sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

Petição pública contra Silas Malafaia

"A entrevista do pastor Silas Malafaia ao programa “De Frente Com Gabi” ainda está dando grande repercussão. Na última sexta-feira, foi criada uma petição pública com a intenção de cassar o registro de psicólogo do líder da Assembleia de Deus Vitória em Cristo.



Hospedada no site www.avaaz.org, Felipe M., o autor da petição explica a importância da petição: “Considerando o disposto na resolução CFP nº 001/99 que estabelece normas de atuação para os psicólogos em relação à questão da Orientação Sexual, acreditamos que o Sr. Silas Lima Malafaia, psicólogo inscrito no CRP/RJ sob o número 24.678 deve ser submetido a inquérito administrativo, garantindo a ampla defesa, que venha a resultar na cassação de seu registro profissional”.


A petição, assim que alcançar 100 mil assinaturas, será destinada a Vivian de Almeida Fraga, presidente do Conselho Regional de Psicologia do Rio de Janeiro (CRP/RJ), no qual Malafaia está inscrito.
Em uma semana a petição já alcançou mais de 43 mil assinaturas e aponta que “a Psicologia, enquanto ciência da saúde, deve preservar e compreender a identidade dos sujeitos e promover a cultura de paz e de respeito aosdireitos humanos”. E continua alegando que o pastor Silas Malafaia, “por ter apresentado repetidamente comportamentos homofóbicos e que patologizam a homossexualidade, desrespeitando o método científico e a ética profissional, deve ser submetido a inquérito administrativo que impeça sua atuação como psicólogo”.
Em resposta, simpatizantes e apoiadores do pastor também criaram uma petição no sábado, para que seja entregue também à presidente do CRP/RJ com a intenção de não cassar e não abrir inquérito contra Malafaia. Diz o texto: “O grupo de intolerantes LGBT. está tentando cassar o registro de psicólogo do pastor Silas Malafaia…*** NAO VAMOS PERMITIR QUE ISSO ACONTEÇA** Queremos mais de 200mil assinaturas”. Essa petição alcançou, em cinco dias, pouco mais de seis mil assinaturas.

Nota do CACP: Acreditamos que o CRP/RJ não deva aceitar tal solicitação. Entendemos que o Pr. Silas Malafaia em nenhum momento cometeu algum crime que justifique um ato de cassação.

Extraído do site http://portugues.christianpost.com no dia 14/02/2013"


Fonte: CACP

Um comentário:

  1. Sou totalmente contra a cassação do registro do Silas, manda o pessoal da LGBT ler o capitulo 5 da Constituição do Brasil sobre direito da liberdade de expressão. Ou liberdade só serve para eles?

    ResponderExcluir