fala da Santíssima Trindade e não é uma passagem que defenda a mortalidade das almas.

    Luiz

    ResponderExcluir
  5. No ponto 5 da postagem diz:

    "5: PARALELISMO INDEVIDO DE PASSAGENS
    Deve-se tomar muito cuidado com o método comparativo e o paralelismo textual. Nem sempre uma expressão ou construção textual de uma passagem tem o mesmo sentido da de outra. Não é porquê “deus” se refere a Moisés e juízes num sentido que deverá ter o mesmo sentido para Cristo3. Nem que “espírito” por poder se referir a um aspecto antropológico humano ou a um elemento impessoal, que terá o mesmo sentido ao se referir ao Espírito Santo. Palavras em contextos diferentes tem significados diferentes."

    Recapitulando uma parte do ponto 5: "Não é porquê “deus” se refere a Moisés e juízes num sentido que deverá ter o mesmo sentido para Cristo3."

    João 1:1, já desbanca esta afirmação acima.

    "No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus."

    O "verbo" ou a "palavra" não pode ser outra coisa a não ser Deus mesmo, assim como um homem e sua palavra é o próprio homem. O "verbo", não é algo alheio a Deus, mas parte dele mesmo!

    Gênesis 1:3: "3 E DISSE Deus: Haja luz; e houve luz.

    É a mesma palavra que estava NOS profetas.

    Josué 10:12: "Então Josué falou ao Senhor, no dia em que o Senhor deu os amorreus nas mãos dos filhos de Israel, e DISSE na presença dos israelitas: Sol, detém-te em Gibeom, e tu, lua, no vale de Ajalom.
    13 E o sol se deteve, e a lua parou, até que o povo se vingou de seus inimigos. Isto não está escrito no livro de Jasher? O sol, pois, se deteve no meio do céu, e não se apressou a pôr-se, quase um dia inteiro."

    Este é somente um exemplo entre muitos; Cristo, o logos [palavra, verbo] divino, se expressando através, ou mais acuradamente, NOS profetas.

    1Pedro 1:10-11: "Da qual salvação inquiriram e trataram diligentemente os profetas que profetizaram da graça que vos foi dada,
    11 Indagando que tempo ou que ocasião de tempo o Espírito de Cristo, QUE ESTAVA NELES, indicava......"

    Aí vemos, Cristo, como logos, a Palavra, atuando nos profetas, até que na plenitude dos tempos indicada pelo Pai, o próprio logos, Cristo que estava nos profetas, ele mesmo SE FEZ CARNE, e "armou seu tabernáculo entre nós".

    João 1:14: "E O VERBO SE FEZ CARNE, e habitou entre nós, e vimos a sua glória, como a glória do unigênito do Pai, cheio de graça e de verdade."

    O próprio Verbo divino por meio [e não poderia ser de outra forma, porque o Verbo, palavra, logos, é o pensamento de Deus expressado] do qual todas as coisas foram criadas, sendo auto consciente de si mesmo, Já em carne disse:

    "Jerusalém, Jerusalém, que matas os profetas, e apedrejas os que te são enviados! QUANTAS VEZES EU QUIS [DESDE O VELHO TESTAMENTO, MOSTRANDO QUE ELE É YAHWEH] ajuntar os teus filhos, como a galinha os seus pintos debaixo das asas, e não quiseste?" Lucas 13:34

    No verso acima, o Senhor Jesus se identifica como o próprio Deus de Israel, que tantas vezes atuando com poder NOS profetas [1 Pedro 1:10-14] buscou trazer Israel a unidade e comunhão com o seu Redentor.

    A objeção de número 5 da postagem, usada pelos jeovístas, unitarianos, cristadelfianos, etc, não se sustenta!

    Continua depois.....

    ResponderExcluir
  6. Queiram ver também: http://brunosunkey.blogspot.com.br/2015/09/tres-pressupostos-basicos-da-trindade.html

    ResponderExcluir
  7. Quanta ignorância nesse site!!!
    Por favor, o melhor que você faz é excluir esse blog, se arrepender e buscar a ajuda de Jeová enquanto ainda pode.
    Lhe recomendo um site de verdade:
    www.jw.org

    ResponderExcluir
  8. "Anônimo", não sei se te levo a sério... a princípio não.

    ResponderExcluir
  9. Olá a todos

    Crer na Trindade e crer que Jesus era Divino quando Ele estava no Céu e quando Ele veio para a terra deixou de ser Divino e foi somente humano ou seja 100% humano sem ser Divino também é doutrina anti-biblica.

    Então não é só o fato de se crer na Trindade é preciso crer de forma exata e correta.

    Luiz

    ResponderExcluir
  10. Respostas
    1. Acho que nem isso... vou excluir os 'comentários' dele...

      Excluir
    2. Luciano no momento em que você cria um blog ou um simples página na internet e começa a escrever artigos criticando a fé ou mesmo a religião de outros, você tem que ter a mínima noção e inteligência para saber que vai ter que arcar com as consequências.Ou você acha que vai falar mal de outros e ninguém, vai falar nada contra? ou pior ainda, você acha que os outros não tem direito de discordar da sua opinião???

      Por isso ainda te aconselho a excluir esse bloguezinho barato criado no Blogger.

      Excluir
  11. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  12. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  13. Em Mateus 27:37, o Senhor Jesus disse⇨ "Jerusalém, Jerusalém, QUE MATAS OS PROFETAS, e apedrejas OS QUE TE SÃO ENVIADOS! QUANTAS VEZES, QUIS EU AJUNTAR OS TEUS FILHOS, como a galinha ajunta os seus pintos debaixo das
    asas, e tu não quiseste!"

    A passagem acima é clara, exata e categórica. ®→Lc.13:34.

    O Senhor está se declarando como o Deus de Israel, que através do ministério dos profetas, desde a Antiga Aliança vem buscando converter Israel de seus maus caminhos.

    Agora, Aquele que existia em forma de Deus [Fp.2:6; Jo.1:1, 14; 1Tm.3:16] Ele mesmo desce na derradeira tentativa de reunir o seu povo, começando pela aparição de um profeta [João, o batista] após 400 anos de silêncio.

    Esta "descida" de Deus em forma humana, conhecida como "Encarnação" [Jo.1:14] resultou no fenômeno que se chamou de "União Hipostática", da palavra grega "ὑπόστασις hypóstasis" com o significado de "Substância, Natureza", para expressar a verdade revelada de que em Cristo, que é uma pessoa, subsistem duas naturezas, Divina e humana.

    Portanto, segundo João 1:1,14, Jesus Cristo era Deus que se tornou homem, sem deixar de ser Deus. Conforme o corpo do Senhor Jesus vinha se desenvolvendo no ventre de Maria, a Divindade, o Logos, ía se aproximando suavemente daquele corpinho, até que ao fim dos nove meses de gestação, a união hipostática já havia se completado!

    O menino Jesus, nasceu, e conforme ele crescia, a sua natureza divina, o Eu Sou, começava a se expressar, ou seja, ele passaria a ter conhecimento de Quem Ele era, sem necessidade de revelação como os profetas tiveram, mas por compulsão de sua natureza divina.

    Quando entendemos que na "União Hipostática", ou seja, a relação entre as duas naturezas de Cristo, Divina e humana, não se sobrepõem uma à outra, mas ambas atuavam ao mesmo tempo, ou seja, sinergicamente, começamos a compreender porque o Senhor, mesmo sendo Deus, não sabia o dia e a hora de sua vinda; era devido a união das duas naturezas, da mente Divina de Cristo com dua mente humana, ou natureza humana sem pecado, formando assim uma única, indivisível e inigualável personalidade.

    Então, o Senhor Jesus não falava às vezes como Deus, outras vezes, como homem [como alguns pretendem] mas o Senhor sempre falava como o Deus-homem.

    Continua depois......

    ResponderExcluir
  14. Novo Testamento Interlinear ", de Waldir Carvalho Luz !" João 1;1 ; "Em principio (no) começo)era (existia) a palavra e a palavra estava junto a o Deus ( na presença de Deus), e Deus era a palavra ( a palavra era divina). Esta (Este) estava (existia) em príncipio (no começo) junto a o Deus ( na presença de Deus) (com Deus). (verso 2). João 1;18; " Nenhum homem jamais viu a Deus, o filho unigênito, que está na posição junto ao pai, é o que o tem explicado. " Ou seja , monogénes = único - gerado . Portanto, a verdade é inrresistivel!"

    ResponderExcluir
  15. Paz vos seja multiplicada.
    O texto mencionado de João 1.1 é uma revelação do Deus YHWH, que revela-se de forma maravilhosa deixando claro aos leitores de que O Pai é uma " Pessoa " distinta do Filho, porém que o Pai e O Filho possuem a mesma natureza. " No princípio era o Verbo e O Verbo estava com Deus e O Verbo era Deus. " podemos perceber a linguagem do escritor que ao mencionar a " Pessoa " do Pai ele coloca o artigo definido antes da palavra (Gr. Theos )e quando refere-se ao Verbo não é mencionado o artigo definido, exatamente para não confundir as " Pessoas ". A tradução das Tj teve a coragem de mencionar o artigo indefinido " um " antes do Theos ( Deus ) no final do versículo, o que não é correto, pois não existe no grego o artigo indefinido. Fica claro de que o texto nos apresenta duas " Pessoas " distintas, porém de mesma natureza, essência e substância. Se o apóstolo João desejasse mencionar que a natureza, essência e substância fosse diferente das " Pessoas " mencionadas no versículo de Jo.1.1. Ao invés dele repetir a identificação mencionada no final do verso por (Gr. Theos ) , ele teria uma opção clara mencionando o termo: ( Gr. Theios ) que é a descrição de " um deus ". A doutrina bíblica Trinitariana é uma realidade nas Escrituras Sagradas e quem a estudar com sinceridade, terá a oportunidade de conhecer o Deus Único das Escrituras que subsiste em Três " Pessoas " distintas de mesma natureza, essência e Substância.
    Não querendo ser enfadonho poderíamos comentar sobre o termo Unigênito( Monogenês ), que não tem i´deia de gerar e sim reflete a idéia de natureza, caráter, tipo , e não geração. " Unigênito " significa o Único da mesma espécie, único tipo. Jesus é singular, Único Filho de Deus, que tem a essência do Pai. A idéia não é de " único gerado ", embora o termo " gerado " não seja, em si mesmo, sinônimo de criatura, contudoa pré-existência de Cristo é eternapor isso Ele é chamado de Pai da Eternidade ( Is.9.6 ), sendo Ele mesmo revelado nas Santas Escrituras como a Vida Eterna . ( I Jo.5.20 ).
    YHWH continue iluminando Suas ovelhas.
    Em Cristo
    Wilton

    ResponderExcluir
  16. Paz a todos.
    O apóstolo João continua falando sobre O Verbo encarnado, quando em sua primeira carta no capítulo 1 dos versos 1-4, faz declarações maravilhosas a respeito de Jesus uma das " Pessoas " da Divindade que deixa Sua glória para viver entre nós, a nossa semelhança 100% humano e 100% Divino. " A Ele toda glória .
    Aproveitamos para desejar a todos um Feliz Natal !!!
    Em Cristo
    Wilton

    ResponderExcluir
  17. tt: Jesus ao encarnar-se tornou-se humano, porém continuou divino. Cl.2.9. Nós seres humanos somos apenas humanos. Ele é 100% Divino e 100% humano.
    Graça e paz :)

    ResponderExcluir
  18. Bla bla bla bla bla bla
    JESUS NUNCA DISSE QUE ERA IGUAL A JEOVÁ DEUS ENTENDAM ISSO!!!!!!!!
    VOCÊS IGNORANTES É QUE QUEREM FAZER DELE DEUS.

    ResponderExcluir
  19. Esse assunto de trindade (tríade pagã) ja foi refutado a muito tempo olhem esse video:
    https://traducaodonovomundodefendida.wordpress.com/2015/12/14/refutando-a-trindade-argumento-de-refutacao-1/

    ResponderExcluir
  20. Sr. Wilton Villote Rodrigues, é muito melhor ser honesto em suas afirmações. Meias- Verdades, não é a verdade!' Naturalmente, o artigo indefinido "UM" não existe na língua grega coiné, na qual foi escrita as " Escrituras Gregas Cristãs . No entanto, a Tradução Almeida verte João 6;70 e Atos 28;6; usando o artigo indefinido "UM", mesmo não existindo no grego coiné. Portanto, a palavra " Gerar no Dicionário Almeida , vem trazendo o seguinte significado; " Criar, Produzir, Conceber ". Em João 3;16 ; " Chama a Cristo de Filho Unigênito de Deus". Ou seja Monogénes = Mono = " ÚNICO"+ Genes = " GERADO". Outrossim , todos os anjos são chamados filhos de Deus" como em Jó 38;4,7 " , mas só Cristo é chamado de Filho Unigênito". Colossenses 1;16; " O qual é a imagem do Deus invisível , o " primogênito de toda a criação. " - Edição Almeida . Ou seja, Jesus foi Criado. Provérbios 8;22-24; "Iahweh , " ME CRIOU", " PRIMÍCIAS DE SUA OBRA", antes de seus feitos mais antigos.(23) Antes que as montanhas fossem implantadas , antes das colinas; " EU FUI GERADA"; ainda não havia feito a Terra e a erva, nem os primeiros elementos do mundo. " - Bíblia na Linguagem de Hoje. 1 Corintios 1;24; " Mas para aqueles que são chamados , tanto Judeus como Gregos , ele é o Messias , poder de Deus " E SABEDORIA DE DEUS". - Edição Pastoral . João 5;26; "Porque assim como o Pai, possui a vida em si mesmo , " DO MESMO MODO ELE CONCEDEU AO FILHO POSSUIR A VIDA EM SI MESMO. " - Edição Pastoral. Portanto, a vida de Jesus Procede de Deus. Portanto, Sr. Wilton Villote Rodrigues, seja mais honesto em suas citações !'

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Até o momento não houve contestação dos meus comentários. Ele é O Verbo encarnado . O Deus Unigênito, da mesma substância que o Pai a expressão exata de Seu Ser. O próprio Pai o declara Deus . Hb.1.8; Tomé declara: " Senhor meu e Deus meu !!! " Jo.20.28. No original grego tomé o chama de Deus e esta registrado por João com o artigo definido . Jesus é O YHWH do Antigo Testamento. Os Judeus acusaram-lhe de blasfemo, por ter dito que Abraão viu o Seu dia. Ele é a Vida Eterna. 1 Jo.5.20. A crença que insisti que Jesus é um deus menor, declara-se politeísta, pois crê em 2 ( dois ) deuses. O Cristianismo crê em Um só Deus composto de pluralidade de " Pessoas " de mesma natureza, essência e substância. Um só Deus Monoteísta. Jo.17.3 ( Pai ), Jo.20.28 ( Jesus ) e O Espirito Santo ( At.5.3 ). Não são 3 Três deuses como querem os desinformados, porem é UM Deus composto de 3 Três " Pessoas " distintas de mesma natureza .
      Deus ilumine a todos .
      Em Cristo
      Wilton

      Excluir
  21. Sr. José, já refutei esses seus argumentos, lembra? O termo "um" não faz sentido em João 1.1 pela ligação do Theos da última sentença com o ha Theos da sentença anterior. Sobre o texto de Provérbios 8 o capítulo anterior e o seguinte mostra a impossibilidade de aplicar todas as propriedades da sabedoria personificada a Jesus, ainda que o texto possa se referir homileticamente a Ele. Quanto a "vida de Jesus procede de Deus", deve saber que a Trindade não nega que Jesus é gerado pelo Pai. Mas parece ignorar que o Pai concede ao Filho "ter a vida EM SI MESMO". Seu argumento comete a falácia 11. Os trinitarianos creem que o Pai gera o Filho, que foi do agrado do Pai que a plenitude da divindade habitasse no Filho (Colossenses1.19)

    ResponderExcluir
  22. Existe muita filosofia " grega" , em suas palavras ! No entanto a autoridade Bíblia é de suma importância !' " Javé " ME PRODUZIU" como " PRIMEIRO FRUTO", de sua obra , no começo de seus feitos mais antigos.(23) Fui estabelecida desde a eternidade , " DESDE O PRÍNCIPIO", antes que a terra começasse a existir. (24) FUI GERADA", quando o oceano ainda não existia , e antes que existisse as fontes de água (25 " FUI GERADA", antes que as montanhas e colinas fossem implantadas , (26) Quando " Javé" ainda não tinha feito a terra e a erva , nem os primeiros elementos do mundo. " - Edição Pastoral . A " SABEDORIA" , Jesus foi criada - 1 Corintios 1;24 ; "Mas, para aqueles que são chamados , tanto Judeus como Gregos , ele é o Messias , poder de Deus, E " SABEDORIA DE DEUS". - Edição Pastoral. Nós observamos aqui a afirmação inspirada de que Jesus é; "MESSIAS", " PODER DE DEUS" e " SABEDORIA DE DEUS. " Se Cristo não é a " Sabedoria, portanto, ele não seria o " Messias e nem o " PODER DE DEUS. " João 6;57; "E como o Pai que vive, " ME ENVIOU , EU VIVO PELO PAI", assim , aquele que me receber como alimento viverá por mim. " - Edição Pastoral. Será que a Tradução do Novo Mundo , foi a única a verter João 1;1, demonstrando a diferença entre o " Deus Todo - Poderoso Jeová , e o seu filho unigênito Jesus ( monogénes = mono = único= genes=gerado) ? "

    ResponderExcluir
  23. Me mostra na Bíblia onde tá a palavra trindade!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Irmão ANÔNIMO, a palavra "TRINDADE" não existe na BÍBLIA (e você sabe disso), mas o seu CONCEITO existe (e vc também sabe disso, mesmo não aceitando)!

      No ato da CRIAÇÃO, YHWH (יהוה)(iaurrú) disse:

      “ FAÇAMOS o homem à nossa imagem, conforme a NOSSA semelhança".(Gn 1:26).

      No HEBRAICO, temos os PRONOMES:

      SINGULAR, DUAL e PLURAL!

      Adivinha qual foi USADO em Gênesis 1:26?

      Isso mesmo!

      PLURAL!

      Você irmão ANÔNIMOS, poderia nos explicar por que YHWH teria INSPIRADO MOISÉS a usar o PRONOME "PLURAL", ao invés de "DUAL" ou "SINGULAR"?

      Nos AJUDE por favor!

      Abraços e feliz ANO NOVO!

      SHABAT SHALOM!

      Fiquemos TODOS com YHWH (יהוה)(iaurrú)

      iod rê vav rê

      Excluir
    2. Jeová disse "façamos" no "plural" porque ele estava falando com Jesus que era seu mestre de obras. Jesus executava as ordens de Jeová na criação. Simples assim.
      Outra coisa não precisa usar os caracteres hebraicos para se referir a Deus porque em português YOD HE VAV HE significam JEOVÁ "E VOCÊ SABE DISSO".

      Excluir
    3. Anônimo , o mais interessante , sem querer entrar na questão de " Elohim", é que os anjos estavam presentes na criação da humanidade e da terra. Jó 38;4,7; " Onde vieste a estar quando fundei a terra, informa-me se deveras conheces a compreensão. Quando as estrelas da manhã todas gritavam de Júbilo, " E TODOS OS FILHOS DE DEUS BRADAVAM EM APLAUSOS. " Ou seja, todos os anjos estavam presentes!' Gênesis 1;26; " Façamos o homem a nossa imagem". Quem foi feito a imagem de Deus ? " Colossenses 1;16 ; responde; "O qual é a " IMAGEM DO DEUS INVISÍVEL" o primogênito (prototókos) de toda a criação. " Portanto, Cristo é a imagem de Deus, quando Jeová disse façamos Cristo , estava presente . " Desta forma , acaba a falsa doutrina pagã da Trindade !" - Edição Almeida.

      Excluir
    4. Muito bom "UNKNOW" concordo plenamente.

      Excluir
    5. Irmão ANÔNIMOS, o TETRAGRAMA que SOLETRADO é IOD RÊ VAV RÊ ou IOD HE VAV HE se você preferir.

      SIGNIFICA JEOVÁ?

      Só uma DÚVIDA:

      A letra "J" surgiu quando mesmo na HISTÓRIA?

      E sobre JESUS (iaurrúshua) ser o "MESTRE mestre de OBRAS" na CRIAÇÃO. VAMOS RIR para não CHORAR!



      Excluir
    6. Irmão Unknown.

      "FAÇAMOS" e a "NOSSA" imagem, YHWH esta falando de quem?

      "FAÇAMOS" era de quem poderia "FAZER" ou de quem jamais poderia FAZER, mas apenas OBSERVAR? Ou seja, os ANJOS, insinuado por você acima? "FAÇAMOS" está relacionado à quem? A somente de quem poderia FAZER, ou dos que apenas poderiam OBSERVAR?

      Excluir
    7. Me mostra nas Escrituras Sagradas onde esta as Palavras: Corpo Governante!?!?!?!?

      Excluir
    8. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  24. ME MOSTRA TRINITARIOS !!!

    ResponderExcluir
  25. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  26. Não sei qual é a lógica das pessoas comentarem justamente as falácias apresentadas no meu texto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro Bruno estou aguardando nos informarem onde está nas Escrituras Sagradas as palavras : Corpo Governante !?!?!? de onde as Tj se alimentam de suas interpretações, que mudam de doutrina sistematicamente. Durante um período de tempo adoravam Jesus e assim ensinavam , inclusive Russel morreu adorando O Senhor Jesus, depois mudaram suas falas e proibiram tal ensinamento; também durante um período ensinavam que não poderia fazer transplante de Órgãos e depois mudaram autorizando e assim o chamado Corpo Governante, que segundo as Tjs são a fonte de revelação da verdade, não consegue passar credibilidade de suas inspirações divinas, sendo mais um pisca-oisca do que a " ...luz da aurora que vai brilhando mais e mais até ser dia perfeito " Pv.4.18. Vamos aguardar o texto Bíblico, para justificar fonte de inspiração dos TJ. :(
      Em Cristo
      Wilton

      Excluir
  27. Bruno olhei seu blog e sinceramente, é uma piada, já blog da cristandade beeeem melhores.
    Outra coisa como é proibido no mesmo colocar comentários queria saber de você:
    Se Jesus era Deus, PORQUE ELE PRECISAVA DE ESPÍRITO SANTO?????????????????

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Te agradeço caro Anonimo, pelas criticas ao meu blog, que de fato reconheço a simplicidade. Veja-o apenas como um ensaio, uma tentativa simples de transmitir as verdades bíblicas. Quanta a Jesus "precisar" de espirito santo. Jesus nunca precisou dessa estranha energia ou força ativa, que simplesmente não existe.

      Excluir
    2. Cremos por outro lado no Deus Espirito Santo que ungiu Jesus para cumprir Seu ministério. Cristo em tudo foi obediente a Deus, o Pai, guiado pelo Espírito Santo.

      Excluir
  28. Tudo bem, mas Jesus como alguns homens de fé no velho testamento, recebeu espírito santo para executar milagres, do contrário ele não teria poder por si próprio, a não ser que ele fosse Deus, mas daí "SE" ele fosse não precisaria de espírito santo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. Ah sim muito boa sua questão. Jesus sempre teve poder para operar milagres. Aliás Ele operou o milagre maior de todos quando criou nosso mundo servindo como Mestre de obras. Jeová inspirou o escritor aos Hebreus a descrever Jesus como "O Senhor que no princípio lançou os alicerces da Terra" e acrescentou que os céus são obras de suas mãos (Hebreus1.10). Jesus também é descrito como aquele que "sustenta todas as coisas pela palavra do seu poder" (Hebreus1.3). Não há dúvidas de que as Escrituras inspuradas descrevem Jesus como tendo poder para criar e sustengar todo o mundo - não teria Ele também o poder de fazer milagres? No entanto, o apóstolo Paulo escreveu que Jesus, mesmo sendo poderoso igual a Deus, escolheu se humilhar debaixo do senhorio de Jeová (Filipenses2.6-8). O profeta Isaías chama Jesus de "o Servo de Jeová" (Isaías 52.13). Paulo inclusive declara que Jeová é o Cabeça de Jesus (1Coríntios11.3), e ao falar sobre a Ressurreição diz que no Novo Mundo o próprio Filho se sujeitará voluntariamente ao Pai (1Coríntios15.28). Essa humildade de Jesus se revelou de maneira bastante especial quando Ele veio a Terra. Mesmo tendo poder para realizar milagre, Jesus como humilde servo de Jeová, declarou que as obras que ele fazia nao vinham dele mesmo, mas do Pai (João14.10). Cremos assim que o Espírito Santo exereu um papel essencial na história de Jesus, na medida em que Cristo decidiu abrir mão de suas prerrogativas e se colocar debaixo do senhorio de Deus, o Pai.

      Excluir
  29. Um termo técnico mais acurado para descrever as Testemunhas de Jeová [nome que não existe nas escrituras hebraicas] é que eles são "henoteístas", porque tem dois deuses, um o Deus chefe, e o outro, um deus menor, imediatamente abaixo do Deus maior.

    Em um sentido mais amplo, a maneira como eles definem o politeísmo, de acordo com o entendimento deles, faz deles politeístas!

    As Testemunhas de Jeová, não compreendem que, se o Corpo Governante fosse explicar a sua visão de Deus para os Gurus da Indía [Deus Pai, Jeová; um filho deus, Jesus, e o espírito santo, força ativa ou energia de Deus] os hindus iriam imediatamente rotular as Testemunhas, de politeístas!

    O "Pai e o Filho", atuando através de uma energia [kundalini, os apóstolos foram energizados por uma força impessoal, contrariando o Senhor que disse, que ele e o Pai viriam habitar nos crentes, pelo Espírito Santo, que receberia todas as instruções do Filho] é exatamente o tipo de divina família, à que os yogis estão identificados.

    "Ele [Anu] era deus no mais alto sentido, o supremo deus. Todas as outras divindades lhe honravam como seu "pai", isto é, seu chefe." [Larrouse Encyclopedia of Mythology, p.54-55].

    As Testemunhas de Jeová, desconhecem o fato de que, o "deus" da Watchtower é bem mais semelhante ao politeísmo da Babilônia, do que a doutrina da Trindade!

    Assim como, os menores deuses de Babilônia, chamavam o deus Anu, de seu pai, da mesma forma, as Testemunhas de Jeová, creem que Jeová é chamado de Pai pelos deuses menores,ou seja, Jesus, anjos, juízes etc.

    Talvez, o maior engano de todos, é que as Testemunhas de Jeová [querendo ludibriar o público] afirmam que os Babilônios eram trinitários!!! Os Babilônios iriam ver pouca diferença, entre sua concepção de deus do deus das Testemunhas de Jeová.

    Os rabinos judeus irão imediatamente, acusar as Testemunhas de Jeová, de politeístas, um "Deus maior e um deus menor", sentado à direita do outro!

    Outra heresia da seita, é tentar continuamente desqualificar a pessoa do Senhor Jesus, fazendo dele uma espécie de "peão" do tal deus jeová, que nada mais é do que uma criação da Watchtower Bible and Tracts Society.

    A Bíblia inúmeras vezes, e enfáticamente, afirma que o Senhor Jesus é o criador de todas as coisas, e não um mero "mestre de obras" ao redor de jeová, fazendo não sei o que.

    As escrituras, categoricamente rezam.....
    "Cl.1:15 O qual é imagem do Deus invisível, o primogênito de toda a criação;
    16 Porque nele foram criadas todas as coisas que há nos céus e na terra, visíveis e invisíveis, sejam tronos, sejam dominações, sejam principados, sejam potestades. TUDO FOI CRIADO POR ELE E PARA ELE.
    17 E ele é ANTES DE TODAS AS COISAS, e todas as coisas SUBISTEM por ele."

    Então, o Senhor Jesus criou o homem, à sua imagem e semelhança, Gn.1:26, sendo o criador de Adão, e portanto O DEUS DE ADÃO.

    Se, Cristo, criou TODAS AS COISAS, então ele teve parte ATIVA na criação do homem e não apenas um aprendiz ao redor do deus do Corpo Governante [nome que não existe na Bíblia].

    Pergunto aos jeovístas: Se abaixo de jeová, vem Jesus, como é que Jesus foi exaltado por jeová, se antes de vir ao mundo ele já era o primeiro abaixo de jeová?

    E: Jesus, quando veio do céu, para nascer, trouxe sua natureza divina?

    Continua........

    ResponderExcluir
  30. Sobre as TJs serem henoteístas, ao menos conceituais, vale acrescentar as declarações dos apologetas jeovistas da internet, que entenderam o que significa levar a sério o ensino da Torre de Vigia, de que muitos seres possuem natureza divina. O apologeta sr. Rubens de Oliveira, mais conhecido como "Queruvim" e proprietário do site Tradução do Novo Mundo Defendida fez a seguinte declaração: "As Testemunhas de Jeová possuem o mesmo conceito destes primitivos escritores judeus inspirados que COINCIDE COM O RESPEITADO LÉXICO ACIMA.

    Adoram apenas UM SÓ DEUS. Todavia reconhecem que existem vários deuses." Ainda mais curioso é a declaração do sr. Daniel Oliveira: "Mas a bíblia é simples de entender, desde que a pessoa se pré disponha a aceitar sua orientação.

    Sabemos que é comum as pessoas dizerem que há somente um Deus, mas não é isso que a bíblia ensina. Ela diz que há somente um Deus todo poderoso e esse é jeová que merece nossa adoração. Entretanto, ela ensina que outros seres são considerados divindades secundárias por terem origem em jeová, mas não devem ser adoradas.

    Isso é o que as religiões da cristandade não percebem. Devido ao mal entendimento bíblico"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nesse caso os trinitários falam lembrar aos Testemunhas de Jeová o que a Bíblia realmente ensina sobre esse assunto:"Pois, embora haja os que são chamados deuses, quer no céu, quer na terra,assim como há muitos “deuses” e muitos “senhores”, para nós há realmente um só Deus, o Pai, de quem procedem todas as coisas, e nós existimos para ele;e há um só Senhor, Jesus Cristo, por meio de quem são todas as coisas, e nós existimos por meio dele." - 1 Coríntios8.5-6

      Excluir
  31. Anonimato é refúgio dos covardes... antes de excluir seus comentários... vou te dar uma chance...

    ResponderExcluir
  32. vou adiantar - se for TJ, já nos ensina que o que o Corpo Governante ensina não merece crédito, pois vc está aqui, fazendo o que ele proíbe, segundo ele, com base em interpretações bíblicas...

    Se não for TJ, está lutando por uma causa perdida, uma religião que se apostatou do cristianismo.

    Melhor seria abaixar o orgulho, e olhar para o que os cristãos tem ensinado no decorrer dos séculos, nesse assunto.

    ResponderExcluir
  33. Bruno, se sua postagem já tratou de tudo isso que estão regurgitando aqui, não peca seu tempo. A postagem foi uma análise dos argumentos deles, deixem eles (os que não são covardes) apresentarem os argumentos deles. Direito deles, lá nos burgos da Torre de Vigia, eles não tem essa liberdade...

    ResponderExcluir
  34. Luciano no momento em que você cria um blog ou uma simples página na internet e começa a escrever artigos criticando a fé ou mesmo a religião de outros, você tem que ter a mínima noção e inteligência para saber que vai ter que arcar com as consequências.Ou você acha que vai falar mal de outros e ninguém, vai falar nada contra? ou pior ainda, você acha que os outros não tem direito de discordar da sua opinião???
    Mais uma coisinha, antes de falar da Organização de Jeová, olhe para dentro de sua queridinha igreja e seu deus cruel que escolheu como vítimas criancinhas que não são "eleitas" para mandar pro inferno.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não respondeu as perguntas por que?! Vc é TJ?
      Com respeito a esse comentário, onde é que eu dei a entender isso? Apareceu aqui agora e está dizendo o que? Eu dou liberdade a todos me criticarem aqui...

      Excluir
  35. Caro irmão Luciano.
    Paz te seja multiplicada
    Como é desagradável ter que dialogar com uma pessoa que se identifica como "Anônimo". Gostaria de comentar que o Deus das Santas Escrituras é Soberano em todos os Seus caminhos , perfeito em todas as Suas obras e tudo faz e determina como quer e quem somos nós miseráveis pecadores depravados para questionar Suas ações. Ele cria do barro Vasos para honra e vasos para desonra e o vaso não tem autoridade nem moral para questioná-lo de Seus feitos. Ele amou Jacó e se aborreceu de Esaú. Ele endureceu Faraó com propósito. Rm.9.11-18 e assim faz tudo como lhe apraz e isto nos basta. Dt.29.29 . Os Seus pensamentos não são nossos pensamentos , nem Seus caminhos nossos caminhos. Is.55.8-9.
    Em Cristo
    Wilton

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Irmão Wilton... um deus que não sabe nem o que acontece, se estamos falando dele agora, não sabe o que é soberania, piorou seus seguidores...
      que o Verdadeiro Deus o ilumine...

      Excluir
  36. As Santas Escrituras enfatizam de que O Senhor Jesus é O primogênito DE TODA CRIAÇÃO e não que Ele é O PRIMOGÊNITO DE DEUS.
    A " IMAGEM DO DEUS INVISÍVEL " fala da divindade de Jesus. A palavra Gr. eikõn, imagem, semelhança, arquétipo " ( BALZ E SCHNEIDER, 2001, VOL1, P. 1180 ), expressa duas idéias, ambas compatíveis com Cristo e sua obra: aparência e manifestação, pois ele é a expressa imagem de Deus ( Hb.1.3 e também a sua manifestação ( Jo.1.18; 1Jo.1.1-3 ). O Novo Testamento ensina a manifestação de Deus em Cristo, o Deus que assumiu a forma humana " aquele que se manifestou em carne " ( 1Tm.3.16 ); Deus estava em Cristo reconciliando consigo o mundo " ( 2Co.5.19 ).
    A Bíblia emprega o termo hebraico ( bekõr ), " primogênito, primeiro, filho mais velho " ( HARRIS; ARCHER, JR; WALTKE, 1998, P. 181 ); "excelente " ( BOTTERWECK E RINGGREN, 1990, VOL II, P.126 ) e o grego ( prõtotokos ), " o primeiro em nascer, o primogênito " ( BALZ E SCHNEIDER, 2002, vol. II, p. 1248 );" primogênito, primeiro, chefe ( BAILLY, 1950,P.1694 ). Os escritores usaram essas palavras com o sentido de importância, prioridade, posição, primazia, preeminência. Assim, o termo " primogênito " aplicado a Cristo, em nada desabona a sua eternidade por duas razões principais: a Bíblia mostra a eternidade do Filho ( Is.9.6; Mq.5.2; Hb.13.8; Jo.1.3 ) e os vocábulos Gr. bekõr e protótokos nem sempre significam "o filho mais velho " , MAS O QUE TEM PRIMAZIA E PREEMINÊNCIA. Temos o exemplo de Davi ( 1 Sm.16.11 ), entretanto é chamado de "primogênito" , como afirma o Salmo 89.27: " Também por isso lhe darei o lugar de primogênito; fá-lo-ei mais elevado do que os reis da terra ". Esse primogênito não quer dizer o mais velho ou o primeiro numa série, mas uma posição de destaque, uma preeminência, uma posição de certa primazia. Significa domínio . Fica claro no versículo Cl.1.16 " ... nele foram criadas todas as coisas...", mostrando que ele é O Criador e não criatura e que ele transcende à criação, Jesus n ão faz parte da criação, é um ser à parte da criação. Cl.1.17 " Ele é antes de todas as coisase todas as coisas subsistem por ele "e o apóstolo conclui dizendo : " e ele é a cabeça do corpo da Igreja; é o princípio e o primogênito dentre os mortos, PARA QUE EM TUDO TENHA A PREEMINÊNCIA ( PRIMAZIA ) ( Cl.1.18 ). O texto ensina que Jesus é O Criador , O preeminente sobre todas as Suas criaturas . A Bíblia não ensina em nenhum lugar ser Jesus uma criatura de Deus; antes pelo contrário, ensina que ele mesmo , isto é, Jesus Cristo, é Javé Deus.
    Em Cristo
    Wilton

    ResponderExcluir
  37. O amigo José Roberto faz menção ao texto de Provérbios 8.22 " O Senhor me possuía no início de Sua obra , antes de Suas obras mais antigas., mencionando Cristo como "Poder e Sabedoria de Deus" " A palavra Hebraica " qanah " é traduzida de forma incorreta por " criar " ao invés de " possuír ", conforme a tradução mencionada acima. ;acompanhemos o raciocínio lógico .
    Deus é eterno, isto é, existe de eternidade a eternidade ( Sl. 90.2 ). Como é imutável, o que ele é hoje, sempre foi e sempre será. Assim , não há variação em Deus ( Tg.1.17 ). Então , se é poderoso, é poderoso de eternidade a eternidade. Nunca houve um momento em que não tenha tipo poder . Ele não poderia ter criado seu poder, pois significaria que um dia não o teve. Ora a mesma linha de pensamento se aplica a sabedoria de Deus. Se Deus é sábio, ele é sábio de eternidade a eternidade . Nunca houve um momento em que não tivesse sabedoria. Se dissermos que Deus criou sua sabedoria , chegaremos à conclusão absurda de que um dia Deus não teve sabedoria ( KIDNER, 1980, p. 77 ).Sua sabedoria portanto é de eternidade a eternidade, pois Deus é o mesmo , ontem , hoje e eternamente. Sua sabedoria , portanto, não pode ter sido criada; antes a detem desde a eternidade, logo, se Jesus é a sabedoria de Deus , ele é , assim como o Pai, de eternidade a eternidade , nunca foi criado e jamais terá fim. Hebreus 13.8 afirma sobre Jesus; " Ele é O mesmo ontem, hoje e para sempre. "
    No Concílio de Nicéia em 325 d.C foi tratado dessa polêmica cristológica e Agostinho de Hipona junto com outros bispos asseveraram : " Se O Filho de Deus é O poder e sabedoria de Deus , e Deus nunca existiu sem poder e sabedoria , logo o Filho é coeterno a Deus Pai , pois diz o Apóstolo: Cristo, poder e sabedoria de Deus. E como dizer que Deus não possuiu alguma vez poder e sabedoria seria loucura , concluíram que não houve tempo algum em que o Filho não existiu. ( A Trindade, livro VI, cap.2 iii. )
    Para concluir , é preciso dizer que não se pode afirmar categoricamente que o texto de Pv.8.22 faça referencia a Jesus Cristo ( KIDNER, 1980, P.74 ). O texto simplesmente apresenta a sabedoria de Deus em estilo poético, e, em poesia, tudo pode acontecer; a sabedoria grita, ama, trabalha etc.... Seja como for , Pv.8.22 , não pode ser usado para afirmar que Jesus é uma criatura.

    ResponderExcluir
  38. 1 Corintios 2;13; "Destas coisas também falamos ,não com palavras ensinadas pela sabedoria humana , mas com as ensinadas pelo espírito, ao combinarmos assuntos espirituais com palavras espirituais. " Observe João 1;1; "No principio era o verbo , e o verbo estava com Deus, " E O VERBO ERA DEUS. " - Tradução Almeida. Quando os Trinitários não consegue responder aos argumentos dos " UNITÁRIOS", eles sempre dizem que a Trindade é um " mistério", ou que a Trindade foge da razão. " Apocalipse 3;12; "Aquele que vencer eu o farei coluna no " TEMPLO DO MEU DEUS", e ele , de modo algum , jamais sairá dele, e escreverei sobre ele o " NOME DO MEU DEUS", e o nome da " CIDADE DO MEU DEUS", a Nova Jerusalém , que desce do céu da parte do " MEU DEUS", e aquele meu novo nome. " Os Trinitários ao verem que Jesus tem " UM DEUS" a quem presta adoração , dizem que isso é um mistério do Trinitarismo, assim sendo nós poderiamos muito bem dizer que João 1;1 ; é um mistério da minha crença, e continuar acreditando no que já acredito, e nenhum trinitário teria moral para dizer que eu estou fazendo algo errado, mas nós precisamos apelar para " Surrealismo", nós não precisamos copiar o que os Trinitários fazem, nós podemos responder os argumentos sobre João 1;1; com lógica e coerência. As respostas sobre João 1;1; fazem sentido e obedece aos padrões de Lógica, pensamento da lógica tem governado a humanidade desde Aristóteles , e é um pensamento Bíblico, pois Romanos 12;1; nos diz que devemos adorar a Deus com a lógica, " ou como diz a Tradução Almeida ; " Culto Racional. " Portanto, se Jesus é Deus , porque ele tem de adorar e servir a um outro Deus ? "

    ResponderExcluir
  39. Vejam o que diz Norman Geisler e Thomas Houve, em seu Livro; " Manual Popular de Enigmas e Dúvidas e Contradições da Bíblia, comenta sobre João 1;1 !' Neste Livro eles dizem o seguinte sobre João 1;1; " Jesus é Deus, ou apenas Um deus? " Problema; "Os Cristãos creêm que Jesus é Deus e com frequência cita esta passagem para provar isso ,entretanto as Testemunhas de Jeová traduzem este versículo assim; "E o verbo (Cristo) era Um deus. " Porque no Grego não há um artigo definido "O" antes da última palavra. Então ele propõe uma solução ; " No grego quando o artigo definido é usado , normalmente ele destaca o idivíduo , e quando não, a referência é a natureza daquilo que é indicado. Assim, esse versículo poderia ser traduzido " e o verbo era da natureza de Deus". A completa deidade de Cristo tem o suporte não somente no uso dessa mesma construção , em geral mais também em outras referências a Jesus como Deus. Ai ele cita João 8;58; João 10;30; João 20;28;, ele também diz que no restante do Novo Testamento , então cita Colossenses 1;15,16; Colossenses 2;9; Tito 2;13; Portanto , ele diz; " Não importa se João empregou ou não o artigo definido. A Bíblia claramente ensina que Jesus é Deus, não apenas " Um deus". ( Hebreus 1;8). Mas, será que é mesmo assim como dizem estes escritores? " No entanto, parece que os Senhores Norman Geisler e Thomas Houve, deveriam ter estudado mais este assunto !" Então eles completaram; " E que Jesus é Jeová ( Iahweh). Isto está claro pelo fato do Novo Testamento atribuir a Jesus Caracteristicas que no antigo testamento se aplicavam somente a Jeová, então ele compara João 19;37 e Zacarias 12;10 ;. No entanto, será que é assim mesmo ? " (1) Ponto; "AS Testemunhas de Jeová traduzem este versículo assim; " e o verbo (Cristo) era um deus', porque (sic) grego não há um artigo definido ("O") antes da última palavra. " Primeiro erro grotesco do Sr, Norman Geisler e Thomas Howe. " ; Não são as Testemunhas de Jeová que traduzem João 1;1; assim , muitas traduções já traduziram este versículo de forma diferente do modo como é traduzido na maioria das Traduções Trinitárias . Exs; "1808; " e a palavra era um deus. " ( The New Testament in a Improved Versiosn , Upon The Basis of Archibshop Newcome's Translation; With a Corrected Text. ) 1864; " e UM deus era apalavra. " The Emphatic Diaglott, versão interlinear , de Benjamin Wilson. " E poderíamos citar muitas outras!' Portanto, o argumento já começou errado !"

    ResponderExcluir
  40. DAR UM ZERO PRA ELE LUCIANO!!!KKKKKKKKKK...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vou excluir os comentários do falastrão... anônimo. Acho que ele tem medo da extensão do império torrecrático descobri ele aqui...

      Excluir
    2. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      Excluir
  41. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  42. José Roberto, seus equívocos:

    1. OS autores citados não escreverem que a TORRE foi a única que fez isso. Portanto, se eles precisam estudar mais, o sr precisa PELO MENOS LER com atenção.

    2. O fato de outras versões fazem isso ou não, não atesta conclusivamente nada. Afinal, todas essas discordam da TNM em outros campos TAMBÉM.

    3. Qual diferença faria para a TORRE a ´presença do artigo ali em Jo 1.1 sendo que em Jo 20.28 existe a presença do artigo, portanto "O DEUS DE MIM", e aqui, não fez diferença alguma?

    ResponderExcluir
  43. Excelente artigo, irmão Luciano! Deus continue abençoando o seu ministério apologético! O seu blog é muito bom!

    ResponderExcluir
  44. Caro José Roberto, gostaria que contestasse nossos comentários a medida que discordasse e com os argumentos bíblicos, porém isto não ocorre. Colocas outros argumentos , colando artigos ensinados pelo C. G. e assim ficamos " dando volta no toco ", sem chegarmos a um fim comum.
    Deus nos ilumine.
    Em Cristo
    Wilton

    ResponderExcluir
  45. Podemos observar mais algumas Traduções que verteram de forma coerente João 1;1; Ex; "1928; " e a palavra era um ser divino." La Bible du Centenaire , L'Evangelie Selon Jean, de Maurice Goguel. " 1935; " e a palavra era divina. " . The Bible - An American Translation , de J.M.P. Smith e E.J. Goodsped. " 1946; " e a palavra era de espécie divina ." Das Neue Testament , de Ludwig Thimme.' 1958; " E a palavra era um deus. " The New Testament , de James L. Tomanek. 1975; " e um deus( ou da espécie divina) era a palavra. " Das Evangelium nach JOhhanes , de Singrifield Schulz. " 1978; " e da sorte semelhante a deus era o Logos. " Das Evangeliuum nach Johanes , de Johannes Schneider. " Portanto , nós vemos um erro crasso , eles deveriam ter pesquisado um pouco mais antes de falar tal coisa. ' Vejamos outro ponto (2) Norman Geisler e Thomas houve disseram o seguinte; "quando o artigo definido é usado e3e (sic) , destaca o individuo , e , quando não , a referência é a natureza daquilo que é indicado. ' Entretanto, existe na língua portuguesa dois tipos de artigos ; Artigo Definido x Artigo indefinido . Indefinido ; "UM (uma,uns, umas ). - Artigo definido ; "O (a,os,as ). Entretanto, o artigo indefinido "UM" que existe em português , não existe no grego bíblico.!' Naturalmente, é aqui que está o ponto alto disso ; " o fato do artigo indefinido não existir no grego bíblico , não significa que os tradutores não devam incluí-lo. " O texto original verte assim ; "(A) " no ínicio era a palavra " (B) e a palavra estava voltada para " O DEUS. " (C) e " DEUS ERA A PALAVRA. ". Os Senhores Norman Geisler e Thomas Howe , admitiram que ; " quando o termo deus se refere a palavra (C) ou a Jesus Cristo , o termo Deus vem sem o artigo definido "O". Mas, é justamente esta a regra da gramática em quuestão, ao traduzir para o português visto que na letra (C) não contém o artigo definido "O" como na linha (B) então o tradutor deve acrescentar o artigo indefinido "UM". Vejamos como esta fraseologia é traduzido em outros versículos bíblicos !' Exemplos de inclusão de artigo indefinido; " Marcos 6;49; "pensaram que ele era "UM" fantasma ..." - Nova Tradução Na Linguagem de Hoje !" No entanto, em Grego está escrito assim; " pensaram que " APARIÇÃO É" e eles gritaram. " Portanto, a Nova Tradução na Linguagem de Hoje , traduziu usando o artigo indefinido "UM. ", porque em grego não havia o artigo definido "O". João 4;19; " Agora eu sei que o Senhor é "UM" profeta. " - Nova Tradução na Linguagem de Hoje. No entanto, o texto original verte assim ; " Estou observando "PROFETA ÉS", tu. " João 9;17; " Ele é " UM PROFETA. " - Nova Tradução na Linguagem de Hoje !' No entanto, em grego reza assim; " profeta " ELE É> " A Nova Tradução na Linguagem de Hoje, está acrescentando o artigo indefinido "UM" !' João 10;1; " é UM LADRÃO> " - Nova Tradução na Linguagem de Hoje. Em grego é; " ladrão é. "

    ResponderExcluir
  46. Portanto, nos versículos citados usam em grego a mesma fraseologia de João 1;1 ; No entanto, os Tradutores da Nova Linguagem de Hoje não seguiram a mesma coerência para João 1;1; Não que isso seja necessariamente errado, mas estamos mostrando que João 1;1; deve ser traduzido, ou pelo menos como ele não deve ser traduzido . Vejamos agora exemplos de textos no grego e traduzidos na Nova Tradução da Linguagem de Hoje ;Em grego sem o artigo ; " João 1;1; " e deus era a palavra. " Nova Tradução na Linguagem de Hoje; " A palavra era Deus. " ( João 1;1). Em grego sem oartigo; " aparição é ". Nova Tradução na Linguagem de Hoje; " É UM FANTASMA. " - Marcos 6;49; Em grego sem o artigo; " estou observando profeta és tu ". João 4;19 ; Nova Tradução na Linguagem de Hoje; " Agora eu sei que o Senhor é " UM PROFETA. " - João 4;19; Em grego sem o artigo; " Profeta ele é". Nova Tradução na Linguagem de Hoje ; ' Ele é UM PROFETA. " - João 9;17; Em grego sem o artigo; " Ladrão é". ( João 10;1;) Nova Tradução na Linguagem de Hoje; " É UM LADRÃO> " - João 10;1; Portanto, é evidente que a Nova Tradução na Linguagem de Hoje acrescentou o artigo indefinido "UM" em várias passagens , com a mesma fraseologia de João 1;1; , no entanto para João 1;1; ela não acrescentou o artigo indefinido "UM". Portanto, a existência do artigo indefinido "UM" em Português e Inglês se manifesta pela ausência do artigo definido "O" Interessante o que diz o Teólogo Lourenço Stelio Rega , no seu Livro Noções do Grego Bíblico . Na página 326 , ele diz assim; " 33.4 - Usos do Artigo ; O Artigo grego já foi introduzido na & 8.6, onde também foi apresentado a sua flexção. Lembramos, que, em geral, o artigo torna definido , indentifica um certo substantivo, , enquanto que a sua ausência enfatiza mais a essência , qualidade ou natureza do mesmo. O Uso do artigo em associação com théos ilustra muito bem este detalhe , ex ; João 1;1; " A palavra estava com Deus (i.e com a pessoa de Deus ) e a palavra era deus (i.e de natureza ou essência divina)> " Segundo as regras de gramática grega é assim que o texto deve ser traduzido; " No princípio era a palavra , e a Palavra estava com Deus , e a Palavra era " UM deus", ele estava no princípio com Deus. " Portanto, a Tradução do Novo Mundo traduz de forma correta João 1;1; na sua nota de rodapé se é dito; " Ou, era divina. " Exatamente como o Senhor Lourenço, propôs no seu Livro. Vejamos um teste com a palavra " GENTIL" . A palavra Gentil, além de expressar uma qualidade , também pode ser o nome pessoal de alguém. " Vamos então substituir a palavra Deus em João 1;1; pela palavra Gentil ,e ai entendremos o ponto em questão . (a) no inicio era a palavra (b) e a palavra estava com o Gentil (c) e a palavra era gentil. Você pode perceber que na primeira vez que a palavra Gentil aparece ela reflete o nome pessoal ou a pessoa de alguém , no entanto na segunda vez que a palavra gentil aparece , ela reflete uma qualidade desta pessoa . Portanto, é neste sentido que a palavra Deus significa divino em João 1;1 .

    ResponderExcluir
  47. Vamos observar a Objeção Trinitária , eles dizem; " Se Jesus fosse " UM deus" e não " Deus" , isso seria politéismo , e não monotéismo. " Neste exato momento, os Trinitários caem num erro bastante comum , que é não entender o termo " Deus" na Bíblia , observe que não é a pessoa de Deus , mas sim o termo " Deus" na Bíblia. Vamos ver o Salmo 8;5; " Tu o fizeste pouco menos do que " UM DEUS" , e coroastes de glória e esplendor. " - Edição Pastoral !" ( OBS; em algumas traduções pode ser o Salmo 8;6). Observe que usa a expressão " Um desu" , que é este Deus ? " O Apóstolo Paulo em Hebreus 2;7; citou esta passagem, só que ele trocou a palavra Deus por outra; " Tu o fizeste pouco menor do que " os anjos" ; de glória e honra o coroastes. " Portanto, o apóstolo Paulo chamou os anjos de Deuses' . Na Bíblia os anjos são chamados de Deuses ou seres divinos" . Então quer dizer que a Bíblia ensina politéismo? " Não, a Bíblia diz que existe apenas um ser eterno , o Pai. Os anjos não são seres eternos , os anjos não são seres que recebem adoração,. O Monoteísmo na Bíblia não " SIGNIFICA" que somente um ser tenha divindade, mas que somente um ser é Supremo e " SOMENTE ESTE SER É ADORADO> " A prova disso é o que diz 1 Corintios 8;5,6; " É verdade que existem aqueles que são chamados deuses (anjos) tanto no céu, como na terra , e neste sentido há muitos deuses e muitos senhores.(6) Contudo, para nós existe um só Deus; " O PAI".Dele tudo procede ,e para ele é que existimos. E há um só Senhor , Jesus Cristo, por quem tudo existe e por meio do qual também nós existimos. " O apóstolo Paulo aqui nos explica o sentido da palavra "Deus" . Quando ele diz assim, neste sentido há muitos deuses e muitos senhores ele estava se referindo aos anjos , porque ele falou tanto no céu como na terra , os anjos estão no céu, logo estes deuses são os anjos do Salmo 8;5! Portanto a palavra Deus , elohim, é um substantivo comum na Bíblia . "

    ResponderExcluir
  48. (obs; Ravel Alves , é o mesmo José Roberto de Araujo ). Vejamos 1 Tessalonicenses 4;16; " Pois , dada a ordem , com voz do " ARCANJO" e o ressoar da trombeta de Deus , " O PRÓPRIO SENHOR DESCERÁ DO CÉU' , e os mortos em Cristo ressuscitarão primeiro. " (1) A palavra " Arcanjo" só existe no singular na Bíblia . (2) Ela significa o principal anjo. " Aqui em 1 Tessalonicenses 4;16 ; ela é aplicada a Jesus , mas será que Jesus é arcanjo ? " Sim, somente o filho Jesus Cristo recebe tal título na Bíblia , nem O Pai, nem o espírito santo, em parte alguma da Bíblia , recebem este título. Então observamos que (1) os anjos também são chamados de deuses (2) Jesus é o arcanjo ( o principal anjo). Logo Jesus é " UM deus. " Quando é traduzido um texto não só as regras de grámatica devem ser levadas em conta , mas também o seu contexto !' João 1;1; na maioria das Traduções; " No inicio era a palavra , e a palavra estava com o Deus , e a palavra era Deus. " De acordo com o contexto; " Como alguém " PODE ESTAR COM OUTRO ALGUÉM" , e "SER" esse outro alguém ? " Aqui observamos uma grande incoerência !" Os Trinitários dizem que por Cristo ser onipotente, ele poderia fazer algo assim, " ele poderia estar consigo mesmo " e ao mesmo tempo ser aquela pessoa com quem ele está !" No entanto, muitos teológos concordam que Deus é um " ser" dentro do plano metafísico , isto é ; " Deus não pode fazer aquilo que é absurdo em sentido lógico, certamente , Deus não pode fazer o logicamente impossível " Ex; " Deus não pode fazer um quadrado redondo " , ou " Um triângulo retangular. " Deus não pode fazer 1+1 =3 , porque esses são absurdos lógicos , não algo meramente ou hunanimamente impossível . Deus é Onipotente? Sim Deus é onipotente, mas ser Onipotente ( Todo - Poderoso) , não significa ser capaz de fazer o que " LOGICAMENTE IMPOSSÍVEL> " A Bíblia diz em Hebreus 6;18; " É IMPOSSÍVEL< que Deus minta. " Dizer que Deus é capaz de mentir e ao mesmo tempo ser perfeito é " UM ABSURDO LÓGICO> " Mas, por que Deus que é Onipotente ( Deus Todo - Poderoso), não pode fazer aquilo que é logicamente impossível ? Na verdade , não ! Vejamos o paradoxo da Onipotência ; " Poderia Deus criar uma pedra tão pesada que nem mesmo ele pudesse levantar ? " Qualquer que seja a resposta , nós entenderiamos , que Deus não poderia ser Todo - Poderoso , por que não ? SE Deus não pudesse criar tal pedra , então Deus não seria Onipotente . (2) Mas, se Deus pudesse criar tal pedra , então ele não poderia levantá-la , e assim, não seria Onipotente também !" Qual o problema nisso tudo ? Esta questão é absurda , seria como perguntar ; "Poderia Deus criar um quadrado de três lados ? Poderia Deus transformar um número primo , em um primeiro ministro? " Essas são perguntas que não fazem sentido algum!"

    ResponderExcluir
  49. Continuação; " Ser Onipotente , não significa ser capaz de fazer aquilo que 'É UM ABSURDO LÓGICO" Por que não ? A palavra Lógica deriva da palavra Ordem , sem lógica não há uma Ordem , e sem Ordem nada faz sentido , nem mesmo a existência de Deus . Assim sendo, dizer que Deus é capaz de estar ao lado de si próprio , contudo não são dois, mais um, que na verdade são três , não é algo simplesmente transcendente a razão humana. É ALGO ABSURDO!" É ALGO ABSURDO LÓGICO!" Portanto, a Tradução correta para João 1;1 ; é ; " A PALAVRA ERA UM DEUS" ( ou divina).. Pois é absurda a idéia de Deus estar ao lado de si próprio , contudo , serem um , que na verdade são três, isso é absurdo !" E se formos basear em absurdos lógicos, nem mesmo a existência de Deus faria sentido.Portanto, um ser Onipotente não precisa fazer aquilo que é absurdo lógico !"

    ResponderExcluir
  50. Que coisa confusa, prefiro fica com as explicaçoes da biblia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estimado ferroefogo ferro.
      Paz te seja multiplicada.
      Podemos observar que o sistema de colagem de mensagens intensas cansam a leitura e acaba desmotivando o raciocínio. O amigo " Ravel Alves " ou " José Roberto " insiste em afir mar que os trinitarianos creem que: "Os Trinitários dizem que por Cristo ser onipotente, ele poderia fazer algo assim, " ele poderia estar consigo mesmo " e ao mesmo tempo ser aquela pessoa com quem ele está !"
      Perceba que o amigo citado não lê as postagens ou não consegue entender a doutrina Bíblica da Santíssima Trindade, pois confunde O modalismo com a doutrina da Trindade. Já explicamos nesta e em diversas postagens , o qual participou, que a Doutrina da Trindade crê, sundo as Escrituras de que existe Um Só Deus ( Natureza Divina ) = Hb. Echad = Unidade Plural, Composta . O Pai, O Filho e O Espirito Santo são " Pessoas " Distintas que compõe O Único Deus verdadeiro revelado nas Escrituras. Nunca ensinou-se que estas " Pessoas " são as mesmas. Esta ensino do Pai, Filho e Espirito Santo ser a mesma pessoa é ensino modalista e não Trinitário. Cremos em UM Deus ( Echad e não Yashid Cremos de acordo como a Bíblia nos ensina Dt.6.4;Mt.3.13-17; Mt.28.19; 2Co.13.13.; Gn.18,19. e etc... .
      Cremos também que é necessário O Espirito revelar a pecadores Seus Mistérios. Oremos , então. Rm.10.1.
      Em Cristo,
      Feliz Ano Novo !!!
      Wilton e família :)

      Excluir
  51. Quem é Miguel ? De acordo com Tessalonicences 4;16 ;" Os mortos são ressuscitados quando houvem a voz do arcanjo." Mas João 5;28; " diz que a voz que ouvem é a de Cristo. " Não se escuta a voz de algum anjo seu", e sairão. Ambos os versículos usam a palavra grega "fone" - uma vez para a voz do arcanjo , uma vez para a voz do filho do homem , seguindo-se então a ressurreição. Uma voz, não duas é ouvida , logicamente então devemos concluir , que há uma só voz , porque só há uma pessoa !"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O amigo precisa entender que as Escrituras não se contradizem. O arcanjo Miguel nunca foi em pessoa ou em título honorífico O Bendito Rei dos reis e Senhor dos senhores Jesus Cristo, pois Miguel é chamado no Livro de Dn.10.13 de " um dos mais destacados príncipes " ( NM ), o que nos leva a concluir que não é o principal, o primaz. Em Cl.1.18 lemos que Jesus TEM A PRIMAZIA. Assim , se Jesus tem a primazia e Miguel não, então os dois não podem ser a mesma pessoa.
      Em Mt.4.10-11 e Mc.1.25-27 mostram Jesus repreendendo Satanás; mas , em Jd.1.9, Miguel NÃO SE ATREVEU A CENSURÁ-LO ; em vez disso, entregou a Deus tal responsabilidade. Jesus ,tem portanto , diferente de Miguel, AUTORIDADE ABSOLUTA sobre Satã e seus demônios. Certa ocasião , eles imploraram a Jesus que lhes permitisse entrar numa manada de porcos; só quando O Senhor Jesus lhes deu permissão é que puderam agir ( Mt.8.28-32 ). Isso nos leva a outro raciocínio. Devemos nos lembrar da afirmação bíblica de que os anjos, em relação humana, são " maiores em força e poder " ( 2 Pe.2.11 ) Além disso, de acordo com Hb.2.9, Jesus foi feito por um pouco de tempo " menor do que os anjos ", pois fez " carne e habitou entre nós " ( Jo.1.14 ), assumindo a forma de servo ( Fp.2.7-8 ). Assim, se Jesus fosse o arcanjo Miguel, seríamos forçados a dizer que Miguel foi feito " menor do que os anjos ". Ora , se Miguel, na condição de arcanjo, não censurou Satã , como poderia tê-lo feito na condição de homem ? Se Miguel fosse realmente Jesus, faria o mesmo que este fez com Satanás. Desse odo, evidencia-se que Jesus e Miguel não podem ser a mesma pessoa, pois Jesus TEM PODER SOBRE AS FORÇAS DAS TREVAS, e Miguel entrega o julgamento a quem de direito, a Deus, que detém o poder sobre as trevas.
      Deus te ilumine
      Em Cristo
      Wilton

      Excluir
    2. Infelizmente meu nobre amigo, isso não é o que diz os seus "irmãos trinitários. " " Como dissemos antes miguel pode significar um "ANJO"; mas eu abraço a opinião daqueles que se referem a pessoa de Cristo , porque ela se adapta melhor ao assunto para representá-lo como estando a frente para a defesa do seu povo eleito. " - João Calvino ( Commentary on Daniel, vol. 02 , " Lecture Sixty -five," disponível em; http://www.ccel.org/calvin/calcom25.vii.iii.html) Outro exemplo; " Miguel-somente Cristo é o protetor de sua igreja , quando todos os princípes da terra desertaram ou se opõe a ela . " - John Wesley . ( Comentário sobre Daniel 10;21 , disponível em ; http://wesley.nnu.edu/jonh-weslwy/jonh-wesleys-notes-on-the-bible/notes-on-the-book-of-daniel/#Chapter+X). Daniel 10;21; " Mas eu te declararei o que está escrito na escritura da verdade ; e ninguem há que se esforçe comigo contra aqueles, a não ser Miguel, vosso princípe. " Portanto, Jesus Cristo é Miguel , como confirma os seus próprios irmãos, que discordam do Senhor. "

      Excluir
    3. Irmão Ravel Alves, que interessante saber que CALVINO (trinitariano) tem a mesma compreensão dos ADVENTISTAS (trinitarianos). Ou seja, que MIGUEL é CRISTO e não um ANJO ou ser CRIADO!

      Abraços e que TODOS os IRMÃOS participantes do BLOG tenham uma ÓTIMA semana com IAURRÚ!

      Excluir
    4. Calvino não é infalível, errou como todos nós seres humanos que dependemos da iluminação do Espírito para interpretar as Santas Escrituras, que teve seu Canôn encerrado em Apocalípse. A maioria dos interpretes Cristãos entendem que Jesus não é Miguel e que também não se refere a ele como Título de honra. Jesus é Único, Impar e Rei dos reis e Senhor dos senhores. Miguel é "UM DOS PRIMEIROS PRINCIPES ", Jesus é O Senhor dos Exércitos que virá com TODOS OS SEUS ANJOS, quando retornar à terra para Julgar os vivos e mortos.
      Estou com as Escrituras e com a maioria dos Exegetas e Hermenêutas cristãos.
      Em Cristo
      Wilton

      Excluir
  52. Terceiro Comentário de Norman Geisler e Thomas Howe. (3)" esse versículo poderia ser traduzido " e o verbo era da natureza de Deus. " É interessante de fato que esse versículo " PODERIA" ser traduzido assim !' No entanto, o Sr. Normam Geisler e Thomas Howe , não mencionaram que o versículo " TAMBÉM" pode ser traduzido " UM deus". Conforme as regras de grámatica grega e o contexto indica claramente e altamente que deve ser traduzido " Um deus". Na realidade essa mostra ser uma missão bastante maliciosa da parte desses dois senhores . (4) Disseram assim; " A completa deidade de Cristo tem o suporte não somente no uso dessa construção , em geral, mas também em outras referências a Jesus como Deus , em João 8;58; João 10;30; João 20;28 !' Vamos analisar brevemente as justificativas dadas aqui para João 1;1; (1) João 8;58; " Respondeu Jesus ; " Eu lhes afirmo que antes de Abrãao nascer , Eu Sou. " No entanto, a Bíblia Viva que é uma Bíblia Evangélica Traduz assim.; " Respondeu Jesus ; " Eu lhes afirmo que " ANTES DE ABRÃAO NASCER , EU SOU. " - João 8;58 !" " Jesus ; " A pura verdade é que Eu " JÁ EXISTIA ANTES DE ABRAÃO NASCER"" - Bíblia Viva ( Evangélica) Parece que Norman Geisler e Thomas Howe , não conhece as variadas versões da Bíblia ou as mais importantes ! Aqui Jesus simplesmente falou que ele já existia antes de Abraão nascer, esse texto fala da pré-existência de Jesus , não dá auto-existência de Jesus , não devemos confundir as coisas ; " Pré - existência é diferente de Auto- Existência ! Deus é Auto-existente, Jesus -e Pré-existente , não devemos confundir as coisas !' As Testemunhas de Jeová e basicamente outras religiões que não são Trinitárias também acreditam que Jesus foi o arquiteto de Deus ou o mestre de obras da criação de Deus , conforme diz Provérbios 8;30; ' Então vim a estar ao seu lado, como "MESTRE DE OBRAS. " Estar ao lado de Deus é a mesma coisa de estar junto de Deus ; "Pai, glorifica-me junto de ti, com a glória que eu tive junto de ti, " ANTES DE HAVER MUNDO. " ( João 17;5). Assim sendo, de fato, Jesus já existia antes de Abraão nascer , isso não tem nada que ver com Trindade . Observe que no contexto as pessoas perguntaram a Idade de cristo não a " IDENTIDADE" de Cristo , veja o que diz João 8;57; " Ainda não " TENS CINQUENTA ANOS", e viste a Abraão? ". Então Jesus respondeu; " A pura verdade é que eu " JÁ EXISTIA ANTES DE ABRAÃO NASCER". - João 8;58 ( Bíblia Viva). É interessante salientar que em muitas línguas fala-se da Idade com o verbo " SER" e não com o verbo "TER". Por exemplo; " (1) Em inglês o verbo ter é o verbo, Have." No entanto, ao dizer eu tenho cinquenta anos em inglês você vai dizer assim; " I'am fifity is old, que significa basicamente " Eu sou 50 anos". Em muitas línguas fala-se da idade com o verbo " SER", note que Jesus não falou que ele sempre existiu , Jesus falou que antes de Abraão nascer ele já existia", ou ele já era. Ele usou uma referência "temporal", ele disse; " antes de Abraão nascer ". Jesus não disse ; " Eu sempre existi". Definitivamente, isso não tem nada a ver com aquilo que Geisler e Howe propuseram como completa deidade de Cristo . Ma realidade , eles estavam procurando " pelo em ovo".

    ResponderExcluir
  53. Terceiro Comentário de Norman Geisler e Thomas Howe. (3)" esse versículo poderia ser traduzido " e o verbo era da natureza de Deus. " É interessante de fato que esse versículo " PODERIA" ser traduzido assim !' No entanto, o Sr. Normam Geisler e Thomas Howe , não mencionaram que o versículo " TAMBÉM" pode ser traduzido " UM deus". Conforme as regras de grámatica grega e o contexto indica claramente e altamente que deve ser traduzido " Um deus". Na realidade essa mostra ser uma missão bastante maliciosa da parte desses dois senhores . (4) Disseram assim; " A completa deidade de Cristo tem o suporte não somente no uso dessa construção , em geral, mas também em outras referências a Jesus como Deus , em João 8;58; João 10;30; João 20;28 !' Vamos analisar brevemente as justificativas dadas aqui para João 1;1; (1) João 8;58; " Respondeu Jesus ; " Eu lhes afirmo que antes de Abrãao nascer , Eu Sou. " No entanto, a Bíblia Viva que é uma Bíblia Evangélica Traduz assim.; " Respondeu Jesus ; " Eu lhes afirmo que " ANTES DE ABRÃAO NASCER , EU SOU. " - João 8;58 !" " Jesus ; " A pura verdade é que Eu " JÁ EXISTIA ANTES DE ABRAÃO NASCER"" - Bíblia Viva ( Evangélica) Parece que Norman Geisler e Thomas Howe , não conhece as variadas versões da Bíblia ou as mais importantes ! Aqui Jesus simplesmente falou que ele já existia antes de Abraão nascer, esse texto fala da pré-existência de Jesus , não dá auto-existência de Jesus , não devemos confundir as coisas ; " Pré - existência é diferente de Auto- Existência ! Deus é Auto-existente, Jesus -e Pré-existente , não devemos confundir as coisas !' As Testemunhas de Jeová e basicamente outras religiões que não são Trinitárias também acreditam que Jesus foi o arquiteto de Deus ou o mestre de obras da criação de Deus , conforme diz Provérbios 8;30; ' Então vim a estar ao seu lado, como "MESTRE DE OBRAS. " Estar ao lado de Deus é a mesma coisa de estar junto de Deus ; "Pai, glorifica-me junto de ti, com a glória que eu tive junto de ti, " ANTES DE HAVER MUNDO. " ( João 17;5). Assim sendo, de fato, Jesus já existia antes de Abraão nascer , isso não tem nada que ver com Trindade . Observe que no contexto as pessoas perguntaram a Idade de cristo não a " IDENTIDADE" de Cristo , veja o que diz João 8;57; " Ainda não " TENS CINQUENTA ANOS", e viste a Abraão? ". Então Jesus respondeu; " A pura verdade é que eu " JÁ EXISTIA ANTES DE ABRAÃO NASCER". - João 8;58 ( Bíblia Viva). É interessante salientar que em muitas línguas fala-se da Idade com o verbo " SER" e não com o verbo "TER". Por exemplo; " (1) Em inglês o verbo ter é o verbo, Have." No entanto, ao dizer eu tenho cinquenta anos em inglês você vai dizer assim; " I'am fifity is old, que significa basicamente " Eu sou 50 anos". Em muitas línguas fala-se da idade com o verbo " SER", note que Jesus não falou que ele sempre existiu , Jesus falou que antes de Abraão nascer ele já existia", ou ele já era. Ele usou uma referência "temporal", ele disse; " antes de Abraão nascer ". Jesus não disse ; " Eu sempre existi". Definitivamente, isso não tem nada a ver com aquilo que Geisler e Howe propuseram como completa deidade de Cristo . Ma realidade , eles estavam procurando " pelo em ovo".

    ResponderExcluir
  54. Luciano quem é esse senhor que desqualifica homens que estudaram tanto a palavra de Deus. Creio que ele deve ser um conhecido exegeta kkkkkkk. fala serio.

    ResponderExcluir
  55. Luciano quem é esse senhor que desqualifica homens que estudaram tanto a palavra de Deus. Creio que ele deve ser um conhecido exegeta kkkkkkk. fala serio.

    ResponderExcluir
  56. Caro ferroefogo ferro.
    Paz de Cristo.
    Podemos perceber que o amigo " José " ou " " Revel ". Ao invés de se basear no língua original Bíblica para expor seus argumentos utiliza-se do texto bíblico para justificar a heresia do Corpo Governante baseando-se em argumentos citando o Inglês. Jesus comparou-se ao Deus de Israel mesmo, quando disse : " EU SOU ". Jo.8.58, comparando com O Deus que apareceu em Ex.3.14. Os textos de João estão em perfeita harmonia com Exôdo, inclusive os Judeus entenderam a fala de Jesus perfeitamente que tentaram matá-lo por " blasfêmia " e Jesus não tentou justificar-se, como que eles estivessem entendido errado, não, Jesus calou-se , pois sabia que eles não eram de Suas ovelhas.
    Hoje as seitas querem apedrejar Jesus e os cristãos por reconhecerem a Divindade de Jesus, reconhecendo-O como uma das " Pessoas " da Santíssima Trindade, como podemos ver claramente nas Escrituras ao lê-la e meditá-la com deligência e oração, o que sugerimos que todos façam, assim como fêz DAVID A. REED, que ao passar a estudar as Escrituras e depois compará-la as revistas do C. G. concluiu que Jesus era e é Deus como o Pai e O Espirito Santo, sendo de mesma natureza Divina e assim libertou-se do jugo do C G. libertando-se da comida que lhe era servida e passou ele mesmo a receber do Espirito Santo a comida saudável sem gordura, que o libertou. Vejamos alguns textos que nos fala da Divindade do Pai , Do Filho e do Espirito Santo como Único Deus de mesma natureza: Jo.17.3 [ O Pai é Deus ]; Tt.2.13 [ Jesus Cristo é Deus ]; At.5.3-4 [ O Espirito Santo é Deus ] Como não são 3 ( Três ) deuses de natureza distinta como o ensino de Tríade, fica implícito de que as " Pessoas " distintas apresentadas nas Santas Escrituras são Um Mesmo Deus composto Hb. Echad ) distintos em " Pessoas ", orém de mesma natureza Divina.
    Deus ilumine a todos os que lerem
    Em Cristo
    Wilton :)

    ResponderExcluir
  57. José Roberto (mudando o nome por qual motivo, falta de liberdade?)

    Se o sr fizer um comentário e deixar outros responderem, acredito que seria mais proveitoso do que apresentar mais outros... porém, é só uma dica. Fique a vontade.

    ResponderExcluir
  58. Norman Geisler e Thomas Howe, usaram outro texto para tentar provar os seu argumentos, este foi João 10;30; "Eu e o Pai somos um. " Norman Geisler e Thomas Howe disseram que este texto dá suporte para o que eles chamaram de " completa deidade de Cristo. " Mas, será que é assim mesmo ? " OS Senhores Geiler e Howe esqueceram que esse texto apresenta simplesmente uma "" UNIÃO" de cooperação e não uma " Unidade Literal ". Como podemos saber disso ? Mais a frente o própio apóstolo João relatou em João 17;22; " também eu lhes tenho dado a glória que tu me tens dado, a fim de que " SEJAM UM, assim como " NÓS SOMOS UM. " Portanto, Jesus Cristo estava falando que os discipulos deveriam ser "UM", assim como ele e seu Pai era um, deveria haver um espírito de cooperação, eles deviam cooperar. " Vamos ver a mesma aplicação em Mateus 19;6; " De modo que não " SÃO MAIS DOIS", mas " UMA SÓ CARNE. " Aqui está falando sobre o casamento, então mais uma vez Jesus explicou que " SER UM", significa estar em união, ou em cooperação, isso não tem nada haver com " trindade ou deidade completa de Cristo", por que não ? Porque parece que o Senhor Geisler e Howe, não sabe somar contas básicas de matemática , para Geisler e Howe 1+1 = 3 ! Se Jesus tivesse falando de uma suposta Trindade ele teria dito; "Eu, o Pai , e o espírito santo somos um. " Agora entenda a lógica Matemática de Geisler e Howe; " Eu e o Pai somos três, esta é a lógica matemática dos trinitários 1+1= 3 = Trindade. " Dá para acreditar nisso , quando Cristo disse que o " Pai é maior do que eu. " - João 14;28 ;

    ResponderExcluir
  59. Vamos analisar outro texto na tentativa de provar a Trindade ; João 20;28; " Então Tomé exclamou ; "- Meu Senhor e meu Deus !". Isto aconteceu quando Tomé tocou as feridas de Jesus após ele ter sido ressuscitado . Então o leitor lendo este texto percebe que Tomé dirigindo-se a Jesus , tocou nas mãos de Jesus e ao perceber que era de fato Jesus, Tomé exclamou; " MEU SENHOR E MEU DEUS!" Será que esse texto mostra que Geisler e Howe , provaram a deidade de Cristo? " Não tão rápido !' Existe uma palavra especial que toda vez que ela é mencionada em um debate, os trinitários se sentem encurralados,e esta palavra é " CONTEXTO. " Portanto, vamos ler o contexto e realmente ver o que aconteceu ; João 20;25-28; "Então os outros díscipulos disseram a Tomé ; - Nós vimos o Senhor! Ele respondeu; " Se eu não vir o sinal dos pregos nas mãos deles, e não tocar ali com o meu dedo , e também se não puser a minha mão no lado dele , não vou crer!"(26) Uma semana depois os discipulos de Jesus estavam outra vez reunidos ali com as portas trancadas , e Tomé estava com eles.Jesus chegou , ficou no meio deles e disse ; - Que a paz esteja com vocês !(27) Em seguida disse a Tomé ; - Veja as minhas mãos e ponha o seu dedo nelas . Estenda a mão e ponha no meu lado.Pare de duvida e creia!' Então tomé exclamou; " MEU SENHOR E MEU DEUS!" Agora imagine que você fosse Tomé e você não acreditasse que Jesus havia sido ressuscitado , ai você é levado até a presença de Jesus , e ao ver Jesus você toca nas mãos deles , aquele mesmo Jesus que você viu morrer , você não teria ficado espantado assim como Tomé ficou? " No entanto, vamos observar outros detalhes ! Veja que um pouquinho antes desse acontecimento, Jesus apareceu para Maria e ele disse o seguinte para ela; " Jesus Disse; - Não me segure , pois ainda não subi para o meu Pai. Vá se encontrar com os meu irmãos (Tomé era um deles) ,e diga a eles que eu vou subir para aquele que " É O MEU PAI E O PAI DELES, (dos irmãos de Jesus), " O MEU DEUS" (o Deus de Jesus ), " E O DEUS DELES" (o Deus dos discipulos)." - João 20;17 !" Portanto, observe que Jesus tem " UM DEUS" e neste mesmo contexto ele afirmou isso. E o Deus de Jesus é o própio Pai de Jesus . Jesus afirmou que o Deus dele , é o mesmo Deus dos irmãos de Jesus , um destes irmão era " ADVINHA QUEM : " TOMÉ" . Portanto nós vimos (1) Jesus se declara irmãos dos seus discipulos!' (2) Tomé era discipulo de Jesus !" Logo; " TOMÉ ERA IRMÃO DE JESUS!" Portanto, se Tomé era dicipulo de Jesus , Tomé era irmão de Jesus, assim sendo, se Tomé encarasse Jesus como O Deus Todo- Poderoso , e Jesus encara Tomé como irmão, logo Tomé seria irmão do Deus Todo- Poderoso. POrtanto, segundo o racíocinio Trinitário (1) Jesus se declarava irmão de Tomé. (2) Tomé encara Jesus como Deus . ( Raciocinio trinitário). Logo; " TOMÉ ERA IRMÃO DE DEUS"! Alguem é irmão de Deus ? Deus não tem irmãos, Deus "TEM FILHOS"! Tomé não podia ser irmão de Deus ! Portanto, a expressão que Tomé disse, quando ele disse " Meu Senhor e Meu Deus", ele estava falando em um ato de "ESPANTO" , assim como qualquer um de nós teríamos dito na mesma situação . Portanto, este texto não prova que Cristo seja o Deus Todo-Poderoso, Jeová !"

    ResponderExcluir
  60. Vamos analisar outro texto na tentativa de provar a Trindade ; João 20;28; " Então Tomé exclamou ; "- Meu Senhor e meu Deus !". Isto aconteceu quando Tomé tocou as feridas de Jesus após ele ter sido ressuscitado . Então o leitor lendo este texto percebe que Tomé dirigindo-se a Jesus , tocou nas mãos de Jesus e ao perceber que era de fato Jesus, Tomé exclamou; " MEU SENHOR E MEU DEUS!" Será que esse texto mostra que Geisler e Howe , provaram a deidade de Cristo? " Não tão rápido !' Existe uma palavra especial que toda vez que ela é mencionada em um debate, os trinitários se sentem encurralados,e esta palavra é " CONTEXTO. " Portanto, vamos ler o contexto e realmente ver o que aconteceu ; João 20;25-28; "Então os outros díscipulos disseram a Tomé ; - Nós vimos o Senhor! Ele respondeu; " Se eu não vir o sinal dos pregos nas mãos deles, e não tocar ali com o meu dedo , e também se não puser a minha mão no lado dele , não vou crer!"(26) Uma semana depois os discipulos de Jesus estavam outra vez reunidos ali com as portas trancadas , e Tomé estava com eles.Jesus chegou , ficou no meio deles e disse ; - Que a paz esteja com vocês !(27) Em seguida disse a Tomé ; - Veja as minhas mãos e ponha o seu dedo nelas . Estenda a mão e ponha no meu lado.Pare de duvida e creia!' Então tomé exclamou; " MEU SENHOR E MEU DEUS!" Agora imagine que você fosse Tomé e você não acreditasse que Jesus havia sido ressuscitado , ai você é levado até a presença de Jesus , e ao ver Jesus você toca nas mãos deles , aquele mesmo Jesus que você viu morrer , você não teria ficado espantado assim como Tomé ficou? " No entanto, vamos observar outros detalhes ! Veja que um pouquinho antes desse acontecimento, Jesus apareceu para Maria e ele disse o seguinte para ela; " Jesus Disse; - Não me segure , pois ainda não subi para o meu Pai. Vá se encontrar com os meu irmãos (Tomé era um deles) ,e diga a eles que eu vou subir para aquele que " É O MEU PAI E O PAI DELES, (dos irmãos de Jesus), " O MEU DEUS" (o Deus de Jesus ), " E O DEUS DELES" (o Deus dos discipulos)." - João 20;17 !" Portanto, observe que Jesus tem " UM DEUS" e neste mesmo contexto ele afirmou isso. E o Deus de Jesus é o própio Pai de Jesus . Jesus afirmou que o Deus dele , é o mesmo Deus dos irmãos de Jesus , um destes irmão era " ADVINHA QUEM : " TOMÉ" . Portanto nós vimos (1) Jesus se declara irmãos dos seus discipulos!' (2) Tomé era discipulo de Jesus !" Logo; " TOMÉ ERA IRMÃO DE JESUS!" Portanto, se Tomé era dicipulo de Jesus , Tomé era irmão de Jesus, assim sendo, se Tomé encarasse Jesus como O Deus Todo- Poderoso , e Jesus encara Tomé como irmão, logo Tomé seria irmão do Deus Todo- Poderoso. POrtanto, segundo o racíocinio Trinitário (1) Jesus se declarava irmão de Tomé. (2) Tomé encara Jesus como Deus . ( Raciocinio trinitário). Logo; " TOMÉ ERA IRMÃO DE DEUS"! Alguem é irmão de Deus ? Deus não tem irmãos, Deus "TEM FILHOS"! Tomé não podia ser irmão de Deus ! Portanto, a expressão que Tomé disse, quando ele disse " Meu Senhor e Meu Deus", ele estava falando em um ato de "ESPANTO" , assim como qualquer um de nós teríamos dito na mesma situação . Portanto, este texto não prova que Cristo seja o Deus Todo-Poderoso, Jeová !"

    ResponderExcluir
  61. Norman Geisler e Thomas Howe, usaram outro texto para tentar provar os seu argumentos, este foi João 10;30; "Eu e o Pai somos um. " Norman Geisler e Thomas Howe disseram que este texto dá suporte para o que eles chamaram de " completa deidade de Cristo. " Mas, será que é assim mesmo ? " OS Senhores Geiler e Howe esqueceram que esse texto apresenta simplesmente uma "" UNIÃO" de cooperação e não uma " Unidade Literal ". Como podemos saber disso ? Mais a frente o própio apóstolo João relatou em João 17;22; " também eu lhes tenho dado a glória que tu me tens dado, a fim de que " SEJAM UM, assim como " NÓS SOMOS UM. " Portanto, Jesus Cristo estava falando que os discipulos deveriam ser "UM", assim como ele e seu Pai era um, deveria haver um espírito de cooperação, eles deviam cooperar. " Vamos ver a mesma aplicação em Mateus 19;6; " De modo que não " SÃO MAIS DOIS", mas " UMA SÓ CARNE. " Aqui está falando sobre o casamento, então mais uma vez Jesus explicou que " SER UM", significa estar em união, ou em cooperação, isso não tem nada haver com " trindade ou deidade completa de Cristo", por que não ? Porque parece que o Senhor Geisler e Howe, não sabe somar contas básicas de matemática , para Geisler e Howe 1+1 = 3 ! Se Jesus tivesse falando de uma suposta Trindade ele teria dito; "Eu, o Pai , e o espírito santo somos um. " Agora entenda a lógica Matemática de Geisler e Howe; " Eu e o Pai somos três, esta é a lógica matemática dos trinitários 1+1= 3 = Trindade. " Dá para acreditar nisso , quando Cristo disse que o " Pai é maior do que eu. " - João 14;28 ;

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. José Roberto de Araujo você é muito perspicaz mesmo!

      "Eu e o Pai somos três, esta é a lógica matemática dos trinitários 1+1= 3"
      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      Excluir
    2. Irmão ANÔNIMO, eu conheço essa MATEMÁTICA!

      10 - 1 = 9 (homens)

      10 - 1 = 0 (Deus - Tiago 2:10)

      Excluir
  62. LÓGICA DOS TRINITÁRIOS:

    1+1=3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. homem + mulher = uma só carne.

      A palavra utilizada para definir a unidade de Deus, é a mesma utilizada para designar a união do homem e da mulher em uma só carne (’ehadh).

      Língua hebraica:

      "Na língua hebraica, existem duas palavras para expressar unidade, a saber, ’ehadh e yehidh. A primeira designa uma unidade composta ou plural" (Pr. Luis Antônio Ferraz)

      1+1+1 = UM ou ’ehadh

      Isto que está escrito acima, é verdadeiro ou falso?

      Excluir
    2. Infelizmente, alguns tentam achar na palavra e-hhád modificativos para o plural, o que não existe !' Dizem que significa ou subtende uma " Unidade Composta". Naturalmente e-hhád não é só usado em Gênesis 2;24; ". Será que em Deuterônomio 6;4; indica que Deus é uma combinação de mais de uma pessoa? " Isso também peca ou induz ao erro pela base, visto que " UM SÓ" nas Escrituras amiúde " SIGNIFICA UM SÓ COM A EXCLUSÃO DE OUTROS. " Vejamos alguns exemplos; " Existe "UM " mas não há "UM" segundo. " " Melhor dois do que um. " " há uma que é a minha pomba , minha imculpe" " Há uma que pertence a sua mãe. " - Eclesiastes 4;8,9 ; Cãnticos de Salmão 6;9; Em todas estas passagens ocorre a palavra e-hhád , e nenhuma pessoa diria que tais passagens se referem há algo composto ou múltiplo , na realidade, porque tal palavra não exprime esta idéia , só na forçada interpretação dos Trinitários . Nós podemos ver isso em várias passagens Bíblicas. Portanto, Jesus era um com o Pai, assim como os seus discipulos deveriam também ser "UM", em união , e cooperação !"

      Excluir
    3. Irmão José Roberto,

      O "uma só carne" se referindo à união entre homem e mulher significa "um só com a exclusão de outros"?

      Excluir
  63. Olá irmãos,

    Gostaria de colocar a seguinte questão aos queridos irmãos trinitarianos e não trinitarianos para meditação:

    Cristo teria dito:

    "Não sou Deus".

    Esta afirmação é verdadeira ou falsa?

    ResponderExcluir
  64. Não, ele disse:

    "Sou uma trindade"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sendo que o irmão não consegue responder francamente dizendo se é verdadeiro ou falso, como espera convencer aos que conseguem responder diretamente a esta simples questão?

      Excluir
  65. "Eu e o Pai somos três"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como Cristo e o Pai poderiam ser 01? Sendo que eram duas pessoas?

      To texto não está dizendo que Deus é 01, mas que Cristo e o Pai eram um.

      A própria proposição da afirmação impede que leiamos o "um" como sendo um numeral quantitativo.

      Este "um" tem sentido de unidade e isto é concordância entre os não trinitarianos.

      A questão é, que tipo de unidade?

      Simples, ou composta?

      Responda, amigo anônimo, este "um" contido no verso, tem sentido de unidade simples ou composta?

      Excluir
  66. Está demorando para responder, irmão anônimo...

    ResponderExcluir
  67. É interessante Sr. Adventista , o que diz 2 Crônicas 6;14; " E disse, ó Jeová Deus de Israel, não há Deus " IGUAL HÁ TI" nos céus , nem na Terra; tu guardas o pacto e demonstra amor leal aos teus servos que andam diante de ti de todo o coração. " Observe, que o texto declara que não há Deus igual a Jeová !' Por quê? OS Judeus entendiam que a divindade , ou qualidade divina , não era exclusividade do Deus Todo - Poderoso . Podemos ver isso no Salmo 8;5; " Tu o fizeste (o homem) um pouco menor que os " SERES DIVINOS", e o coroastes de glória e explendor. " A Versão Almeida Revista e Corrigida traduz " Seres Divinos" , por " Anjos" e na nota de rodapé declara sobre a palavra " Anjos" ; " Ou Deus ( Hebraico - Elohim)." Os anjos são mencionados na Bíblia como sendo " Filhos de Deus" (benéh há - ' Elohim); " Jó 1;6; " Chegou o dia em " que "OS FILHOS DO VERDADEIRO DEUS", foram apresentar-se perante Jeová , e Satanás também foi no meio deles. " Jó 2;1; " Depois disso chegou o dia em que " OS FILHOS DO VERDADEIRO DEUS" , foram apresentar-se perante Jeová , e Satanás também foi no meio deles para apresentar- se perante Jeová . " Jó 38;4,7; " Onde você estava quando lancei os alicerces da Terra? Responda-me , se você acha que tem entendimento . Quando as estrelas da manhã juntas gritavam de júbilo e " TODOS OS FILHOS DE DEUS" davam gritos de louvor? ". Portanto, os anjos por serem " Filhos de Deus" são da classe de elohim (deuses) , mas não no sentido de receberem adoração ( algo que é exclusivo de Deus Todo - Poderoso Jeová), e sim por terem natureza divina. " Por isso a Tradução de Jammes Moffat traduz por; " Contudo tu o tens feito um pouco menor " DO QUE O DIVINO> " Esse entendimento explica porque Jesus pode ser referido como Deus , ou "deus", por ter natureza divina , sem ser o Deus Todo - Poderoso, Jeová." Isaías 9;6; " Porque um menino nos nasceu , um filho nos foi dado; e o reinado estará sobre os seus ombros . Ele receberá o nome de maravilhoso conselheiro, Deus Poderoso ( Não , Todo Poderoso), Pai eterno, Príncioe de Paz. " João 1;1; " No principio era a palavra, e a palavra estava com Deus ,e a palavra era "um deus. " Mesmo que a parte final de João 1;1 ; seja traduzido " o verbo era Deus" ( como em várias traduções da cristandade, mas não em todas como já foi expresso em comentários anteriores) , ainda assim isso não torna Jesus O Deus Todo - Poderoso, sim, " DEUS PODEROSO", como profetizado em Isaías 9;6 !' Por este motivo Jesus disse em João 10;34-36; " Não está escrito na Lei; " VÓS SOIS DEUSES> " Citando assim o Salmo 82;6; " VÓS SOIS DEUSES> "

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Irmão José Roberto, e se o irmão tiver tão somente entendido errado?

      Medite nesta pergunta, então responda.

      Excluir
  68. Poderia ser mais claro Sr. Adventista ? ( Romanos 10;2).

    ResponderExcluir
  69. Antes de fazer algumas considerações, eu afirmo que: "Mesmo que as Testemunhas de Jeová estivessem certas, e a doutrina da Trindade, errada, assim mesmo, a Watchtower continuaria sendo uma seita da pior espécie, devido ao volume de doutrinas falsas e bizarras, que os seus" ungidos" tem inventado desde a morte de Charles Taze Russell.

    Alías, existem grupos de Testemunhas que acusam a Watchtower de abandonar os ensinamentos de seu fundador; as Testemunhas de Jeová, de hoje, suas crenças, são o produto da mente pervertida daqueles que tomaram as rédeas da organização, através de disputas internas.

    Bem, mas o assunto, agora, não é este....

    A má aplicação que as Testemunhas de Jeová, fazem dos textos bíblicos, que tratam da Divindade de Cristo, é porque eles não entendem a doutrina da "Encarnação do Verbo."

    A doutrina cristã, tem como seu fundamento a Teologia da Encarnação, ou seja, o Verbo que era Deus, se tornou homem, tomando o nosso lugar, como substituto; Deus, não mandou outro, mas ele mesmo desceu até nós.

    Agora, seitas como as Testemunhas de Jeová, pululam pela Internet, querendo restaurar o nome de Yeshua, yehoshua, etc, e que também querem restaurar a verdadeira pronúncia do Tetragrama; estas seitas, também possuem suas versões da Bíblia com o nome divino restaurado etc....

    Agora, uma leitura despretensiosa das escrituras, é o que basta para mostrar que suas doutrinas não passam de uma miragem, ou seja, quando nos aproximamos, elas desaparecem diante do fundo da verdade da Palavra.

    Uma das passagens demolidoras do arianismo jeovísta, é 1 João 1 :1 - 2, onde diz 👉"O QUE ERA DESDE O PRICÍPIO, o que ouvimos, o que vimos com os nossos olhos, o que temos contemplado, e as nossas mãos TOCARAM da Palavra da vida
    [porque a vida foi manifestada, e nós a vimos, e testificamos dela, E VOS ANUNCIAMOS A VIDA ETERNA, QUE ESTAVA COM O PAI, E NOS FOI MANIFESTADA]."

    A passagem paralela, encontramos em João 1:1, onde lemos👉 "No princípio era o verbo, e o verbo estava com Deus, e o verbo era Deus."

    A expressão "No princípio", encontrada nas duas passagens acima citadas, não tem o mesmo significado de Gênesis 1:1, onde também diz, "No princípio."

    A expressão "No princípio" nas duas passagens de João, se refere ao Princípio Ontológico, ou seja, a eternidade antes da criação; ou seja, desde toda a eternidade a Palavra, ou Verbo, esteve com Deus, e nunca houve algum tempo em que Deus estivesse sem a sua Palavra.

    Inclusive, a Palavra é chamada de VIDA ETERNA QUE ESTAVA COM O PAI (desde toda a eternidade) E NOS FOI MANIFESTADA (João 1:14). A "Vida eterna", do grego "aionion zoe", que estava com o Pai, sempre existiu com ele, o logos, e este logos assumiu a natureza do homem, que é o que se chama de "Encarnação do logos."

    Vida eterna, não tem um começo como criação de Deus, o que seria uma contradição, visto que a vida eterna é um dos atributos de Deus..... Continua......

    ResponderExcluir
  70. O "logos", em 1João 1:1—2, é chamado de vida eterna, com o mesmo significado de 1 João 4:8, onde diz que "Deus é amor", não que Deus é o amor, porque um dos atributos de Deus, é o Amor Divino.

    Neste sentido, também em 1 João 1:1—2, o logos é chamado de vida eterna, porque um dos atributos da Palavra, é a vida eterna.

    Sendo assim, o Senhor Jesus, como o logos encarnado [João 1:14] é um com Deus desde a eternidade, por causa da mesma natureza, porque no logos estavam todos os atributos de Deus.

    Antes de eu prosseguir, vou deixar uma pergunta para o José Roberto responder.

    Pergunta⇨ Em João 1:3 diz: "Todas as coisas foram feitas por ele [pelo verbo] E SEM ELE NADA DO QUE FOI FEITO SE FEZ."

    Em Isaías 44:24 diz: "Assim diz o Senhor, teu redentor, e que te formou desde o ventre: Eu sou o Senhor que faço tudo, que SOZINHO estendo os céus [Gênesis 1:6—8]
    e espraio a terra por mim mesmo..."

    José Roberto,responda: Se "Jeová" fez tudo SÓZINHO, e ninguém esteve com ele no ato da criação, como é que você explica João 1:3, onde sobre o logos [Jesus] diz: "E SEM ELE, NADA DO QUE FOI FEITO SE FEZ?"

    Jeová disse que estava SÓZINHO, como é que o "um deus" de vocês poderia estar junto com ele?

    Esperando resposta.....continua....

    ResponderExcluir
  71. Sobre o texto de João 1 espero que os Testemunhas de Jeová e arianos me expliquem:
    1. Jesus possui natureza divina ou é divino de acordo com João 1.1 e a Torre de Vigia - quantos seres divinos existem? Não é politeísmo acreditar em várias divindades?
    2. Em João 1.1 a palavra Deus se correlaciona nas duas sentenças lado a lado: "ton Theón, kai Theós" ou "estava com o DEUS e DEUS era”. Essa correlação estava com o Deus, e Deus era" não faz supor que a palavra "Deus" é usada no mesmo sentido nas duas sentenças?
    3. João 1.3 diz: “Todas as coisas foram feitas por intermédio dele; e sem ele nem mesmo uma só coisa veio à existência”. Colossenses 1.17 diz que Jesus existe "antes de todas as coisas"O Evangelho de João foi escrito por volta do ano 95d.C., já em 110 d.C. Inácio escreveu: " Temos também nosso Médico o Senhor nosso Deus, o único unigênito Filho e a palavra, antes que o tempo começasse..." Se tudo Deus criou por Jesus, Jesus precisa estar antes do espaço e do tempo, pois sabemos que o tempo foi criado e não pode logicamente existir infinitamente, pois senão o hoje nunca teria chegado. Isso significa Jesus ser "atemporal" ou "Eterno" - Como Jesus pode ser Eterno ou existir antes do tempo e não ser Deus?

    ResponderExcluir
  72. Em Isaías 44;24; está escrito na Tradução João Ferreira de Almeida Corrigida e Revisada e Fiel ; "Eu sou o SENHOR que faço tudo, que " SOZINHO" estendo os céus e espraio a terra por mim mesmo?. "

    A Bíblia é muito clara em dizer que somente Jeová Deus, o Pai, é a fonte de toda a Criação. Nós podemos ver isso no Salmo 36;9; "Pois contigo está a fonte da Vida. "

    A maioria das versões da Bíblia removem o nome de Deus e o substituem pelo pronome " SENHOR", inclusive nesta passagem. De forma que muitos ao lerem este verso acreditam e pregam em seus cultos que este " SENHOR" se refere a Jesus . A primeira Criação de Jeová , sua única criação direta, no qual é mogénes , Único - Gerado, ou seja seu filho unigênito Jesus Cristo é referido como o canal " POR MEIO DE QUEM" ( em grego diá) ele causou que toda a criação viesse a existir. Sim, seu filho , a quem constituiu herdeiro de todas as coisas, é mencionado como sendo aquele " através (diá) de quem fez o mundo. " - Hebreus 1;2.

    " Todas as coisas vieram a existência por intermédio (diá) dele. O mundo veio a existência por " INTERMÉDIO" (diá) dele. " - João 1;3,10 - Tradução do Novo Mundo da Bíblia Sagrada.

    " Muitas versões da Bíblia não dão a entender isso corretamente. Isto ocorre por deixarem de verter a preposição grega de maneira exata. A versão predileta dos Evangélicos no Brasil não verte de maneira exata ou com precisão.De forma que acaba promovendo um entendimento equivocado. "
    Vejamos o contexto do verso em questão ; "Isaías 44;24; "Assim, disse Jeová teu resgatador e aquele que te formou desde o ventre ; " Eu Jeová faço tudo , estendendo os ceús por mim mesmo, estirando a terra. Quem estava comigo ?"
    Nesse texto vemos Deus se expressando como ; "EU" Jeová, como " MIM", e como aquele que " SE TORNOU", todos os termos no singular! SINGULAR!" Conforme sabemos pelo argumento " DO NÓS", que é usado em textos como em Gênesis 1;26; , os Trinitários afirmam que quando o hipotético , " Deus Triuno", fala de se mesmo ele usa o " PLURAL", ele fala " Nós, Nosso" Nossa, etc.Ora, Se o Deus Trindade quando fala dele mesmo , usa o Plural, então aqui ele não poderia usar o " SINGULAR" "EU", pois o argumento em Gênesis 1;26, é que o Deus Criador não é uma pessoa só", justamente pois usaria um " NÓS", se aqui em Isaías 44;24 se utiliza o "EU", é porque não é a Trindade que está falando, mas , " APENAS UMA ÚNICA PESSOA DIVINA. "

    ResponderExcluir
  73. Veja Isaias 44;9-18; " falam da tolice de fazer deuses de madeira e é precedido por 44;6-8; tem o desafio da divindade, onde Jeová desafia que os idolátras apresentem outro deus além dele , aqui também Jeová destaca sua Testemunha 44; 1-5 ;comenta sobre a relação de Jeová com seu servo, Jacó ou Israel ( povo que por sinal formam as chamadas Testemunhas de Jeová de Isaías 44;8), e aqui se diz algo muito interessante no verso 3; "Isaías 44;3; "Pois despejarei água sobre o sedento e regatos sobre o lugar seco . " DESPEJAREI MEU ESPÍRITO" sobre a tua descendência e minha benção sobre os teus descendentes."

    Portanto, mostrando mais uma vez que o Deus desse Capítulo 44 de Isaías não é um coletivo Deus - Trindade - Plural formado de Deus Pai, Deus Filho e Deus Espírito Santo, ele diz , no " SINGULAR", usando o possessivo singular "MEU", que despejaria sobre Israel o " SEU ESPÍRITO> " SE este Deus , despeja o espírito dele sobre essas pessoas , logicamente que este que aqui fala em Isaías 44;1-24; não é nem o Deus - Trindade " e nem o espírito santo."

    " Portanto, lendo o Capítulo todo ,e não textos isolados , vejam que o falante nestes versos do profeta Isaías " NÃO É" uma trindade formada por Jeová+Jesus+Espírito Santo, mas é uma pessoa só, Jeová sozinho, então quando ele diz; "Que é aquele que te fez" ( Isaías 44;2), é Jeová sozinho.Quando ele diz; "Sou o primeiro e sou o último", e além de " MIM" não há Deus" ( Isaías 44;6), quem está falando é Jeová sozinho, quando ele diz que Isarel é " Tu és um servo que " ME " pertence" ( Isaías 44;21), é Jeová sozinho, quando diz; "EU" Jeová faço tudo , estendendo os céus por " MIM" mesmo , estirando a terra. Quem estava " COMIGO" ( Isaías 44;24), quem fala é Jeová sozinho. Quando diz; "Ele é "MEU" pastor" e executará completamente tudo aquilo em que me agrado " ( Isaías 44;28), este é Jeová sozinho. "

    Ora, se a Trindade fosse real , estes versos deveriam rezar assim; " - Aqueles que te fizeram " -"Somos primeiro e somos o último" , além de nós não há Deus" - " Tu és um servo que nos pertence" - " Nós , Jeová, fazemos tudo , estendendo os céus por nós mesmos , estirando a terra, quem estava conosco? ".

    ResponderExcluir
  74. Lemos em João 1;3,10 na Almeida; "Todas as coisas foram feitas " POR ELE", e sem ele nada do que foi feito se fez". - João 1;3 ;

    " O Léxico Grego de Thayer , define a preposição grega " DIÁ", como significando " POR INTERMÉDIO", especialmente ao ser usada numa construção genitiva. " Este dicionário apresenta somente esta definição na construção genitiva ,. Não no sentido de " por alguém", mas antes, " por intermédio de alguém".

    " A Concordância de S'trong , também deixa claro que uma construção genitiva " DIÁ" tem o sentido de " através de" ou " por intermédio de". Veja a acepção primária definida na concordância pela letra "A". Se alguém for olhar a a definição deve prestar atenção a este detalhe. Este dicionário apresenta também somente esta definição nesta construção genitiva.Não no sentido de " por alguém", mas antes, " por intermédio de alguém".

    " Ele é a imagem do Deus invisível , o primogênito (prototókos) de toda a criação, porque por meio dele todas as outras coisas foram criadas nos céus e sobre a terra. " - Colossenses 1;14-16 .
    "Isaías 44;24;( Good New Translation ou GNT)> Lemma= Õiá = Dictionares =LSJ, MIDDle. =Liddell, Slater , Autennrieth = Ma. Freq. =258.436. = Min. Freq. = 0 = Definição Curta= " por intermédio. "
    Sim , Jesus é o mestre de obras da criação , usado por Jeová, " por intermédio " (diá), para criar todas as coisas, no entanto, isso não tira " o título de Jeová de criador do universo. " - Provérbios 8;21-32 !'

    ResponderExcluir
  75. Nossa! Quanta ignorância da parte desse Bruno, qualquer um sabe que o "tempo" é medido de acordo com o movimento de rotação de um corpo celeste, no caso da Terra 1 dia tem a duração de 23 horas e 56 minutos (aproximadamente)já em em Mercúrio 1 dia equivale a 243 dias terrestres. Ou seja é simplesmente ridículo comparar a nossa curta vida humana a um ser espiritual como era Jesus no seu princípio.
    Para ser ainda mais claro, O TEMPO SÓ VEIO A EXISTIR APÓS O BIG BANG, antes, NÃO havia nada físico, no qual a grandeza "tempo" poderia interferir.

    ResponderExcluir
  76. Por isso Jesus é antes do "tempo" mesmo sem ser eterno pois o próprio "tempo" NÃO é eterno.

    ResponderExcluir
  77. Na realidade espiritual não existe tempo?

    ResponderExcluir
  78. Como existe presente - passado e futuro então? Se algo foi criado, isso significa que houve um passado em que ele não existia e um presente em que agora existe - Como a sequencialidade é possível num estado atemporal? Como Jesus pode ter sido criado na atemporalidade?

    ResponderExcluir
  79. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  80. No caso de Jesus ele não criou "literalmente" todas as coisas, do contrário, teria de ter criado a Jeová e a si mesmo, Jesus não era um ser físico para sofrer, como ja disse, o efeito do "tempo" ele foi a primeira criação de Jeová, ele é o principio de todas as "outras" coisas, anjos, universo e tudo o que ha nele. Espero que não seja muito difícil para quem ler entender.

    ResponderExcluir
  81. Então temos alguns problemas lógicos: Se Jesus não é temporal e se só os seres físicos são temporais,temos um problema muito grande. A existência de passado, presente e futuro sem tempo não faz sentido. Se os seres espirituais foram criados, é necessário que tenha havido um PASSADO em que eles não existiam. Não estar sujeito ao tempo significa habitar um ETERNO AGORA. Todo ser criado precisa estar sujeito ao tempo. Mas a Bíblia claramsente mostra que Jeová criou tudo por meio de Jesus, inclusive a realidade espiritual (Colossenses 1.16). João 1.3 diz que sem Jesus NADA teria vindo a existencia. Ora ou Jesus é Eterno ou Jeová não criou tudo por meio de Jesus. E mais se o tempo e (e por consequencia o espaço) tiverem sido criados antes de Jesus, Jesus não seria a primeira criação, nem a única criação direta de Jeová, como alega a organização. Simples, como alguém pode ter sido criado (isto é não ter existido no PASSADO) e não estar sujeito ao TEMPO?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se não adianta dizer que Jesus NÃO CRIOU LITERALMENTE TODAS AS COISAS não vou perder mais meu tempo com pessoas que querem negar a verdade.

      Com certeza para você que interpreta tudo literalmente Jesus criou "todas as coisas" inclusive a si mesmo e a Jeová, e também não era humano, você deve achar que ele era um leão como diz Apocalipse 5:5

      Excluir
    2. Meu caro que confuso estão seus comentários. Eu disse que Jeová criou todas as coisas por meio de Jesus, é obvio que "todas as coisas" não inclui Jeová, nem Jesus mas todas as coisas que foram criadas. Jeová por meio de Jesus literalmente criou TODAS AS COISAS. Mas é obvio que quando se diz CRIOU, estamos dizendo TODAS AS COISAS CRIADAS. Nem Jeová, nem Jesus estão incluidos nas coisas criadas. Segundo em Apocalipse 5.5 temos uma metáfora, o mesmo não se pode dizer de João 1.3. Aliás que relação existe entre dizer "Jeová por meio de Jesus criou todas as coisas", que evidentemente é uma frase literal com Jesus é semelhante a um Leão, que é uma metáfora?

      Excluir
    3. Meu caro que confuso estão seus comentários. Eu disse que Jeová criou todas as coisas por meio de Jesus, é obvio que "todas as coisas" não inclui Jeová, nem Jesus mas todas as coisas que foram criadas. Jeová por meio de Jesus literalmente criou TODAS AS COISAS. Mas é obvio que quando se diz CRIOU, estamos dizendo TODAS AS COISAS CRIADAS. Nem Jeová, nem Jesus estão incluidos nas coisas criadas. Segundo em Apocalipse 5.5 temos uma metáfora, o mesmo não se pode dizer de João 1.3. Aliás que relação existe entre dizer "Jeová por meio de Jesus criou todas as coisas", que evidentemente é uma frase literal com Jesus é semelhante a um Leão, que é uma metáfora?

      Excluir
    4. Jesus não criou o tempo !" O Pai, Criou Gerou Jesus , e esta geração do seu primogênito foi o primeiro mover de Deus, no qual , ele comunicou a vida e a existência a um ser , de modo que foi o príncipio do deslocamento temporal, pois o tempo nada mais é do que a duração do movimento, e como tudo se move como física ou metafisicamente , tudo se move por meio dele. O tempo veio a existência com Jesus , simultaneamente. Os Estudantes das Escrituras devem igualmente entender a causa da existência , sendo que existe a causa instrumental e eficiente, a instrumental pode ser comparada as minhas mãos , mas a eficiente é o meu intelecto, que move minhas mãos a realizar o meu intelecto. Minhas mãos são meros instrumentos as quais me utilizo para manifestar a vontade que existe em mim, o intelecto. Não sou o corpo, tenho um corpo , o qual eu , a alma é gerada,, eu sou a alma e manifesto-me no corpo e o uso para realizar a minha vontade. Deus, manifesta-se por meio dos seus agentes ( causa instrumental) e ele o, Pai (causa eficiente) executa sua vontade , mediante eles , sendo eles movidos pelo Deus imovél ( imutavél). Deus é o originador de Tudo.

      " O Filho não pode fazer nem uma única coisa de sua própria iniciativa. " - João 5;19;

      " O texto grego aqui significa que Jesus não pode de si mesmo , dar origem a nada. "

      " Outros textos nos revelam que Jesus é a causa instrumental de existência, não a causa eficiente. " Todas as coisas foram feitas por intermédio (diá) dele, e sem ele nada do que foi feito se fez. "

      " Vemos aqui que Jesus como meio ( causa instrumental) é movido por aquele que mediante ele fez todas as coisas, que é o Pai. ( causa eficiente).

      " O Filho (instrumento)faz apenas aquilo que o Pai ( causa eficiente), lhe revela e comunica. Compare com Apocalipse 1;1; Temos aqui que a origem de tudo é O Pai, e que Jesus é um ser movido que recebe atualizações desde o Pai e que assim Jesus é o principio do deslocamento temporal no qual ocorre o vir a ser" em toda a existência, sendo ele mesmo um eleo deste deslocamento que com sua geração foi iniciado."

      Apocalipse 3;14 " Jesus Cristo, o " PRINCIPIO" (arkhe ) da criação de Jeová. "

      Excluir
    5. Que interessante, meu caro, não foi vc ou alguem com um nome similar (?) que rejeitou minha argumentação alegando conter ela "conceitos filosóficos"? Que interessante que agora faça uso da filosofia aristotélica-tomista da ideia de Causa Eficiente e Causa Instrumental. Lamentavelmente sua definição de tempo é falha, não é o movimento que permite o tempo, é o tempo que permite o movimento. Sabe-se que existe uma relação intrínseca entre espacialidade e temporalidade, de modo que a expressão mais coerente seria "espaço-tempo", de fato eles são uma coisa só. Mas me parece desconhecer o ensino oficial da Torre, segundo o qual Deus ocupa um espaço-tempo, e estranhamente insiste que o lugar em que Deus mora não foi criado. Estranho não? Não só estranho como logicamente impossível, pois um Ser Eterno não pode ser temporal, pois a temporalidade não pode ser eterna. Sabe-se que uma temporalidade infinita significaria que o "hoje" não chegaria. Mas ainda, você coloca a criação de Jesus como simultânea ao tempo, isso não pode ser assim, porque como lhe disse é o tempo que possibilita o movimento e não o contrário, também é o espaço que possibilita a habitação e não o contrário - isto é, na ordem lógica das coisas o espaço-tempo precisaria ser criado ANTES de Jesus. Ora mas não é Cristo "antes de todas as coisas" (Colossenses1.17)? Não foram todas as coisas criadas por intermédio dele, e sem ele nenhuma só coisa existiria? Ora se o espaço e o tempo não foram criados por intermédio de Jesus estes textos não seriam verdadeiros. Como lhe mostrei um dos primeiros leitores de João, Inácio (110E.C.) perceberam que "a Palavra existia ANTES DO TEMPO". E você me parece querer reduzir Jesus a um papel passivo na Criação. É verdade que Jeová criou POR INTERMÉDIO de Jesus, mas real é o fato de que isso não reduziu Jesus a um simples "instrumento". Ora veja Hebreus 1.10 é dito de Jesus como "o Senhor que fez os Céus com suas próprias mãos (i.e. com seu próprio poder)" Hebreus 1.3 fala de Jesus como "sustentando todas as coisas pela palavra do SEU PODER". Ora meu caro, isso implica que as atualizações em nossa temporalidade são causadas por Jesus, e não que Jeová "atualiza" Jesus. É claro que João 5.19 não pode ser tirado do contexto da subordinação voluntária do Filho ao Pai tratada em Filipenses 2.6-7, e aplicada fora do contexto a Criação. Apocalipse 1.1 não descreve Jesus como "recebendo atualizações", mas como cumprindo a função de Mediador das revelações de Jeová (1Timóteo2.5). Por fim, Apocalipse 3.14 apresenta Jesus como o princípio da Criação, e de fato todas as coisas criadas, inclusive o espaço-tempo tem seu Princípio em Jesus.

      Excluir
    6. Me chama a atenção sr. Araújo e Escravo Teocrático que as respostas de vocês não são fiéis aos ensinos da "organização de Jeová". O Escravo Teocrático me disse que o tempo foi criado e que Jesus existia antes do tempo, o sr.Araújo me diz que o tempo surgiu simultaneamente a Jesus, mas o ensino da Organização é de que o tempo existe para sempre e que a existência de Jeová se extende infinitamente no passado. Ainda o ensino da organização é que Jeová mora em um lugar específico no céu, e assim evidentemente por ser a morada do Eterno não pode ter sido criado. Ora, como o tempo pode ser infinito e hoje ter chegado? Se temos uma série infinita antes de hoje, esteja certo que não vai existir o próximo segundo, pois nada pode ser acrescentado a algo que é infinito. E que estranho que exista um LUGAR, uma MORADA que sempre existiu -não acham? Aliás já discordaram em suas argumentações desses ensinos, não seria razoávez analisar e questionar outros também? Assim fizeram os bereanos em Atos 17 e Paulo em 1 Tessalonissenses "Examine tudo, retenha o bem"!

      Excluir
    7. É Sr. Bruno Queiroz, os trinitários procuram até ma Metafísica para tentar provar uma falsa doutrina oriunda de religiões pagãs! Que desespero ! No entanto, a Bíblia é a nossa maior autoridade neste assunto!

      Vamos analisar por exemplo, Miquéias 5;2; " E Tu , Bélem Efrata,posto que pequena entre os milhares de Judá , de ti me sairá o que governará em Israel, e cujas saídas são desde os tempos antigos , desde os dias da eternidade. " - ACF

      A óptica Trinitária sobre apenas essa péricope Bíblica é que esta atesta a eternidade de Jesus Cristo , " Cujas saídas são desde os tempos antigos , desdes os dias da eternidade ." Infelizmente , algumas traduções modernas parecem se esforçar em tornar subjacente alguns detalhes textuais relevantes para uma interpretação precisa. E além disso , uma leitura apressada nos faz chegar a ligeira conclusão de que de fato Jesus seja eterno, exceto, é claro, quando nos deparamos aos termos saídas". O terno " Saídas", pode até não parecer tão importante , talvez seja por isso que os "trinitários os tem desconsiderado", porém, engana-se quem assim pensa . O Termo saídas aqui , origina-se do vocabulário hebraico , definida pelos lexicográfos como;
      H04163 mowtsa'ah, procedente de 4161;DITAT -893; n f
      (1)origem, lugar de saída de
      (1a) Origem
      (1b)lugares de saída para ou de
      (1b1)latrina

      " Esta definição acima é de Strong , e ela procede de outra palavra hebraica".
      H04161 mowtsa' ou motsa. Procede de 3318;DITAT- 893c; n m
      (1) ato ou local de saída,saída,exportação,fonte,manancial.
      (1a)uma saída
      (1a1) nascente do sol, ato de emitir de uma ordem (referindo-se a boca)
      (1a2) saídas, aqueles que saem.
      (1a3)caminho para fora, saída
      (1b) aquilo que saí.
      (1b1)expressão
      (1b2)exportação
      (1c)lugar de saída.
      (1c1)fonte ou manancial de água.
      (1c2) lugar de partida.
      (1c3)oriente (referindo-se ao sol)
      (1c4)mina (de prata).

      Temos também Gesenius em seu Léxico;
      f. of the preceding -(1)(pl.) origin, springing, Mic. 5;1.
      (2)pl.cloacoe, where filth is carried away,see, compare Mark 7;19;; 2 Ki. 10;27 '"p.

      "Forma feminina procedente de; (froom the root) pl. const. m. (1) a going out, Nu. 33;2; sun-rise, Ps. 19;7; comp. Hos. 6;3, the promulgatyon of an edict (see the root, letter l). Dan . 9;25;
      (2) the place from which ane goes out, hence a.

      Excluir
    8. Que estranho meu caro, você apresentou argumetos metafísicos e greco-filosóficos, como as ideias aristotélico;tomistas de causa instrumental e eficiente, atualizações, tempo e movimento, para defender a sua visão, que por sinal não é fiel aos ensinos da "organização de Jeová", e agora diz que são os trinitarios que precisam fazer isso. Sobre Miquéias o texto usa a ideia de que as "origens de Jesus são desde a eternidade", isso pode ser uma expressão para falar que suas origens não podem ser encontradas no passado, isto é, Ele é Eterno, ou como sugere algumas traduções uma expressão para dizer que o menino Jesus que nasceria em Belém teria uma origem genealógico que remontaria a tempos antigos. No Evangelho de Lucas a genealogia do menino Jesus vai até Adão e Deus. Assim Miqueias 5.2 pode perfeitamente estar se referindo às origens humanas, isto é genealógica de Jesus, já que o texto fala do nascimento dele em Belém.

      Excluir
    9. Podemos observar também a definição no " Pequeno Dicíonario de Línguas Bíblicas , que traz a seguinte definição ; "Pequeno Diciónario de Línguas Bíblicas - Hebraico e Grego - Larry A. Mitchel , de Carlos Osvaldo Cardoso Pinto - Bruce M. Metzger; (1) Origem; saída que saí (mô/tsá"), 27 .
      Observamos que as definições são as mesmas , a saber . " Origem, Lugar de Saída, Lugar de onde se origina, Nascente. " Enfim, fica claro que se trata de " ÍNICIO OU ORIGEM DE ALGO> "
      " Assim, temos precisamente a definiçaõ que declara que esta palavra relacionada ao Messias , é de que ele tem uma " ORIGEM, UMA SAÍDA, UMA NASCENDO> "

      O Vocábulo mowtsa'ah, ocorre apenas duas vezes nas Escrituras e uma delas é a que está em Miquéias e a outra em 2 Reis 10;27; onde significa saídas, sendo associada a palavra mahãara'õwt, esgoto, fossa, privada, significando literalmente " saída de esgoto. "

      " A palavra da qual procede , a saber,mô/tsâ, , ocorre 27 vezes e em todas elas se refere ao início, nascente ou origem de algo. Assim, sendo temos claro que em Miquéias 5;2, se " ESTÁ FALANDO DA ORIGEM DO MESSIAS", sua procedência ou seja, de onde ele tem seu nascimento ou de onde " ELE SAÍ OU SURGE. "

      Apocalipse 3;14; " Jesus Cristo , o principio (arkhe) da criação de Deus. "

      Excluir
    10. Miquéias 5;2; "E tu, Belém Efrata, pequena demais para estar entre os milhares de Judá, de ti me sairá , aquele que há de tornar-se governante em Israel, cuja origem " É DESDE OS TEMPOS PRIMITIVOS", desde os dias do "TEMPO INDEFINIDO. "

      " A palavra hebraica " INDEFINIDO", aqui é oh-lam. Esta palavra não significa eternidade e nem eterno, mas sim um período de tempo não especificado. Êxodo 31;16-17, fala de sistemas e observações que com o tempo deixariam de ser observados ou que se tornariam obsoletos.

      O Léxicográfo Gesenius atribui-lhe o significado de ; " Tempo oculto , i. e, obscuro e longo , cujo princípio ou fim é " INCERTO OU INDEFINIDO> " ( A Hebrew and English of the Old Testament ( Léxico Hebraico e Inglês do Velho Testamento), traduzido para o Inglês por E.Robinson, 1836, p.746. "

      Assim, aquele que saí de Efráta , não é eterno, mas teve origem, e suas origens são remotas demais para ser computadas. Desdes os Tempos Primitivos , é um tempo indefinido , indeterminado. Diferente de Deus , que não teve Origem, mas a tudo dá Origem."

      Apocalipse 3;14; " Jesus Cristo , o princípio (arkhe) da criação de Deus. "

      Excluir
    11. Meu caro é evidente que seu comentário não refuta o meu quanto a ideia das origens genealógicas do menino Jesus que nasceu em Belém remontarem aos tempos antigos. É verdade que suas considerações até apoiariam essa ideia.

      Excluir
    12. " A Septuaginta verte ( desde origem) (princípio início) (de dentro) (dias) (indefinidos).

      Jesus tem origem, foi causado e esta origem ou causa se deu no início dos dias (tempo), os quais não podem ser definidos.Este é apenas mais um dos motivos porque ele não pode ter existido sempre com Deus. Ademais, como já vimos, Jesus não é eterno, pois ser eterno não significa apenas ter vida eterna. Aos Cristãos se promete vida eterna, ( João 17;2), mas significa isso que os Cristãos são eternos ? " " DE FORMA ALGUMA> "

      " Ser eterno significa antes de mais nada não estar preso ao espaço - tempo, não ter origem.Deus que é o único eterno , e por Deus me refiro somente ao Pai. O Pai é eterno por ser a eternidade em si.Ele não está preso ou condicionado pelo tempo que é a criação sua, o qual, veio a existência na criação do filho. Jesus é o início do tempo por ser ele o príncipio do mover de Deus, sendo pórtanto, o primeiro a VIR-A-SER, passando de potência a ato." NO" principio " ESTAVA" o verbo ." Ele era este principio , e por isso ele estava nele. O Filho veio-a-ser , ou seja , houve movimento, ele foi causado pelo Pai. " EU VIVO POR CAUSA DO PAI" - João 6;57;. Havendo movimento , iniciou-se o tempo e o espaço , pois Deus que criou o filho não é espacial e nem temporal. Como Vimos de Miquéias 5;2; ele teve " SAÍDAS" (êxodo LXX), " ORIGEM. "

      Apocalipse 3;14; " Jesus Cristo o principio (arkhe) da Criação de Jeová. "

      Excluir
    13. Vamos comparar as palavras de Miqueias 5;2 ; com a de João em sua primeira carta (epístola). 1 João 2;14 ; fala de Jesus como existindo desde o príncipio . Ora , " DEUS NÃO EXISTE DESDE O PRINCIPIO", pois não existe " principio " para quem é eterno.

      Um principio indica um ponto inicial a partir do qual ocorreu alguma ação . A ação inicial só poderia ser produzida por um Ser sempre existente e que comunicou algo que desencandeou uma manifestação inicial , sendo esta manifestação ou ação inicial , um princípio.Este principio foi a geração de Jesus , o principio da criação de Deus, o primogênito (prototokos) de toda a criação .

      Assim, João poderia falar daquele que é ou existe (ARA), desde o principio.A preposição ('att') aqui, denota um elemento de separação , ou como já, disse; um ponto limitador e divisor.Destaca um começo , geração , ou origem de algo.

      A Versão Tradução Brasileira da SBB, verte esta passagem da seguinte forma ; " Eu vos escrevi,pais, porque conheceis aquele que " EXISTE DESDE" o principio(arkhe) " - 1 João 2;14 !'

      Apocalipse 3;14; " Jesus Cristo, o principio (arkhe) da criação de Jeová. "

      Excluir
    14. Apocalipse 3;14; é outro texto que revela que Jesus é " o principio da criação de Deus". Se por principio" João desejasse-mos que entendêsse-mos que Jesus é o principal ou "governante" das criações de Deus, então ele teria usado uma palavra mais apropriada , como " 'ar-khon', que significa; "governador,comandante,chefe,líder, como a que consta em Miqueias 5;2;(apxovta - governante de israel).

      " Mas ele usou "ár-khe", que ocorre na maioria das vezes como significando o "Início" de algo ou alguma coisa. A palavra ar-khe' não denota algo eterno ou pré-existente.Quando se usou esta palavra na septuaginta para descrever que no 'ar-khe', Deus criou os céus e a terra, não se está querendo dizer que os céus e a terra já existiam, antes, queriam comunicar que estes vieram a receber a existência neste evento, saíram, nasceram. "

      Gênesis 1;1 ; (LXX)- Como podemos estabelecer este assunto ? Bem, podemos fazê-lo recorrendo a Miqueias 5;2;, onde se diz que o " Messias teve Origem" (ar-khe), e que ela é desde (EK= Preposição Primária Denotando Origem) tempo indefinido. (oh-lám). Isto está de acordo com o fato de que Deus,, de sua eternidade deu Origem ao filho. De modo que temos numerosas formas de mostrar provas incontéstaveis de que Jesus é a primeira criação produzida por Deus. - Provérbios 8;22-31!'

      Portanto, Jesus é a criação de deus através do qual iniciou-se o principio , sendo que na sua vinda a existência veio também o inicio do tempo tal como o conhecemos.sendo o principio da Criação de Deus que iniciou todos os movimentos ou deslocamento do espaço tempo !'

      Excluir
    15. Sr. Rubens já está claro que não estou negando o sentido de origem, mas não ignore o devido contexto que fala do nascimento de Jesus em Belém. A Tradução Interconfessional mostra o sentido genealógico: "ele descende duma família, cuja origem vem dos tempos mais antigos." Esse sentido é fortalecido pelo contexto que fala de nascimento (v.3). Assim é provável que o texto fale da origem genealógica de Jesus, que é descendente de Davi. Essa interpretação é ainda mais reforçada pelo fato do texto apresentá-lo como aquele "que será governante em Israel" (v.3).

      Excluir
    16. Esta claro nas Escrituras de forma simples e de livre compreensão para qualquer leigo, pois Em Jo.17.5 esta registrado de que O Senhor Jesus , antes de se tornar homem nascido em carne, já possuía uma glória junto do Pai desde a eternidade. " ... aquela glória que tinha contigo antes que o mundo existisse . " Jesus é a fonte de todas as coisas, como já visto e além do mais tem que ser honrado da mesma forma que O Pai é honrado. Jo.5.23. " ... para que TODOS honrem , O Filho, COMO honram O Pai. QUEM NÃO HONRA O FILHO , não honra O Pai, que O enviou. "
      É hora dos opositores de Jesus, se dobrarem diante do Filho da mesma forma que dizem fazer diante do Pai, pois terão que fazê-lo, mais cedo ou mais tarde. Fp.2.9-11. Não vou escrever por questão de tempo, porém o texto se harmoniza com Jo.5.23.
      Abandonem os ensinos equivocados do Corpo Governantes e juntem-se a crença de Russel antes de morrer, pois adorava ao Senhor Jesus e assim morreu. Depois o Corpo Governante mudou a crença, como sempre ao longo dos anos faz.
      Deus ilumine os incautos e os guie a toda verdade.
      Sinceramente
      Wilton

      Excluir
  82. Boa noite! Eu citei Isaías 44:24, onde o profeta, falando sob inspiração divina, como se fosse Deus, diz👉 "Assim diz o Senhor, teu redentor, e que te formou desde o ventre: Eu sou o Senhor que faço tudo, que SOZINHO estendo os céus [Gênesis 1:6—8]
    e espraio a terra por mim mesmo..."

    O José Roberto, então disse: A maioria das versões da Bíblia removem o nome de Deus e o substituem pelo pronome " SENHOR", inclusive nesta passagem. De forma que muitos ao lerem este verso acreditam e pregam em seus cultos que este " SENHOR" se refere a Jesus .

    Bem, muitas traduções, seguindo o exemplo da Septuaginta, optam pelo título "Senhor", porque ninguém sabe a pronúncia do Tetragrama, e a Septuaginta foi bem citada nos escritos do Novo Testamento.

    Na verdade, as Testemunhas de Jeová, são inimigos enrustidos de Jesus Cristo; negam sua ressurreição, afirmam que ele foi um instrumento passivo, usado por Jeová na criação e deslocam o nome do Senhor Jesus, que é o tema central nos escritos do Novo Testamento, e em seu lugar (do nome de Jesus) assentam o nome de Jeová, como o nome mais importante do Novo testamento, inserindo o nome Jeová, sem autorização nenhuma, mais de 237 vezes no Novo Testamento, criando assim uma tremenda confusão
    no significado original das passagens do Novo Testamento.

    Esta tradução do Novo Mundo, é péssima como tradução mesmo, do ponto de vista estilístico é horrível, porque a leitura do texto não flui, pois é toda truncada, além de ser impossível fazer exegese com uma porcaria como é aquela tradução.

    Então, liiiiiiiiiixo, prá tradução Novo Mundo.

    Refletindo o ódio velado da seita, pelo nome de Jesus, o José Roberto, talvez, sem saber, afirma que em Isaías 44:24, Jesus, como a Palavra em seu estado encarnado, não pode ser o criador, mas é somente um instrumento passivo nas mãos de Jeová, quando Hebreus 1:10-12, desmente esta afirmação, quando diz👉 "E: Tu, Senhor, no princípio fundaste a terra, E os céus são obra de tuas mãos.
    11 Eles perecerão, mas tu permanecerás; E todos eles, como roupa, envelhecerão,
    12 E como um manto os enrolarás, e serão mudados. Mas tu és o mesmo, E os teus anos não acabarão."

    Esta passagem, refere-se exclusivamente ao logos de Deus, Jesus, a Palavra em seu estado puramente divino; inclusive, no mesmo livro de Hebreus, no capítulo 11, no verso, diz👉 "Pela fé entendemos que os mundos pela PALAVRA DE DEUS foram criados; de maneira que aquilo que se vê não foi feito do que é aparente."

    A Palavra de Deus, aqui, em Hb.11:3, é a mesma de João 1:1 - 3, porque somente a Palavra Falada está diretamente vinculada à criação.

    Continua......

    ResponderExcluir
  83. O José Roberto, influênciado por estas discrepâncias doutrinárias da seita jeovísta, disse: "Lemos em João 1;3,10 na Almeida; "Todas as coisas foram feitas " POR ELE", e sem ele nada do que foi feito se fez". - João 1;3 ;

    " O Léxico Grego de Thayer , define a preposição grega " DIÁ", como significando " POR INTERMÉDIO", especialmente ao ser usada numa construção genitiva. " Este dicionário apresenta somente esta definição na construção genitiva ,. Não no sentido de " por alguém", mas antes, " por intermédio de alguém".

    Isto é mero jogo de palavras, José Roberto!

    Os Testemunhas de Jeová e unitarianos, afirmam de que em João 1:1-3, o logos é chamado de "deus", ou "um deus", porque foi o "agente" de Jeová na criação.

    Este argumento, é falso. Em João 1:1, onde diz⇨ "No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus..." o Verbo, aqui, não é chamado de "deus", porque foi o agente usado por Deus na criação, porque o Verbo é chamado de Deus, no Princípio, na eternidade, quando ainda não havia a criação, portanto o MOTIVO, aqui, pelo qual o Verbo é chamado de Deus, é outro. É porque participa da mesma natureza divina de Deus.

    João separa o Verbo, de Deus, quando diz que ele "estava com Deus, porque está antecipando a encarnação do Verbo, que ocorre em João 1:14.

    Note bem, que em João 1:1-3, o logos já é chamado de Deus, ANTES da criação, que somente vem a ocorrer no verso 3.

    ⇨ "2.Ele estava no princípio com Deus.
    3.Todas as coisas foram feitas por ele, e sem ele nada do que foi feito se fez."

    No verso 2, diz que o Verbo "estava com Deus", não porque ele não fosse Deus, mas João o destaca porque está antecipando o movimento do logos em direção à terra, para efetuar sua Encarnação.

    Outro argumento falso, é da afirmação que diz que o logos, Jesus, é deus, no mesmo sentido que os juízes, aos quais teria vindo a palavra de Deus, assim como reis, profetas e anjos que também foram chamados de anjos.

    Este argumento não tem fundamento, porque Jesus é a Palavra. Você não vai encontrar em nenhum lugar, nos evangelhos uma passagem que diga assim: A palavra de Jeová veio a Jesus, como acontecia com os profetas.

    Então, o logos não é chamado de "deus" porque ele foi o agente usado por Deus na criação, porque, como está em João 1:1, no princípio, antes de haver a criação o logos é chamado de Deus, não deus.

    Além do mais, se Jesus fosse a primeira criação de Jeová, onde estaria a Palavra de Jeová antes de Jeová criar a Palavra? Quer dizer, Jeová para poder falar teve de criar antes sua própria Palavra? Ou Jeová tem duas Palavras, uma a Palavra pela qual Jeová criou a Palavra, a outra, e daí através desta outra Palavra que Jeová criou, Jeová a usou para criar todas as OUTRAS coisas como uma Palavra "intermediária", mas que não é a Palavra criadora de Jeová, já que o logos foi a Palavra criada pela Palavra de Jeová que não era o logos, mas a Palavra de Jeová que criou a outra Palavra que é o logos de João 1:1, e que não criou nada, mas a Palavra, o logos, que foi criada pela outra Palavra de Jeová, só serviu como intermediário da outra Palavra de Jeová, já que os Testemunhas afirmam que o logos, a palavra, foi criado por Jeová, sim, mas daí Jeová teria de ter usado a Palavra para criar a Palavra....ôôô loco!!!!! Continua......



    ResponderExcluir
  84. Caro Paulo, o mesmo é a argumentação de que a Sabedoria de Deus em Pv.8.22 foi criada. Se a sabedoria de Deus foi criada , então O Deus eterno existiu durante um período de Sua existência sem Sabedoria e sem sabedoria, como haveria de ter Suas idéias para criar. O Verbo " qanah " significa na realidade " possuir " e não " criar ", como interpretam fora de contexto as Santas Escrituras. Deus nos guarde de todo tropeço.
    Em Cristo
    Wilton

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Irmão Wilton, é uma seita completamente confusa! Estas criaturas nem sabem a arapuca em que estão metidos. Existe um site, creio que é novo, das Testemunhas, onde os ungidos anunciaram o acréscimo do nome de Jeová, em mais 6 versículos do Novo Testamento! E tinha gente, emocionada, chorando, por causa desta benção!

      Oremos pelos eleitos de Deus, para que saiam logo destas casas de demônios. Amém!

      Excluir
  85. Em Apocalipse 4:11, diz: "Digno és, Senhor, de receber glória, e honra, e poder; porque tu criaste todas as coisas, e por tua vontade são e foram criadas."

    A tradução do Novo Mundo, acrescenta, sem autorização nenhuma, a não ser dos ungidos, o nome "Jeová", para novamente desqualificar o nome de Jesus.

    É o mesmo verso acima: "4:11 Digno és, JEOVÁ, nosso Deus, de receber a glória, a honra e o poder, porque criaste todas as coisas, e por tua vontade elas vieram à existência e foram criadas."

    No verso 8, deste mesmo capítulo, eles mudaram o original grego "Kyrios", para o nome fictício, "Jeová."

    Eles fizeram assim, no livro de Apocalipse [e há uma condenação no final do livro, para quem alterar seu conteúdo] como em todo o Novo Testamento!

    Porque, no capítulo 4:11, não se encontra o Tetragrama YHWH? Porque está a palavra Kyrios, Senhor? Porque o nome de salvação na Nova Aliança, não é mais o Tetragrama, que nem era um nome humano, mas, sim, o nome de nosso Parente Redentor, Jesus, o nome humano de identificação de Emmanuel, Deus conosco.

    Por isso, é que o YHWH, não aparece no Novo Testamento; não é descuido, é de propósito.

    Vamos ler dos versos 8 ao 10 no capítulo 4 de Apocalipse, e vocês vão ver o fooora que os ungidos deram aqui. Leiamos...

    "8.Cada uma das quatro criaturas viventes tinha seis asas, e ao redor e por baixo estavam cheias de olhos. E continuamente, dia e noite, dizem: “Santo, santo, santo é JEOVÁ Deus, o Todo-Poderoso, que era, que é e que vem.”
    9 Sempre que as criaturas viventes dão glória, honra e agradecimentos Àquele que está sentado no trono, Aquele que vive para todo o sempre, 10 os 24 anciãos SE PROSTAM DIANTE DAQUELE que está sentado no trono, adoram Aquele que vive para todo o sempre e lançam suas coroas diante do trono, dizendo: 11 “Digno és, JEOVÁ, nosso Deus, de receber a glória, a honra e o poder, porque criaste todas as coisas, e por tua vontade elas vieram à existência e foram criadas.”

    Está tradução, é falsa, e está acrescentando o nome de "Jeová", que não se encontra no livro de Apocalipse e nem no resto do NT, portanto, os apóstolos nunca ouviram esse nome, Jeová, e muito menos anunciaram ou pregaram neste nome.

    Além disso, os servos de Deus, na Nova Aliança, somente se ajoelham, em e ao nome do Senhor Jesus, para a glória de Deus Pai. Fp.2;8-10, sendo portanto falsa esta cena descrita pela tradução novo mundo, onde os anciãos se prostam ao nome de Jeová.

    Aqui, em Apocalipse 4:11, diz que toda a criação veio à existência por causa da VONTADE SOBERANA DE DEUS. O meu ponto, é o seguinte: Em João 1:1, a Palavra é chamada de Deus, ANTES da criação, por isso é que a Palavra não pode ser chamada de "deus" porque foi a primeira criatura e o agente [não sei de que, já que segundo as Testemunhas, a Palavra não criou nada, mas quem a criou foi a outra Palavra de Jeová] que Jeová usou para criar todas as "outras" coisas.

    Então, se Deus, pela sua soberana vontade, não tivesse criado todas as coisas, ao contrário do verso de Apocalipse, assim mesmo, o logos, a Palavra, seria Deus.

    Porque "no princípio a Palavra estava com Deus." Não diz que foi criada, alías, se o Senhor Jesus, é a criatura, de longe, mais importante da criação de Deus, porque a sua criação não está registrada nas páginas da Bíblia?

    Continua aqui à pouco.....

    ResponderExcluir
  86. Peço que não liguem, em meus comentários, vírgulas, acentos, palavras erradas ou em lugares errados....é que eu vou escrevendo sem muito cuidado [o que é errado!] e não faço a correção.

    ResponderExcluir
  87. Quanta Falácia em seus comentários , Sr Paulo Cadi !
    A Tradução Almeida Revista e Atualizada em seu prefácio diz que ; " Toda a vez que se encontra o nome " SENHOR" em maiúscula , está se aplicando a "Javé. "
    Interessante, não é Senhor Paulo Cadi, a própria comissão da Tradução Almeida Revista e Atualizada reconhece isso !

    " O Prefácio continua afirmando que; " Os textos entre colchetes não se encontram nas cópias dos originais , mais foi " ACRESCENTADAS POR ALMEIDA. "
    Que textos seriam esse; " João 7;55 - 8;12 !' 1 João 5;7; ou seja são textos expúrios. "

    O Mais interessante que a Tradução mais vendida do mundo e mais distribuida a King James Version, coloca o nome " Jeová" nas escrituras gregas cristãs ! E poderiámos citar muitas outras, mas o assunto aqui não é esse !
    Portanto, Sr, Cadi , Seja mais honesto em suas citações !
    Agora o Sr. Poderia responder as seguintes questões ; (1) Como provaria que 1 João 5;7; é autêntico ? (2) Como o Senhor provaria que 1 Timoteo 3;16; " a palavra théos , vertida como Deus, implica em " Deus se tornou carne " , este texto está vertido de forma correta? " (3) Onde existe na Bíblia as expressões ; " DEUS - PAI, DEUS - FILHO, DEUS - ESPÌRITO SANTO ? "

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acabas de comentar que o assunto aqui não é este e colocas em pauta o assunto que não é o da postagem ???? Podemos perceber que o propósito é fugir do foco tratado, pois não tem argumentação Bíblica para os fatos apresentados.
      Estamos orando para que as escamas caiam de vossos olhos !!!
      Em Cristo
      Wilton

      Excluir
  88. " Não há nenhuma contradição entre Isaías dizendo que " Jeová Sozinho" era o Criador, e Colossenses , dizendo que Jesus era o agente para o Criador. Em Isaías 44;24; Jeová é mencionado em um sentido ativo , o Criador. Mas em colossenses e em qualquer outro lugar , Cristo é apenas o agente passivo do único Criador. Jeová Deus , é o único que cria, , mas ele usa seu filho " como mestre de obras". O contexto de Isaías não aborda a questão se Jeová Deus usou alguém na criação ou não. O contexto faz uma comparação entre o Verdadeiro Criador e Falsos Deuses . O Léxico BDB na página , 94 dá uma definição da palavra hebraica usada em Isaías 44;24; BAD , (Sozinho), como significando " agir de forma" independente. Nesse sentido Jeová não " PRECISAVA DA AJUDA DE FALSOS DEUSES", no contexto de criar. Mas a atividade de Cristo na Criação nunca é descrita como de forma independente. Jeová muitas vezes diz " que ele faz algo por si só", e ainda achamos que ele usou seres humanos e anjos para realmente fazer o trabalho. O Léxico " BDB" lista o uso de " BAD" em Isaías 63;3; onde Jeová indica que " ELE SOZINHO" agiu quando ele exigiu vingança sobre Edom. Mas , " NÃO FOI JEOVÁ QUE PUNIU PESSOALMENTE ESSAS PESSOAS", mas " USOU HOMENS COMO AGENTES. " Assim podemos perguntar; " Há aqui uma contradição ? " Ou será que ele apenas quer dizer que Jeová foi a fonte de retribuição ? "

    " Deuteronômio 32;12 , diz; " SOMENTE (badad) Jeová os guiava . " Foi Jeová o único guiando Israel ? "Êxodo 32;32-34 , diz que Jeová usou Moisés e um anjo para levar Israel"( 1 Samuel 9;16; 1 Samuel 13;13-14 ; 2 Samuel 5;1-2) Novamente , não nenhuma contradição aqui. Jeová usou seus representantes para conduzir seu povo, mas somente "ELE" foi a fonte de direção!" Em Ezequiel 36;33,36; Jeová diz; " Eu mesmo é que construí, as cidades de Israel após o exilio. Será que ele pessoalmente , reconstruiu, ou foram pessoas que fizeram o trabalho sob sua direção ? " Todos estes atos foram feitos por permissão e autoridade somente de Jeová, mas foram " OUTROS QUE AS REALIZARAM> "

    Sr, Paulo Cadi, o que nos mostra o contexto de Isaías 44;24 ? "

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os anjos não têm poder pra criar nada. Somente o Deus criador . Jesus foi o criador de todas as coisas visíveis e invisíveis e nada do que foi feito SEM ELE SE FEZ. Ele é O Deus criador de todas as coisas. Ele é O Pai são " Pessoas " distintas que compõe a Divindade Triuna, conforme revelado a Moisés Dt.6.4 . O Deus Único Hb. = Echad = Unidade Plural, composta e não Hb= Yashid = Unidade singular, absoluta. Em Gn. 1.1 O Deus criador é Elohim = Representa plural acima de dois.E entendemos que refere-se ao Pai, Filho e O Espirito Santo, pois em Gn.1.26 o termo é " Façamos ". Não refere-se a anjos , pois os anjos como já mencionamos, não têm poder criador e nem plural de majestade, visto que este termo não era usado nas Escrituras ou mesmo na Região do Oriente próximo. Como sabemos o Plural de Majestade foi usado bem depois no Alcorão.
      Leia com atenção e meditação , sem preconceito as postagens , comentários e textos Bíblicos , para que o amigo possa chegar ao conhecimento da VERDADE, pela Palavra de Deus e não com os óculos desfocado do Corpo Governante, que de quando em quando muda suas interpretações, dizendo que " receberam nova luz ". A Luz de Deus esta sempre nos esclarecendo e tornando as revelações do Pai , sempre mais claras e sempre somando o conhecimento da verdade e não retroagindo trazendo confusão aos Seus Servos Fiéis, pense nisto com cuidado, meu amigo !!!
      Com respeito
      Wilton

      Excluir
  89. Só de boas aqui vendo os apóstatas trinitaristas tropeçarem nos próprios comentários. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Onde estão os fatos Bíblicos que comprovam o que dizes ?????

      Excluir
  90. Paulo muito boa a sua colocação, realmente esse grupo é herético e tem feito muito mal.

    ResponderExcluir
  91. Dr. Bruce M. Metzger, professor of New Testament at Princeton University, chama a Tradução do Novo Mundo, "um terrível êrro de tradução, errônea, perniciosa e repreensível." "Se as Testemunhas de Jeová levarem esta tradução a sério, elas são politeístas." (Professor of New Testament Language and Literature).

    Dr. William Barclay, um destacado professor de grego, disse: "É abundantemente claro que uma seita que pode traduzir o Novo Testamento desta maneira, é intelectualmente disonesta."

    O professor H. H. Rowley, declarou: "Do início ao fim, este volume (TNM) é um brilhante exemplo de como a Bíblia não deveria ser traduzida."

    "Bem, como pano de fundo, eu fiquei perturbado, porque eles (a Watchtower) torceram minhas palavras, para apoiar sua tradução." (Estas palavras foram extraídas da gravação, "Martin e Julius Mantey, o autor desta declaração, um famoso erudito em grego, sobre a Tradução do Novo Mundo. Mantey é citado às páginas 1158-1159 da jeovísta Kingdom Interlinear Translation.

    Dr. Julius Mantey, autor do "A Manual Grammar of the Greek New Testament", chama a Tradução do Novo Mundo de "um chocante êrro de tradução, obsoleta e incorreta." "Não é acadêmico e nem razoável traduzir João 1:1, como "a Palavra era um Deus."

    "Eu nunca li nenhum Novo Testamento tão mal traduzido como a Tradução Interlinear do Reino das Escrituras Gregas.....é uma distorção do Novo Testamento. Os tradutores usaram o que J. B. Rotherdam traduziu em 1893, em línguagem moderna e mudaram a leitura em centenas de passagens para declarar aquilo que as Testemunhas de Jeová creem e ensinam. Isto é distorção, não uma tradução." (Julius Mantey , Depth Exploration in The New Testament (N.Y.: Vantage Pres, 1980), pp.136-137).

    Os tradutores da TNM são enganadores diabólicos." (Julius Mantey in discussion with Walter Martin).

    Continua......Isto é só para começar.......

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Errata: No comentário acima onde diz... "Não é acadêmico e nem razoável traduzir João 1:1, como "a Palavra era um ⇨Deus⇐
      ler, "Não é acadêmico e nem razoável traduzir João 1:1, como "a Palavra era um
      ⇒deus⇐

      Excluir
  92. Os tradutores NWT foram: Nathan Knorr, Albert Schroeder, George Gangas, Fred Franz, M. Henschel

    "Fred Franz, no entanto, foi o único com conhecimento suficiente das línguas bíblicas para tentar uma tradução desse tipo. Ele tinha estudado grego por dois anos na Universidade de Cincinnati, mas era apenas autodidata em hebraico." ["Crise de Consciência" por Raymond Franz; Commentary Press, Atlanta; 1983 edition; nota 15; página 50.]
    Quatro dos cinco homens no comitê não tinham conhecimento do hebraico ou formação em língua grega. Eles tinham apenas o ensino médio. Franz estudou grego por dois anos na Universidade de Cincinnati, mas desistiu depois de seu segundo ano. Quando perguntado em um tribunal na Escócia, se ele poderia traduzir Gênesis 2:4 para o hebraico, Franz respondeu que não podia. A verdade é que Franz era incapaz de traduzir hebraico ou grego.
    O que nos restou foi uma comissão de tradutores muito inexperiente que torceram as Escrituras para acomodá-las as doutrinas da Sociedade Torre de Vigia (Watchtower).

    Assim como a Bíblia dos Mórmons, a Tradução do Novo Mundo foi feita com a ajuda do Espírito Santo!!!!

    "Um comitê de tradução formado por experimentados cristãos ungidos, foi organizado para produzir a Tradução do Novo Mundo das Sagradas Escrituras em Inglês." (Watchtower, October 15, 1997, How the Bible Came to Us, p 11-12).

    Foi pedido a Mr. Franz para explicar como as traduções e interpretações da Bíblia, eram feitas. Fred Franz respondeu que elas "passavam para o espírito santo que, invisível, comunicava-se com o Departamento de Publicidade das Testemunhas de Jeová. (Franz, era o Chefe do Departamento de Publicidade).

    Depois deste besteirol, continuamos esperando que as Testemunhas de Jeová, provem para nós, Testemunhas de Jesus Cristo (Atos 1:8) que o logos foi criado......continua......

    ResponderExcluir
  93. Peço que não liguem, em meus comentários, vírgulas, acentos, palavras erradas ou em lugares errados....é que eu vou escrevendo sem muito cuidado [o que é errado!] e não faço a correção.

    ResponderExcluir
  94. O Rubens VASCONCELOS DE ARAÚJO [José Roberto?] em 05 de janeiro de 2016 20:03, veio com uma conversa sobre tradução, sem pé e nem cabeça, para justificar, o que? Os mais de 237 acréscimos do nome "Jeová", no Novo Testamento?

    Rubens, disse: "Interessante, não é Senhor Paulo Cadi, a própria comissão da Tradução Almeida Revista e Atualizada reconhece isso !

    " O Prefácio continua afirmando que; " Os textos entre colchetes não se encontram nas cópias dos originais , mais foi " ACRESCENTADAS POR ALMEIDA. "
    Que textos seriam esse; " João 7;55 - 8;12 !' 1 João 5;7; ou seja são textos expúrios."

    Bem, eu não vou entrar neste assunto agora, porque vocês não estão conseguindo provar que o logos foi criado, e isto não vai acontecer.

    Quem utiliza esta argumentação, defende o texto crítico de Westcott e Hort. Então, eu no momento não vou desviar a rota.... vá lá para João 1:1, e prove que o logos foi criado.

    Você disse bem, "O Prefácio continua afirmando que; "Os textos entre colchetes não se encontram nas cópias dos originais, mais foi" ACRESCENTADAS POR ALMEIDA."

    Os tradutores da Tradução Novo Mundo, deveriam fazer o mesmo...bem, se eles fossem colocar colchetes onde eles alteraram as palavras dos originais hebraico e grego...rapaz!

    Um exemplo⇨ Gênesis 1:2 "A terra era vazia e deserta, e havia escuridão sobre as águas profundas; e a FORÇA ATIVA de Deus movia-se sobre as águas." TNM DAS ESCRITURAS 2015

    Isto é tradução ou distorção? Onde estão os colchetes? Onde esta no hebraico a palavra "ruach, em Gn.1:2, "Genesis 1:2 - BHS – וְהָאָ֗רֶץ הָיְתָ֥ה תֹ֙הוּ֙ וָבֹ֔הוּ וְחֹ֖שֶׁךְ עַל־פְּנֵ֣י תְהֹ֑ום וְר֣וּחַ⇐ אֱלֹהִ֔ים →מְרַחֶ֖פֶת עַל־פְּנֵ֥י הַמָּֽיִם׃, que significa, vento, sopro, alento, espírito, os ungidos inventaram a expressão "força ativa", e não puseram colchetes! Nem Bíblia na Linguagem de Hoje, consegue ser tão ruim como esta perversão das escrituras.

    Depois continua.....

    ResponderExcluir
  95. Interessante que a Almeida e a KJV usam o termo LORD, JEOVÁ ou SENHOR no contexto das Escrituras Hebraicas, não das Escrituras Gregas Cristã, em que não aparece o tetragrama nos manuscritos disponíveis. Também vale acrescentar que mesmo a TNM na sua penultima edição usava colchentes e continha em destaque trechos que considerava acréscimos aos originais.

    ResponderExcluir
  96. Interessante que a Almeida e a KJV usam o termo LORD, JEOVÁ ou SENHOR no contexto das Escrituras Hebraicas, não das Escrituras Gregas Cristã, em que não aparece o tetragrama nos manuscritos disponíveis. Também vale acrescentar que mesmo a TNM na sua penultima edição usava colchentes e continha em destaque trechos que considerava acréscimos aos originais.

    ResponderExcluir
  97. Vamos observar este anúncio no Jornal Estadão; "Governo vai construir présidio na Castelo Branco em , SP"
    " Governador Construiu Unidades Habitacionais".
    " Portanto, deveria alguém concluir que são pessoas de paletó e gravatas que realmente irão construir presídios ou ainda " unidades habitacionais" ? Esta seria uma maneira infantil de interpretar estes títulos acima. È Óbvio que quem constói são pessoas contratadas para isso. A hermenêutica que tenta interpretar Isaías 44;24 de modo literal não é muito diferente dos que interpretam literalmente os títulos de capa a capa do Jornal acima.

    " Daniel 4;30 ; diz que o Rei construiu Babilônia por si mesmo. Será que o Rei Nabucodonosor literalmente construiu Babilônia " SOZINHO"? Não ! Mas ao contrário , a construção foi creditada a ele. Ela foi construida por sua autoridade e mais de ninguém . Assim , o uso do termo, " SOMENTE EU" , e "EU SOZINHO" não significa necessariamente que Jeová não usa algum representante para exatamente executar a ação.O contexto de Isaías fala de Jeová ser o " autor" ou " originador" da Criação, em contraste com os deuses falsos ou ídolos da nação de Israel que não tiveram nenhum envolvimento com a criação.Jeová é a verdadeira fonte de toda a vida e de todas as coisas. Só ele merece a honra e a adoração de sua criação , e não os ídolos falsos . Logicamente, semanticamente, e contextualmente , não há razão para que Jeová não seja mencionado como o " Criador Solo", e ainda ter delegado a tarefa para um intermédiario ou representante. Uma vez que Jeová Deus é a fonte do poder, e o único projetista, ele realmente pode dizer " só eu criei todas as coisas'", apesar da Bíblia ensinar claramente que Ele criou os céus e a terra "POR" INTERMÉDIO" de seu filho, e mestre de obras no céu. " ( João 1;3; Colossenses 1;15-16; 1 Corintios 8;6; Hebreus 1;2; Provérbios 8;30 ) Somente Jeová é a fonte de todas as coisas , aquele que estende os céus e estira a terra,. Nenhum outro tem essa autoridade, ou capacidade po si mesmo, inclusive Jesus. No entanto, Jeová Deus concedeu a Jesus o poder e autoridade para executar estas tarefas . Assim, não há absolutamente nenhum dilema sobre essas duas afirmações . Em seu papel como o Criador e o único autor da criação , Jeová de fato " SOZINHO" criou os sistemas de coisas , por intermédio de Jesus, o seu " mestres de obras". ( Provérbios 8;30) Neste texto de Provérbios vemos que Jesus é mencionado como chamando a terra como " realizações" de Jeová e não dele próprio.

    Provérbios diz que Jeová , " preparou os céus" e usa a "expressão sua terra", e não dele no verso 31. O fato é que cada verso mencionado o papel de Jesus na Criação, na verdade , prova que ele não é o criador. A Bíblia sempre deixa claro que Deus criou tudo " POR INTERMÉDIO" (Diá) de Cristo, e nunca é dito que Cristo criou!' O texto Grego sempre apresenta Jesus como o agente intermédiario ou " mestres de obras" que trabalhou sob a direção de Deus. ( Colossenses 1;16; Hebreus 1;2; João 1;3; Provérbios 8;30 ) Traduções corretas deixam isso claro;NKJV, NASB, ASV, WEB, NAB, BJ, NIV, NVI, Jesus sempre afirma de modo claro que ele " não pode fazer nada de si mesmo". e não " é capaz de fazer qualquer coisa de si mesmo !' ( Mateus 28;18; Mateus 11;27: João 5;22,25,26 ; João 17;2; João 3;35; 2 Pedro 1;17;) Jesus diz que o Pai, " LHE CONCEDEU TER VIDA" em si mesmo. ( João 5;26). O Filho naturalmente não possui a capacidade de dar a vida como o criador faz !"

    ResponderExcluir
  98. Sr. José seu comentário confunde criação do nada com construção a partir da matéria. Obras humanas são realizadas a partir de uma matéria prima por homens que nem sempre levam o crédito. A Criação do nada é trazer a existência algo da não-existência, ou do nada, o que exige um Poder Único e Ativo. A Bíblia não descreve Jesus como um Mestre de Obras passivo, mas como aquele que fez os Céus e a Terra com suas próorias mãos e seu próprio poder (Hebreus1.3,10).

    ResponderExcluir
  99. José roberto de araujo araujo

    Não perca tempo com pessoas que sabem que estão erradas mas gostam de acreditar na mentira.
    Depois de todos os argumentos e referencias bíblicas que você citou e ainda assim o cara nega a verdade, dizendo apenas:
    "A Bíblia não descreve Jesus como um Mestre de Obras passivo, mas como aquele que fez os Céus e a Terra com suas próorias mãos e seu próprio poder (Hebreus1.3,10)." não adianta falar mais nada.
    É o mesmo que você apresentar a um católico dezenas de textos bíblicos que condenam a idolatria e no fim ele dizer que é correto adorar imagens pois Deus ordenou que se fizessem imagens de querubins....
    Ignorância não há remédio que cure.

    ResponderExcluir
  100. " Gostei do seu argumento, Sr. Escravo Teocrático! Na realidade existe algumas pessoas que atuam neste blog ,e elas precisam conhecer a verdade. " Interessante, que dá última vez que tinha entrado aqui , em outra questão é claro, conheci uma pessoa que até hoje se comunica comigo, e já está fora desta " Babilônia ". ( Apocalipse 18;4 );

    Pra estes ai, deixo as palavras de Jó 42 ;7; "Minha ira se ascendeu contra ti e contra os teus dois companheiros, " POIS NÃO FALASTES A VERDADE" , a " MEU RESPEITO", como fez meu servo Jó. "

    ResponderExcluir
  101. Sr. Araújo e Sr. Escravo Teocrático meu apreço pela verdade inclui cada vez estar mais próximos dos ensinamentos da Bíblia. Jesus disse ao Seu Pai: "Tua Palavra é a Verdade" (João17.17). Mas encontro uma distância muito grande entre o que a Bíblia realmente ensina e seus comentários. Muitos deles são contraditórios em si próprio, cheios de analogias falaciosas e marcados pelo erro de tirar textos do contexto - como posso abrir mão das verdades da Bíblia por comentários cheios de erros? Veja o sr. José cita vários textos do contexto da subordinação voluntária de Jesus e aplica ao contexto da Criação (exemplo João5.22) e ignora as verdades contidas nos textos que realmente tratam sobre esse assunto (exemplo Hebreus1.1,10). Jeová nos ensina a confiar apenas em Sua Palavra: "Não, devem consultar a lei e a confirmação escrita! Quando eles não falam segundo essa Palavra, não tem nenhuma luz." A Palavra de Jeová claramente mostra Jesus como Eterno: Aquele que é antes de toda a Criação (João1.3; Colossenses 1.16-17). Ele é chamado de "o Primeiro e o Último" (Apocalipse 1.17), expressão baseada em Isaías 44.6 que usa o termo para significar que só Jeová é o Deus Eterno. Apocalipse 3.14 mostra que é em Jesus que toda a Criação encontra seu princípio. Como vou abandonar as verdades ensinadas nesses textos por comentários que citam vários textos descontextualizando-os, fazendo analogias errôneas e entrando em contradições?

    ResponderExcluir
  102. Bruno paz de Cristo pra você meu amado. Infelizmente, os tj estão em uma neblina negra de escuridão, eles se guiam pelo corpo governante e as vezes eles extrapolam ate mesmo os ensinamentos dos senhores deles, é muito triste ver pessoas escravizados por uma instituição maligna como essa.

    ResponderExcluir
  103. Então Jesus ministrou-lhes: “Há tanto tempo estou convosco, e tu não me tens conhecido, Filipe? Aquele que vê a mim, vê o Pai; como podes dizer: ‘mostra-nos o Pai’?

    ResponderExcluir
  104. Então Jesus ministrou-lhes: “Há tanto tempo estou convosco, e tu não me tens conhecido, Filipe? Aquele que vê a mim, vê o Pai; como podes dizer: ‘mostra-nos o Pai’?

    ResponderExcluir
  105. Sr. Araújo me responda:
    1. A "Oraganização de Jeová diz que : "Deus não foi criado nem surgiu do nada. Sua existência se estende infinitamente para o passado." Como isso é possível se você me afirmou que o tempo só passou a existir quando Jesus foi criado?
    2. Como a "Organização de Jeová" pode estar correta em acreditar num passado infinito se logicamente o tempo não pode se estender infinotamente no passado?
    3.Sr. Escravo Teocrático Jesus está acima do tempo e Jeová não? Segundo a Organização a existência de Jeová se extende infinitamente NO tempo, mas você me disse que Jesus não está sujeito ao tempo. Como isso se dá? Jesus é Atemporal e Jeová não?
    4. A "Organização de Jeová" ensina que Jeová não é Onipresente, mas tem um corpo que mora em um lugar específico. Quem criou o lugar onde Jeová mora? Se esse lugar foi criado, onde Jeová morava antes disso? Ou existe uma morada que sempre existiu? Existe então um LUGAR que não foi criado por Jeová?

    ResponderExcluir
  106. Bruno Queiróz
    Se você tivesse o mínimo de sinceridade não estaria fazendo tais perguntas, pois você entendeu muito bem o que nós dissemos anteriormente, mas o que você quer é que cristãos verdadeiros como eu e o sr.Araújo fiquemos aqui lhe explicando mil vezes a mesmíssima coisa para no fim você dizer que estamos errados e fazer as mesmas perguntas de outras formas.
    Por isso eu não perco mais meu precioso tempo com pessoas que não querem enxergar a verdade clara.

    ResponderExcluir
  107. Tudo bem então, na realidade minhas perguntas foram baseadas em alguns pontos que ficaram confusos em seus comentários. Respeito totalmente sua decisão de não querer mais me ensinar a "verdade" e deixar que eu permaneça "cego" e na "mentira". As perguntas ficam em aberto caso apareça outro alguém que as deseje responder, pois de fato, respostas claras sobre essas perguntas é algo importante para que eu adquira um conhecimento mais exato da "verdade".

    ResponderExcluir
  108. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  109. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  110. Boa Noite! Eu estava dando uma olhada na Tradução do Novo Mundo, edição de 2015, e constatando as inconsistências e contradições que se espalham através de suas páginas.

    Eu afirmei que em João 1:1, o Verbo ou a Palavra, é chamado de Deus, ANTES da criação, antes de haver espaço e tempo, quando só Deus existia. O logos de Deus, se tivesse sido criado por Deus, teria de ter sido criado pela Palavra de Deus; se assim o fosse, o logos de João 1:1, não seria a palavra de Deus, mas uma criação da Palavra de Deus. Então, ONDE ESTARIA A PALAVRA ETERNA DE DEUS?

    Bem, se o logos tivesse sido criado por Deus, e fosse um deus menor, então, antes de Deus ter começado a criar, o logos, que é a palavra, não teria tido nenhuma função que justificasse seu nome, a Palavra; e, depois, que Jeová tivesse criado o logos, poderiam ter passado bilhões de bilhões ou quem sabe, trilhões de trilhões de trilhões sem fim, até que Jeová tivesse começado a criar; e o que Jeová usaria para criar? A mesma Palavra por "intermédio" da qual jeová criou a outra Palavra, o logos.

    Então, antes de Jeová começar a criar, quem sabe eras e eras sem fim, DEPOIS que tivesse criado a outra Palavra, o logos, haveria Deus e um deus menor, haveria Jeová e uma "palavra" que não é a Palavra de Jeová, exatamente como está na Tradução do Novo Mundo, onde diz que a "palavra era um deus."

    Se o logos de João 1:1, não é a Palavra de Deus, e por consequência, Deus, pergunto aos jeovístas, ONDE ESTÁ NA BÍBLIA A PALAVRA DE DEUS?

    Acontece, que, os ungidos, em Apocalipse 19:13, "traduziram" assim: "e está vestido com uma roupa manchada de sangue; ele é chamado de A ⇨Palavra de Deus⇐" Isto aí é da TNM, 2015

    Há uma CONTRADIÇÃO entre o verso acima e João 1:1, onde eles traduziram, "e a palavra era um deus."

    "το ονομα αυτου ο ⇨λογος⇐Palavra του⇐de θεου⇐Deus

    Aí em cima, é Apocalipse 19:13, e entre as setas está a palavra "logos", a MESMA que se encontra em João 1:1, e que os ungidos traduziram como "e a palavra era um Deus; aqui, em Apocalipse 19:13, onde fala do MESMO SER de João 1:1, eles traduzem corretamente "logos" como a Palavra de Deus, e portanto Deus mesmo!

    É que eles se passaram, e não se deram conta da contradição grave que criaram, em sua maravilhosa tradução.

    Pergunto aos jeovístas: Como o logos pode ser a própria Palavra de Deus, e ao mesmo tempo ser "um deus", ou "outro" deus?

    Daqui à pouco, continua......

    ResponderExcluir
  111. Errata: Onde diz⇨ "e que os ungidos traduziram como "e a palavra era um Deus; ler, "e que os ungidos traduziram como "e a palavra era um "deus".

    ResponderExcluir
  112. huahuahauh Paulo você é mesmo uma piada...

    Você disse que pela Bíblia chamar Jesus de "a palavra de Deus" ele (Jesus) é o próprio Deus, então você quer dizer que a Bíblia também é Deus, por ser a "palavra dele"?

    ResponderExcluir
  113. QUEM É ESSE FALASTRÃO QUE DISTORCE AS PALAVRAS DO IRMÃO PAULO COM ARGUMENTO POBRES E RIDÍCULOS.

    ResponderExcluir
  114. QUEM É ESSE FALASTRÃO QUE DISTORCE AS PALAVRAS DO IRMÃO PAULO COM ARGUMENTO POBRES E RIDÍCULOS.

    ResponderExcluir
  115. sò queria uma duvida com os irmâos se Jesus nâo é Deus, igual ao pai entâo ele È um deus de segunda categoria a minha duvida è a seguinte então ele e um outro deus,se ele è um outro deus ele seria um deus falso ou verdadeiro? e agora?

    ResponderExcluir
  116. sò queria uma duvida com os irmâos se Jesus nâo é Deus, igual ao pai entâo ele È um deus de segunda categoria a minha duvida è a seguinte então ele e um outro deus,se ele è um outro deus ele seria um deus falso ou verdadeiro? e agora?

    ResponderExcluir
  117. Obviamente Jesus faz parte do Deus Triúno revelado nas Santas Escrituras. Este Deus é revelado em todas as e não podemos deixar de chegar a esta conclusão.
    O Pai é Deus Jo.17.3
    O Filho é Deus Tt.2.13
    O Espirito Santo é Deus At.5.3-4
    Não são 3 Três deuses. São 3 Três " Pessoas ", que compõe a Divindade Única ( Hb. Echad - Dt.6.4 ) de mesma natureza , essência e substância, caráter e atributos. As quais têm funções específicas no plano de Salvação da Igreja .
    Acreditar que Jesus é um deus menor é ser politeísta.
    A crença na Triunidade Divina é a crença Monoteísta, pois crê num Deus de mesma natureza , essência e substância, caráter e atributos.
    A crença em 3 Três deuses distintos de natureza essência substância diferente e separadas é também conhecida como uma crença Politeísta, que acredita em Tríade.
    Permaneçamos acreditando e procurando entender mais sobre a verdadeira crença no Deus Triúno revelado nas Santas Escrituras.
    Mt.3.13-17; 2 Co.13.13 e Mt.28.19.
    Deus continue nos iluminando.
    Em Cristo
    Wilton

    ResponderExcluir
  118. Boa Noite! Continuando a mostrar mais alguns êrros grosseiros da Tradução do Novo Mundo, onde no capítulo 1 e verso 18 do livro de João, os ungidos traduziram assim: " Nenhum homem jamais viu a Deus; o ⇒deus⇐ unigênito, que está ao lado do Pai, é quem O revelou."

    Aí em cima, entre as setas, está como os ungidos traduziram, como "deus unigênito, já que em João 1:1, eles traduzem como, "e a Palavra era um deus."

    Eles, com esta tradução falsa, criaram um ser alienígena,ou seja, "um deus" menor foi gerado no ventre de Maria. As Testemunhas de Jeová, admitem que a Palavra era "divina" [esta admissão→ Ou: "era divina”← está na nota de ródape de João 1:1 da TNM] e que era preexistente, logo, eles tem de concordar que o Senhor Jesus foi gerado com "duas naturezas", uma "divina", que o logos trouxe consigo, e a outra humana, à qual ele assumiu.

    Agora, o único ser que possui natureza divina, é Deus. Se Jeová criou o logos, de si mesmo, então o logos tem a MESMA natureza divina do Pai. Nesta natureza divina, encontram-se os MESMOS atributos de onipotência, onisciência e onipresênça, que se encontram em Deus Pai.

    Isto é inadmissível, porque Deus não vai criar outro Deus igual a ele; então, admtir que o logos é divino e ao mesmo tempo afirmar que ele não é Deus, é uma contradição em si mesma.

    Se o logos não possui a mesma natureza de Deus, então Deus criou o logos de OUTRA substância, que não a dele mesmo, fazendo Deus o criador de um deus menor.

    Em Tiago 1:17, diz: "17 Toda a boa dádiva e todo o dom perfeito vem do alto, descendo do Pai das luzes, EM QUEM NÃO HÁ MUDANÇA NEM SOMBRA DE VARIAÇÃO."

    Se Deus criasse DE SI MESMO, um deus menor, com a mesma substância, mas que não possui os mesmos atributos onipotentes de Deus, então haveria "variação ou sombra de mudança em sua natureza", o que é impossível de acontecer.

    É a mesma coisa que uma gota do oceano, e o próprio oceano; a gota, ainda que menor do que o oceano, possui todas as propriedades bio-químicas que o oceano, a gota do oceano é igual ao oceano....."vou para o Pai, porque o Pai [sua manifestação] é maior do que eu."

    Se as Testemunhas de Jeová, concordam que a Palavra era divina, então tem de concordar que a Palavra possui a mesma natureza de Deus, e portanto todos os atributos de Deus estão na Palavra, senão, haveria mudança na natureza divina, que teria criado de si mesmo um ser inferior, porém da mesma natureza; seria como se houvesse uma "queda de luz" na natureza de Deus.

    Se o logos era divino, mas não possuia a mesma natureza de Deus, então Deus teria criado um deus menor, com outra substância que não poderia ser a mesma dele, porque não existem duas naturezas divinas.

    Em João 1:1, diz que "a Palavra estava com Deus", no texto grego "pros ton theon", e que significa que a Palavra se dirigia à Deus; sendo a Palavra, o logos, o comunicante, ela estava voltada para Deus, ou seja, conversando com Ele.

    Traduzir em João 1:18, "deus unigênito", como fazem os ungidos, é a mesma coisa que dizer qua a Palavra não era divina, porque Deus não iria criar um deus menor, de sua mesma substância, sem sofrer alguma alteração em sua natureza divina, porque é impossível que a natureza de Deus sofra qualquer tipo de oscilação.

    Então, João 1:18, tem de ser traduzido como, "Filho ou Deus unigênito."

    Continua......

    ResponderExcluir
  119. O Corpo Governante revela-se de forma clara de que eles fazem parte de uma crença Politeísta creem em dois deuses Um Maior e um menor de naturezas diferentes.
    E não se cansam de acusar as demais religiões por este fato.
    O Cristianismo é a religião que crê em Um Único Deus Verdadeiro composto ( Hb. Echad ) de Pluralidade de " Pessoas " de mesma natureza, essência , substância, caráter e atributos inseparáveis em Unidade Divina. Mt.28.19 Mt.3.13-17 e 2Co.13.13.
    Abandonem a orientação do Corpo Governante, enquanto é tempo. Estamos esclarecendo a todos os equívocos que este Orgão esta conduzindo os incautos.
    YHWH os ilumine.
    Em Cristo
    Wilton

    ResponderExcluir
  120. quero ver os tjs responderem agora!! se Jesus nâo e jeovà uma unidade composta de Deus, o echad de dt.6;4, Jesus è o que entâo um deus falso ou verdadeiro? serà que Tomè era idolatra como explicar entâo jo.20;28?

    ResponderExcluir
  121. quero ver os tjs responderem agora!! se Jesus nâo e jeovà uma unidade composta de Deus, o echad de dt.6;4, Jesus è o que entâo um deus falso ou verdadeiro? serà que Tomè era idolatra como explicar entâo jo.20;28?

    ResponderExcluir
  122. São tantas falácias e equivocos nos comentários acima , que é até então "VERGONHOSO"!

    " Há muitos argumentos Bíblicos contra a Trindade, apoiados em textos claros que demonstram a superlativa autoridade e poder de Jeová, sobre o seu filho Jesus Cristo!'

    " A Trindade não é um ensinamento Bíblico, pois a Bíblia mostra claramente que Jesus foi Criado,e naturalmente, o Deus Todo-Poderoso Jeová não pode ser Criado, pois ele é o originador da Vida!' Apocalipse 3;14 " Escreva ao Anjo da Igreja de Laodicéia . Asim, diz o Amém , a Testemunha Fiel e verdadeira , O Príncipio (arkhe) da criação de Deus. " - Edição Pastoral.

    "Quem é a Testemunha Fiel e Verdadeira , o " príncipio (arkhe) da criação de Deus ? " A Bíblia Responde em Apocalipse 1;5,6 ; " Da parte de Jesus Cristo a Testemunha Fiel e Verdadeira. " Portanto, Jesus Cristo é a " Testemunha Fiel," o príncipio da Criação, ou seja , o primeiro ser criado por Jeová. " Houve um momento em que Jesus não existia e então passou a existir ou viver, ou seja , Deus começou a criar tudo ao criar Jesus !'

    Em Colossensses 1;16 ; a criação de Cristo é confirmada ; "O qual é a imagem do Deus invisível , o primogênito (prototokos) de toda a criação . " - Edição Pastoral.
    Observe , que o texto não diz que Cristo é Deus , mas nos informa que " Cristo é a imagem de Deus , ao mesmo tempo esclarecendo que Cristo é o " primogênito " do quê? De toda a criação. " A Bíblia torna claro que Jesus está " INCLUSO" na criação . " Ao chamar Jesus de "primogênito" de toda a criação , a Bíblia diz que o filho, Jesus , dentro de tudo que foi criado , foi o primeiro. "

    A Bíblia em Provérbios 8;22-24; fala do princípio ou início da criação de Deus , o texto reza; "Iahweh " ME CRIOU", " PRIMÍCIAS DE SUA OBRA", antes de seus feitos mais antigos.(23) Antes que as montanhas fossem implantadas , antes das colinas, " EU FUI GERADA"; ainda não havia feito a terra e a erva, nem os primeiros elementos do mundo." - Bíblia na Linguagem de Hoje.

    " Jesus foi criado " A SABEDORIA. " Provérbios 8;22-26; "Javé " ME PRODUZIU" como " PRIMEIRO" fruto de sua obra , no começo dos seus feitos mais antigos . Fui estabelecida desde a eternidade, " DESDE O PRINCÍPIO", antes que a terra começasse a existir. (24) FUI GERADA", quando o oceano ainda não existia , e antes que existisse as fontes de água (25) " FUI GERADA", antes que as montanhas e colinas fossem implantadas , (26) Quando Javé ainda não tinha feito a terra e a erva , nem os primeiros elementos do mundo. " - Edição Pastoral.

    Seria essa " Sabedoria a de Deus'? Jeová já tinha sabedoria, ou ele teve que criar a sua própria Sabedoria ? " Ou a Sabedoria de Provérbios seria o seu próprio filho ? "

    A Palavra Sabedoria é sempre do gênero feminino , isso não indica gênero sexual, apenas uma questão de concordância línguistica." Este texto de Provérbios 8, fala da pré-existência de Jesus , chamando-o de Sabedoria."

    " Muitos anos depois de Jesus ter ascendido aos céus , o apóstolo Paulo identificou a Sabedoria de Deus, ele disse; " Mas, para aqueles que são chamados , tanto Judeus como Gregos, ele é " O MESSIAS, PODER DE DEUS, e SABEDORIA de DEus. " - 1 Corintios 1;24 ; ( EDição Pastoral ). Portanto, se Cristo não é a SABEDORIA , então ele também não seria o " MESSIAS E O PODER DE DEUS !"

    ResponderExcluir
  123. Segundo Provérbios 8;22-31 ;Pergunta; "Se a " SABEDORIA" é o próprio Deus, então houve algum momento em que Deus não tinha " SABEDORIA? " Como pode ser isso , se Provérbios 8;22 diz que ela (a sabedoria)foi ' criada" ? " Quer dizer que o Deus Todo - Poderoso e perfeito, foi " IMPERFEITO" , em algun instante do tempo ? "

    Com as respostas , os trinitários !'

    ResponderExcluir
  124. Caro José Roberto
    Deus te ilumine.
    Como sempre não refutas nossos questionamentos !!!
    Ao invés disto, complicas tua própria mente e a dos leitores desavisados.
    Os textos mencionados pelo amigo, copiados de seus líderes, já foram comentados acima. O amigo poderia é estar contestando o que comentamos sobrem nossos comentários.
    Aguardaremos seus comentários sobre nossas postagens e contestações sem COLAGEM DE ESCRITOS DO CORPO GOVERNANTES E SIM DE SUA OPINIÃO PESSOAL COM TUAS PALAVRAS COMO FAZEMOS, SENÃO A LEITURA FICA CANSATIVA DE MAIS, espero colaborar conosco.
    Grato
    Wilton

    ResponderExcluir
  125. Sr.Odair Viera, que e o anjo de Apocalipse 10:1-3?" Apocalipse 10;1-3;" vi outro anjo forte descendo dos ceus,envolto em nuvem, com o arco-iris por cima de sua cabeça;e o rosto era como o sol, e as pernas, como colunas de fogo, e tinha na mao um livrinho aberto.Pos o pe direito sobre o mar e o esquerdo, sobre a terra; e bradou em grande voz, como ruge um leao, e quando bradou, desferiram os sete trovoes as suas proprias vozes."

    ResponderExcluir
  126. E a resposta da pergunta clara e objetiva do irmão Odair Vieira não foi respondida !!!
    " Só Jesus na causa .... "

    ResponderExcluir
  127. Exodo 7;1 ; Exodo 4;15,16;" Moises e um Deus Verdadeiro ou falso? Por que "elohim" foi aplicado a Moises?"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu amigo José Roberto. Deus te ilumine. YHWH falava com Moisés que ele seria Seu porta-Voz, Seu mensageiro, representante, Seu anjo. O sentido destes textos exegeticamente e hermeneuticamente são entendidos da forma que já mencionamos. O sentido não é de MESMA NATUREZA , ESSÊNCIA OU SUBSTÂNCIA. A composição de Moisés é humana . Ele faz parte da natureza humana e não da natureza Divina. Estes textos apresentados pelo amigo nos fala de meio de mensagem . Ele seria um EMBAIXADOR. Elohim = mensageiro do Deus Verdadeiro.
      Deus te ilumine
      Wilton

      Excluir
  128. Este anjo Ap.10.1-3. Refere-se não a pessoa de Jesus Cristo, pois a palavra grega traduzida por " outro " significa alguém do mesmo tipo, isto é um ser criado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nao e isso o que diz a Obra Trinitaria e Evangelica ;"Biblia Explicada". Ela afirma que este anjo de Apocalipse 10;1-3, e Cristo!"

      Excluir
    2. Meu amigo este anjo tem muitas características semelhantes a de Jesus, porém entendemos, como muitos Trinitarianos de que não é o Senhor Jesus. Calvino como já mencionamos em algum comentário nesta postagem entendeu que o arcanjo Miguel era Jesus, porém não acertou em tudo . Ele foi falível. Assim como os intér pretes mencionados pelo amigo. Fico com a interpretação de outros Trinitarianos, como por exemplo mencionado e explicado na Bíblia de Estudo MacArthur e outros.
      Deus te ilumine
      Wilton

      Excluir
    3. Infelizmente, meu caro , o Sr. Vive em um meio confuso, onde os trinitarios batem cabeca, ao tentar provar uma doutrina paga!" Por este motivo a Bilia nos ordena a sair deste meio. Apocalipse 18;1-4. !"

      Excluir
    4. Infelizmente, meu caro , o Sr. Vive em um meio confuso, onde os trinitarios batem cabeca, ao tentar provar uma doutrina paga!" Por este motivo a Bilia nos ordena a sair deste meio. Apocalipse 18;1-4. !"

      Excluir
    5. Temos nossas divergências em pontos doutrinários, porém temos um Único Alvo e meio de Salvação, que é O Senhor Jesus Cristo, O qual , deixou Sua glória e encarnou-se, cumpriu a Lei por nós e se fêz pecado em nosso lugar. A justiça dEle veio para nós e a maldição que estava sobre nós, foi transferida para Ele. Ele morreu em nosso lugar. Agora estamos justificados por Sua ressurreição. Temos Ele como nosso Advogado de defesa e como nosso intercessor diante do Pai. Ele consumou no Calvário nossa Salvação. Jo.19.30.
      Agora nenhuma condenação há, para nós que estamos em Cristo Jesus. Jo.5.24. Cremos que estamos salvos por Sua Graça. Ef.2.8-9.

      Faça o mesmo meu amigo e viva em paz com Deus e com você mesmo.

      Tribulação é viver Governado por um Orgão que de quando em quando muda de doutrina , que já causou sérios problemas com datas; do que pode e não pode;. Por exemplo: Transplante de órgãos, Vacinas, crença na adoração de Jesus. Russel morreu adorando a Jesus e outras doutrinas que sempre estão mudando. Transfiro a sugestão para o amigo, pois estás em risco de vida e morte nesta seita insegura que na realidade não fornece segurança a seus fiéis.
      Ap.18.1-4. !!!

      Deus te ilumine

      Wilton

      Excluir
  129. Caro José responda a pergunta do irmão Odair, se puderes a luz das Escrituras !!!

    ResponderExcluir
  130. Exodo 7;1; Exodo 4;15,16; nao estao na Biblia? Theos deve ser vertida em maiuscula ou minuscula para Deus?"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não tem como ser em minúscula, pois no texto original no Hebraico esta : ELOHIM ; ou seja ; representante do ;Deus verdadeiro, então se colocássemos a tradução com " d " minúsculo. O representante seria de um deus falso. Como o representante seria do Deus Verdadeiro, o tradutor foi prudente em colocar com " D " maiúsculo.

      AGORA RESPONDA O QUESTIONAMENTO DO IRMÃO ODAIR, POR FAVOR !!!

      Em Cristo
      Wilton

      Excluir
    2. Meu amigo José Roberto. Deus te ilumine. YHWH falava com Moisés que ele seria Seu porta-Voz, Seu mensageiro, representante, Seu anjo. O sentido destes textos exegeticamente e hermeneuticamente são entendidos da forma que já mencionamos. O sentido não é de MESMA NATUREZA , ESSÊNCIA OU SUBSTÂNCIA. A composição de Moisés é humana . Ele faz parte da natureza humana e não da natureza Divina. Estes textos apresentados pelo amigo nos fala de meio de mensagem . Ele seria um EMBAIXADOR. Elohim = mensageiro do Deus Verdadeiro.
      Mencionei este comentário acima. Creio que a tradução mais feliz fosse " mensageiro "; ou que constasse como no original " Elohim ".

      Excluir
  131. Meu amigo José Roberto. Deus te ilumine. YHWH falava com Moisés que ele seria Seu porta-Voz, Seu mensageiro, representante, Seu anjo. O sentido destes textos exegeticamente e hermeneuticamente são entendidos da forma que já mencionamos. O sentido não é de MESMA NATUREZA , ESSÊNCIA OU SUBSTÂNCIA. A composição de Moisés é humana . Ele faz parte da natureza humana e não da natureza Divina. Estes textos apresentados pelo amigo nos fala de meio de mensagem . Ele seria um EMBAIXADOR. Elohim = mensageiro do Deus Verdadeiro.
    Repito minha postagem acima.
    A tradução foi realizada em algumas traduções : Hb. Elohim = Deus; outra tradução por exemplo Bíblia Viva como: " meu representante ".
    Pelo contexto isto fica muito claro . É só ler as Escrituras e meditar com oração , que não fica nenhuma dúvida de que os humanos fiéis a YHWH são Seus mensageiros sem confundir com " ser Deus com mesma natureza, essência e substância, como Ele.
    Aguardamos tua resposta com relação ao questionamento do irmão Odair . !!!
    Deus te abençoe e ilumine
    Wilton

    ResponderExcluir
  132. Permita-me Irmão Odair transcrever tua pergunta ao Sr . José Roberto :

    " 11 de janeiro de 2016 07:35

    quero ver os tjs responderem agora!! se Jesus nâo e jeovà uma unidade composta de Deus, o echad de dt.6;4, Jesus è o que entâo um deus falso ou verdadeiro? serà que Tomè era idolatra como explicar entâo jo.20;28?
    AGUARDAREMOS TUA RESPOSTA COM TUAS PALAVRAS !!!

    GRATO

    Wilton

    ResponderExcluir