sábado, 13 de junho de 2015

Ao Rev. Nicodemus – “Eu me senti ofendido”

Em uma nota (em seu Facebook) o conhecido e respeitado teólogo e pastor presbiteriano disse que não se sentiu ofendido com as [grosseiras] manifestações homossexuais na última parada gay. A razão que nosso irmão apresentou é que não existem símbolos sagrados, para nós protestantes, portanto, não houve razão para a comoção como vários evangélicos apresentaram.

Pois bem, com todo respeito que é devido ao Reverendo Nicodemus, devo discordar. E antes de apresentar as minhas razões, bom lembrar que Nicodemus se esqueceu de que geralmente as pessoas confundem opinião pessoal, com a igreja da qual ele é vice-presidente de seu Concílio maior. E com isso, pode haver alguma leitura coletiva da opinião dele, sendo da IPB. Repito, ele não pensou nisso, mas muita gente pode associar uma coisa com outra. As minhas razões  são as seguintes – sei que ele não vai “se indignar” de ler esse artigo, mas faço da mesma maneira, pensando nele como alguém a quem devemos muito respeito.

1. A Lei brasileira. Todo cidadão brasileiro viu seu código penal afrontado com aquelas manifestações. A Lei diz  – Decreto Lei nº 2.848 de 07/12/40, Art. 208: ‘Escarnecer de alguém publicamente, por motivo de crença ou função religiosa; impedir ou perturbar cerimônia ou prática de culto religioso; vilipendiar publicamente ato ou objeto de culto religioso.’ Se a pessoa na sua privacidade, decide destruir, se masturbar com símbolos religiosos, diabolizar imagens de santos, santificar imagens de demônios, usar cálice católico como depósito de camisinhas, rasgar folhas da Bíblia, é algo que lhe diz respeito. Mas vivemos em uma sociedade, e para que a anarquia não se instale, limites devem ser estabelecidos para atos - cuja a plateia é a sociedade como um todo.

2. O bom senso comum. Outra coisa é a comoção nacional que houve com aquele comportamento. Se a sua consciência não te incomodou, prezado Rev. Nicodemus, a de milhares e até milhões de evangélicos/protestantes incomodou sim (I Co 8.9). E isso, o sentimento majoritário, ou mesmo que nem tanto, do grupo da qual o senhor faz parte, deveria ao menos levar o senhor a não escrever o que escreveu. Sei que essa não seria uma razão acadêmica, mas é uma razão cristã – como o próprio contexto de I Coríntios oito sugere no início.

3. A perspectiva presbiteriana. Por último, quero lembrar a posição Confessional Presbiteriana, que não é necessariamente a opinião do teólogo Nicodemus. Dois pontos a considerar:

A) Encenações presbiterianas: A IPB, no período de Páscoa e Natal, geralmente apresenta em seus cultos encenações teatrais, de Jesus, e temas relacionados. Portanto, ainda que não haja nenhum evento sacramentado, o objetivo é de identificação e passar a mensagem. Se um homem trajando, de maneira que tradicionalmente pensamos na pessoa do Jesus de Nazaré, e esse beija outro homem, tem o mesmo efeito de nossas encenações. Dito isso, foi uma ofensa sim e me senti ofendido. Com respeito a Cruz, símbolo do cristianismo, tanto quanto a Bíblia, recebeu a mesma vituperação. Essa é a minha consciência presbiteriana.

B) Catecismo Maior de Westminster: Temos duas perguntas, no mesmo Catecismo que proíbe o uso de objetos sagrados na adoração, que podem ajudar e orientar os presbiterianos nessa polêmica toda, e não a opinião isolada do reverendo Nicodemus:

“112. O que se exige no terceiro mandamento? No terceiro mandamento exige-se que o Nome de Deus, os seus títulos, atributos, ordenanças, a Palavra, os sacramentos, a oração, os juramentos, os votos, as sortes, suas obras e tudo quanto por meio do quê Deus se faz conhecido, sejam santa e reverentemente usados em nossos pensamentos, meditações, palavras e escritos, por uma afirmação santa de fé e um comportamento conveniente, para a glória de Deus e para o nosso próprio bem e o de nosso próximo. Dt28:58;Mq 4:5; Jr 4:2;32:39. Leia-se todo o Salmo 8.Sl 29:2;76:11;102:18;105:2,5;107:21,22;138:2; Mt 1:14;3:16;6:9;  I Tm 2:8; At 1:24,26; I Co 10:31;11:28,29; Fp 1:27;Cl 3:17; I Pe 2:12;3:15; Ap 15:3,4.

“113. Quais são os pecados proibidos no terceiro mandamento? Os pecados proibidos no terceiro mandamento são: o não usar o nome de Deus como nos é requerido e o abuso no uso dele por uma menção ignorante, vã, irreverente, profana, supersticiosa ou ímpia, ou outro modo de usar os títulos, atributos, ordenanças, ou obras de Deus; a blasfêmia, o perjúrio, toda abominação, juramentos, votos e sortes ímpios; a violação dos nossos juramentos e votos, quando lícitos, e o cumprimento deles, se por coisas ilícitas; a murmuração e as rixas, as consultas curiosas, e a má aplicação dos decretos e providência de Deus; a má interpretação, a má aplicação ou qualquer perversão da Palavra, ou de qualquer parte dela; as zombarias profanas, questões curiosas e sem proveito, vãs contendas ou a defesa de doutrinas falsas; o abuso das criaturas ou de qualquer coisa compreendida sob o nome de Deus, para encantamentos ou concupiscências e práticas pecaminosas; a difamação, o escárnio, vituperação, ou qualquer oposição à verdade, à graça e aos caminhos de Deus; a defesa da religião por hipocrisia ou para fins sinistros; o envergonhar-se da religião ou o ser uma vergonha para ela, por meio de uma conduta inconveniente, imprudente, infrutífera e ofensiva, ou por apostasia. Êx 5:2; Dt 18:10,11;23:16;29:29;Ml 1:6,7,12;2:2;Et 3:7;9:24;Ez 13:22;17:19; Lv 24:11;Zc 5:4;Pv 30.9;I Sm 16:5;17:43;25:22,32-34;II Rs 19:22;21:9,10; Jr 5:7;7:4;23:10; Is 5:4,12;Sl 1:1;24:4;50:16;73:12-15;139:20.Leia-se Mt 5:21-48. Mt 6:1-3,5,16; 22:29;23:14;Mc 6:26;8:38;At 4:18;13:45,50;17:23;23:12;19:9,13;Rm 2:23,24;3:5-7;9:14,19,20;12:14;13:13,14;I Co 6:5,6;Gl 3:1-3;Ef 5:4,15,17; Cl 2.20-22; I Ts 2:16; I Tm 6:4,5,20;II Tm 2:14;3:5;4:3,4;Tt 3:9;I Pe 4:4;II Pe 1:8,9; 3:3,16;Hb 6:6;10:26-31;Jd 4.”


Finalizo, portanto, discordando do nosso pastor Augustus, com a mesma admiração que tenho dele. Mas minha fé presbiteriana que é Bíblica, tem mais peso que a opinião dele. E que Deus continue o usando como tem feito, ao mesmo tempo que espero que ele seja sensível a todas as questões envolvidas.

23 comentários:

  1. Lamentável foi a IPB não se manifestar oficialmente como outros segmentos da sociedade. Se bem que não adiantaria nada mesmo. Eu não me ofendi de verdade. Eles (LGBT-----) fazem aquilo que é próprio deles. E engraçado que nos anos anteriores teve essa mesma imagem e outras piores. Todo o dano causado a Igreja foi feito pelos cristãos que deixaram que o intento do inimigo de Deus e nosso alcançasse seus objetivos. Lamentável.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim e sim... Mas ele poderia ter feito isso no SC ou quando tirou a site da universidade aquela nota, não é mesmo?

      Excluir
  2. rsrsrsrsr. se o sr. nicodemos esta com medo de se posicionar contra um movimento fraco destes, com medo de perseguiçao pela sociedade imagina a hora que se manifestar o homem do pecado o falso messias ele nem vai sair do quarto ou melhor nem vai sair do pupito, afinal de contas quem apoia o macumbeiro amaral, vai esperar doque um homem deste, nâo vai demorar a ipb vai ser igual a dos estados unidos cimeçaram dando apoio ao sr. Amaral e uma grande alavanca para apoiar o movimento LGBT.quero ver se o nicodemos tem peito igual o malafaia de falar rasgado para defender a familia se a fè. É facil falar para crentes, ganhar salario alto, morar em aps caros , quero ver defender as ovelhas dos lobos vorazes.

    ResponderExcluir
  3. e facil tacar o pau nos pentecostais chamando de hereges mas áte agora sâo os hereges que tem, defendido a familia, os letrados que passaram, a vida toda na faculdade sumiram porque? ou estâo pegando omesmo caminho do grande lider Amaral que ajuda comandar as ipbs no brasil

    ResponderExcluir
  4. e facil tacar o pau nos pentecostais chamando de hereges mas áte agora sâo os hereges que tem, defendido a familia, os letrados que passaram, a vida toda na faculdade sumiram porque? ou estâo pegando omesmo caminho do grande lider Amaral que ajuda comandar as ipbs no brasil

    ResponderExcluir
  5. rsrsrsrsr. se o sr. nicodemos esta com medo de se posicionar contra um movimento fraco destes, com medo de perseguiçao pela sociedade imagina a hora que se manifestar o homem do pecado o falso messias ele nem vai sair do quarto ou melhor nem vai sair do pupito, afinal de contas quem apoia o macumbeiro amaral, vai esperar doque um homem deste, nâo vai demorar a ipb vai ser igual a dos estados unidos cimeçaram dando apoio ao sr. Amaral e uma grande alavanca para apoiar o movimento LGBT.quero ver se o nicodemos tem peito igual o malafaia de falar rasgado para defender a familia se a fè. É facil falar para crentes, ganhar salario alto, morar em aps caros , quero ver defender as ovelhas dos lobos vorazes.

    ResponderExcluir
  6. irmâo Luciano ultimamente as igreja Ipb nâo ta se manifestando em nada mesmo o que adianta estudar, estudar, estudar ficar enfiado numa faculdade a vida toda e na ora de manifestar ao cristianismo somem todos, estâo pegando o mesmo caminho das igrejas ipb no estados unidos tudo o que nâo presta foi entrando dentro do minìsterio, nâo vai ser difernte aqui no brasil, a final de contas pra quem senta para fazer reunioês resolver problemas da igreja junto com o umbandista Amaral quero ver o nicodemos colocar a cara a tapa igual o pr.Silas malçafaia eo marco feliciano em prol da causa ai quero ver. quero ver levantar um lìder da ipb e dar de frente para defender a fè.agora ficar atras dum pupito recebendo pagamento gordo, morando nos melhores ap de sâo paulo ai e facil de mais a te umbandista faz com, o dinheiros dos cristâo fieis. afinal de contas irmâo . o diabo està preso, estamos no milênio .e bla bla bla.

    ResponderExcluir
  7. irmâo Luciano ultimamente as igreja Ipb nâo ta se manifestando em nada mesmo o que adianta estudar, estudar, estudar ficar enfiado numa faculdade a vida toda e na ora de manifestar ao cristianismo somem todos, estâo pegando o mesmo caminho das igrejas ipb no estados unidos tudo o que nâo presta foi entrando dentro do minìsterio, nâo vai ser difernte aqui no brasil, a final de contas pra quem senta para fazer reunioês resolver problemas da igreja junto com o umbandista Amaral quero ver o nicodemos colocar a cara a tapa igual o pr.Silas malçafaia eo marco feliciano em prol da causa ai quero ver. quero ver levantar um lìder da ipb e dar de frente para defender a fè.agora ficar atras dum pupito recebendo pagamento gordo, morando nos melhores ap de sâo paulo ai e facil de mais a te umbandista faz com, o dinheiros dos cristâo fieis. afinal de contas irmâo . o diabo està preso, estamos no milênio .e bla bla bla.

    ResponderExcluir
  8. O que está drenando as fibras confessionais da IPB é o academicismo Odair,não nossa fé bíblica...

    ResponderExcluir
  9. observou Luciano, ninguem manifestou do clero todo mundo quietinho, com medo da imprensa, mas tambem falar oque nè quem tem o Amaral no clero o declive e certo

    ResponderExcluir
  10. observou Luciano, ninguem manifestou do clero todo mundo quietinho, com medo da imprensa, mas tambem falar oque nè quem tem o Amaral no clero o declive e certo

    ResponderExcluir
  11. observou Luciano, ninguem manifestou do clero todo mundo quietinho, com medo da imprensa, mas tambem falar oque nè quem tem o Amaral no clero o declive e certo

    ResponderExcluir
  12. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  13. Odair, no Face, muitos pastores e presbiterianos discordaram dele, mas muitos outros estão com ele - simplesmente por que é ele. Se ele criticasse, tb apoiariam.

    Outros pensam como ele mesmo, mas erroneamente.

    Ele apresentou uma resposta, aos que o ofenderam, especialmente, e respondeu de forma irônica, aparentemente.

    Ele não falou das crítica sadias, de irmãos que o respeitam como pastor e teólogo... parece que não importa muito.

    Creio que as minhas razões são justas, e bíblicas... uma pena que ele não tratou as questões assim...

    Deus nos ajude.

    ResponderExcluir
  14. Luciano, ótimo texto. Mas acredito, que você tendo admiração pelo Sr. Augustos, como citou acima, deveria ter argui-lo somente com ele já que discorda de um assunto um tanto complicado. Publicando uma discordância desta de um pastor um tanto conceituado, mesmo que esteja absolutamente certo, só resta concluir que nós presbiterianos somos desorganizados e confusos em nossas colocacoes, não acha? O que um não cristão vai pensar da nossa denominacao, entende? Acredito que este assunto teria que ser tratado somente com ele. Grande abraço. Admiro muito seus textos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prezado Thiago, fiz o máximo possível a deixar claro no texto que ele merece respeito e não é isso que arranhe o conceito que temos dele.

      O contato pessoal, não teria, assim como não teve, efeito. Ele deu uma resposta aos que o ofenderam. E parece que as críticas saudáveis ele desconsiderou.

      Infelizmente a opinião pública dele pode ser lido que a IPB disse...

      Obrigado pelo conselho e apoio...

      Excluir
  15. e sr Thiago vocês nâo estâo percebendo, o virus que afetou a ipb nos estados unidos jâ chegou no brasil,o que o sr acha do rev.Amaral sendo um dos comando da igreja ipb, ele tambem e de um grande invergadura no brasil e na ipb, prega aos domingos na igreja e roda baiana e tudo nas praias deste brasilzâo? e ninguem arranca o homem de lâ. ouro sim se isso nâo for desorganizaçao oque è entâo, gostaria tambem que o sr explicasse o que è desorganizaçao par os irmâos ipbs.

    ResponderExcluir
  16. e sr Thiago vocês nâo estâo percebendo, o virus que afetou a ipb nos estados unidos jâ chegou no brasil,o que o sr acha do rev.Amaral sendo um dos comando da igreja ipb, ele tambem e de um grande invergadura no brasil e na ipb, prega aos domingos na igreja e roda baiana e tudo nas praias deste brasilzâo? e ninguem arranca o homem de lâ. ouro sim se isso nâo for desorganizaçao oque è entâo, gostaria tambem que o sr explicasse o que è desorganizaçao par os irmâos ipbs.

    ResponderExcluir
  17. e sr Thiago vocês nâo estâo percebendo, o virus que afetou a ipb nos estados unidos jâ chegou no brasil,o que o sr acha do rev.Amaral sendo um dos comando da igreja ipb, ele tambem e de um grande invergadura no brasil e na ipb, prega aos domingos na igreja e roda baiana e tudo nas praias deste brasilzâo? e ninguem arranca o homem de lâ. ouro sim se isso nâo for desorganizaçao oque è entâo, gostaria tambem que o sr explicasse o que è desorganizaçao par os irmâos ipbs.

    ResponderExcluir
  18. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  19. Apoio a ideia da palavra de Dr Augustus não ser clara e direta quanto ao desrespeito aos símbolos da fê na parada gay.
    Não trato a igreja como símbolo, não trato os símbolos como meros símbolos, e não sou católico e nem defendo os símbolos que induzem a idolatria. Porem tem significado e aquelas pessoas sabem bem o que intencionam. Como disse em uma palavra na igreja - me sinto ofendido sim. E mais, apoio os dizeres do malafaia, do magno malta, dos demais, independente de quem sejam eles. E mais, apoio dos dizeres de dom Scherer, católico com postura. O dia que entrarem da igreja (mero simbolo), cuspirem no pão e no cálice (mero simbolo), sairão presos, porque cadeia para eles não é mero simbolo, é punição por atentado ao pudor.

    ResponderExcluir
  20. Nada disso estaria acontecendo se os Cristãos seguissem a Bíblia e os seus mandatos, inclusive, o de Paulo no NT que diz do que esses pecados são dignos. Publiquei aqui no texto sobre o Islã e volto a repetir em outras palavras: falta HOMEM nas congregações hoje em dia.

    ResponderExcluir