quarta-feira, 27 de novembro de 2013

Livro: A Conspiração Adventista

Pela graça de Deus, pretendo nos próximos meses, publicar um livro sobre o Adventismo. A intenção é expor o que penso como cristão Reformado a respeito desse grupo religioso que tem ganhado espaço no meio cristão brasileiro, a cada dia que passa. Especialmente por causa da TV Novo Tempo e por meio da música. Isso está sendo possível, pois, as Igrejas no Brasil não estão, em muitos casos, preocupadas com ortodoxia. “Falou de Jesus”, é aceito. Esquecem da possibilidade de existir na praça “outro Jesus” (II Co 11.4).


O título tem como pressuposto o seguinte ponto: o Adventismo aproxima-se de nós como irmãos, mas a verdadeira intenção é nos buscar, como campo missionário. Isso é evidente com base em suas crenças excêntricas, que o distância do cristianismo ortodoxo.


Muito do que que já publiquei no blog está sendo revisado e abalizado com as fontes literárias adventistas. Talvez dois assuntos desse livro marque uma diferença com a maioria das obras que hoje conhecemos sobre o Adventismo.


1. A abordagem do sábado não será em alicerces dispensacionalistas, mas sim tendo a concepção Reformada da Lei.

2. A divulgação de provas que o Adventismo não compartilha da mesma visão trinitariana ortodoxa, clássica e histórica, aceita pelas Igrejas Protestantes fieis.


O material está sendo revisado por um ex-adventista e um professor de teologia, ambos Presbiterianos.

Peço aos meus irmãos que orem por esse projeto


Dos Adventistas espero compreensão, sendo que como sempre nos chamam de Babilônia A Grande, não deveria doer muito ler de nossa parte que tal movimento é uma seita.

131 comentários:

  1. Vc é hilário Luciano.... (rsrs)

    Boa Sorte com seu Livro, tenho certeza que muita gente vai ver como vc está enganado sobre o Adventismo.

    As pessoas vão ver o que vc é de verdade...

    Vc não precisa escrever um livro para as pessoas saberem o que é o Adventismo. Elas já conhecem através das literaturas, músicas e da TV Novo Tempo.

    As pessoas não são mais cegas Luciano, nem tão pouco leigas, elas já conhecem a IASD, pois a IASD prega a Bíblia, a Palavra de Deus, a volta de JESUS nosso SENHOR!

    Tenho certeza que através desse seu "livro" as pessoas vão ver realmente quem é a seita herética que vc tanto prega, VC. Não digo a IPB pois a mesma não compartilha suas ideias heréticas e sectárias pelo contrário tem um bom relacionamento com IASD.

    Fique com Deus.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gilson, vc é hilário.

      A camuflagem dos "Garotos Novo Tempo" pode estar tendo bom êxito, mas a minha parte farei...

      Poderia me provar em que sentido é esse bom relacionamento com a IPB, por meio de algum Doc oficial de ambas a instituições? Se vc tem me mostre, se não, pare de blefar...

      E se me provar que a IPB não compartilha de minha visão (NA VERDADE EU DELA!), saio dela HOJE:

      1. Imortalidade da alma.
      2. Entrada de Jesus no santíssimo desde a ascensão.
      3. Nada do diabo na expiação.
      4. Domingo Dia do Senhor.
      5. Moderação no alimento, nada de 'impureza'.
      6. A suficiência MESMO da escritura sagrada - rejeitada qualquer espírito profético.
      7. Trindade dos Credos e da tradição cristã.
      8. Um só batismo (não vários para crentes!).
      9. Nada de vidas em outros planetas.
      10. Inerrância ABSOLUTA DA ESCIRUTRA.
      11. Inferno como tormento eterno.
      12. Nenhum reino caótico na terra de satanás.
      13. Existência da Igreja como Corpo de Cristo que transcende barreiras denominacional.
      14. Governo Presbiterial.
      15. Deus Soberano que decretou tudo que acontece.

      etc...

      Se quer provar algo que escreveu, está aí a sua chance...

      Deus te livre de blefes, para caminhar na verdade (Jo 8.32).

      Excluir
    2. É melhor sair dela hoje, Luciano...
      Acima vc misturou verdade com mentiras!

      Excluir
    3. Como vc pegou o bonde andando, vou te dar um boi... leia primeiro o que o seu irmão disse, depois entenda o que eu respondi.

      Excluir
    4. LUCIANO, VOCÊ ESTÁ MALHANDO EM FERRO FRIO. OS ADVENTISTAS SE APOIAM NO DIA DE SÁBADO OU ELLEN WHITTE ASSIM COMO OS CATÓLICOS SE APOIAM EM MARIA

      Excluir
    5. caro amigo Gilson, você sabe da verdade que liberta, e sábia são suas palavras, você como homem de Deus examina as escrituras e pedi a Deus sabedoria e discernimento, isso é muito importante para nossa vida espiritual. ao contrario de milhares de pessoas que irão se perder por falta de conhecimento, sabe por que? Por que deixam de examinar a bíblia e passam a acreditar nesses pastores, bispos, apóstolos, diz que formados nessas faculdades de fundo de quintal e que declaram esta com a verdade, mais que o único interesse deles é a prosperidade financeira, por isso criaram dentro do cristianismo a doutrina da prosperidade que é antibíblica com certeza. Mais uma coisa que me chama atenção com tudo isso e que é real, e que enquanto estamos debatendo aqui nesse blog sobre igreja essa ou aquela se esta certa, ou errada se é seita ou não. O diabo que nos odeia esta vendo tudo e se divertindo sabe porque ele gosta disso dessa confusão religiosa cada um defendendo suas doutrinas suas igrejas suas teorias e poucos defendendo a verdade da palavra de Deus, e é aqui que entra um texto da palavra de Deus muita importante que esta em Mateus 24; 24 Porque surgirão falsos cristos e falsos profetas, e farão tão grandes sinais e prodígios que, se possível fora, enganariam até os escolhidos é exatamente isso que esta acontecendo hoje em nossos dias, o inimigo não esta preocupado com tudo isso que esta acontecendo ai, claro que lhe entenreça mais o que destacamos aqui e que seu alvo são os escolhidos agora eu pergunto quem são esses escolhidos? 17 E o dragão irou-se contra a mulher, e foi fazer guerra ao remanescente da sua semente, os que guardam os mandamentos de Deus, e têm o testemunho de Jesus Cristo. A ira do diabo esta concentrada aqui nesse texto, contra o remanescente da semente da igreja de Deus, esse povo de Deus hoje tem duas características eles guardam os mandamentos de Deus e tem o testemunho de jesus, e o testemunho de jesus, é o ESPIRITO DE PROFECIA conforme esta escrito em APOCALIPSE 19; 10 E eu lancei-me a seus pés para o adorar; mas ele disse-me: Olha não faças tal; sou teu conservo, e de teus irmãos, que têm o testemunho de Jesus. Adora a Deus; porque o testemunho de Jesus é o espírito de profecia. Essa é a verdade que o diabo odeia e quer esconder a qualquer custo de todos se possível, por isso vamos voltar a estudar a bíblia e pedir de Deus sabedoria e discernimento para não sermos enganados como milhares ai estão...

      Excluir
    6. De quem você está falando ADVENTO7?

      Excluir
  2. Já estou ansioso por adquirir o material!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu amigo Filipe, vc deveria ficar ansioso para ler mais a Bíblia e conhecer a vontade de Deus.
      Esse livro do Luciano é mais um livro sensacionalista!

      Excluir
    2. Caro e nobre Alessandro, o que dizer dos escritos da papisa Ellen White.
      Penso que essa é ou deveria ser uma pergunta retórica se respondida de forma imparcial, sem as lentes e perspectivas do adventismo.

      Excluir
  3. Parábens pelo projeto, Luciano. Que o seu livro possa ajudar as vitímas potenciais a detectarem onde mora o perigo de serem enganados, como você diz, pelos garotos propaganda da novo tempo. Deus abençõe.

    ResponderExcluir
  4. E pensar que, para refutar tal livro, talvez, apenas seria necessário utilizar estudos de próprios teólogos presbiterianos!

    Seria então, de certa forma, uma batalha entre a opinião oficial da IPB e a opinião de um de seus membros, Luciano Sena.

    Mas, voltemos à realidade...

    Esta onde os materiais adventistas são conhecidos e admirado mundialmente através dos estudos bíblicos e da TV Novo Tempo. Mas tenha bons sonhos amigo Luciano, sonhar não é pecado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sr. Adventista: Você é mesmo um cego, enganado pelo espírito de uma mulher morta, o que o torna um espírita disfarçado que é o caso dos membros da IASD. A igreja adventista é uma seita, propaga suas heresias camuflando-se como igreja de Cristo, mas as suas doutrinas são heréticas que, infelizmente, podem ter até aceitação no meio evangélico por falta de informação e do pluralismo vigente. Mas aos olhos do Deus diante de quem todas as coisas estão nuas e patentes e com quem os adventistas terão de tratar (Hebreus 4:13), vocês estão debaixo da maldição divina pois prega outro evangelho (Gátalas 1:8). Creio ser oportuna o chamado de Isaías à ímpios travestidos de cristãos como você: " Deixe o ímpio o seu caminho, e o homem maligno os seus pensamentos, e se converta ao SENHOR, que se compadecerá dele; torne para o nosso Deus, porque grandioso é em perdoar" (Isaías 55:7)

      Excluir
    2. Meu amigo Apologeta, vc diz que pregamos outro evangelho...Na sua opinião, qual é o evangelho correto?
      Que evangelho João cita em Apocalipse 14:6?

      Excluir
    3. Esse que citei mais abaixo na resposta. Esse sem dúvida é outro evangelho. Além do mais a justificação de vocês, é pelas obras não pela fé. Então sendo assim sua igreja não está de pé - como dizia Lutero - mas cai, esborrachando-se no inferno eterno. Você já ouviu falar da Clear Word Bible? Se ouvisse, deixaria de ser adventista.

      Excluir
    4. Apologeta, vc não me respondeu...
      Mais uma vez VC MENTIU?
      Onde ensinamos que a justificação é pelas obras?
      Eu conheço Clear Word Bible...
      Vc conhece Jesus e a Bíblia?
      Se conhecesse não falaria tantas asneiras!

      Excluir
    5. Apologeta, leia o livro de Ellen White "Caminho a Cristo" e veja se somos justificados pelas obras...

      Excluir
    6. O que é a Clear Word Bible? Poderia me dizer? Quanto justificação pelas obras (o que a seita da IASD faz com primor), é só ver a posição da mesma sobre o Decálogo. Se é para guardá-lo, então a salvação é pelas obras, se não é pela fé. O cristão não guarda mandamentos das letras gravadas em pedras, mas pela lei do Espírito de vida (Romanos 8:2). É só retirar o sábado (que aliás NÃO É mencionado em NENHUM versículo do Novo Testamento como mandamento, a não ser nas mentirosas conjecturas ridículas da IASD) que toda a denominação é totalmente pulverizada. Ou você acha que guarda o sábado porque "é bíblico"? Você guarda, porque uma dia essa sua falsa profetiza (de quem você fez profissão de fé no seu batismo, crendo nela como espírito de profecia, o que nem merece comentários), TEVE UMA VISÃO de uma auréola sobre o 4 mandamento. Ora, porque não o primeiro, sendo que a idolatria como pecado é MUITO MAIS mencionado no AT do que o sábado? Porque o povo não pecava contra o sábado? porque era coisa de somenos importância, na verdade, um detalhe diante da idolatria.

      Excluir
    7. Vc continua se esquivando da minha pergunta...
      MAIS UMA VEZ VC MENTE. Quando vc vai se converter?
      O que dizer de Lucas 23:56?
      Se somos salvos pela graça de Cristo(é o que nós cremos), vc pode adulterar?

      Excluir
  5. Sr Adventista, o sr está bem?
    "Seria então, de certa forma, uma batalha entre a opinião oficial da IPB e a opinião de um de seus membros, Luciano Sena."
    Está a lista de assuntos que coloquei para o rapaz acima...

    ResponderExcluir
  6. Sim amigo Luciano Sena, justamente o que lhe afirmei!

    Se o amigo for, por exemplo, manifestar sua opinião acerca daqueles assuntos, tendo como foco, contradizer o doutrinariamento adventista, fatalmente irá se posicionar contra a opinião de sua própria igreja.

    Caso contrário, seu livro não terá nada de denúncia de uma suposta conspiração adventista, mas será apenas mais um livro tratando de doutrinas, muitas comuns ao presbiterianismo.

    O amigo estaria vendendo gato por lebre e decepcionando seus leitores, porque ao invés de contradizer as doutrinas adventistas, estaria apenas reafirmando as doutrinas comuns as quais o amigo crê.

    Trocando em miúdos, a capa demonstra não ter nada a ver com o assunto!

    Se o amigo pretenderia tratar de uma teoria da conspiração voltada ao adventismo, teria necessariamente de tratar DAS doutrinas adventistas e não das doutrinas que o amigo crê.

    Darei um exemplo:

    Na questão dos sábados cerimoniais de Colossenses 2:16, onde teólogos presbiterianos afirmam de que tal 'sábados' se tratavam realmente de sábados cerimoniais:

    http://novamenteadventistas.blogspot.com.br/2013/08/o-que-igreja-presbiteriana-afirma-sobre.html

    Está no ponto '6)'.

    Foi a isto que me referi quando disse que:

    "Seria então, de certa forma, uma batalha entre a opinião oficial da IPB e a opinião de um de seus membros, Luciano Sena."

    Mas se o amigo pretende falar daqueles assuntos que o amigo colocou ao Gilson Tenório, então não falo nada a respeito.

    Mas se por outro lado pretendia falar sobre as crenças adventistas e uma suposta conspiração, aí sim o amigo teria problemas, e dos grandes, isto se o amigo fosse utilizar as mesmas passagens e argumentos que comumente tem utilizado aqui neste blog.

    Mas se não era esta a vossa intenção, me desculpe, me enganei. Só acho que aquela capa e o título não teria nada a ver com a obra, pois trataria-se de mais uma obra em defesa de doutrinas que não cremos, agora sobre o ponto de vista do amigo Luciano Sena.

    ResponderExcluir
  7. Luciano, vc está ficando inteligente, está até escrevendo livro... Já fez isso antes?
    Não sei se vc sabe mas já escreveram vários livros contra nossa igreja. De que adiantou? Crescemos mais ainda!
    No livro de atos é dito “E agora digo-vos: Dai de mão a estes homens, e deixai-os, porque, se este conselho ou esta obra é de homens, perecerá,
    Mas, se é de Deus, não podereis desfazê-la; para que não aconteça serdes também achados combatendo contra Deus”. Atos 5:38 e 39
    Será que você não está combatendo contra Deus, meu caro Luciano? Reflita!!
    A Igreja Adventista foi levantada por Deus. Está escrito: “Que diremos, pois, a estas coisas? Se Deus é por nós, quem será contra nós?” Romanos 8:31. Será o Luciano ou o Paulo Cadi?
    O ódio de vocês está profetizado em apocalipse 12:17 “E o dragão irou-se contra a mulher, e foi fazer guerra ao remanescente da sua semente, os que guardam os mandamentos de Deus, e têm o testemunho de Jesus Cristo”.
    Enquanto nos acusam seguimos em frente “Aqui está a paciência dos santos; aqui estão os que guardam os mandamentos de Deus e a fé em Jesus”. Apoc. 14:12. Somos pacientes, guardamos os mandamentos de Deus e temos fé em Jesus.
    Nesses dois versos estão a razão porque guardamos os Mandamentos de Deus”.
    Já li vários livros contra a Igreja Adventista. Estou nela há 18 anos e cada dia cresce mais e mais...Já milhares de pessoas sendo transformadas pelo maravilhosos Amor de Jesus!!
    Seu livro será mais um na galeria do fracasso. Veja o livro de Ellen White, O Grande Conflito, continua firme porque foi inspirado por Deus!
    A Igreja Adventista hoje é Militante mas um dia será Triunfante!!!!!!! Amém Jesus!!!!!!
    Seu objetivo é continuar levando as pessoas ao erro cada vez mais...
    Não tenho dúvida que muitas pessoas irão ler esse seu livro... mas você será responsável perante Deus por induzi-las cada vez mais para mais longe dos Mandamentos de Deus.





    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se uma igreja que crê que Jesus é o Arcanjo Miguel, que o inferno NÃO existe, que o sábado É o selo da salvação, que Jesus NÃO perdoou os pecados dos cristãos na cruz, que o bode emissário É satanás, tornando-o co-redentor com Cristo, que uma analfabeta que plagia livro dos outros sem pagar direitos autorais (o que faz dela uma ladra, para não se mencionar falsa profetiza) é uma autêntica profetiza de Deus, é uma igreja levantada por Deus ,então "comamos e bebamos, que amanhã, morreremos." (Isaías 22:13; I Coríntios 15:32)

      Essa falsa piedade herética....

      Apologeta

      Excluir
    2. Apologeta, a bíblia diz que quem mente é do diabo(joão 8:44). Vc é um GRANDE MENTIROSO!!!!
      Vamos por parte:
      A Bíblia afirma que em vários momentos Jesus assumiu a forma de anjo. Ele não é anjo. O arcanjo Miguel só aparece 5 vezes na bíblia(Dan. 10:13, 21; 12:1; Judas 9 e Apoc. 12:7.
      Em todas elas Miguel aparece defendendo seu povo. Só Jesus é quem nos defende do Diabo. Duvida disso? Ou vc vai me negar que em outras passagens da Bíblia Deus assumiu a forma de anjo para se comunicar com alguns dos seus servos?
      Em segundo lugar:a bíblia fala sim de inferno, mas não como vcs pregam. O inferno é a sepultura para onde todos irão(eclesiástes 9:10). Tenho estudo Teológico sobre isso.
      Terceiro: Nunca ensinamos que o sábado é o selo da salvação. VC É UM GRANDE MENTIROSO! Jesus é NOSSA SALVAÇÃO, ÚNICO E SUFICIENTE!
      Quarto: Onde ensinamos que Jesus não nos perdoou na cruz? Onde tal heresia?
      Quinto: nos dois bodes oferecidos no dia da expiação judáica, um era sacrificado(simbilizava Jesus, que morreu pelos nossos pecados) o outro não morria, era levado vivo para o deserto. Onde esse segundo bode pode representar Jesus(leia hebreus 9:22?). Na literatura judáica antiga, os próprio judeus afirmavam que esse bode vivo era um anjo mal. Pesquise!
      Por essas informações cremos que no final de tudo satanás será punido por ter induzido a humanidade a pecar. Não será uma punição expiatória(POIS SÓ CRISTO EXPIOU NOSSOS PECADOS) mas sim uma punição pela desobediência E rebeldia a Deus!
      Sexto: prove que Ellen White plagiou livros...
      Só uma pergunta: citar fontes em livros é plágio?

      Excluir
    3. 1) Me mostre UM em que ele é chamado ou mesmo indicado como Miguel. Então te mostrarei Hebreus 1 seu cego errante. Jesus é Criador, não criatura

      2) Certo. Então vá estudar grego e hebraico depois conversamos. Como me explica (em português) Mateus 10:28; Mateus 25:46???

      3) Leia os testemunhos seletos II (livro de sua falsa profetiza) ela diz isso: “Santificar o Sábado ao Senhor importa em salvação eterna” . (EG White; Testemunhos Seletos, vol. III; Ed. Casa Publicadora; Tatuí – SP; 1956, pág.22). Pare de falar do que você não sabe.

      4) É... pelo visto você desconhece a seita que faz parte e a "doutrina" do juízo investigativo... Ela ensina isso. Nenhum adventista pode se afirmar salvo. Ao contrário dos genuínos cristãos que pode dizê-lo (João 3:36)

      5) Desde quando, ó cego, literatura judaica é inspirada por Deus?

      6) Leia The White Lie (Walter Rea) ou então o livro: Os sete mitos do adventismo. Tem todas as citações lá

      Excluir
    4. Vc é doido Apologeta! Onde eu disse que Jesus é criatura? Por acaso Ele era ser humano? Ele se fez humano. Por que não poderia se fazer anjo quando quisesse?
      Quem tem que estudar grego e hebraico é vossa ignorância!.
      Não sei por que a implicância com o Santo Dia do Senhor(Jesus criou o Sábado e é Senhor dele, mat. 12:8.)
      Preste atenção a expressão “Santificar o Sábado ao Senhor importa em salvação eterna” . Ao Senhor... Ellen White não coloca a salvação no Sábado mas sim na obediência ao Criador do sábado, Cristo. Ou vai me dizer que obedecer a Cristo é legalismo? Jesus disse em mateus que a salvação está em fazer a vontade do Pai(mat. 7:21). Vc vai questionar a vontade de Deus?. O que vc entende por ser salvo pela graça?
      Ser salvo pela graça é desobedecer aos mandamentos de Deus? Isaías diz que Santificar o sábado é agradar a Deus(Isa. 58:13 e 14). Vc se atreve a questionar o profeta?
      Sobre os bodes, já te expliquei, vc não é burro(pelo menos é o que eu penso. Agora que vc é mentiroso, eu tenho certeza).
      Sobre a literatura judaica, apenas quis te dizer que essa interpretação não é invenção da igreja adventista. Leia o destino de satanás no milênio(Apoc. 20).
      Walter Rea foi um pobre coitado... Vcs são tudo bitolados pelos dissidentes. Vai ler a Bíblia que é melhor!
      Vou te explicar o que Ellen White quis dizer: Uma vez que entendemos que o sábado é bíblico, que Jesus é Senhor do sábado, que o sábado é o memorial da Criação de Deus, Que Deus nos ordenou guardá-lo e, por rebeldia, não o fazemos...vc acha que vamos para o céu? Obedecer a Deus salva ou não o homem? O sábado não é invenção do homem, é ordenança de Deus. Já o domingo é invenção de satanás; e vcs que o seguem são filhos dele(do diabo). Misericórdia!!!!!!!!!!!!!!!!!!

      Excluir
    5. Alessandro, você não é estúpido, mas é cego. Infelizmente Ellen White cegou você. Jesus não é criatura? Mas se Jesus é Miguel, Miguel, segundo a Bíblia é o que? Arcanjo!!! E Arcanjo é o que? Criatura!!! De acordo com Hebreus 1, Jesus é superior aos anjos, onde o escritor faz essa comparação, PROVANDO que Jesus NÃO É Miguel, como vocês, hereges afirmam. É só ler Hebreus 1. Se não está enxergando, te empresto uma lupa, e se não enxergar, consigo um microscópio.

      Quanto a questão do sábado, não é ao Senhor que importa, mas sim o mandamento. Porque não poderia ser:

      1) "Não terás outros deuses diante de mim importa em salvação eterna" Soaria BEM melhor, não?

      2) "Não farás para ti imagem de escultura, nem alguma semelhança do que há em cima nos céus, nem em baixo na terra, nem nas águas debaixo da terra. Não te encurvarás a elas nem as servirás; porque eu, o SENHOR teu Deus, sou Deus zeloso, que visito a iniqüidade dos pais nos filhos, até a terceira e quarta geração daqueles que me odeiam. E faço misericórdia a milhares dos que me amam e aos que guardam os meus mandamentos, importa em salvação eterna"

      3) "Não tomarás o nome do SENHOR teu Deus em vão; porque o SENHOR não terá por inocente o que tomar o seu nome em vão, importa em salvação eterna"

      4) "Honra a teu pai e a tua mãe, para que se prolonguem os teus dias na terra que o SENHOR teu Deus te dá, importa em salvação eterna"

      5) "Não matarás, importa em salvação eterna"

      6) "Não adulterarás, importa em salvação eterna"

      7) "Não furtarás, importa em salvação eterna"

      8) "Não dirás falso testemunho contra o teu próximo., importa em salvação eterna"

      9) "Não cobiçarás a casa do teu próximo, não cobiçarás a mulher do teu próximo, nem o seu servo, nem a sua serva, nem o seu boi, nem o seu jumento, nem coisa alguma do teu próximo, importa em salvação eterna.

      Concluindo, porque TEM QUE SER o Sábado? Porque cegos feito você, preferem seguir a visão de uma morta cega que afirma que VIU uma auréola ao redor do quarto mandamento à obedecer a Bíblia!!! Isso sim é CEGUEIRA!!!

      Quanto ao Walter Rea, não sou bitolado e não sigo os dissidentes, mas é muito mais fácil e cômodo para os cegos descartarem o testemunho comprobatório de uma pessoa que pesquisou por MEDO (só tem essa explicação plausível) do que PROVAREM que ele está errado. Se você me provar que o livro dele está errado, irei concordar completamente com você. Como ATÉ HOJE NENHUM ADVENTISTA conseguiu.... falar é fácil

      Excluir
    6. Apolegeta, sobre Miguel a bíblia já te explicou. Se vc não crer na bíblia problema seu.
      Nós não ensinamos só o sábado. Ensinamos os 10 mandamentos todos!
      Vc duvida que Deus possa ter dado essa visão a Ellen White(sobre o sábado)? É isso, vc duvida? Já provamos pelas nossas literaturas o que cremos. Me mostra até onde Walter Rea chegou com suas mentiras. Agora veja como a Igreja Adventista tem crescido de lá prá cá. Só uma Igreja guiada pelo Espírito Santo, como a IASD, poderia chegar onde chegou; por isso seu ódio contra o povo de Deus. Esse ódio está profetizado em apocalipse 12:17. Leia lá!

      Excluir
  8. Nobre irmão na defesa e polêmica do Evangelho, Luciano Sena! Saudações, ó próspero!

    Não se deixe esmorecer pelas bravatas dos ímpios hereges que se assemelham aos "Tobias" e "Sambalates" bem como às profetizas "Noadias" do livro de Neemias, que tentam demovê-lo da direção divina em realizar a obra do Senhor. Você está fazendo uma grande obra. Lembre-se que "os homens maus e enganadores irão de mal para pior, enganando e sendo enganados." (II Timóteo 3:13), E não se esqueça de que " o deus deste século cegou os entendimentos dos incrédulos, para que lhes não resplandeça a luz do evangelho da glória de Cristo, que é a imagem de Deus. (II Coríntios 4:4). Você, homem muito amado (Daniel 10:11), foi chamado para "lhes abrires os olhos, e das trevas os converteres à luz, e do poder de Satanás a Deus; a fim de que recebam a remissão de pecados, e herança entre os que são santificados pela fé em mim." (Atos 26:18). Por isso seja "firme e constante, sempre abundante na obra do Senhor, sabendo que o teu trabalho não é vão no Senhor." (I Coríntios 15:58).

    Deus abençoe e persevere amado irmão. Lembre-se que o primeiro exemplar se possível for, será o meu :)

    Grato e muitíssimo edificado pelos artigos do seu blog e honrado por conhecer sua pessoa pela internet,

    Apologeta

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Apologeta, pelo que vi, vc se baseia em Walter Rea e no Jack Blanco(do The Clear Word) para formar suas opiniões sobre a Igreja Adventista.
      Quer um conselho? Seja humilde e estude com oração e fé com os Adventistas. Os Adventistas são teus amigos, creia nisso!
      Ellen White diz que o pior pecado é o orgulho. O orgulho levou Lúcifer a se rebelar no céu. Pense nisso!

      Excluir
    2. Errado Alessandro. Foi a IASD que deu nome de Bíblia a Clear Word. Não eu. Como você pode realmente crer que Jesus é Miguel de forma cega assim? Veja que é Ellen White que domina teus pensamentos, pois você reproduz tudo que ela afirma sem nem questionar. É verdade, é uma cega morta guiando um cego vivo, ela já caiu na "cova". Espero e oro para que se arrependa e não caia na "cova" (inferno) também.

      Excluir
  9. Mais uma para vocês que combatem a Igreja Adventista:
    Deus levantou a Igreja Adventista após o desapontamento de 1844. Por que nesse período?
    Foi justamente nesse período que surgiu o espiritismo e o evolucionismo... duas correntes doutrinárias contrários a Bíblia.
    Charles Darvin dizia que o homem veio de animais e a Terra evoluiu.
    Nós começamos a pregar que não houve evolução e sim Criação!
    O sábado é uma prova de que Deus é o Criador de tudo( Êxodo 20:8 a 11). Vocês questionam isso???
    Infelizmente muitos que se dizem crentes são evolucionistas disfarçados.... não será o caso do Luciano, do Paulo Cadi e do tal Apologista? Meus amigos, é melhor vocês se converterem ao Senhor Jesus que é misericordioso em salvar! Fiquem com Deus . Bom dia!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro Alessandro, uma pergunta simples, porém vejo relevância e pertinência nela. O sábado, que vem de shabbat, significa descansar, cessa, enfim, um dia santificado por Deus para repousarmos de nossas fadigas e prestarmos adoração e cultua-lo. Mas o irmão, se outros membros da IASD quiserem responder, eu agradeceria, descansa no sábado ou no domingo?

      P.S: não se trata de uma pergunta capciosa, mas um sincera indagação acerca desse tema.

      Grato.

      Excluir
    2. Amigo Robson, perdoe-me por demorar a responder. Tive um dia cheio no trabalho.
      A resposta ´óbvia: santifico o sábado.
      Muitos estão dizendo por aí que Deus requer um dia de guarda, não importa qual. Não é assim que diz as Escrituras Sagradas.
      No hebraico diz que shabbat, significa descansar, cessa.
      Mais a bíblia deixa bem claro que esse shabbat é o sábado do Sétimo Dia.
      Podemos ver isso em Gên. 2:1 a 3. Essa passagem é endossada por Êxodo 20:8 a 11.
      Após o cativeiro de Judá Neemias restabeleceu a santidade do sábado, que uma vez havia sido negligenciado pelo povo Nee. 13:15 a 22.
      O profeta Jeremias exortou o povo a santificar o sábado, veja: Jer. 17:19 a 27.
      Ezequiel diz que o sábado é um sinal entre Deus e seu povo, veja Eze. 20:12 e 20.
      Isaías diz que santificar o sábado é agradável a Deus Isa. 58:13.
      Jesus diz que é Senhor do sábado, Mateus 12:8.
      As mulheres santas guardaram o sábado, Lucas 23:56.
      Até na morte Jesus guardou o sábado, morreu na sexta, descansou no sábado e ressuscitou no 1º dia da semana. Os apóstolos guardaram o sábado Atos 13:14, 42, 44; 15:21; 16:13, 17:21; 18:4.
      Em Colossenses 2:16, Paulo não combate o sábado do sétimo dia mas sim os sábados cerimoniais(sobre isso tenho um excelente estudo).
      Em Hebreus Paulo usa o exemplo do sábado para nos mostrar que em Cristo temos a complementação do descanso espiritual(Heb. 4:1 a 13).
      Em apocalipse João diz que teve a revelação do livro no sábado. Apoc. 1:10. Qual é o dia do Senhor na bíblia? É só rever os versos que citei(principalmente Isa. 58:13).
      Pergunto: por que tanta relutância em aceitar o que é óbvio e verdadeiro?
      Eu sei porquê!

      Excluir
    3. Quanto ao seu comentário acima Alessandro, onde você afirma que Deus levantou a IASD reproduzo novamente meu comentário: "Se uma igreja que crê que Jesus é o Arcanjo Miguel, que o inferno NÃO existe, que o sábado É o selo da salvação, que Jesus NÃO perdoou os pecados dos cristãos na cruz, que o bode emissário É satanás, tornando-o co-redentor com Cristo, que uma analfabeta que plagia livro dos outros sem pagar direitos autorais (o que faz dela uma ladra, para não se mencionar falsa profetiza) é uma autêntica profetiza de Deus, é uma igreja levantada por Deus ,então "comamos e bebamos, que amanhã, morreremos." (Isaías 22:13; I Coríntios 15:32)

      Essa falsa piedade herética...."

      Apologeta

      Excluir
    4. Leia as profecias de Daniel 7, 8 e 9.
      Dessa profecia surgiu a igreja adventista.
      Não não conseguir entender, estude conosco!
      Teremos o maior prazer em te ensinar.

      Excluir
  10. Grato pelas palavras, prezado irmão.

    A seita ASD quer ser "reconhecida pela Babilônia", para agir como um parasita.

    Neste ponto, Testemunhas de Jeová e Mórmons são mais honestos, sim, bem mais honestos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é irmão Luciano, não entendo muito bem essa de fazer questão de parecer/ser protestante quando, segundo eles, somos "filhos da Babilônia". Acho mesmo que querem pescar em aquário.

      Excluir
  11. Alessandro, sua perspectiva apaixonada é evidente.

    'Não leia os críticos, leia os amigos'.

    Parece que os únicos honestos são os descendentes de Diana, A Grande. Ou como diziam "Mãe White"...

    O livro que pretendo publicar está pautado na erudição e "inspiração" que o adventismo afirma ter. Sei ser honesto, só quero que entenda que a visão apresentada é uma crítica, temos direito de tirar conclusões baseada em nossas pressuposições bíblicas. Assim como vocês tem as suas.

    Paz meu amigo! Paz...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Irmão Luciano Sena, paz de Cristo, amado!

      Não podemos saudar com a paz, os que não tem o Senhor, lembre-se: "Se alguém vem ter convosco, e não traz esta doutrina, não o recebais em casa, nem tampouco o saudeis. Porque quem o saúda tem parte nas suas más obras." (II João 10,11) Como saudar os que rejeitam abertamente ao Deus Vivo???

      Só uma humilde ajuda de seu amado irmão

      Apologeta

      Excluir
  12. Amigo Luciano Sena, creio que o amigo está vivendo em um mundo à parte, onde a IASD seria considerada como seita e repudiada pelas demais religiões.

    Eu não precisaria lhe falar sobre a realidade, sendo que o amigo tem olhos e ouvidos.

    Mas vivemos em uma realidade onde a Igreja Adventista do Sétimo Dia é considerada uma legítima religião cristã! Não queremos fazer parte da cristandade, nos já fazemos parte desta cristandade com o aval das demais religiões cristãs, inclusive a sua, a presbiteriana.

    Acaso o amigo acredita neste próprio mundo de fantasia do amigo, onde a IASD seja vista como sectária e onde não tenha lugar entre a cristandade moderna?

    O segundo ponto que quero destacar é de que nenhuma religião cristã trata qualquer uma de nossas doutrinas fundamentais, oficialmente, como sendo herética.

    Terceiro ponto é de que temos sim duas doutrinas heterodoxas, porém baseadas na Bíblia, Juízo investigativo por exemplo.

    Exceto isto, nossas demais crenças são compartilhadas por outras religiões cristãs da atualidade.

    Ademais, possuímos uma boa relação com nossos irmãos de outras denominações. Recebemos visitas diariamente em nossas igrejas, e em nossas rádios e TVs.

    Creio que o amigo criou um próprio mundo para si, com uma realidade alternativa à que temos hoje. Vejo também que alguns de seus colegas tem entrado nesta ilusão.

    Quanto a irmã White, seus livros são lidos e apreciados por cristãos em todo o mundo, inclusive, cristãos da IPB.

    O livro "O desejado de todas as nações" é um dos mais lidos e um dos mais elogiados pela cristandade moderna.

    Milhares de pessoas visitam o museu histórico adventista e a casa de Ellen White, tais pessoas se interessam e de fato conhecem um pouco da história dos Adventistas do Sétimo Dia.

    De modo que a opinião comum e oficial da cristandade moderna em suas mais variadas denominações é de que a IASD é uma igreja genuinamente cristã.

    Agora se existem grupos pequenos, que pensam contrário à opinião de suas próprias igrejas, isto não é problema do adventismo. São pequenos grupos com crenças contrárias ao de sua própria denominação. Que agem por conta própria, guiados por líderes que não fazem parte da liderança da igreja. Criar pequenos grupos de combate, dentro de uma religião maior, é claramente uma atitude sectária.

    A IPB por exemplo não vê o adventismo como um parasita.

    (...)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem pastores da IURD, alguns, nem mesmo pessoas do candomblé, ou de movimentos apologistas ao homossexualismo.

      Creio que não é o adventismo, nem a IPB, nem a cristandade moderna que esteja enganada ou equivocada:

      Mas sim o amigo!

      Então, voltando para a realidade:

      A única questão que tem servido de contraditório é justamente o sábado vs domingo.

      Esta é a diferença doutrinária ortodoxa mais clara que existe entre os sabatistas e os dominguistas.

      Pode ter certeza de que os teólogos e líderes presbiterianos conhecem boa parte da história dos adventistas.

      O amigo precisa apenas enxergar de que esta apologética com que o amigo trabalha, através de boatos, achismos e opiniões de terceiros, não fazem parte do meio acadêmico.

      O tipo de apologética que o amigo tem apresentado aqui é repudiada por todos os estudiosos acadêmicos.

      O amigo deveria trabalhar com o uso de livros, pesquisas de especialistas, trabalhos universitários.

      As fontes que o amigo tem utilizado, sequer seriam aceitas como fontes bibliográficas em um meio acadêmico, nem mesmo em uma simples tese de bacharelado.

      Fora do Brasil, ninguém trabalha com uma apologética deste tipo.

      E não existem livros nem materiais sérios que digam as coisas que o amigo tem dito aqui sobre os adventistas. Teólogos, estudiosos e especialistas em religiões, em seus estudos, chegaram a conclusões totalmente diferentes do que aquelas que o amigo tem apresentado.

      Vários estudiosos sobre seitas, de renome, fizeram suas analises sobre o adventismo e em seus livros, é possível encontrar ressalvas que garantem que a IASD é uma igreja cristã como outra qualquer.

      Creio então que o amigo entrou na onda deste mundo apologético de péssima qualidade da internet e se esqueceu do mundo real.

      Isto amigo é uma atitude sectária. Isolar-se da realidade e construir seu próprio mundo de argumentos com suas próprias verdades e trazer para junto de si a outros que igualmente, acabam sendo influenciados por esta alienação.

      (...)

      Excluir
    2. E agora os amigo realmente crêem que o mundo lá fora é como os amigos acreditam que deveria ser.

      No mundo real, o amigo Luciano Sena, não é um apologistas combatente das doutrinas adventistas, com ótimos argumentos, representando uma categoria de cristãos supostamente insatisfeitos.

      Não é uma pessoa de conhecimento profundo capaz de contradizer o doutrinariamento adventista.

      Mas uma pessoa comum, porém incapaz sequer de enfrentar um simples debate e defender suas crenças diante de um pastor adventista.

      O problema é que o amigo se sente confortável neste mundinho, onde supostamente a opinião da maioria corrobora com suas opiniões pessoais. Mas no mundo real é justamente o contrário!

      No mundo real não é o Luciano Sena, bem como outros apologistas da internet, quem estão questionando o adventismo, mas é o adventismo que está questionando a crença de todas as religiões da atualidade.

      Não é o amigo quem está se propondo a fazer uma reforma no meio cristão, mas é o adventismo que na vida real propõe tal coisa.

      O amigo acha que uma apologética do modo como o amigo tem feito, sequer arranha a imagem do adventismo diante das demais religiões cristãs?

      Acha que os que estão aqui participando sejam outros senão aqueles que já tem uma antipatia pelos adventistas?

      Uma pessoa do mundo real que admira o adventismo, será que passará a repudiar o Adventismo após ler um de seus artigos? Ou será que poderia ocorrer o contrário, de a pessoa ficar chocada, com as acusações que o amigo tem feito?

      Vem cá, quantas pessoas o amigo acha que acreditariam nas coisas que o amigo tem levantado sobre os adventistas?

      Em verdade, a cristandade em geral, repudia qualquer prática que vise implantar um intolerância religiosa.

      Lhe direi então, agora, o motivo de o amigo não encontrar meios para firmar suas idéias acerca do adventismo através da Rede Novo Tempo de TV.

      Certo tempo atrás o amigo reclamou de que o doutrinariamento da TV Novo Tempo, não estaria coincidindo com a pregação comum do adventismo até certo tempo atrás.

      Isto ocorre porque o amigo ainda não entendeu, de que a TV Novo Tempo, não é uma tv adventista. Ela é sim uma TV dirigida por adventistas, mas ali não se prega nem adventismo, nem batismo, nem presbiterianismo nem nada do tipo.

      (...)

      Excluir
    3. Ali somente se prega a Bíblia, portanto não é a opinião adventista, nem de pastores nem de quem quer que seja.

      Por isto o amigo não encontra como contradizer os adventistas através da Rede Novo Tempo, pois está procurando no lugar errado!

      É por isto que pastores e membros de todas as denominações tem se sentido atraídas pelas programações da Rede Novo Tempo, porque ali se prega a Bíblia Sagrada e tão somente a Bíblia, em programas como o Na Mira da Verdade, Lições da Bíblia, Está Escrito.

      Aquelas pregações que incluem citações a Ellen White, ou doutrinariamento mas aprofundados, com estes detalhes que o amigo pretende usar a seu favor, só existem dentro do próprio doutrinariamento adventista COMO CRENÇAS.

      Dentro do adventismo todos podem ter sua própria opinião e perspectivas acerca de determinados assuntos.

      Então óbvio que se o amigo for procurar nas crenças de um ou outro, achará alguma opinião que divirja de alguma crença ortodoxa.

      E o amigo tem feito isto através de opiniões e visões pessoais de antigos membros co-fundadores da IASD.

      Veja então que esta apologética da qual o amigo tem feito parte é uma apologética de OPINIÃO!

      Esta apologética vergonhosa que encontramos em blogs como o exadventistas também é uma apologética baseada em fontes de terceiros.

      Mas uma apologética baseada em fontes primárias, estas são bem diferentes!

      E nestas fontes primárias, a exemplo dos mais diversos livros da CPB, o amigo também não tem encontrado falhas com que argumentar!

      Isto porque existem três níveis intelectuais dentro do adventismo!

      Estudos Bíblicos! Que é a Bíblia pura e simplesmente pregada.

      Fontes primárias! Que são os livros doutrinários, a exemplo das nossas crenças fundamentais.

      E por último as fontes secundárias! Onde há a livre manifestação de opinião, onde se incluem as opiniões e atitudes de pessoas!

      É neste terceiro nível e não no primeiro nem no segundo que o amigo tem encontrado as supostas "falhas" e "heresias", ou contradições!

      Agora! Este terceiro nível não tem serventia alguma no meio acadêmico! Mas a "apologética arco de barril" tem utilizado e trabalhado justamente neste nível.

      (...)

      Excluir
    4. Quando citam fontes primárias são sempre textos fora do contexto e ainda apresentados de forma distorcida!

      Sinto muito lhe dizer isto amigo Luciano Sena, mas é neste nível apologético que o amigo tem trabalhado e por isto tem sido tão acusado de não ser acadêmico.

      Esta apologética ou religião baseado em atitudes ou pessoas, além de não ser aceita no meio acadêmico, também não é bem visto por teólogos ou qualquer outro estudioso.

      Se o amigo pretendesse realmente estudar e conhecer a religião adventista, faria isto através de livros e fonte primárias, nosso manual da igreja, crenças fundamentais.

      Mas o amigo tem feito uma distorção, estudando pessoas e atitudes, e apresentando isto como se estivesse estudando a religião.

      Não se estuda a religião analisando integrantes desta religião, mas sim seus livros doutrinários e suas crenças oficiais.

      E lhe direi algo para sua surpresa:

      Devido ao fato de o amigo estudar pessoas e fazer seus artigos segundo análise das atitudes desta pessoas, o amigo não está a analisar o adventismo, mas sim os adventistas!

      E sendo que segundo este meio, o amigo tem construído seu ódio, não está a construir seu ódio sobre o adventismo, mas sobre pessoas.

      De modo que se o amigo tem manifestado seu repudio sobre as atitudes e opiniões pessoais de adventistas, o amigo não tem odiado a religião, mas sim os adventistas.

      O amigo odeia Ellen White!

      Isso lhe soa estranho?! O amigo teria coragem de dizer que não!? Analise seus comentários feitos até aqui! Sabe quantas palavras de ódio ou repúdio o amigo já proferiu contra esta pessoa?

      Peço então que o amigo dedique um tempo a refletir sobre estas coisas que lhe falei.

      Excluir
    5. Todos aqui neste blog certamente estão curiosos em saber qual a fonte estatística da qual o Sr. adventista extraiu esses dados, aparentemente tão precisos, de que ninguém mais na face da terra, exceto Luciano, esta preocupado com o avanço da seita adventista;
      Por outro lado, perdoe-me a elucubração, mas
      apesar da prolixidade protestatória, o "amigo" Sr. adventista ao tentar refutar os adversários do adventismo nos passa a impressão de estar se referindo a um adventista, pois os termos que usa para desclassifica-los servem como uma luva a seus sequazes.

      Excluir
    6. Só gostaria de saber duas coisas desse filho diabo chamado "Sr. Adventista":

      1) Desde quando aceitação significa verdade? A aprovação unânime dos judeus ao bradarem: "Crucifica-o, crucifica-o" (Lucas 23:21) não foi de modo algum aprovada por Deus, pois eles foram homicidas. Isso significa que eram corretos? Que Deus estava do lado deles? Se o homossexualismo for aprovado pela maioria passará a ser verdade? Se a Bíblia for rejeitada pela maioria tornar-se-á mentira??? Esses arjumentos de araque....

      2) "Vários estudiosos sobre seitas, de renome, fizeram suas analises sobre o adventismo e em seus livros, é possível encontrar ressalvas que garantem que a IASD é uma igreja cristã como outra qualquer." Pode me citar UM que pense assim?

      Obs: A questão aqui não é Sábado x Domingo, mas Heresia x Verdade Bíblica. Tem mais: Se são estudos bíblicos de "pura Bíblia" porque se usa esse chavão ridículo e herético de que "a luz menor é necessária para compreender a Luz Maior" Ora, herege, desde quando diante do sol do meio-dia (Bíblia) preciso de uma faísca (visões da "irmã" White)?

      Apologeta

      Excluir
    7. Nossa, que falta de educação e principalmente do Espírito Santo de Deus!

      Mais um ao lado de Paulo Cadi e Luciano Sena...

      O espírito é o mesmo (de demônio)

      Ore irmão e não se deixe levar por maus espíritos... volte para Cristo!

      Fique na paz

      Excluir
  13. Sr Adventista, seria bom começar esse seu texto com "era uma vez"...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na falta de condição para contestar...

      Excluir
    2. Vc amigo se preocupa tanto com a IASD, quero só ver nas argumentações que vai usar em seu livro,vc fez até palestra para falar mau do adventismo , mas vejo o grande apologista Ev;Luciano precisa de ajuda de 3° para revisar uma contestação barata contra IASD, assim fica fácil escrever um livro hehe!!

      Excluir
  14. Eu provo pela biblía que Ellen White marcou data para a vinda de Cristo, com muita tranquilidade e simplicidade, fundamentado numa das maiores autoridades espirituais que já pisou neste planeta, e ninguém poderá negar a não ser que seja um completo incrédulo na palavra. É, não só ela marcou, mas muita gente. Me referi principalmente a ela, já que ela é a "última bolacha do pacote", detendo o direito exclusivo sobre o Espírito de profecia, ou seja o mesmo Espírito de Profecia que produziu a biblía, fechando com o apocalipse, veio sobre está senhôra e trouxe mais revelações do que ao santo apóstolo do Senhor!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ellen White não marcou data para a vinda de Cristo. O amigo não tem como provar tal coisa e mesmo se houvesse, problema algum haveria, uma vez que seu dom foi recebido justamente após o desapontamento.

      Se tal desapontamento não houvesse ocorrido, não teríamos as obras de Ellen White. O desapontamento foi uma providência divina, no sentido de que foi uma provação que Deus permitiu.

      Ali, corações foram testados. Mesmo após tal desapontamento, não desanimaram, no fim restaram os sinceros de coração e os dispostos a ajudar na preparação de um povo para a volta de Cristo.

      Excluir
    2. Pelo jeito as escrituras pouco significam para vocês. As biblía afirma que ninguém vai saber o dia e a hora. Se vier alguém anunciando o dia e a hora da vinda de Jesus, o que você fara? É tão simples! Ah! mas os frutos do movimento! Meu caro, não esqueça: Satanás é tão petulante que foi tentar nada mais nada menos do que Jesus. Ele pode criar qualquer seita movimento, inventar um monte de teologia com pensamentos profundos e envolventes. Cuidado e pense bem!

      Excluir
    3. Sim sabemos disto, e Ellen White também sabia, tanto que condenou a marcação de datas. E passou tais recomendações inclusive a Miller que não lhe deu ouvidos. Desde que passaram a estudar a Bíblia, os do movimento adventista, descobriram muitas verdades. Aí sim começaram a deixar muitas de suas crenças, aprendidas em suas antigas religiões, de lado. Deixaram de seguir a Miller e passaram a seguir a Biblia.

      Daí surgiram nomes como Bates que introduziu o sábado no movimento adventista. À partir de então o movimento começou a tomar forma, através de nomes que são conhecidos hoje como fundadores e co-fundadores da Igreja Adventista do Sétimo Dia.

      Excluir
    4. Mas em mais de uma instância, Ellen White afirma que Deus vai anunciar o dia e hora da vinda de Jesus, contrariando o próprio Senhor que avisou: "Na hora em que não penseis o Filho do Homem virá", acrescentado de outros textos que demonstram o total desconhecimento de qualquer um em uma vinad que será de súbito.

      Excluir
    5. Você afirmou: "Deiaram de seguir a Miller e passaram a seguir a biblía". Então admite que Miller estava fora das escrituras, ou não?

      Excluir
  15. Prova que Ellen White marcou data para Volta de Jesus...
    Vc deveria ser humilde e aceitar que a Sra. White foi usada por Deus.
    Só uma pergunta amigo Paulo: Como vc interpreta essas passagens? "...Ouvi-me, ó Judá, e vós, moradores de Jerusalém: Crede no Senhor vosso Deus, e estareis seguros; crede nos seus profetas, e prosperareis;" 1 Crônicas 20:20; Isaías 8:20; Mateus 7:20 a 23; 1 Coríntios 14:3; Efésios 4:11; 1 Tessalonicenses 5:20; Apocalipse 19:10 ...Adora a Deus; porque o testemunho de Jesus é o espírito de profecia". (última parte).. ?


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Creio que Paulo Cadi não creia na Bíblia, por inteiro, mas tão somente na pessoa de Paulo, segundo suas cartas, bem como na passagem que fala do dízimo no velho testamento (por crer que fazia parte de um prenuncio do evangelho).

      Segundo o que me disse, salvo equívoco, todos os ensinamentos do antigo testamento, bem como dos evangelhos devem ser filtrados pelas cartas de Paulo! Se não forem repetidos ali, não serviria para nós hoje. Porque as cartas de Paulo seriam para os gentios enquanto que o resto seria apenas para os judeus.

      De modo que assim como os espíritas, Paulo Cadi usa somente uma porção do Novo Testamento, segundo aquilo que convém às suas crenças dispensacionalistas.

      Nega portanto até o credo ortodoxo, bem como o credo da própria religião que confessa, a assmbeliana, enquanto se dispõe a julgar o adventismo por não fazer desta ortodoxia uma regra de fé!

      De modo que o credo do amigo Paulo Cadi são muito mais contrários às crenças presbiterianas do que o credo adventista.

      Entretanto, Luciano Sena não o contradiz, mas ao contrário até lhe dá apoio.

      Segundo o que conhecemos das escrituras,amigo Alessandro César, a atitude do amigo Paulo Cadi tem se apresentado claramente sectária, e seus ensinamentos, heréticos.

      Textos bíblicos portanto, não servirão ao amigo Paulo Cadi, porque não crê em toda a Bíblia.

      O dispensacionalismo extremista diz que Deus pode mudar de idéia. Então adote que, segundo a visão de pessoas que compartilham da mesma crença de Paulo Cadi, Deus apenas haveria mudado de idéia e não mande mais profetas para os dias de hoje e convenientemente, também não nos exige muita coisa.

      Mas se me perguntarem, só não saberia dizer se isto seria melhor ou pior do que algumas das crenças do neopentecostalismo moderno, que também não sentem dor na consciência ao passar por cima de princípios, orientações, conselhos, ensinamentos e revelações Bíblicas.

      Excluir
    2. Sr. adventista, para você demonstrar que o sistema dispensacionalista é falso, terá que em primeiro lugar demonstrar pelas escrituras que Deus rejeitou e a Igreja assumiu o seu lugar. Bem, os adventistas ensinam que Deus rejeitou Israel no ano 34 A.D. após o martírio de estevão. Você pode me confirmar quando terminou as setenta semanas de Daniel? Por acaso, segundo a escatologia adventista não foi exatamente no ano 34 A.D., restanto 1810 anos que levaria até 22 de outubro de 1844, quando Cristo entraria no santíssimo e iniciaria o juízo investigativo ou a obra de remissão de pecados? Mas contrária hb. 10:18 que afirma que já houve a remissão de pecados. Então, a primeira coisa é provar que Deus rejeitou Israel e que a septuagésima semana das setenta, terminou no ano 34 A.D. Agora, eu lhe demonstro que Deus não rejeitou o seu povo e nem que Igreja tomou o lugar dele. Olhemos para a biblía!

      Excluir
    3. ERRATA: Na terceira linha ler: ...que Deus rejeitou ISRAEL...

      Excluir
  16. Alessandro,vou demostrar o que eu disse, agora: É bem simples, mas importantíssimo: "Se alguém vem ter convosco, e não trás está doutrina, não o recebais em casa, nem tampouco o saudeis. Porque quem o saúda TEM PARTE NAS SUAS MÁS OBRAS. O nexo neste texto é: "Quem o saúda", ou seja, dá boas vindas a quem traz um falso ensino, tornando-se PARTICIPANTE nas obras ímpias do falso profeta. A pessoa deu boas vindas ao falso ensinamento, está aceitando a tal nova doutrina sem fundamento nas escrituras. Então, não só ela, como todo o grupo que teve participação ativa no movimento milerita, promovendo-o são, segundo o apóstolo participantes no mesmo êrro de Miller. Quantos textos do novo testamento você quer que eu cite mostrando que a biblía proíbe a adivinhação, que foi isso que Miller fez, com a agravante de usar as escrituras que proíbem tal prática. "Aqueles, pois, que se haviam reunido perguntaram-lhe, dizendo: Senhor, restaurarás tu neste tempo o reino a Israel? E disse-lhes: NÃO VOS PERTENCE SABER OS TEMPOS OU AS ESTAÇÕES QUE O PAI ESTABELECEU PELO PRÓPRIO PODER". At. 1:7. Será que Miller, os White, Joseph Bates etc, não leram este texto? "Vigiai, porque NÃO SABEIS O DIA NEM A HORA EM QUE O FILHO DO HOMEM HÁ DE VIR". Mt.25:13. "Mas daquele dia e hora NINGUÉM SABE, nem os anjos do céu, mas únicamente meu Pai". Mt. 24:36. "Por isso, estais VÓS PREPARADOS TAMBÉM; porque o Filho do Homem há de vir à HORA EM QUE NÃO PENSEIS". Mt. 24:44. "Portanto tem DETERMINADO UM DIA em que com justiça há de julgar o mundo..."At. 17:31. Posso continuar citando. Eu lhe pergunto: Estes textos não significam nada para você?, Você realmente acredita na autoridade das escrituras?, William Miller e seguidores aceitaram a autoridade das escrituras? Era o Espírito Santo, que inspirou estes versículos o líder deste movimento? Se o Espírito Santo falou na pessoa do Senhor Jesus que era para vigiar, eu lhe pergunto, para que vigiar se o dia, a hora, o mes e o ano já são conhecidos? Deus confirmou a predição de Miller? Miller e adeptos estavam obedecendo ou desobedecendo Jesus? Depois de 22 de outubro de 1844, o movimento milerita se desintegrou. Você acha que depois deste baita mico que eles pagaram por dar um perdido nas escrituras, Deus iria atrás de um grupo que continuava fuçando em cima da cacaca? Você acha correto um grupo como este, chamar pastores protestantes, honrados chefes de família, de falso profeta e até de calunia-los? Homens que advertiram os fiéis a não irem atrás de movimentos espúrios? Ah! mas minha denominação cresce. Nada a ver, veja a catolica, universal, mundial etc. Hoje em dia crescimento pode ser sinal de maldição, de apostasia, de evangelho falso que atrai as massas. O testemunho de Jesus ou Espírito de Profecia, foi o Espírito de Deus em movimento inspiracional sobre os escritores da palavra, até o apocalipse. Nada a ver com Ellen White! Pense bem, reflita!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amigo Paulo Cadi, tais pessoas realmente não "leram" tais passagens, pois as tais não eram mais ensinadas nas denominações protestantes da época!

      Ou o amigo se esqueceu de que o reavivamento veio justamente como um movimento de incentivo às religiões para voltarem a estudar e a pregar a Bíblia?

      A Bíblia era muito pouco estudada naquele tempo, por isto pessoas se reuniram em um movimento amplo chamado de reavivamento. Os milleritas eram apenas uma pequena parte deste movimento.

      Pessoas como Bates, sequer conheciam o livro de Êxodo onde se fala do sábado! A palavra sábado ficou no esquecimento!

      As pessoas nem sabiam mais se a bíblia dizia se Jesus ira voltar ou não! Muitos acreditavam que morreriam e iriam para o céu e ficariam por lá e que não haveria ressurreição!

      Outros acreditavam de que Deus haveria abandonado a humanidade. Outros criam que haveria ainda milhares e milhares de anos até a volta de Jesus, nem imaginavam que catástrofes trariam o prenuncio do final dos tempos para este mundo.

      E tais pessoas não eram mais do que protestantes, grande parte ortodoxa.

      Estes protestantes não sabiam coisa alguma de Bíblia. A descrença na trindade era algo amplo, mas todos caminhavam de mãos dadas como se não houvesse nada de errado.

      Cada um daqueles que pertenceram ao movimento millerita tinham a sua denominação reconhecidamente cristã (a imensa maioria). E não criam nem pregavam nada mais nada menos do que aquilo que aprenderam em suas denominações!

      Houve um batista que creu de que Jesus voltaria naquele tempo e outro marcou a data. Naquela época, Ellen White não era uma adventista, mas uma metodista. E haviam ali também presbiterianos, católicos e vários outros das mais variadas religiões cristãs.

      Era portanto um movimento plurireligioso, trazendo justamente as crenças das denominações da época.

      Estes batistas, metodistas e presbiterianos, concordaram com a marcação de datas, tratavam se de uma parte do movimento de reavivamento denominado milleritas.

      Esta confusão, com marcações de datas durou até que resolveram voltar a estudar a Bíblia, quando então surgiu o movimento adventista, que se separou do grupo que marcava datas e propôs uma outra interpretação para a passagem do livro de Daniel.

      Até a formação da Igreja Adventista do Sétimo Dia, com suas doutrinas fundamentais, muita água correu debaixo da ponte.

      De modo que o conhecimento das escrituras só veio de fato, quando a pequena parte do movimento adventista começou a estudar as Escrituras. Neste período, Ellen White começou a receber instruções e revelações da parte de Deus.

      Quando a Igreja se estabeleceu e foi oficialmente inaugurada, Ellen White começou a escrever seus livros e anos mais tarde, começaram a ser publicados.

      Veja então que o amigo não está questionando Adventistas do Sétimo Dia. Mas batistas, metodistas, presbiterianos, católicos e diversos outros. Estes não criam nas doutrinas que temos hoje e muito menos nas revelações do Espírito de Profecia, pois os tais, nem intentavam existir naquela época.

      De modo que o amigo está apenas tentando provar de que um batista errou ao aceitar a marcação de data para a volta de Cristo, metodistas por acreditarem, bem como outros católicos, protestantes, dentre outros.

      Porque até antes da formalização da IASD, cada um daqueles integrantes do movimento de reavivamento, tinham suas próprias crenças, justamente aquelas aprendidas em suas próprias denominações.

      (...)

      Excluir
    2. Tanto que a imensa maioria dos desapontados voltaram para suas antigas religiões! Ou seja, não foi só a IASD quem abrigou, milleritas desapontados.

      Mas aquela parte que discordou da interpretação de Miller e que descobriu a doutrina do santuário celestial, esta deu origem ao movimento adventista.

      Pergunto então, os presbiterianos fizeram marcação de datas? Sim fizeram! Mas e quanto a Igreja Presbiteriana, esta fez? Não, não fez!

      Metodistas fizeram marcação de datas? Sim fizeram? E depois do desapontamento retornaram ou continuaram em suas antigas religiões! Mas não foi a Igreja Metodista quem fez a marcação de Data.

      Será então que a Igreja Adventista do Sétimo Dia teria feito marcação de datas?

      Pelo que lemos na historia é um sonoro não! Porque já no movimento adventista, que descobriu a doutrina do santuário, cortou-se esta marcação de data.

      Estes adventistas poderiam muito bem ter decidido retornar às suas antigas religiões também, ou simplesmente se apostatarem da fé como muitos fizeram, mas, este pequeno grupo remanescente de pessoas, decidiu terminar a proposta do reavivamento sendo o grupo mais bem sucedido neste movimento de reavivamento.

      Este movimento de reavivamento realmente foi providência divina e produziu bons frutos segundo o que lemos na história. Mas foi mais além, porque o resultado líquido deste movimento de reavivamento se resume em uma igreja passada por uma grande provação de fé e perseverança na volta de Cristo, resultando em um povo digno de ser chamado de advento.

      E quando Cristo realmente estiver para voltar, será que as igrejas perceberão? Ou será que da mesma maneira como procederam durante o movimento de reavivamento, não estarão esperando pela volta de Jesus?

      No estado de descrença daquela época, se Cristo houvesse voltado, quem se salvaria? Como andava a comunhão da cristandade daquela época com Cristo e a SUA Palavra, a Bíblia?

      Os adventistas não precisam mais de datas para a volta de Cristo, pois esperam constantemente vigilantes, pois aquilo que era uma expectativa se tornou um estilo de vida.

      As revelações trazidas através do Espírito de Profecia, nos ajuda muito neste trabalho de manter uma comunhão diária com Cristo e a Bíblia, a Palavra de Deus.

      Nos ajudando a viver segundo os princípios bíblicos neste conturbado mundo moderno.

      Desta forma a Igreja Adventistas do Sétimo Dai é um produto líquido, extraído de um produto bruto, o reavivamento, movimento de providência divina.

      Provados pela amarga experiência do desapontamento e peneirados, segundo a sinceridade de cada um.

      Os adventistas foram sobretudo pessoas sinceras, dispostas a ouvir a mensagem que Deus tinha para dar a SEU povo em tempo oportuno.

      Foi amargo no estômago, mas graças à esta experiência, temos hoje o povo da Bíblia, pregando o evangelho eterno à todos os povos e ajudando a preparar um povo fiel a estar de pé, no tempo do fim.

      Excluir
    3. Sr. Adventista, o grupo que mais tarde organizou-se como "A Igreja Adventista do Sétimo Dia", trouxe a profecia de Daniel 8:14 dando-lhe uma outra interpretação. Mas o fator data permaneceu, inclusive a mesma, 22 de outubro de 1844. Em primeiro lugar, é impossível que pessoas estudantes das profecias de Daniel e Apocalipse não tivessem conhecimento das passagens que citei. Depois vem outra questão: não existem profecias se cumprindo no céu, mas só na terra, senão o fator "testemunha é inexistênte", até mesmo para verificar o cumprimento da profecia. Outra coisa; no céu, não existe dia, mês e ano como na terra, alías, o tempo como nós conhecemos é devido ao movimento de rotação e translação da terra. Também, Cristo, cujo sacerdócio é de Melquisedec, de outra ordem, não estará oficiando em um santuário desenhado exclusivamente para a ordem de Arão oficiar, pois como diz em hebreus, "mudando-se o sacerdócio, muda-se a lei. Portanto, é equivocada a imagem que Cristo é representado na literatura adventista, usando as vestes do sumo sacerdote araônico. Então, houve uma transferência do ritual araônico para o céu, ou seja, a parte que cabia ao sumo sacerdote segundo a ordem de Arão. Cristo não veio desta tribo, de Levi, ele não era um levita, nem os cristãos estão em torno de um santuário como ficava o povo de Israel, mas ele é mostrado assentado a destra de Deus, o Pai , no santíssimo celeste desde o ano 33 A.D., tendo já efetuado a remissão de pecados de acôrdo com hebreus 10:18 e 1:1-3. Então, o que houve foi uma aplicação errada da palavra. Cristo é o cordeiro da páscoa e não um daqueles bodes de Levítico 16:8. Na sua ascenção, sendo a cruz o altar, ele adentrou além do véu, no santíssimo celeste e assentou-se à destra de Deus Pai, recebendo toda a autoridade. Então, para justificar o êrro de 1844, foi engendrado um segundo. O tipo de Cristo como sacerdote, é Mequisedec, não Arão, porque se estivesse na terra nem sacerdote seria, pois veio de outra tribo do qual Moisés nem falou de sacerdotes, segundo a revelação de hebreus.

      Excluir
    4. Vc enrolou, enrolou e não respondeu e disse nada...
      As mesmas falácias de sempre!
      Quer dizer que Deus não pode levantar profetas fora da Bíblia? É isso "teólogo"? Quem é vc pra limitar o poder de Deus. Lúcifer usurpou essa posição e o Papa também.
      E a história se repete... o coitado do Miller que fez tudo acreditando que Jesus realmente viria naquela data. Pra teu governo havia calvinistas entre aquele grupo. Não vou perder meu tempo te explicando o movimento milerita. Já fiz isso para o Luciano. Aceite meu conselho: seja humilde e estude com os Adventistas e vc verá que todas as acusações são puramente preconceituosas e maldosas.

      Excluir
    5. Vc(Paulo) enrolou, enrolou e não respondeu e disse nada...
      As mesmas falácias de sempre!
      Quer dizer que Deus não pode levantar profetas fora da Bíblia? É isso "teólogo"? Quem é vc pra limitar o poder de Deus. Lúcifer usurpou essa posição e o Papa também.
      E a história se repete... o coitado do Miller que fez tudo acreditando que Jesus realmente viria naquela data. Pra teu governo havia calvinistas entre aquele grupo. Não vou perder meu tempo te explicando o movimento milerita. Já fiz isso para o Luciano. Aceite meu conselho: seja humilde e estude com os Adventistas e vc verá que todas as acusações são puramente preconceituosas e maldosas.

      Excluir
    6. Cristo é soberano, não existem regras que limitem a atuação de Cristo nestas questões que o amigo levantou. O movimento de rotação e translação foi criado pelo próprio Deus, portanto, ELE mesmo instituiu os dias e os anos.

      Então não vejo limitações que impeçam o cumprimento da profecia segundo a interpretação acerca do santuário celestial.

      Jesus não precisa ser levita. Este pressuposto é errado. Antes de tudo Jesus é Deus, existe alguém mais digno?

      Levita era apenas um nome utilizado para definir os da tribo de Levi.

      E quem foi que disse de que 1844 foi um erro? Nesta data percebemos um movimento na terra em torno da cristandade da época. E não foram apenas os milleritas quem participaram!

      Cristãos das mais variadas denominações sabiam que algo aconteceria em meados daquela época. A crença de que as profecias de Daniel se cumpriria naquela época se davam em várias partes do mundo!

      Vários teólogos e estudiosos, chegaram à conclusão de que os cálculos das profecias de Daniel apontavam para aquele período.

      Houve comoção na comunidade cristã da época, mesmo sem entenderem de fato os motivos do surgimento de tantos movimentos regidos por um movimento maior.

      O batista Miller foi apenas um dos vários estudiosos que, em seus cálculos apontaram o cumprimento da profecia de Daniel para aquele período. Se popularizou, porque além de ser o que mais pregou sobre tal interpretação, acerca do cumprimento da profecia, deu também um significado.

      Desta forma muitos teólogos haviam chegado ao mesmo cálculo de Miller, muito antes dele mesmo, mas Miller foi o único que se arriscou a dar uma interpretação sobre o que a data de cumprimento daquela profecia de Daniel significaria.

      Miller errou justamente no significado. Não nos cálculos, que nem eram exclusivos dele. O que há de extraordinário nos cálculos de Miller é de que acertou com mais precisão a data exata do cumprimento da profecia de Daniel.

      Porém tragicamente errou quanto ao significado!

      O real significado da profecia, só foi trazida posteriormente, pelos adventistas. Nem mesmo Miller aceitou tal significado e continuou a marcar datas sucessivas para a volta de Cristo.

      Por outro lado, os do movimento adventista, aprofundaram no estudo do livro de Daniel em conjunto com o livro de Apocalipse e confirmaram de que existe realmente um santuário celestial.

      (...)

      Excluir
    7. Disto surgiu a doutrina do santuário, crida hoje não apenas pelos adventistas. Hoje a doutrina do santuário é algo comum e que não causa muito espanto.

      A cristandade também aceita a doutrina de Jesus como sumo-sacerdote, apenas tem dificuldade em entender SEU papel, também como sacerdote.

      Então, como a doutrina de 1844 acerca do santuário celestial pode ser um engano?

      Então não houve erro algum! Realmente existe um santuário celestial onde Cristo hoje ministra como Sumo-sacerdote! Uma doutrina que é vista hoje claramente diante da Bíblia, mas que em primeira mão, foram os adventistas que melhor detalharam!

      Esta é uma doutrina Bíblica que sempre esteve presente na Palavra de Deus, mas que os cristãos da época não enxergavam, mas que passou a ser vista bem claramente após o movimento de reavivamento.

      Outra questão voltou à tona, a exemplo do Sábado, esquecido pela comunidade cristã da época! Esta foi mais uma doutrina resgatada da Bíblia e que foi incorporada às crenças dos adventistas junto aos demais mandamentos da Lei de Deus.

      O adventismo descobriu também a doutrina do Juízo, que diz de que todos nós, passaremos por um juízo.

      Hoje a cristandade em geral aceita de que haverá um juízo para os ímpios, tendo dificuldades apenas em aceitar de que também haverá uma espécie de juízo (não condenatório) para os justos.

      Mas a maior dificuldade, talvez, seja a de aceitar de que o trabalho de Cristo está em sua fase final e que de fato estamos nos últimos dias úteis aqui desta terra.

      O crescimento da IASD é algo profético, algo impossível de ser barrado e que só terminará quando o evangelho enfim for pregado à todos os povos, línguas e nações.

      Até lá, o adventismo será uma igreja atuando com outras igrejas, lado-a-lado, levando o evangelho a todos os povos. Mas no final dos tempos, terá um papel profético bastante importante, quando for colocada a prova diante de todo cristãos sobre a face da terra.

      A cristandade que hoje é dividida em aproximadamente 40 mil denominações então se converterá em duas categorias.

      A primeira é aquela que guarda os mandamentos de Deus e a fé em Jesus. A segundo é aquela que, ou não guarda todos os mandamentos de Deus, ou não guardam a fé em Jesus.

      A doutrina de 1844 como os amigos se referem, é apenas o início de um conjunto de profecias engatilhadas para o tempo do fim. O cumprimento daquela profecia de Daniel, assinalou o início do cumprimento das demais profecias.

      (...)

      Excluir
    8. A lua se tornou em sangue, estrelas caíram do céu como figos de uma figueira que foi balançada. Isto tudo começou a ocorrer logo após o movimento de reavivamento e assinalava de que um selo predito no apocalipse, acabara de ser rompido.

      E o Evangelho Eterno hoje está de volta às mãos da humanidade. Depois de vários anos mantidos sob densa escuridão. O evangelho voltou a ser pregado com força e o mundo novamente tem se dividido entre aqueles que buscam estar do lado de Deus e os que buscam estar do lado deste mundo de injustiças.

      A cristandade atual estará no meio de uma disputa entre o bem e o mal. À direita estará um grupo de fiéis cristãos servos de Deus, pregando um evangelho que é eterno. À esquerda estará o mundo pregando suas próprias convicções em detrimento da lei e da vontade de Deus.

      No meio estará a cristandade moderna se vendo pressionada a se posicionar de um ou de outro lado.

      De um lado os santos mandamentos de Deus e a SUA vontade. Do outro, leis humanas que irão de encontro à Leis de Deus e a SUA vontade.

      Uma lei que impedirá qualquer um que se coloque ao lado de Deus e de SUA lei, de comprar ou vender. Decretando assim a morte, daqueles que sem poder comprar ou vender, não terão como sobreviver nas cidades.

      Deixar a babilônia espiritual e ir para o campo, viver da terra? Ou fazer como o povo de Israel, na época do próprio Daniel e permanecer nesta cidade sendo cúmplice de seus pecados?

      A Bíblia diz: Sai dela povo meu!

      De modo que a Lei de Deus será combatida através das leis dos homens.

      Não se poderá mais pregar contra práticas espiritualistas de outras religiões, nem contra a homossexualidade, nem contra o casamento de indivíduos do mesmo sexo, nem contra uniões declaradas entre três pessoas. Nem contra mundanças de sexo, nem contra a prática do sexo por parte de nossos filhos em plena adolescência.

      Não será permitido mais corrigir os filhos, o pai sequer poderá levantar a voz contra algum de seus filhos.

      Não poderá mais "impor" seu credo nem sua moral aos seus próprios filhos e se verão obrigados a permitir que o estado os ensinem ao seu modo, segundo suas próprias conveniências.

      Este é a surpresa que satanás tem preparado e que tem pegado hoje muitos cristão desprevenidos.

      Os amigos vêem cristãos cedendo e até se misturando com estas ideologias modernas? Vê pastores e líderes de sua própria igreja se dando a dar algum apoio à estas coisas?

      (...)

      Excluir
    9. Pois deveriam ler o Espírito de Profecia acerca do que está acontecendo agora e o que ainda está para acontecer!

      Ellen White pregou muito sobre a masturbação entre jovens e crianças, mas hoje, existem projetos e até cartilhas que ensinam as crianças na mais tenra idade escolar a proceder com tais práticas.

      Materiais que ensinam o adolescente a viver intensamente a sua homossexualidade desde a adolescência.

      E quando o filho ou filha chegar em casa e perguntar a um Pai ou Mãe o porque de eles serem os únicos que não podem seguir aquela cartilha? O que haverão de apresentar?

      As Leis de Deus? Aquelas que proíbem a prática da homossexualidade e da imoralidade?

      Como haverão de apresentar tais leis aos seus filhos, se tal lei houver sido abolida do cardápio dos cristãos em cada uma de suas igrejas?!

      Quem haverá de educar nossos filhos, senão a Bíblia Sagrada?

      Sob quais princípios ensinaremos cada cristão a viver, quando chegar o tempo em que os cristãos terão que obrigatoriamente se calarem?

      Onde haverá escrito o padrão e norma de conduta de todo aquele que se diz cristão temente a Deus, senão na Bíblia Sagrada!?

      Quem proibirá alguém de alguma coisa?! Será o pastor? Quem pregará contra esta nova ordem social que já vemos enxovalhar nossas igrejas de forma sorrateira?

      Quando então, levantarem a Bíblia, alguém acreditará nela?

      A Lei de Deus e toda a lei de Deus em detrimento da Lei dos homens. E para que creiam em nós devemos dar o exemplo, crendo e praticando tudo aquilo que está escrito na Bíblia Sagrada.

      Me desculpe amigo Paulo Cadi, mas os únicos que estão hoje a dar este exemplo são os Adventistas do Sétimo Dia, a única religião cristã que prega a observância integral de toda a Bíblia. Não um mandamento ou outro, um princípio ou outro, ou tão somente um ou o outro testamento, mas a Palavra de Deus de forma completa.

      É uma questão de decidir entre ficar na zona de conforto ou sair para seguir a vontade de Deus.

      Excluir
    10. Nas escolas adventistas é ensinada a teoria da evolução? Se é porque?

      Excluir
    11. Olha quem fala em adivinhação....

      Por uma acaso na sua igreja as pessoas que falam em outras "línguas" também não profetizam prevendo o futuro (adivinhação)? Que na maioria das vezes não se cumprem?

      Acredito que até vc mesmo faz esse tipo de falar em 'línguas estranhas" e até "profetiza" (adivinhação)...

      Fique com Deus!

      Excluir
    12. Pegar a biblía e marcar o dia, e o mês, e o ano, da segunda vinda de Cristo, o que é para você. Você apoiaria uma pessoa que estivesse fazendo isso? Sim ou não? Ou Deus fez acepção de pessoas, (com relação a Miller) e apoiou o que ele mesmo proíbiu? Você já parou para pensar no que está dizendo?

      Excluir
    13. Vc já leu o post do Sr. Adventista sobre marcação de datas?

      Se não, sugiro que vc leia. Lá é explicado quem marcou datas para a volta de JESUS.

      Fique com Deus.

      Excluir
    14. O mesmo grupo que seguiu Miller e anunciou a vinda de Cristo para 22 de outubro de 1844, é que fundaram o adventismo, trazendo está falsa data co outa interpretação. Os White e outros que iníciaram o movimento adventista foram seguidores de William Miller e Ellen White afirmou que Deus o estava guiando. Entendeu? Porque é tão difícil para você enxergar o êrro de passar por cima das escrituras e marcar datas? Outros na história, já fizeram isto e Deus não confirmou NADA como foi no caso 1844. Você sabe discernir o que é mentira ou verdade? Creio que não.

      Excluir
  17. Ao amigo Luciano Sena, convém dar uma olhada nos comentários contidos nesta página:

    http://novotempo.com/namiradaverdade/o-sentimento-antiadventismo-e-a-imprecisao-academica/

    Podemos até fazer aquela estatística que o amigo Peli sugeriu!

    Talvez isto sirva para o amigo entender o que as pessoas realmente pensam sobre pregações com estas, comumente, feitas pelo amigo.

    ResponderExcluir
  18. Sr. Adventista. Esses camaradas são duros de coração. O ódio toma conta dos seus corações. Que geração perversa é essa em que vivemos!
    Meu amigo, nosso anelo é ver Jesus voltar em breve. Espero isso há 18 anos!!!
    A IGREJA ADVENTISTA CONTINUA FIRME NESSA ESPERANÇA!
    QUE DEUS NOS AJUDE!!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quem é duro de coração? Os meus comentários das 21:58 e 23:32 não foram respondidos. Se você ler a minha resposta das 21:58, e ainda dizer que eu é que sou duro de coração, então a coisa tá virada de patas para o ar. Se Jesus disse que vem "na hora em que nem penseis", leia meu comentário das 21:58, e vem um sujeito marcando o dia, mes e ano de sua vinda não acontece NADA, daí você vem afirmar que eu é que estou errado e sou duro de coração? É justa está sua afirmação? Se Miller s seus sequazes estava fazendo a vontade de Deus, qual o parâmetro que eu vou ter, para, com as escrituras distinguir o certo do errado; porque sempre quando surgem heresias como foi o movimento milerita, vem pessoas justificar o êrro com a biblía. Não será isto, babilônia? Se aparecer um sujeito anunciando o dia, mes e ano da vinda de Jesus, você iria atrás? Se não vai agora, provavelmente não iria atrás de William Miller.

      Excluir
    2. Um acréscimo; vocês afirmam que no movimento milerita haviam metodistas, presbiterianos, batistas etc. Mas estas denominações não marcaram datas para a vinda do Senhor. As pessoas que foram atrás da falsa profecia, estavam em apostasia. Ellen White continua no mesmo pé, pois em mais de vez afirma que Deus vai anunciar aos crentes, o dia e hora da vinda de Jesus, contrariando o próprio Senhor que categóricamente afirmou que "a hora em que NÃO PENSEIS o Filho do Homem virá". Como pode ser o Espírito Santo o autor das visões de White? Se ela não está contradizendo Jesus, o que é contradição? Eu creio que qualquer cristão sincero vai concordar que a declaração de White, está contradizendo o que Senhor afirmou, fora outra contradições que existe nos escritos dela com relação as escrituras de Paulo, para que o apóstolo Pedro já havia chamado a atenção, sobre pessoas torcendo os escritos do apóstolo aos gentios.

      Excluir
  19. Pois é irmão Luciano, não entendo muito bem essa de fazer questão de parecer/ser protestante quando, segundo eles, somos "filhos da Babilônia". Acho mesmo é que querem pescar em aquário.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Decidam-se em suas opiniões! Afinal estamos interessados em nos tornar protestantes? Ou estamos interessados em tornar protestantes em adventistas?

      Não fazemos questão de uma disputa por rótulos. A nomenclatura de adventistas já nos é mais do que suficiente. Apesar de que a cristandade moderna nos aceite como protestantes e também evangélicos, o que de fato também somos.

      Excluir
    2. O líder milerita George Storrs, afirmou: "Como o evento (vinda de Cristo, 22/10/1844), não ocorreu, estávamos enganados em supor que fomos movidos pelo Espírito Santo, ao fazer o clamor com relação à forma e o tempo. Eu repito; ISTO NÃO FOI DE DEUS. Todos os dias me confirmam mais e mais, que é uma verdadeira palavra, e o fanatismo que está saíndo quase que contínuamente, de alguma forma entre aqueles que ainda persistem de que todo o movimento, sobre o décimo dia (22 de outubro, que seria o equivalente ao décimo dia do sétimo mês, do dia da expiação), foi tudo de Deus, serve para adicionar à minha convicção de que FOMOS ILUDIDOS POR MERA INFLUÊNCIA HUMANA, QUE FOI CONFUNDIDA COM O ESPÍRITO DE DEUS". George Storrs, The Morning Watch, Feb. 20, 1845. Palavras saudáveis, de uma pessoa que foi um dos líderes do movimento, mas concencioso, reconheceu o êrro e arrependeu-se. Daí, ele continua falando dos movimentos espúrios que foram resultado da humildade em reconhecer o êrro, arrepender-se, acertar as contas com Deus e voltando a comunhão de suas igrejas com um aprendizado do que não se deve fazer com as escrituras, torcendo-as ao seu bel prazer.

      Excluir
    3. Nem uma e nem outra! A igreja adventista está interessada na arrecadação de dízimos e ofertas e na manutenção de suas empresas multimilionárias!

      Excluir
    4. Bem amigo Peli, somos nós mesmos quem financiamos tal igreja e também delas usufruímos. E são nossos dízimos e ofertas! Então do que importa ao amigo onde os adventistas investem seu dinheiro? Se em bares, ou boates, ou restaurantes, ou igrejas?

      Se não vamos investir nas nossas "empresas" vamos investir em quais outras? McDonald's? Skol?

      E todos são convidados a usufruírem conosco deste patrimônio construído ao longo de 150 anos. Começando lá no início com Ellen White tirando dinheiro do próprio bolso para construir escolas e hospitais. Cerca de 80% dos usuários de nossos serviços não são adventistas, em vários ramos, como escolas, hospitais, dentre outros.

      E boa parte dos serviços estudos e materiais distribuídos são gratuitos. Postos de atendimento ambulantes inclusive com medicamentos distribuídos gratuitamente.

      Temos também organizações humanitárias de assistência como a ADRA e ASA. Pregações e programações gratuitas através da Rede Novo tempo, que sequer exige que os ouvintes assistam a propagandas de empresas do mundo moderno.

      Estudos Bíblicos gratuitos, além de obreiros que vão de porta em porta e de família em família dar logos estudos bíblicos sem cobrar coisa alguma por isto.

      E a maior parte de nossos investimentos hoje é na criação de novas igrejas. Deveríamos interromper este trabalho e investir em que mesmo?

      O amigo poderia nos dizer onde tem investido seu dinheiro, para que saibamos as empresas multimilionárias onde realmente vale a pena investir?

      Deveríamos fechar nossas escolas e passar a financiar escolas que ensinam as crianças de que Deus seria uma ilusão? Que as incentivam a fazerem sexo já na adolescência? A praticar o homossexualismo já na infância?

      Claro que estamos interessados na arrecadação de dízimos, ofertas e na manutenção de nossas instituições, pois é através dela que prestamos bons serviços médicos, educacionais e espirituais à nossos membros e à sociedade.

      Acaso hoje vivemos de grãos como na época de Moisés? As instituições hoje se mantêm de outro jeito?!

      Será que os governos financiariam nossas empresas de forma que não precisaríamos mais receber dinheiro de outra fonte? E se financiassem, será que se manteria a qualidade, ou será que decairia ao nível de escolas e hospitais públicos?!

      Haveria como médicos e professores, atenderem as pessoas sem receberem salário? Viveriam de que? O amigo se comprometeria a sustentá-los em suas necessidades?

      Então sim, sempre foi e sempre será, os dízimos e as ofertas que farão a manutenção de nossas igrejas. Como é em todas as demais denominações cristãs. Exceto nas que angariam dinheiro por outros meios, através de teologias como a da prosperidade e seus bízimos e trízimos. Ou outras teologias neopentecostalistas que trabalham com venda de unções e de promessas de prosperidade ou sucesso em campanhas de milagres, curas e libertações.

      (...)

      Excluir
    5. Como não trabalhamos com estas coisas, utilizamos o dízimo e as ofertas Bíblicas, que vem lá do Gênesis, na época de Abraão, o mesmo dízimo que mais tarde serviu de sustento aos levitas e à manutenção do templo (em forma de produtos e alimentos, moeda corrente da época, além de ouro e prata como ofertas para a construção de móveis do templo) .

      Não pretendemos viver exclusivamente de doações, ou de caridade, sendo que podemos por nós mesmos manter nossa igreja e nossas instituições. Fazemos trabalhos voluntários gratuitos e tão somente obreiros dedicados exclusivamente à causa do evangelho recebem salário para se manterem. Salário fixo que independe da arrecadação da igreja. Mais igrejas e mais instituições apenas representam mais trabalho.

      Não há comissões, nem porcentagens, nem participação nas arrecadações. Desde o menor, até o maior, precisam se contentar com seu próprio salário de obreiros, algo entre salário mínimio e 1400 reais, mais ajuda de custo, plano de saúde e assistência para suas famílias.

      Diferente de muitas igrejas onde o dinheiro arrecadado fica todo com o pastor, na IASD, o dinheiro todo é investido em obras por todo o mundo. As instituições privadas, que cobram pelos serviços, também são obrigadas a destinar todo o dinheiro para investimentos, em mais escolas, hospitais e também na evangelização.

      E a IASD mundialmente presta conta de onde cada centavo foi investido, sendo possível monitorar até uma oferta destinada à países africanos, para ter a certeza de que a oferta chegou lá integralmente.

      E tudo está registrado, desde os gastos da igreja até os salários dos obreiros, a exemplo dos pastores. Qualquer gasto extra passa por uma comissão eleita pelos membros e mesmo assim, a proposta tem que passar ainda por uma votação geral com todos os membros de cada igreja.

      A IASD conta também com departamentos de assistência aos membros segundo as mais variadas necessidades. Departamento da mulher, departamento da família, departamento música e coral. Departamento de assistência social, departamento de assistência à criança e ao adolescente. Além de clubes como o de desbravadores e de panterinhas.

      Programações regulares para os jovens, JA, além de departamento que cuidam de acampamentos, piqueniques, retiros espirituais, encontros de pregações e vigílias em geral.

      Além de rádio e TV com conteúdos estritamente cristãos.

      E para nós, o que os dízimos e as ofertas significam? Assista no vídeo logo abaixo.

      http://novamenteadventistas.blogspot.com/2012/10/de-budista-adventista-testemunho-do-dr.html

      Excluir
  20. Apologeta, fui apenas irônico quando pedi 'paz', não foi comum acordo de fé, mas disse a ele 'calma'.

    Abraços

    ResponderExcluir
  21. Particularmente, não vejo necessidade de responder a todos os adventistas que comentam aqui. Minha opinião está exposta nas postagens no Blog.

    Quando lidam com as informações, o que não fazem, aí a coisa fica melhor. Mas enquanto surgir argumentos sem conexão com a pesquisa, não preciso perder tempo.

    Deus nos ajude.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda bem que o amigo coloca isto sob o ângulo de corresponder à uma opinião, e não de que seja necessáriamente uma verdade.

      Seria assim também em seu pretenso livro?

      Excluir
  22. Luciano Sena, por favor, nos avise quando estiver pronto o livro, glória a Deus.

    ResponderExcluir
  23. O Na Mira da Verdade desta semana, caiu como uma luva quanto aos assuntos que tratamos nesta semana.

    Convém dar uma olhada nas reprises ou na próxima semana quando o programa será disponibilizado na internet:

    http://novotempo.com/tv/aovivo/

    Possui também algumas mensagens bem oportunas ao amigo Luciano Sena, principalmente no quadro do 'Momento da Mentira'.

    ResponderExcluir
  24. Sr Adventista, Leandro Quadros é um garoto propaganda, "efeito Questões de Doutrinas".

    Ele é fantoche dessa política da boa vizinhança.

    Hoje não o vejo mais como um detrator tão original, mas todo o envolvimento com a IASD e TV Novo Tempo, lhe obriga a produzir tal postura, nem barro, nem tijolo.

    Parcialmente o livro que pretendo publicar é um opinião com pressuposição reformada a respeito das crenças adventistas.

    Nada diferente do que vc leu aqui. A única diferença é que por ser um livro (se for publicado impresso, ou disponibilizado pela web) eu irei substanciá-lo com obras adventistas com uma extensão mais abrangente do que um Blog exige.

    O trabalho irá falar de Ellen White, decepção de 1844, Miller, Daniel 8.14, Sábado, Trindade Adventista, Inerrância... tais pontos colocam vcs à margem da fé cristã histórica e clássica. Creio assim, e diversos também. Com exceção do assunto Trindade, os demais são assunto antigos já malhado no mundo evangélico.

    Vcs respeitam as crenças de outros, sempre dizem isso... eu creio = crença, que a IASD é uma seita, assim como pensa Hoekema, Baalen, a IPB, etc.

    Respeito sempre seu direito de responder em defesa de sua fé.

    O seu Leandro não... meus comentários e de outros, não são liberados. Mas vc o admira como se fosse o último biscoito da apologética adventista.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vai substancia-lo?

      Pelo que eu saiba, primeiro se lê as fontes primarias, tira-se as conclusões e depois se faz o documento. Mas o amigo vai pegar suas opiniões e então substancia-las com obras adventistas?

      E com este tal livro o amigo apenas evidenciaria de que as crenças do amigo são bem diferentes das crenças da cristandade em geral.

      O amigo ainda não se deu conta de que suas crenças é que estão divergentes da fé comum dos cristãos ortodoxos bem como da própria religião que o amigo representa?

      Um exemplo:

      A grande maioria das religiões cristãs, crêem na infabilidade bíblica da forma como a IASD tem apresentado. Somente alguns mais ortodoxos, uma minoria, é que ainda possui esta visão intransigente que o amigo apresenta acerca da infabilidade bíblica.

      Em um livro, por exemplo, que foi citado no programa passado do Na Mira da Verdade, onde se fez um estudo sobre o aniquilacionismo, catalogou-se mais de 1.000 obras teológicas das mais diversas denominações que crêem no aniquilacionismo assim como os adventistas.

      A grande maioria das denominações repudiam a doutrina da dupla predestinação calvinista e muitas rejeitam também a doutrina do tormento eterno.

      O calvinismo deu sim sua contribuição em várias religiões incluindo a presbiteriana, mas Calvino jamais foi reconhecido como um profeta inspirado. E hoje as religiões mantém uma fé lúcida de rejeitar muitas doutrinas calvinistas.

      E por incrível que pareça amigo Luciano Sena, a imensa maioria das religiões trinitarianas possuem a mesma visão dos Adventistas acerca da trindade, como exemplo, cito a Assembléia de Deus.

      Então não é o adventismo que está fora do contexto, mas o seu Calvinismo que tem sido apresentado com considerável dose de fanatismo. Passou-se o tempo e muitas doutrinas calvinistas heréticas devem ser deixadas de lado.

      Mas será que é a IASD que tem apresentado crenças sectárias?

      Vejo aqui muitos artigos de o amigo discordando de posturas e ensinamentos de sua própria religião. Não é de se pensar de que, talvez, o amigo tenha proposto fazer um presbiterianismo ao seu gosto ou ao seu modo?

      O que percebemos é que o amigo se recusa a rejeitar certos ensinamentos calvinistas vistos hoje como heréticos, bem como esta visão rudimentar acerca da ortodoxia que o amigo tem apresentado.

      Então é obvio que segundo a crença pessoal do amigo, o amigo discordará de muitas doutrinas adventistas, porque as doutrinas discordadas pelo amigo são doutrinas anti-calvinistas. E a religião hoje, por se afastar cada vez mais do calvinismo e da própria ortodoxia como uma regra de fé infalível, tem sim, descoberto novas verdades que os aproximam mais daquilo que é apresentado na Bíblia.

      (...)

      Excluir
    2. Por isto as religiões da atualidade tem visto o adventismo com bons olhos, pois através dos nossos estudos bíblicos, de certa forma temos dado munição à estes nossos irmãos para se aproximar cada vez mais da bíblia e por conseqüência, se afastar de doutrinas cridas de forma errada.

      É justamente este avanço que o amigo tem pretendido combater sobre ares de uma suposta reforma, tentando em verdade voltar à um ponto onde a fé dita ortodoxa esteve mais harmoniosa com as concepções que o amigo tem como verdade, onde a influência calvinista é muito forte.

      Verdade seja dita, a IPB tem se desprendido cada vez mais dos laços do calvinismo como um regrado de fé, Graças a Deus por isto! Por causa disto tem se aproximado mais de um entendimento mais correto sobre as doutrinas bíblicas.

      Por isto a Novo Tempo, com sua pregação imparcial é tão popular, pois já prega abertamente aquilo em que teólogos e cristãos das mais diversas denominações já haviam cogitado em seus corações e em suas mentes.

      Os cristãos querem ir, mas o amigo acha que tem como segura-los.

      Creio que o amigo não está tão preocupado com um proselitismo imediato da IASD (que traria pessoas para dentro da igreja). Mas sim com um proselitismo doutrinário! Que trazem religiões para dentro das doutrinas bíblicas que temos apresentado! E que sobretudo os fazem questionar sobre suas atuais crenças, ditas ortodoxas.

      Sendo assim, o que o amigo tem tentado combater em verdade é este “assedio” da IASD em torno das religiões cristãs da atualidade, e o que lhe causa mais temor é ver as pessoas procurando as pregações adventistas e estudando as doutrinas, segundo o que é apresentado em canais como a Novo Tempo. E o que parece lhe dar calafrios é velos ouvir tais coisas com muita naturalidade, sem se encherem de indignação como o amigo.

      O problema está aí dentro de você amigo Luciano Sena. E o amigo pensa que o problema está na IPB ou na IASD.

      As pessoas assistem aos estudos Bíblicos que ministramos, gostam e acabam levando para suas vidas, inclusive a religiosa, muito daquilo que é ensinado.

      É justamente isto que o amigo tanto teme e tenta combater. Colocar a IASD como sectária, é uma estratégia que até muito tempo atrás, dava certo, causava um certo receio nas pessoas em se aproximarem para conhecer uma outra religião.

      Mas hoje isto já não funciona e muitas vezes, estas atitudes tem um efeito contrário, como o amigo pôde observar nos comentários acerca daquele episódio da palestra do amigo.

      Agora o amigo colocou na cabeça de que pretende repetir aquele episódio através de um livro! Acha que o resultado seria diferente? Acha também que a IASD ficaria inerte diante de sua atitude, de repetir através de livro, a mesma postura de sua palestra?

      Digo que o episódio apenas se repetiria, com um resultado ainda mais desagradável tanto para a IASD, quanto para a IPB e para o amigo.

      E lembre-se de que o amigo não angariaria a simpatia de seus irmãos, mas apenas a antipatia, de pessoas, que assim como no caso daquela palestra, haverão de discordar da atitude e postura do amigo.

      Excluir
  25. Sr Adventista, parece que gosta de jogar muita fumaça no tema... arde os olhos.
    1. Quando eu disse substanciá-los não significa que não tenham base inicial alguma, mas apenas mais citações e novas facetas.
    2. Poderia me apresentar um confissão de fé protestante que defenda a mortalidade da alma? o que o Leandro disse desfocou o obvio. Adventistas e Testemunhas de Jeová são religiões organizadas que defendem a mortalidade da alma, citar J. Stott e mais 999 de indivíduos, seria o mesmo de usar Bacchiocchi para representá-los em assuntos como o decreto dominical pelo papado e a interpretação de Colossenses 2.16.
    3. Quais denominações negam a inerrancia? Vc tem ideia do que foi a Declaração de Chicago?

    Por último, vc vive num mundo imaginário onde a IASD é como a Batista , etc...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É justamente a isso que me referi amigo Luciano Sena, buscar mais citações e novas facetas tendo em mãos algo já construído!

      Procedendo desta forma o amigo não está construindo suas bases com o uso das fontes primárias, mas apenas usando-as posteriormente, supostamente para embasar algo que o amigo já tem construído.

      O amigo pode considerar isto normal, mas não é! Isto é algo tão anormal, que tal atitude, em se tratando de doutrinas bíblicas, é hoje responsável por termos tantas doutrinas divergentes no meio cristão.

      A cristandade moderna, por exemplo, tem em mãos uma complexa doutrina acerca da imortalidade da alma. À partir disto, traçam versos bíblicos que supostamente apoiariam esta doutrina.

      Isto se repete na questão do domingo, onde já se tem uma conclusão acerca de um domingo pascoal, uma páscoa semanal, onde se procuram versos na bíblia que apoiem esta doutrina.

      Ninguém que, nunca tenha contato com estas doutrinas, chega a estudar a bíblia e então tirar todo o conjunto de conclusões detalhadamente arquitetadas que a cristandade moderna crê hoje. Ué mas não tiraram estas doutrinas da Bíblia?

      Calvinismo, ortodoxia e agora confissões de fé e também declarações.

      Não era só a Bíblia que servia antigamente como regra de fé? O que houve com o sola scriptura?

      Então religião ‘A’, constrói suas doutrinas em cima do calvinismo (que já tem pronto um conjunto de interpretações acerca da Bíblia), chegam ao consenso de um conjunto de doutrinas, às quais dão o nome de ortodoxa e ainda por cima, adicionam confissões de fé.

      Mais tarde começam a abandonar alguns pontos do calvinismo, começam a se divergirem em questões ortodoxa e por fim cada uma acaba adotando uma confissão de fé ao seu próprio modo.

      Amigo Luciano Sena, que religião protestante hoje está em 100% em harmonia com o calvinismo e com a ortodoxia? E quais religiões protestantes tem, entre si, um consenso quanto às confissões de fé!?

      Agora vamos colocar os evangélicos no meio desta panela! O amigo dirá de que os evangélicos não crêem no aniquilacionismo? Dirá também de que não há protestantes, que igualmente crêem no aniquilacionismo assim como os Adventistas do Sétimo Dia?

      Veja então que as aparências que o amigo tem pregado aqui para dar a entender de que a IASD seja sectária, por ser supostamente diferente de todas as demais, estão muito fora daquilo que representaria a unanimidade de crença que o amigo tem pressuposto ao falar de ortodoxia.

      (...)

      Excluir
    2. Amigo Luciano Sena, exceto as doutrinas heterodoxas da IASD, todas as demais doutrinas são tidas como ortodoxas. É por isto que se diz que o adventismo possui duas ou três doutrinas heterodoxas. Se estas são as heterodoxas, significa que as demais são ortodoxas.

      São ortodoxas porque existem outras religiões tidas como ortodoxas e que também comungam da mesma fé. Várias religiões levantam em seus livros as doutrinas adventistas que são tidas como heterodoxa, mas ao contrário do que o amigo tem forçado aqui, em nenhum destes livros tenho visto a doutrina da trindade crida pelos adventistas ser incluída como sendo parte das doutrinas heterodoxas.

      Deste modo o amigo tem distorcido aquilo que seria a ortodoxia, e trazido para o calvinismo os méritos da questão, dando a entender de que, se uma igreja estiver em desconformidade com certos conceitos do calvinismo, estaria se afastando da ortodoxia.

      Meu amigo, é a cristandade moderna que está se afastando do calvinismo, não adianta puxar mais a sardinha para o lado do calvinismo, pois já era, já foi, não dá mais! As heresias de algumas doutrinas calvinistas são claras e inequívocas, sendo algumas tratadas de diabólicas pela própria cristandade atual. E pessoas obstinadas que defendem o calvinismo com unhas e dente, nestes pontos vistos como de apostasia de fé, tem sido vistos como pessoas sectárias.

      A crença ortodoxa hoje, representa a crença comum do meio cristão onde o calvinismo tem sido cada vez mais rejeitado.

      Poucos são os que hoje possuem uma crença semelhante à do amigo!

      Veja então que é o amigo com seu calvinismo quem anda fora de contexto. Hoje as religiões buscam uma infabilidade bíblica mais lógica. Apenas algumas pessoas ditas ‘mais ortodoxas’, como o amigo, é que possuem ainda aquela visão intransigente acerca da infabilidade Bíblica. Em contrapartida, ao se pronunciar, o amigo fala como se isto ainda fosse uma regra e que a IASD fosse a única e sectária exceção.

      Esta atitude do amigo, quanto à infabilidade bíblica, também se repete na questão do aniquilacionismo. O amigo prega como se sua crença acerca da infabilidade bíblica e do tormento eterno fosse hoje algo unânime.

      Nisto, o amigo prega algo como: “Não! Somente sectários é que crêem deste modo!”.

      Mas as pregações evangélicas que assistimos hoje, pregam abertamente o aniquilacionismo e muitos ditos protestantes, a maioria, também pregam a infabilidade bíblica nos moldes que é apresentado pela IASD.

      Amigo Luciano Sena, nenhum bezerro voltará ao ventre da mãe, de modo que não retornarão ao calvinismo e à ortodoxia ou confissões de fé como eram em tempos atrás!

      A cristandade evoluiu e hoje, as crenças comuns protestantes tem se alinhado com as doutrinas Bíblicas, as mesmas cridas pelos Adventistas. Nisto, a IASD é apenas mais uma bolacha neste pacote. Sendo a bolacha que prega abertamente estas novidades, que muitos pastores muitas vezes não tem oportunidade de pregar em suas igrejas, por receio de ferir a crença de muitos de seus membros ditos, ‘mais ortodoxos’.

      (...)

      Excluir
    3. Por que o amigo acha que tantos pastores das mais diversas denominações assistem, gostam e até elogiam as pregações da TV Novo Tempo? Ora porque ali, não é pregado o credo adventista, mas sim o que diz a Bíblia sagrada e estes vêem-se confortados em saber que suas crenças atuais tem estado em harmonia com aquilo que é pregado pelo uso da Bíblia através de nossos pastores.

      Então amigo Luciano Sena, a cristandade protestante moderna tem entrado dentro do contexto e muitos evangélicos tem se unido a nós. Veja que o amigo, estando ainda ligado por um cordão umbilical ao calvinismo é quem tem estado consideravemente fora do contexto!

      Hoje as pessoas tem se mostrado mais interessados em ouvir o que a Bíblia diz do que o que diz um calvinismo, uma ortodoxia, uma confissão de fé. Estas coisas são importantes, mas devem ser deixadas em segundo plano. Em primeiro plano deve estar a Bíblia sagrada e não devemos temer os ventos de mudanças segundo a verdade progressiva que a Bíblia nos ensina.

      Um pastor quando vai pregar na Rede Novo Tempo, deixa de lado as crenças adventistas, os escritos de Ellen White, a profissão de fé adventista e unicamente a Bíblia é exaltada.

      É por isto que o amigo não encontra com o que pegar o adventismo, nas programações da Rede Novo Tempo.

      E o amigo está certo em tentar provar de que na IASD as coisas não são exatamente como é mostrado pela Rede Novo Tempo, como se houvesse uma total unanimidade de pensamento e realmente não é!

      Lembra dos níveis?

      1º - Bíblia (pregada na Novo Tempo)
      2º - Crenças oficiais adventistas (pregadas através das doutrinas fundamentais, manual da igreja, dentre outros)
      3º - Crenças, interpretações e pensamentos individuais.

      Através dos dois primeiros níveis, o amigo tem fracassado em seu intento de tentar provar de que os adventistas tenham crenças ortodoxas que no final das contas não seriam ortodoxas.

      Mas no terceiro, baseando-se em atitudes de antigos membros e opiniões destes mesmos membros é que o amigo tem encontrado peculiaridades, de onde tirar proveito. Isto ocorre porque desde sempre existe uma certa liberdade de pensamento dentro da Igreja Adventista do Sétimo Dia, mas estas tratam-se de idéias e opiniões pessoais. Por isto o amigo só tem encontrado munição neste nível, que é o nível em que trabalham a quase totalidade de nossos críticos.

      Mas veja que o amigo tem contradito pessoas (terceiro nível) e não doutrinas oficiais ensinadas na IASD (segundo nível) onde estão nossas crenças fundamentais, nossos livros doutrinários oficiais, manual da igreja, dentre outros.

      (...)

      Excluir
    4. A coisa que mais tenho visto de errado no que o amigo tem pregado, bem como palestrado e que provavelmente repetiria no tal livro, é de que o amigo apresentaria, mais uma vez, opiniões e atitudes de antigos membros para embasar sua opinião, ao invés de usar materiais do segundo nível, e que representam nossas crenças oficiais, as fontes primárias, doutrinárias oficiais da Igreja Adventista do Sétimo Dia.

      Na Novo Tempo, pregamos a Bíblia; Na Igreja, pregamos nossas crenças fundamentais, juntamente com a Bíblia; E individualmente cada um prega aquilo em que acredita, de acordo com a Bíblia e nossas crenças fundamentais.

      De forma que cada nível está subordinado ao nível anterior, onde as Doutrinas apresentadas pelo Pastor, por exemplo, devem estar de acordo com a Bíblia e as doutrinas discutidas entre os membros devem estar de acordo com nossas Crenças Fundamentais.

      E o que acontece quando se percebe um membro, por exemplo ensinando uma doutrina diferente da que está estabelecida em nossas crenças fundamentais? Ora ela é advertida! Na igreja, ao professor, só é permitido ensinar conforme as nossas crenças oficiais, mas quanto aos membros, cada um pode dar sua opinião como bem entende.

      Então amigo Luciano Sena, não apenas é possível como de fato, há divergências de opiniões acerca dos mais variados assuntos dentro do adventismo. Mas não temos autorização para pregar nossa opiniões pessoais, de forma a doutrinar os membros nisto! Tanto que nossos estudos são regidos através da Lição da escola sabatina, que é construída pela alta cúpula da igreja, de forma que o que nos é ensinado deve estar em conformidade com nossas crenças fundamentais.

      Agora em casa, academicamente, ou como forma de estudo, um adventista pode sim apresentar conclusões diferentes das crenças comuns de nossas igrejas, desde que deixem bem claro de que se trata de uma visão pessoal e não da opinião oficial da Igreja Adventista do Sétimo Dia.

      Nosso teólogos e estudiosos podem, por exemplo, escrever livros com suas conclusões pessoais. E podem divergir, entre si, acerca de interpretações de versos bíblicos, e podem a até criticar certos aspectos da igreja, mas até mesmo estes, ao se manifestarem sobre as crenças oficiais da igreja, devem utilizar de fonte primárias oficiais.

      (...)

      Excluir
    5. Um bom crítico adventista é o Dr. Alberto Timm, que pela quarta vez, venho lhe recomendar. Embora muitas de suas críticas sejam duras, são bem aceitas e estão disponíveis através da CPB.

      Agora veja o que o amigo pretende construir:

      a) Um livro que fala acerca das doutrinas oficiais adventistas? Não!
      b) Um livro que apresenta as doutrinas oficiais da igreja, onde o amigo contesta cada uma delas? Também não!

      O livro do amigo segundo o que apresentou seria um livro que prega crenças que o amigo defende, onde pretende utilizar meramente citações, de fontes adventistas, a fim de provar de tentar provar de que nossas doutrinas ortodoxas não sejam ortodoxas.

      E será que, ao menos, o amigo utilizará o que está escrito em nossas crenças fundamentais ou em livros oficiais?

      Pelo que percebemos pelo vosso costume, a resposta é um sonoro não!

      O amigo iria, mais uma vez, apresentar sua própria opinião, utilizando citações descontextualizadas, para, no fim, apresentar mais uma visão distorcida daquilo que seriam as reais crenças dos adventistas, mas isto, a CACP já faz, e melhor do que o amigo, já a alguns anos.

      Então seria mais um livro, que serviria apenas para anti-adventistas, que desejem se alimentar ainda mais de intolerância contra o adventismo. Cristãos sinceros, e que conhecem e admiram o trabalho da IASD, jamais se deixariam influenciar por materiais deste tipo, muito pelo contrário, basta se ver a reação da cristandade em geral quanto àquela palestra do amigo, no link que por duas vez passei, para que o amigo lesse os comentários:

      http://novotempo.com/namiradaverdade/o-sentimento-antiadventismo-e-a-imprecisao-academica/

      Isto sim, creio que deveria arder aos olhos do amigo. Aqueles cristãos não parecem estar muitos satisfeitos com sua conduta.

      Excluir
  26. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  27. Fico preocupado quando vejo irmãos de determinadas denominações numa insistência na defesa de doutrinas, mas esquecem-se de viver o fruto do Espírito Santo. Não que eu seja contra doutrinas, de maneira alguma! Porém, de que adianta eu "ter o dom de profetizar e conhecer todos os mistérios e toda a ciência; ainda que eu tenha fé, a ponto de transportar montes, se não tiver AMOR, nada serei." (1Cor 13-2). Sou a favor da defesa, da apologética saudável, sempre debatendo argumentos, mas nunca as pessoas. Há doutrinas difíceis de entender, mas cremos mesmo assim, enquanto há outras tiradas de um contexto mais superficial ou até mesmo sem respaldo bíblico, diminuindo Deus ao nosso próprio raciocínio. Hoje pela manhã no culto, três irmãos passaram por mim sem desejar um bom dia. Mas ficaram discutindo com outro irmão acerca de livros de grandes teólogos cristãos que haviam. E eu de canto só ouvindo a conversa. Vejo mais amantes da Teologia do que amantes Cristo. Vejo mais professores do que alunos. Vejo mais gente observando do que pondo em prática. Considero muito mais um adventista praticante da palavra de Deus um irmão em Cristo, do que um presbiteriano que acabou de fazer um discurso da palavra de Deus e sequer saúda o seu próximo. (Tiago 1.22). Não quero ser fiscal da fé alheia, mas não quero ser conivente com com a hipocrisia de outrem. Que Deus nós ajude nesse combate contra a hipocrisia.

    ResponderExcluir
  28. Palavras inspiradas Robson Ribeiro. Continue assim...

    Fique com Deus

    ResponderExcluir
  29. He!he!he! "Palavras inspiradas Robson Ribeiro". Cuidado, senão daqui a pouco eles vão lhe promover a profeta!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pelo menos o Robson sabe fazer uma crítica construtiva.

      Diferente de vc que infelizmente tem bastante conhecimento mas não sabe direcionar esse conhecimento de forma cristã e não sabe usá-lo com sabedoria... vc é igual aos irmãos que o nosso amigo Robson comentou no post acima... Falta de sabedoria... Vc é inteligente mas não é sábio

      Vc adquiriu inteligência humana ao invés de buscar sabedoria Divina.

      Fique com Deus!

      Excluir
  30. Não critique Ellen White, e será sábio...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O mesmo comentário que fiz ao Paulo Cadi, também serve para vc Luciano.

      Ah, e tenho visto o Sr. Adventista lhe dando bons conselhos ... Talvez seria bom vc ler os comentários dos posts do Sr. Adventista e refletir sobre eles...

      Como disse:

      Vc é um homem inteligente mas não sábio.
      Vc adquiriu inteligência humana ao invés de buscar sabedoria Divina.

      Tá na hora de vc busca a sabedoria Divina (JESUS é a sabedoria)

      Fique com Deus.

      Excluir
    2. Gilson, vc é uma pessoa inteligente, mas não é sábia, nem vc nem o Sr Adventista, seria bom vcs buscarem a sabedoria divina. Tenho dado alguns conselhos para vcs, mas vcs não aceitam.

      Excluir
  31. Adventismo, dois pessoas duas medidas... critica todos, chama de Babilônia, quando alguém os chama de seita, faltam morrer de tanta melancolia, síndrome de perseguição aguda.
    Chama o domingo de futura marca da besta, e produto de satanás, e quando dizemos que olham para o sábado com legalismo, choram feito criança...
    Levantam uma bandeira chamada "espírito de profecia" somente nós é que temos Ellen White... depois quando dizemos que nisso não tem Somente Escritura, saem correndo dizendo "cremos nos dons, só isso!"

    Só Deus...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Luciano, a igreja Adventista não está nem aí pra tuas acusações. Oficialmente ela nem te responde. Sabe por quê? Porque ela sabe no que crer. Temos a Bíblia, seguimos ela. Essas colocações(faltam morrer..., síndrome de perseguição, choram feito criança... etc) que vc colocou acima, vc o faz com sarcasmo. A igreja não perde tempo com essas coisas. Como membro eu ainda perco meu tempo contigo! Vc fala, fala, fala e não prova nada na bíblia que estamos errados. Pare pra refletir: uma seita não conseguiria crescer tanto como a Igreja Adventista. Num mundo onde é difícil guardar o sábado ela tem crescido maravilhosamente para glória de Deus. Já estamos em mais de 209 países e com mais de 17 milhões de membros no mundo. Temos milhares de Escolas, Hospitais, Canais de Tv, Rádio, temos a ADRA(estude sobre a ADRA). e TANTOS MAIS. Estamos cumprindo a ordem de Jesus em mateus 28: 19 e 20 "Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo;
      Ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. Amém."
      Estamos em quase todas as nações do Planeta. " "E vi outro anjo voar pelo meio do céu, e tinha o evangelho eterno, para o proclamar aos que habitam sobre a terra, e a toda a nação, e tribo, e língua, e povo,
      Dizendo com grande voz: Temei a Deus, e dai-lhe glória; porque é vinda a hora do seu juízo. E adorai aquele que fez o céu, e a terra, e o mar, e as fontes das águas". Apoc. 14: 6 e 7
      Só não crescemos mais porque o mundo está muito secularizado. Muitos não querem saber de Deus e Sua Lei(assim como vc) que pisa nos Mandamentos de Deus. Mas um dia todos irão responder perante o Soberano do Universo por que foram tão rebeldes as ordens de Deus. Está profetizado que a maioria dos habitantes da Terra vai se ordem, leia Isaias 24:5 e 6
      "Na verdade a terra está contaminada por causa dos seus moradores; porquanto têm transgredido as leis, mudado os estatutos, e quebrado a aliança eterna.
      Por isso a maldição tem consumido a terra; e os que habitam nela são desolados; por isso são queimados os moradores da terra, e poucos homens restam".
      Comparado a população do Mundo(cerca de 7 bilhões de habitantes) somos um pequeno povo. Mas o povo de Deus sempre foi pequeno.
      MAS É UM POVO QUE INCOMODA, PORQUE PREGA A VERDADE!

      Excluir
    2. Acima eu quis dizer " se perder" referente a Isaías 24:5 e 6

      Excluir
    3. Ok Luciano. vc está se convertendo a mensagem bíblica do Adventos?

      Excluir
    4. Toda Mentira Sr. Luciano, Tem Perna Curta e quando o Próprio Cristo Revelar a Verdade Perante a Terra, Você e muitos Outros Sofrerão Amargamente por ajudar pessoas inocentes a perderem sua salvação!!!

      Excluir
  32. Luciano, parabéns pela iniciativa!
    Sem dúvida, era necessário um livro que analisasse o Adventismo da perspectiva reformada. Isso é um problema até mesmo nos EUA, pois, ao que me parece, não se escreve mais livros assim desde as conferências com o Walter Martin. Toda a literatura americana que trata de criticar o adventismo é feita por dispensacionalistas, além de ter o duvidoso gosto de ficar criticando o caráter de EGW, o que ao meu ver, não acrescenta muito à discussão.

    ResponderExcluir
  33. Prezado irmão, agradeço o apoio.

    Após a publicação das opiniões de W. Martin, Baalen e Hoekema protestaram, bem como outros.

    Mas o efeito do livro Questões de Doutrinas foi avante, passado o tempo de sua rejeição interna, e deixando de representar uma liderança "mais aberta", tornou-se a principal voz ecumênica adventista.

    Ecumênica até onde pode ser usado para demonstrar seus verdadeiro espírito de escorpião.

    O trabalho que apresentarei não terá nenhuma avaliação de Ellen White qual pessoa, mas tratarei apenas do mito "espírito de profecia".

    Abraços
    Em Cristo

    ResponderExcluir
  34. Parabéns Luciano Sena pela sua iniciativa!
    Minha sugestão é que comece a administrar a sua página deletando as intervenções desagradáveis e ignorando muitas indagações e provocações indesejáveis.
    Deus continue abençoando seu lar e a comunidade cristã onde você serve com o amor e com o ensino da sã doutrina.

    ResponderExcluir
  35. Agradeço o apoio Rev. Anatote.

    Quanto a moderação dos comentários, creio temos que junto com os bons comentários de objetores, arcar com os ruins. Por enquanto essa é a política que tenho mantido aqui no MCA.

    Excluo apenas ofensas baixas, como já fiz.

    ResponderExcluir
  36. A e Luciano, Procure fazer o mesmo !!!!!!!!

    https://www.facebook.com/photo.php?v=637165736329618&set=vb.179096465469883&type=2&theater

    ResponderExcluir
  37. Faça você o mesmo:
    http://www.youtube.com/watch?v=dBWOCMhJ0CA

    ResponderExcluir
  38. Tem previsão de quando o Livro: A Conspiração Adventista, estará disponível ?
    Existem muitas pessoas interessadas em adquirir, para conhecimento e outras para estudo.
    Em Cristo
    Wilton

    ResponderExcluir
  39. Sr. Luciano, eu não entendi o porquê de tanto ódio dos Adventistas. Por que não prega o amor de Cristo para todas as pessoas. Você tem algum trauma psicológico?! Ou o demônio está por trás desse ódio?! Leia a Bíblia e seja um cristão e não um ofensor de Adventistas.

    ResponderExcluir
  40. publica logo esta livro quanto mais cedo for publicado mais rápido será respondido e melhor serão os adventistas conhecidos. Que venha o tal livro.

    ResponderExcluir
  41. publica logo esta livro quanto mais cedo for publicado mais rápido será respondido e melhor serão os adventistas conhecidos. Que venha o tal livro.

    ResponderExcluir
  42. obrigado meu amigo por vc ser o primeiro a perseguir o povo remanescente os que guardam os mandamentos de DEUS e tem o testemunho de JESUS.que pena que vc não ver as verdades que DEUS nos mostra através da bíblia sagrada

    ResponderExcluir
  43. Essa briga doutrinária só afasta as pessoas do verdadeiro Cristo. Mau testemunho pra quem lê.

    ResponderExcluir
  44. Ao invés de frisar o amor de Deus e cumprir o IDE do Senhor, vai atacar uma denominação? Inútil.

    ResponderExcluir