sábado, 15 de fevereiro de 2014

Antony Hoekema e o fim dos Dons

Por que não encontramos mais os dons do Espírito Santo, segundo o modelo Bíblico

O Cessacionismo não é uma opção, é a única resposta!



55 comentários:

  1. gostaria de saber qual o versiculo da biblia que fala sobre a cessacao dos dons espirituais

    ResponderExcluir
  2. Irmão, os argumentos bíblicos são apresentados no link do livro acima.

    ResponderExcluir
  3. paz irmao luciano e estranho porque vcs presbiterianos ficam citando fontes historicas ,opinioes gostaria de deixar um texto biblico aos irmao ok vamos la at.2; porque a promessa vos diz respeito a vos a vossos filhos e a todos os que estao de longe e a tantos quantos Deus senhor chamar .mc 16;17 falaram novas linguas. e para finalizar paulo fala em 1 co 14;2 que as linguas ninguem entendem. gostaria que o irmao luciano me respondese com biblia nao e nao com historia de hereges do passado e volto a refletir me mostre na biblia um versiculo que diz que os dons so foram para a igreja apostolica estou no aguardo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. I CORÍNTIOS 14
      20 Irmãos, não sejais meninos no entendimento, mas sede meninos na malícia, e adultos no entendimento.
      21 Está escrito na lei: Por gente de outras línguas, e por outros lábios, falarei a este povo; e ainda assim me não ouvirão, diz o Senhor.
      22 De sorte que as línguas são um sinal, não para os fiéis, mas para os infiéis; e a profecia não é sinal para os infiéis, mas para os fiéis.

      veja o irmão que linguas são para os infiéis e não para os fiéis.
      A pergunta é quem são os infiéis a que Paulo está se referindo??.
      Não são os judeus, que ele estava combatendo, e que se opunha ao Evangelho da Graça.

      Excluir
  4. Irmão Odair, saudações em Cristo... por onde andam os dons?
    Atos 2 - de onde nasce o termo pentecostal, não são linguas estranhas. Em I Co eram linguas estranhas, não de outro planeta, mas de outras terras... onde andam as interpretações? De três no máximo... quem cura de forma instantânea?
    Só não vejo o modelo bíblico aí.

    ResponderExcluir
  5. Estimado Luciano
    Sejamos Cheios do Espirito Santo!
    Não podemos negar, de forma alguma que, João Calvino foi uma benção para a vida da Igreja. E podemos destacar uma parte do livro: A doutrina do Espirito Santo publicado pela livraria Pendão Real e de autoria do Rev. Antonio de Godoy Sobrinho 2a. edição, que relataos seguintes dizeres: "...Se ao menos pudéssemos levar mais a sério o comentário que Calvino fez do Evangelho de João 1.13, teríamos visto, já por parte do reformador , uma sensível abertura para o desarmanento dos nossos espíritos ante o atual movimento carismático. Eis suas palavras: "...a fé procede da regeneração " a qual, por sua vez, se faz seguir da " novidade de vida e de outros dons do Espirito Santo ". Dentre outros comentários é falado sobre a negligência da teologia da Idade Média, quando não levou em conta o testemunho do período patrístico. Carmelo granado, por exemplo devotou-se a estudar sobre o Espirito Santo na teologia patrística e ele cita os exemplos de Justino, Irineu, Tertuliano,Novaciano, Orígenes, Cirilo de Jerusalém, Hilário de Poitiers, Ambrósio de Milão, os quais confirmaram, na sua época, a contemporaneidade de todos os dons do Novo Testamento. Inclusive um dos pais da Igreja , Irineu, foi claro em dizer que todos os carísmas procedem de Deus e que, portanto,sejam eles do Antigo ou do Novo Testamento, têm a mesma origem, e que rechaçar os dons que Deus concede seria pecar contra o Espirito Santo.
    Calvino ensinava que os dons não estariam em operação, por causa dos instrumentos despreparados para, que o Espirito Santo pudesse manifestá-los, através de seus vasos.
    Cremos que Deus nestes últimos dias queira manifestar os dons do Espirito Santo, para Glória de Deus e propagação do Evangelho. Creio que devemos nos aprofundar nas Santas Escrituras; nos seminários , para uma compreensão clara a respeito dos dons em si e como eles se manifestam e nos humilharmos , orarmos com conversão de nossosmaus caminhos, oara que Deus tenha liberdade de manifestar-se como Ele quer e em quem Ele quiser, para Glória do Nome precioso do Senhor Jesus,
    Em Cristo
    Wilton

    ResponderExcluir
  6. obrigado irmao luciano por me responder e pela sua gentileza sou um amante da teologia pentecostal e tenho aprendido muito com o mca principalmente assuntos sobre a seita ad. setimo dia o senhoir nao tem nocao como seu site tem revolucionado as pessoas e tem aberto a mente de muitos ok. concernente sobres os dons gostaria de dizer existe muita meninice no movimento pentecostal sim, mas sou dum ministerio pentecostal serissimo e temos visto os dons no nosso meio acontecer pois nao existe um versiculo no nt que abone os dons, pois eles nao ficaram restrito a era apostolica volto a refletir temos base biblica at.2;39 mc 16;17 e temos tambem experiencias vividas nestes dias atuais

    ResponderExcluir
  7. paulo fala em 1 co 14;2 porque o que fala lingua estranha nao fala aos homens senao a deus porque ninguem o entende e em espirito fala de misterios ......... pergunta o que paulo queria dizer porque ninguem entende? e em espirito fala em misterios?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. I CORÍNTIOS 14:
      6 E agora, irmãos, se eu for ter convosco falando em línguas, que vos aproveitaria, se não vos falasse ou por meio da revelação, ou da ciência, ou da profecia, ou da doutrina?

      Paulo está fazendo uma critica e não estimulando a falar em linguas.

      Ora se eu ouvir alguém falando em outro idioma que desconheço isso sera um mistério. visto que não entendo tal idioma...(simples assim como ele diz, como posso dizer amém.?)

      Excluir
  8. Irmão Odair, geralmente quando toco nesse assunto aqui no blog, é que ouvimos algum exagero... David Miranda, por exemplo.
    Não quero causar polêmica, mais do que temos... já até defendi os pentecostais aqui diante de calvinistas.http://mcapologetico.blogspot.com.br/2011/01/o-pentecostalismo-e-heretico.html
    Deus continue te abençoando e te usando, dentro de suas convicções pela Graça dele.

    ResponderExcluir
  9. amem irmao luciano desculpe nao quero causar polemicas ok so tentei na verdade sou um seguidor do mca ok gosto de assuntods apologeticos deculpes nao quero de maneira alguma arrumar polemicas........... mas o que disse foi que paulo disse que ninguem entende lingua estranhas ok . paulo chega ate a dizer em 1 co 14;39 e nao proibais falar linguas estranhas. no caso de 1 co 14; 6 paulo corrige o exagero pois nao estava edificando ninguem. e para finalizar nos entendemos que os dons espirituais nao cessaram para a igreja atual convivemos com isso. o proprio jesus disse em mc 16;17 que os sinais seseguiram aos que crem e um deles e linguas estranhas,curas, expulsarao demonios e estranho vermos hoje igrejas que nao vivem isso jamais essas linguas que jesus disse seriam uma lingua um idioma terreno ok desculpe nao vou voltar mais a enviar textos paz.....

    ResponderExcluir
  10. "paulo corrige o exagero pois não estava edificando ninguém"

    se não está edificando ninguém, qual o valor disso para a igreja.

    ResponderExcluir
  11. mc 16;17

    20 diz: "E eles, tendo partido, pregaram por todas as partes, cooperando com eles o Senhor, e confirmando a palavra com os sinais que se seguiram. Amém." O verso 17 diz que sinais “seguirão” [futuro]. O verso 20 diz, sinais “se seguindo” [particípio presente ativo, também conhecido por gerúndio, contínuo, que evidentemente só tem que se referir ao tempo do ministério dos apóstolos, portanto é corretamente traduzido como passado, “se seguiram”, Devemos concluir que o verso 20 é um cumprimento do verso 17, mas uma pergunta é então levantada porque o verso 17 diz: "... sinais seguirão aos que crerem," enquanto o verso 20 está se referindo diretamente àqueles aos quais o Senhor falou o verso 19, e não a todos os crentes. Podem eles [só aqueles a cujos ouvidos foram faladas as palavras], então, ser as mesmas pessoas dos “crentes” do verso 17? Eu estou muito seguro que eles são o mesmo povo exatamente e exclusivamente. Em outras palavras, as pessoas do verso 17, que deviam ser seguidas por sinais, não foram todos os recipientes do evangelho, mas aquelas pessoas em particular às quais a mensagem do verso 15 foi endereçada. Uma simples volta atrás para o verso 14 nos ajudará a solidificar isto. Lemos no verso 14: "Finalmente apareceu aos onze, estando eles assentados à mesa, e lançou-lhes em rosto a sua incredulidade e dureza de coração, por não haverem crido nos que o tinham visto já ressuscitado.” Qual foi a ocasião da sua aparição? Ela foi dupla. Primeiro, ele os repreendeu por sua descrença concernente à Sua ressurreição. Suas palavras a Tomé a este respeito foram as seguintes: "... e não sejas incrédulo, mas crente.” (João 20:27). A comissão do verso 15 não foi dada, e os milagres dos versos 17 e 18 não foram prometidos, em relação direta com a fé ordenada do verso 14.

    ResponderExcluir
  12. Oi gostei do blog. Veja as previsões de Aline, da Cidade das Pirâmides, para o ano de 2014. https://www.youtube.com/watch?v=6v_iFO6_dyc Abçs

    ResponderExcluir
  13. se os sinais ficaram restritos a era apostolica como explicar entao at 2: 39 porque a promessa vos diz respeito a vos[ os ouvintes de pedro os judeus] a vossos filhos[ geracoes seguintes] e ai pedro finaliza dizendo a tantos quantos Deus nosso senhor chamar. pergunta que promessa sao estas de at 2 ? Deus esta chamando ainda hoje ou nao? claro que esta veja at2:4 10:44 46 19:6 ja ouviram falar do avivamento da rua azuza com seymor? daniel berg e gunnan vingrem ? no para em 1911? todas as semanas vemos milagres nas nossas igrejas fazemos campanhas e vem irmaos de outros ministerios que ministerio e esses sera nao? sou um ex testemunhas de jeova e cansei de ouvir os dons so foi para os apostolos jesus mudou hoje nao acontece mais nada ate que um dia foi tocado por jesus........................ nos pentecostais estamos dentro de seminarios se preparando teologicamente. nao e em vao que paulo diz em 1 co 14:26 que fareis, pois irmaos ?quando vos ajuntais cada um de vos tem salmo tem doutrina tem revelacao, tem lingua tem interpretacao faca se tudo para edificacao para nos esse e o modelo biblico ops.............. desculpa ficaram restritos a era apostolica nao serve mais..............

    ResponderExcluir
  14. Odair Vieira, eu já li a respeito do cessacionismo e creio que sua emergência foi devido aos abusos e falsos movimentos que tem se levantado através da história da Igreja, como um todo.

    Penso que em parte você tem razão, mas geralmente, em quase sua totalidade os reavivamentos pentecostais só produzem divisões infindáveis.

    Os pentecostais são responsáveis pelas centenas e milhares de seitas que hoje dividem o cristianismo, infelizmente.

    Sou Reavivalista da linha de Jonathan Edwards, e creio que um genuíno movimento do Espírito trará os frutos do Evangelho e não toda essa carnalidade que hoje vemos no mundo pentecostal

    Antes eu me identificava por esse título (pentecostal), mas o abandonei, e hoje prefiro o termo mais antigo Reavivalista.

    Se você ler, se já não leu acerca dos verdadeiros, poucos reavivamentos desde a Reforma, notará a abissal diferença com o movimento pentecostal, ainda mais o moderno, já que aqueles avivamentos produziam na alma a convicção de pecado, o arrependimento e uma vida santificada pelo Espírito, andando no gozo do Senhor, uma antecipação da bem-aventurança eterna, já na vida presente, coisa ausente nos movimentos pentecostais que costumam produzir muito psíquismo (emoção) e zero de espiritualismo (conversão).

    Não sou cessacionista, mas creio que para Deus enviar um reavivamento às antigas, "que os sacerdotes se arrependam amargamente, e chorem entre o alpendre e o altar, senão Deus talvez tenha de rejeitar a igreja moderna e produzir outro movimento. Amém!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Paulo Cadi....concordo com vc. meu irmão, está faltando aquela profunda consciência do pecado, e paixão pelas almas perdidas.
      A simplicidade do evangelho não basta.

      Excluir
  15. "Deus nosso senhor chamar. pergunta que promessa sao estas de at 2"

    vida eterna...

    "hoje nao acontece mais nada ate que um dia foi tocado por jesus"

    a salvação eterna não é nada, qual o objetivo principal da igreja?
    R = a evangelização...,fomos revestidos com poder do Espirito Santo para sermos testemunhas fieis.

    "Assim vos digo que há alegria diante dos anjos de Deus por um pecador que se arrepende." (Lucas 15 : 10)

    ResponderExcluir
  16. sim paulo cadi concordo plenamente contigo ok. sou pentecostal e sim e verdade mesmo ouve muita divusao no movimento. sim existeavivamento sem amor e complicado e nao condiz com a palavra agora ta dificil homens como edwards moddy finney mas ainda clamamos por ele agora dizer que que quando pedro fala em at2 ;39 e dizer que ali e vida eterna e c um erro grosseiro de hermeneutica nao..... e nao ser humilde e reconhecer que os dons esta ativo ninguem e obrigado a busca-los e so ser humilde e falar nao gostamos deles e amem obs que todo o cap 2 de atos e o derramar do poder de espirito o contexto e fiel no verso 146 e 17 pedro comecar a falar da profecia de joel a efusao do espirito. o verso 38 fala e recebereis o dom do espirito e no 39 fala a tantos quanto nosso deus chamar mas amem so um detalhe foi mudado a pagina e ninguem ninguem me mostrou um texto a onde jesus ou paulo joao fala sobre a cessacao dos dons ok quem sabe o reverendo ageu descobre esse texto la nas praias do rio de janeiro no mes q vem...................................

    ResponderExcluir
  17. O texto é claro e não é necessário nenhuma destreza exegética para entender o seu significado. TODOS, e não somente alguns, foram batizados com o Espírito Santo. Não há uns poucos privilegiados; a bênção é de todos aqueles que crêem nas Escrituras, ou melhor, no que as Escrituras dizem acerca do bendito Filho de Deus.
    Se alguém disser que conhece uma pessoa crente, mas que não é batizada com o Espírito Santo, deve-se entender que esta pessoa nunca foi um crente genuíno, pois todos os que crêem são ou foram batizados com o Espírito Santo (pois o batismo com o Espírito Santo ocorre no ato da conversão ou um pouco antes.
    Visões particulares de certas coisas, apoiadas por certas experiências, nos desvia da simplicidade do texto. Essa passagens citadas de Atos 2. Nesse capítulo nos vemos diante do relato do início da Igreja, quando o Espírito Santo veio para habitar conosco e em nós. Pedro afirma que os pré-requisitos para alguém receber o batismo com o Espírito Santo, o "dom do Espírito" são:
    "Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo, para remissão de vossos pecados; e recebereis o dom do Espírito Santo". - Atos 2:38
    Portanto, se alguém disser que fulano de tal não recebeu o dom do Espírito Santo, a promessa derramada por Jesus, o batismo com o Espírito Santo, será o mesmo que dizer que tal pessoa não se arrependeu dos seus pecados, e ainda está no mundo sem Deus e sem esperança.
    "Porque a promessa vos pertence a vós, a vossos filhos, e a todos os que estão longe: a quantos o Senhor nosso Deus chamar" - Atos 2:39
    Sim, é para TODOS QUANDO DEUS CHAMAR. Cristo morreu por todos aqueles que crêem nEle, e os benefícios que Ele conquistou na cruz, são outorgados a todos. Todos aqueles que foram verdadeiramente chamados por Deus, receberam o dom do Espírito Santo, do qual Pedro fala em Atos 2.
    "Pois em um só Espírito fomos todos nós batizados em um só corpo" - 1 Coríntios 12:13

    ResponderExcluir
  18. entendemos que para alguem dizer que e batizado com o Espirito santo tem que falar linguas ok. entendemos que o batismo e um revestimento de poder segndo at 1;8 todos os derramamento de poder ouve manifestacoes e so conferir irmao fernando costa veja at 10 na casa de cornelio atos 19 e isso que ocorre nasa igrejas pentecostais agora irmao entender que pedro disse outa coisa em atos 2 ;39 e que nao seja o dom a promessa deste joel e complicado nao entendemos assim ok. nao quero arrumar nenhuma confusao com os irmao a minha intencao e aprender junto com os irmaos mas nada abone os dons aos dias atuais pois convivemos com este poder

    ResponderExcluir
  19. Eu já vasculhei os youtubes da vida e analisei as pregações e comportamento de pastores de toda a espécie, reivindicando para si toda a classe de dons e ministérios, inclusive já não se contentando em ser "Apóstolos" inventaram agora o ofício de "Patriarca" que está acima da função de Apóstolo!

    É isto que o universo pentecostal está produzindo.

    As igrejas tradicionais estão mais frias que um freezer.

    Temos que encontrar o equilíbrio, pelo menos em nossas congregações locais.

    Temos de voltar aos velhos cultos de oração de quarta-feira.

    Quando as igrejas luterana e reformada vieram para o Brasil, era outra coisa bem diferente. Hoje, estamos muito atrás deles.

    Missionários abnegados aportavam em nossas praias, e o que sobrou, qual o residual que ficou?

    No meio pentecostal onde é que estão os velhos pentecostais da santificação? Olhe o que viraram os pentecostais! Foram sugados pelo movimento gospel.

    Só vemos carnalidade por todos os lados. Onde estão os pastores? Será que a maioria deles tem realmente um chamado de Deus, ou estão "mamando nas tetas das igrejas?"

    Alguém uma vez falou em minoria silenciosa. Os homens de Deus, desde o Antigo Testamento foram sempre minoria, mas nunca silenciosa.

    É! Os dias de Nóe, quando só 8 se salvaram acho que já estão por aí.

    ResponderExcluir
  20. quem e vcs para falar alguma coisas dos pentecostais meu querido antes de vc falar dos pastores pentecostais cuida. do seus cleros ou vc se esqueceu do reverendo amaral enfiltrados nas praias com os umbandistas e cia. depois fica dando estudos nos seus altares. as nossas igreja recebem todos os meses crentes das suas igreja. qual longe vcs estao dum patrao os irmaos nao aguenta mais essa palhacada de umbandistas travestidos de terno se toca meu querido se converte e sai desse cristianismo fajuto.............

    ResponderExcluir
  21. Irmão Odair, esse seu último comentário foi imprudente. Foi bem duro conosco, da IPB - apesar que não sei se foi ao Paulo que disse, mas ele não é da IPB.

    Fiquei decepcionado com a maneira que classificou-nos. Sabe muito bem que se postarmos vídeos de todas as denominações aqui, Gideões, por exemplo, teremos exemplos que formam o seu pentecostalismo, mas é o que temos no Brasil também.

    Acredito que vc sabe que Amaral é >>um<< caso, que no geral a IPB não trilha por esse caminho. Ela resolverá isso.

    Deus te fortaleça.

    ResponderExcluir
  22. irmao luciano quero pedir perdao jamais queria ofender a ipb . me desculpe pois sou amigo d milhares de ipb pois sou um seguidor assiduo de mca e do cacp mas o colega foi tbm aos estremos me desculpe .............

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. meu irmão odair...posso te chamar assim, como chamo de meus irmãos:
      Luciano Sena
      Paulo Cadi
      Wilton
      e outros por aqui.

      Pq as ofensas, Paulo Cadi concordou com vc, que também sabe dos exageros no meio pentecostal, ele também criticou os tradicionais...

      Meu amado esse destempero seu, é fruto de desequilíbrio.

      Lembra-te de Galatas 5:22 (fruto do Espirito).

      Excluir
  23. Srs. comentaristas
    Paz vos seja multiplicada
    Cremos que devamos seguir a orientação do profeta Habacuque e orarmos por um Avivamento na Obra de Deus. Hb.3.1-2.
    Sabemos que há muito " fogo estranho" neste "avivamento", que temos visto por aí.
    O livro de Atos dos Apóstolos ou Atos do Espirito Santo é o modelo a ser seguido, tendo O Poder da Palavra , Do Nome do Senhor Jesus e o Poder do Espirito Santo, operando e confirmando através das manifestações dos sinais, que Ele confirmará de acordo com sua Santa vontade.
    Nosso papel como servos é de nos humilhar, orar, buscar a face do Senhor e nos converter de nossos maus caminhos e ter como objetivo primordial a Glória do Senhor e a salvação das almas, recebendo o Senhor Jesus como Seu Único e Todo-Suficiente Salvador. Não nos esquecendo que o Deus Triúno não divide Sua Glória com ninguém.
    Creio que as lideranças evangélicas deveriam se reunir, para trocarem idéias sobre isto, com a Palavra aberta diante de seus olhos e nos UNIR, com o propósito de que, no parecer de Calvino, os dons voltem a se manifestar, para a Glória do Senhor e o Reino continue avançando, crescendo eo Nome do Senhor Jesus sendo exaltado, pois foi para isto que o Espirito Santo foi enviado, para testemunhar do Senhor Jesus.
    O Ministério do Espirito Santo hoje é trabalhar " no anônimato", somente glorificando o Nome do Rei dos reis, o Senhor Jesus, a Ele à Glória!!!
    Em Cristo
    Wilton

    ResponderExcluir
  24. tambem creio viu irmao e tempo de unirmos. mas tambem fiquei chateado com o sr. luciano sena os irmaos falando mal do movimento pentecostal grobalizando tudo colocando tudo no mesmo bojo e o senhor nao disse nada quando eu falei me crucificaram . nao e assim querido existe sim muita palhacada no meio pentecostal sim mas existe fogo verdadeiro saindo dos nossos pupitos tambem nao estou armando guerra contra os tradicionais so estava provando que acreditamos nos dons espirituais para a igrejas atuais. existe muitos irmaos pentecostais que seguem o mca e fica chato pender so para um lado mas valeu pela esperiencia........

    ResponderExcluir
  25. tenho prazer de chegar a noite nas nossas igrejas e comunicar sobre o mca talvez vcs nao sabe mas o mca e o cacp e muito divulgado dentro das igrejas assembleia de Deus existe sim lgumas divergencias doutrinas mas esteamos a mesma bandeira tais como; trindade cristologia doutrina de deus; apologetica, inferno estado intermediario, se os irmaos ficarem so criticando nos a tendencia e distanciarmos cada vez mais e esse nao e o foco do cristianismo

    ResponderExcluir
  26. Estimado irmão Odair
    Paz te seja multiplicada
    Sinceramente não esta trabalhando nesta pagina por um tempo, só no início. Vou ler os comentários que o irmão postou e se me permitires, darei minha opinião.
    No momento não poderei fazê-lo, mais tarde me comunicarei
    Deus te abeçõe abundantemente
    Em Cristo
    Wilton

    ResponderExcluir
  27. Irmão Odair, tenho uma profunda admiração pelo Pr assembleiano Esequias Soares. É nesses exemplos que olho para o que tem de sério nas igrejas pentecostais...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. profunda admiração por
      Paulo Romeiro,
      Atualmente é pastor da Igreja Cristã da Trindade em São Paulo, uma igreja de teologia assembleiana.

      Excluir
  28. ok irmao luciano tive o prazer de estudar na etqs seminario em jundiai e tive o prazer de ter aulas com o pastor Ezequias Soares um mestre em teologia e tambem em simplicidade e atualmente estao fazendo uma grande obra em gine bissau levantou um grande escola teologica la um gigante e trabalha no anonimato nao gosta de holofotes .

    ResponderExcluir
  29. Só que este "fogo" verdadeiro que você fala NÃO ESTÁ CONDENANDO AS IMUNDICÍAS que estão ocorrendo no meio pentecostal VIA ESTADOS UNIDOS. Há muito tempo o movimento pentecostal foi SUGADO pelos ministérios apóstatas que surgiram em seu meio e só ficou a CASCA.

    Deus já abandonou este movimento há muito tempo.

    Se você não quer aceitar a realidade, problema seu.

    Onde é que estão os "verdadeiros" pastores pentecostais CONDENANDO essa onda avassaladora de carnalidade no meio pentecostal.

    Que é isso? Eles estão tudo quietinho, são uns enrustidos se passando por homens de Deus.

    ResponderExcluir
  30. "Eles estão todos quietinhos", não "tudo quietinho"

    ResponderExcluir
  31. nao meu colega nem todos s corrompeu, precisar ler mais sobre o movimento pentecostal ok. fiacr assistindo videos no tube e ficar generalizando tudo ai vc esta julgando precipitado se formos falar d apostasia nas igrejas vou ser sincero paulo nao escapa ninguem ta sabendo das novas posicao das igrejas anglicanas? existe hoje pastores bispos presbiteros ancioes pentecostas e tradicionais tambem com fogo estranho nos altares la fora batem os pauzinhos e a noite vao por uma bata e pagar de santo. detalhe e impossivel combater as imundicias no todos para isso ficou os seta mil que nao dobraram os joelhos a baal a iemanja e nem gurus nao julge o pentecostalismo pela net outro sim estou esperando o versiculo que prova que os dons espirituais cessaram para a igreja atual so to vendo o senhor julgar os pastores mas versiculos que e bom nada.

    ResponderExcluir
  32. Se você observar, ser um bom observador, vai ver que os cultos pentecostais não tem mais nenhuma semelhança, e isto há MUUUUITO TEMPO, com as reuniões da Azuza Street. Não ficou nem mais a sombra.

    Um crente, HOJE, que frequentar uma reunião pentecostal, me refiro a crentes sinceros, vai sair DECEPCIONADO com o que persenciará lá dentro.

    Eles estão que nem o anticristo de Ap.6, o primeiro cavaleiro. Tem a arco mais não tem a flecha.

    Estou me referindo ao pentecostalismo.

    E as igrejas protestantes? Olhe o que era o Metodismo no século de John Wesley até um pouco depois do início do século 20.

    Veja em que se transformou o Metodismo. Uma igreja fria, com uma teologia de natureza política, com o chamado evangelho aos "pobres marginalizados", evangelho este INVENTADO pela igreja Católica depois do Concílio Vaticano 2, metida com o comunismo, PT, Partido comunista, teologia da libertação etc.

    Não sobrou NADA de Wesley, só a lembrança.

    As outra igrejas seguiram pelo MESMO caminho. Os meus caros irmãos reformados vão ter de concordar que as igrejas Reformadas não são nem sombra do que eram no tempo dos puritanos. O povo que mais produziu material teologico de uma qualidade INSUPERÁVEL, que dá gosto de ler; os Reformados puritandos. O que viraram as igrejas reformadas, HOjE?

    Os luteranos, também com uma herança tremenda. Veja quem foram até um pouco depois da virada do século 20, os luteranos pietistas, de oração, crentes na palavra e com reais conversões. Observe no que viraram los luteranos; a mesmissíma coisa que a igreja Metodista.

    É este o lamentável estado das igrejas cristãs porque HOJE são RAROS os homens de Deus, cheios do Espírito. Você não vê mais aquela fome de Deus como Davi nos Salmos, você não vê aquelas pregações duras contra o pecado e o mundanismo.

    Porque?

    Porque cada geração nova de "crentes", vem mais incrédula na palavra, e isto inclui os novos pastores, que em sua grande maioria não tem nenhum chamado.

    O cientificismo está moldando a maneira de pensar do crente moderno, de maneira que ele não crê mais REALMENTE na Bíblia.

    Isto é um processo diário e contínuo de "supostas" informações" que são injetadas na mente das pessoas pra dominar as massas, inclusive os crentes modernos que estão na mão dos espertalhões.

    Por isso, eu tenho abandonado o movimento pentecostal, e pela graça de Deus pretendo, se for da vontade dele, iniciar um ministério mas ÀS ANTIGAS, sem um pingo deste falso evangelho moderno.

    Temos que orar MUITO, e quando digo MUITO é oração de criar calo nos joelhos, sendo que cada crente sincero em sua igreja local deve ABRIR A BOCA, não para levantar contenda, mas para falar estas coisas ao seu pastor.

    Se ele realmente é um homem de Deus, ele vai não só concordar como também vai mobilizar o corpo local de crentes, para cultos de oração, leitura e estudo da palavra, se espelhando e inspirando nos verdadeiros homens de Deus do passado.

    Muitos puritanos tinham consciência de que o Senhor Jesus não viria em seu tempo, e que seus escritos ficariam par orientar a posteridade. Com toda esta herança que os puritanos deixaram eu fico a me perguntar como é que a grande maioria dos pastores reformados não tem aquela sede de beber daquela fonte e ser no comportamento, na santificação, na oração, como aqueles homens. porque não há chamado ali.

    Com os pentecostais a mesma coisa. Percorra o YouTube e assista as gravações dos cultos pentecostais, com líderes enfiados até o pescoço na maçonaria. Com os protestantes a mesma coisa.

    Veja se você ouve algum pastor Assembleiano, Reformado, Luterano, Metodista, falar contra a maçonaria dentro das igrejas. Você não vai ver, senão eles vão prá rua, despedidos que nem em uma empresa.

    Além do mais, estes "pastores" mais jovens, há muitos que tem pais, avós, tios, amigos etc que são pastores e maçons.

    E você acha que todas estas denominações vão se levantar em um belo reavivamento como nos tempos de outrora, e acenderem-se com o fogo do Espírito?


    ResponderExcluir
  33. Um irmão, o pastor Russel Shedd, este sim Pastor, afirmou que a Igreja de Cristo, precisará passar pela perseguição, como ocorre hoje nos países islâmicos, para reavivá-la e separar o joio do trigo.

    Penso que é a isto à que os apóstolos tanto se referiam em suas cartas. Houve um "fim dos tempos" com a queda de Jesusalém, anunciando o fim dos tempos que encerrará a passagem da Igreja por este mundo, debaixo de perseguição, daí sim ela terá seu avivamento e purificação como afirmou o irmão Shedd.

    ResponderExcluir
  34. "E você acha que todas estas denominações vão se levantar em um belo reavivamento como nos tempos de outrora, e acenderem-se com o fogo do Espírito?"

    Isso depende o Espirito Santo, não da vontade humana...mas concordo com vc. irmão. Da nossa parte, temos que denunciar e orar, até fazer calo no joelho, por um avivamento real.

    o que vc acha da igreja perseguida da China...???

    ResponderExcluir
  35. Irmão Fernando, estou lembrando do grande missionário Hudson Taylor. A Igreja Presbiteriana tem uma participação importante na evangelização de China, tendo vários missionários que foram mártires lá.

    Os cristãos continuam a sofrer perseguições violentas por parte do governo Chines, que continua rezando segundo a cartilha de Mao-Tsé-Tung.

    Como os mártires são as religuías da Igreja, o irmão tocou num ponto essencial. Não devemos provocar a perseguicão, mas trazer o espírito dos mártires para dentro da Igreja e ao mesmo tempo dar um pé no mundanismo.

    É a teologia do Mártirio, que os cristãos na China, Indía, países dominados pelo Islamismo conhecem na prática

    ResponderExcluir
  36. concordo em parte com voce. globalizar tudo num mesmo bojo e uma maldade vc diss que ninguem fala da maconaria e engano seu tivemos um seminario recente que foi topico do nossos estudos pastores pentecostais estao falando sim meu amigo nao digo a modo geral . acho estranho vc nao falar do anglicanismo nao............. agora escapar duma apostasia observe o que paulo disse em 1 tm 4;1 mas o Espirito expressamente diz que nos ultimos tempos apostatarao alguns da fe. entendo nos ultimos dia igrejas ministerios vao seder a satanas como temos visto, mas nos pentecostais acreditamos num remanescente jesus disse em Joao 14;12 aquele que cre em mimtambem fara as obras que eu faco, e as faras maiores do que estas porque eu vou para meu pai. que obras sao estas que jesus fez e falou? damos uma rapida corrida nos evangelhos e dscobrimos as obras mt 28;20 evangelizacao, a chamada grande comissao, conversao de almas a fe. olhamos mais a diante mt 5;1-29 o grande sermao da monte o senhor ensinou muito falou sobre perdao ,amor,humildade,amor ao proximo etc. jesus prossegue seu ministerio e obras milagres curas e libertacoes mt.8;1-4; mc.5;1-20; jo.9;1-41; jesus chama os doze e outorga a ele poder mt.10.1-9; em seguida outorga este mesmo poder aos setenta veja lc.10;1-9. a igreja cresce at 2;47 e os sinais acompanha a igreja at.3;1-3, 8;7,9;33 34, 28;7,8. passa alguns anos paulo funda a igreja em corinto no capitulo 12 e 14 de 1 co paulo da uma aula sobre os dons, paulo corrige o exagero do uso dos mesmos e chega a dizer em 1 co.12.31 procurai,com zelo os melhores dons, no capitulo 13 de atos fala sore o amor e no vers 1 dois tipos de lingua homens e anjos agora te pergunto colega na tua igreja tem essas obras que jesus fez e a igreja primitiva porque jesus disse aquele que cre em mim farao obras maiores. ainda isso incluir amor,ajuda, misericordia enfim os frutos do Espirito, e nao esquecendo milagres e poder. quando vc percorre todo o novo testamento vc nao ve nada que abone isso pelo contrario jesus disse que os sinais nos segiuram, agora e facil ficar apontando a arma contra tradicionais e pentecostais que estao errados, nao tem mais um padrao biblico, seu eu fosse vc abriria um ministerio como vemos todos os dias, so neste mes encontre tres amigos meus por encrivel que pareca 2 pentecostais e um tradicional com a mesma mensagem, dizendo que ninguem mais le a biblia , nao existe um padrao nos cultos me lembrei de guilherme miller, jospeh smith, charles taze russel, e cia faz o seguinte meu querido abra um ministerio quem sabe se um anjo fala com vc ou vc recebe um chamado especial de do arcanjo miguel porque todo mundo ta errado para vc. olha ao anglicanismo esta dividindo faz uma ponte .

    ResponderExcluir
  37. Odair Vieira, O que você falou está na Bíblia, e até onde vai o meu conhecimento ninguém recebeu procuração para anular a manifestação do Espírito. As Escrituras foram inspiradas por um poder sobrenatural e o sobrenatural é o terreno normal onde elas se movem.

    O que os incrédulos chamam de mitos, os crentes chamam de sobrenatural, senão não teria como crer na história da arca de Noé, onde durante 1 ano 8 pessoas acompanhadas de muitas espécies de animais permaneceram, sem problemas aparentes Mas vemos que nesta história paira o fator sobrenatural todo o tempo.

    Agora, o que vemos nos Atos do Espírito Santo nos Apóstolos é MUITO diferente do que vemos nos movimentos pentecostais. E olhe que eu sei do que estou falando.

    O volume de HERESIAS que compõe HOJE o movimento pentecostal internacional (incluindo todas as denominações pentecostais), excede sobremaneira a doutrina ortodoxa que outrora norteou o pentecostalismo, que sempre foi muito assediado pelas heresias pela própria natureza do movimento que não havendo constante vigilância espiritual pode descambar para as estranhas doutrinas, como estamos testemunhando atualmente.

    Os pentecostais atualmente estão debaixo de uma liderança maçônica, junto com os protestantes, infelizmente está é a realidade. Na sua denominação o pastor clama do púlpito contra a maçonaria? Contra o neo pentecostalismo, contra os chamados "apóstolos", contra este infâme "movimento gospel" que está adentrando até as igrejas tradicionais?

    E ainda por cima estamos sendo atacados por fora também, com o avanço das seitas, que agora tem o acesso aos meios de comunicação podendo enfeitar bastante a mentira e enganar os otários.

    Eu creio na manifestação do Espírito somente se for como está no Novo Testamento, e não essas personificações carnais que recheiam o pentecostalismo moderno.

    Apóstolos. Miutos se auto-intitulam "apóstolos". Vem um borra-botas, enganador e semvergonha e ilude uma massa de gente que não tem o minímo amor pela palavra, não examinam a palavra e só querem oba-oba nestes louvorzões da vida.

    Apóstolos não existem mais, ou melhor, continuam através dos escritos do Novo Testamento, que poucos conseguem captar a profundidade precisando de acréscimos porque dentro deles não tem nada.

    É! O cristianismo apóstata chegou.

    ResponderExcluir
  38. amem paulo cadi ate que enfim estamos nos entendendo sou assembleiano e acredito tambem que se nao tiver base bilbica esta reprovado como homem de Deus e a assembleia de Deus raiz fundada em 1910 no para a qual faco parte nunca adotou o termo apostolo, entendemos que somos tradicionais concernente ao pentecostalismo no brasil e nao estamos neste bojo que vemos hoje gritarias malucas caiu cai, derrubacao de cadeiras, esquiziofrenias facial somos contra tambem essas corja de vendilhoes da fe. mas nos esperamos num grande avivamento biblico e sadio e contamos com os 7 mil que nao dobraram seus joelhos a baal. sempre foi assim querido na historia dos juizes? no povo de israel? entendemos que Deus tem separado seus fiel poucos mas tem dentro de igrejas tradicionais e pentecostais que ainda prezam por um estudo biblico ou pelo contrario a igreja apostatou 100% e nao creio nisso depois de tantos debates ficou feliz pelas trocas de informacoes e ver o irmao citar meu nome pois temos divergencias doutrinarias mas somos seres humanos valeu...................

    ResponderExcluir
  39. Demorou um pouco para eu chegar à conclusão de que o cessacionismo não se trata de uma mera heresia, de uma doutrina antibíblica apenas como por exemplo a guarda do sábado propugnada pelos adventistas do sétimo dia; mas o é satânica em sua base mesmo. Para ela, heresia cessacionista, Deus, todo poderoso, deve estar subjugado a uma gaiola teorética; a uma camisa de força doutrinária arrogante e pretensiosa. É a limitação do agir e efetuar de um Deus onipotente a um arcabouço risível de regrinhas ditas teológicas formuladas por uns tolos carnais e inchados em sua medíocre compreensão, mas muito longe de Deus. Do jeito que o diabo gosta. Só que ela tem um preço caro a ser pago: não me admira nenhum pouco que as igrejas calvinistas não só no Brasil como em todo mundo mais se assemelham a velórios ou automóveis-clubes, locais de encontros sociais, de vidas vazias, crentes extremamente carnais. É por isso também que as igrejas calvinistas são as pioneiras na ordenação de pastores homossexuais no mundo, em aderir às causas socialistas de Marx. Ora, não consideraram a advertência de Paulo: "Não extinguais o Espírito Santo". É nisso que deu. Faço um pedido a você, Sr. Apologeta, faça um teste: instrua aos membros e até pastores de sua igreja a pararem de ligar de madrugada buscando socorro quando se depararem com vizinhos endemoninhados, escravizados por Satanás, pais-de-santo possessos; quando estão diante de doenças graves quando estão com parentes à beira da morte e pedem oração para Deus as curarem e veem a manifestação do poder de Deus pela imposição de mãos.

    Libertas Vera Est, Christo Servire.

    Cordialmente, Agostinho

    ResponderExcluir
  40. Prezado irmão - se é que me considera irmão - me diga o nome de sua denominação que possui os dons que deixam seus crentes cheios de vida... qual nome?
    Saiu da minha igreja um casal que vivia amigado por que eu disse que ele precisavam casar, e foram para um igreja pentecostal. Poderia ser que lá existe vida?

    ResponderExcluir
  41. Prezado Sr. Apologeta – o considero irmão em Cristo sim – mas um irmão completamente equivocado, seduzido e enredado por duas graves heresias, por duas perigosíssimas doutrinas antibíblicas: o cessacionismo e o quadrado-redondo da doutrina da predestinação. E desejo, como o apóstolo Paulo, converter você ao Evangelho de Cristo em substituição ao evangelho de Calvino (se bem que Calvino, apesar da heresia da predestinação falava ‘línguas estranhas’, segundo sua própria biografia). Nada mais.
    Mas vamos nós de novo:
    1. Respeitosamente, você confunde e baralha coisa geral com coisa específica. E equivocar-se é chamar de iguais, coisas diferentes. Você faz exatamente isso (não acredito que por desonestidade intelectual, você não me parece o tipo); mas você chama sim coisa diferente de igual!
    2. Mas vamos começar pelo exemplo da situação fática ocorrido em sua igreja calvinista, citado por você: tem uma coisa que não fecha, que não bate, não cola em seu exemplo: Ok. O casal saiu de sua igreja porque instado a casar-se então foi embora correndo, desesperado de sua igreja-bíblica-da-reforma-teológica-apologética, para uma igreja pentecostal-ignorante-sem- conhecimento-teológico; mas e depois disso? Eles, amasios, permaneceram na igreja pentecostal mesmo como ‘amantes’? Você sabe se foram admitidos como membros pela igreja pentecostal? Aliás, sabe se na igreja pentecostal também foram instados a casar-se? A reposta só pode ser não. Você simplesmente não sabe! Não sabe que desfecho teve o caso. Essa é que é a pura verdade. Tanto é que você não o cita. Portanto, o exemplo não serve porque capenga, falta um pedaço, falta apenas o seu desfecho, falta só a parte mais importante: você simplesmente não sabe o que aconteceu com o casal na igreja pentecostal.
    3. Pior, oportuno indagar: e os amantes citados por você que viviam amasiado em sua igreja calvinista, eram membros dela? Partindo da premissa de que você teme a Deus e não mentiria, responda-me: eram tais amasiados membros de sua igreja-histórica-da-reforma-calvinista-teológica? Epa! Aqui parece que a porca torceu o rabo... Acho que eram sim, você parece deixar escapar isso... Mas como isso é possível? Na igreja-histórica-da-reforma-calvinista-teológica-bíblica, não! Só na pentecostal...
    4. Isso é que dá confundir geral com específico. Se você quiser entrar em especificidades tenho vários exemplos de presbiterianos que ao serem revestidos de poder e ao falarem em línguas estranhas passaram a profetizar, a terem visões e revelações, a expulsarem demônios, curarem enfermos, enfim a receberem toda a sorte de dons espirituais, inclusive passaram a vivenciar toda sorte de experiências sobrenaturais e a consequência disso foi imediatamente caírem fora de sua igreja calvinista rasa, fria, sem vida, porque não ela não deseja edificar-se. Eis a questão geral em voga: correram para bem longe porque entenderam QUE EDIFCIAR É SINONIMO DE ERIGIR, CONSTRUIR, ELEVAR A SUA VIDA ESPÍRITUAL. ENTENDERAM QUE APARTIR DA SALVAÇÃO EM CRISTO, PELA FÉ, POR MEIO DA OBRA MAGNA EXPIATÓRIA NA CRUZ, POR MEIO DA GRAÇA, PELO CONVENCIMENTO DO ESPÍRITO SANTO A RESPEITO DO PECADO E DO JUÍZO, AO ARREPENDEREM-SE, AO CONFESSAREM NOTARAM QUE TUDO ISSO ERA SÓ O COMEÇO DE SUA CAMINHADA, ERA A PORTA PARA SUA VIDA DIÁRIA COM CRISTO E QUE, TÃO IMPORTANTE QUANTO A SANTIFICAÇÃO, O REVESTIMENTO DE PODER É SIM NECESSÁRIO PARA A ELEVAÇÃO DE SUA VIDA ESPIRITUALEM CRISTO E COM CRISTO (DEUS ONISCIENTE, ONIPRESENTE E AINDA ONIPOTENTE NOS TEMPOS HODIERNOS). Glória a Deus! Aleluia ao Cordeiro! Maranata, ora vem Senhor Jesus! Afora disso: é uma vida espiritual sem vida, ou seja, sem construção, sem edificação.
    Entendeu?
    E conhecereis a verdade e verdade vos libertará. Nada. Absolutamente nada. Podereis contra a verdade senão pela verdade.
    Em Cristo,
    Agostinho.

    ResponderExcluir
  42. Irmão, lamento, mas não respondeu de qual denominação vc é.

    Quanto ao caso, ele era até então, quando assumiu um relacionamento - "união estável". E lá, com os tais "o fogo", passou a tomar ceia!!!

    Tenho outros casos bem interessante, que EU VI e uma situação porca de um pastor pentecostal (que continua derramando "dons").

    Mas na verdade irmão são casos que não invalidam a sua teologia, mas demonstram que sua acusação é sem sentido. Já que existe cessacionistas e pentecostais não convertidos.

    Não tenho visto isto, de pessoas que deixam esses ambientes, só vejo pessoas no geral percebendo que o clima é produzido depois de uma alta carga emocionalista.

    Não existe dom segundo o modelo bíblico. Essa é uma opinião.

    Obviamente, espero que não me interprete como dizendo que Deus não age segundo nossas orações, conforme Sua vontade.

    Não quero delongar esse debate, pois não raro somos interpretados com caricaturas.

    Por último, não quero criar debates com quem considero irmão.

    ResponderExcluir
  43. 1. Bem, esclareçamos primeiro que debater com quem consideramos irmão de modo algum nos torna inimigos. Aliás, debato com veemência e refuto ferozmente posturas “apologéticas incoerentes” de meus amigos e nem por isso nos tornamos inimigos, continuamos amigos e irmãos em Cristo do mesmo modo. Mesmo porque, o discurso empreendido aqui é o ad argumentandum tantum (voltado para a ideia mesma do discurso) e não o ad hominem (nem eu nem você proferimos qualquer ofensa pessoal mútua).
    Aliás, oportuno memorar o apóstolo Paulo: “Acaso fiz-me teu inimigo apenas por dizer-te a verdade?”. Lembro, ainda, que Paulo resistiu “a Pedro na cara”. Não acredito que tenham se tornado inimigos depois disso.
    2. Respeitosamente, de novo, de novo, de novo: você chama igual coisa diferente e daí equivoca-se.
    Façamos o seguinte: chamemos de igual aquilo que é igual e diferente aquilo que é diferente, ou seja, separemos aquilo que está em um mesmo nível de ideia daquilo que em si mesmo encontra-se noutro, em nível de ideia diversa.
    Veja o silogismo: Nível A = Nível A e Nível Z= Nível Z. Níveis A e A, portanto, só podem ser ≠ do Nível Z e Nível Z. Ficou assim a fórmula analítica ou lógica: A=A, Z=Z ؞ A ≠Z.
    Pois bem. Substituamos as letras ‘A’ ‘A’ e ‘Z’ e ‘Z’ pelas seguintes premissas:
    ‘A’ é igual à doutrina do cessacionismo que é igual a doutrina da igreja presbiteriana do apologeta, que se propõe ante a Bíblia ser bíblica ou antibíblica;
    ‘A’ também é igual à continuidade e atualidade das manifestações dos dons do Espírito Santo que é igual a doutrina professada pelo pentecostalismo, que se propõe ante a Bíblia ser bíblica ou antibíblica.
    Já, por outro lado:
    ‘Z’ é igual exemplos infinitos de condutas, posturas, comportamentos e atos negativos praticados pelos membros da igreja presbiteriana do apologeta, citados por ele;
    ‘Z’ também é igual a exemplos infinitos de condutas, posturas, comportamentos e atos negativos praticados pelos pentecostais citados pelo apologeta inclusive a tal “situação PORCA” do pastor pentecostal;

    ResponderExcluir
  44. Vejamos como ficou, então:
    Embora opostos, dúvida não há que cessacionismo e pentecostalismo estão em um mesmo nível porque do campo eminentemente doutrinário teológico que se propõem ante a Bíblia ser bíblica ou antibíblica. E também estão em um mesmo nível entre si as inúmeras práticas negativas empreendidas tanto por presbiterianos, quanto por pentecostais. Agora, diferentemente, cessacionismo/pentecostalismo e os atos negativos não estão em um mesmo nível pela simples razão de, por eles mesmos, atos negativos, não poderem, jamais, aduzir bíblicas ou antibíblicas cessacionismo e pentecostalismo! Não dá! E por que não? Pelo fato de a legitimidade para tanto o ser da própria Bíblia e não do ato negativo praticado por x ou y. Muito menos minha, muito menos sua, muito menos do arcabouço doutrinário de sua igreja ou da minha. É da Bíblia.
    Ora, repito: as condutas negativas praticadas por pentecostais e presbiterianos jamais poderão atestar se o cessacionismo é bíblico ou antibíblico e tampouco no que diz com os dons do Espírito Santo, se são operacionalizados na Igreja hoje ou não.
    Ademais, como você bem apontou: uma coisa não invalida a outra. Seria um nonsense. Ora, na igreja em Corinto repleta de dons espirituais Paulo teve de ordenar a expulsão de um membro que mantinha relação sexual com a mulher de seu próprio pai – vide I Coríntios 5.1. Daí porque no exemplo dado por você dos amasios serem recebidos como membros e até participarem da Santa Ceia, ou seja, ato negativo praticado por pentecostais, tal fato não implica ser antibíblico os dons espirituais derramados hoje em dia na Igreja: falar em línguas estranhas, profecias, revelações, operação de sinais e maravilhas e etc.; da mesma forma que na Igreja no tempo de Paulo tal fornicação gravíssima também não impedia a operação dos dons do Espírito Santo na Igreja! Uma coisa tão óbvia não é?
    Ora, se pensamos a mesma coisa, porque então enveredei-me por esse axioma? É porque a nossa concordância é só aparente. Não é só uma coisa (atos negativos) não invalida outra coisa (pentecostalismo). É muito mais sério e grave do que isso:

    ResponderExcluir

  45. Primeiro. O seu discurso a la bom mocismo não convence e é contraditório porque não esconde que ao utilizar-se de atos negativos praticados por pentecostais (tanto quanto praticam presbiterianos diga-se de passagem) justamente quando você trata dos dons concedidos pelo Espírito Santo à Igreja, você tenta colar a imagem de que porque pentecostais (porque creem nos dons), só por esse fato, então por isso praticam tais atos negativos, malfeitos ou situação porca por qual possam se enveredar, ou como queira nominar tais práticas. Ora, Isso é por demais contraditório como vimos em I Coríntios 5.1 (Bíblia Sagrada mesmo e não Carta de Westminster evidentemente...). E nesse diapasão tenta passar a ideia de que a sua igreja presbiteriana, incrédula, descrente no tocante à operação dos dons do Espírito Santo (!!!) seria assim superior, ou possui uma doutrina sólida-bíblica assim superior aos pentecostais, mais correta. Prova disso é o próprio título arrogante e pretensioso do artigo postado por você:
    “Antony Hoekema e o fim dos Dons
    Por que não encontramos mais os dons do Espírito Santo, segundo o modelo Bíblico?

    O Cessacionismo não é uma opção, é a única resposta!”
    Única reposta? A quê? A quem? Àquilo que vocês presbiterianos nominam ‘igreja bíblica’ e não assim como os pentecostais? Então eu indago: e o que fazer com a Bíblia? Ela, como vimos, só ela é a fôrma pela qual medimos se uma doutrina é ou não é bíblica, ou seja, se se amolda à fôrma. Pois é: acontece que não existe um só versículo bíblico, um apenas, que apoie o cessacionismo! Simplesmente não há. Muito pelo contrário, a Bíblia toda, de Gênesis a Apocalipse, é pentecostal por excelência e isso a despeito ou nada importando os malfeitos praticados por Adão, Abraão, Moises, Davi e assim vai.
    É que uma coisa não explica e tampouco anula a outra. Uma está em um nível. A outra, em outro nível, em um nível diverso da outra, como vimos. Não dá para chamar iguais coisas diferentes, sem incorrer em equívoco. Estou defendendo o malfeito? A Bíblia está? Claro que não. A Bíblia seria um livro herético porque as Testemunhas de Jeová a utilizam? Por que os espíritas ou adventistas a utilizam?
    Segundo. O seu discurso é contraditório: você precisa de uma vez por todas decidir: os dons do Espirito Santo não operam mais ou não operam “segundo o modelo bíblico?’. Epa! Se não operam, evidentemente não existem mais e, portanto, não podem operar nem bíblica e tampouco extrabiblicamente! Mais que coisa esquisita esse seu artigo postado! Ridículo! Porque se você admitir que não operam segundo o modelo bíblico- sic, você irrecorrivelmente, terá de admitir que operam sim nos dias de hoje, mas que não nas igrejas pentecostais porque em desacordo com o “modelo bíblico”! Então onde operariam? Ah! E qual é o modelo bíblico? Viu como esse sujeito, Antony Hoekema, está mais perdido que cego em tiroteio? Aliás, assim como você mesmo!
    Terceiro. O seu discurso é incoerente assim como a maioria dos sites apologéticos, acho que 99,99%: descem o porrete nos pentecostais ao argumento de “antibíblicos” e quanto ao cessacionismo e a doutrina da predestinação? Ora, não seria então coerente inserir a igreja presbiteriana como seita por professar tais doutrinas heréticas ao lado dos adventistas e testemunhas de Jeová?
    Por fim, não sei bem o que você quer dizer com “caricatos”; mas não tenho medo de rótulos de espécie alguma. O que não posso fazer é acovardar-me, fingir bom-mocismo. Isso não faço. Não comungo com as heresias cessacionista e predestinatoria dos presbiterianos e não preciso fingir que as suas doutrinas são bíblicas e vamos todos morar no céu. Eu não. Não sou leviano. Não preciso vir aqui dizer que divergimos nisso mas concordamos naquilo. Ora, a divergência não é de costumes ou de liturgia, é diferença gravíssima doutrinária mesmo!
    A cessão da operação dos dons não é uma mera opinião, é sim diabólica, satânica, sofismada e artificiosa, engendrada pela mente de Satanás.
    Desperta dentre os mortos e Cristo te esclarecerá.
    Cordialmente,
    Agostinho.

    ResponderExcluir
  46. Agostinho, apesar de ter esse agressivo discurso, parece que está temendo dizer de qual denominação você é... assim é bem comodo, não é mesmo?
    Não quer dizer, passar bem... deve ter vergonha de sua denominação.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 1. Vergonha? “Porque não me envergonho do evangelho de Cristo, pois é o poder de Deus para salvação de todo aquele que crê; primeiro do judeu, e também do grego.”.
      2. Denominação a que pertenço, a Moral Arbitrária e a Metodocracia. Pertenço a Igreja de Cristo. Isto bastaria. Mas sabe por que você insiste em saber a denominação em que congrego? a) Por causa de sua régua presbiteriana de Moral Arbitrária. Deseja mesmo é difamar os pentecostais tendo em conta condutas pessoais negativas praticadas por seus membros; contudo, atrelando tais condutas à crença nos dons do Espírito Santo! (?). Só que isso constitui moral arbitrária. Não adequando-se a doutrina pentecostal ao horizonte de consciência propugnado por sua régua de arcabouço-doutrinário-cessacionista-presbiteriana, logo, portanto, é por isso (crença nos dons do Espírito) que seus membros praticam malfeitos, só que sem perceber, em nenhum momento, que presbiterianos comentem também malfeitos apesar de sua régua de arcabouço-doutrinário-cessacionista-presbiteriana! (?). Prova dessa régua é que o artigo postado por você propõe solucionar as mazelas de condutas negativas pela aplicação do cessacionismo (“A ÚNICA RESPOSTA...” Veja que arrogância e absurdo) Vê se pode! b) Não pode. Porque fundamentalmente irresponsável e desastroso, uma verdadeira negociata intelectual, uma gambiarra suprema. Quem melhor a formulou (gambiarra intelectual) em palavras foi Immanuel Kant, mas ela já estava espalhada nas obras de Hobbes, Berkeley e Hume e implícita na prática científica pelo menos desde Galileu, a saber: a metodocracia a qual fora resumida assim por Olavo de Carvalho: “não é o objeto que determina o método, mas o método que determina o objeto” (In ‘A filosofia e o seu Inverso & Outros Estudos’, Vide Editoria, p. 86 – recomendo leitura). Digo eu e indago: você não reparou o apego formalista radical dos presbiterianos ao método em prejuízo do objeto (Bíblia Sagrada)? c) A partir daí o que importa é a denominação a qual pertenço e não a doutrina que professo! O que importa é o nome da Confeitaria e não a qualidade do fermento havido no pão! Na hora em que vocês presbiterianos reduzem tudo a uma NOMENCLATURA, deixam de comungar com a realidade vivida por detrás de um nome, de uma forma; abandonam a experiência bíblica por um feixe de normas, pela metodocracia, por isso estão inchados em sua carnal compreensão, incrédulos, sem fé, mortos pela letra, cegos guiando cegos, frios, gelados, arrogantes e presunçosos idólatras da forma, idólatras do método! E nisso tudo vejo que você não faz a distinção e separação entre CONHECIMENTO E COMPREENSÃO. O seu arcabouço doutrinário vai até conhecimento, mas não chega jamais à compreensão do Deus da Bíblia e do seu poder.

      Excluir
    2. 3. Recomendação do livro: ‘Elogio da Loucura’ (Erasmo de Rotterdam): Erasmo Desiderio, ou de Rotterdam foi contemporâneo de Martinho Lutero e lembrei-me do que escrevera sobre vocês (entenda-me: vocês presunçosos idólatras da metodocracia a qual perdura até os dias de hoje, também representada pelo presbiterianismo). Notadamente quando li um comentário (confesso que corei de vergonha) linhas acima de um presbiteriano, fazendo um esforço hercúleo ao citar regras de gramática para defender o indefensável e o que é pior, o sujeito sequer possui noção básica de sinonímia, paronímia, antonímia e homonímia, fazendo uma confusão dos diabos; deve ter copiado de algum lugar e o utilizou afora de o seu contexto aqui, mas é normal que o faça assim justamente porque é presbiteriano, ou seja, apegado ao rito sem se importar com a substância! Agora, bastaria o seu interlocutor pentecostal sugerir ao presbiteriano que aplicasse tais “regras gramaticais” propostas pelo próprio presbiteriano (com todo respeito ao vernáculo) ao texto bíblico Mt.7.21-23, que o sujeito ia sair correndo e se esconderia para sempre dentro do banheiro e ninguém jamais o tiraria de lá nem por decreto! Teria o pentecostal encerrado o assunto ali já que o texto trata do Juízo Final, com o que se vê que, na era da Igreja até o fim, os dons do Espírito Santo operavam (operam) normalmente, reduzindo a uma quimera, assim, o cessacionismo. Mas cito, para encerrar, Erasmo de Rotterdam a respeito de tais teólogos:
      “Transportados ao terceiro céu pelos maravilhosos efeitos do amor-próprio, consideram-se como pequenos deuses e lançam, do seu alto quimérico Olimpo, um olhar de piedade sobre o resto dos mortais, que para eles não passam de vis animais rastejantes na superfície da terra. Cercados de um batalhão de definições magistrais, de conclusões, de corolários, de preposições implícitas e explícitas, sabem utilizar tão grande número de escapatórias que se desembaçariam até as redes nas quais Vulcano soube reter sua infiel esposa e o deus valente dos combates (...). Há ainda uma série de parvoíces sutis bem mais finas que todas essas. São noções, relações, formalidades, quididades, ecceidades, COISAS QUE SÓ PODEM SER PERCEBIDAS POR QUEM TEM OLHOS BASTANTE BONS PARA ENXERGAR EM MEIO A ESPESSAS TREVAS, O QUE NÃO EXISTE EM PARTE ALGUMA”. (Ob.cit, páginas 83 e 84).
      Indago a você respeitosamente, esse “enxergar em meio a espessas trevas o que não existe em parte alguma”, não reporta você ao cessacionismo, ao presbiterianismo com o seu metodocratismo em prejuízo da substância bíblica?
      Em Cristo,
      Agostinho.
      Libertas Vera este, Christo servire.

      Excluir
    3. Não espere resposta de minha parte- já que tem vergonha de sua denominação, aliás, será essa a última.
      ...

      Excluir