terça-feira, 16 de agosto de 2011

Não sou incrédulo suficiente para ser Arminiano – Ao irmão Jean Patrik

O tema desta postagem serve como uma ‘paródia’ da postagem de um precioso irmão e companheiro da causa apologética, Jean Patrik. Em seu blog ele postou (AQUI), usando o a mesma ideia do título de um livro de Norman Geisler: “Não tenho fé suficiente para ser ateu!” Ele postou “Não tenho fé para ser Calvinista.”

 Visto que somos irmãos, eu discordei da maneira com que ele se dirigiu a nós, calvinistas. Acredito que os cristãos Arminianos, são o tipo de irmãos que vivem se achando que são independentes do pai, mas sempre é o pai que está pagando as contas deles, livrando eles, mesmo que eles não reconheçam isso!



Mas será que é mais fácil ser arminiano ou ser calvinista?



Para ser calvinista precisa de muita fé!? Realmente, o que o irmão Jean disse é verdade. Se tiver pouca fé não é possível subjugar a si mesmo ao Deus Soberano que diz que salva ‘quem ele quer’! Na época de Paulo já ‘existia’ arminianos, pois ele adverte: ‘Quem és tu ó homem [Arminiano] para discutires com Deus? Se Deus quer salvar quem ele predeterminou desde a fundação do mundo???’ Rm 9.20,22



Sabe o que é isso irmão Jean? Falta de fé!!! Não estou dizendo que você não tenha, mas obviamente você assumiu que não teria tanta fé! E a Bíblia diz que não estamos livres desse problema. Eu posso ter ausência de fé para Deus me curar de alguma doença. A própria Bíblia diz que ‘se alguém tem falta de fé, peça a Deus que ele dá liberalmente’! Assim meu irmão seria bom antes orar, do que falar para o mundo que você tem falta de fé para ser mais bíblico.



Você creu em Deus, pois Ele te destinou a isso – Atos 13.48



Você creu em Deus, pois Ele te atraiu/arrastou aos pés de Cristo – Jo 6.44



Você creu em Deus, pois Ele te predestinou antes de chamá-lo – Rm 8.29,30



Definitivamente, eu não sou incrédulo suficiente para ser arminiano!



Quando me tornei CRISTÃO presbiteriano, li o livro de Norman Geisler ‘Eleitos mas livres’. Uma critica ao calvinismo. Eu li esse livro antes de me tornar calvinista. Pelo que me lembro Antony Hoekema e Waine Grudem foram os autores que corrigiram e tiraram as dúvidas que Geisler tinha colocado.



Mas com o tempo percebi que ao rejeitar o ‘calvinismo’ é rejeitar a maneira que Deus decidiu salvar, Soberanamente.



Irmão Jean, suas perguntas no fim da postagem tiveram o pano de fundo humanista e seus sentimentos, que temos naturalmente.



De fato Jesus não veio para condenar alguns, visto que TODOS já estavam condenados (Jo 3.36).



‘Seria mesmo um ato de fé crer que Deus condena crianças ao inferno?’ Sabe irmão, você crê que a criança nasce pecadora? Pelo jeito isso seria mais uma indisposição ao que a Bíblia revela. A Bíblia condena a humanidade com base em Adão. Irmão Jean, imagine que você tivesse no lugar de Adão? O que você faria? Exatamente a mesma coisa!!! Quando você era um bebê inofensivo, Deus já sabia desse potencial herdado. Se ali ele te enviasse para o inferno ele faria com base nisso.



Se você fosse deixado em seu predispor você se tornaria cristão?



Acredita que o ato de crer em Deus foi uma decisão sua sem operação Soberana e definitiva do Espírito Santo?



Acha mesmo que está de pé por sua decisão?



Neste caso, ao contrário que penso, você tem muita fé em si mesmo!



De seu irmão e conservo,

Luciano



8 comentários:

  1. Graça e paz do SENHOR aos irmãos do blog...

    Estava quase terminando a minha "postagem-resposta" também... mas você foi mais "rápido no gatilho" (rsrsrs). De qualquer forma, pretendo postar mesmo assim. Saudades meu irmão... continue orando por nós!

    "... eis que vivemos como castigados, porém não mortos; entristecidos, mas sempre alegres; pobres, mas enriquecendo a muitos; não tendo nada, mas possuindo tudo." (2a Coríntios 9:10)

    Que Deus fortaleça nossas mãos...

    ResponderExcluir
  2. Ah! E para completar a ajuda ao irmão Patrik:

    "AS >>MINHAS<< OVELHAS OUVEM A MINHA VOZ, e eu conheço-as, e elas me seguem...” Jo 10:27

    Se Cristo já não conhecesse suas próprias ovelhas, como elas ouviriam a voz de seu Pastor?

    ResponderExcluir
  3. Paz do Senhor caro irmão Luciano!

    Muito boa a sua postagem, e bastante desafiadora, ainda estou pensando se entrarei em uma reflexão com os irmãos sobre esse assunto ao qual jugo ser insolúvel devido a bíblia da base tanto para linha calvinista e arminianista,e, por isso a minha postagem ter o titulo que tem.

    Sobre o problema da dupla-predestinação de crianças, nem todos os calvinistas estão de acordo: Segundo Augusto Nicodemus em uma explicação da verdadeira tradução de Lucas 18.16 (a qual a King James diferencia um pouco das outras traduções) disse que há calvinista que acreditam que crianças que morrem antes de completar uma idade de discernimento já estejam predestinadas por Deus a salvação, e, existe a sua linha a qual você acabou de revelar, linha que jugo ser uns dos maiores problema do calvinismo.
    Foi por esse motivo que ainda não postei a minha segunda parte, por causa da complexidade que calvinismo vem se tornando.

    Outra coisa, você sabia que Calvinio ensinou a expiação ilimita, ao contrario do calvinismo que ensina a expiação limita? Isso pode se encontrado nas institutas de Calvinio, agora para lembra qual é o volume que é o problema.
    Um grande abraço amado!

    Jean Patrik

    ResponderExcluir
  4. Eu temi o título do artigo, mas a conclusão desfez meus temores. De fato, negar a soberania de Deus na salvação é ter muita fé em si mesmo. Perfeito.

    Mas, o título me assustou pois dá a impressão de que para ser arminiano é preciso MAIS FÉ, assim como aquela do atéu insinua que para ser ateu é preciso MAIS FÉ.Tal idéia vai contra a Escritura, já que nele MAIS FÉ nunca é coisa ruim, antes POUCA FÉ é sempre repreendida.

    Por isso eu temi o título, mas a conclusão me fez ver que a escolha foi ótima!

    Abraços, e obrigado aos irmãos pelo apoio ao momento difícil que passamos no Olhar Reformado. Que Deus os abençoe ricamente!

    Paz e bem

    ResponderExcluir
  5. Caro irmão Luciano essa idéia >>> "Irmão Jean, imagine que você tivesse no lugar de Adão? O que você faria? Exatamente a mesma coisa!!! Quando você era um bebê inofensivo, Deus já sabia desse potencial herdado. Se ali ele te enviasse para o inferno ele faria com base nisso." Encosta no arminianismo, que diz que Deus predestina em sua preciencia, ou seja, Deus conhecendo as nossas decisões de antemão, nos predestinou para a salvação. Isso se nós formos mesmo predestinados né? Vai saber!
    Risos!

    Um grande abraço!

    Jean Patrik

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pessoal, estou postando em todo artigo que houve comentários, então...
      http://mcapologetico.blogspot.com/2012/03/como-fazer-um-bom-debate.html

      São as novas regras de debate do MCA para melhorar as discussões.

      Excluir
  6. Gostaria de saber onde está escrito esse versículo citado acima: ‘se alguém tem falta de fé, peça a Deus que ele dá liberalmente’

    ResponderExcluir
  7. Gostaria de saber onde está escrito esse versículo citado acima: ‘se alguém tem falta de fé, peça a Deus que ele dá liberalmente’

    ResponderExcluir