quinta-feira, 14 de março de 2013

O argumento fracassado de Leandro Quadros contra o DOMINGO – Parte 2


O segundo erro que os que defendem o Domingo cometem, segundo Leandro Quadro, é que a expressão ‘dia do Senhor’ em Apocalipse 1.10 não seria uma base linguística para tal apoio.


Ele, com um pedantismo peculiar que somente ele saber exibir, diz:


Só para os desinformados. No grego clássico, realmente a expressão foi aplicada por alguns pais da igreja ao domingo. Entretanto, a Bíblia não foi escrita no grego clássico, mas, no grego koinê (comum, do povo). Por isso, precisamos buscar o significado da expressão no tipo de grego utilizado pelos autores do Novo Testamento. Isso é óbvio demais a ponto de nem ser preciso redigir um comentário desses no presente artigo. Mas, por amor à verdade, é bom deixar tudo bem claro.”(destaque meu) (AQUI)

Agradecemos muito ao suprassumo do conhecimento do grego, o Titã Leandro Quadros!

Deixando a ironia de lado, gostaria de perguntar ao Leandro Quadros se os pais da igreja falavam em grego comum ou no grego clássico?

Se as referências eram a respeito da interpretação que os pais davam ao texto de Apocalipse 1.10, eles escreviam como falavam. ‘Isso é tão obvio’...

Quadros, 'nos embalos' de Samuelle Bacchiocchi, diz que a primeira prova seria a do documento chamado ‘Evangelho Segundo Pedro’, 70-75 após a escrita de Apocalipse. Ele diz: “ 1) A primeira menção ao domingo como “dia do Senhor” encontra-se num escrito falsamente atribuído a Pedro, chamado “Evangelho Segundo Pedro” (cap. 9:35), datado pelo menos uns 70 a 75 anos após o período que João escreveu o Apocalipse. Uma pergunta aos dominguistas: Como João iria se referir ao domingo em Apocalipse 1:10, sendo que a primeira citação como sendo este o dia do Senhor aparece cerca de 70 a 75 anos DEPOIS dele escrever este texto? Impossível!"

Leandro Quadros aí foi um especialista... em sofismar!

Voltemos aos pais que ele diz que não vale citar como autoridade ‘espiritual’. Fiquemos com a referência histórica então! Inácio, que segundo os eruditos viveu e escreveu por volta do ano 110 AD, citado por Policarpo, que conhecera o Apóstolo João, nem sua carta aos Filipenses. Inácio diz algo que pode ser interessante para mostrar o argumento fracassado de Leandro Quadros contra o Domingo ser o dia do Senhor, apenas no Evangelho de Pedro. Veja:


“Aqueles que viviam na antiga aliança de coisas chegaram à nova esperança, e não observam mais o sábado, mas o dia do Senhor, em que a nossa vida se levantou por meio dele.” (Inácio aos Magnésios 9:1. Os padres Apostólicos, Ed. Paulus.)

A linguagem de Inácio é clara, não de uma ordem ou interpretação que ele estava emitindo, mas de algo que os cristãos faziam! ‘Não observam mais o sábado’. A informação é esmagadora para o argumento de Leandro Quadros, pois percebemos a negação do termo ‘dia do Senhor’ ao sábado, mas faz uma alusão cristalina do evento da ressurreição.

Observação: a dúvida quanto ao exato termo que Inácio usou, se ele disse ‘dia’ ou ‘vida’, é sem sentido, pelo próprio assunto que Inácio está tratando, a saber; Um dia em lugar de outro, não uma vida em lugar de um dia! Se for aceita essa leitura, então a guarda do sábado também seria abandonada, na visão de Inácio, por aceitarmos a ‘vida do Senhor’ e não o dia de sábado! Assim, teríamos do mesmo jeito, uma prova histórica, muito antiga, da não guarda do sábado pela Igreja Cristã.

Quando a Maiara Costa da equipe do Na Mira da verdade, escreveu que ‘os pais viviam em uma época de apostasia, negando até mesmo a divindade de Cristo’, o que OS PIONEIROS ADVENTISTAS FIZERAM, me lembrei da posição de Inácio sobre esse assunto. As citações são do livro “Padres Apostólicos” da Editora Paulus. Veja:

“... pela vontade do Pai e de Jesus Cristo, nosso Deus” (Aos Efésios, Saudação).

“... reanimados pelo sangue de Deus...” (Aos Efésios 1:1-compare com Atos 20.28).

“Existe apenas um médico, carnal e espiritual, gerado e não gerado, Deus feito carne, Filho de Maria e Filho de Deus...” (Aos Efésios 7.:2).

“... o nosso Deus Jesus Cristo...” (Aos Efésios 18:2).

“... quando Deus apareceu em forma humana...” (Aos Efésios 19:3).

“... Jesus Cristo Deus...” (Aos Tralianos 7:1).

“... segundo fé e amor dela por Jesus Cristo, nosso Deus... alegria pura em Jesus Cristo, nosso Deus” (Aos Romanos, Saudação).

“...nosso Deus Jesus Cristo, estando ago com o seu Pai...” (Aos Romanos 3:3).

“Desejo que estejais sempre bem em nosso Deus Jesus Cristo...” (A Policarpo, Saudações finais).

Sem citar as vezes onde ele escreve sobre as economia trinitária. De fato, a equipe do Na Mira da Verdade, precisa mirar mais a verdade.

Barnabé, pelo que nos informam os estudiosos, teria escrito suas cartas entre os anos 100 a 150. Talvez não ajudaria muito, no debate aqui, por falta de uma melhor precisão. Ainda assim, é uma objeção forte ao que Quadros disse. Barnabé errou em interpretações, como todos nós erramos, mas a sua informação é de importância histórica, na ligação do termo ‘dia do Senhor’ com a ressurreição e posteriormente com a palavra domingo.

Depois de apresentar alguns textos a respeito do sábado, com interpretações variadas (escatológicas, etc) ele diz o que os cristãos faziam: “Eis porque celebramos como festa alegre o oitavo dia, no qual Jesus ressuscitou dos mortos e, depois de se manifestar, subiu aos céus.” (Carta de Barnabé, 15:9. Ed Paulus).

Pelo que Barnabé diz, já era uma prática cristã. No mínimo décadas de liturgia ‘dominical’ deixariam essa marca indelével nas comunidades cristãs.

Com esse contexto histórico citamos como definitivo, a prova histórica do Didaquê. Eruditos afirmam que esse documento cristão é um texto muito antigo, talvez entre os anos 80-90 AD! Contemporâneo do próprio Apocalipse e dos escritos do Apóstolo João, com origem provável em Antioquia. O documento diz assim:

“Reúnam-se no dia do Senhor para partir o pão...” (Didaquê, 14.1 – Ed Paulus).

Lembra-nos muito o que Lucas escreveu:
  •  “No primeiro dia da semana, estando reunidos com o fim de partir o pão...” (Atos 20.7).

O Didaquê refere-se, baseado-me nos textos contemporâneos, ao primeiro dia da semana, posteriormente vertido ‘Domingo’. De modo simples as provas históricas são: 1. Primeiro dia da semana, termo usado no NT. 2. Dia do Senhor, no fim do período apostólico. 3. Domingo, expressão usada após o NT para referir-se ao primeiro dia, o dia da ressurreição do Senhor Jesus.

Nenhum pesquisador duvidaria que o Didaquê, Inácio e Barnabé pensam no domingo como substituto do sábado. Acredito que é mais honesto rejeitar o que é dito nesses documentos, acusado-os de relatar uma prática e interpretação errada, do que rejeitá-los como prova histórica. O que para nós, neste caso, confirma a antiguidade da nossa interpretação do Novo Testamento a respeito do dia do Senhor, o primeiro dia da semana, o Domingo.

Leandro Quadros vai viciado, dopado doutrinariamente, para examinar tais informações. O entorpecente dele é o ‘espírito de profecia’, Ellen White. Argumento fracassado!

Continua...

26 comentários:

  1. Mano muito legal seu estudo, é uma pena ver os adventistas darem tanta ênfase a esses titãs e sua papisa com suas doutrinas (muito) estranhas. Até vidas em outros planetas eles acreditam. Só pela Graça mesmo!!!

    Na paz do Cordeiro

    Anderson Demoliner

    Sola Gratia

    ResponderExcluir
  2. Obrigado mano!!!

    Fico triste, pois nem sempre agente vê essa pessoas dispostas em pagar o preço da verdade...

    Mas vamos lá...

    ResponderExcluir
  3. ja que vc naum acredita no que a bíblia diz respeito do sábado, como memorial da criação,como dia de descanço,como dia de encontro com DEUS, então o tempo(MESMO QUE SEJA TARDE DE DEMAIS) irá mostrar qual é o verdadeiro dia de guarda.

    ResponderExcluir
  4. Lauro 'o tempo' não mostra, quem mostra a verdade é o Espírito Santo.

    Eu acredtio no que vc disse, baseado na Bíblia, a respeito do sábado. Mas isso foi até a ressurreição do Senhor. Daí em diante iniciou-se, (na verdade, me parece, já no ministério de Jesus) um processo de transição e substituição. Gradativo.

    A Igreja Cristã no NT começou a cultuar ao SENHOR no domingo, com o tempo a prática foi tornando-se claramente um serviço liturgico, terminando com a expressão 'dia do Senhor' referir-se ao primeiro dia da semana (Ap 1.10).

    Eu creio assim, já escrevi muito sobre isso aqui no blog.

    Você não está perdido por guardar o sábado como uma prática de adoração judaica. Estará perdido SIM, se substituir essa prática como selo da salvação, quer em seu coração agora. quer pense numa salvação sabática escatológica, como asseverou Ellen White.

    Abraços

    ResponderExcluir
  5. exatamente Luciano,quem mostra é o Espírito Santo, mas tem um porém , quando naum aceitamos a verdade pelo amor aceitamos pela dor.

    ResponderExcluir
  6. Galera, antes que qualquer "pioneiro", reformista, líder espiritual, religião ou ser humano disse ou diz; a Bíblia deve ser nossa única regra de fé! E a questão mais forte é: O que a Bíblia diz sobre o Sábado?!?! - É isso que temos que levar em consideração! - Devemos aplicar o contexto, o significado das palavras em original no hebraico, aramaico e grego, e através do Espírito Santo, entendermos o assunto com clareza!

    Não existe dúvidas que não existe passagem bíblica que substitua o Sabbath para o Domingo. Simples assim.

    Quanto ao Domingo, os próprios católicos dizem:

    “O domingo é uma instituição e suas reivindicações de observância podem ser definidas unicamente em princípios católicos… Desde o princípio até o fim das Escrituras não há uma só passagem que autorize a mudança do dia de adoração pública semanal do último dia da semana ao primeiro.”

    The Catholic Press, Sidney, Austrália, agosto de 1899.


    “A Igreja mudou a observância do sábado para o domingo pelo direito divino e a autoridade infalível concedida a ela pelo seu fundador, Jesus Cristo. O protestante, propondo a Bíblia como seu único guia de fé, não tem razão para observar o domingo. Nessa questão, os Adventistas do Sétimo Dia são os únicos protestantes coerentes.”

    (Boletim Católico Universal, pág. 4, de 14 de agosto de 1942)

    ResponderExcluir
  7. Gabriel, já respondi isso em outras postagens e repito:

    A Igreja Católica também diz que quem escolheu os livros bíblicos foi ela, quem 'concebeu a doutrina trinitariana' tb foi ela.

    Neste ponto, vc é protestante?

    Observe, a pretensão não deve ser levada a sério, se não, daqui a pouco vc negará os livros bíblicos e a doutrina trinitariana...

    Outra coisa, a Igreja Batista do Sétimo Dia poderia estar incluinda, não é mesmo??? Mas que triste, eles não seguem ElLen White... estão perdidos entre 'babilônia'!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Luciano,

      Trindade, Sábado, Justificação Pela Fé, Dízimo e etc, são coisas que estão na Bíblia em qualquer tradução, nação, religião - a Bíblia é a mesma! São doutrinas bíblicas! Podem ser PROVADAS na Bíblia e pela Bíblia.

      O Domingo, não é uma doutrina amparada pela Bíblia. - Nem a palavra "Domingo" existe na Bíblia! Na Bíblia o primeiro dia da semana nunca é chamado de domingo! Nem é chamado de dia santo, nem existe qualquer indicação de que deveria ser separado como um dia de adoração. Só existem oito textos nas Escrituras que falam do primeiro dia da semana; Se na Bíblia existe alguma ordem ou permissão para a troca do sétimo para o primeiro dia da semana, tem que estar nestes oito textos.

      Excluir
    2. Decidi listar TODOS os textos em que o PRIMEIRO DIA DA SEMANA é mencionado na Bíblia:

      1º - Mateus 28:1. “E, no fim do Sábado, quando já despontava o primeiro dia da semana, Maria Madalena e a outra Maria foram ver o sepulcro.”

      Você achou que aqui existe alguma coisa indicando que Deus mudou o dia de adoração do sábado para o domingo? Está claro que não!

      Este texto foi escrito no ano 62 d.C., 31 anos depois da ressurreição de Jesus. Ele só descreve que Maria Madalena e Maria a Mãe de Jesus, estão esperando terminar o sábado de descanso para irem ver o corpo de Jesus. Ao contrário este é mais um texto que prova que, após a morte de Jesus, o dia que se guardava era o Sábado.


      2º - Marcos 16:2. “E, no primeiro dia da semana, foram ao sepulcro, de manhã cedo, ao nascer do Sol.”
      No verso 1, fala que elas esperaram passar o Sábado. Este texto também foi escrito 31 anos após a morte de Jesus, em Mar. 2:28, Marcos menciona que o Sábado é o Dia do Senhor e desconhece completamente o domingo.


      3º - Marcos 16:9. “E Jesus, tendo ressuscitado na manhã do primeiro dia da semana, apareceu primeiramente a Maria Madalena...”

      Este texto também foi escrito 31 anos após a ressurreição de Jesus. Também não fala nada sobre guardar o domingo. Dá pra notar, que Jesus teve todo o cuidado de não violar o sábado nem na sua morte. Seus trabalhos de criação e redenção foram realizados honrando o Sábado.


      4º - Lucas 24:1. “E no primeiro dia da semana, muito de madrugada, foram ao sepulcro, levando as especiarias que tinham preparado.”
      Lucas escreveu isso no ano 64 D.C., 33 anos depois da ressurreição do Senhor,. Não vemos nada nem ninguém dizendo sobre guardar o domingo. Pelo contrário, Lucas faz questão de deixar claro no capítulo 23, no verso 56 seu conceito sobre o sábado.. . veja: “E voltando elas, no Sábado repousaram, conforme o mandamento.”


      5º - João 20:1. “E no primeiro dia da semana Maria Madalena foi ao sepulcro de madrugada, sendo ainda escuro, e viu a pedra tirada do sepulcro.”
      Este texto foi escrito no ano 97 d.C., 66 anos depois de Jesus ressuscitar, e também não diz nada a favor do domingo.


      6º - João 20:19. “Chegada, pois, a tarde daquele dia, o primeiro da semana, e trancadas as portas onde os discípulos, com medo dos judeus, se tinham ajuntado, chegou Jesus... e disse-lhes: Paz seja convosco.”
      Este texto não fala nem sequer que os discípulos se reuniram para um culto. Pelo contrario, só estavam ali escondidos por causa do medo! Apenas isso!


      7º - Atos 20:7. “E, no primeiro dia da semana, ajuntando-se os discípulos para partir o pão, Paulo que havia de viajar no dia seguinte, falava com eles; e prolongou o discurso até à meia noite.”
      Esta era à noite de sábado. Eles haviam passado o sábado todo, juntos, como era seu costume (Atos 17:2); e, ao terminar o dia, no pôr-do-Sol, e começar o primeiro dia (início da noite de Sábado), Paulo que teria de partir no dia seguinte, desejou usufruir da presença dos discípulos, e isso foi até à meia noite. Você notou que Paulo, evitou iniciar uma viagem no Sábado?

      8º “No primeiro dia da semana cada um de vós ponha de parte, em casa, conforme a sua prosperidade, e vá ajuntando para que se não façam coletas quando eu for.” 1ª Coríntios 16:2.
      • Paulo soube que os crentes de Jerusalém (Atos 11:28 e 29) estavam em grandes necessidades, e os discípulos decidiram socorrê-los.
      Paulo então pediu aos irmãos que todas as semanas, em casa, e não na igreja, no primeiro dia da semana, fossem ajuntando alguma coisa; dinheiro, alimento, roupa, sandálias... Paulo estava organizando o trabalho de assistência social, apenas isso.

      Bem, aqui foram os únicos oito versos da Bíblia onde aparece o primeiro dia da semana citado. Você achou que em alguns destes textos Deus mandou mudar o dia de guarda para o domingo? Achou que em algum deles há provas de que os discípulos guardavam o domingo?

      Excluir
  8. Gabriel; bom lembrar que a palavra Trindade TAMBÉM não existe na Bíblia.

    Quanto ao termo 'domingo', é uma tradução e uma referência ao "dia do Senhor" - como provei na postagem.

    Por último, os textos são um acumulo de prova, e não textos provas, da maneira que vc exigiu. Como até hoje nenhum adventista encontrou o texto prova que pode ser usado para provar a substituição da páscoa pela santa ceia.

    Além disso, como foi exposto por adventistas, não adianta sábado sem Ellen White...

    abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey Luciano,

      realmente, a palavra "Trindade" não aparece na Bíblia. Entretanto, a sua definição e característica, aparecem claramente na Bíblia, o que demonstra que a crença na Trindade é amparada pela Bíblia. - A questão "Domingo" é diferente, pois não existe indicativo de que o primeiro dia da semana deve ser separado como santo.

      Veja bem, existem indicativos claros de que a Páscoa é Jesus Cristo! Se a Páscoa é Jesus Cristo, e seus símbolos representavam tanto a libertação de Israel, quanto a libertação do pecado mediante o sacrifício de Cristo, por que não entender que Jesus é a própria Pascoa?!

      Êxodo 12:27, temos aqui a instituição, a criação da PÁSCOA: “E quando estiverem morando na terra que o Senhor vai dar a vocês, como prometeu, continuem fazendo essa comemoração. E quando seus filhos perguntarem: Que comemoração é essa? Respondam: É o sacrifício da páscoa do Senhor. Isso faz lembrar que o Senhor passou por cima das casas dos israelitas no Egito. Foi quando Ele fez destruição nas casas dos egípcios, mas não tocou nas casas do nosso povo”.

      Mais tarde, quando JESUS veio ao mundo enviado pelo mesmo DEUS, a exemplo de MOISÉS que fora enviado ao povo HEBREU, ele JESUS, foi apresentado como o “...Cordeiro que tira o pecado do mundo” João 1:29, ou seja, JESUS foi identificado com o mesmo cordeiro da “Páscoa Judaica”, que a exemplo daquele, foi morto para que todo aquele que NELE crer não pereça mas tenha vida eterna!

      Então na verdade, JESUS, hoje, é a nossa PÁSCOA! JESUS vem substituir a “Páscoa Judaica”. No Evangelho de Mateus, capítulo 26, é narrada a celebração da última páscoa em que JESUS participou com seus discípulos e a partir do v. 26 está a instituição da páscoa pelo Senhor Jesus, oferecendo sua vida, simbolicamente representada pelo PÃO (sua carne) e pelo VINHO (seu sangue), que ELE derramaria no calvário pelos nossos pecados.

      Observe:

      "Alimpai-vos, pois, do fermento velho, para que sejais uma nova massa, assim como estais sem fermento. Porque Cristo, NOSSA PÁSCOA, foi sacrificado por nós." 1 Coríntios 5:7

      "E, tendo dado graças, o partiu e disse: Tomai, comei; isto é o meu corpo que é partido por vós; fazei isto em memória de mim." 1 Coríntios 11:24

      Excluir
    2. Após isso, eu questiono: existe alguma passagem bíblia que indique que o domingo é um dia santo? - Usando como raciocínio os mesmos indicativos que demonstram que Jesus Cristo é a Páscoa?! - Como por exemplo, Paulo dizendo claramente: "Alimpai-vos, pois, do fermento velho, para que sejais uma nova massa, assim como estais sem fermento. Porque Cristo, NOSSA PÁSCOA, foi sacrificado por nós." 1 Coríntios 5:7

      Excluir
  9. Sendo este o problema:

    O escrito de (Inácio aos Magnésios 9:1. Os padres Apostólicos, Ed. Paulus.), dá larga margem para se crer que o dia do senhor em questão seria uma homenagem ao sábado, referindo se ao sábado como era praticado pelos judeus como, "o sábado" e ao novo sábado praticado pelos cristãos segundo Jesus Cristo, como "o dia do senhor" ou "o sábado dia do senhor". (melhor postar mais informação para elucidar esta questão)

    Cumprimento de:

    "Se desviares o teu pé do sábado, de fazeres a tua vontade no meu santo dia, e chamares ao sábado deleitoso, e o santo dia do SENHOR, digno de honra, e o honrares não seguindo os teus caminhos, nem pretendendo fazer a tua própria vontade, nem falares as tuas próprias palavras," (Isaías 58:13)

    Ademais o domingo não poderia ser o dia de Jesus, pois este guardava o sábado e não o domingo.

    A bíblia diz que Jesus é "Senhor do sábado" e não "Senhor do domingo". Logo qual é o dia do Senhor!? Ou melhor perguntando, Jesus é senhor de qual dia?!

    Do domingo!?

    É preciso forçar muito o sentido das escrituras para se chegar a esta conclusão.

    Lembremos que na bíblia o próprio Deus diz que faria com que as pessoas chamassem o sábado de o Santo Dia do Senhor, conforme (Isaías 58:13).

    Creio então que não há para onde correr, pois qualquer argumento que os contrários ao sábado tem usado para justificar o domingo, cabem como uma luva e mais perfeitamente ao próprio sábado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E mais uma questão, sobre:

      "No primeiro dia da semana, estando reunidos com o fim de partir o pão...” (Atos 20.7)

      Alguém alguma vez leu na bíblia algum apóstolo, judeu ou gentio, indo à sinagoga para partir o pão? Bem sabemos segundo atos dos apóstolos que aos sábados se reuniam para ler as escrituras, pregar.

      Partir o pão (janta, café da manhã) faz parte dos cultos?

      O fato de que os apóstolos continuaram se alimentando de pão em todos os dias da semana não caracteriza o domingo como um substituto ao sábado só porque em um domingo onde estavam reunidos, este tomaram um café da manhã juntos ou jantaram.

      É realmente ridículo tentar enxergar um culto formal tal como no sábado, nesta breve passagem bíblica.

      A bíblia fala que ficaram conversando durante a noite. Também nunca vi as pessoas papeando sobre coisas do dia-a-dia nos cultos.

      Acaso fizeram pregações entre si? Além de estranho, a biblia não relata isto. Portanto não há qualquer indício que indique que aquela reunião casual, se tratasse de algo além do costumeiro hábito que vinha desde a época de cristo, partirem o pão para se alimentarem juntos em um dia qualquer.

      Excluir
    2. E Mesmo que adotemos que aquela reunião seria para partir o pão, segundo recomendação de Jesus, fazendo isto em memória Dele, prontamente daria o sentido da passagem, como sendo o próprio ritual de partir o pão e não um culto dominical.

      Excluir
  10. Gabriel, 'um pouco ali um pouco aqui' - a mania adventista de tirar o texto do contexto...-

    1. 1 Co 5.5-8 compara o fermento com o pecado, que deveria ser tirado da congregação.
    2. 1 Co 5.5-8 fala da morte sacrifical de Cristo que tirou o pecado do Seu povo.
    3. 1 Co 5.5-8 a festa é a vida cristã, adoração livre do pecado.

    Parece que é simples e claro a referência figurativa. Algo parecido acontece quando alguns adventistas tentam 'deseperadamente' usar Hebreus 4 para provar que o NT ensina a guarda do s´bado como um aspecto cristão na adoração.

    Gabriel, estou apenas pedindo que vcs nos pedem. Um texto... que confirme a 'substituição'.. Um !!!

    Nisto Cremos diz que o prórpio Cristo efetuou a transferência, a substituição... onde nos evangelhos?

    Quero dizer que não tem como escapar. A transferência é >>uma conclusão teológica, legítima<<.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey Luciano,

      Então, na verdade eu não tirei nada do contexto, já que quem diz que Jesus é a NOSSA PÁSCOA, é Paulo, e não eu! :)

      Você está pedindo um texto que confirme a transferência da Páscoa para a Ceia do Senhor, algo assim?!
      Bem, é algo muito simples! É só você aplicar a mesma lógica quando se fala de tudo o que era prefigurativo de Cristo e que durou até Cristo.
      Existe algum verso bíblico que diga que os adúlteros não devem ser mais apedrejados?! Ou que diga que não devemos mais sacrificar cordeiros?! - Não é claro que Jesus Cristo acabou com tudo isso?!

      Na última PÁSCOA que Jesus teve com seus discípulos, Ele instituiu a Ceia do Senhor e deu claras orientações de que a Ceia deveria ser realizada em memória dEle! - Eis a questão: Porque a Páscoa da antiga aliança deve ser comemorada/praticada ao mesmo tempo que existe a Ceia do Senhor?! - Não é a "mesma coisa"?! Por acaso, a Páscoa não é Jesus mesmo?! Não significa libertação? Esperança?!

      Quanto ao Sábado do Senhor e o primeiro dia da semana - Por acaso o Sábado era uma prefiguração de Cristo? O Sábado significava que Jesus Cristo morreria por nós, portanto, o Sábado era um símbolo de Cristo?! - Se assim fosse, porque o Sábado foi instituído por Deus, antes do pecado, e foi "santificado, abençoado - separado" por Ele como um dia especial?

      Não tem como seguir a mesma lógica quando se fala de Sábado/Domingo e Páscoa/Ceia do Senhor - pois tais situações estão dizendo coisas claramente diferentes!

      "E havendo Deus acabado no dia sétimo a obra que fizera, descansou no sétimo dia de toda a sua obra, que tinha feito. E abençoou Deus o dia sétimo, e o santificou; porque nele descansou de toda a sua obra que Deus criara e fizera." - SANTIFICOU, significa - SEPAROU! =]
      Gênesis 2:2-3

      "Alimpai-vos, pois, do fermento velho, para que sejais uma nova massa, assim como estais sem fermento. Porque Cristo, NOSSA PÁSCOA, foi sacrificado por nós." 1 Coríntios 5:7



      Excluir
    2. "Você está pedindo um texto que confirme a transferência da Páscoa para a Ceia do Senhor, algo assim?!
      Bem, é algo muito simples! É só você aplicar a mesma lógica quando se fala de tudo o que era prefigurativo de Cristo e que durou até Cristo."

      Incluindo o sábado: CL 2.16,17

      O dia do Senhor em Ap 1.10, confirmado pela história, é um termo referente ao Domingo, que significa 'dia do Senhor'.

      "Não tem como seguir a mesma lógica quando se fala de Sábado/Domingo e Páscoa/Ceia do Senhor - pois tais situações estão dizendo coisas claramente diferentes!"

      Mostrei na postagem que são semelhantes em vários aspectos.

      Mas de qualquer forma Gabriel, suas observações são as respostas que vc entende, acredito que quando lerem, poderão pesar as argumentações.

      Agradeço mesmo.

      Excluir
  11. Queridos leitores, ao examinarmos a biblia, TEMOS QUE TER EM MENTE O POR QUE VAMOS EXAMINA-LA, SE QUISERMOS OUVIR A VOZ DE DEUS(OBJETIVO DESEJAVEL) DEVEMOS PEDIR A DEUS QUE ATRAVES DE SEU INFINITO AMOR E MISERICORDIA FALE AO NOSSO CORAÇÃO CAPACITANDO-NOS A OUVIR SUA VOZ E SUAS VERDADES, E O PRINCIPAL ACEITA-LAS EM NOSSO CORAÇÃO PECAMINOSO A FIM DE TRASFORMA-LO ATRAVEZ DE SUA GRAÇA. pOIS A PALAVRA DE DEUS É A MESMA PARA OS ADVENTISTAS, E TODOS AS OUTRAS DENOMINAÇÕES, O QUE MUDA É O CORAÇÃO DE QUEM ESTA LENDO, SE ESTA SEDENTO DA VERDADE OU SATISFEITO COM SUAS PROPRIAS VERDADES.

    CUIDADO SATANÁS TAMBEM CONHECE A BIBLIA DE CAPA A CAPA, VERSO POR VERSO, POREM NAO ESTÁ SALVO!!


    DEIXE CRISTO HABITAR EM SEUS CORAÇÕES!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alinny "A PALAVRA DE DEUS É MESMA PARA OS ADVENTISTAS E TODOS AS DENOMINAÇÕES..."

      Acho que não... >>>para os Adventistas a Palavra de Deus tem erros!!!<<< Neste caso então, é diferente.

      Excluir
  12. Estive num bate- papo No FaceBook com uma Irmã ex-Pentecostal:

    Olha o que diz, ( Vou compartilhar esse testemunho com os irmãos do Blog).

    - Edilberto Ribeiro
    vc faz parte de algum grupo Religioso ?
    Tipos :
    Catolicismo
    Protestantismo
    Espiritismo
    ???

    12:56
    Joseany Aninha
    credo

    12:56
    Edilberto Ribeiro
    em
    /
    ?

    12:56
    Joseany Aninha
    nada

    12:57
    Edilberto Ribeiro
    destes Três tipos, qual vc acha que é amelhor ?

    12:59
    Joseany Aninha
    nao te responder desculpa
    nao sei te responder
    desculpa
    acho que vou saber te responder
    sobre religioês

    13:02
    Edilberto Ribeiro

    13:02
    Joseany Aninha
    desculpa ta
    eu estou tentando se adapitar na minha igreja que eu se batizei mais nao sei se consigo
    é totalmente diferente
    daqui eu congregava

    13:04
    Edilberto Ribeiro
    por que ?
    que dificuldade vc estar tendo ?

    13:04
    Joseany Aninha
    a minha dificuldade
    eu nao sei te esplica
    a igreja que eu congregava é pentencostal entender edilberto
    e eu asim ficava comedo
    e eu peguei e sair
    e nunca mais quiz voltar la

    13:07
    Edilberto Ribeiro
    eu sei bem o que vc teve
    vc já procurou outra ?

    13:08
    Joseany Aninha
    ja sim
    e estou gostando muito
    minha tia estar me ajudando
    muitas coisas que eu nao sabia

    13:09
    Edilberto Ribeiro
    a sua tia é Pentecostal
    /?

    13:09
    Joseany Aninha
    nao
    é

    13:10
    Edilberto Ribeiro
    de qual ?

    13:10
    Joseany Aninha
    acho que é asim
    igreja adventista do setimo dia é isso
    é muito bom mesmo
    eu nunca me sentir tao em casa

    13:11
    Edilberto Ribeiro
    e como é o nome da sua Tia ?

    13:12
    Joseany Aninha
    maria do socorro ela é secretaria de la

    13:12
    Edilberto Ribeiro
    do Mandacaru 1 ?

    13:13
    Joseany Aninha
    nao
    é do tabuleiro

    13:13
    Edilberto Ribeiro
    e tu é da onde ?

    ResponderExcluir
  13. 13:13
    Joseany Aninha
    do mandacaru

    13:14
    Edilberto Ribeiro
    Então, Tome estudos com Sua Tia
    Essa Igreja é Muito diferente das Outras

    13:15
    Joseany Aninha
    eu ja tomei
    concerteza
    posso se dizer que ja apreendir muita coisa

    13:15
    Edilberto Ribeiro
    Tipo
    qual a coisa que descubriu ?
    Muito Interenssante

    13:19
    Joseany Aninha
    hum guarda os sabados ,amai a vossos inimigos,sobre vaidades,e uma coisa muito interesante que nunca pregaro na igreja que eu congregava sobre os dez mandamentos
    acho que apreendir

    13:22
    Edilberto Ribeiro
    Com Certeza
    vc estar Indo Muito Bem
    prossiga em busca da verdade

    13:24
    Joseany Aninha
    obrigado
    concerteza
    e o melhor de tudo isso eu ja se batizei

    13:27
    Edilberto Ribeiro
    Qual a diferença que Vc percebeu na Igreja Adventista Do Sétimo com as Demais?

    13:29
    Joseany Aninha
    bom é muito mais esplicativo nao era querendo critica mais nao tem barulho, nem aqueles sei la que toma posse ta pessoa ,é bem legal mesmo ter jesus bem pertinho da gente

    13:31
    Edilberto Ribeiro
    vc acha estranho aquelas manifestações Pentecostais ?

    13:31
    Joseany Aninha
    muito mesmo eu nem gosto de fala nisso
    oq eu achar o que é aquilo
    ?
    o que vc achar que é aquilo
    ?
    ?

    13:38
    Edilberto Ribeiro
    Na Minha Visão Bíblica, Não tem nada haver com os Dons do Espírito Santo:

    Tipo:

    Gritaria: E não entristeçais o Espírito de Deus, no qual fostes selados para o dia da redenção.
    Longe de vós, toda amargura, e cólera, e ira, e gritaria, e blasfêmias, e bem assim toda malícia.
    Antes, sede uns para com os outros benignos, compassivos, perdoando-vos uns aos outros, como também Deus, em Cristo, vos perdoou

    13:39
    Edilberto Ribeiro
    A Bíblia fale que o Espírito não gosta de Gritaria etc..

    13:39
    Joseany Aninha
    falar sim
    e nao foi so poriço que eu nao voltei mais la
    aconteceu tanta coisa
    que parecia que eu nao ia sobreviver a isso

    13:41
    Edilberto Ribeiro
    As pessoas ficavam pulando lá ?
    Rodando ?
    falando em uma Língua Não existente na Terra ?

    13:43
    Joseany Aninha
    era sim
    e eu sem entender nada
    do que se pasava

    13:43
    Edilberto Ribeiro
    Você sentia o que ?

    13:44
    Joseany Aninha
    nao sei esplica
    eu tentava fica mais afastado disso
    eu tinha pavor a isso
    quanto mais eu ma afastava era que nao me deixava em paz
    direpente esse homem ou mulher podia ser qualaquer pessoa
    ele vinha na minha direçao

    13:46
    Edilberto Ribeiro
    SIM

    13:46
    Joseany Aninha
    precipalmente quando chegava pessoa novas
    na igreja
    eu nao sei oq ue acontecia comigo

    13:47
    Edilberto Ribeiro
    ELES FAZIA O QUE COM VC ?

    13:47
    Joseany Aninha
    eles potava a mao pra ora em vc
    direnpente eu simplimente
    eu nao achava que estava em pe
    sei la
    adormecia

    13:48
    Edilberto Ribeiro
    E VC ACHA QUE ERA O QUE ?
    ERA DEUS OU ERA O QUE ?

    13:49
    Joseany Aninha
    nao sei o que er a
    as palavras que eu precisava ele dizia
    mais nao estava correto oq ue fazia
    pra me nao estava
    tem capacidade
    de pssoa estar orando em vc
    e vc estar lendar ,zonza, dormindo ,e ia la e ca
    nao isso nao esistir

    13:51
    Edilberto Ribeiro
    EU TENHO CERTEZA QUE ISSO NÃO ERA O ESPÍRITO SANTO !

    13:51
    Joseany Aninha
    eu tb

    13:52
    Edilberto Ribeiro
    POR QUE ELE NÃO DEIXA AS PESSOAS ASSIM

    13:52
    Joseany Aninha
    e eu ralamente ouiva o que ele dizia
    mais é ai que estar
    edilberto
    a minha questao
    vesse vc compriender comigo
    se vc fizesse alguma coisa que nao é permitido na igreja diz eles que é o espirito santo
    revelava pra todo mundo
    nao tem
    esprito santo fofoquerio
    bom entendo desse jeito


    13:54
    Edilberto Ribeiro
    VERDADE

    13:54
    Joseany Aninha
    posso estar errada ou nao posso

    13:55
    Edilberto Ribeiro
    VC TEM CERTEZA, ELE NÃO FOFOQUEIRO

    13:55
    Joseany Aninha
    entao
    eu vivir la mais eu sabia da palvra de DEUS

    13:55
    Edilberto Ribeiro
    E AGORA AONDE VC ESTAR, O QUE VC ACHA ?

    13:56
    Joseany Aninha
    estou onde eu deveria estar desdo começo

    13:58
    Edilberto Ribeiro
    Então, a Igreja Adventista Do Sétimo, vc acha melhor do que as outras ?

    13:58
    Joseany Aninha
    concerteza

    13:58
    Edilberto Ribeiro
    Obrigado por seu Testemunhos
    saindo

    13:59
    Joseany Aninha
    denada xau
    bjs

    13:59
    Edilberto Ribeiro
    xau

    13:59
    Joseany Aninha
    xau, beijo..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sétimo Dia, que testemunho mais edificante e proselitista!!! Maravilhoso... nossa, quase me tornei Adventista... mas daí pensei:

      1. Na IPB agente tb não faz barulho... bem não é motivo para eu deixar a IPB e ser ASD.
      2. Na doutrina reformada eu guardo os mandamentos...
      3. Não fico questionando se os pentecostais são do diabo... não me arrisco desta maneira...
      4. Na IPB estudo a Bíblia...
      5. Na IPB não terei que crer em um homem como sinal da verdade - Ellen White.
      6. >>Não preciso crer que na Bíblia tem erros<<.
      7. Não colocarei Jesus no santíssimo apenas em 22 de outubro de 1844.
      8. Não irei crer que o diabo levará meus pecados.
      9. Nem que existem Adões em marte!
      10. Além disso, minha confissão de fé mantém uma regilião que jamais negou a trindade...
      11. E nunca ensinamos que Deus fechou a porta da graça...
      12. Hum, nem tenho que dizer que Deus mandou dizer que voltaria em 1844, sabendo que não, mas queria que assim fosse pregado!
      13...... a chega....

      Você, Sétimo Dia, só não se preocupou se ela conhecera Cristo...

      Excluir
    2. De quais livros teológicos o amigo Luciano Sena tirou todas estas afirmações?

      Excluir
    3. A verdade sobre os Adventistas - Pergunte a pessoa certa. A fonte mais segura

      Assistam os 03 vídeos dos links abaixo até o final.

      https://www.youtube.com/watch?v=OXUUiVaarfo

      https://www.youtube.com/watch?v=6104DDirYUA

      https://www.youtube.com/watch?v=ccwdC1_OJfM

      Esse outro link abaixo explica essa história sobre "a Bíblia conter erros":

      https://www.youtube.com/watch?v=jJ9UUi_36Dc

      Excluir