sábado, 26 de abril de 2014

Leandro Quadros dá um tiro no pé... Os Pioneiros Arianos formavam uma seita?

Em um recente programa (AQUI), o Titã* Leandro Quadros deu um tiro no pé, e de calibre grosso mesmo! 

Um certo internauta, ao afirmar que tem recebido ajuda dos programas da TV Novo Tempo, disse que tem ouvido falar que a IASD é uma seita. Após os esclarecimentos inicais a respeito da moralidade cristã, Leandro Quadro diz que a IASD não pode ser seita pelos seguintes motivo:

‘Quanto ao Adventismo ser uma seita, não acredite na informação dessas pessoas desinformadas. O Adventismo possui crenças distintivas, mas crê naquilo que é de mais essencial na ortodoxia cristã. Cremos na Trindade, na divindade e personalidade do Espírito Santo, na doutrina do Juízo, na Bíblia Sagrada, na salvação pela graça.’(Veja a partir dos 26 minutos e 03 segundos).

Leandro Quadros reafirma as seguintes crenças Adventistas:

2. A Trindade. Há um só Deus: Pai, Filho e Espírito Santo, uma unidade de três Pessoas coeternas. Deus é imortal, onipotente, onisciente, acima de tudo e sempre presente. Ele é infinito e está além da compreensão humana, mas é conhecido por meio de Sua auto-revelação. Para sempre é digno de culto, adoração e serviço por parte de toda a criação.
4. Deus Filho - Deus, o Filho Eterno, encarnou-Se em Jesus Cristo. Por meio dEle foram criadas todas as coisas, é revelado o caráter de Deus, efetuada a salvação da humanidade e julgado o mundo. Jesus sofreu e morreu na cruz por nossos pecados e em nosso lugar, foi ressuscitado dentre os mortos e ascendeu para ministrar no santuário celestial em nosso favor. Virá outra vez para o livramento final de Se um povo e a restauração de todas as coisas.
5. Deus Espírito Santo - Deus, o Espírito Santo, desempenhou uma parte ativa com o Pai e o Filho na Criação, Encarnação e Redenção. Inspirou os escritores das Escrituras. Encheu de poder a vida de Cristo. Atrai e convence os seres humanos; e os que se mostram sensíveis, são renovados e transformados por Ele, à imagem de Deus. Concede dons espirituais à Igreja.

Embora hoje sabemos que a Igreja Adventista não crê na Trindade Bíblica dos credos ortodoxos (demonstro isso com farta documentação no capítulo 6 livro A Conspiração Adventista, ou você pode ver esse artigo AQUI do irmão Paulo Cadi, seguidor do Blog MCA). E nem na Bíblia como INERRANTE Palavra de Deus, além de admitirem que no período final o sábado será o selo da salvação, e o Juízo tem algo iniciado em 1844... mas mesmo assim, vamos partir da premissa que a tal crença da Trindade está pelo menos próximo do pensamento clássico. Diante dessas crenças, o Historiador Adventista, George Knight afirma categoricamente:

A maioria dos fundadores do adventismo do sétimo dia não poderia unir-se à igreja hoje se tivesse de concordar com as “27 Crenças Fundamentais” da denominação [...] Para ser mais específico, eles não poderiam aceitar a crença número 2, que trata da doutrina da trindade [...] Semelhantemente, a maioria dos fundadores do adventismo do sétimo dia teria dificuldade em aceitar e crença fundamental número 4, que afirma a eternidade e a divindade de Jesus [...] A maioria dos líderes adventistas também não endossaria a crença fundamental número 5, que trata da personalidade do Espírito Santo. (Em Busca de Identidade, pp. 16,17.)

Então reflita: Se a IASD não pode ser considerada uma seita por causa dessas crenças, segundo Leandro Quadros, e se tais crenças não eram aceitas pela MAIORIA dos fundadores da IASD, isso significa, que pelo menos, enquanto não aceitaram como denominação, eles eram uma seita! Sim, nos primeiros anos da Igreja Remanescente ela era uma seita!?

Sei que quando essa postagem chegar na mãos de Leandro Quadros, ele com seu famoso clichê, irá dizer: “O Luciano não usa fontes pimárias”.

Risos...


(*Esse titã faz parte da mitologia do simpático Tito, apresentador do Programa Na Mira da Verdade). 

63 comentários:

  1. A Igreja Adventista não é, nem nunca foi uma seita, o que aconteceu foi que ela redescobriu aos poucos as verdades bíblicas que foram esquecidas ao longo da História pelo fato de trevas espirituais terem entrado no arcabouço doutrinário do povo de Deus a partir do segundo século (após a morte do último discípulo, João).

    Veja Prov.: 04.18:
    "Mas a vereda dos justos é como a luz da aurora, que vai brilhando mais e mais até ser dia perfeito."
    A vigésima oitava crença fundamental (Nova Terra) foi incluída no Manual da IASD recentemente (apesar de já acreditarmos nessa doutrina há tempos).
    Portanto, HOJE a IASD está vivendo dias próximos ao "dia perfeito" que se dará quado o Senhor e Salvador Jesus voltar e glorificar a Sua Igreja.

    Não nos preocupamos pelo fato de vc's, Luciano, nos considerarem uma seita por causa disto:
    "...segundo o Caminho, a que chamam seita, assim eu sirvo [servimos nós adventistas] ao Deus de nossos pais, acreditando em todas as coisas que estejam de acordo com a lei e nos escritos dos profetas." At.: 24.14

    Não temos nenhuma apreensão devido ao termo "ortodoxia cristã", sobre o qual vc tanto faz alarde, Luciano. Nossa preocupação é com a Escritura, em vivermos segundo At.: 24.14, no Senhor, e nas demais orientações divinas contidas nas Sagradas Letras, para que prossigamos no Caminho, a que vc's chamam seita.

    Aliás, se o conceito de seita fosse uma denominação religiosa cujas doutrinas não têm base bíblica, a sua igreja, Luciano, e a de seus correligionários se enquadrariam perfeitamente, pois as doutrinas que vc's crêem são totalmente antibíblicas. Cito só alguns exemplos:
    a predestinação agostiniano-calvinista, a imortalidade da alma greco-egípcia, santidade do domingo constantino-católica (doutrina que teve seu embrião com os pseudo-cristãos do segundo século), estado intermediário (versão evangélica do purgatório católico), etc, etc, etc.
    Abra seus olhos, Luciano, pois AS IGREJAS que CRÊEM nessas doutrinas, aqui expostas, é que são as verdadeiras SEITAS.

    ResponderExcluir
  2. Só para que não pensem que generalizei quando citei 'pseudo-cristãos' do segundo século, refiro-me aos que aceitaram as doutrinas estranhas às Escrituras, e não aos que permaneceram firmes nas puras verdades da Palavra de Deus, naquela época.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Profetisa, juizo investigativo, idolatria ao sábado, soberba, dízimo, bodes auxiliares da salvação, primazia
      escatológica, deturpação ,escárnio e adaptação conveniente da teologia milenar, entre outros, não são doutrinas estranhas ás escrituras? Como se pode descrever os unicos donos da verdade, senão como SEITA.

      Excluir
    2. Prezado Peli,

      Sobre a "profetiza", foi o próprio Deus que disse que devemos crer nos Seus profetas. (ver 2 Crôn.: 20.20);
      Em relação ao "juízo investigativo", a Escritura é clara que trata-se de uma fase do julgamento final de todo ser humano, salvo exceções. (ver Ecles.: 12.14, Dan.: 7.09-10, Mat.: 12.36-37, Apoc.: 20.11-12, 1 Jo.: 2.01, Mat.: 10.32, 1 Ped.: 4.17, etc);
      Sobre a suposta idolatria ao sábado, isto diz respeito a uma leviana opinião/acusação sua. Falar é fácil demais! Cadê as provas de que os adventistas idolatram o sábado? Poderia mostrar? Faça um vídeo em que um adventista esteja adorando ao sábado, e poste aqui para nós vermos!
      Em relação à suposta soberba, também trata-se de uma acusação. Por acaso vc sonda os pensamentos para ver se somos soberbos? Antes dos discípulos judeus-cristãos levarem a salvação aos gentios, apenas Israel era o povo visível de Deus, mas isto não significava que somente judeus que eram salvos. Assim também, apesar de a igreja visível do Senhor ser a judaico-cristã, que há 151 anos, veio a ser Igreja Adventista do Sétimo Dia, não significa dizer que somente adventistas é que serão salvos;
      O dízimo é bíblico. (Mal.: 3.10, Mat.: 23.23)
      Acerca de "bodes auxiliares da salvação", é invenção sua, pois não existe isso, apenas Cristo é o Cordeiro de Deus para o ser humano, assim pregamos nós, adventistas. (Ver Jo.: 1.36)
      Sobre "primazia escatológica", "escárnio", adaptação conveniente da teologia milenar" e "deturpação", tudo isso é outra criação de sua mente fértil. (rs)

      Excluir
  3. como o poder desta seita é forte, mesmo o Luciano provando erros deles mostrando documentos, pois fazem um malabarismo, para salvar a seita, é encrivel o que os adeptos se esforçam no maximo para defender seus lideres, fica uma pergunta a igreja brasileira, será que a igreja brasileira faz o que as seitas fazem pela mentira?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prezado Odair Vieira,

      O que vc diz sobre os textos bíblicos que dão base para as doutrinas defendidas pela Igreja Adventista do Sétimo Dia? Sua fala é muito vaga, consiste em meras acusações, aos adventistas, sem provas, algo parecido com o que o Peli faz...
      Não se preocupe, Odair! As igrejas brasileiras que creem em doutrinas estranhas às Escrituras, como a sua, a do Luciano (e cia ltda), esforçam-se muito na defesa das heresias descritas no meu primeiro comentário acima.

      Excluir
    2. Olá irmão Odair, a paz do Senhor!

      Paulo foi acusado de fazer parte de uma SEITA!

      A maioria tinha razão?

      I João 3:15.

      Um forte abraço e fique com Deus!

      Excluir
  4. Odair, eu escrevo, em primeiro lugar, para irmãos, em segundo a pessoas interessadas, não penso nem um momento nesses fanáticos, cegos, que não adianta uma tonelada de evidências... veja esse indivíduo Josinaldo, a postagem calaria a boca de qualquer ser com 1 grama de massa cinzenta espiritual... mas o espírito maligno cegou-os... tenho pena, mas é com as mãos que eles colocam as vendas em seus olhos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prezado Luciano,

      Estar difícil contra-argumentar, e, por isso, essa fala agressiva? Fica assim não, meu caro!
      Vamos debater ideias com civilidade. Tenha calma! Se os seus artigos tivessem plausibilidade eu não teria nenhum problema em concordar com eles, mas como não têm... fica impossível aceitá-los.

      Engraçado, pelo fato de vc defender teorias antiblícas, como algumas que citei no meu primeiro comentário, também tenho muita dó de vc e de seus correligionários!

      Sugiro que vc's orem conforme a oração do rei Davi, prezados dominguistas:
      "Desvenda os meus olhos, para que eu contemple as maravilhas da Tua lei." Salm.: 119.18

      Excluir
    2. Josinaldo, a postagem já mostrou o que pensei... manda e-mail para o Leandro e ajuda ele a tomar cuidado em não se preocupar com a ortodoxia... aliás, manda tb para Goldstein... avisa ele a estudar mais as obras PRIMATAS...

      Excluir
    3. Calma, Luciano, tente não nivelar para baixo a conversa!
      Não há necessidade alguma de mandar e-mail nem para o Leandro nem para Goldstein.

      Ah! o termo "PRIMATAS" seria bem empregado para se referir às doutrinas antibíblicas que vc's defendem, sr. Sena (e cia ltda).

      Excluir
    4. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    5. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    6. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    7. Luciano Sena como você é arrogante, no vídeo-aula do (Seminário JMC) você se comportou de forma presunçosa, omissa, irreverente e extremamente inseguro em tua fala, é uma pena que a Igreja Presbiteriana do Brasil que eu particularmente creio ser uma igreja seria onde tenho bons amigos o aceite como "professor" de alguma coisa. No vídeo VOCÊ DISSE "EU SOU PRECONCEITUOSO" em relação a música adventista. Tempo do vídeo 1:12 -1:13. Em relação a guarda do sábado você cometeu graves erros, inclusive faltou honestidade histórica. Como assim não tem texto bíblico que mostre a substituição da Pascoa pela Ceia do Senhor? Acredito que você tenha lido toda a bíblia, penso que você agora deveria estudá-la. Enfim, são vários pontos onde você comete erros graves, mas fico por aqui...Faltou honestidade histórica, conhecimento teológico e mais, se comporta como alguém extremamente frustado consigo mesmo, Que o SENHOR tenha misericórdia de ti.
      Rosivaldo Silva

      Excluir
  5. Josinaldo, o que você tem de fazer é demonstrar pelo Novo Testamento, as doutrinas adventistas.

    Onde é que está o mandamento para a observância do sábado?

    Quem levantou a lebre, tem de matar!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas, respondendo ao prezado Paulo Cadi, mostro alguns versos:

      Mar.: 6.01-02;
      Luc.: 4.16, 13.10, 23.54-56;
      At.: 18:01-04, 25.08, 13:14, 42 e 44;
      Heb.: 4:03-04, 09-11;
      Apoc.: 01.10 (combinado com Isa.: 58.13),
      etc, etc, etc...

      Excluir
  6. Olá irmão Paulo Cadi, a paz do Senhor!

    Falou e disse, estou contigo!

    Onde é que está o mandamento para a observância do DOMINGO no Novo testamento?

    Abraços e fique com Deus!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. bhuuuummm&%#@* bem no olho do sr. Paulo Cadi (um murro imaginário, claro!)

      Boa, irmão Alexandre!

      Excluir
  7. O tema da postagem não é este. Eu vou lhe provar que os adventistas creem em três Deuses, após abandonarem o arianismo. A emenda ficou pior do que o soneto.

    Depois, a liderança adventista se esconde atrás de um credo trinitariano, mas tem de seguir à risca, as revelações de White a respeito do que é a trindade para ela, ou seja, como É está trindade.

    Você não respondeu as minhas objeções, na outra postagem.

    Não existe mandamento para observar o domingo, assim como no Novo Testamento, NÃO EXISTE mandamento para os gentios guardarem o sábado, mas as fontes primárias do Novo Testamento, (já que o livro de Atos É REGISTRO HISTÓRICO), atestam que os cristãos se reuniram para "partir o pão", a eucaristia, no original grego, no primeiro dia da semana; e, isto, não é coincidência, porque para Deus, não existe o "por acaso."

    Não existe nenhum registro na FONTE PRIMÁRIA chamada Novo Testamento, onde apareça os gentios observândo o sábado.

    Então, meu caro, não tem como você demonstrar pelo Novo Testamento, o que pretende. Além do mais, o mandamento mais importante da lei, era o da circuncisão, porque sem ele o sujeito estava FORA DO PACTO.

    As mulheres solteiras, estavam representadas pelo pai, e as casadas, pelo marido, e isto é um aviso contra mulheres líderes no Corpo de Cristo, que tem como cabeça O VARÃO, Jesus, o Cristo e seus Apóstolos. Efésios 2:20.

    Então, as fontes primárias do Novo Testamento, estão do lado daqueles que adoram no dia em que seu Senhor Ressucitou, e potencialmente recriou em si mesmo os Novos Céus e a Nova Terra, e não tratam (o dia), com total indiferença, como fazem os sabatistas, que ainda por cima afirmam que a obervância (não legalista, como deve ser), do primeiro dia, será a marca da besta, coisa que a própria ciência econômica desmente. como já fiz referência em meus comentários da postagem anterior. Os sabatistas dão MAIS valor ao dia do seu aniversário, do que ao DIA mais importante na jornada dos homens através das eras.

    João, em Apocalipse 1:10 , ao referir-se ao Dia do Senhor, não está falando do sábado, que em nenhuma parte do Novo Testamento é chamado de dia do Senhor; se você ler todo o primeiro capítulo do Apocalipse, verá que a expressão "Dia do Senhor", está no contexto da RESSURREIÇÃO, se fosse o dia de sábado João chamaria o dia pelo nome, como o faz em seu evangelho.

    Mas, aqui, ele se dirige aos cristãos, a Igreja e a RESSURREIÇÃO de Cristo, tipificada pelo Dia das Primicías (Lv.23), que caia no PRIMEIRO DIA, assim como a fundação da Igreja, no Dia de pentecostes, caia e caiu (at.2), no PRIMEIRO DIA, assim como quando Deus disse "haja luz" (natural), NO PRIMEIRO DIA, assim como a luz espiritual raiou no domingo da RESSURREIÇÃO.

    Os sabatistas afirmam que estão no antitípico Dia da Expiação, desde 22 de Outubro de 1844, só que não se flagraram que no Dia da Expiação NÃO ERA PERMITIDO TRABALHAR; já que eles querem ser rigorosos na aplicação da tipologia do tabernáculo, para ser coerentes deveriam o ser aí também. Portanto, os adventistas estão trabalhando no Dia da Expiação e transgredindo a lei.

    Mas voltemos ao assunto da trindade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Interessante, os prezados dominguistas, pelo fato de não haver na Escritura o termo “domingo”, nem um mandamento de observância ao primeiro dia da semana, eles se contentam em levantar situações hipotéticas, sobre algumas passagens bíblicas, a fim de tentarem por na Bíblia o que não existe no Livro Sagrado. Vejamos algumas hipóteses deles (dominguistas):

      “Como Cristo ressuscitou no primeiro dia na semana, NÓS ACHAMOS que devemos guardar o domingo”;
      “Como o apóstolo partiu o pão no primeiro dia na semana, NÓS ACHAMOS que devemos observar o domingo”
      “Como o apóstolo disse para os cristãos fazer coleta de alimentos, a partir do primeiro dia da semana, para se fazer doações, NÓS ACHAMOS que isto é autorização bíblica para guardar o domingo”
      “Como João, em Apocalipse 1.10, utiliza o termo ‘dia do Senhor’ e, esta expressão, encontra-se num contexto em que também temos os termos ‘Primogênito dos mortos’ (v. 5) e ‘eis que estou vivo’ (v. 18), fazendo alusão à ressurreição de Cristo, NÓS ACHAMOS que isto seria ensino bíblico sobre a observância dominical” (dentre outras hipóteses)...

      Bem, os escritores bíblicos não são ACHÓLOGOS, nem o Espírito Santo teria duas doutrinas tão distintas no mesmo Livro,ou seja,n a Bíblia: AT, observância sabática e NT, descanso dominical. Assim, só podemos chegar à conclusão de que os dominicais estão ERRADOS em darem tamanha demonstração de desconhecimento das Escrituras.

      Já pensou se passagens bíblicas como Mar.: 6.01-02; Luc.: 4.16, 13.10, 23.54-56; At.: 18:01-04, 25.08, 13:14, 42 e 44; Heb.: 4:03-04, 09-11; Apoc.: 01.10 (combinado com Isa.: 58.13), que mostram claramente cultos aos sábado e indicação do sétimo dia como “mandamento”, tivessem o primeiro dia da semana como referência (em tais passagens)...?
      Já imaginou como não estariam os dominguistas hoje?!
      Como o SENHOR é Todo-poderoso, sendo, então, que isso não é o caso... resta aos dominguistas recorrerem a hipóteses desengonçadas para tentar defender o indefensável: observância dominical como suposto mandamento bíblico.

      Excluir
    2. Aqui ninguém está "achando" nada, mas demonstrando pelas escrituras da Nova Aliança dirigidas a Igreja, que são fontes primárias, nada constanto do mandamento sábatico aos gentios.

      Os gentios somente tem em suas epístolas, Gl.4:8-10; Rm.14 e Cl.2:16, e mais NADA. O resto é invenção dos sabatarianos.

      O sinal entre Deus e seu povo era aquele que introduzia o indivíduo dentro da congregação de Israel, ou seja, a CIRCUNCISÃO.

      Por isso, os judaizantes queriam que os gentios fossem circuncidados, e não que guardassem o sábado, o que seria uma consequencia se eles aceitassem a circuncisão.

      Deus não deu o sábado a Abraão, mas lhe deu o sinal da circuncisão.

      O texto de Ezequiel onde afirma que o sábado era um sinal entre Deus e ISRAEL, era um sinal de outra natureza, ou seja, a diferenciação de Israel das nações pagãs, como um povo separado, mas este sinal sem o selo da circuncisão NÃO TINHA NENHUMA VALIDADE; portanto,os adventistas além de não observarem o sábado como prescreve a lei, sua observância se torna inválida por que eles (os adventistas), não tem o selo da circuncisão.

      Vocês não podem manipular a lei, ficando somente com a parte que lhes agrada e rejeitando as outras, porque ao fazer isto estão TRANSGREDINDO A LEI. Tg.2:10-12.

      Como a postagem trata do assunto a respeito da trindade, irei me deter nele por enquanto, depois podemos voltar a este assunto.

      Excluir
    3. Olá irmão Paulo Cadi, a paz do Senhor!

      Mais uma vez concordo com você, não devemos achar, mas ter certeza!

      Muitas doutrinas da ICAR são rejeitadas pelos irmãos, mas o interessante é que os irmãos não rejeitam o DOMINGO, mas o defendem com unhas e dentes. E o engraçado é que os irmãos pedem confirmação no novo testamento sobre o SÁBADO o é tranquilamente percebido, só não vê quem não quer! Enquanto que o DOMINGO não existe sequer um único versículo que o autorize, mas é defendido pelos irmãos.

      Eu fico pensando no seguinte, o irmão sempre pede uma confirmação BÍBLICA e eu concordo plenamente com você, mas me parece que os irmãos logo citarão a "PATRÍSTICA" para defesa do DOMINGO pois BIBLICAMENTE não o pode!

      São as filhas seguindo a "MÃE"!

      No seu último parágrafo gostei da estratégia:

      "Como a postagem trata do assunto a respeito da trindade, irei me deter nele por enquanto, depois podemos voltar a este assunto"(Paulo Cadi).

      O engraçado que quando falamos de um assunto específico, o irmão adora citar outros temas e assuntos diferentes ao mesmo tempo, mas parece que o irmão mudou! Por que será?

      Será por que não "ESTÁ ESCRITO"?

      Um forte braços e fique com Deus!

      Excluir
  8. Ah! só mais uma coisa: Os adventistas acusam os cristãos de heresia por, (eu diria, nem guardarem, mas terem uma estima pelo Dia da Ressurreição do Senhor Jesus, já que se eles tiverem que trabalhar no Domingo para pagar as contas e sustentar a família, o farão, o que não é o caso dos sabatistas), observarem o Dia do Senhor JESUS "kyriake hemera", não o dia de YHWH, mas eles, (os adventistas), coam um mosquito e engolem um camelo, já que eles "observam", festejam, celebram, as festas PAGÃS vindas de ROMA, que são o natal e a páscoa.

    Então, quanto mais nós "cafungamos" nos ensinamentos desta seita, mais nós surpreendemos com a incoerência no comportamento destes cidadãos, assim como acontece com os testemunhas de jeová.

    ResponderExcluir
  9. kkkkkk vc é hilário Paulo Cadi....

    Que Deus o abençoe!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É só isso que você tem a dizer? Isto é riso de desespero!he!he!he!

      Excluir
    2. kkkkkkkk (2)

      Este Paulo Cadi é muito engraçado!!!!!!
      Não entendo por que ele fica tanto tempo no silêncio... deveria aparecer mais para deixar as conversas mais descontraídas!

      kkkkkkkkk...

      Fazia tempo que eu não ria tanto!!!

      kkkkkkkkk...

      Obrigado, Paulo Cadi! Até porquê, sorri faz muito bem pra saúde. E vc está me ajudando muito!

      kkkkkkkkk....

      Ah! E não exclua o comentário, não, hein?! Deixa todos verem o que vc escreveu...

      kkkkkkkk...

      Excluir
  10. Ellen G. White de si mesma fez as seguintes reivindicações sobre seus escritos:

    "Quantos leram cuidadosamente Patriarcas e Profetas, O Grande Conflito e O Desejado de Todas as Nações? Desejo que todos a entendam que a minha confiança na luz que Deus tem me dado permanece firme, porque eu sei que o poder do Espírito Santo engrandeceu a verdade, e fez-la gloriosa, dizendo: ". Este é o caminho, andai por ele" Nos meus livros, a verdade é declarada e fortalecida por um "Assim diz o Senhor."

    "O Espírito Santo traçou essas verdades sobre meu coração e mente de maneira tão indelével como a lei foi traçada pelo dedo de Deus sobre as tábuas de pedra, que estão agora na arca, para ser trazidas à luz naquele grande dia em que a sentença será pronunciada contra toda a ciência sedutora do mal produzida pelo pai da mentira -.. Carta 90, 1906 (Colportor Evangelista, p 126.). "(Mensagens Escolhidas, livro 3, página 122, parágrafos 2-3.)

    Vamos ver o que diz a "pena inspirada" de White, sobre a "sua" doutrina da trindade:

    "Aqui é onde o trabalho do Espírito Santo vem, após o seu batismo. Você está batizado em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Você é levantado para fora da água para viver, doravante, em novidade de vida - para viver uma nova vida Você nasceu para Deus, e você
    fica sob a sanção e o poder DOS TRÊS SERES mais santos no céu, que são capazes de guardá-lo de cair. Você está a revelar que você está morto para o pecado; vossa vida está escondida com Cristo em Deus. Oculto 'com Cristo em Deus' - transformação maravilhosa. Esta é a mais preciosa promessa. Quando eu me sinto oprimida e mal sei como me relacionar para a obra que Deus me deu para fazer, eu só invoco OS TRÊS GRANDES DIGNATÁRIOS, e digo: Vocês sabem que eu não posso fazer esse trabalho por minha própria força. Vocês devem trabalhar em mim e por mim e através de mim, santificando a minha língua, santificando o meu espírito, santificando minhas palavras, e trazendo-me à uma posição onde meu espírito estará suscetível às atuações do Espírito Santo de Deus em minha mente e caráter. E esta é a oração que cada um de nós pode oferecer "(Sermões e Palestras, Volume Um, página 363, parágrafo 1 º; página 366, n.1;. E a página 367, parágrafo 3).

    Aí nós temos uma clara afirmação de Ellen G. White de que há três deuses - três "seres" divinos no céu. Esta é uma negação explícita da confissão trinitária do Credo de Nicéia, que diz que Jesus Cristo é "consubstancial ao Pai". Além disso, observe que ela diz que ela apela "AOS TRÊS GRANDES DIGNATÁRIOS" - não o único e verdadeiro Deus da Bíblia.

    "Há três pessoas vivas do TRIO CELESTIALl, em nome destes TRÊS GRANDES PODERES - o Pai, o Filho e o Espírito Santo - os que recebem a Cristo pela fé viva são batizados, e ESSES PODERES cooperarão com os súditos obedientes do Céu em seus esforços para viver a nova vida em Cristo. " (Evangelismo, página 615, parágrafo 1 º.)

    Prossegue.....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá irmão Paulo Cadi, a paz do Senhor!

      O Espírito Santo quando inspira alguém, Ele o faz em graus diferentes?

      Ou seja, existiria uma inspiração BOA e outra MEIA BOCA?

      Não estou perguntando se você acredita ou não em EGW.

      Estou perguntando sobre INSPIRAÇÃO!

      O Espírito Santo pode dar uma INSPIRAÇÃO "BOA" e uma "MEIA BOCA" ?

      Um forte abraço e fique com Deus!

      Excluir
  11. Observe que White usou o termo "TRIO" em vez de "TRINDADE". Um trio significa apenas um grupo de três - e os três não são um, além de ser "um grupo". Mais uma vez, ela está ensinando um "grupo-deus", ou um grupo de três deuses diferentes, a quem ela chama de "três grandes potências."

    "Ninguém deve participar da solene ordenança do batismo, sem dar ao assunto cuidadosa e piedosa meditação. Os candidatos e especialmente os jovens, devem ser cuidadosamente instruídos no que diz respeito às obrigações assumidas ao dar este passo. Eles se comprometem a dedicam suas vidas ao serviço de Deus;. e AS| TRÊS GRANDES POTÊNCIAS DO CÉU, o Pai, o Filho e o Espírito Santo, COMPROMETEM-SE a cooperar com eles, para trabalhar em e através deles. Quando eles aceitam Cristo como seu Salvador, eles recebem poder de se tornarem filhos de Deus.

    "Terríveis perigos estão diante daqueles que têm responsabilidades na causa de Deus - riscos que ao pensar me fazem tremer. MAS A PALAVRA VEM, 'Minha mão está sobre a roda, e eu não vou permitir que os homens controlem o Meu trabalho para estes. últimos dias. Minha mão está girando a roda, e Minha providência continuará a realizar os planos divinos, independentemente das invenções humanas. Os planos do homem serão derrubados, e o Senhor Deus do céu vai revelar a Sua glória. O Pai, o Filho, e o Espírito Santo irão realizar a lei do Céu. ESTAS TRÊS GRANDES POTÊNCIAS se comprometeram a reduzir a nada as invenções de mentes humanas idólatras. ELES colocaram os tesouros infinitos do céu sob o comando do esforçado povo de Deus. À medida que a roda é girada por uma mão divina, a filosofia dos homens mais sábios que estão trabalhando ao contrário dos Meus propósitos vai se tornar intrincada e confusa."
    [...]

    "Lembremo-nos de que a vinda do Senhor está mais perto do que quando no princípio cremos. Que pensamento maravilhoso é que a grande controvérsia está chegando ao fim. Na grande obra de finalização nos depararemos com perplexidades que não saberemos como lidar, mas não nos esqueçamos de que AS TRÊS GRANDES POTÊNCIAS DO Céu estão atuando, que a mão divina é na roda, e que Deus irá levar Seus propósitos a cabo. Ele vai reunir do mundo p do mundo um povo que vai servi-Lo em justiça , que não vai ligar grilhões nos pescoços dos seus semelhantes, mas vai quebrar todo o jugo de invenção humana. " ( Manuscritos, Volume Vinte e um, página 150, parágrafo 4, e página 151 parágrafo 5 página 152 parágrafo 1.)

    Mais uma vez, Ellen White fala sobre as "três grandes potências" para descrever seus três deuses. Aqui estão algumas citações semelhantes adicionais:

    "Aqueles que proclamam a mensagem do terceiro anjo devem colocar toda a armadura de Deus, para que possam permanecer com ousadia em seus postos, em face da detração e falsidade, combatendo o bom combate da fé, resistindo ao inimigo com a palavra, "Está escrito." Mantenham-se onde OS TRÊS GRANDES PODERES DO CÉU, o Pai, o Filho e o Espírito Santo, possam ser a sua eficiência. ESSES PODERES TRABALHARÃO com aquele que se entrega sem reservas a Deus. A força dos céus está ao comando dos crentes. O homem que tem Deus como sua confiança está cercado por um muro inexpugnável -. Southern Watchman, 23 de fevereiro de 1904, p 122. ". (Ellen G. White, SDA Bible Commentary vol.7A, página 442, parágrafo 2 º.)

    "A DIVINDADE foi agitada com piedade pela raça, e o Pai, o Filho, e o Espírito Santo ENTREGARAM-SE À OBRA do plano de redenção -.. Conselhos Sobre Saúde, p 222." (Ellen G. White, SDA Bible Commentary vol.7A, página 442, parágrafo 1 º.)

    Prossegue.....

    ResponderExcluir
  12. Olá irmão Paulo Cadi, a paz do Senhor!

    O irmão citou:

    Observe que White usou o termo "TRIO" em vez de "TRINDADE".

    Pergunto: qual o livro, capítulo e versículo onde está ESCRITO a palavra "TRINDADE".

    Obs.: eu creio na TRINDADE!

    Existe um ditado popular que diz:

    "Pra bom entendedor, meia palavra basta".

    Usar "TRIO" que significa TRÊS, e "TRINDADE" idem, dentro de um contexto das TRÊS DIVINDADES, desqualifica o comentário?

    Um forte abraço e fique com Deus!

    ResponderExcluir
  13. Alexandre, o termo Trindade é da Teologia Cristã, e deve ser entendida conforme essa teologia a definiu.

    O Adventismo, em sua confusão, inicialmente negou e caluniou essa doutrina. Depois, para salvaguardar a imagem dos pioneiros, disseram que eles negaram a Trindade dos credos e conforme eles a entendiam... então, a IASD produziu, usando o termo Trindade, uma divindade acoplada de Três seres.

    Por isso, dizem que os Credos estão errados e os pioneiros recebem salvo conduto. O falso deus da teologia adventista (quem sabe, esse não seja o seu), tem membros e partes.

    ResponderExcluir
  14. Olá irmão Luciano Sena, a paz do Senhor!

    O irmão explicou mas não provou sobre a palavra "TRINDADE"!

    Num contexto sobre As Três Pessoas da Divindade, em que se use um "NUMERAL" relacionado à "TRINDADE" é errado?

    Irmão Luciano Sena, recentemente você me chamou de "BATE-ESTACAS", esse adjetivo não lhe serviria?

    Pois você sempre fala a mesma coisa sobre a questão TRINITARIANA dos IASD, em relação ao que foi e também ao que é hoje e já a muito tempo.

    Somos TRINITARIANOS, existe algum problema com isso?

    Faz alguma diferença?

    Um forte abraço e fique com Deus

    ResponderExcluir
  15. Então leia direito, não te chamei disso, falei daquele pastor Batista que se tornou adventista, então eu disse que ele deveria ser isso...

    Quanto ao assunto trindade, acho que é um pouco complexo para vc. Faz o seguinte, leia o Credo Atanasiano, que é a minha definição de Trindade. Depois me mostre onde ele está errado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá irmão Luciano Sena, a paz do Senhor!

      Lembra do ditado:

      "Pra bom entendedor, meia palavra basta"

      Se você chamou o Pr Batista de "BATE-ESTACA" por causa do SÁBADO, logo, você chamou a todos os sabatistas de "BATE-ESTACA"!

      Não estou discutindo TRINDADE, mas o comentário do irmão Paulo Cadi que fez um estardalhaço entre "TRÊS" e "TRINDADE" dentro do contexto das "TRÊS" Pessoas da Divindade!

      Como se isto mudasse alguma coisa.

      Muda?

      Um forte abraço e fique com Deus!

      Excluir
    2. Então vc não não é um bom entendedor, pois eu não disse 'meia' palavra. Uma pessoa disse que o pr batista não precisava abraçar o pacote todo adventista tendo em vista a antiga história dos batistas do sétima dia... daí eu ironizei dizendo que ele era um 'batistaca'... Logo, não tem "logo" coisa nenhuma... mas se a síndrome de perseguição te faz pensar assim, aí o problema é emocional.

      Vc está discutindo o uso desse termo com ele, eu fiz outra inferência...

      Mas não perca tem comigo não... daqui a pouco vc vai colar longas textos e eu não irei ler...

      Deve ser por isso que vc não respondeu... não tem nada no que vc tem para colar sobre o Credo Atanasiano? Mas procure, talvez vc ache.

      Excluir
    3. Olá irmão Luciano Sena, a paz do Senhor!

      Que o Espírito Santo esteja sempre com você!
      Que os Dons do Espírito Santo continuem a se manisfestar em sua vida e o principal deles, o AMOR!

      Ler os comentários sei que o irmão não lê, mas não vejo nenhum problema nisso!

      Um forte abraço e fique com Deus!

      Excluir
  16. Gostaria de fazer um rápido, (se possível), esclarecimento do que é a trindade.

    A doutrina da trindade foi elaborada teológicamente, para preservar o monoteísmo bíblico, (onde Deus não é "um" como um dedo), e defender a Fé Cristã contra as heresias do gnosticismo, arianismo, modalismo, monarchianismo , montanismo, etc.

    As escrituras são clarissímas quando afirmam que o Filho participava da mesma glória eterna do Pai, desde antes da fundação do mundo, e que o Filho "saiu" de Deus, ou do "seio" de Deus, que é a suprema intimidade espiritual.

    O Espírito, "procede do Pai, por Jesus Cristo." Ele é o "outro" (allós), da mesma natureza divina que o Filho, mas é "outro, e não o mesmo.

    Sendo assim, Deus é um Espírito (Jo.4:24), Triúno.

    Deus não é "três seres", mas "um ser."

    Deus é um ser que "subsiste" em três pessoas "distintas" ma não separadas, o que nos tornaria "triteístas."

    Por isso, os cristãos se ocuparam muito com isso, de outro modo não teria como defender-se contra as heresias e seríamos considerados idólatras, crendo em três deuses.

    O verbo, que era Deus, assumiu a natureza humana, pela encarnação (Jo.1:14), mas preservou intacta sua natureza divina, a qual é intrínseca a si mesmo.

    Mas ao assumir a natureza humana, o Senhor continuou "Espírito" quanto a sua natureza divina, original. Ele se fez carne, mas não se separou do Pai e do Santo Espírito.

    Não se deve "imaginar" a Trindade, porque isto pode levar a mal entendidos que fazem as pessoas terem uma concepção errada da doutrina.

    Então, Deus não é "três seres", ou "três poderes" ou "três dignatários. Deus é um Ser existindo em três pessoas que se manifestam ao mesmo tempo, o que não aconteceria se ele fosse três seres separados.

    Sempre quando o Pai se move, o Filho e o Espírito Santo se movem juntos. Jesus disse que quando o Pai age, o Filho também age ao mesmo tempo.

    Toda a ação eterna da divindade e a exteriorização de seus atributos se manifesta ao mesmo tempo, em todas as três pessoas. Se fossem três seres separados, que atuassem separadamente, já não seria o único Deus, e não haveria onisciência, nem onipresênça, e nem onipotência, que são manifestações eternas da divindade. Sempre ocorrendo simultâneamente e para sempre.

    O Apóstolo João afirma que nunca ninguém viu a Deus. (Jo.18). O que ele quis dizer com isso?

    Que nunca ninguém viu a Deus como ele é.

    O que os profetas como Abraão, Moisés, Isaías, Miquéias, etc, viram, foram manifestações teofânicas. Era Deus se aproximando do homem caído, e usando os mesmos padrões de comportamento para entrar em contato conosco.

    Por isso que ele aparecia como "um ser", não como três teofânias, porque seria politeísmo, triteísmo. Então, quando Deus se manifestava como "um ser" ele estava simbolicamente anunciando a sua descida, a encarnação do verbo.


    "Nesta Escritura DEUS E CRISTO SÃO CHAMADOS DE DUAS PERSONALIDADES DISTINTAS, CADA UMA ATUANDO EM SUA PRÓPRIA INDIVIDUALIDADE." (Manuscript Release No760: A Integridade do Santuário (Verdade (Truth), página 18, parágrafo 2).


    Estas declarações de White, passam longe do monoteísmo e se fossem adotadas como doutrina, lá em Nicéiae demais concílios, teriam afundado o Cristianismo no pantano da idolatria.

    Vamos prosseguir mostrando pelos próprios escritos de White, onde ela afirma que o Pai e o Filho, não o Espírito, (como os mórmons), possuiam corpos como os dos humanos, (ainda que não da mesma matéria), antes da encarnação do verbo, fora outras coisas. Prossegue......

    ResponderExcluir
  17. Estimado Paulo Cadi
    Paz te seja multiplicada
    abaixo transcrevemos comentário do Pastor Ezequias Soares sobre a Trindade. Espero que os leitores sejam esclarecidos, porém não se desliguem no teu comentário acima pois é altamente esclarecedor sobre a diferença da crença ortodoxa bíblica e a crença do adventismo totalmente contrária a crença cristã

    O QUE SIGNIFICA O TERMO "PESSOA" NA TRINDADE?
    As Escrituras revelam o Deus verdadeiro como um ser es- piritual e pessoal, conforme João 4.24; Jó 13.8. No que tange à Trindade, tanto as Testemunhas de Jeová como os modalistas ou sabelianistas e os unicistas modernos apresentam conceitos er- rôneos sobre a palavra "pessoa" na Divindade. Racionalmente parece difícil alguém admitir três Pessoas Divinas, sendo Deus absoluto em toda a sua plenitude, e não parte da Divindade e, no entanto afirmar que isso não é triteísmo. Talvez o problema seja pelo fato de não haver palavra mais adequada para o que cha- mamos de "pessoas" da Divindade. A palavra "pessoa" vem do grego persona, "máscara" usada para designar a máscara que o ator usava para representar um personagem no teatro grego. Aplicando essa palavra para o que chamamos de "Pessoas" na Trindade, poderia induzir alguém ao sabelianismo ou modalismo. Por essa razão os Pais da Igreja preferiam chamar essas "Pessoas" de homoousios, "um ser", ou hipo s ta si s. Hipóstase vem de duas palavras gregas hypo "sob" e istathai "ficar". Nas discussões teológicas sobre a doutrina da Trindade, na era da patrística, era usada como sinônimo de ousia "essência, ser". O reformador protestante, Calvino, preferia chamar de Subsistentia. O livro Fundamentos da Verdade, publicado pelo ICI (Instituto por Corresponência Internacional), Campinas, SP, prefere chamar essas Pessoas de auto-distinções. O termo
    "pessoa", nesse caso, não deve ser entendido com o uso moderno que usamos para designar um ser individual em sua totalidade. "Quando falamos de Deus como Pessoa, estamos na realidade usando o termo moderno para expressar a natureza de uma substância; mas, quando falamos de 'pessoas'no sentido trinitariano, estamos nos referindo à Hypostases ou as distinções dentro daquela substância" (Orton H. Viley e Paul T. Cubertson). Por isso é falsa a asserção de que a Trindade é doutrina de homens. Um número incontável de cristãos já está na glória sem sequer ouvir a palavra "trindade". Ninguém precisa entender a Trindade para ser salvo. Deus é para ser crido e não entendido. O grande problema das seitas é querer entender Deus. A salvação é pela fé no verdadeiro Jesus dos evangelhos. Não existe salvação sem Jesus.
    Em Cristo
    Wilton

    ResponderExcluir
  18. Irmão Wilton. Amém. Muito Boa a Sua explanação.

    Vamos continuar dissecando a heresia triteísta de White.
    Hoje não deu tempo para continuar a refutação.

    Irmão Luciano, Deus Abençõe a você, e todos os irmãos que contribuem com seu conhecimento. Todos somos iguais diante do Senhor Jesus!

    Todos somos iguais, e "pequenos teólogos", como disse Karl Barth.

    Nenhuma seita tem capacidade de nos derrotar!

    Mas vamos em frente! Somos representantes da Fé que uma vez foi dada aos santos.

    Eu quero que um líder sabatista se manifeste.

    Onde é que eles estão?

    ResponderExcluir
  19. "Eu quero que um líder sabatista se manifeste."

    "Onde é que eles estão?"

    Ora, fazendo o que a Igreja remanescente tem que fazer. Pregando o Evangelho Eterno a todas as nações, povos, tribos e línguas... Conclamando a todos a voltarem a adorar YHWH, o Deus verdadeiro, aquele que fez o céu, e a terra, e o mar, e as fontes das águas. (Ap. 14: 6, 7)

    Deus os abençoe, Paulo Cadi, Luciano Sena e irmão Wilton.

    ResponderExcluir
  20. Luciano, parabéns pelo livro A Conspiração Adventista. Creio que Deus usará este trabalho para abrir os olhos de alguns adventistas sinceros e será de ajuda para os cristãos evangélicos que muitas vezes ficam vulneráveis diante dos ataques adventistas.
    Semana passada, meu pastor, rev. Armando, fez um breve alerta sobre os perigos das mensagens dos pastores adventistas da TV Novo Tempo. Continue firme, Luciano.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amém...
      Poderia me envia um e-mail?
      blogapologetico@gmail.com

      Excluir
  21. Prosseguindo com a exposição da falsa trindade de White: Vi um trono, e assentados nele estavam o Pai e o Filho. Contemplei o semblante de Jesus e admirei Sua adorável pessoa. A pessoa do Pai Não pude contemplar, pois uma nuvem de gloriosa luz O cobria. Perguntei a Jesus se Seu Pai tinha uma forma como a si mesmo. Ele disse que tinha, mas eu não poderia contemplá-Lo, pois disse: "Se uma vez contemplares a glória de Sua pessoa, deixarás de existir." Diante do trono vi o povo do advento -.. A igreja o mundo que eu vi dois grupos, uma prostrou-se diante do trono, profundamente interessada, enquanto o outro ficou desinteressado e descuidado Os que estavam ajoelhados perante o trono ofereciam suas orações e olhavam para Jesus;.. Ele, então, olhava para seu Pai, e parecia estar pleiteando com Ele. Uma luz viria do Pai ao Filho e do Filho para o grupo em oração Então eu vi uma luz excessivamente brilhante vindo do Pai para o Filho e do Filho que incidia sobre o povo perante o trono. [...]

    "Eu vi o Pai ERGUER-SE do trono, e num flamejante carro entrar no santo dos santos para dentro do véu, e sentar-se. Então Jesus se levantou do trono, e a maioria daqueles que estavam curvados ergueram-se com ele. Eu não vi um raio de luz passar de Jesus para a multidão descuidada depois que Ele se levantou, e eles foram deixados em plenas trevas. Aqueles que se ergueram quando Jesus se levantou, mantiveram os olhos fixos nele quando Ele deixou o trono e os conduziu para fora um pouco Então Ele levantou o braço direito, e ouvimos a sua voz linda dizendo, 'Esperem aqui, eu vou para meu Pai para receber o reino; manter suas roupas sem mácula, e em pouco tempo vou voltar das bodas e vos receberei para mim mesmo. " Em seguida, um carro de nuvens, com rodas como fogo chamejante, cercado por anjos, veio para onde estava Jesus. Ele entrou no carro e foi levado para o santíssimo, onde o Pai estava assentado. Então eu vi Jesus, um grande sumo sacerdote, EM PÉ DIANTE DO PAI. Na orla de Suas vestes havia uma campainha e uma romã, uma campainha e uma romã. [...] "(colchetes no original. primeiros escritos de Ellen G. White, página 54, parágrafo 2 página 55 parágrafo 1.)


    "Na página 55, afirmei que uma nuvem de gloriosa luz cobria o Pai e que Sua pessoa não podia ser visto. Eu também afirmei que VI O PAI ERGUER-SE DO TRONO. O Pai estava envolvido em um corpo de luz e glória, para que Sua pessoa não pudesse ser vista. Mas eu sabia que era o Pai, e que a partir de sua pessoa emanava essa luz e glória. Quando eu vi este corpo de luz e glória, LEVANTAR-SE DO TRONO eu sabia que era porque o Pai se moveu , portanto disse: Eu vi o Pai se levantar. A glória, ou excelência, de Sua forma eu nunca vi;. ninguém poderia contemplá-la e viver, e contudo o corpo de luz e glória que envolvia Sua pessoa PODIA ser visto. " (Primeiros Escritos de Ellen G. White, página 92, parágrafo 1 º.)

    No próximo comentário, a seguir, vamos fazer uma rápida refutação destas "visões" anti-bíblicas. Prossegue.....

    ResponderExcluir
  22. Essas visões de White, citadas no comentário anterior, (30/04/2014, 14:43), vão DE encontro, não AO encontro de João:1:18, onde o Apóstolo nos ensina:

    NINGUÉM JAMAIS VIU A DEUS, mas o Filho Unigênito, que está junto do Pai, O TORNOU CONHECIDO.

    Os profetas sempre viram a Deus, em teofânias ou simbolos, mas nunca viram a Deus, COMO ELE É. Só que White viu; ela teve mais revelação do que os profetas e os Apóstolos!

    Quando os discípulos pediram a Jesus que lhes apresenta-se o Pai, o que ele lhes respondeu?
    "Disse Filipe: Senhor, mostra-nos o Pai, e isso nos basta. Jesus respondeu: Você não me conhece filipe, mesmo depois de eu ter estado com vocês durante tanto tempo? Quem me vê, vê o Pai. COMO VOCÊ PODE DIZER: Mostra-nos o Pai?' João 14:8-9.

    "No princípio era o verbo, e o verbo estava com Deus, e o verbo era Deus." Jo.1:1.

    E o verbo, (que era Deus), se fez carne e habitou entre nós. Jo.1:14.

    Fp.2:6-8: "Seja a atitude de vocês, a mesma de Cristo Jesus, que embora existindo na forma de Deus, não considerou ser igual a Deus (coisa que ele era), algo que devia apegar-se; mas esvaziou-se a si mesmo, vinda a ser servo, TORNANDO-SE SEMELHANTE AOS HOMENS, e sendo encontrado EM FORMA HUMANA...'

    O Apóstolo Paulo, citando um filósofo grego (que agora não lembro o nome), afirma sobre a grandeza de Deus, COMO ELE É, (Jo.1:18): "Pois nele (em Deus), nos movemos e existimos, como disseram alguns dos poetas de vocês.... (poeta na grécia, também era filósofo, pois os poemas tinham caráter existêncial. atos 17:28.

    Rm.1:23: 'E trocaram a glória do Deus imortal por imagens feitas SEGUNDO A SEMELHANÇA DO HOMEM, (aT.17:29.)"

    O Deus da Bíblia, é Espírito imortal, eterno, dentro do qual está o universo; e Deus em sua transcendência. O Deus da Bíblia é infinitamente maior, superior ao "deus" de Ellen White.

    O único corpo que Deus tem, com cabeça, tronco e membros, é o do "logos", do verbo que se fez carne, (homem).

    E isto com um só objetivo: Tornar-se mortal para a salvação do homem.

    o "deus" adventista e o "deus" mórmon, são IGUAIS.

    White, em suas visões, nunca menciona o Espírito Santo, mas somente o Pai e o Filho. Porque será? Por causa do ARIANISMO adventista. A trindade adventista nada mais é do que Arianismo disfarçado!

    Como é que White (como mostrado no comentário anterior, 30/04/2014, 14:43), aí em cima, pode ver Jesus glorioso, mas não pode ver o Pai. Na trindade, as três pessoas participam da mesma glória.

    Em João 17:5, Jesus ora: "e agora, Pai, glorifica-me, junto a ti, COM A GLÓRIA QUE EU TINHA CONTIGO ANTES QUE O MUNDO EXISTISSE.

    Se Jesus, após a sua ascensão, retomou a MESMA glória que tinha com o Pai, porque White podia ver Jesus em glória, mas não podia ver o Pai?

    Por causa do arianismo dos pioneiros adventistas. as "visões" de White eram regadas a arianismo.

    Estevão, mártir, viu em atos 7 (no final), a glória de Deus e o Senhor Jesus assentado à destra, que significa, à destra do poder e não do lado de outro ser corpóreo. À destra, é uma linguagem bíblica antropomórfica, para descrever a exaltação do Senhor Jesus. Deus Pai é visto por Estevão, na pessoa do Senhor Jesus.

    Depois continuaremos mostrando mais peripécias de White........

    ResponderExcluir
  23. Paulo Cadi, você tem algum email em que eu poderia me comunicar com você? Meu email é: vivaprajesus@gmail.com Abraço e obrigado, irmão!

    ResponderExcluir
  24. Irmão Viva Pra Jesus, meu email é , tabormountain@outlook.com
    Um abraço!

    ResponderExcluir
  25. Se você está falando comigo, eu lhe afirmo: Não sou cessacionista, mas também não sou pentecostal. Este movimento detonou-se por completo.

    A predestinação é uma doutrina bíblica e ponto.

    a própria palavra, que é biblica, nos informa que Deus seleciona sim, nações (Israel), e também predestinou Sua Igreja antes da fundação do mundo.

    Tentar estabelecer outra doutrina é causar confusão e "diluir" a doutrina da eleição a mera especulação humanísta.

    Como é que você afirma que as escrituras não ensinam a predestinação, se elas testemunham o oposto?

    Dê a sua definição do que é predestinação, segundo as escrituras.

    ResponderExcluir
  26. Irmão Paulo, não deixe o assunto da postagem perder o foco, se possível. Precisamos explorar esse assunto ainda... note que esse tema não é explorado no Brasil, e ainda, muitos de nossos companheiros apologistas ainda não haviam percebido isso... até mesmo grandes teólogos caíram na 'malha'...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Irmão Luciano, é verdade! Senão o assunto começa a descambar para outro lado. Vamos continuar a fazer a exposição, abaixo do comentário do Josinaldo, que entrou derrapando completamente fora do tema, o qual é importante que todo adventista tome conhecimento!

      Excluir
  27. Em resposta ao meu comentário de 27/04, às 15h44, o prezado Paulo Cadi diz que os dominguistas não usam o termo "NÓS ACHAMOS QUE SE DEVE OBSERVAR O DOMINGO", cuja doutrina começou a ser criada após o primeiro século, estabelecendo-se com Constantino, igreja católica, sendo endossada pela igreja evangélica (ou protestante) e espírita (em todas as ramificações).

    Ué, como diz o ditado popular repetido pelo irmão Alexandre, 'para o bom entendedor meia palavra basta', isto é, se os dominguistas não dizem os termos "nós achamos", ao analisarmos as suas motivações para serem observadores do primeiro dia da semana, não tem como não chegar à conclusão de que eles criaram esta doutrina a partir de análises hipotéticas sobre alguns versos bíblicos.
    Por exemplo, sobre Sal.: 118.24: "Este é o dia que o SENHOR fez; regozijemo-nos e alegremo-nos nele."
    Os dominguistas tem coragem de dizer que o salmista estaria se referindo ao domingo!!!! Aí vem a pergunta: como eles chegam a esta conclusão? A única resposta plausível é: ACHISMO. Pois nem o contexto imediato, nem o contexto geral das Escrituras dão base para a conclusão dominical!

    Já a Escritura é clara ao dizer: "... o sétimo dia é o sábado do SENHOR teu Deus..." (Êx.: 20.10), também diz: "... no sábado, descansaram, segundo o mandamento" (Luc.: 23.56)...
    Onde temos na Bíblia versos tão claros, em se tratando de mandamento, em que a Escritura estaria se referindo ao domingo (ou primeiro dia da semana)? N-Ã-O E-X-I-S-T-E!

    Portanto, sr. Cadi, quer vc concorde ou não, a observância dominical é uma doutrina baseada em achismos, mesmo que não se use este termo, mas toda a argumentação levantada em torno do assunto se resume a: "Nós achamos que o domingo tornou-se o sábado cristão."

    ResponderExcluir
  28. Continuando a exposição (à partir dos comentários, nesta postagem, do 27/04/2014, as 19:19 e 19:57, e 30/04/2014, as 14:43 e 15:58), da falsa trindade de Ellen White.


    . "Quando eles [Israel] chegaram ao Sinai, Ele aproveitou a ocasião para revigorar suas mentes em relação aos seus requerimentos. CRISTO E O PAI, ESTANDO LADO A LADO, SOBRE O MONTE, COM SOLENE MAJESTADE PROCLAMARAM OS DEZ MANDAMENTOS. Historical Sketches, p.231. (1866) "(colchetes no original. Evangelismo, página 616, parágrafo 3).


    Todas essas afirmações são completamente politeístas / Triteístas - com White referindo-se ao Pai, Filho e Espírito Santo como os três "poderes", "autoridades", etc Observe que ela ainda ensina vários "poderes infinitos" - um absurdo e um conceito logicamente impossível. Em suas visões White está descaradamente ensinando que existem DOIS deuses, corporalmente distintos.


    "Devemos nos 'apegar' e viver de acordo em toda a luz que recebemos do céu. Porquê? Porque Deus quer que compreendamos a verdade eterna, e agir como Sua mão ajudadora, comunicando a luz para aqueles que não estão familiarizados com a seu amor para com eles. Quando você entregou-se a Cristo, você fez uma promessa na presença do Pai, do Filho e do Espírito Santo -. OS TRÊS GRANDES DIGNATÁRIOS PESSOAIS DO CÉU. 'Hold Fast to this Pledge" (Ellen G. White, SDA Bible Commentary vol. 7, página 959, parágrafo 80).

    "O Pai, o Filho, e o Espírito Santo, OS TRÊS GRANDES DIGNATÁRIOS DO CÉU , declararam que ELES irão fortalecer os homens para superar os poderes das trevas. Todas as facilidades do céu estão prometidos para aqueles que, por seus votos batismais firmaram uma aliança com Deus (MS 92, 1901). " (Ellen G. White, SDA Bible Commentary vol.5, página 1110, n º 8.)

    "Foi quando houve uma desconsideração para com Seus santos preceitos, que Deus chamou o Seu povo da escravidão egípcia, longe da influência da autoridade humana, para os libertar de sua vida de escravidão. OS DIGNATÁRIOS DO CÉU ORDENARAM que o povo de Deus, como uma nação, deveria ser libertado da escravidão e torna-se um povo peculiar e separado que serve ao Deus do céu." (Manuscript Releases, Volume Vinte e um, página 64, parágrafo 4.)

    "O Senhor Jesus descreveu as dificuldades que eles deveriam encontrar. Tendo alertado suas mentes a fim de preparar-se à um ataque, Ele os convida a contemplar a grande confederação do mal dispostas CONTRA DEUS, CONTRA CRISTO, CONTRA TODOS OS QUE SE UNISSEM COM ESTES SANTOS PODERES. Cristo diz que eles estavam a lutar em comunhão com todos os filhos da luz. que as confederações satânicas, iriam reunir suas forças para extinguir a luz da vida de Cristo de suas fileiras. Mas eles não foram deixados a lutar as batalhas em sua própria força humana. As hostes angelicas vindo como ministros de Deus estariam nessa batalha. Também estariam OS ETERNOS DIGNATÁRIOS CELESTES -. DEUS e CRISTO, E O ESPÍRITO SANTO - armando-os com mais do que a energia mortal e avançariam com eles para o trabalho, e convencer o mundo do pecado. " (Manuscript Releases, Volume Sixteen, página 204, parágrafo 4.)

    "Os professores devem educar os jovens a perceber que se eles recebem a Cristo e nEle crêem, eles vão ser trazidos à uma relação íntima com Deus. Ele dá-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, para associar-se com OS MAIS ALTOS DIGNATÁRIOS DO REINO DO CÉU, e unir-se com Gabriel, com os querubins e serafins, com os anjos e como o ARCANJO. [Apocalipse 22:1-5, citado.]. "(Sermões e Palestras, Volume One, página 285, parágrafo 1 º.)

    No terceiro parágrafo acima, observe que White define "Deus" como "os três dignitários e poderes do céu"! E nessas duas últimas citações , é difícil dizer se ela está falando sobre anjos ou os seus "deuses" (especialmente considerando o fato de que ela ensinou que "Cristo" é o arcanjo Miguel, como veremos mais adiante).

    Depois continuaremos mostrando outras coisas e comparando com a Palavra........






    ResponderExcluir
  29. . "Quando eles [Israel] chegaram ao Sinai, Ele aproveitou a ocasião para revigorar suas mentes em relação aos seus requerimentos. CRISTO E O PAI, ESTANDO LADO A LADO, SOBRE O MONTE, COM SOLENE MAJESTADE PROCLAMARAM OS DEZ MANDAMENTOS. Historical Sketches, p.231. (1866) "(colchetes no original. Evangelismo, página 616, parágrafo 3).

    Este texto acima que citamos no comentário anterior, é uma completa contradição a narrativa da descida de Deus no Monte Sinai, e de sua manifestação a Moisés.

    Ali, no Monte Sinai, Deus se manifestou em uma teofânia, em forma humana, e somente apareceu um Ser e não duas pessoas separadas, o que iria contra a própria revelação monoteísta já dada aos patriarcas, começando com Abraão. Gn.18.

    Satanás no céu tinha odiado Cristo POR CAUSA DE SUA POSIÇÃO NAS CORTES DE DEUS. Ele o odiou ainda mais quando ele próprio foi destronado. Ele odiou Aquele que Se empenhou em redimir uma raça de pecadores. No entanto, no mundo em que Satanás pretendia ter domínio Deus PERMITIU que Seu Filho viesse, um bebê indefeso, sujeito às fraquezas da humanidade. ELE LHE PERMITIU ENFRENTAR OS PERIGOS DA VIDA COMUM COMO TODA A ALMA HUMANA PARA BATALHAR COMO TODO FILHO DA HUMANIDADE, CORRENDO O RISCO DE FRACASSO E PERDA ETERNA. The Desire of All Ages, page 48, Paragraph 5.

    Nesta citação aí em cima, vemos White despejando sua doutrina ariana. Satanás odiava Cristo, (não Deus Pai), pelo menos aí, por causa da "elevada posição de Cristo nas cortes celestes." Ela esta afirmando que depois de Deus Pai, Cristo era o primeiro em posição e autoridade. Típica declaração ariana, em que o Filho ANTES da encarnação era inferior a Deus Pai. Outra coisa: Ela o chama de Cristo, antes da encarnação, oura flagrante contradição com a Bíblia, onde o Apóstolo João afirma: "No princípio era O VERBO, e O VERBO estava com Deus, e O VERBO era Deus. Jo.1:1
    O Senhor recebe o título de Cristo APÓS SEU NASCIMENTO, como ser humano. Ela também afirmou que Deus PERMITIU que seu Filho viesse, (outra declaração ariana, colocando o Filho em sujeição ao Pai, quando as escrituras declaram que Deus Pai enviou seu Filho porque ele VOLUNTARIAMENTE se ofereceu.

    Depois, no final, ela afirma que Jesus poderia falhar em sua missão, ou seja "perder para o Diabo", e também perder a vida eterna. Imaginem,ela estava afirmando que havia a possibilidade de Deus perder para o Diabo!

    Estas declarações de White, contradizem as escrituras, pois as própria Biblia afirma que o cordeiro foi morto, (na mente de Deus), ANTES DA FUNDAÇÃO DO MUNDO, fora Isaías 53, Salmo 15:9-10, onde o Messias exulta de alegria, "porque não permitirás que o teu Santo sofra decomposição e inúmeros outros textos.

    "No nascimento de Jesus, Satanás sabia que um tinha vindo com a missão divina de disputar o seu domínio. Ele tremeu com a mensagem do anjo que atesta a autoridade do rei recém-nascido. Satanás sabia muito bem A POSIÇÃO QUE CRISTO DETINHA NO CÉU, COMO O AMADO DO PAI." Desire of al Ages."


    "Essas obras de restauração não devem limitar-se a alguns lugares, mas estendeu até os confins da terra. Oh, as profundezas da sabedoria e do conhecimento de Deus! A PERFEITA UNIDADE PELA QUAL CRISTO OROU SERIA EXEMPLIFICADA QUANDO SEUS DISCÍPULOS FOSSEM UM EM CORAÇÃO, NA CRENÇA NA VERDADE, EM SIMPATIA, EM VERDADEIRA CORTESIA, EM COMPAIXÃO E GRAÇA EXEMPLIFICANDO A UNIÃO EXISTENTE ENTRE O PAI, O FILHO. João17:16-23. Esta unidade é o poder da verdade santificar o alma ". (Manuscript Releases, Volume Dezoito, página 209, parágrafo 1 º).

    Aí em cima, nesta citação, ela afirma que a 'unidade entre o Pai e o Filho", é a mesma unidade que há entre os discípulos, sendo uma unidade de propósito. Aí, ela nega A UNIDADE DE SUBSTÂNCIA ENTRE O PAI E O FILHO, como ensinado em João 1:1 e Fp.2:6, e "troca" para 'unidade de propósito', e assim mantém dois seres SEPARADOS fazendo dois deuses. Prossegue.....

    ResponderExcluir
  30. Continuando com as citações da "pena inspirada e ariana" de Ellen White, ao negar o que está em Jo.1:1, (estou pontuando somente neste texto, que é uma declaração clássica da divindade de Senhor Jesus), e também o que afirmam os credos cristãos, que foram elaborados para combater as heresias e resguardar a Fé Cristã.

    Cristo é o pré-existente, auto-existente Filho de Deus .... Ao falar de sua preexistência, Cristo conduz a mente através de séculos incontáveis. Ele nos assegura que nunca houve um tempo em que ELE NÃO ESTIVESSE EM ÍNTIMA COMUNHÃO COM O DEUS ETERNO. Aquele cuja voz os judeus estavam então ouvindo estivera com Deus como.... - Signs of the Times, 29 de agosto de 1900 " (Evangelismo, página 615, parágrafo 2).

    "Sem a expiação do Filho de Deus não poderia ter havido nenhuma comunicação de bênçãos ou salvação de Deus para o homem. Deus estava com ciúmes pela honra de Sua lei. A transgressão dessa lei causou uma terrível separação entre Deus e o homem. Para Adão em sua inocência foi concedida comunhão, direta, livre e feliz, com o seu Criador. Depois de sua transgressão, Deus iria se comunicar com o homem SOMENTE ATRAVÉS DE CRISTO E DOS ANJOS. " (Patriarcas e Profetas, página 20, parágrafos 5-7).


    "Os rabinos judeus apresentaram os requisitos da lei como um desgastante rodada de extorsões. Eles fizeram exatamente o que Satanás está fazendo em nossos dias. Apresentaram a lei diante do povo como um código frio, rígido de comandos e tradições. As superstições enterraram a luz, a glória, a dignidade, e as reivindicações de longo alcance da lei de Deus. Eles professavam falar às pessoas no lugar de Deus. Depois da transgressão de Adão, O SENHOR NÃO FALOU MAIS DIRETAMENTE COM O HOMEM. A RAÇA HUMANA FOI ENTREGUE NAS MÃOS DE CRISTO, E TODA A COMUNICAÇÃO VEIO ATRAVÉS DELE PARA O MUNDO "(Fundamentos da Educação Cristã, página 237, parágrafo 1).

    "CRISTO, EM CONSELHO COM O PAI, instituiu o sistema de ofertas de sacrifício, para que a morte, em vez de imediatamente visitar o transgressor, devia ser transferida para uma vítima que devia prefigurar a grande e perfeita oferenda do Filho de Deus." (Ellen G. White, SDA Bible Commentary vol. 7A, página 474, parágrafo 3).


    [...] "Por Cristo, o trabalho sobre a qual o cumprimento do propósito de Deus repousa, foi realizado. ESTE FOI O ACORDO NOS CONSELHOS DA DIVINDADE. O PAI DETERMINOU EM CONSELHO COM SEU FILHO, que a família humana deve ser testada e provada, para ver se eles seriam seduzidos pelas tentações de Satanás, ou se eles iriam fazer de Cristo a sua justiça, guardar os mandamentos de Deus, e viver. Deus deu a seu Filho tudo que seria verdadeiro e leal. Cristo fea um convênio de resgatá-los do poder de Satanás, ao preço de sua própria vida.
    (Ellen G. White, The Gospel Herald, 06-11-1902, "The Abiding Trust," paragraphs 6-7).

    Nestas citações vemos White ensinando arianismo, ou seja, na eternidade Cristo seria inferior ao Pai e sujeito a ele como um SER SEPARADO. O Espírito Santo está quase sempre AUSENTE e quando White o menciona ela NÃO SABE QUEM ELE É, apenas fica descrevendo seus atributos. No adventismo de James White, Joseph Bates, Ellen White, Uriah Smith e os outros o Espírito Santo é uma incógnita!

    Prossegue......

    ResponderExcluir
  31. White também diz que "o Filho de Deus" sempre esteve ", em estreita comunhão com o Deus eterno" - mais uma vez nega que Jesus é o eterno Deus. Então, na próxima citação, ela diz que "o Senhor" (o Pai), não se comunicou com Adão, depois que ele pecou, ​​mas que "Cristo" tornou-se seu "instrutor" e que "Cristo" "agiu no lugar de Deus para com a humanidade"! E ela continua a dizer que, antes de Adão pecou Deus vinha falar com ele, mas depois "Deus iria se comunicar com o homem somente através de Cristo e dos anjos." Então White está totalmente negando que Cristo é "o Senhor" e que Ele é "Deus", e ela faz com que as reivindicações blasfemas de que depois do pecado de Adão, "o Senhor" se recusou a falar com o homem e por isto que "Cristo" teve que tomar "sobre ele o cargo de mediador "e agir" no lugar de Deus para com a humanidade.


    Depois ela coloca "Cristo e os anjos" juntos em uma categoria com "Deus" estar em uma categoria totalmente diferente. Em seguida, na próxima citação também nega claramente que Cristo é o Senhor. Em seguida, ela fala sobre Jesus "estando nos conselhos de Deus" e, em seguida, discute "os conselhos da Divindade" e do "acordo", que teve lugar entre "eles."

    White ensina claramente que existem "dois seres separados." Um dos tipos de heresias que os Concílios Cristãos combateram.

    Vamos ler mais uma citação de White com seus "dois deuses":

    "O céu encheu-se de tristeza, quando percebeu que o homem estava perdido, e o mundo que Deus criou estava para ser preenchido com os mortais condenados à miséria, doença e morte, e não havia uma maneira de escapar para o ofensor. Toda a família de Adão devia morrer. Vi o adorável Jesus, e contemplei uma expressão de simpatia e tristeza em seu semblante. LOGO EU O VI APROXIMAR-SE DA LUZ EXCESSIVAMENTE BRILHANTE QUE ENVOLVIA O Pai. Disse meu anjo acompanhante, ELE ESTÁ EM CONVERSA ÍNTIMA COM O PAI. A ANSIEDADE DOS ANJOS PARECIA SER INTENSA ENQUANTO JESUS ESTAVA EM COMUNHÃO COM O PAI. TRÊ VEZES ELE FOI RODEADO PELA LUZ GLORIOSA SOBRE O PAI, E A TERCEIRA VEZ QUE ELE VEIO DO PAI, A SUA PESSOA PODIA SER VISTA. Seu semblante estava calmo, livre de toda perplexidade e angústia, e brilhava com a benevolência e amabilidade, tais qua as palavras não podem expressar. Ele, então, fez saber ao exército angelical que um meio de escape havia sido feito para o homem perdido. ELE DISSE QUE TINHA ESTADO PLEITEANDO COM SEU PAI, E SE OFERECEU PARA DAR SUA VIDA EM RESGATE, e tomar a sentença de morte sobre si mesmo, para que através dele o homem pudesse encontrar perdão. Isso através dos méritos de seu sangue, e obediência à lei de Deus, eles poderiam ter o favor de Deus, e serem trazidos para o belo jardim e comer do fruto da árvore da vida. "(Dons Espirituais, "Spititual Gifts Volume 1 , página 22, parágrafo 2).

    Nesta citação aí em cima, vemos muitas heresias, de onde podemos facilmente saber de onde vieram tais "revelações."

    White claramente NÃO VIU o Deus da Bíblia. Mas ela viu DEMAIS.

    Valos ler 1Timóteo 6:16, onde este sim, o grande homem de Deus, o nosso Apóstolo Paulo fala sobre a glória de Deus:

    "O único que é imortal e habita em luz INASCESSÍVEL, A QUEM NINGUÉM VIU, NEM PODE VER.

    Precisa mais? Deus COMO ELE É, é um Espírito infinito que nem os céus dos céus o podem conter. Ele mesmo afirmou que o céu (universo), é o seu trono, usando uma linguagem antropomórfica para declarar que ele esta ALÉM do universo.

    White também afirma que Deus foi "pego de surpresa pela queda do homem! Absurdo! A onisciência de Deus impede isto. E além do mais as escrituras afirmam que o "cordeiro foi morto antes da fundação do mundo!" Isto é que dá, quando não se conhece a doutrina da eleição.






    ResponderExcluir
  32. o adventista se preocupa muito com o sábado ( corretamente - guardo o sábado também, com todas as minhas forças), agradesço por vocês lutarem pelo sabado, mais tem algumas coisas q me fazem considerar um presbiteriano, um batista e alguns pentecostais como irmão em cristo e um adventista não,..
    exemplo 1 : viver uma vida completamente sem pecados, sendo capaz de se arrepender de todos os pecados - se baseando e manipulando em textos como 1 joão ( isse é uma afronta ao verdadeiro evangelho cujo sua menssagem é : VOCÊ NÃO É JUSTO ( Rm 3:9-12 ), você não é digno, então Deus teve que enviar seu unico filho para perdão dos pecados, pura e simplesmente por que você não É CAPAZ de louva-lo! para que Deus possa ser glorificado!, ou seja a menssagem da cruz, e seu fim é a gloria de Deus, e não puramente a salvação do homem
    exemplo 2 : o bode - acho q nem preciso comentar o pq
    exemplo 3 : dizem uma coisa, mais na pratica, usam a obediencia como obra de justificação e não como obra proveniente da salvação - isso é uma rejeição a doutrina da graça - obs: tbm guardo o sábado, mais para me aproximar de cristo, e por ser escravo de sua lei.. acabo praticando-a, independente da minha vontade pecaminosa que luta contra mim para parar de fazer tais coisas, mais pela maravilhosa graça de Deus que muda meu querer e meu realizar consigo fugir da minha carne - não porque sou forte, mais por Deus ter literalmente mudou o meu querer - ja vocês dizem que devemos nos esforçar, guardar os mandamentos, com nossas escolhas, nossa propria força e etc, isso é salvação pelas obras queira vocês ou não )
    exemplo 4 - a anti-trindade; facilmente provada pelos "herois da fé "
    exemplo 5 : a alma não é imortal ; e apresentão uma explicação sem sentido algum para os santos que estavam batendo no trono de apocalipse 6, fazendo com que o proprio descanço da alma que vcs mesmo pregam caia em contradição ( não tentem dizer q estou errado... já vi muitas fontes de vocês sobre isso - se quiser podemos discutir, mais até hoje todos os adventistas que ousaram falar sobre o "descanso da alma", que é um assunto um pouco complicado, terminam com a seguinte frase " preciso estudar mais, ... mais você esta errado "
    exemplo 6 : enoque pode flutuar pelo espaço sideral, ou seja.. se eu pegar uma luneta aqui na terra, e apontar para o céu eu verei Enoque! olha que beleza! ( EGW escreveu literalmente que enoque estava flutuando pelo espaço cideral )
    o pior é dizer que os "filhos de Deus" são os alienigenas em jo 1:6 ( quando um adventista falou isso pra mim, colei as plascas )
    exemplo 7 : vocês são o povo de Deus de 200 ou 300 anos
    exemplo 8 : se vocês quiserem guardar o sábado, tenho uma dica, jogue pela janela seu video-game, exploda sua TV, e comece a ler a palavra e pare apenas para louvar, e ore horas nesse dia - resumindo : coma, durma, ore, louve - mais não façam isso por esforço ( é impossivel ), façam apenas para a gloria de Deus, afinal, salvo eu ja sou.. a palavra diz q os salvos conhecem a jesus e jesus conhece os salvos ( no caso as ovelhas ) e eu O conheço, então... pra que eu oro tanto?, pra que eu leio a palavra? unicamente para a gloria do Rei e não para "dizer quem somos" - como diversos adventistas falaram comigo inumeras vezes - isso é salvação pelas obras! isso não é amor!, sabe porque? faltou um dos pontos principais: HUMILHAI-VOS na presença do seu Deus e ele vos exaltará
    mais se vocês conseguem viver uma vida perfeita, esqueção oq eu disse.. pq eu sou um pecador completamente moribundo, e não um santo como vocês, ja que vocês conseguem... eu não consigo, mais tenho alguem que conseguiu por mim (e então me tornei santo) se quiserem apresento ele pra vocês - mais caso vocês consigam fazer oq a Ellen falou: viver perfeitamente com seu esforço - fique a vontade para tentar chegar na justificação e dizer " quem você é" - afinal as obras servem para dizer "quem somos "
    fora isso.. tdo certo

    ResponderExcluir
  33. Temos que analisar algumas coisas.
    O sábado é Sagrado pelo fato de Deus abençoar e Santifica.
    Mas nos dias de Abrão não existia os 10 mandamentos judaico, mas existia os mandamentos dados ao Noé e seus filhos chamados Brit Noah ("Pacto de Noah") que são esses: Não cometer idolatria. (Nada de Politeísmo Adorar e Exaltar somente ao Deus Eterno e Único)
    Não assassinar.
    Não roubar.
    Não cometer imoralidades sexuais.
    Não blasfemar.
    Não maltratar aos animais.
    Estabelecer sistemas e leis de honestidade e justiça.

    Lembrando que nos Atos dos Apóstolos, quanto à questão da circuncisão, esses mandamentos foram os estatutos para que os gentios fossem aceitos cristão sem precisar da Circuncisão, eram gentios e não judeus (a lei foi para os Judeus).

    Assim Abraão servia ao Deus único e Verdadeiro baseados nesses mandamentos vivia em uma terra(Mesopotâmia) e onde sua família era totalmente Politeístas, (O pai de Ló Morreu tentando salvar imagens do templo em que cultuavam onde o proprio abraão ateou fogo assim ficou sendo corresponsável de seu sobrinho)foi separado, mas ate então não existia judaísmo (Israel), então Deus o escolheu e Foi abençoado pelo Sacerdote do Deus altíssimo Melquisedeque, (ate então continuava sendo Gentio), ou seja, pelo sacerdócio de Melquisedeque a graça de Deus caia sobre a vida de Abraão. E todos seus descendentes (sem o sábado ser ainda separado como dia de Guarda).

    Então a promessa que Deus dará a Abrão quanto ao seu povo ser numeroso e abençoado, agora nas mãos dos egípcios levantou Moisés para libertar o povo ai ao serem liberto do cativeiro (até Então o sábado ainda era somente o sétimo dia abençoado e santificado por Deus na criação sem leis, eles continuavam sendo Gentios Mesmo assim abaixo da Promessa de Abrão) então foi instituto os 10 Mandamentos e assim também o Sacerdócio levítico Êxodo 28:1, Como se diz o Apóstolo Paulo:
    Porque, mudando-se o sacerdócio, necessariamente se faz também mudança da lei. (Hebreus 7.12).

    ResponderExcluir
  34. Agora sim o povo de Israel era guiado pelo Sacerdote levítico e a lei para ser guardada.
    Antes no Sacerdócio de Melquisedeque e Abaixo da lei de Noé(Brit Noah ("Pacto de Noah")) Agora com o sacerdócio Levítico e os 10 Mandamentos.

    (Só não vamos esquecer que esse sacerdócio e essa lei eram para o povo Escolhido que foi tirado da Terra do Egito descendente de Abrão), Mas não para os Gentios.

    Vejam:

    Mas o sétimo dia é o sábado do Senhor teu Deus; não farás nenhuma obra, nem tu, nem teu filho, nem tua filha, nem o teu servo, nem a tua serva, nem o teu animal, nem o teu ESTRANGEIRO, que está dentro das tuas portas.

    Êxodo 20:10.

    Então pergunto eu Diante desse Versículo, a exclusividade da guarda do sábado era só para Israel ou recai também baseado nesse versículo também aos gentios? Se assim for verdade que era considerado Estrangeiro? Então a graça de Deus só recai aos Gentil se ele estiver debaixo do teto de um lar Judaico? E as outras Nações estariam Sem a Graça de Deus?

    Na verdade Deus não fazia e não faz acepção de Pessoas, vejam os casos dos Gentios que foram abençoados pro Deus não estando debaixo da lei judaica, ate mesmo porque não tinha o sangue da linhagem de Abrão passando na veia.

    A viúva de Sarepta e Naamã, o siro, Nabucodonosor o rei Ciro que foi chamado de Ungido de Deus 100 anos antes de ele nascer pela profecia de Isaias 44:28 e cap. 45, eram pessoas que não pertenciam ao povo de Deus, mas não desvalorizavam a maneira simples com que Deus opera em toda a história da humanidade.
    Não estavam abaixo do sacerdócio levítico nem debaixo da lei do povo de Deus, Quando o Comandante amã tentou questionar sua vida em sua terra disse:

    E disse Naamã: "Já que não aceitas o presente, ao menos permite que eu leve duas mulas carregadas de terra, pois teu servo nunca mais fará holocaustos e sacrifícios a nenhum outro deus senão ao Senhor.(Reconheceu a Unicidade De Deus Eterno e único)

    Mas que o Senhor(Deus Eterno) me perdoe por uma única coisa: quando meu senhor(Rei da Síria) vai adorar no templo de Rimom, ¬eu também tenho que me ajoelhar ali, pois ele se apoia em meu braço. Que o Senhor perdoe o teu servo por isso".
    Disse Eliseu: "Vá em paz".

    A mesma promessa recai sobre todo Gentil Reconhecer o Deus Único e Verdadeiro Poderoso, Nosso Deus criador dos Céus(Universo, Astros Estrelas Planetas) e da terra e tudo que Nela há.
    Essas pessoas não precisaram sair de suas terras e virarem estrangeiras para serem salvas, elas creram reconheceram viviam na vontade de Deus.

    Quando Jesus Filho de Deus Consumou sua missão em morrer em nosso lugar o cordeiro sacrificado sendo ele o próprio sacerdote eterno no maravilhoso plano de Deus, antes mesmo da criação muito bem planejado, Findou-se então o Sacerdócio Levítico e iniciou o sacerdote de nosso Senhor Jesus Cristo, E Paulo entendeu muito bem isso por isso foi tão enfático quanto a lei e a guarda do sábado, ele entendeu que a Graça de Deus nos Recai mediante ao Sacerdócio Eterno de nosso Senhor Jesus, e assim temos a salvação, basta obedecer as leis que o Próprio Jesus determinou Amarás, pois, ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu entendimento, e de todas as tuas forças; este é o primeiro mandamento.

    E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo(Em verdade vos digo que, quando a um destes pequeninos o não fizestes, não o fizestes a mim. Mateus 25:45)o. Não há outro mandamento maior do que estes. Marcos 12:30-31.

    Porque, mudando-se o sacerdócio, necessariamente se faz também mudança da lei. (Hebreus 7.12).

    ResponderExcluir
  35. Dois Versículos que apoiam o amor incondicional e sem acepção de pessoas, aos povos que adoram ao Deus único e Verdadeiro com Amor e Sinceridade.

    Mas desde o nascente do sol até ao poente é grande entre os gentios o meu nome; e em todo o lugar se oferecerá ao meu nome incenso, e uma oferta pura; porque o meu nome é grande entre os gentios, diz o Senhor dos Exércitos.

    Malaquias 1:11

    Não me sois, vós, ó filhos de Israel, como os filhos dos etíopes? (Deus a semelha israel com egípcios )diz o Senhor: Não fiz eu subir a Israel da terra do Egito, e aos filisteus de Caftor, e aos sírios de Quir?(outros Êxodos ordenado e guiado por Deus sem ser de Israel).

    Amós 9:7

    So alguns deles.

    ResponderExcluir
  36. LEMBRANDO TODOS NOS SOMOS GENTIOS. (se na aveia não passar sangue de israelense(judeu) é claro)

    ResponderExcluir
  37. boa tarde irmaos,
    falta de vergonha na cara deste blog e de seu autores, ao citarem ou falarem de alguem citar ao menos as fontes primárias, internet tá cheia de blog de gente sem estudar escrevendo merda, e levantando falso testemunhos de outros, e olha que nem adventista sou.
    abraços
    e suma deste blog

    ResponderExcluir