sexta-feira, 21 de julho de 2017

Augustus Nicodemus, Ezequiel Gomes e o Solus Espantalhus...

O Rev. Augustus Nicodemus deu um estudo em sua igreja, apresentando sua opinião a respeito do adventismo. É nítido seu interesse pastoral em proteger a advertir o rebanho que está em sua responsabilidade. O sermão no geral foi bom dentro da proposta (parece-me uma aula na EBD), com alguns equívocos, porém com poucos erros. Ele não precisa ser Dr em Adventismo para pastorear sua igreja a respeito dos perigos que essa seita possui contra as igrejas presbiterianas, e demais evangélicas também, e as breves ponderações que fez, foram suficientes para trazer à baila pontos discordantes. Afinal, ele devia por direito exprimir sua opinião e dar direcionamento aos irmãos de sua congregação local, e o fez de maneira clara e objetiva. Claro, que por não ser alguém que ficou anos estudando o Adventismo, era natural alguns equívocos ou até mesmo erros.

Infelizmente, por não se inteirar de mais assuntos, outros tão problemáticos do Adventismo, o Rev Nicodemus acabou não mencionando, talvez não saiba, a diferença da Trindade Adventista com a Trindade Clássica, que eu provo AQUI sem nenhuma contestação, bem como ele também não falou a respeito da negação da inerrância bíblica, que o adventismo também mantém (AQUI). 

Daí, um Adventista de nome Ezequiel Gomes (ex-pastor adventista AQUI), produziu, e ainda está, refutações em seu canal do Youtube (AQUI), ao que o Rev Nicodemus falou ali em sua igreja. Me atentarei ao que ele disse nesses vídeos para vermos se o espantalho é mesmo totalmente de palha.

1º VÍDEO: Não ter domínio do pensamento adventista. O primeiro vídeo, Ezequiel Gomes disse que embora Nicodemus tenha falado coisas que são até corretas da história adventista, ele erra em muitas avaliações do adventismo, chegando a dizer que ele (Nicodemus) atribui a eles, os adventistas e Ellen White, coisas que esses não dizem.

O grande problema aqui, não é que o Rev. Augustus tenha dito o que eles supostamente não dizem, (embora é verdade que o ilustre reverendo tenha se equivocado, em um ou outro momento). Mas o grande problema, é que o “adventismo fala com os dois lados da boca coisas”, dizia Natanael Rinald. O adventismo fala o que não diz, e diz quando não fala. Quando Ezequiel Gomes diz que o Rev. Nicodemus não é capaz de caminhar com as complexidades da teologia adventista, o que deve ser dito é que tais complexidades é um emaranhado babilônico sem tamanho. Qualquer que se dá ao luxo de ler a história adventista, perceberá isso.

Caso o rev. Augustus tratasse dessas complexidades, ele teria que deixar de estudar o NT para gastar um longo tempo para se inteirar das raízes da teologia e história adventista, e isso levaria anos. E visto que ele estava dando uma aula de uma hora na EBD, considerando todos os tipos de pessoas e interesses que há em um auditório como esse, não precisaria disso. Veja, eu somei os cinco vídeos de Ezequiel Gomes, até agora deu um total de uma hora e vinte e seis minutos (1:26:00) , de avaliação, para 30 minutos palestra do rev. Nicodemus! Portanto, o que foi posto pelo pastor presbiteriano em na igreja não visava nenhuma exposição tão exaustiva.

Eu tenho várias provas desse emaranhado dúbio na boca adventista, vou mostrando à medida que avaliar os vídeos de Ezequiel. Mas por hora vou mostrar um. No famigerado e dissimulado livro adventista, Questões Sobre Doutrina, os autores adventistas disseram a alguns questionares apologistas evangélicos:

“Alguns continuam extrair citações extraídas de nossas publicações mais antigas, há muito obsoletas, e que não mais são impressas. Citam-na determinadas declarações, frequentemente torcidas e descoladas do contexto, de modo a darem uma descrição totalmente desvirtuada das crenças e ensinos que a Igreja Adventista do Sétimo Dia hoje sustenta.” (p. 58).

No afã de se livrar das implicações históricas que os pais espirituais adventistas, os pioneiros eram antitriniarianos, eles disseram isso. Porém, veja o que a Profetisa Adventista diz a respeito deles, que eram “obsoletos”:

“Quando o homem vier mover um alfinete do nosso fundamento o qual Deus estabeleceu pelo seu Santo Espírito, deixem os homens de idade que foram os pioneiros no nosso trabalho falar abertamente, e os que estiverem mortos falem também, reimprimindo os seus artigos das nossas revistas. Juntemos os raios da divina luz que Deus tem dado, e como Ele guiou seu povo, passo a passo no caminho da verdade. Esta verdade permanecerá pelo teste do tempo e da experiência.”(www.adventistas.com/dezembro2005/diagnostico_iasd.htm (24 de Maio de 1905 - Manuscript Release Vol. 1 pág. 55.).

Daí, claro, entra em campo a equipe apologética para tentar justificar aqui ou ali as diferenças e nuanças. Claro Ezequiel Gomes, muita complexidade nisso tudo, não é mesmo? A quem ouvir afinal a Ellen White, ou aos autores de Questões? Nicodemus não tinha condições de perceber todo esse emaranhado... aliás, se até Donald Banhouse e Walter Martim tropeçaram ao avaliar as informações adventistas, não seria de estranhar em outros com o mesmo calibre.

REPRESENTANDO BEM O PENSAMENTO CALVINISTA: Ezequiel Gomes, critica Augustus por dizer aquilo que eles, adventistas, não dizem. Mas por sua vez, Ezequiel Gomes nos dá uma demonstração exata de como se faz isso. Aos 9 minutos do vídeo 1, ele diz que no pensamento calvinista não é a fé em Cristo que salva, mas sim o decreto eterno, é a eleição incondicional. Daí ele em tom de descaso diz que pensamos sobre a fé e rendição a Cristo, como sendo apenas acessório sem tanta importância. Ok, como o Rev Nicodemus é um pastor presbiteriano, vamos ver o que a Igreja dele diz oficialmente a respeito da salvação e do decreto da salvação:

Catecismo Maior de Westminster: 13. Que decretou Deus especialmente com referência aos anjos e aos homens? Deus, por um decreto eterno e imutável, unicamente do seu amor e para patentear a sua gloriosa graça, que tinha de ser manifestada em tempo devido, elegeu alguns anjos para a glória, e, em Cristo, escolheu alguns homens para a vida eterna e os meios para consegui-la; e também, segundo o seu soberano poder e o conselho inescrutável da sua própria vontade (pela qual Ele concede, ou não, os seus favores conforme lhe apraz), deixou e predestinou os mais à desonra e à ira, que lhes serão infligidas por causa dos seus pecados, para patentear a glória da sua justiça. I Tim. 5:21; Ef. 2A0; II Tess. 2:13-14; 1 Pedro 1:2; Rom. 9:17-18, 21-22; Judas 4; Mat. 11:25-26.32. Como é manifestada a graça de Deus no segundo pacto? A graça de Deus é manifestada no segundo pacto em Ele livremente prover e oferecer aos pecadores um Mediador e a vida e a salvação por Ele; exigindo a fé como condição de interessá-los nEle, promete e dá o Espírito Santo a todos os seus eleitos, para neles operar essa fé, com todas as mais graças salvadoras, e para os habilitar a praticar toda a santa obediência, como evidência da sinceridade da sua fé e gratidão para com Deus e como o caminho que Deus lhes designou para a salvação. Gen. 3:15: Isa. 4:3-6; João 326, 6:27; Tito 2:5; 1 João 5:11-12; João 3:36, 1:2; Prov. 1:23; Luc. 11:13; 1 Cor. 12:3, 9; Gal. 5:22-23; Eze. 34:27; Tiago 2:18, 12; II Cor. 5:14-15; Ef. 2:10.

Desconheço a afirmação que é a eleição que salva. Fomos eleitos para a salvação, não que a eleição salva. Não foi a doutrina que morreu na cruz, mas a Pessoa do Redentor (At 4.12). Me parece que biblicamente a eleição é uma garantia a qual Deus fará que os eleitos por fim virão a Cristo (Jo 6.44). Talvez, alguém possa até usar tais termos, assim como quando se diz que “a fé salva”, é uma forma de dizer que é o meio, de receber a Cristo, assim como a eleição é a garantia de encontrá-lo, não que a fé em si mesmo teria poder de salvar.

MAIS CONFUSÃO: Ezequiel nesse mesmo minuto (9) diz que a “IASD é arminiana” e a IPB calvinista, daí mora o grande problema da palestra de Nicodemus. Penso que esse seria um problema arminiano, mas seria bom saber se os arminianos clássicos vêem a doutrina do Juízo de 1844, bem como o selo sabático escatológico, como algo que não comprometeria o arminianismo com as doutrinas adventistas a ponto de realmente serem acolhidos nessa escola doutrinária? Algo que não compete a mim. 

No entanto, a confusão nisso está no seguinte. O já mencionado livro Questões Sobre Doutrina, os autores desse livro dizem:

“A Igreja Adventista do Sétimo Dia não é calvinista nem totalmente arminiana em sua teologia” (pp 293,294).

Agora vai entender toda essa complexidade não é mesmo Ezequiel Gomes? Até mesmo o autor das notas estranhou essa afirmação. Mas cito aqui apenas para mostrar que não é tarefa tão fácil trabalhar o adventismo. Parece a Torre de Babel.


Na avaliação dos vídeos específicos vamos ver onde o Pr. Nicodemus, realmente falhou, ou foi também pego nessa dúbia teologia adventista, ou se a apologética de Ezequiel está levantando algum espantalho (Não estou com pressa, e nem farei essas postagens em sequencia). 

37 comentários:

  1. Muito bom, irmão! Pelejemos pela fé bíblica e lutemos contra os dissimulados. Um forte abraço!

    ResponderExcluir
  2. "Na avaliação dos vídeos específicos vamos ver onde o Pr. Nicodemus, realmente falhou, ou foi também pego nessa dúbia teologia adventista, ou se a apologética de Ezequiel está levantando algum espantalho (Não estou com pressa, e nem farei essas postagens em sequencia)."

    https://novamenteadventistas.blogspot.com.br/2017/07/resposta-adventismo-uma-analise.html

    Pois é, irmão Luciano, pelo que consta, não foi um erro ou dois, mas cada um dos pontos ensinado pelo irmão Nicodemus estão em desacordo com o claro ensino de nossas fontes primárias bem como de nossos pastores.

    Eu me preocupo muito e creio que qualquer cristão fiel deveria se preocupar, com a questão de se levantar calúnias sobre uma crença religiosa como se tem vistos nestas tais "palestras sobre as crenças de outra igreja".

    Não creio que Cristo, mas sim o Diabo é quem apoia este tipo de atitude. Agora, será que o irmão Luciano atuará como cristão mesmo e levantará os pontos onde o irmão Augustus Nicodemus se equivocou?

    O segundo ponto, que percebo, é que o irmão Augusto Nicodemus, assim como todos os demais (à exceção única e exclusiva do próprio irmão, Luciano) não alimenta nenhum tipo de intriga para com a questão da trindade em relação aos adventistas. E por que haveria, uma vez que isto procede da cabeça do irmão, não fazendo sentido para nenhum outro cristão senão ao próprio amigo?

    Creio que todo cristão deva agir com Ética e assumir a possibilidade de um palestrante estar tão somente equivocado ou mal informado, porém, o trato com estes irmãos tem nos mostrado que, ao invés de se corrigirem, têm tido a atitude de manterem e espalharem tais palestras com todas as inverdades e incorretudes, não se preocupando que os seus ouvintes haverão de continuar a aprender de forma errada, sobre os ensinamentos da religião tratada.

    Assim não vemos o mesmo cuidado ético por parte de tais palestrantes. Tenho percebido,também, certo grau de dolo na realização destas palestras, assim não creio que se trate exclusivamente de equívocos mas que propositalmente "palestrantes" andam ensinando errado as doutrinas da religião alheia de forma proposital.

    Fato é que não o irmão Augusto Nicodemus, mas a Igreja Adventista é a parte agredida/prejudicada. Não há argumento que justifique a negligência na pesquisa sobre as crenças de uma religião em pontos fundamentais onde o palestrante sabe que ali não pode errar, para não cometer a maldade de levantar uma falsa acusação contra os irmãos a quem se propõem afalar de suas crenças.

    E não se justifica no caso do irmão Augusto Nicodemus, bem instruído, que sabe bem como fazer corretamente uma pesquisa e acostumado ao trato com doutrinas por meio de pesquisa leitura e interpretação de livros.

    Uma simples pesquisa no Google ou no Youtube, traria dezenas de artigos e vídeos como estes que coloquei no link acima, explicando direitinho aquilo que a igreja crê. Não gastei mais do que 2 horas para trazer estes resultados e colocá-los em resposta ao vídeo de Nicodemus no mesmo dia em que o vídeo foi postado e replicado no youtube.

    Porém! Mais uma vez o que se percebe é que, alguns canais como o "Palavra Defesa da fé" e "Primeira Igreja Presbiteriana de Goiânia" tão somente adotam a modalidade de também desativarem os comentários neste vídeo, impedindo que sejam contraditos.

    Agora veja, uma palestra repleta de inverdades, sendo propagada pela internet, com supostos cristãos defensores da verdade aplaudindo de pé! Um palestrante que mais uma vez não se pronuncia nem esclarece os equívocos presentes em suas articulações. Comentários fechados para que todos os visitantes não tenham a possibilidade de conhecer de que há incorretudes no que foi explicado.

    É assim que Cristo ensinou a pregar a verdade?

    (..)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não sei que Deus é este que ensinou cristãos a combaterem a religião alheia com o uso da mentira.

      Há muito tempo, palestrantes e "apologistas" brasileiros, tem cometido estes erros e incorretudes, sempre se escondendo atrás da boa vontade dos que estão prejudicados por meio de ares de "ah eu estava enganado, que pena", "ah não tive tempo de pesquisar a fundo". Mas a atitudes destes não tem sido de preocupação em se corrigir e evitar que seu equívoco se propague!

      Pelo contrário, o que noto na apologética brasileira é que, mesmo percebendo os vários erros, irmãos ditos cristãos tem replicado estas palestras, sem nenhuma nota de correção/observação.

      Um cristão pode errar, mas creio que irmãos esclarecidos como Augustus Nicodemus que sabe a maneira correta de se estudar doutrinas de uma religião, não pode errar. E caso não tenha conhecimento suficiente, deveria adotar a prudência de não falar sobre algo que não estudou nem pesquisou a fundo!

      Assim discordo totalmente de seu posicionamento, irmão Luciano, o palestrante em questão não é a vítima da história, mas o algoz. As doutrinas da Igreja Adventista é que foram atacadas em sua palestra e não ele.

      Vemos então esta dissimulação do tipo: "me perdoe se acaso eu tiver dito um monte de incorretudes, sei como fazer uma pesquisa correta, sei também o quanto é importante se preocupar em não errar ao falar das crenças alheias e o quanto um cristão tem que procurar não cometer nenhuma injustiça para com outros irmãos, mas no caso do adventismo não tive tempo para fazer isto!"

      É porque os tais palestrantes não consideram os adventistas como irmãos, não é mesmo, mas uma seita e por isto acreditam que o mandamento que diz para não levantar falso testemunho contra o próximo abra uma exceção para aqueles a quem consideramos sectários.

      No caso de supostas seitas, podemos agir com mentiras para com suas doutrinas a fim de manter os irmãos afastados destas igrejas? A Bíblia bem como Jesus Cristo ensinam ou apoiam este tipo de atitude?

      Francamente, se ser cristão ortodoxo é agir desta maneira, assim como Paulo (Atos 24:14) é melhor ser considerado um grupo à parte/sectário, do que adotar uma modalidade de cristianismo onde você tem que espalhar mentiras sobre as crenças da religião alheia.

      Sr. Adventista.

      Excluir
  3. Vou deixar seu comentário para que outros leiam (não adianta eu pedir para vc nao comentar escondendo sua identidade, mas sua Petulância insistente não tem fim). Mas não vou responder, pois sei que nunca vc trata das provas que eu apreseto. E apenas dizer que estamos também preparando uma analise do que o Ivan Saraiva diz "Por que não sou calvinista" quando disse abusos totalmente desconectos com a confessionalidade reformada e vamos ver se seu discurso, sr Adventista, sempre prolixo e em defesa do Adventismo, Não é apenas bairrista.

    ResponderExcluir
  4. Quem quiser saber do Adventismo através da ótica de um PhD em teologia adventista, segue o link http://www.lifeassuranceministries.com/pdf%20files/6-18-17sttebook.pdf Depois da leitura, poste seus comentários.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bons preços ao final do mal-feito documento, irmão Teologia Simples. Em se tratando de ganhar dinheiro caluniando outras religiões, parece que o CACP agora tem um concorrente.

      Um abraço.

      Excluir
  5. Bom te ver novamente Sr. Adventista.
    Os Fariseus não aceitaram as verdades que Cristo expunha, não seremos nós quem faremos eles acreditarem...

    Parabéns Luciano, por não apagar as msgs do Sr. Adventista.

    Particularmente considero o Pr. Ezequiel inteligente mas polemico, tenho comigo um palpite de que a pessoa de pseudônimo "Carlos" era o Ezequiel, mas é só um palpite. O debate entre ele e o Pr. Elias Soares foi muito bom.

    É bom que toda essa polemica esteja acontecendo, creio que o Adventismo está incomodando o Rev. Augustus. Para ele sair da linha e criticar veementemente o Adventismo acredito que tenha ocorrido alguma coisa critica em sua igreja, é possível que seus fieis começaram a duvidar de suas doutrinas comentando muito sobre o adventismo.

    Vc pode não acreditar Luciano, mas as verdades não calam, quem é da verdade aceita-a.

    A Paz

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Creio ser esse um julgamento sem sentido, afinal ele em outro domingo falaria das Testemunhas de Jeová. Cabe então o mesmo julgamento..?
      Que as seitas incomodam, isso é verdade, e essa é a única verdade... ;)

      Excluir
    2. Vc sabe bem que seu ex-amigo Russell saiu da presbiteriana e adventista para fundar os TJs. De fortes indícios Maçônicos fundou os TJs. Mas como vc não gosta de dizer que ele já foi presbiteriano é melhor ataca-lo como sendo ex-adventista, parecendo assim melhor como integrante de seitas. Já que TJs e Adventistas se parecem em doutrinas, acredito que ainda continua plausível minha dedução sobre o Rev. Augustus falar sobre as duas "Seitas".

      Interessante que na mesma época que Deus levantou a Adventista para pregar sobre sua volta, Satanás levantou sua contrafação TJs, Mórmons, Espiritismo (Mesmerismo), Darwinismo (Teoria da Evolução) e Marxismo. Para confundir a cabeça dos incautos.

      Será que Satanás conseguiu confundir a cabeça de muitos? ;)

      Excluir
    3. Pronto... mais uma vez se metendo onde não sabe. C. T. Russel não saiu da presbiteriana para fundar as Testemunhas de Jeová. Ele saiu da presbiteriana e foi para congregacional, depois abandonou a fé. Daí se envolveu com uma ramificação do movimento adventista - por isso ele rejeitou doutrinas cristãs, como o tormento eterno, **a trindade** e passou marcar datas para a volta de Cristo. Ah, depois se afastou desses e iniciou os "Estudantes da Bíblia" que apenas na década de 1930 viera adotar nome "Testemunhas de Jeová".

      Onde é que eu ataquei Russel sendo ex-adventista? Poderia me dizer...

      Sim, Testemunhas de Jeová possuem algumas semelhanças, mas não justifica em nada sua síndrome de perseguição... mas se entendi, vc foi hilário: Nicodemus critica os ASDs pois eles incomodam... aí eu fala que ele tb vai falar dos TJs, então vc diz que por causa da semelhança com os ASDs, por isso ele vai criticar tb os TJs? Se foi isso que entendi...

      Por fim, quando Deus levantou, em seus meios permitindo que o diabo enganasse um batista de nome Miller, o falso movimento adventista, para cumprir Sua palavra sobre os falsos profetas, ao mesmo tempo outros falsos movimentos sugiram, dentre esses, vc mencionou alguns... engraçado que essa lista aí, vc mesmo incluiu o falso movimento da volta de Cristo... ;)

      Excluir
    4. Me divirto com vc meu amigo... rsss

      Foi o que eu disse: Seu ex-amigo Russel saiu da Presbiteriana e Adventista, só não disse a congregacional e incluí a Maçonaria que vc nem tocou no assunto.

      Não fui hilário, fui irônico, está confundindo como sempre o discernimento do assunto...

      Miller cumpriu uma profecia do próprio Deus: Apocalipse 10:10-11.
      "E tomei o livrinho da mão do anjo, e comi-o; e na minha boca era doce como mel; e, havendo-o comido, o meu ventre ficou amargo.
      E ele disse-me: Importa que profetizes outra vez a muitos povos, e nações, e línguas e reis."

      Deus mandou Ezequiel comer o rolo (Sagradas Escrituras) para falar ao povo de Israel as Lamentações, Suspiros e Ais em Ez 2:8 e 3:1-4.

      Comer o livrinho é uma simbologia para estudar o livro de Daniel e avizar o povo de Deus, justamente o que Miller fez, ele estudou muito o livrinho (Comeu o rolo) e falou aos Cristãos. O livrinho é o Livro de Daniel que Deus mandou selar para o tempo do fim depois dos 1290 dias/anos Daniel 12:9-11. Os cálculos dele estavam certos (doce na boca), o erro (amargo no ventre) era acreditar na volta de Cristo sendo que era a entrada no Santo dos Santos, cumprindo justamente o que é dito em Ap 10:10-11.
      A Adventista está cumprindo o que é dito no verso 11 "Importa que PROFETIZES outra vez a muitos povos, e nações, e línguas e reis." Ellen White a profeta do Senhor.

      Vc sabe que para falsificar uma nota de moeda corrente é necessário que exista uma original para surgir outras falsas como por exemplo uma nota de 2 reais pode ser falsificada pois existe a verdadeira, mas não é possível falsificar uma nota de 3 reais pois não existe uma verdadeira.


      Portanto concluo que a Adventista é a igreja verdadeira de Deus por ter as doutrinas verdadeiras e as outras são falsas por terem doutrinas falsas... ;)

      Excluir
    5. Continua repetindo a informação errada.. ele não saiu da Presbiteriana para fundar nada... ele deixou a comunhão com seguimentos adventistas, para iniciar o seu... ele não pertencia a nenhuma igreja adventista (muito menos do sétimo dia)... Quanto a Russel ter sido maçônico, talvez hoje não podemos dizer muito disso das Testemunhas de Jeová. Seu inicio pode ter havido algumas expressões que demontram uma linguagem maçônica, mas não há presente na Torre de Vigia hoje algo nessa direção... ACHO...

      Hilário.. piadista... Miler cumpriu a profecia bíblica... essa interpretação de vcs em torno de Miller é de uma hermeneutica tosca, ridícula, bairrista, infantil, de alegoria própria, um estupro bíblico quase cabalístico (imbecil na verdade, tal interpretação de Ellen White... mas ela era meio louca mesmo)...

      Se Miller cumpriu alguma profecia, foi as que nos advertiam que nos últimos dias haveria falsos profetas... ;)

      Sua conclusão: "Portanto concluo que a Adventista é a igreja verdadeira de Deus por ter as doutrinas verdadeiras e as outras são falsas por terem doutrinas falsas... ;)" Já viu galinha mastigando chiclete?

      Excluir
    6. kkkkkkkk, é um prazer conversar contigo tb...
      Vc não entende, mas o bom é que permite que outras pessoas entendam as verdades...

      Vindo de vc este julgamento infundado é compreensível...

      Mateus 23:37
      "Jerusalém, Jerusalém, que matas os profetas, e apedrejas os que te são enviados! quantas vezes quis eu ajuntar os teus filhos, como a galinha ajunta os seus pintos debaixo das asas, e tu não quiseste!"

      A Paz ;)

      Excluir
  6. Adventistas são fanáticos mesmo. Satanás carcomeu suas mentes, reduzindo-os a zumbis. Por mais que refutemos, venhamos a expor os erros, eles "zumbilmente"(neologismo) continuam na vida vegetativa do mantra: "Ellen White é a deusa e a igreja adventista, a remanescente."

    Qualquer semelhança com o islamismo não é mera coincidência....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Feliz Sábado o quarto mandamento e passível de culpa de pecado conforme 1 João 2:4.

      Pegou o bonde andando querido Irmão, não vi nenhum argumento plausível, muito menos refutação, apenas gracejos.

      Sem Argumento Plausível, não existe crédito em suas palavras...

      Contra a verdade não há Argumentos.

      Excluir
  7. Sou adventista e não sou fanática. Fico impressionada com o tempo que se desperdiça em discussões enquanto o mundo está cheio de pessoas precisando conhecer Jesus.Vocês deveriam estar pregando o Evangelho.
    Já assisti muitas pregações do Augustus Nicodemos mas ao vê-lo usando tempo e meio de comunicação para criticar outras Igrejas, perdi completamente a confiança. Ele não expõe estudo de forma neutra. Ele ironiza. Um cristão verdadeiro usa seu tempo para falar do amor de Jesus. É disso que o mundo precisa e não fe uma batalha de egos de quem se diz cristão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que interessante. .. É isso que o Adventismo faz.

      Excluir
  8. Se os Adventistas nos consideram "irmãos" porque não convidam --os protestantes-- para pregar nas suas reuniões? Não somos todos irmãos? Porque "intra-muros" chamam as denominações cristãs de 'filhas de Babilônia' e depois, dissimuladamente vem fingir um companheirismo que só serve aos seus propósitos proselitistas?

    Porque William Miller e seguidores entre os quais estavam James e Ellen White, desconsideraram e tiveram como sem importância as claras afirmações do Senhor Jesus que disse "que daquele dia e hora NINGUÉM SABE?"

    Como é que o Espírito Santo iria levantar e apoiar um movimento que estava descaradamente desobedecendo a sua Palavra?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por que segundo a Papisa... Eles ofereciam uma explicação plausível para essa passagem. .. ;)

      Excluir
    2. Feliz Sábado Paulo Cadi!

      Simples querido Irmão.

      Somos irmãos por sermos todos descendentes de Adão e Eva.
      Filhos de Deus ou do Diabo, não está a nosso alcance limitado de seres humanos para julgar. Não exite dissimulação, apenas uma má compreensão sua, como sempre.

      Vcs podem até estarem buscando Jesus como Salvador, mas suas doutrinas são enganosas.

      Respeito a cresça de cada pessoa, mas particularmente não posso consentir com o erro, muito menos ser cúmplice.

      Da mesma forma a Adventista não aceitaria ser pregado doutrinas enganosas nos púlpitos (Apesar dos conflitos que existem, as doutrinas verdadeiras são prevalecentes).

      Filhas de Babilônia significa que compartilham das doutrinas enganosas de Babilônia (inferno, alma imortal, domingo, etc... já provadas falsas).

      Querido Luciano! Ellen White não diz "Plausível" isto é uma palavra que é denotada pelo mundo acadêmico e em debates que vc provavelmente se acostumou comigo sempre dizendo e que significa Argumentação RACIONAL. ;)

      Romanos 12:1
      "Rogo-vos, pois, irmãos, pela compaixão de Deus, que apresenteis os vossos corpos em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto RACIONAL."

      A paz

      Excluir
    3. James e Ellen White estavam CRENDO na palavra de nosso Senhor ao seguirem e apoiarem a cúpula do Movimento Milerita com, Miller, Snow e vários outros quando marcaram TRÊS VEZES a data da vinda do Senhor. Erraram na primeira vez, erraram na segunda e erraram na terceira!!!

      Não lhe parece estranho?

      Você acha isto normal?

      Então, Deus vai ter de pedir desculpas para Adão e Eva por tê-los expulsado do Jardim.

      Deus disse: 'Morrereis'

      O diabo disse: 'não' morrereis.'

      Ele acrescentou somente 'uma' palavra àquilo que Deus tinha falado e, Adão e Eva DESCRERAM na Palavra do Senhor e, daí, veio essa desgraça toda sobre a humanidade.

      Agora, vem um cidadão e com o apoio de seus seguidores LANÇA DESCRÉDITO sobre a palavra do Senhor que afirmou a IMPOSSIBILIDADE de alguém saber o dia e a hora de sua vinda e, descaradamente afronta o Senhor Jesus e faz exatamente o contrário.

      Se Deus não poupou Adão, o que será daqueles que continuam a promover a fake cronologia 'profética' daqueles que em vez de se arrependerem --como fez William Miller-- procuraram 'remendar' o êrro dele?

      Excluir
    4. James, Ellen White e outros que seriam os fundadores da IASD estavam se alimentando dos frutos podres da árvore da doutrina de Miller.

      Aquilo era um falso avivamento. Os seguidores de Miller na verdade estavam com medo porque acreditavam saber o dia , o mês e o ano da vinda do Senhor. Por isso aquela correria toda.

      E o que eles receberam? Um rotundo e sonoro NÃO da Palavra de Deus à qual eles estavam TRANSGREDINDO. Eles estavam TRANSGREDINDO o mandamento que proíbe a ADIVINHAÇÃO, ou seja, querer saber algo que Deus não revelou e nem irá revelar.

      É um mistério completo e, ele vem de súbito, como ladrão.


      A Igreja teve muitos avivamentos ao longo de sua trajetória e com certeza o Movimento Milerita não foi um deles.

      O Movimento Milerita não foi um genuíno avivamento evangélico mas uma contrafação, um embuste do diabo para confundir o povo e afastá-lo da Palavra. Não estava produzindo os bons frutos do Evangelho mas dando origem a HERESIA do Juízo Investigativo além de outras que vieram no rastro.

      Excluir
    5. Feliz Sábado!

      Vc disse:
      "Não lhe parece estranho?
      Você acha isto normal?"

      Da mesma forma que Jesus profetizou Pedro negando 3 vezes, o erro de Miller tb foi profetizado em Ap 10:10-11.

      Concordo que foi um erro de Miller, da mesma forma o foi de Pedro que se arrependeu, Miller tb se arrependeu, apenas desistiu de prosseguir, mas Deus se revelou a Hiram Edson que não passou adiante a mensagem, a mesma visão foi dada a Ellen White que prosseguiu o ministério Profético, cumprindo as escrituras em Ap 10:11. Podiamos estar falando do Profeta Hiram Edson, mas ele recusou o dom profético no momento que ficou com medo de divulgar as verdades que Deus lhe revelara e era uma pessoa culta, Deus acabou passando o dom profético a uma pessoa desprovida de sabedoria para mostrar seu poder, mesmo assim existem pessoas como vc que não querem acreditar, digo que não quer porque é mais comodo tacar pedra nela do que estudar Racionalmente, profundamente e aceitar as verdades que Deus nos revela. Particularmente eu prefiro uma verdade doida do que uma mentira que esconde minha pecaminosidade. Quem gosta de se esconder atras de mentiras serão postos todos os segredos diante do TRIBUNAL DE DEUS.

      Realmente Cristo diz não saber nem o dia, nem a hora de sua volta, mas todo ser humano é pecador e passível a erros, portanto Miller errou, mas Deus já sabia deste erro e acredito que era para peneirar os verdadeiros Cristãos, os que creram na mensagem de Miller continuaram prosseguindo para saber sobre a verdade dos 1290 anos proféticos, até que Deus se fez presente (acredito que por causa da sinceridade dos santos, que muitos julgam serem errados, mas é comodo criticar, difícil é procurar a verdade e Deus se agrada de quem procura as verdades) através do dom Profético. Deus é um Deus de ordem e racional, quer que o procuremos em Espirito e em VERDADE. Vc se contenta com pouco, basta dizer que a Adventista é Seita que vc e muitos outros já acreditam, isso é Fé cega, Fideísmo, Irracionalidade, é mais comodo continuar no erro já que acostumou, difícil é aceitar as verdades ditas, doí muito saber de certas verdades, mas a verdade edifica a pessoa para a santificação. Deus coloca a prova os que ele ama para purificar-nos em santidade Hebreus 12:6.

      Quem fica dormindo sem procurar as verdades (Espirito Santo) acabará ficando sem o azeite (Espirito Santo da Parábola das 10 virgens).

      Sobre o Juízo Investigativo não vou dizer nada, vc prefere criticar afirmando sem ser plausível, isto é um erro monstruoso para qualquer pessoa Racional, querer julgar errado, algo que nem sabe explicar, apenas arruma desculpas para não acreditar.

      Excluir
  9. De fato, as 'explicacões' suplantaram a autoridade da Palavra.

    E agora, caro irmão Luciano, qual é a moral que os Adventistas e Testemunhas de Enjoar tem para citar as passagens que claramente afirmam que 'o Dia do Senhor vem como ladrão?'

    Eles já queimaram o cartucho!

    Assim eles pensam: 'Tanto faz o que Jesus, os Profetas e os Apóstolos falaram.'

    'Que se dane a Bíblia...eu vou marcar a data e pronto.'

    É assim mesmo que esses cidadãos pensam. Pode citar as escrituras que eles começam a esbravejar como se estivessem sendo ofendidos.

    ResponderExcluir
  10. Mesmo que fosse provado pelas Escrituras do Novo Testamento a obrigatoriedade da observância do Sábado judaico pelos crentes gentios, o 'trunfo' não iria para os Adventistas do Sétimo Dia mas sim para os Batistas do Sétimo Dia.

    Os Adventistas de cara já estariam descartados por causa de sua --estranha às Escrituras-- doutrina do Juízo Investigativo.

    Cristo não é meu Juiz mas sim meu ADVOGADO perante o Pai. Nem é Juiz e Advogado AO MESMO TEMPO, como ensina a doutrina do Juízo Investigativo, o que é uma CONTRADIÇÃO em si mesma.

    ResponderExcluir
  11. Bom dia. Ap 10.11 diz: "Então me disseram: importa que profetizes outra vez a muitos povos, e nações, e línguas, e reis." ...importa que profetizes ... O que? João ainda precisava revelar o conteúdo do 'Pequeno rolo', ou seja, o restante do apocalipse onde há tantas coisas espantosas ou belas, mas todas mensagens urgentes. Ele havia cumprido fielmente o seu dever até esse ponto. Mais ainda havia a ser feito: o conteúdo do 'Pequeno Rolo' tinha de ser claramente exposto perante todos os homens. João não repousou sobre as suas realizações passadas, mas atirou-se ao resto de sua missão com toda a confiança. E isso certamente é uma lição para todos nós. Não basta ‘começar bem’ e nem sempre um bom começo é a metade da tarefa, conforme se diz

    ResponderExcluir
  12. Boa tarde. O debate expande o escopo do nosso conhecimento e aprimora a investigação, portanto não deve ser receado nem evitado. Mas o amor é a própria essência e a prova da espiritualidade (I João 4.7,8, 12, 16) e deve governar todas as nossas atividades. O conhecimento e o amor são as duas grandes colunas da espiritualidade. Mas "se eu conhecesse todos os mistérios e toda a ciência ... e não tivesse amor, nada seria". (1 Cor 13.2). Na minha juventude lembro de ter ido a convite de amigos a um culto a noite na IASD. Um coral estava entoando um louvor tão espiritual que senti de imediato a presença de Deus no meu espírito. Interessante também, foi que nesta mesma época, eu e um grupo de irmãos da Assembléia de Deus pela manhã, iriamos a praia jogar futebol. Bem próximo onde eu estava a espera deles, existe uma igreja presbiteriana. Era, acho que escola dominical e eu ouvi o louvor da congregação inteira que chegou aos meus ouvidos. Foi instantâneo a presença de Deus. Fui impulsionado e atraido a chegar ao local. Apesar do convite do porteiro, só não fiquei devido aos meus trajes de banho. Essa atitude acolhedora é criada em nosso espírito humano através da fé, e é a reação favorável da alma para com os impulsos do Espírito Santo, não sendo uma mera propriedade intelectual. Os louvores estavam revestido do poder do Espírito Santo. Para mim tudo se revestiu de um sentido místico, divino, e não legalista ou cerimonial, porquanto nela é que se fala sobre o contato entre a alma humana e o Espírito de Deus. Eis a razão pela qual devemos buscar ao Espírito Santo, bem como a concretização de sua obra no íntimo. E nisso passamos a compartilhar da natureza de Cristo, pois ele é o alvo mesmo de toda a existência.

    ResponderExcluir
  13. Sr Luciano eu acho que voçe deveria ficar preocupado com a sua igreja não com a Igreja Adventista - a Igreja Presbiteriana de Pinheiros fechou por falta de membros e alguns se tornaram Adventistas nos EUA a Presbiteriana aderiu ao casamento Gay e mais de 300 mil presbiterianos abandonaram a Igreja Presbiteriana e mais a IPB do Brasil ja esta estudando aderir o casamento Gay - agora a Igreja Adventista batiza 2000 pessoas por semana é logico ninguem chuta cachorro morto né - dos Mormons Congregação Cultos Afros Seicho No Ye Espiritismo Assembleia Batistas Universsal Mundial ninguem comente e nem ataca sabe porque porque a IASD esta progredindo o que prova que Deus esta abençoando esta Igreja - então cuida da sua igreja porque ela esta muito mal - Newton Ebenezer

    ResponderExcluir
  14. O sr. Newton Ebenezer aí acima fez uso de um argumento chamado de 'Falsa Premissa.'

    Ele parte do seguinte:

    1.A Igreja Presbiteriana dos USA celebra casamento gay. Membros abandonam igrejas.

    2. Se tornaram Adventistas do Sétimo Dia.

    3.conclui por isso que a Igreja Adventista é a verdadeira.

    Isso não passa de pura falácia.


    Agora eu vou montar o meu argumento sobre VERDADEIRAS PREMISSAS.


    1. Jesus disse que ninguém sabe o dia e a hora de sua vinda, MT.24:36, e que NÃO É DA SUA CONTA SABER OS TEMPOS E AS ÉPOCAS QUE MEU PAI ESTABELECEU, PREDESTINOU pela sua soberana vontade, Atos 1:6-7.

    2. William Miller marcou TRÊS VEZES a data para o retorno de Cristo e Cristo não veio.

    3. Conclusão, Miller fez o papel de falso profeta TRÊS VEZES, e portanto, o movimento
    criado por ele não passou de uma falsa luz, um falso aviso que fez com que muitas pessoas se tornassem incrédulas na Palavra.

    Era essa a vontade de Deus, trazer a sua Palavra à cumprimento às custas da perdição de milhares de pessoas?

    ResponderExcluir
  15. Ellen White disse,

    'Foi me mostrado que o gráfico de 1843 --Wm. Miller-- foi dirigido pela mão do Senhor e que não deveria ser alterado e que, as figuras estavam dispostas como ele quis.' Early Writings p.64 Ed.1882.

    Primeira Visão 12/1844 : 'Foi da mesma forma impossível --para aqueles que desistiram do movimento de 1844-- encontrar novamente o caminho que levava à cidade, como todo o mundo ímpio que Deus havia rejeitado. Eles caíram ao longo de todo o caminho, um após o outro' (...) até que nós ouvimos a voz de Deus como a voz de muitas águas, A QUAL NOS ANUNCIOU O DIA E A HORA DA VINDA DE JESUS . Os santos vivos EM NÚMERO DE 144.000, conheceram e compreenderam a voz, enquanto que os ímpios pensavam que era um trovão e um terremoto. QUANDO DEUS FALOU A HORA, ele derramou sobre nós o Espírito Santo e, nossas faces começaram a brilhar e resplandecer com a glória de Deus como Moisés quando desceu do Monte Sinai. -Uma Palavra ao Pequeno Rebanho, Ed.1847 p.14.

    Ellen White esqueceu-se da hora proclamada: 'Eu não tenho o mais leve conhecimento quanto ao tempo falado pela voz de Deus. EU OUVI A HORA PROCLAMADA MAS NÃO TINHA LEMBRANÇA DAQUELA HORA DEPOIS QUE EU SAI DA VISÃO.' Mensagens Seletas1 p.298 Ed.1889.


    Jamais o cristão sincero irá acreditar que foi o Espírito Santo estava por detrás das afirmações dessa mulher.

    O Espírito Santo é o único Autor da Bíblia. A Bíblia não tem 40 autores como muitos afirmam, senão as Escrituras não passariam de manufatura humana, produzidas pela mente de homens pecadores.

    Os Profetas e Apóstolos foram apenas vasos que Deus resolveu usar. Nada eram além disso. Falavam apenas o que Deus ordenava.

    Além de White estar completamente fora da Escritura,


    '11 A mulher aprenda em silêncio, com toda a sujeição.
    12 Não permito, porém, que a mulher ensine, nem use de autoridade sobre o marido, mas que esteja em silêncio.
    13 Porque primeiro foi formado Adão, depois Eva.
    14 E Adão não foi enganado, mas a mulher, sendo enganada, caiu em transgressão.
    15 Salvar-se-á, porém, dando à luz filhos, se permanecer com modéstia na fé, no amor e na santificação.'

    1 Timóteo 2:11-15.


    '34 As vossas mulheres estejam caladas nas igrejas; porque não lhes é permitido falar; mas estejam sujeitas, como também ordena a lei.
    35 E, se querem aprender alguma coisa, interroguem em casa a seus próprios maridos; porque é vergonhoso que as mulheres falem na igreja.
    36 Porventura saiu dentre vós a palavra de Deus? Ou veio ela somente para vós?' 1 Coríntios 14:34-36.

    Notem bem que o Apóstolo Paulo era o Espírito Santo ensinando a Igreja. Para os espirituais não precisa de explicação.


    Além do mais, ela contradiz o Senhor Jesus que disse,



    '23 Então, se alguém vos disser: Eis que o Cristo está aqui, ou ali, não lhe deis crédito.' Mt.24:23


    '36 Mas daquele dia e hora ninguém sabe, nem os anjos do céu, mas unicamente meu Pai.
    37 E, como foi nos dias de Noé, assim será também a vinda do Filho do homem.' MT.24:36-37


    ,42 Vigiai, pois, porque não sabeis a que hora há de vir o vosso Senhor.
    43 Mas considerai isto: se o pai de família soubesse a que vigília da noite havia de vir o ladrão, vigiaria e não deixaria minar a sua casa.
    44 Por isso, estai vós apercebidos também; porque o Filho do homem há de vir à hora em que não penseis.' MT.24:42-44.

    Entre a sexta e sétima pragas o Senhor avisa,

    '14 Porque são espíritos de demônios, que fazem prodígios; os quais vão ao encontro dos reis da terra e de todo o mundo, para os congregar para a batalha, naquele grande dia do Deus Todo-Poderoso.
    15 Eis que venho como ladrão. Bem-aventurado aquele que vigia, e guarda as suas roupas, para que não ande nu, e não se vejam as suas vergonhas.
    16 E os congregaram no lugar que em hebreu se chama Armagedom.' Ap.16:14-16.

    Agora, os Adventistas querem que nós estejamos errados e eles certos!!!!!

    Realmente não são pessoas sinceras nem com Deus e nem com sua Palavra que são um.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. À qual mulher Deus revelou doutrina tanto no Antigo como no Novo Testamento? Cite uma.

      Qual a mulher que exerceu o Sacerdócio Levítico? Cite uma.

      Qual a mulher que escreveu algum livro da Bíblia? Cite uma.

      Qual mulher foi profeta maior como Enoque, Abraão, Moisés, Josué, Isaías, Jeremias, etc...Cite uma.

      Em Efésios 4:11 onde estão os 5 dons ministeriais que vem do Senhor para o aperfeiçoamento do corpo de Cristo e que são Apóstolos, Profetas (não profetisas) Evangelistas, Pastores e Mestres, onde estão as Apóstalas, Profetisas, Evangelistas, Pastoras e Mestras? Cite uma.


      As mulheres profetisas do Antigo Testamento não chegam à 5 e exerceram papéis secundários e limitados pelo Espírito e o ministério que tiveram nem de longe se compara ao dos grandes profetas da Bíblia. Nunca assumiram nenhum púlpito e não receberam revelações doutrinárias, ao contrário de White que recebeu mais de 2000 visões -- muito mais do que o Apóstolo João!!! Quem sabe Deus tivesse mais coisas que dizer para ela-- e é considerada pelos ASD como profeta no mesmo patamar dos grandes profetas da Bíblia.

      Efésios 4:11 acaba com essa festa de profetas maiores na era Apostólica.












      Excluir
    2. O que sabemos, irmão Paulo Cadi, é que alguma coisa causou extrema insatisfação no irmão Nicodemus, além de outros irmãos calvinistas.

      Um abraço.

      Excluir
  16. Você não está vendo que Ellen White está contradizendo nosso Senhor Jesus?

    Não comparou as declarações dela com as Escrituras?

    Não leu os mandamentos que o Espírito Santo ordenou à Sua Igreja concernente a proibição de mulheres exercerem autoridade sobre os homens nas reuniões e o motivo?

    Você é um incrédulo, um religioso que não crê nas palavras do Senhor Jesus.


    '34 As vossas mulheres estejam caladas nas igrejas; porque não lhes é permitido falar; mas estejam sujeitas, como também ordena a lei. (Porque no sacerdócio Levítico não era permitido sacerdotisas como nós templos dos pagãos)
    35 E, se querem aprender alguma coisa, interroguem em casa a seus próprios maridos; porque é vergonhoso que as mulheres falem na igreja.
    36 Porventura saiu dentre vós a palavra de Deus? Ou veio ela somente para vós?
    37 SE ALGUÉM CUIDA SER PROFETA OU ESPIRITUAL, RECONHEÇA que as coisas que vos escrevo são MANDAMENTOS DO SENHOR.
    38 Mas, se alguém ignora isto, que seja ignorado.' 1Coríntios 14.

    Então, vocês não são considerados espirituais pelo Apóstolo dos gentios e nem Ellen White profeta , verso 37, porque ela fez pouco caso dos MANDAMENTOS DO SENHOR.

    Cara, você não tem argumento nenhum. Sua visão das Escrituras é distorcida pelas lentes de White e também pelo seu fanatismo.


    ResponderExcluir
  17. '34 As vossas mulheres estejam caladas nas igrejas; porque não lhes é permitido falar; mas estejam sujeitas, como também ordena a lei. (Porque no sacerdócio Levítico não era permitido sacerdotisas como nós templos dos pagãos)
    35 E, se querem aprender alguma coisa, interroguem em casa a seus próprios maridos; porque é vergonhoso que as mulheres falem na igreja.
    36 Porventura saiu dentre vós a PALAVRA DE DEUS? Ou veio ela somente para vós?
    37 SE ALGUÉM CUIDA SER PROFETA OU ESPIRITUAL, RECONHEÇA que as coisas que vos escrevo são MANDAMENTOS DO SENHOR.
    38 Mas, se alguém ignora isto, que seja ignorado.' 1Coríntios 14.

    No verso 36 o Apóstolo Paulo está afirmando que o que ele está ordenando (pondo a Igreja em ordem) é PALAVRA DE DEUS que no grego é 'logos theos'.

    Está Palavra é o logos é o logos é Cristo.

    No verso 37 ele diz RECONHEÇA do grego 'epignosko' ou seja, torne-se familiarizado através da prática do que está sendo dito.

    Ellen White não obedeceu a Palavra do Deus, verso 36, portanto, era outro espírito que à estava conduzindo e não o Espírito Santo que deu os mandamentos aí acima.

    ResponderExcluir
  18. Correção: No comentário de 31/07/2017 15:27 eu escrevi 'falsa premissa' em lugar ler 'falso silogismo.'

    Na Review and Herald, October, 4, 1928, disseram,

    'Assim como Samuel foi um profeta à Israel em seus dias, Jeremias um profeta para Israel nos dias do cativeiro, João Batista um mensageiro especial do Senhor para preparar o Seu caminho, da mesma forma nós cremos que a senhora White foi um profeta (nota: no original eles usaram o termo masculino profeta para Ellen White e não o termo profetisa que seria o correto) para a igreja de Cristo nos dias atuais.

    E assim como as mensagens dos profetas foram recebidas nos tempos passados, da mesma forma suas mensagens deveriam ser recebidas nos dias de hoje.'

    Que um Adventista mostre onde se encontra uma aberração desta na Nova Aliança.

    Aliás, Deus revelou doutrina na Antiga Aliança somente para Moisés. Foi a lei.

    Muitas pessoas não se apercebem disso. Os demais profetas ainda que tiveram grandes ministérios com profecias, visões e revelações, não foram usados para estabelecer doutrina. Esse é um dos motivos da grandeza de Moisés e porque ele é um tipo de Cristo como legislador.

    Na Nova Aliança o Espírito estabeleceu PRIMEIRO APÓSTOLOS e somente à eles foi dada a revelação da Palavra.

    Não existem profetas maiores na Igreja mas sim os profetas do Novo Testamento que cooperavam com os apóstolos no ministério da Palavra.

    Ainda que Deus tenha exaltado as mulheres muito mais do que os homens na pessoa de Maria, elas não tem participação e não foram chamadas para ensinar a Palavra e muito menos receber revelações no que concerne à doutrina.

    ResponderExcluir
  19. O trecho de Atos 21.9 mostra que o evangelista Filipe tinha quatro filhas que profetizavam. Elas, de alguma maneira exerciam o dom da profecia. Difícil era precisar até que ponto elas exerciam o seu dom nas igrejas, pois Paulo tinha proibido que as mulheres falassem na igreja. Em uma sinagoga judaica seria considerado como uma suprema desgraça uma mulher tomar parte ativa no culto de adoração, falando ou mesmo orando em voz alta. Não era permitido que as mulheres estudassem a lei de Moisés no judaísmo. A posição da mulher no judaísmo, era muito inferior a do homem, pois alguns rabinos chegavam ao extremo de pensar que as mulheres não tinham alma. Sabendo de tais ideias, não é difícil compreender por qual razão as mulheres não tinham permissão de tomar parte ativa nos cultos religiosos dos judeus. apesar das limitações da atividade feminina na igreja, conforme as ordens expressas do novo pacto, a mulher não fica em desvantagem em relação ao homem, pois elas também esperam a completa transformação, ética e metafísica, na imagem de Cristo como está em Gálatas 3.28 que declara que, em Cristo, não há nem homem e nem mulher, mas são todos iguais.

    ResponderExcluir