quinta-feira, 25 de julho de 2013

Por quanto tempo devemos manter um discipulado?


O discipulado é um acompanhamento paternal/maternal, de nível espiritual, e tal acompanhamento é enquanto uma pessoa é verdadeiramente dependente. Em casos especiais, uma limitação mental ou física, exigirá dos pais cuidados para toda vida. Não é impossível isso acontecer na vida espiritual de crentes que deveriam ser maduros (Hb 5.12). Imagine que dentro de um ano a dois, uma pessoa 'deveria' atingir a independência cristã. Por independência indico cinco aspectos:

A) Ir ao culto sem precisar ser convidado ou conduzido. 
B) Ter o hábito de ler a Bíblia. 
C) Demonstrar evidência que faz uso da oração. 
D) Mudanças em sua vida com relação ao pecado. 
E) O novo discípulo já transmite a mensagem de Cristo a outros?

Algumas passagens bíblicas podem indicar mais esse objetivo:

Ø  Para a letra A veja Sl 84.1-4. O novo discípulo tem esse prazer? O que preciso fazer para aguçar esse interesse nele?
Ø  Para a letra B veja Sl 119.105; Mt 4.4 – Quanto o novo discípulo procura conhecer a Bíblia? Como ele procura orientação nela? O que faço para cooperar nisso?
Ø  Para a letra C veja Dn 6.10 – Qual é a constância de oração na vida do discípulo? Ele já demonstra evidências de buscar ao Senhor antes de tomar decisões? Como ajudá-lo a ver que um ‘crente anda melhor de joelhos’?
Ø  Para a letra D veja Jo 8.11; Rm 6.6 – Quais a mudanças que já observo em seu comportamento? Que pecados já abandonou? Como ele está ‘consciente de sua morte com Cristo’? Como posso ajudá-lo a desenvolver uma vida santa?
Ø  Para a letra E veja 1 Pe 2.9,10 - Ele precisa saber que um dos objetivos de ser salvo é para servir como um arauto do Senhor Jesus neste mundo.

5 comentários:

  1. Graça e paz do SENHOR aos irmãos do blog...

    Meu irmão, FANTÁSTICO! Foi um de seus menores posts, e um dos mais importantes. Estes cinco sintomas realmente demonstram se, de fato, existe maturidade espiritual suficiente para os "alimentos sólidos". Parabéns, foi realmente muito útil. Claro, a Deus toda a glória por tê-lo usado. Mantenha-se fiel e em humildade. Deus nos abençoe!

    ResponderExcluir
  2. Como discipular? Fico pensando sobre isto. Certamente que muitos discípulos são pessoas adultas, devemos aproveitar as oportunidades para discipular, dando o exemplo? Ou devemos ser preventivos? Antecipar?

    Eu fico pensando sobre isto.

    ResponderExcluir
  3. O Luis Felipe disse tudo: um post abençoado, que mostra como somos falhos nesta obra tão importante !!! Que acordemos !!!

    ResponderExcluir